importancia da leitura

435 visualizações

Publicada em

Material de apoio para aulas de LPT

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
435
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

importancia da leitura

  1. 1. Você sabe ler? A que grupo de leitores você pertence?  LEITOR NÍVEL 1: Alfabetizados, são capazes de reconhecer palavras e frases, apreender-lhes o significado e pronunciá-las em voz alta. Uma parte expressiva deles pode até se dar ao luxo de identificar e corrigir erros gramaticais ou ortográficos daquilo que lêem.  LEITOR NÍVEL 2: habilitados para sintetizar o conteúdo do que lê, mesmo quando se trata de assuntos fora de alguma especialização que por acaso possuam.  LEITOR NÍVEL 3: capazes de discutir o que lê, mas também de fazê-lo com competência, identificando idéias principais e secundárias, a linha de argumentação usada para expô-las, os pontos fracos e fortes de cada argumento, e, se for o caso, compará-los com os de outras fontes e assim chegar a uma conclusão.  O grupo 3 de leitores não apenas assimila informação, mas a processa, avalia e a transforma em conhecimento.
  2. 2. Você precisará de aperfeiçoamento se:  chega ao fim de um livro sem conseguir lembrar do início;  freqüentemente cochila durante uma leitura mais longa, mesmo quando o assunto interessa;  várias vezes compra um livro aparentemente bom para descobrir, depois de quinze páginas, que ele não vale meia pataca;  tem dificuldade para resumir as idéias principais do autor, e quando tenta acaba sempre produzindo resumos muito maiores que o desejável;  está sempre tendo de queimar os neurônios com livros difíceis de entender, mas obrigatórios para um curso, trabalho ou aula;  toda vez que vê um colega falar sobre uma leitura que você também fez, acaba se perguntando, "Como é que eu não vi isso?"...
  3. 3. Um diagnóstico triste:  Muitos alunos que chegam à universidade podem ler e apreciar um texto simples de ficção. Mas colocando-os diante de um ensaio escrito com certo rigor, diante de um argumento exposto de forma concisa e cuidadosa, ou uma passagem que exige alguma reflexão crítica, e eles, muitas vezes, se vêem em dificuldades. Já foi demonstrado que o estudante médio revela uma incapacidade surpreendente de indicar qual é o ponto central de um texto, ou os níveis de ênfase e subordinação num texto argumentativo. Para todos os efeitos, se eles não se empenharem, eles continuarão sendo leitores de nível secundário ao longo da universidade."
  4. 4. Leitura Ativa  Toda leitura exige um certo grau de atividade por parte do leitor, mas que pode variar tanto, que podemos falar, para fins didáticos, em leitura ativa e leitura passiva.  A leitura passiva seria aquela em que predomina a mera recepção de informações. Você decodifica o texto, não pensa sobre ele. É ler com a postura com que geralmente costumamos ver televisão. O resultado é apenas uma memorização mais ou menos superficial do que se leu.  A leitura ativa é aquela em que o leitor se esforça ao máximo para captar a mensagem que o autor tenta lhe transmitir. Ele dialoga com o texto, tenta determinar suas idéias centrais e a ligação entre elas. Enfim, é aquele que "está presente" na leitura, alerta, empenhado em compreender a mensagem do autor.
  5. 5. Finalidades da Leitura  Se você entende perfeitamente o que autor quis passar, então vocês dois têm mentes afins e você pode ter assimilado informação, mas não necessariamente compreensão.  Se você perceber que não está conseguindo entender tudo que o livro oferece; se algumas coisas fazem sentido, outras não; se o livro tem mais a dizer do que aquilo que foi possível captar, de certa maneira ele excede o seu nível de compreensão ao lê-lo. Logo, para conseguir dar conta de tudo que o autor quis comunicar, é preciso alargar sua capacidade compreensiva.  Como fazer isso? Pode-se pedir ajuda a outra pessoa, consultar outros livros. Mas, melhor para você será trabalhar no livro.
  6. 6. A leitura compreensiva  "Quais são as condições sob as quais esse tipo de leitura – leitura para compreensão – ocorre?  Existem duas condições: primeira, há uma desigualdade inicial de compreensão. O autor deve ser 'superior' ao leitor em compreensão, e seu livro deve transmitir de uma maneira legível os conhecimentos que ele possui e que faltam aos seus leitores em potencial. Segunda, o leitor tem que estar habilitado a superar essa desigualdade em alguma medida, se não completamente, aproximando-se sempre do escritor. Na medida em que a igualdade é alcançada, a clareza na comunicação é atingida.  Em resumo, só podemos aprender com nossos 'superiores', Devemos saber quem eles são e como aprender com eles. Mas todos nós, sem exceção, podemos aprender a ler melhor e, gradualmente, ganhar mais pelos nossos esforços, direcionando-os para textos mais recompensadores."
  7. 7. Níveis de Leitura  Leitura Elementar - A preocupação de quem lê nesse nível é com a linguagem em si, a decodificação da escrita. A pergunta que norteia esse nível é: "O que a frase diz?".  Leitura Averiguativa (também chamada de "pré-leitura" ou "garimpagem") - este nível é voltado para a melhor avaliação possível de um texto ou livro num período curto de tempo. A pergunta básica deste nível é: "Este livro é sobre o quê?".  Leitura Analítica - é a leitura completa, a melhor que se pode fazer, ativa por excelência.Se a leitura averiguativa é a melhor que se pode fazer num determinado período de tempo, então a leitura analítica é a melhor leitura possível quando não existe limite de tempo. É um nível de leitura voltado basicamente para a compreensão.  Leitura Sintópica ou Comparativa - implica a leitura de muitos livros sobre um certo tema, pondo-os em relação uns com os outros e com o tema. É o nível mais difícil de se alcançar, e não há pleno acordo sobre suas regras. Porém, é também o mais recompensador de todos os níveis.

×