Intertextualidade acontecequando há uma referência explícitaou implícita de um texto em outro.Também pode ocorrer com outr...
Apresenta-se explicitamente quando oautor informa o objeto de sua citação.Num texto científico, por exemplo, oautor do tex...
ParáfraseNa paráfrase as palavras sãomudadas, porém a ideia do texto éconfirmada pelo novo texto, a alusãoocorre para atua...
Texto OriginalMinha terra tem palmeirasOnde canta o sabiá,As aves que aqui gorjeiamNão gorjeiam como lá.(Gonçalves Dias, “...
Este texto de Gonçalves Dias,“Canção do Exílio”, é muito utilizadocomo exemplo de paráfrase e deparódia, aqui o poeta Carl...
ParódiaA paródia é uma forma de contestar ouridicularizar outros textos, há uma rupturacom as ideologias impostas e por is...
Os programas humorísticos fazemuso contínuo dessa arte,frequentemente os discursos depolíticos são abordados de maneiracôm...
Texto OriginalMinha terra tem palmeirasOnde canta o sabiá,As aves que aqui gorjeiamNão gorjeiam como lá.(Gonçalves Dias, “...
ParódiaMinha terra tem palmares onde gorjeia o maros passarinhos daquinão cantam como os de lá.(Oswald de Andrade, “Canto ...
O nome Palmares, escrito com letraminúscula, substitui a palavrapalmeiras, há um contexto histórico,social e racial neste ...
O nome Palmares, escrito com letraminúscula, substitui a palavra palmeiras,há um contexto histórico, social e racialneste ...
Não esqueça:A INTERTEXTUALIDADE PODEOCORRER ENTRE:Texto e texto;Texto e imagem;Imagem e imagem;Etc.E... para finalizar, ve...
Intertextualidade eproinfo _
Intertextualidade eproinfo _
Intertextualidade eproinfo _
Intertextualidade eproinfo _
Intertextualidade eproinfo _
Intertextualidade eproinfo _
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Intertextualidade eproinfo _

1.828 visualizações

Publicada em

A/c Marivone
Meu plano de aula para o EPROINFO apenas com a finalidade de praticar postagens do SLIDESHARE.

Publicada em: Educação
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.828
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
55
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
60
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Intertextualidade eproinfo _

  1. 1. Intertextualidade acontecequando há uma referência explícitaou implícita de um texto em outro.Também pode ocorrer com outrasformas além do texto, música,pintura, filme, novela etc.Então: Toda vez que uma obrafizer alusão à outra ocorre aintertextualidade.
  2. 2. Apresenta-se explicitamente quando oautor informa o objeto de sua citação.Num texto científico, por exemplo, oautor do texto citado é indicado, já naforma implícita, a indicação é oculta.Por isso é importante para o leitor o conhecimento de mundo, um saberprévio, para reconhecer e identificarquando há um diálogo entre os textos.A intertextualidade pode ocorrerafirmando as mesmas ideias da obracitada ou contestando-as. Há duasformas: a ParáfraseParáfrase e a ParódiaParódia.
  3. 3. ParáfraseNa paráfrase as palavras sãomudadas, porém a ideia do texto éconfirmada pelo novo texto, a alusãoocorre para atualizar, reafirmar ossentidos ou alguns sentidos do textocitado. É dizer com outras palavras oque já foi dito. Temos um exemplocitado por Affonso Romano Sant’Annaem seu livro “Paródia, paráfrase & Cia”(p. 23):
  4. 4. Texto OriginalMinha terra tem palmeirasOnde canta o sabiá,As aves que aqui gorjeiamNão gorjeiam como lá.(Gonçalves Dias, “Canção do exílio”)ParáfraseMeus olhos brasileiros se fecham saudososMinha boca procura a ‘Canção do Exílio’.Como era mesmo a ‘Canção do Exílio’?Eu tão esquecido de minha terra…Ai terra que tem palmeirasOnde canta o sabiá!(Carlos Drummond de Andrade, “Europa, Françae Bahia”).
  5. 5. Este texto de Gonçalves Dias,“Canção do Exílio”, é muito utilizadocomo exemplo de paráfrase e deparódia, aqui o poeta CarlosDrummond de Andrade retoma otexto primitivo conservando suasideias, não há mudança do sentidoprincipal do texto que é a saudade daterra natal.
  6. 6. ParódiaA paródia é uma forma de contestar ouridicularizar outros textos, há uma rupturacom as ideologias impostas e por isso éobjeto de interesse para os estudiosos  dalíngua e das artes. Ocorre, aqui, um choquede interpretação, a voz do texto original éretomada para transformar seu sentido, levao leitor a uma reflexão crítica de suasverdades incontestadas anteriormente, comesse processo há uma indagação sobre osdogmas estabelecidos e uma busca pelaverdade real, concebida através do raciocínioe da crítica.
  7. 7. Os programas humorísticos fazemuso contínuo dessa arte,frequentemente os discursos depolíticos são abordados de maneiracômica e contestadora, provocandorisos e também reflexão a respeito dademagogia praticada pela classedominante. Com o mesmo textoutilizado anteriormente, teremos,agora, uma paródia.
  8. 8. Texto OriginalMinha terra tem palmeirasOnde canta o sabiá,As aves que aqui gorjeiamNão gorjeiam como lá.(Gonçalves Dias, “Canção do exílio”).
  9. 9. ParódiaMinha terra tem palmares onde gorjeia o maros passarinhos daquinão cantam como os de lá.(Oswald de Andrade, “Canto deregresso à pátria”).
  10. 10. O nome Palmares, escrito com letraminúscula, substitui a palavrapalmeiras, há um contexto histórico,social e racial neste texto, Palmares éo quilombo liderado por Zumbi, foidizimado em 1695, há uma inversão dosentido do texto primitivo que foisubstituído pela crítica à escravidãoexistente no Brasil.
  11. 11. O nome Palmares, escrito com letraminúscula, substitui a palavra palmeiras,há um contexto histórico, social e racialneste texto, Palmares é o quilomboliderado por Zumbi, foi dizimado em1695, há uma inversão do sentido dotexto primitivo que foi substituído pelacrítica à escravidão existente no Brasil.Outro exemplo de paródia é a propagandaque faz referência à obra primade Leonardo Da Vinci, Mona Lisa:
  12. 12. Não esqueça:A INTERTEXTUALIDADE PODEOCORRER ENTRE:Texto e texto;Texto e imagem;Imagem e imagem;Etc.E... para finalizar, vejamos mais umpouco de intertextualidade:

×