Dna

1.278 visualizações

Publicada em

Publicada em: Espiritual, Tecnologia, Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.278
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
256
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
31
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Dna

  1. 1. DNA Biológico DNA Energético y
  2. 2. No DNA o ácido desoxirribonucleico funciona como um armazém que contém toda a informação do material genético presente nos seres vivos.
  3. 3. Pode ser considerado além de um mapa, um plano ou uma prescrição do código genético.
  4. 4. Mas, do ponto de vista energético, o do DNA é mais do que uma organização biológica que forneça uma informação genética.
  5. 5. Seu funcionamento depende, única e exclusivamente, da informação fornecida pelo DNA Energético Individual.
  6. 6. ¿ ¿? ¿? ¿? ? ¿DNA Energético Individual? ? ¿ ¿ ¿
  7. 7. O que é o DNA Energético Individual? O DNA Energético Individual é a essência inerente a todo ser humano. É a alma ou energía individual que através da eternidade tem vindo encarnando ou experimentando existências, segundo as necessidades energéticas por saldar ou equilibrar.
  8. 8. Cada ação executada pelo ser humano, não é mais do que para interagir e intercâmbio energético, e conseqüentemente, todo individuo é responsável pela forma como usa suas energías inerentes, através de seus pensamentos, suas palavras, suas obras, seus sentimentos e suas emoções. O desconhecimento deste Principio no desconhecimento do resto dos Preceitos e outras leis Naturais Universais, isentos de qualquer das suas responsabilidades.
  9. 10. É por esta razão que cada alma ou cada essência individual ou cada DNA Energético, terá que encarnar várias vezes, até que estas energias distorcidas, exacerbadas, desvirtuadas, deformadas e/ou subusadas alcancem novamente seu equilibrio natural.
  10. 16. O DNA Energético que está disponivel, envia, escolhe e ordena a forma que de organizar o DNA Biológico no momento da concepção, codificando assim as características físicas “ideales y perfectas” para a nova experiência de vida.
  11. 17. Assim, tanto o DNA Biológico como o DNA Energético tem em sí, um identificador individual em todo o Universo.
  12. 18. Não existe um DNA Energético junto a um DNA Biológico igual em todo o Universo.
  13. 19. Além disso, o fluxo de energías que compõe o DNA Energético, é o encarregado de dirigir cada segmento de cada filamento físico de acordo com suas freqüências e vibrações dominantes.
  14. 20. Permitindo que possa, comunicar-se com o segmento seguinte e com o filamento seguinte através de constantes impulsos imperceptivel.
  15. 21. Em outras palavras, estes movimentos de energía, são o resultado da ativação individual diária, que converge em uma constante reorganização estrutural no DNA Energético.
  16. 22. É a estimulação da atividade física e energética, com a qual, o individuo proprietário e responsável delas, e tem novamente a oportunidade para poder transformar o seu equilibrio e assím restabecer a ordem energético individual.
  17. 23. É o Efeito que se converte em Causa para gerar novos Efeitos . São ditados na alma ou na Conciência para ser executados pelo corpo.
  18. 24. É a Lei da Conservação da Energia em constante atividade: “A energía não muda de forma, apenas muda sua forma”.
  19. 25. Enquanto os patrões energéticos se vão transformando, também o vão fazendo os patrões de conduta e de personalidade do individuo, o que convida a outras freqüencias similares do ambiente a interagir continuamente atraindo nova informações.
  20. 26. Quando todo este processo está conciente, toda esta informação estimula a prática da introspecção. É esse diálogo interno, o principio inconciente, que logo podem chegar a ser conciente o que estimula e ativa energías relacionadas a uma grande sabedoria ilimitada.
  21. 27. É em outras palavras, um processo de transição que podem levar definitivamente o individuo ao Despertar da Conciência.
  22. 28. Em ocasiões, o constante mudança nos patrões energéticos, produzem certo tipo de dores físicas. Os mesmos são causados pelo processo de “choque, moldagem e adaptação” do DNA Biológico com a informação gerada pelo DNA Energético.
  23. 29. São dores que com freqüência nao tem explicação médica, os que se produzem por contraste que surge entre a informação biológica presente e a nova informação energética subministrada, como conseqüência da transformação de energías relacionadas aos mêdos, temores, raivas e ódios acumulados durante muito tempo.
  24. 30. O que leva a um possível comportamento irracional e impulsivo pela falta de comprensão no que está ocorrendo.
  25. 31. Quando uma pessoa é consciente de seu despertar, e se deseja manter-se nesse estado, deve começar a ativar intencional e constantemente todo o acúmulo energético que o identifica como um humano pensante.
  26. 32. São energías relacionadas ao raciocinio, a reflexão, as análises, a lógica, ao sentido comum, a verdade, ao dever, a prudência, a disciplina e a retitão, mescladas com energías de amor, paz, dignidade, harmonía, respeito e tolerância,… Estas entre muitas outras.
  27. 33. É praticar o controle dos sentidos e o controle da mente através do desapego com tudo que o mantém ligado ao mundo físico e material: os desejos, os odios, os apegos, os cuidados, as ambições, os caprichos, as vinganças, a gula e a luxúria… Estas entre muitas outras.
  28. 34. Enquanto este processo se vai dando, será também ativado certas energías que irão estimulando essa parte do cerebro que não havía sido utilizada desde que començou a viagem individual.
  29. 35. Além disso, quando se escolhe permanecer em um estado de conciência plena, esta atividade pode chegar a converter-se em uma nova forma de vida como resultado da atividade energética que se quer alcançar.
  30. 36. O que é certo, é que quando se começa com a prática de um processo consciente, começará a manifestar-se, pouco a pouco, uma série de sentimentos incondicionais de plenitude e bemaventuranças, apesar das situações difíceis pelas quais se está passando.
  31. 37. Em conseqüência, será um conjunto de mudanças que também se estará manifestando tanto na personalidade como no carácter.
  32. 38. Reformatação e Tradução : Rosemary Moliterno Elizabeth Vârga Ramírez É a conseqüência, dando um rumo novo na vida.

×