FABIO DE CARVALHO VERNALHA
Apaixonado por Gestão e por Inovação, é por formação Engenheiro Naval
pela Escola Politécnica d...
A Natura, por seu comportamento empresarial,
pela qualidade das relações que estabelece e
porseus produtos e serviços, ser...
Nossa razão de ser é criar e comercializar
produtos e serviços que promovam
o bem-estar/estar bem.
BEM-ESTAR
é a relação h...
PROPOSTA
DE VALOR
ECONÔMICO
>> Forte geração
de caixa
>> Crescimento
e rentabilidade
>> Expansão e
crescimento
nas Operaçõ...
com destaque para SOU
Até a última gota: design da
embalagem PERMITE USO
DO PRODUTO ATÉ O FIM.
Fórmula sem excesso: COM
IN...
REDE NATURA
EVOLUÇÃO do modelo de venda
direta.
Ressignificar a EXPERIÊNCIA
de nossos consumidores.
Aumentar a capacidade ...
Por que falar de
conhecimento?
AdaptadodeTerraForum
Consultores
CONTEXTO
SOCIAL
Complexidade dos desafios atuais nos traz
menos clareza sobre quais são os problemas
e muito menos quais s...
CONTEXTO INDIVIDUAL
Por que falar de gestão
do conhecimento em
projetos?
SOBRE
PROJETOS
Todo projeto é um processo
de mudança, e toda mudança
demanda a aplicação de
conhecimentos e suscita novos
...
Trate o conhecimento
como um insumo e
um produto do projeto
Incorpore o processo
de conhecimento
ao processo de
execução e gestão
do projeto
*Baseadoem‘Organizationallearningpractices
intheprojectmanagementenvironment’deTim
Kotnour(2000)
Considere e estimule
o fl...
Utilize as técnicas
e ferramentas que
estão disponíveis
AFTER ACTION REVIEW
EM REUNIÕES DE STATUS
ESTÍMULO À
Conjunto de cartas que
podem ser utilizados para
dinâmicas ou simplesmente
para estruturação de
pensamento / pl...
OPEN
SPACE
Técnica amparada na crença de que
os seres humanos são inteligentes,
criativos, adaptáveis, e buscam
significad...
Princípios:
_ Autodeterminação
_ Empreendedorismo
_ Conexão
_ Diversão e alegria
_ Inovação
obrigado!
Contato
fabiovernalha@natura.net
http://br.linkedin.com/in/fabiovernalha/
“Processos de Conhecimento na Gestão de Projetos – Caso Natura.”
“Processos de Conhecimento na Gestão de Projetos – Caso Natura.”
“Processos de Conhecimento na Gestão de Projetos – Caso Natura.”
“Processos de Conhecimento na Gestão de Projetos – Caso Natura.”
“Processos de Conhecimento na Gestão de Projetos – Caso Natura.”
“Processos de Conhecimento na Gestão de Projetos – Caso Natura.”
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

“Processos de Conhecimento na Gestão de Projetos – Caso Natura.”

1.539 visualizações

Publicada em

http://igovsp.net/inovaday

Publicada em: Governo e ONGs
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.539
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
779
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
23
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • Processos de Conhecimento na Gestão de Projetos – Caso Natura Como executar a Gestão do Conhecimento em conjunto com a Gestão de Projetos? Trate o conhecimento como um insumo e um produto de seu projeto! Veja mais na Palestra do inovaDay com o responsável pela Gestão do Conhecimento Corporativa da Natura, Fabio Vernalha.
  • “Processos de Conhecimento na Gestão de Projetos – Caso Natura.”

    1. 1. FABIO DE CARVALHO VERNALHA Apaixonado por Gestão e por Inovação, é por formação Engenheiro Naval pela Escola Politécnica da USP e pós-graduado em Gestão de Negócios com ênfase em Sustentabilidade pela Fundação Dom Cabral. Responsável na Natura pela Gestão do Conhecimento Corporativa compondo a Diretoria de Planejamento Estratégico e Sistemas de Gestão em conjunto com a Gestão Estratégica, Gestão de Projetos, Gestão de Processos e Gestão de Mudança. Fabio tem grande experiência em projetos de Gestão do Conhecimento e Gestão da Inovação, principalmente na definição de plano estratégico e na implementação de ferramentas web 2.0, programas de ideia, comunidades de prática, técnicas de colaboração, processos de ideação e prototipagem, desenvolvimento de novos negócios e gestão de projetos. É coautor do livro”10 Dimensões da Gestão da Inovação” em conjunto com José Cláudio Terra.
    2. 2. A Natura, por seu comportamento empresarial, pela qualidade das relações que estabelece e porseus produtos e serviços, será uma marca de expressão mundial, identificada com a comunidade das pessoas que se comprometem com a construção de um mundo melhor através da melhor relação consigo mesmas, com o outro, com a natureza da qual fazem parte, com o todo.
    3. 3. Nossa razão de ser é criar e comercializar produtos e serviços que promovam o bem-estar/estar bem. BEM-ESTAR é a relação harmoniosa, agradável do indivíduo consigo mesmo, com seu corpo. ESTAR BEM é a relação empática, bem-sucedida, prazerosa do indivíduo com o outro, com a natureza da qual faz parte, com o todo.
    4. 4. PROPOSTA DE VALOR ECONÔMICO >> Forte geração de caixa >> Crescimento e rentabilidade >> Expansão e crescimento nas Operações Internacionais AMBIENTAL >> Carbono Neutro >> Utilização de refil >> Uso de materiais recicláveis e reciclados >> Extração sustentável SOCIAL >> Geração de valor para Consultora >> Repartição de benefícios com comunidades extrativistas ESSÊNCIA COMPORTAMENTO EMPRESARIAL PRODUTOS E CONCEITOS REDE DE RELAÇÕES
    5. 5. com destaque para SOU Até a última gota: design da embalagem PERMITE USO DO PRODUTO ATÉ O FIM. Fórmula sem excesso: COM INGREDIENTES VEGETAIS E SEM CORANTES. O que é importante fica: HIDRATAÇÃO, TEXTURA ENVOLVENTE E DELICIOSA FRAGRÂNCIA. Processo eficiente: menos desperdício, menos tempo de fabricação e MENOR GASTO DE ENERGIA. Nova embalagem: 70% menos plástico e 60% MENOS EMISSÃO DE GASES POLUENTES. LANÇAMENTOS RELEVANTES
    6. 6. REDE NATURA EVOLUÇÃO do modelo de venda direta. Ressignificar a EXPERIÊNCIA de nossos consumidores. Aumentar a capacidade de GERAÇÃO DE NEGÓCIO de nossas consultoras e consultores. Entrega direta ao CONSUMIDOR. Potencializar relações por meio do uso de TECNOLOGIA.
    7. 7. Por que falar de conhecimento?
    8. 8. AdaptadodeTerraForum Consultores
    9. 9. CONTEXTO SOCIAL Complexidade dos desafios atuais nos traz menos clareza sobre quais são os problemas e muito menos quais são as possíveis soluções. E é nesse ambiente em que vivemos no qual a visão sistêmica, a atuação coordenada e trabalhos colaborativos se tornam ainda mais relevantes.
    10. 10. CONTEXTO INDIVIDUAL
    11. 11. Por que falar de gestão do conhecimento em projetos?
    12. 12. SOBRE PROJETOS Todo projeto é um processo de mudança, e toda mudança demanda a aplicação de conhecimentos e suscita novos aprendizados. Nesse sentido, uma boa gestão de projeto deve envolver não apenas a disciplina Projetos, mas também as disciplinas Gestão de Mudança e Gestão do Conhecimento.
    13. 13. Trate o conhecimento como um insumo e um produto do projeto
    14. 14. Incorpore o processo de conhecimento ao processo de execução e gestão do projeto
    15. 15. *Baseadoem‘Organizationallearningpractices intheprojectmanagementenvironment’deTim Kotnour(2000) Considere e estimule o fluxo natural de conhecimento de projetos
    16. 16. Utilize as técnicas e ferramentas que estão disponíveis
    17. 17. AFTER ACTION REVIEW EM REUNIÕES DE STATUS
    18. 18. ESTÍMULO À Conjunto de cartas que podem ser utilizados para dinâmicas ou simplesmente para estruturação de pensamento / planejamento de projetos de forma integrada.http://br.methodkit.com http://www.pmcanvas.com.br COLABORAÇÃO
    19. 19. OPEN SPACE Técnica amparada na crença de que os seres humanos são inteligentes, criativos, adaptáveis, e buscam significado e diversão.
    20. 20. Princípios: _ Autodeterminação _ Empreendedorismo _ Conexão _ Diversão e alegria _ Inovação
    21. 21. obrigado! Contato fabiovernalha@natura.net http://br.linkedin.com/in/fabiovernalha/

    ×