Etapas da escrita

4.162 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.162
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
230
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
147
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Etapas da escrita

  1. 1. EBI de Mourão Ficha Informativa: A escrita de um texto argumentativo Professora Vanda BarretoA escrita de qualquer texto implica 3 etapas: planificação, redação erevisão. Hoje vais aprender a escrever um texto argumentativo! 1ª etapa: Planificação A planificação exige um percurso com vários momentos: 1º momento: Escolhe o assunto a desenvolver. Regista todas as ideias que te vierem à mente sem qualquerpreocupação de ordenação. É uma listagem desordenada. 2º momento: Relê a listagem. Sem esquecer o assunto escolhido, seleciona apenas as ideias e asfrases que são úteis, pondo de parte as inúteis e supérfluas. Nem tudo o que escreveste no primeiro momento interessa. 3º momento: Organiza as ideias. Coloca-as por ordem. Um texto é um tecido ordenado. Podes fazê-lo de duas maneiras: do mais importante para o menosimportante ou vice-versa. A ordenação deve ser visível. 4º momento: Faz o plano do teu texto. Página 1
  2. 2. EBI de Mourão Ficha Informativa: A escrita de um texto argumentativo Professora Vanda Barreto De forma geral, o texto deve ser estruturado em três momentos:introdução, desenvolvimento e conclusão. Introdução: identifica o assunto e explica a sua importância. Deveocupar um ou dois parágrafos. Desenvolvimento: refere aspetos positivos e negativos; justifica a tuaopinião, dá exemplos; podes usar expressões como "na minha opinião", "domeu ponto de vista", "na minha perspetiva", etc.) Conclusão reforça a tua opinião. Podes usar expressões como "paraterminar", "para concluir", "em suma". Usa uma tabela. Pode ser esta, ou outra que prefiras. Partes do meu Expressões/ Vocabulário que Ideias texto conetores quero usar IntroduçãoDesenvolvimento Conclusão 2ª etapa: Redação Começa a escrever o teu texto. É necessário recordar algumas normas. Página 2
  3. 3. EBI de Mourão Ficha Informativa: A escrita de um texto argumentativo Professora Vanda Barreto a) As frases devem ser completas. b) A cada ideia completa deve corresponder um parágrafo. c) Para a expressão lógica das ideias, é preciso utilizar com cuidado: · a coordenação e a subordinação. (O uso sistemático da coordenação,sobretudo da conjunção e, torna o discurso pobre e próximo da língua falada.) · os conetores ou os articuladores do discurso. Usa alguns dos seguintes: Para explicitar: isto é, ou antes, ou melhor, neste caso, sendo assim, por vezes, aliás,etc. Para provar: com efeito, sem dúvida, na verdade, deste modo, efetivamente, etc. Para exemplificar: por exemplo, importa salientar, assim, tome-se como exemplo, etc. Para reforçar ideias: além disso, como já foi dito, por esta razão, etc. Para atenuar, restringir ou opor ideias: mas, no entanto, pelo menos, todavia, contudo, ressalve-se, etc. Para concluir: finalmente, em conclusão, consequentemente, etc. 3ª etapa: Revisão Os grandes escritores confessam que reveem várias vezes os seusoriginais. Após teres escrito o teu texto, também vais ter necessidade de fazeruma revisão para corrigir determinadas faltas: a) A ortografia Página 3
  4. 4. EBI de Mourão Ficha Informativa: A escrita de um texto argumentativo Professora Vanda Barreto Há, por vezes, palavras mal escritas ou sobre as quais temos dúvidas.Será necessário consultar um dicionário, se não formos capazes de asresolver. b) A acentuação Todas as palavras estão bem acentuadas? No caso de dúvida, consulte-se o dicionário. c) As repetições Quantas vezes repetiste a mesma palavra? Como é que se podem evitaras repetições? Usa pronomes que podem substituir os nomes; usa sinónimos depalavras repetidas; por vezes, a omissão da palavra repetida é a solução. d) A pontuação É necessário dominar as regras da pontuação. e) O vocabulário Quando escrevemos um texto, devemos evitar dois defeitos: o uso depalavras banais e o uso de palavras ditas "difíceis". No primeiro caso, o textoserá muito pobre e poderá confundir-se com um texto oral; no segundo caso, éerrado pensar que o texto vale mais por conter palavras "difíceis". O melhormétodo é saber escolher os vocábulos mais adequados às ideias quequeremos exprimir. A revisão do texto escrito permite a seleção do melhorvocabulário. f) A expressividade Na alínea anterior já se evidenciou a necessidade de saber usar umvocabulário preciso. Agora insiste-se na expressividade, isto é, numa qualidade que torna otexto mais belo. Não se pedem textos de nível literário, mas que sejam usados Página 4
  5. 5. EBI de Mourão Ficha Informativa: A escrita de um texto argumentativo Professora Vanda Barretoalguns recursos já teus conhecidos, como, por exemplo, a personificação, acomparação, a metáfora, etc. É necessário usar a imaginação e a criatividade. g) A caligrafia Nunca é de mais salientar a necessidade de escreveres de formalegível. Que má impressão nos causa uma caligrafia tosca, mal desenhada, porvezes indecifrável! O que se pede é que escrevas de forma bem legível. Os Cinco Pecados da Composição· Ordenação de ideias: A falta do hábito de escrever, leva a que muitas vezes otexto fique sem encadeamento e pode ficar incompreensível. O que sucede éque o aluno parte de uma ideia para outra sem critério, sem ligação.· Coerência e coesão: A falta de coerência ocorre com frequência nos textosdos alunos. Apresentam um argumento para contradizê-lo mais adiante. Já aredundância denuncia outro erro bastante comum: falta de coesão. O aluno dávoltas ao assunto, sem acrescentar dado novo. É típico de quem não teminformação suficiente para compor o texto.· A inadequação: É um tipo de erro capaz de aparecer inclusive em textoscorretos na gramática e ortografia e coerentes na estrutura. Página 5
  6. 6. EBI de Mourão Ficha Informativa: A escrita de um texto argumentativo Professora Vanda BarretoNesse caso, os alunos costumam fugir ao tema proposto, escolhendo outroargumento, com o qual tenham maior afinidade. O distanciamento do assuntopode custar pontos importantes na avaliação· Estrutura dos parágrafos: Normalmente os alunos têm dificuldades emorganizar o texto em parágrafos. Sem a definição de uma ideia em cadaparágrafo, o texto fica mal estruturado. Um erro muito comum é cortar a ideianum parágrafo para a concluir no seguinte. Muitas vezes deixam o pensamentosem conclusão.· Estrutura das frases: Erros de concordância nos tempos verbais,fragmentação da frase, separar o sujeito de predicado, utilização incorreta deverbos no gerúndio e particípio são algumas das falhas mais comuns nostextos dos nossos alunos. Esses erros comprometem a estrutura das frases eprejudicam a compreensão do texto. Página 6

×