Mind map Jean Piaget

404 visualizações

Publicada em

Material produzido para as aulas de Fundamentos Psicológicos da Educação. Anos 2011, 2012 e 2013.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
404
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Mind map Jean Piaget

  1. 1. FONTE: Gaonach’h e Golder, (1995).
  2. 2. Voltar ao Mapa
  3. 3. Voltar ao Mapa
  4. 4. ESTÁGIO EQUILÍBRIO Sensório-motor 18 meses até 2 anos Operatório concreto (Construção do número) Preparação: entre 2 e 7 anos (Equilíbrio: entre 7 e 11 anos) Operatório formal Cerca de 16 anos  Eles comparam as crianças, na mesma atividade, com diferentes idades cronológicas, Isto é, em diferentes períodos do desenvolvimento. Voltar ao Mapa
  5. 5. 18 meses até 2 anos Não há lógica Aprendizagem da coordenação motora elementar;  Aquisição da linguagem até a construção de frases simples;  Desenvolvimento da percepção;  Noção de permanência do objeto;  Preferências afetivas;  Início da compreensão de regras; Voltar ao Mapa
  6. 6. Preparação: entre 2 e 7 anos (Construção dos numeros Equilíbrio: entre 7 e 11 anos)  Lógica das relações e das transformações sobre o material visível (objetos presentes);  Domínio da linguagem;  Animismo, finalismo e antropocentrismo/egocentrismo, isto é, os objetos são percebidos como tendo intenções de afetar a vida da criança e dos outros seres humanos;  Brincadeiras individualizadas, limitação em se colocar no lugar dos outros;  Possibilidade da moral da obediência, isto é, que o certo e o errado é aquilo que dizem os adultos. Mais Voltar ao Mapa
  7. 7. Preparação: entre 2 e 7 anos (Construção dos numeros Equilíbrio: entre 7 e 11 anos)  Coordenação motora fina;  Início da capacidade de utilizar a lógica;  Número, conservação de massa e noção de volume;  Operações matemáticas, gramática, capacidade de compreender e se lembrar de fatos históricos e geográficos;  Auto-análise, possibilidade de compreensão dos próprios erros;  Planejamento das ações;  Compreensão do ponto-de-vista e necessidades dos outros;  Coordenação de atividades, jogos em equipe, formação de turmas de amigos (no início de ambos os sexos, no fim do período mais concentrada no mesmo sexo);  Julgamento moral próprio que considera as intenções e não só o resultado. Menos peso à opinião dos adultos. Voltar ao Mapa
  8. 8. Cerca de 16 anos  Lógica desarticulada do concreto;  Abstração matemática (x, raiz quadrada, infinito);  Formação de conceitos abstratos (liberdade, justiça);  Criatividade para trabalhar com hipóteses impossíveis ou irreais. Possibilidade de dedicação para transformar o mundo;  Reflexão existencial;  Crítica dos valores morais e sociais;  Moral própria baseada na moral do grupo de amigos;  Experiência de coisas novas, estimuladas pelo grupo de amigos;  Desenvolvimento da sexualidade. Voltar ao Mapa
  9. 9.  Sensório-motor: está fase aproximadamente ocorre com crianças de dois anos de idade, quando exploram os ambientes que lhes rodeiam, usando as mãos, observação as tuas limitações, localização dos objetos;  Pré-operacional: está fase vai dos dois anos aos 7, é a fase de alfabetização da criança, quando poderá observar todas as facilidades que a criança tem em aprender ou não, a onde poderá explorar os objetos para a aprendizagem;  Operatório concreto: fase que vai dos sete aos 11 anos, onde a criança terá capacidade de trabalhar com situações reais, capazes distinguir tamanhos, forma, quantidades;  Operatório formal: fase que se inicia aos 12 anos, quando o individuo desenvolve a capacidade de raciocínio proposital, sem auxilio dos objetos concretos, é quando o adolescente distingue certo de errado; Voltar ao Mapa
  10. 10. Voltar ao Mapa Mais
  11. 11. Voltar ao Mapa Mais
  12. 12. Voltar ao Mapa

×