Do Mito a Ciência
O que é mito?
Mito e filosofia protagonizam
atualmente uma conciliação. Desde
os primórdios, a Filosofia, busca do
saber,...
A palavra mito é grega e significa
contar, narrar algo para alguém que
reconhece o proferido do discurso
como autoridade ...
O que é cosmologia?
A cosmologia surgiu como a parte da
filosofia que estuda a estrutura, a
evolução e composição do univ...
a substituição da explicação da
origem e transformação da natureza
através de mitos e divindades por
explicações racionai...
No período em que a cosmologia
prevaleceu, as pessoas acreditavam
que a natureza somente poderia ser
conhecida através do...
O que é mecanismo?
Doutrina filosófica que entende a
natureza a partir de sua submissão
aos processos mecânicos; corrente...
Metafisica da Modernidade
A palavra "Metafísica" significa "além
do físico, do material." Assim, é
compreensível que esse...
E que afirma e comprova que não
somos seres passivos frente a um
destino aleatório - cruel ou risonho,
mas tão indecifráv...
Características da metafisica
A metafísica, no âmbito do
pensamento filosófico, pode ser
considerada como uma espécie de
...
Pensamento da identidade: A
multiplicidade de eventos e coisas,
apesar de constituírem-se entidades
particulares, podem s...
Conceito forte de teoria: na filosofia
antiga o auge do desenvolvimento
humano seria a vida dedicada à
contemplação. Esta...
Dualismo Cartesiano
René Descartes nos trouxe a ideia do
dualismo cartesiano com a célebre
frase: "Penso, logo existo”, d...
Os dualistas compreendem a
existência como uma oposição entre
formas distintas, ou seja, entre o bem
e o mal, o conscient...
Materialismo
Materialismo é toda concepção
filosófica que aponta a matéria como
substância primeira e última de
qualquer ...
 O materialismo contrapõe-se ao
idealismo, cujo elemento primordial é
a ideia, o pensamento ou o espírito.
Determinismo
 Determinismo é o “princípio segundo
o qual tudo no universo, até mesmo a
vontade humana, está submetido.
Se...
Idealismo
 Doutrina idealista inerente
ao hegelianismo, caracterizada pela
suposição de que a única realidade
plena e con...
Hegelianismo
 É uma corrente filosófica
desenvolvida por Georg Wilhelm
Friedrich Hegel.
 Georg Wilhelm Friedrich Hegel.
...
Fundamentos teóricos
 Os fundamentos desta teoria são
baseados nos resultados de
observações feitas por físicos e
astrôno...
Teoria do Big Bang
A teoria do Big Bang explica que o
Universo surgiu a partir de uma
explosão primordial, ocorrida a
apr...
Os fundamentos da teoria de Big
Bang é baseado nos resultados de
observações feitas por físicos e
astrônomos, que demonst...
Em 17 de março de 2014, foi feito um
importante anúncio relacionado ao Big
Bang. O Centro de Astrofísica de
Harvard-Smith...
Friedrich Hegel: o idealismo
absoluto
Hegel, Georg Wilhelm Friedrich.
Nasceu em Stuttgart, em 1770 e
faleceu em 1831. São...
Faltava-lhe todo o ímpeto, toda a
genialidade, toda a inclinação para
manifestar o subjetivo. Sua natureza
era fria e obj...
Filosofia eduarda, ana laura e jaqueline 11 mp
Filosofia eduarda, ana laura e jaqueline 11 mp
Filosofia eduarda, ana laura e jaqueline 11 mp
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Filosofia eduarda, ana laura e jaqueline 11 mp

697 visualizações

Publicada em

Do mito à ciência

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
697
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
164
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Filosofia eduarda, ana laura e jaqueline 11 mp

  1. 1. Do Mito a Ciência
  2. 2. O que é mito? Mito e filosofia protagonizam atualmente uma conciliação. Desde os primórdios, a Filosofia, busca do saber, é entendida como um discurso racional que surgiu para se contrapor ao modelo mítico desenvolvido na Grécia Antiga e que serviu como base de sua educação.
  3. 3. A palavra mito é grega e significa contar, narrar algo para alguém que reconhece o proferido do discurso como autoridade sobre aquilo que foi dito.
  4. 4. O que é cosmologia? A cosmologia surgiu como a parte da filosofia que estuda a estrutura, a evolução e composição do universo, sendo a primeira expressão filosófica apresentada no Período pré-socrático ou cosmológico. Suas principais características são:
  5. 5. a substituição da explicação da origem e transformação da natureza através de mitos e divindades por explicações racionais que identificam as causas de tais alterações defende a criação do mundo a partir de um princípio natural que a natureza cria seres mortais a partir de sua imortalidade.
  6. 6. No período em que a cosmologia prevaleceu, as pessoas acreditavam que a natureza somente poderia ser conhecida através do pensamento, ou seja, existia a necessidade de pensar para se chegar ao princípio de todas as coisas que forma, a partir de sua imutabilidade, seres sensíveis a transformações, regenerações, mutações capazes de realizar modificações quanto à qualidade e quantidade.
  7. 7. O que é mecanismo? Doutrina filosófica que entende a natureza a partir de sua submissão aos processos mecânicos; corrente ideológica que analisa a natureza como uma máquina. A natureza passa a ser considerada como uma “máquina”, um mecanismo em funcionamento. Os fenômenos físicos seriam assim explicados pelas leis do movimento.
  8. 8. Metafisica da Modernidade A palavra "Metafísica" significa "além do físico, do material." Assim, é compreensível que esse nome tenha sido dado a um "movimento de pensamento" que se difunde no Brasil, mais intensamente em São Paulo, há uns trinta anos..
  9. 9. E que afirma e comprova que não somos seres passivos frente a um destino aleatório - cruel ou risonho, mas tão indecifrável quanto indeterminado - e sim agente constantemente ativo, mesmo que nem sempre conscientes, de tudo aquilo que nos acontece de agradável ou desagradável
  10. 10. Características da metafisica A metafísica, no âmbito do pensamento filosófico, pode ser considerada como uma espécie de busca por verdades e conceitos absolutos, a históricos, atemporais e universais.
  11. 11. Pensamento da identidade: A multiplicidade de eventos e coisas, apesar de constituírem-se entidades particulares, podem ser compreendidos como fazendo parte de um único todo; Idealismo: a perspectiva de que há uma forma ideal no pensamento. A filosofia terá atingido seu principal objetivo quando efetivamente conseguir representar com perfeição este mundo ideal;
  12. 12. Conceito forte de teoria: na filosofia antiga o auge do desenvolvimento humano seria a vida dedicada à contemplação. Esta relação se dá porque a especulação e contemplação são encaradas como formas de acesso privilegiando à verdade do mundo e das coisas.
  13. 13. Dualismo Cartesiano René Descartes nos trouxe a ideia do dualismo cartesiano com a célebre frase: "Penso, logo existo”, disse Descartes em 1596-1650 – ao afirmar que no cérebro se encontra a alma, a consciência superior do homem.
  14. 14. Os dualistas compreendem a existência como uma oposição entre formas distintas, ou seja, entre o bem e o mal, o consciente e o inconsciente, luz e trevas, matéria e espírito, alma e corpo, entre outras, as quais não podem ser reduzidas umas às outras. Esta corrente de pensamento pressupõe a diferença fundamental entre corpo e mente.
  15. 15. Materialismo Materialismo é toda concepção filosófica que aponta a matéria como substância primeira e última de qualquer ser, coisa ou fenômeno do universo. Para os materialistas, a única realidade é a matéria em movimento, que, por sua riqueza e complexidade, pode compor tanto a pedra quanto os extremamente variados reinos animal e vegetal,
  16. 16.  O materialismo contrapõe-se ao idealismo, cujo elemento primordial é a ideia, o pensamento ou o espírito.
  17. 17. Determinismo  Determinismo é o “princípio segundo o qual tudo no universo, até mesmo a vontade humana, está submetido. Segundo o Vocabulário de Filosofia, determinismo é “a teoria segundo a qual tudo está determinado, isto é, submetido a condições necessárias e suficientes, elas próprias também determinadas
  18. 18. Idealismo  Doutrina idealista inerente ao hegelianismo, caracterizada pela suposição de que a única realidade plena e concreta é de natureza espiritual, sendo a compreensão materialista ou sensível dos objetos um estágio pouco evoluído e superável no paulatino desenvolvimento cognitivo da subjetividade humana.
  19. 19. Hegelianismo  É uma corrente filosófica desenvolvida por Georg Wilhelm Friedrich Hegel.  Georg Wilhelm Friedrich Hegel. Este filósofo acreditava no poder do racional e, consequentemente, que tudo poderia ser explicado através de categorias reais
  20. 20. Fundamentos teóricos  Os fundamentos desta teoria são baseados nos resultados de observações feitas por físicos e astrônomos, que demonstram que o Universo encontra-se em constante expansão. Em 1929, por exemplo, o físico e astrônomo norte-americano Edwin Powell Hubble descobriu que as galáxias afastam-se uma das outras.
  21. 21. Teoria do Big Bang A teoria do Big Bang explica que o Universo surgiu a partir de uma explosão primordial, ocorrida a aproximadamente 13,7 bilhões de anos. Essa explosão ocorreu em função da grande concentração de massa e energia.
  22. 22. Os fundamentos da teoria de Big Bang é baseado nos resultados de observações feitas por físicos e astrônomos, que demonstram que o Universo encontra-se em constante expansão.
  23. 23. Em 17 de março de 2014, foi feito um importante anúncio relacionado ao Big Bang. O Centro de Astrofísica de Harvard-Smithsonian afirmou ter achado evidências de uma violenta e rápida expansão do universo, ocorrida frações de segundo após o Big Bang. Esta descoberta comprovaria a inflação cósmica.
  24. 24. Friedrich Hegel: o idealismo absoluto Hegel, Georg Wilhelm Friedrich. Nasceu em Stuttgart, em 1770 e faleceu em 1831. São características de seu caráter a serenidade, o pensar lento, mas firme e tenaz unidos à profundidade do sentimento.
  25. 25. Faltava-lhe todo o ímpeto, toda a genialidade, toda a inclinação para manifestar o subjetivo. Sua natureza era fria e objetiva, e vai se desdobrando lentamente em um trabalho sereno e amplo.

×