Apresentação aristóteles

10.487 visualizações

Publicada em

Ética

Apresentação aristóteles

  1. 1. ESES – Escola Superior de Educação de Santarém Curso de Educação e comunicação Multimédia PL – 2º Ano <br />Disciplina: Ética e Deontologia da ComunicaçãoDocente: Ramiro Marques<br />Aristóteles<br />
  2. 2. Aristóteles<br /><ul><li>Nasceu em 384 a. C. em Estagiros
  3. 3. Entrou para a Academia de Platão com 17 anos</li></ul> -Platão<br /> - Eudóxico<br />-Heraclitesde Ponto<br /> - Xenócrates<br /><ul><li>Estabelece-se em Assos sob a protecção de Hermias</li></li></ul><li><ul><li>Morte de Hermias em 345
  4. 4. Torna-se preceptor de Alexandre da Macedónia
  5. 5. Inaugura a sua própria escola – Liceu
  6. 6. Em 322, a.C. morre em Cálcia, na Eurobeia</li></li></ul><li>Ética a Nicómaco<br />Não tem<br />Religião mística<br />Teorias heterodoxas<br />Propriedade Família<br />
  7. 7. A Ética a Nicómacoocupa-se do estudo sobre a felicidade humana.<br />
  8. 8. <ul><li>O bemé definido como a finalidade que motiva as acções humanas;
  9. 9. O bem é a Felicidade, que é a actividade da alma.</li></li></ul><li>ALMA<br />Racional Irracional<br />Vegetativa Apetitiva<br />
  10. 10. VIRTUDES<br />Intelectual Moral<br />
  11. 11. <ul><li>O trabalho de um legislador é formar bons cidadãos formando bons hábitos;
  12. 12. Tornamo-nos justos praticando actos justos, e o mesmo sucede com as outras virtudes.</li></li></ul><li>CORAGEM RIQUEZA<br />Pode levar à morte<br />Pode provocar efeitos negativos<br />
  13. 13. <ul><li>O bem humano é definido como a actividade da alma que procura a virtude.
  14. 14. Cada virtude é um meio entre dois extremos, cada um dos quais é um vício. </li></li></ul><li>Cobardia CORAGEM Temeridade<br />Prodigalidade LIBERALIDADE Avareza<br />Humildade AMOR PRÓPRIO Vaidade<br />Chocarrice ESPIRITO VIVO Rusticidade<br />Baixeza MODÉSTIA Descaramento<br />
  15. 15. <ul><li>O meio é uma regra ou um princípio de escolha entre dois extremos, que se situam entre a emoção e a acção.</li></li></ul><li><ul><li> Sempre que um indivíduo não tem o poder de decidir por si, quer seja por se encontrar ameaçado ou impossibilitado de concretizar a sua verdadeira intenção, as acções decorrentes dessa circunstância não podem ser avaliadascom os mesmos critérios que utilizaríamos para uma acção voluntária, isto é, intencional e deliberada.</li></li></ul><li><ul><li>Aristóteles considera que: A ignorância moral não é desculpável, pois todos os indivíduos deverão ter consciência da virtude e do vício.
  16. 16. Sempre que uma acção seja cometida sem que se possa alegar ignorância ou um comportamento compulsivo essa acção é considerada voluntária.</li></li></ul><li><ul><li>“A amizade entre pessoas decentes é decente e aumenta de cada vez que elas estão na presença uma da outra. E as suas acções e correcções mútuas contribuem para as aperfeiçoar.” (Aristotle, Nicomachean Ethics, p. 266.)</li></li></ul><li>“Qual a finalidade da vida humana?” <br /><ul><li>Aristóteles parece sugerir que o prazer obtido como resultado de boas acções é um bom indicador da felicidade.
  17. 17. Aristóteles distingue várias espécies de prazeres, dizendo que os prazeres são bons ou maus conforme estejam associados a boas ou más actividades.</li></li></ul><li><ul><li>As virtudes práticas são apenas felicidade secundária; a suprema é o exercício da razão, porque a razão é o que caracteriza, por excelência, o ser humano.</li></li></ul><li>Bibliografia<br /> <br /> <br />ARISTOTLE. NicomacheanEthics. Introdução e comentários de TrenceIrwin. Indianapolis, Cambridge.<br />MACINTYRE, Alasdair. A Short History of Ethics. Simon & Schuster, a Touchstone Book, New York, 1996.<br />PEREIRA, Maria Helena da Rocha. Estudos de História da Cultura Clássica. Volume 1, Cultura Grega. 6.ª Edição da Fundação Calouste Gulbenkian, 1987, Lisboa.<br />RUSSELL, Bertrand. História da Filosofia Ocidental. Volume 1, Círculo de Leitores, 1977.<br /> <br />Webgrafia<br />Ramiro Marques, em: http://www.eses.pt/usr/ramiro/docs/etica_pedagogia/ética%20 deAristóteles.pdf<br />
  18. 18. Trabalho elaborado por:<br />Alexandre Carreira N.º 090236019<br />Cláudia Anastácio N.º 090236033<br />Joana Santos N.º 090236002<br />Vanessa Santiago N.º 090236032<br />

×