28/03/2014 
1 
Conjunto de: propósitos, objetivos, metas, 
políticas e planos 
Situação futura desejada 
Considerar: oport...
28/03/2014 
2 
 Corporativa: aplicada ao negócio da empresa. 
 de Negócios: aplicadas em unidades 
específicas determina...
28/03/2014 
3 
Análise do ambiente 
Macro Setorial 
Econômico Porter 
Social Atratividade 
Político Ciclo de Vida 
Tecnoló...
28/03/2014 
4 
Matriz Ansoff 
Produto/Mercado 
PRODUTOS 
ATUAIS 
PRODUTOS 
RELACIONADOS 
PRODUTOS 
NOVOS 
MERCADOS 
ATUAIS...
28/03/2014 
5 
Matriz GE 
Atratividade de 
Mercado 
ATRATIVIDADE DA INDÚSTRIA 
ALTA MÉDIA BAIXA 
POSIÇÃO 
DO 
NEGÓCIO 
ALT...
28/03/2014 
6 
ESTRATÉGIAS GENÉRICAS 
Teoria: Porter Vantagem Estratégica 
Posição de baixo 
custo 
Unicidade 
observada p...
28/03/2014 
7 
 Singularidade: Cultura organizacional (valores e 
crenças). 
 Missão (motivação e inspiração): Identific...
28/03/2014 
8 
. 
ESTRATÉGIA DE ESTABILIDADE 
A empresa se concentra em suas linhas de negócios e tenta mantê-las. 
É a ma...
28/03/2014 
9 
ESTRATÉGIA DE CRESCIMENTO 
Integração horizontal 
Aquisição de empresas concorrentes, do mesmo segmento ou ...
28/03/2014 
10 
ESTRATÉGIA DE CRESCIMENTO 
Integração horizontal 
FUSÃO 
Compra 
ESTRATÉGIA DE CRESCIMENTO 
Integração hor...
28/03/2014 
11 
Eurofarma vai às compras na América Latina 
A Eurofarma, sexta maior farmacêutica nacional, fechou em 2013...
28/03/2014 
12 
ESTRATÉGIA DE CRESCIMENTO 
Crescimento Interno horizontal 
ESTRATÉGIA DE CRESCIMENTO 
Crescimento Interno ...
28/03/2014 
13 
ESTRATÉGIA DE CRESCIMENTO 
Integração Vertical 
Compra de companhias que a suprem ou que estejam 
próximas...
28/03/2014 
14 
ESTRATÉGIA DE CRESCIMENTO 
Crescimento Interno Vertical 
Envolvendo a criação de empresas no canal vertica...
28/03/2014 
15 
ESTRATÉGIA DE CRESCIMENTO 
Crescimento Interno Vertical 
ESTRATÉGIA DE CRESCIMENTO 
Diversificação 
Aquisi...
28/03/2014 
16 
ESTRATÉGIA DE CRESCIMENTO 
Fusão 
Empresa que se une a outra para formar uma nova 
organização. 
União de ...
28/03/2014 
17 
ESTRATÉGIA DE CRESCIMENTO 
Alianças Estratégicas 
Vantagens: 
Em virtude de a empresa permanecer separada ...
28/03/2014 
18 
ESTRATÉGIA DE CRESCIMENTO 
Joint Ventures: Empresas que se juntam para compartilhar 
recursos 
As empresa...
28/03/2014 
19 
Odontoprev e Banco do Brasil criam a Brasildental 
A OdontoPrev e o Banco do Brasil criaram uma operadora ...
28/03/2014 
20 
ESTRATÉGIAS ORGANIZACIONAIS 
ESTRATÉGIA DE CRESCIMENTO 
Alianças: Joint Ventures, Consórcios, Licenças, Pa...
28/03/2014 
21 
ESTRATÉGIA DE REDUÇÃO DE DESPESA 
Rotatividade (turnaround): Livrar-se de produtos 
não lucrativos, reduzi...
28/03/2014 
22 
Formulação 
Objetivos 
gerais 
gerais específicas 
Estratégias 
gerais 
Objetivos 
marketing 
Objetivos 
o...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Aula 6 adm estr 2014va

1.063 visualizações

Publicada em

Aula ¨6

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.063
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
183
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
18
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aula 6 adm estr 2014va

  1. 1. 28/03/2014 1 Conjunto de: propósitos, objetivos, metas, políticas e planos Situação futura desejada Considerar: oportunidades do ambiente e recursos internos Administração Estratégica: Processo de planejar, executar e controlar. Decisões de níveis: estratégico, tático e operacional
  2. 2. 28/03/2014 2  Corporativa: aplicada ao negócio da empresa.  de Negócios: aplicadas em unidades específicas determinadas por um grupo específico de produtos, clientes e concorrentes; deve estar alinhada a estratégia global.  Funcionais: detalhamento das estratégias anteriores adotadas em áreas particulares da administração Analisar Negócio Ambiente Recursos Formular Missão Objetivos Estratégia Implantar Analisar Negócio Ambiente Recursos Formular Missão Objetivos Estratégia Implantar Prescritiva: como devem ser formuladas Emergente (descritiva): Como são formuladas
  3. 3. 28/03/2014 3 Análise do ambiente Macro Setorial Econômico Porter Social Atratividade Político Ciclo de Vida Tecnológico Concorrência Negócio Missão Visão Análise da Organização -Cadeia de valor -Estratégia genéricas -Competências -Pontos Fortes -Pontos Fracos Objetivos Gerais Ameaças e oportunidades Pontos fortes Pontos Fracos Estra-tégias Gerais Objetivos/ Estratégias Funcionais MKT PROD RH FIN Mensuração Mudança Aprendizagem Processo Estratégico Análise Formulação Ambiente x organização Implantação Matriz Ansoff Produto/Mercado PRODUTOS EXISTENTES NOVOS PRODUTOS MERCADOS ATUAIS Penetração de mercado Desenvolvimento de produto NOVOS MERCADOS Desenvolvimento de mercado Diversificação
  4. 4. 28/03/2014 4 Matriz Ansoff Produto/Mercado PRODUTOS ATUAIS PRODUTOS RELACIONADOS PRODUTOS NOVOS MERCADOS ATUAIS Penetração de mercado Aumento da linha de produto Novos produtos Desenvolvimento de produto MERCADOS RELACIONADOS Expansão de mercado MERCADOS NOVOS Desenvolvimento de mercado Diversificação Matriz BCG PARTICIPAÇÃO RELATIVA DE MERCADO TAXA DE CRESCIMENTO DO MERCADO Estrela Ponto de Interrogação Criança-problema Vaca Leiteira Alimentador de Caixa Abacaxi Peso
  5. 5. 28/03/2014 5 Matriz GE Atratividade de Mercado ATRATIVIDADE DA INDÚSTRIA ALTA MÉDIA BAIXA POSIÇÃO DO NEGÓCIO ALTA MÉDIA BAIXA Participação de Mercado Tamanho do mercado Matriz GE Atratividade de Mercado ATRATIVIDADE DA INDÚSTRIA ALTA MÉDIA BAIXA POSIÇÃO DO NEGÓCIO ALTA Investimento e Crescimento Crescimento seletivo Seletividade MÉDIA Crescimento seletivo Seletividade Colher Desinvestir BAIXA Seletividade Colher Desinvestir Colher Desinvestir
  6. 6. 28/03/2014 6 ESTRATÉGIAS GENÉRICAS Teoria: Porter Vantagem Estratégica Posição de baixo custo Unicidade observada pelo cliente Alvo Estratégico No âmbito de toda a Indústria Liderança em custos Diferenciação Apenas um segmento Enfoque Poder de barganha: Fornecedores e clientes Ameaças: Novos entrantes e substitutos Análise SWOT Ambiente externo Ambiente Interno Ameaças Pontos Fracos Oportunidades Pontos fortes
  7. 7. 28/03/2014 7  Singularidade: Cultura organizacional (valores e crenças).  Missão (motivação e inspiração): Identificação e comunicação; Propósito.  Visão: Ponto de chegada (ambição).  Objetivos: quantificáveis, alinhados, detalhados, desafiadores, realistas, coerentes e flexíveis ESTRATÉGIA DE CONCENTRAÇÃO Concentrar-se numa única linha de negócios. Usada para obter vantagem competitiva por meio do conhecimentoi especializado e eficiente em determinado setor.
  8. 8. 28/03/2014 8 . ESTRATÉGIA DE ESTABILIDADE A empresa se concentra em suas linhas de negócios e tenta mantê-las. É a manutenção do atual conjunto de empresas. Permite que a empresa concentre seus esforços administrativos nas empresas existentes, com o objetivo de aumentar suas posições competitivas. Os altos administradores podem perceber que o custo de acrescentar novas empresas pode ser superior aos benefícios potenciais. Utilizada em organizações de grande porte que dominam o mercado.
  9. 9. 28/03/2014 9 ESTRATÉGIA DE CRESCIMENTO Integração horizontal Aquisição de empresas concorrentes, do mesmo segmento ou nicho, para aumentar o porte, as vendas, o lucro e a participação no mercado. Reduz a concorrência no setor onde ocorre. Proporciona mais poder para lidar com fornecedores e clientes e diminuir custos, pois permite maior acesso aos canais de distribuição e maior flexibilidade operacional. Precisam ser validadas pelas organizações antitruste. ◦Truste é a fusão de várias empresas de modo a formar um monopólio com o intuito de dominar determinada oferta de produtos e/ou serviços. Outra forma de organização de empresas é o cartel, que é um acordo de várias empresas independentes para controlar ou dominar o mercado de determinado produto.
  10. 10. 28/03/2014 10 ESTRATÉGIA DE CRESCIMENTO Integração horizontal FUSÃO Compra ESTRATÉGIA DE CRESCIMENTO Integração horizontal A cachaçaria Ypióca estreou uma nova fase com a campanha publicitária que faz parte de um reposicionamento da marca proposto pela fabricante de bebidas Diageo, dona do uísque Johnnie Walker e da vodka Smirnoff, que comprou em 2012 a cachaçaria cearense por R$ 900 milhões.
  11. 11. 28/03/2014 11 Eurofarma vai às compras na América Latina A Eurofarma, sexta maior farmacêutica nacional, fechou em 2013 mais uma aquisição na América Latina. Desta vez, comprou a Refasa Carrión, a 25ª companhia do setor no mercado peruano. Desde 2009, a empresa já adquiriu pequenas empresas na Argentina, no Uruguai, no Chile e na Colômbia. A estratégia da farmacêutica chama a atenção dos concorrentes. Parte da resposta está no salto depois de alçar o status de companhia latino-americana. Se tiver presença relevante na região, a empresa poderá tornar-se o parceiro de preferência de laboratórios internacionais na representação local de drogas. A outra explicação está no fato de que o setor farmacêutico nacional ainda cresce a taxas elevadas, mas enfrenta desafios superlativos. De um lado, o varejo está se consolidando com a criação de cadeias de farmácias, que ganham poder de barganha na negociação com laboratórios. De outro, há um número cada vez menor de grandes drogas prestes a perder patentes - o que deve estreitar o funil de lançamentos dos laboratórios nacionais nos próximos anos. ESTRATÉGIA DE CRESCIMENTO Crescimento Interno horizontal Envolve a criação de novas empresas que operam em negócios relacionados (ou não relacionados). Fábrica de Doces Desenvolver/ Criar fábrica de sorvete Desenvolver/ Criar fábrica de salgados
  12. 12. 28/03/2014 12 ESTRATÉGIA DE CRESCIMENTO Crescimento Interno horizontal ESTRATÉGIA DE CRESCIMENTO Crescimento Interno horizontal
  13. 13. 28/03/2014 13 ESTRATÉGIA DE CRESCIMENTO Integração Vertical Compra de companhias que a suprem ou que estejam próximas ao usuário final. Obtenção de maior controle sobre a linha de negócios. Integração vertical significa a atuação de uma empresa em mais de um estágio do processo produtivo. Esse procedimento pode se tornar rentável, na medida em que resulte em economia de combustível, fretes, coordenação da produção e na eliminação de intermediários. Santander fecha acordo com a GetNet e avança no segmento de cartões O Santander Brasil anunciou um acordo para aquisição da operação de cartões da gaúcha GetNet. Com o negócio, o banco espanhol avança no varejo, especialmente no segmento de credenciamento de lojistas, liderado pelas empresas Cielo e Redecard. A GetNet atuava no credenciamento, captura e processamento de pagamentos com cartões principalmente para comércios de pequeno e médio porte. Com a aquisição, o banco espanhol anunciou que pretende expandir a prestação desse tipo de serviço para grandes varejistas. O banco espanhol já detinha parceria operacional no credenciamento de lojistas (segmento chamado de "adquirência"), e uma joint venture - a Santander GetNet Serviços para Meios de Pagamento (SGS), responsável por uma rede de máquinas que capturam as transações com cartões de crédito e débito.
  14. 14. 28/03/2014 14 ESTRATÉGIA DE CRESCIMENTO Crescimento Interno Vertical Envolvendo a criação de empresas no canal vertical da empresa, criando um relacionamento cliente/ fornecedor. Vantagens: Preservação da cultura, eficiência, qualidade e a imagem da organização. Desvantagens: Aumento dos custos administrativos, que só deve ser utilizada quando os benefícios excedem aos custos. ESTRATÉGIA DE CRESCIMENTO Crescimento Interno Vertical Envolve a criação de novas empresas no canal vertical da empresa, criando um relacionamento cliente/ fornecedor. Desenvolver/ Criar Transpostadora Fábrica de Móveis Desenvolver/ Criar Tecelagem
  15. 15. 28/03/2014 15 ESTRATÉGIA DE CRESCIMENTO Crescimento Interno Vertical ESTRATÉGIA DE CRESCIMENTO Diversificação Aquisição de empresas em outras linhas de negócios. Utilizada quando a organização pode adquirir maior eficiência ou impacto no mercado através do uso de recursos compartilhados
  16. 16. 28/03/2014 16 ESTRATÉGIA DE CRESCIMENTO Fusão Empresa que se une a outra para formar uma nova organização. União de duas ou mais empresas formando uma maior geralmente sob controle administrativo da maior ou mais próspera delas. Esse tipo de associação permite reduções de custos. A principal razão para uma fusão é tirar vantagem dos benefícios da sinergia. ESTRATÉGIA DE CRESCIMENTO Alianças Estratégicas São parcerias em que duas ou mais empresas realizam um projeto específico ou cooperam em determinada área de negócio dividindo os custos, os riscos, os benefícios de explorar novas oportunidades de negócio. Os motivos podem ser políticos econômicos ou tecnológicos.
  17. 17. 28/03/2014 17 ESTRATÉGIA DE CRESCIMENTO Alianças Estratégicas Vantagens: Em virtude de a empresa permanecer separada e independente, há pouco aumento nos custos burocráticos e coordenação. Cada empresa pode se beneficiar com a aliança estratégica sem arcar com todos os custos e riscos de explorar sozinha novas oportunidades de negócio. ESTRATÉGIA DE CRESCIMENTO Alianças Estratégicas
  18. 18. 28/03/2014 18 ESTRATÉGIA DE CRESCIMENTO Joint Ventures: Empresas que se juntam para compartilhar recursos As empresas que se juntam são independentes juridicamente e no processo de criação da joint venture podem definir se criam uma nova empresa ou se fazem uma associação (consórcios de empresas). Essa aliança compromete as empresas envolvidas a partilharem a gestão, os lucros, os riscos e os prejuízos. São diversas as motivações das empresas para estabelecerem uma joint venture: permite às partes envolvidas beneficiarem do know-how, conseguindo superar barreiras em um novo mercado; beneficiar de novas tecnologias; investigar e expandir atividades que tenham em comum; competir de forma mais eficiente e ampliar mercados visando a internacionalização. ESTRATÉGIA DE CRESCIMENTO Joint Ventures As sociedades participantes tem interesse em organizar uma empresa separada de suas respectivas empresas, a que deverá corresponder uma nova sociedade empresária com personalidade jurídica autônoma e patrimônio próprio. Geralmente, assim querem porque o objeto da associação exige a instituição de uma organização própria permanente e requer investimentos de maior vulto em capital próprio. Joint Venture Contratual os sócios tem interesse de apenas combinar recursos ou esforços das respectivas empresas, sem criar uma organização empresarial. Não há interesse em formar um patrimônio separado, sendo certo que os negócios em comum poderão ser comodamente contratados em nome próprio, diretamente pelos sócios. A Joint Venture Contratual está hoje regulada na lei brasileira, pelos artigos 278 a 294 da Lei nº 6.404/76, que disciplinam os consórcios.
  19. 19. 28/03/2014 19 Odontoprev e Banco do Brasil criam a Brasildental A OdontoPrev e o Banco do Brasil criaram uma operadora odontológica por meio de uma joint venture visando explorar, em exclusividade, por 20 anos, os canais de distribuição BB. Por meio da nova operadora, denominada Brasildental Operadora de Planos Odontológicos, as empresas irão desenvolver e divulgar, e por meio da BB Corretora, distribuir e comercializar planos odontológicos sob a marca BB Dental. ConectCar terá rádio para concorrer com Sem Parar A ConectCar foi criada em 2012 de uma joint venture firmada entre duas gigantes, a Odebrecht e o Grupo Ultra/Ipiranga para concorrer na venda dos chips que dão aos motoristas a vantagem de não ter de entrar na fila nas praças de pedágio. Por 13 anos, a marca Sem Parar, da STP, prestou esse serviço sozinha no Estado de São Paulo. Com o fim do monopólio, o jogo mudou. A ConectCar já entrou no mercado com o reforço de marketing da sócia Ipiranga, tradicional anunciante. A joint venture ganhou autorização para operar em São Paulo em abril de 2013. Desde então, os tags da empresa passaram a ser vendidos por 12 mil frentistas, nos 1,3 mil postos da rede Ipiranga no Estado.
  20. 20. 28/03/2014 20 ESTRATÉGIAS ORGANIZACIONAIS ESTRATÉGIA DE CRESCIMENTO Alianças: Joint Ventures, Consórcios, Licenças, Parcerias, Franquias A Aliança Renault- Nissan (1999) é a primeira parceria industrial e comercial de seu tipo envolvendo uma companhia francesa e outra japonesa. União de duas empresas automobilísticas multinacionais embasado pelo respeito à individualidade de cada uma das marcas. A Endemol Globo é uma empresa que nasceu da parceria da Rede Globo, com a Endemol, que é uma produtora holandesa de televisão, especializada em reality shows Consórcio Monotrilho Integração é o responsável pela construção da Linha 17-Ouro do Metrô Quatro empresas cuidam do projeto do início ao fim composto pelas empresas Andrade Gutierrez, CR Almeida, Scomi e MPE. ESTRATÉGIAS ORGANIZACIONAIS ESTRATÉGIA DE CRESCIMENTO Alianças: Joint Ventures, Consórcios, Licenças
  21. 21. 28/03/2014 21 ESTRATÉGIA DE REDUÇÃO DE DESPESA Rotatividade (turnaround): Livrar-se de produtos não lucrativos, reduzindo a força de trabalho e os canais de distribuição; seu propósito é tornar a empresa mais enxuta e eficaz. Desinvestimento: Vender negócios ou defini-los como organização separada; ocorre quando a unidade de negócio esta tendo um desempenho ruim ou deixa de se adequar ao perfil estratégico da empresa. Liquidação: É a venda do negócio, última opção da empresa; ocorre pelo fechamento da unidade de negócio que se realiza pela venda de seus ativos. ESTRATÉGIAS COMBINADAS Combinação de várias estratégias.
  22. 22. 28/03/2014 22 Formulação Objetivos gerais gerais específicas Estratégias gerais Objetivos marketing Objetivos operações Objetivos RH Objetivos finanças Estratégias marketing Estratégias operações Estratégias RH Estratégias finanças Planos de ação Utilize para pesquisa e aquisição de novos conhecimentos a Biblioteca Virtual do aluno. Há um acervo sobre todas as especialidades que envolvem o curso.

×