Vida de oração

1.440 visualizações

Publicada em

Ao lado do Estudo Bíblico, a Oração é um dos pilares para uma vida cristã com frutos.

Publicada em: Espiritual
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.440
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
204
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Vida de oração

  1. 1. Vida de Oração
  2. 2. Se você quer que Deus o ouça quando você ora, precisa ouvi-lo quando ele fala. (Thomas Brooks) Não há nada que melhor indique o que somos como cristãos do que a nossa vida de oração. (D. Martyn Lloyd-Jones) Aquele que ora como deve procurará viver como ora. (John Owen)
  3. 3. Ao lado do Estudo Bíblico, a Oração é um dos pilares para uma vida cristã com frutos.
  4. 4. A Oração é o instrumento pelo qual o crente fala com Deus, não só para pedir bênçãos, mas também para agradecer e louvar.
  5. 5. Vida Cristã com frutos significa alcançar resultados através da oração  Na própria vida  Na vida dos outros Que resultados?  Mais comunhão com Deus  Vitórias pessoais (obediência)  Dádivas materiais  Curas A Oração de Ana 1 Samuel 1.10-19
  6. 6. A Oração está presente em toda a Bíblia... (mas não damos o devido valor) 1.Por que orar? 1.Jesus mandou orar – Mt 26.36-46 Até Jesus sentiu necessidade de orar e de que seus amigos orassem por Ele Os amigos (discípulos) não tiveram o mesmo grau de interesse e convicção Daí a ordem e advertência de Jesus (v. 41)
  7. 7. 2.A igreja do primeiro século, no calor de Pentecostes e do primeiro amor, orava com fervor (Atos 1.14; 2.42; 12.15 3.Os apóstolos tinham vida de oração e recomendavam a prática da oração (Atos 10.9; 16.13; Efésios 1.15-16; Colossenses 4.12; 1 Tessalonicenses 5.17) 4.A oração é da máxima importância para a vida do crente A armadura de Deus deve ser usada “com toda oração” – Efésios 6.17, 18
  8. 8. E nós sabemos orar? Não como poderíamos e deveríamos Lucas 11.1-4; Romanos 8.26 Numa escala de 1 a 10, nossas orações são geralmente de:
  9. 9. Somos propícios à Somos relapsos na Somos tímidos na Somos omissos na
  10. 10. Orações específicas e seu poder Tiago 5.13-20
  11. 11. O que fazer então? Avaliar nosso conceito de oração Valor que damos à oração; fé; dependência de Deus Questionar a nossa prática Buscar qualidade; orar segundo a vontade de Deus Levar a sério a vida de Oração Frutificar = resultados; tempo; dedicação; fervor

×