FÓRUM	
  NACIONAL	
  DE	
  CLIENTES	
  
EXAGRO	
  2013	
  
Aumento	
  de	
  produção	
  por	
  cabeça	
  e	
  por	
  área	...
Análise	
  EstaOsPca	
  	
  
Indicadores	
  com	
  Alta	
  Correlação	
  com	
  o	
  Resultado	
  
R$/ha	
  
@/ha	
  
Cust...
 
Por	
  onde	
  começar?	
  Melhoria	
  na	
  gestão	
  
dos	
  processos	
  com	
  pouco	
  ou	
  nenhum	
  aumento	
  
...
 
	
  
	
  
Foco	
  no	
  ganho	
  por	
  área	
  
	
  
	
  
4	
  
Aumento	
  da	
  produção	
  de	
  
forragem	
  
•  Recuperação	
  da	
  pastagem	
  
•  Adubação	
  correIva	
  
•  Aduba...
 
Mudar	
  a	
  ferPlidade	
  de	
  solo	
  
implica	
  em	
  Custo	
  
$	
  
6	
  
 
Modelando	
  resposta	
  a	
  correção	
  
de	
  solo	
  
•  Exemplo	
  de	
  correção	
  básica	
  
	
  	
  	
  	
  	
 ...
 
Resposta	
  a	
  aplicação	
  de	
  
correPvos	
  
8	
  
•  ExpectaIva	
  de	
  retorno	
  de	
  3,2	
  a	
  6,7	
  anos...
Saturação	
  por	
  bases	
  x	
  Resultado	
  
por	
  ha	
  	
  
9	
  
 
Modelando	
  resposta	
  a	
  adubação	
  
nitrogenada	
  
10	
  
	
  
	
  
	
  
	
  
	
  
	
  
	
  
	
  
	
  
Fonte:	
 ...
11	
  
55	
  %	
  EP	
  	
  -­‐	
  600	
  GMD	
  
•  FerPlidade	
  de	
  solo:	
  Baixa,	
  alta,	
  muito	
  alta	
  
•  ...
12	
  40	
  %	
  EP	
  ,	
  600	
  GMD	
  
•  FerPlidade	
  de	
  solo:	
  Baixa,	
  alta,	
  muito	
  alta	
  
Eficiência	...
13	
  
55	
  %	
  EP	
  ,	
  700	
  GMD	
  
•  FerPlidade	
  de	
  solo:	
  Baixa,	
  alta,	
  muito	
  alta	
  
•  Eficiên...
Pontos	
  chave	
  
•  FerIlidade	
  de	
  solo	
  
•  Resposta	
  a	
  adubação	
  
•  Eficiência	
  de	
  pastejo	
  
•  ...
Indicador	
  final:	
  Conversão	
  de	
  
pasto	
  em	
  arroba	
  	
  
15	
  
Ganho/animal
Ganho/ área
Sub pastejo Super pastejo
Amplitude
ótima
	
  
TL	
  mínima	
  
	
  
TL	
  óIma	
  
	
  
TL	
  má...
 
	
  
Foco	
  no	
  ganho	
  por	
  animal	
  
17	
  
@/cab/ano	
  
𝐺𝑎𝑛ℎ𝑜   𝑑𝑒   𝑃𝑒𝑠𝑜  ?	
  
	
  
​​@∕𝑐𝑎𝑏   !   ​ 𝑃 𝑟𝑜𝑑𝑢çã 𝑜   𝑑𝑒  @/𝑀é 𝑑𝑖𝑎   𝑑𝑒  
𝑐𝑎𝑏𝑒ç 𝑎𝑠 	
  
	
  
Troca	
  d...
Princípios	
  básicos	
  de	
  
suplementação	
  
•  Produto	
  adequado	
  
•  Custo:	
  R$/cab/dia	
  x	
  meta	
  de	
 ...
20	
  
Suplementação	
  proteica	
  
21	
  
	
  
Respeitar	
  caracterísPca	
  regional	
  
Fazes Nov-Dez Jan-Fev Mar-Abr Mai-Jun...
 
Benedcios	
  e	
  desafios	
  	
  
	
  
22	
  
Fonte:	
  Resende,	
  2005.	
  Paulino,	
  2008	
  
-­‐  Estratégias	
  e	...
Suplementação	
  energéPca	
  para	
  
engorda	
  
– Benedcios	
  
•  Curto	
  prazo	
  para	
  retorno	
  do	
  capital	
...
Suplementação	
  energéPca	
  
•  Ganho	
  adicional	
  depende:	
  
–  	
  Qualidade	
  da	
  forragem	
  
–  	
  Consumo...
Conclusão	
  
•  Existem	
  ferramentas	
  e	
  tecnologias	
  disponíveis	
  
para	
  aumentar	
  a	
  produção	
  de	
  ...
Muito	
  Obrigado	
  
Patrocínio	
  Ouro	
  
Patrocínio	
  Prata	
   Patrocínio	
  
Bronze	
  
26	
  
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

[Palestra] Alessander Rodrigues - Análise da produtividade na pecuária, aumentar a produtividade por animal ou por área? - Fórum Nacional de Clientes Exagro 2013

349 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
349
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
16
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
16
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

[Palestra] Alessander Rodrigues - Análise da produtividade na pecuária, aumentar a produtividade por animal ou por área? - Fórum Nacional de Clientes Exagro 2013

  1. 1. FÓRUM  NACIONAL  DE  CLIENTES   EXAGRO  2013   Aumento  de  produção  por  cabeça  e  por  área   Alessander  Rodrigues  Vieira   Patrocínio  Ouro   Patrocínio  Prata   Patrocínio   Bronze   1  
  2. 2. Análise  EstaOsPca     Indicadores  com  Alta  Correlação  com  o  Resultado   R$/ha   @/ha   Custeio   R$/cab   @/   cabeça  
  3. 3.   Por  onde  começar?  Melhoria  na  gestão   dos  processos  com  pouco  ou  nenhum  aumento   no  custeio     – Divisão  e  distribuição   de  água   – Pastejo  rotacionado   – Manejo  da  pastagem   – Ajuste  fino  de  carga  e   suporte   3   – Apartação  por   categoria   – Tamanho  de  lotes   – Evitar  misturas  e   deslocamentos   – Sanidade   – GenéIca  
  4. 4.       Foco  no  ganho  por  área       4  
  5. 5. Aumento  da  produção  de   forragem   •  Recuperação  da  pastagem   •  Adubação  correIva   •  Adubação  nitrogenada   •  Integração  com  Agricultura     5  
  6. 6.   Mudar  a  ferPlidade  de  solo   implica  em  Custo   $   6  
  7. 7.   Modelando  resposta  a  correção   de  solo   •  Exemplo  de  correção  básica                3000  kg  de  Calcário                500  kg  de  Gesso                200  kg  de  MAP                  R$  630,00/ha                   7   Custo  da  correção R$/ha 630,00R$                                   Custo  para  5  anos R$/ha/ano 126,00R$                                   Resultado  Marginal  potencial  por  cabeça (R$/cab/ano) 196,00R$                                   Aumento  de  suporte  necessário  para  cobrir  o  custo Cab/ha 0,64                                                       Aumento  de  suporte  necessário  para  cobrir  o  custo UA/ha 0,47                                                      
  8. 8.   Resposta  a  aplicação  de   correPvos   8   •  ExpectaIva  de  retorno  de  3,2  a  6,7  anos   Fonte:   Oliveira,  2007  –  Anais  do  24  simpósio  sobre  manejo  da  Pastagem   Luz  et  al.,  2007  -­‐  Anais  do  24  simpósio  sobre  manejo  da  Pastagem   Sousa  et  al.,2001  -­‐  Embrapa  Cerrados   Aguiar,  2011  –  Correção  e  Adubação  do  solo  da  Pastagem     Insumo Quantidade Custo Aumento  Produção Aumento  Lotação t/ha R$/ha t  de  MS/ha/ano UA/ha/ano Calcário 3 210,00                                   0  a  1,5  t 0,14 Gesso  +  calcário 3  +  0,5 265,00                                   1,8  a  3,33  t 0,36 P2O5 0,1 295,45                                   3  t 0,41 Correção  +  60  kg  de  N  +  K2O -­‐ 860,00                                   9,6 0,8  a  1,2
  9. 9. Saturação  por  bases  x  Resultado   por  ha     9  
  10. 10.   Modelando  resposta  a  adubação   nitrogenada   10                     Fonte:  Aguiar,  2011.  Martha  Junior  et  al.  2004,  citado  por  Aguiar  2011.   Oliveira,2007.                               Fertilidade -­‐ Baixa-­‐média Alta Muito  Alta Perfil  de  Adubação Correção Reposição Sem P  e  K P  e  K P  e  K   Kg  de  Nitrogênio kg/ha 200 200 200 Resposta Kg  N  /  Kg  de  MS 45 45 45 Ef.  Pastejo % 55% 55% 55% Tx.  De  Lotação  Adicional UA/ha 2,78 2,78 2,78 Uréia kg/ha 444 444 444 MAP kg/ha 180 76                                                                                              -­‐       KCL kg/ha 300 145                                                                                              -­‐       Custo R$/ha 1.189,78 858,18 577,78 GMD gr/dia 0,6 0,6 0,6 Custo R$/cab/mês 46,64 33,64 22,65
  11. 11. 11   55  %  EP    -­‐  600  GMD   •  FerPlidade  de  solo:  Baixa,  alta,  muito  alta   •  Eficiência  de  pastejo:  55%     •  Ganho  de  peso:  0,60  kg/dia   -­‐300,00 -­‐200,00 -­‐100,00 0,00 100,00 200,00 300,00 400,00 Baixa-­‐Média Alta Muito  Alta Resultado  Adicional  R$/ha
  12. 12. 12  40  %  EP  ,  600  GMD   •  FerPlidade  de  solo:  Baixa,  alta,  muito  alta   Eficiência  de  pastejo:  40%     •  Ganho  de  peso:  0,60  kg/dia     -­‐500,00 -­‐400,00 -­‐300,00 -­‐200,00 -­‐100,00 0,00 100,00 200,00 300,00 Baixa-­‐Média Alta Muito  Alta Resultado  Adicional  R$/ha
  13. 13. 13   55  %  EP  ,  700  GMD   •  FerPlidade  de  solo:  Baixa,  alta,  muito  alta   •  Eficiência  de  pastejo:  55%     •  Ganho  de  peso:  0,70  kg/dia     -­‐100,00 0,00 100,00 200,00 300,00 400,00 500,00 600,00 Baixa-­‐Média Alta Muito  Alta Resultado  Adicional  R$/ha
  14. 14. Pontos  chave   •  FerIlidade  de  solo   •  Resposta  a  adubação   •  Eficiência  de  pastejo   •  Ganho  de  peso   14   Planejamento  e   gestão  do  processo  
  15. 15. Indicador  final:  Conversão  de   pasto  em  arroba     15  
  16. 16. Ganho/animal Ganho/ área Sub pastejo Super pastejo Amplitude ótima   TL  mínima     TL  óIma     TL  máxima   Fonte:  Mob,  1969,  modificado   Produção  animal  x  área  
  17. 17.     Foco  no  ganho  por  animal   17  
  18. 18. @/cab/ano   𝐺𝑎𝑛ℎ𝑜   𝑑𝑒   𝑃𝑒𝑠𝑜  ?     ​​@∕𝑐𝑎𝑏   !   ​ 𝑃 𝑟𝑜𝑑𝑢çã 𝑜   𝑑𝑒  @/𝑀é 𝑑𝑖𝑎   𝑑𝑒   𝑐𝑎𝑏𝑒ç 𝑎𝑠      Troca  de  improduIvos   Por  produIvos    
  19. 19. Princípios  básicos  de   suplementação   •  Produto  adequado   •  Custo:  R$/cab/dia  x  meta  de  desempenho   •  Consumo  objeIvo     •  Tamanho  de  lotes,  estrutura  dsica,  espaço  de   cocho   19  
  20. 20. 20  
  21. 21. Suplementação  proteica   21     Respeitar  caracterísPca  regional   Fazes Nov-Dez Jan-Fev Mar-Abr Mai-Jun Jul-Ago Set-Out Consumo de suplemento 60 60 60 200 200 200 Ionóforo Sim Sim Sim Sim Sim Sim Uréia g/cab 0 0 0 20 30 30 Consumo de suplemento 200 300 400 400 400 300 Ionóforo Sim Sim Sim Sim Sim Sim Uréia g/cab 10 12 15 20 30 15 Evolução das misturas minerais Águas Seca
  22. 22.   Benedcios  e  desafios       22   Fonte:  Resende,  2005.  Paulino,  2008   -­‐  Estratégias  e  objePvos  do  sistema  de  produção   -­‐  Ajustes  táPcos  no  planejamento  da  fazenda   -­‐  Estrutura  de  cocho  –  espaçamento,  cobertura   -­‐  Custos    operacionais  e  forma  de  distribuição   Ganho resposta para  pagar esperada gr/dia R$/cab/dia R$/cab/dia gr/cab/dia gr/cab/dia Suplemento   Protéico 300 R$  0,26 R$  0,14 47  80  a  170   Consumo Custo Custo   adicional
  23. 23. Suplementação  energéPca  para   engorda   – Benedcios   •  Curto  prazo  para  retorno  do  capital   •  Melhor  acabamento  e  liquidez     •  Cumprimento  de  metas  de  abates   •  Ajuste  de  taxa  de  lotação   – Desafios   •  Bom  manejo  e  roInas   •  Estrutura  dsica   •  Operação  e  logísIca   23  
  24. 24. Suplementação  energéPca   •  Ganho  adicional  depende:   –   Qualidade  da  forragem   –   Consumo  de  suplemento  (0.2,  0.5,  1%  do  PV)   –   Efeito  associaIvo  ou  efeito  subsItuIvo   –   Do  ganho  de  carcaça     –  (Correa,  2006;  Resende,  2005;  Paulino,2008)   •  ExpectaIva  ganho  (peso  vivo)  0,4  a  1,0  kg  /cab/dia   •  Custo  adicional  (peso  vivo)    0,4  a  0,7  kg/cab/dia   (depende  do  custo  da  ração  e  do  consumo)   24  
  25. 25. Conclusão   •  Existem  ferramentas  e  tecnologias  disponíveis   para  aumentar  a  produção  de  arrobas   •  Maior  uso  de  insumos  implica  em  aumentar   os  pontos  de  controle  a  serem  gerenciados   •  Definição  clara  do  objeIvo  com  foco  no   resultado  financeiro   25  
  26. 26. Muito  Obrigado   Patrocínio  Ouro   Patrocínio  Prata   Patrocínio   Bronze   26  

×