Filosofia política

653 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
653
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
256
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Filosofia política

  1. 1. Filosofia Política Componentes: Gabriel Machado, Michel Pertile, Talyta Reichembach, Vanessa Carniel e Vinicíus Cavagnolli
  2. 2. Política A palavra tem origem nos tempos em que os gregos estavam organizados em cidades-estado chamadas "polis”. Designa o campo da atividade humana que se refere à cidade, ao Estado, à administração pública e ao conjunto dos cidadãos. A política surge na Grécia clássica, período da história humana no qual o pensar mítico é fagocitado pelo pensar racional. O surgimento da pólis (cidade-estado) foi o elemento norteador para que a política fosse criando suas bases no mundo grego, e assim, nas cidades, nascesse a grande preocupação em como administrar bem a pólis.
  3. 3. Filosofia Política Campo de reflexão filosófica que, historicamente, se ocupou do fenômeno político e das características que o distinguem dos demais fenômenos sociais, analisando as instituições e práticas das sociedades políticas existentes e conjecturando sobre a melhor maneira de se construir as sociedades futuras. TEMÁTICA BÁSICA DA FILOSOFIA POLÍTICA as reflexões em torno: - Do poder; - Do Estado; - Dos regimes políticos e formas de governo; - Da participação dos cidadãos na vida pública; - Da liberdade A politica não deveria ser a arte de dominar, mas sim a arte de fazer justiça Aristóteles
  4. 4. Tendo em mente a dificuldade em classificar-se as formas de governo, estas são tradicionalmente categorizadas em Formas puras de Governo (governo para o bem geral): • Monarquia - Governo de um só • Aristocracia - Governo de poucos ou dos melhores • Democracia - Governo do povo • Formas impuras de Governo (governo para o bem individual ou de um grupo): • Tirania - Governo de um só para o seu interesse ou de um grupo familiar • Oligarquia - Governo de poucos para seu interesse ou de um grupo social • Demagogia ou Politéia - Governo exercido pela maioria para oprimir a minoria Não há nada de errado com aqueles que não gostam de política, simplesmente serão governados por aqueles gostam Platão
  5. 5. Aristóteles Aristóteles, através de suas obras "Política" e "Ética a Nicômaco" vai esboçar um novo tipo de política, principalmente por suas ideias de participação popular e por defender que toda boa política deve visar sempre ao bem comum. Há de se dizer, também, que Aristóteles questionou as formas de Governo da época, mostrando de maneira contundente suas falhas. Quando Aristóteles definiu o HOMEM como animal político é porque, na sua concepção, a própria razão é, essencialmente, política. Para Aristóteles, a política era uma continuação da ética, só que aplicada à vida pública. O objecto principal da política é criar a amizade entre membros da cidade Aristóteles
  6. 6. Platão Platão escreveu sobre filosofia política principalmente em dois livros: “A república” e “As leis”. Nestes livros, apresenta a ideia de que uma sociedade bem ordenada é aquela onde cada indivíduo desempenha a função na qual é mais habilidoso. Os hábeis com as mãos deveriam ser artesãos, os fortes devem proteger a cidade e os sábios devem governá-la. Platão pensa também sobre como deve ser a educação nesta cidade ideal, para conseguir desenvolver em cada criança o seu potencial a fim de que possa executar melhor a sua função. Cada indivíduo, para ele, será livre enquanto estiver cumprindo as leis, criadas com o intuito de melhor conduzir a cidade. O castigo dos bons que não fazem política é ser governados pelos maus Platão
  7. 7. Sócrates Sócrates era contrário a aristocracia democrática, defendia que a república deveria ser governada por filósofos. Pensava também que em algumas situações os tiranos podem até ser mais legítimos que a democracia. Os filósofos seriam os perfeitos governadores do estado pois somente eles tem a capacidade de entender os mais profundos conhecimentos. Um político divide os seres humanos em duas classes: instrumentos e inimigos Friedrich Nietzsche

×