SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 16
Baixar para ler offline
Recuperação e Renovação de
Pastagens Degradadas e
Sistemas de Integração
Lavoura-Pecuária-Floresta
(ILPF)
Luiz Adriano Maia Cordeiro
Pesquisador da Embrapa Cerrados
✓ Área Total Pastagens = 165 Milhões de hectares
✓ 1/3 em bom estado → 16-20 @ carne / ha / ano
✓ 1/3 em degradação → 5-8 @ carne / ha / ano
✓ 1/3 degradada → 2 @ carne / ha / ano
✓ Leite: 4 Litros / vaca / dia
✓ Produtividade por vaca em lactação: 2.450 kg / vaca / ano
✓ Brasil: 70% das pastagens têm taxa de lotação abaixo de 1 UA / ha.
Se dobrar essa taxa de lotação, é possível manter mesmo rebanho,
liberando 74 milhões de hectares.
✓ Cerrado: 80% de pastagens cultivadas em algum grau de degradação.
Fontes: Kichel et al. (1999); Zimmer &
Euclides (2000); Macedo et al. (2000);
Macedo (2005); Lourival Vilela
(Embrapa Cerrados); USDA (2016)
Pastagens cultivadas no Brasil
Degradação de Pastagens
-N
-N, P, S...
Qualidade e produtividade
Vigor e
produtividade
 Invasoras
Cobertura de solo
M.O.
 Compactação
Infiltração
 Erosão
Custo de recuperação e
Impacto ambiental
Alto
Baixo
Tempo/Manejo
Intensidade
Fonte: Manuel C. M. Macedo
(Embrapa Gado de Corte).
Estratégias para Recuperação Produtiva
da Pecuária
1. Recuperação, Renovação e Manejo de Pastagens: recuperar pastos
degradados e mantê-los produtivos com técnicas de manejo (ajustes
de lotação, reposição de nutrientes no pasto, uso de genética animal,
etc.)
2. Integração Lavoura-Pecuária (ILP): sistemas de consórcio de
culturas anuais com forrageiras, sucessão culturas anuais e
forrageiras, rotação lavoura-pastagens, entre outras.
3. Integração Lavoura-Pecuária-Floresta (ILPF): renda potencial da
madeira, conforto térmico e bem estar animal, espécies exóticas ou
nativas, entre outras.
(1) Recuperação Direta: Descanso +
manejo da altura; Adubação N
(2) Recuperação Direta: 1 + Correção e
adubação P, K e S + gradagem; controle
de invasoras (rolo-faca, roçadeira,
subsolagem, mata-broto); herbicida
(área total ou dirigida > ou < 40%) no
início das chuvas; replantio localizado se
necessário
(3 e 4) Renovação: Preparo total e
replantio (em média custo 3x superior ao
da recuperação direta)
(3 e 4) Renovação indireta: forrageira
anual, leguminosa ou com agricultura na
Integração Lavoura-Pecuária (em
média custo 5x superior ao da
recuperação direta)
Fonte: adaptado de Dias-Filho (2017)
Recuperação ou Renovação
de Pastagens Degradadas
< 0,8 UA / ha
4 @ carne / ha / ano
> 5,0 UA / ha
20-30 @ carne / ha / ano
Integração Lavoura-Pecuária (ILP)
ou Sistema Agropastoril
Benefícios para a pecuária:
- Pastagens maior quantidade, melhor
qualidade (devido ao resíduo adubo)
- Amortização de custos recuperação de
pastagens degradadas (colheitas pagam
a conta)
- Pastagens no inverno ou na época
seca, redução uso silagem (reduz
custos)
- Maior produção de carne ou leite (mais
volumoso e nutrientes)
- Mais liquidez e rentabilidade
(viabilidade)
Benefícios para a agricultura:
- Mais resíduos vegetais sobre o solo
(menos erosão)
- Palhada das pastagens para Sistema
Plantio Direto de Qualidade (maior
produtividade)
- Melhor qualidade do solo (Matéria
Orgânica do Solo, estrutura, sanidade,
maior retenção de água,...)
- Maior produtividade de grãos com
redução de custos ao longo do tempo
- Maior rentabilidade adicional da
pecuária (renda na estação seca)
✓ Maior diversificação e intensificação do uso da área em 100 % tempo
✓ Otimização uso do solo: grãos, carne ou leite e madeira
✓ Economicamente viável e aumenta renda extra (pela madeira, mas,
depende do mercado)
✓ Quebra-ventos, menor ressecamento pastos, melhor dinâmica hídrica
✓ Conforto térmico e bem-estar animal pela sombra (microclima
favorável)
✓ Promoção da biodiversidade e adequação ambiental
✓ Diminuição da pressão de desmatamento (efeito “poupa-terra”)
✓ Mitigação da emissão de Gases de Efeito Estufa
✓ Certificações (p.e. Carne Carbono Neutro), crédito especial, etc.
1º ano 2º ano 3º ano 4, 5, 6 e 7º anos
Integração Lavoura-Pecuária-Floresta (ILPF)
ou Sistema Agrossilvipastoril
ILPF aumenta em cinco vezes a produção de
carne em Sinop, MT (julho 2015 a julho 2016)
Fonte: Bruno Pedreira
(Embrapa Agrossilvipastoril)
OBS: em todos os tratamentos da pesquisa, a pastagem recebeu adubação de
manutenção no mês de dezembro. Foram adicionados 50 kg de nitrogênio e
potássio e 40 kg de fósforo por hectare. O pasto, por sua vez, foi manejado na
altura de 30 cm, adicionando ou retirando animais de acordo com a demanda
da planta forrageira. Os animais, que entraram no experimento com cerca de
335 kg, receberam suplemento proteinado de 0,1% do peso vivo.
Pasto de inverno pós soja ILP
(setembro 2018)
Pastos formados após soja em ILP (solos arenosos):
✓ Taxas lotação de 1,0 UA/ha (seca) e 4,0 UA/ha (águas)
✓ GPV médio = 1,0 a 1,7 kg/cab/dia = 25 a 30 @ carne/ha/ano
Fazenda Campina, Carlos Viacava, Caiuá-SP
Fonte: Grupo CV (2019)
ILP
Ano
agrícola
MOS
Produtividade de grãos Taxa de
lotação
média
Produt.
animalSoja Milho
(mg dm-3) ------ (kg ha-1) ----- (UA ha-1) (kg PV ha-1 ano-1)
2006/2007 18 2.700 5.400 1,0 69
2007/2008 20 2.820 6.600 1,8 111
2008/2009 19 3.000 7.200 2,0 167
2009/2010 27 3.150 8.400 2,5 222
2010/2011 29 3.300 10.440 2,5 333
2011/2012 30 3.600 11.100 3,0 472
2012/2013 30 3.480 9.600 3,5 447
2013/2014 35 3.720 10.500 3,8 554
2014/2015 35 3.240 10.800 + 7.800* 4,0 730
Faz. Santa Brígida, Marize Costa, Ipameri-GO
Fonte: Fazenda Santa Brígida (2013);
Oliveira et al. (2013; 2015)
* Milho em cultivo de safrinha
• Custo estimado de produção da @ na Região (sistema tradicional) = R$ 110,00
• Custo estimado de produção da @ na Fazenda Sta. Brígida (ILP) = R$ 58,00
• Preço de mercado @ (região Ipameri-GO) = R$ 135,00
• Lucro por @ na Fazenda Sta. Brígida (ILP) = R$ 77,00
Fonte: Fazenda Santa Brígida (2017)
ILP e ILPF: intensificação da produção
e renda
Resultado líquido por hectare = - R$200,00
Gerava 4 empregos, consumia 60 mil reais ao ano em insumos.Resultado líquido por hectare/ano: + R$ 2.750,00
Gera 18 empregos diretos
Fazenda Santa Brígida – após adoção da ILP e ILPF (2017)
CO2
CH4
Biomassa Forrageira: produção
de carne (ou leite) e estoque de
carbono no solo (Mat.Org.Solo)
Gado: Emissão de metano
por fermentação entérica
CO2
Biomassa Florestal: produção
de madeira (ou energia) e
estoque de carbono
Árvores em ILPF: melhor
ambiência, bem estar
animal, conforto térmico,
menos estresse, melhor
reprodução e maior
produção animal
Sistemas de ILPF
Foto: Marcelo Muller
Carne Carbono Neutro
• Marca-conceito com objetivo de certificação sustentável.
• Carne bovina com volumes de emissão de GEEs
neutralizados durante o processo de produção, pela
presença de árvores em ILPF ou IPF.
Obrigado
luiz.cordeiro@embrapa.br

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

A Cultura do Arroz
A Cultura do ArrozA Cultura do Arroz
A Cultura do ArrozGeagra UFG
 
Aula 04 preparo do solo
Aula 04   preparo do soloAula 04   preparo do solo
Aula 04 preparo do soloWillian Passos
 
[Palestra] Armindo Kichel: Sistemas de Produção Integrado Lavoura-Pecuária-Fl...
[Palestra] Armindo Kichel: Sistemas de Produção Integrado Lavoura-Pecuária-Fl...[Palestra] Armindo Kichel: Sistemas de Produção Integrado Lavoura-Pecuária-Fl...
[Palestra] Armindo Kichel: Sistemas de Produção Integrado Lavoura-Pecuária-Fl...AgroTalento
 
A cultura do Milho
A cultura do MilhoA cultura do Milho
A cultura do MilhoKiller Max
 
Manejo de pastagem 1
Manejo de pastagem 1Manejo de pastagem 1
Manejo de pastagem 1GETA - UFG
 
INTRODUÇÃO A COTONICULTURA
INTRODUÇÃO A COTONICULTURAINTRODUÇÃO A COTONICULTURA
INTRODUÇÃO A COTONICULTURAGeagra UFG
 
Cultura do arroz
Cultura do arrozCultura do arroz
Cultura do arrozKiller Max
 
Diferenças entre ovinos e caprinos
Diferenças entre ovinos e caprinosDiferenças entre ovinos e caprinos
Diferenças entre ovinos e caprinosKiller Max
 
Consorciação e Conservação de Plantas Forrageiras
Consorciação e Conservação de Plantas ForrageirasConsorciação e Conservação de Plantas Forrageiras
Consorciação e Conservação de Plantas ForrageirasKalliany Kellzer
 

Mais procurados (20)

A Cultura do Arroz
A Cultura do ArrozA Cultura do Arroz
A Cultura do Arroz
 
Manejo de plantas daninhas
Manejo de plantas daninhasManejo de plantas daninhas
Manejo de plantas daninhas
 
Aula 04 preparo do solo
Aula 04   preparo do soloAula 04   preparo do solo
Aula 04 preparo do solo
 
Manejo Integrado de Pragas
Manejo Integrado de PragasManejo Integrado de Pragas
Manejo Integrado de Pragas
 
Métodos de pastejo
Métodos de pastejoMétodos de pastejo
Métodos de pastejo
 
Mip do milho
Mip do milhoMip do milho
Mip do milho
 
Ecofisiologia de plantas forrageiras
Ecofisiologia de plantas forrageirasEcofisiologia de plantas forrageiras
Ecofisiologia de plantas forrageiras
 
[Palestra] Armindo Kichel: Sistemas de Produção Integrado Lavoura-Pecuária-Fl...
[Palestra] Armindo Kichel: Sistemas de Produção Integrado Lavoura-Pecuária-Fl...[Palestra] Armindo Kichel: Sistemas de Produção Integrado Lavoura-Pecuária-Fl...
[Palestra] Armindo Kichel: Sistemas de Produção Integrado Lavoura-Pecuária-Fl...
 
A cultura do Milho
A cultura do MilhoA cultura do Milho
A cultura do Milho
 
Manejo de pastagem 1
Manejo de pastagem 1Manejo de pastagem 1
Manejo de pastagem 1
 
Slide suínos
Slide suínosSlide suínos
Slide suínos
 
Cultura da Cenoura
Cultura da CenouraCultura da Cenoura
Cultura da Cenoura
 
INTRODUÇÃO A COTONICULTURA
INTRODUÇÃO A COTONICULTURAINTRODUÇÃO A COTONICULTURA
INTRODUÇÃO A COTONICULTURA
 
Integração Lavoura Pecuaria Floresta ILPF
Integração Lavoura Pecuaria Floresta ILPFIntegração Lavoura Pecuaria Floresta ILPF
Integração Lavoura Pecuaria Floresta ILPF
 
Cultura do arroz
Cultura do arrozCultura do arroz
Cultura do arroz
 
Diferenças entre ovinos e caprinos
Diferenças entre ovinos e caprinosDiferenças entre ovinos e caprinos
Diferenças entre ovinos e caprinos
 
Consorciação e Conservação de Plantas Forrageiras
Consorciação e Conservação de Plantas ForrageirasConsorciação e Conservação de Plantas Forrageiras
Consorciação e Conservação de Plantas Forrageiras
 
Sistemas agroflorestais
Sistemas agroflorestaisSistemas agroflorestais
Sistemas agroflorestais
 
Integração Lavoura-Pecuária-Floresta(ILPF)
Integração Lavoura-Pecuária-Floresta(ILPF)Integração Lavoura-Pecuária-Floresta(ILPF)
Integração Lavoura-Pecuária-Floresta(ILPF)
 
Melhoramento genético de suínos
Melhoramento genético de suínosMelhoramento genético de suínos
Melhoramento genético de suínos
 

Semelhante a "Restauração de Pastagens Degradadas e Sistemas de Integração Lavoura-Pecuária-Floresta (iLPF)"

A importância da integração lavoura-pecuária com plantio direto na estratégia...
A importância da integração lavoura-pecuária com plantio direto na estratégia...A importância da integração lavoura-pecuária com plantio direto na estratégia...
A importância da integração lavoura-pecuária com plantio direto na estratégia...FAO
 
Seminário ANCP 2016 – Roberto Guimarães Junior – Pecuária de corte de alta pr...
Seminário ANCP 2016 – Roberto Guimarães Junior – Pecuária de corte de alta pr...Seminário ANCP 2016 – Roberto Guimarães Junior – Pecuária de corte de alta pr...
Seminário ANCP 2016 – Roberto Guimarães Junior – Pecuária de corte de alta pr...ANCP Ribeirão Preto
 
Potencialidad del Campo Natural - Nabinger
Potencialidad del Campo Natural - NabingerPotencialidad del Campo Natural - Nabinger
Potencialidad del Campo Natural - NabingerPastizalesdelconosur
 
121024 18-wbeef-engorda-a-pasto-armindo-kichel
121024 18-wbeef-engorda-a-pasto-armindo-kichel121024 18-wbeef-engorda-a-pasto-armindo-kichel
121024 18-wbeef-engorda-a-pasto-armindo-kichelAgroTalento
 
Fazenda Kirei - Ao gosto do Freguês
Fazenda Kirei - Ao gosto do FreguêsFazenda Kirei - Ao gosto do Freguês
Fazenda Kirei - Ao gosto do FreguêsFundacao Chapadao
 
120711 07-wbeef-sust-mário-wolf
120711 07-wbeef-sust-mário-wolf120711 07-wbeef-sust-mário-wolf
120711 07-wbeef-sust-mário-wolfAgroTalento
 
Revista de engenharia agrícola artigo de cana
Revista de engenharia agrícola   artigo de canaRevista de engenharia agrícola   artigo de cana
Revista de engenharia agrícola artigo de canaEmlur
 
Viabilidade economica de projetos agrossilvipastoris montes claros 2010
Viabilidade economica de projetos agrossilvipastoris montes claros 2010Viabilidade economica de projetos agrossilvipastoris montes claros 2010
Viabilidade economica de projetos agrossilvipastoris montes claros 2010Exagro
 
Sustentabilidade á pasto, degradação de pastagem, integração lavoura-pecuária
Sustentabilidade á pasto, degradação de pastagem, integração lavoura-pecuáriaSustentabilidade á pasto, degradação de pastagem, integração lavoura-pecuária
Sustentabilidade á pasto, degradação de pastagem, integração lavoura-pecuáriaMarília Gomes
 
Seminário ANCP 2016 – Carlos Viacava – Produção agropecuária sustentável em s...
Seminário ANCP 2016 – Carlos Viacava – Produção agropecuária sustentável em s...Seminário ANCP 2016 – Carlos Viacava – Produção agropecuária sustentável em s...
Seminário ANCP 2016 – Carlos Viacava – Produção agropecuária sustentável em s...ANCP Ribeirão Preto
 
[Palestra] Armindo Kichel: Degradação e Recuperação de Pastagem
[Palestra] Armindo Kichel: Degradação e Recuperação de Pastagem[Palestra] Armindo Kichel: Degradação e Recuperação de Pastagem
[Palestra] Armindo Kichel: Degradação e Recuperação de PastagemAgroTalento
 
Experimento soja
Experimento sojaExperimento soja
Experimento sojaRogger Wins
 
Tecnologias para aumentar a produtividade da pecuária de corte com rentabilidade
Tecnologias para aumentar a produtividade da pecuária de corte com rentabilidadeTecnologias para aumentar a produtividade da pecuária de corte com rentabilidade
Tecnologias para aumentar a produtividade da pecuária de corte com rentabilidadebuzzcp
 

Semelhante a "Restauração de Pastagens Degradadas e Sistemas de Integração Lavoura-Pecuária-Floresta (iLPF)" (20)

A importância da integração lavoura-pecuária com plantio direto na estratégia...
A importância da integração lavoura-pecuária com plantio direto na estratégia...A importância da integração lavoura-pecuária com plantio direto na estratégia...
A importância da integração lavoura-pecuária com plantio direto na estratégia...
 
Seminário ANCP 2016 – Roberto Guimarães Junior – Pecuária de corte de alta pr...
Seminário ANCP 2016 – Roberto Guimarães Junior – Pecuária de corte de alta pr...Seminário ANCP 2016 – Roberto Guimarães Junior – Pecuária de corte de alta pr...
Seminário ANCP 2016 – Roberto Guimarães Junior – Pecuária de corte de alta pr...
 
Potencialidad del Campo Natural - Nabinger
Potencialidad del Campo Natural - NabingerPotencialidad del Campo Natural - Nabinger
Potencialidad del Campo Natural - Nabinger
 
Impactos Ambientais da Piscicultura
Impactos Ambientais da PisciculturaImpactos Ambientais da Piscicultura
Impactos Ambientais da Piscicultura
 
Cenários da pecuária bovina de corte
Cenários da pecuária bovina de corte Cenários da pecuária bovina de corte
Cenários da pecuária bovina de corte
 
121024 18-wbeef-engorda-a-pasto-armindo-kichel
121024 18-wbeef-engorda-a-pasto-armindo-kichel121024 18-wbeef-engorda-a-pasto-armindo-kichel
121024 18-wbeef-engorda-a-pasto-armindo-kichel
 
Fazenda Kirei - Ao gosto do Freguês
Fazenda Kirei - Ao gosto do FreguêsFazenda Kirei - Ao gosto do Freguês
Fazenda Kirei - Ao gosto do Freguês
 
120711 07-wbeef-sust-mário-wolf
120711 07-wbeef-sust-mário-wolf120711 07-wbeef-sust-mário-wolf
120711 07-wbeef-sust-mário-wolf
 
Muito alem da ilp
Muito alem da ilpMuito alem da ilp
Muito alem da ilp
 
ILPF_iba.pdf
ILPF_iba.pdfILPF_iba.pdf
ILPF_iba.pdf
 
Bovino de corte
Bovino de corteBovino de corte
Bovino de corte
 
Aula_3
Aula_3Aula_3
Aula_3
 
Revista de engenharia agrícola artigo de cana
Revista de engenharia agrícola   artigo de canaRevista de engenharia agrícola   artigo de cana
Revista de engenharia agrícola artigo de cana
 
Viabilidade economica de projetos agrossilvipastoris montes claros 2010
Viabilidade economica de projetos agrossilvipastoris montes claros 2010Viabilidade economica de projetos agrossilvipastoris montes claros 2010
Viabilidade economica de projetos agrossilvipastoris montes claros 2010
 
Sustentabilidade á pasto, degradação de pastagem, integração lavoura-pecuária
Sustentabilidade á pasto, degradação de pastagem, integração lavoura-pecuáriaSustentabilidade á pasto, degradação de pastagem, integração lavoura-pecuária
Sustentabilidade á pasto, degradação de pastagem, integração lavoura-pecuária
 
Seminário ANCP 2016 – Carlos Viacava – Produção agropecuária sustentável em s...
Seminário ANCP 2016 – Carlos Viacava – Produção agropecuária sustentável em s...Seminário ANCP 2016 – Carlos Viacava – Produção agropecuária sustentável em s...
Seminário ANCP 2016 – Carlos Viacava – Produção agropecuária sustentável em s...
 
[Palestra] Armindo Kichel: Degradação e Recuperação de Pastagem
[Palestra] Armindo Kichel: Degradação e Recuperação de Pastagem[Palestra] Armindo Kichel: Degradação e Recuperação de Pastagem
[Palestra] Armindo Kichel: Degradação e Recuperação de Pastagem
 
Experimento soja
Experimento sojaExperimento soja
Experimento soja
 
Tecnologias para aumentar a produtividade da pecuária de corte com rentabilidade
Tecnologias para aumentar a produtividade da pecuária de corte com rentabilidadeTecnologias para aumentar a produtividade da pecuária de corte com rentabilidade
Tecnologias para aumentar a produtividade da pecuária de corte com rentabilidade
 
Ricardo slide
Ricardo slideRicardo slide
Ricardo slide
 

Mais de UNDP Policy Centre

"Direitos e garantias no bojo da Constituição da República e do Código Flores...
"Direitos e garantias no bojo da Constituição da República e do Código Flores..."Direitos e garantias no bojo da Constituição da República e do Código Flores...
"Direitos e garantias no bojo da Constituição da República e do Código Flores...UNDP Policy Centre
 
"Adaptação à Mudança do Clima na Agricultura"
"Adaptação à Mudança do Clima na Agricultura""Adaptação à Mudança do Clima na Agricultura"
"Adaptação à Mudança do Clima na Agricultura"UNDP Policy Centre
 
"Valoração Espacialmente Explícita dos Serviços Ecossistêmicos da Floresta Am...
"Valoração Espacialmente Explícita dos Serviços Ecossistêmicos da Floresta Am..."Valoração Espacialmente Explícita dos Serviços Ecossistêmicos da Floresta Am...
"Valoração Espacialmente Explícita dos Serviços Ecossistêmicos da Floresta Am...UNDP Policy Centre
 
"Quantificando localmente os Benefícios Providos pela Vegetação Nativa ao Set...
"Quantificando localmente os Benefícios Providos pela Vegetação Nativa ao Set..."Quantificando localmente os Benefícios Providos pela Vegetação Nativa ao Set...
"Quantificando localmente os Benefícios Providos pela Vegetação Nativa ao Set...UNDP Policy Centre
 
"Programa ABC - Agricultura de Baixo Carbono"
"Programa ABC - Agricultura de Baixo Carbono""Programa ABC - Agricultura de Baixo Carbono"
"Programa ABC - Agricultura de Baixo Carbono"UNDP Policy Centre
 
"Custo de restauração florestal no Brasil e o cumprimento do Código Florestal"
"Custo de restauração florestal no Brasil e o cumprimento do Código Florestal""Custo de restauração florestal no Brasil e o cumprimento do Código Florestal"
"Custo de restauração florestal no Brasil e o cumprimento do Código Florestal"UNDP Policy Centre
 
"Acordo de Paris e as NDCs: Percepções do modelo GLOBIOM-Brasil"
"Acordo de Paris e as NDCs: Percepções do modelo GLOBIOM-Brasil""Acordo de Paris e as NDCs: Percepções do modelo GLOBIOM-Brasil"
"Acordo de Paris e as NDCs: Percepções do modelo GLOBIOM-Brasil"UNDP Policy Centre
 
"O Mercado de Cotas de Reservas Ambientais (CRAs)
"O Mercado de Cotas de Reservas Ambientais (CRAs)"O Mercado de Cotas de Reservas Ambientais (CRAs)
"O Mercado de Cotas de Reservas Ambientais (CRAs)UNDP Policy Centre
 
"Decifrando o Código Florestal Brasileiro"
"Decifrando o Código Florestal Brasileiro""Decifrando o Código Florestal Brasileiro"
"Decifrando o Código Florestal Brasileiro"UNDP Policy Centre
 
"O Código Florestal de 2012: marcos institucional e jurídico"
"O Código Florestal de 2012: marcos institucional e jurídico""O Código Florestal de 2012: marcos institucional e jurídico"
"O Código Florestal de 2012: marcos institucional e jurídico"UNDP Policy Centre
 
"O Programa de Investimento Florestal (FIP)
"O Programa de Investimento Florestal (FIP)"O Programa de Investimento Florestal (FIP)
"O Programa de Investimento Florestal (FIP)UNDP Policy Centre
 
"KfW - REM (Redd Early Movers)"
"KfW - REM (Redd Early Movers)""KfW - REM (Redd Early Movers)"
"KfW - REM (Redd Early Movers)"UNDP Policy Centre
 
"Desafios Econômicos e Ambientais das Cadeias Produtivas da Carne e da Soja"
"Desafios Econômicos e Ambientais das Cadeias Produtivas da Carne e da Soja""Desafios Econômicos e Ambientais das Cadeias Produtivas da Carne e da Soja"
"Desafios Econômicos e Ambientais das Cadeias Produtivas da Carne e da Soja"UNDP Policy Centre
 
"Indicadores de Sustentabilidade"
"Indicadores de Sustentabilidade""Indicadores de Sustentabilidade"
"Indicadores de Sustentabilidade"UNDP Policy Centre
 
"Sustentabilidade na Cadeia da Soja Brasileira"
"Sustentabilidade na Cadeia da Soja Brasileira""Sustentabilidade na Cadeia da Soja Brasileira"
"Sustentabilidade na Cadeia da Soja Brasileira"UNDP Policy Centre
 
“Abordagens jurisdicionais para redução do desmatamento: o Programa PCI e o G...
“Abordagens jurisdicionais para redução do desmatamento: o Programa PCI e o G...“Abordagens jurisdicionais para redução do desmatamento: o Programa PCI e o G...
“Abordagens jurisdicionais para redução do desmatamento: o Programa PCI e o G...UNDP Policy Centre
 

Mais de UNDP Policy Centre (20)

"Direitos e garantias no bojo da Constituição da República e do Código Flores...
"Direitos e garantias no bojo da Constituição da República e do Código Flores..."Direitos e garantias no bojo da Constituição da República e do Código Flores...
"Direitos e garantias no bojo da Constituição da República e do Código Flores...
 
"Adaptação à Mudança do Clima na Agricultura"
"Adaptação à Mudança do Clima na Agricultura""Adaptação à Mudança do Clima na Agricultura"
"Adaptação à Mudança do Clima na Agricultura"
 
"Valoração Espacialmente Explícita dos Serviços Ecossistêmicos da Floresta Am...
"Valoração Espacialmente Explícita dos Serviços Ecossistêmicos da Floresta Am..."Valoração Espacialmente Explícita dos Serviços Ecossistêmicos da Floresta Am...
"Valoração Espacialmente Explícita dos Serviços Ecossistêmicos da Floresta Am...
 
"Quantificando localmente os Benefícios Providos pela Vegetação Nativa ao Set...
"Quantificando localmente os Benefícios Providos pela Vegetação Nativa ao Set..."Quantificando localmente os Benefícios Providos pela Vegetação Nativa ao Set...
"Quantificando localmente os Benefícios Providos pela Vegetação Nativa ao Set...
 
"Crédito Rural no Brasil"
"Crédito Rural no Brasil""Crédito Rural no Brasil"
"Crédito Rural no Brasil"
 
"Desafios do Setor Bancário"
"Desafios do Setor Bancário""Desafios do Setor Bancário"
"Desafios do Setor Bancário"
 
"Programa ABC - Agricultura de Baixo Carbono"
"Programa ABC - Agricultura de Baixo Carbono""Programa ABC - Agricultura de Baixo Carbono"
"Programa ABC - Agricultura de Baixo Carbono"
 
"Crédito e seguro rural"
"Crédito e seguro rural""Crédito e seguro rural"
"Crédito e seguro rural"
 
"Custo de restauração florestal no Brasil e o cumprimento do Código Florestal"
"Custo de restauração florestal no Brasil e o cumprimento do Código Florestal""Custo de restauração florestal no Brasil e o cumprimento do Código Florestal"
"Custo de restauração florestal no Brasil e o cumprimento do Código Florestal"
 
"Acordo de Paris e as NDCs: Percepções do modelo GLOBIOM-Brasil"
"Acordo de Paris e as NDCs: Percepções do modelo GLOBIOM-Brasil""Acordo de Paris e as NDCs: Percepções do modelo GLOBIOM-Brasil"
"Acordo de Paris e as NDCs: Percepções do modelo GLOBIOM-Brasil"
 
"O Mercado de Cotas de Reservas Ambientais (CRAs)
"O Mercado de Cotas de Reservas Ambientais (CRAs)"O Mercado de Cotas de Reservas Ambientais (CRAs)
"O Mercado de Cotas de Reservas Ambientais (CRAs)
 
"Decifrando o Código Florestal Brasileiro"
"Decifrando o Código Florestal Brasileiro""Decifrando o Código Florestal Brasileiro"
"Decifrando o Código Florestal Brasileiro"
 
"O Código Florestal de 2012: marcos institucional e jurídico"
"O Código Florestal de 2012: marcos institucional e jurídico""O Código Florestal de 2012: marcos institucional e jurídico"
"O Código Florestal de 2012: marcos institucional e jurídico"
 
"O Programa de Investimento Florestal (FIP)
"O Programa de Investimento Florestal (FIP)"O Programa de Investimento Florestal (FIP)
"O Programa de Investimento Florestal (FIP)
 
"KfW - REM (Redd Early Movers)"
"KfW - REM (Redd Early Movers)""KfW - REM (Redd Early Movers)"
"KfW - REM (Redd Early Movers)"
 
"Desafios Econômicos e Ambientais das Cadeias Produtivas da Carne e da Soja"
"Desafios Econômicos e Ambientais das Cadeias Produtivas da Carne e da Soja""Desafios Econômicos e Ambientais das Cadeias Produtivas da Carne e da Soja"
"Desafios Econômicos e Ambientais das Cadeias Produtivas da Carne e da Soja"
 
"Indicadores de Sustentabilidade"
"Indicadores de Sustentabilidade""Indicadores de Sustentabilidade"
"Indicadores de Sustentabilidade"
 
"A cadeia Produtiva da Carne"
"A cadeia Produtiva da Carne""A cadeia Produtiva da Carne"
"A cadeia Produtiva da Carne"
 
"Sustentabilidade na Cadeia da Soja Brasileira"
"Sustentabilidade na Cadeia da Soja Brasileira""Sustentabilidade na Cadeia da Soja Brasileira"
"Sustentabilidade na Cadeia da Soja Brasileira"
 
“Abordagens jurisdicionais para redução do desmatamento: o Programa PCI e o G...
“Abordagens jurisdicionais para redução do desmatamento: o Programa PCI e o G...“Abordagens jurisdicionais para redução do desmatamento: o Programa PCI e o G...
“Abordagens jurisdicionais para redução do desmatamento: o Programa PCI e o G...
 

"Restauração de Pastagens Degradadas e Sistemas de Integração Lavoura-Pecuária-Floresta (iLPF)"

  • 1. Recuperação e Renovação de Pastagens Degradadas e Sistemas de Integração Lavoura-Pecuária-Floresta (ILPF) Luiz Adriano Maia Cordeiro Pesquisador da Embrapa Cerrados
  • 2. ✓ Área Total Pastagens = 165 Milhões de hectares ✓ 1/3 em bom estado → 16-20 @ carne / ha / ano ✓ 1/3 em degradação → 5-8 @ carne / ha / ano ✓ 1/3 degradada → 2 @ carne / ha / ano ✓ Leite: 4 Litros / vaca / dia ✓ Produtividade por vaca em lactação: 2.450 kg / vaca / ano ✓ Brasil: 70% das pastagens têm taxa de lotação abaixo de 1 UA / ha. Se dobrar essa taxa de lotação, é possível manter mesmo rebanho, liberando 74 milhões de hectares. ✓ Cerrado: 80% de pastagens cultivadas em algum grau de degradação. Fontes: Kichel et al. (1999); Zimmer & Euclides (2000); Macedo et al. (2000); Macedo (2005); Lourival Vilela (Embrapa Cerrados); USDA (2016) Pastagens cultivadas no Brasil
  • 3. Degradação de Pastagens -N -N, P, S... Qualidade e produtividade Vigor e produtividade  Invasoras Cobertura de solo M.O.  Compactação Infiltração  Erosão Custo de recuperação e Impacto ambiental Alto Baixo Tempo/Manejo Intensidade Fonte: Manuel C. M. Macedo (Embrapa Gado de Corte).
  • 4. Estratégias para Recuperação Produtiva da Pecuária 1. Recuperação, Renovação e Manejo de Pastagens: recuperar pastos degradados e mantê-los produtivos com técnicas de manejo (ajustes de lotação, reposição de nutrientes no pasto, uso de genética animal, etc.) 2. Integração Lavoura-Pecuária (ILP): sistemas de consórcio de culturas anuais com forrageiras, sucessão culturas anuais e forrageiras, rotação lavoura-pastagens, entre outras. 3. Integração Lavoura-Pecuária-Floresta (ILPF): renda potencial da madeira, conforto térmico e bem estar animal, espécies exóticas ou nativas, entre outras.
  • 5. (1) Recuperação Direta: Descanso + manejo da altura; Adubação N (2) Recuperação Direta: 1 + Correção e adubação P, K e S + gradagem; controle de invasoras (rolo-faca, roçadeira, subsolagem, mata-broto); herbicida (área total ou dirigida > ou < 40%) no início das chuvas; replantio localizado se necessário (3 e 4) Renovação: Preparo total e replantio (em média custo 3x superior ao da recuperação direta) (3 e 4) Renovação indireta: forrageira anual, leguminosa ou com agricultura na Integração Lavoura-Pecuária (em média custo 5x superior ao da recuperação direta) Fonte: adaptado de Dias-Filho (2017)
  • 6. Recuperação ou Renovação de Pastagens Degradadas < 0,8 UA / ha 4 @ carne / ha / ano > 5,0 UA / ha 20-30 @ carne / ha / ano
  • 7. Integração Lavoura-Pecuária (ILP) ou Sistema Agropastoril Benefícios para a pecuária: - Pastagens maior quantidade, melhor qualidade (devido ao resíduo adubo) - Amortização de custos recuperação de pastagens degradadas (colheitas pagam a conta) - Pastagens no inverno ou na época seca, redução uso silagem (reduz custos) - Maior produção de carne ou leite (mais volumoso e nutrientes) - Mais liquidez e rentabilidade (viabilidade) Benefícios para a agricultura: - Mais resíduos vegetais sobre o solo (menos erosão) - Palhada das pastagens para Sistema Plantio Direto de Qualidade (maior produtividade) - Melhor qualidade do solo (Matéria Orgânica do Solo, estrutura, sanidade, maior retenção de água,...) - Maior produtividade de grãos com redução de custos ao longo do tempo - Maior rentabilidade adicional da pecuária (renda na estação seca)
  • 8. ✓ Maior diversificação e intensificação do uso da área em 100 % tempo ✓ Otimização uso do solo: grãos, carne ou leite e madeira ✓ Economicamente viável e aumenta renda extra (pela madeira, mas, depende do mercado) ✓ Quebra-ventos, menor ressecamento pastos, melhor dinâmica hídrica ✓ Conforto térmico e bem-estar animal pela sombra (microclima favorável) ✓ Promoção da biodiversidade e adequação ambiental ✓ Diminuição da pressão de desmatamento (efeito “poupa-terra”) ✓ Mitigação da emissão de Gases de Efeito Estufa ✓ Certificações (p.e. Carne Carbono Neutro), crédito especial, etc. 1º ano 2º ano 3º ano 4, 5, 6 e 7º anos Integração Lavoura-Pecuária-Floresta (ILPF) ou Sistema Agrossilvipastoril
  • 9. ILPF aumenta em cinco vezes a produção de carne em Sinop, MT (julho 2015 a julho 2016) Fonte: Bruno Pedreira (Embrapa Agrossilvipastoril) OBS: em todos os tratamentos da pesquisa, a pastagem recebeu adubação de manutenção no mês de dezembro. Foram adicionados 50 kg de nitrogênio e potássio e 40 kg de fósforo por hectare. O pasto, por sua vez, foi manejado na altura de 30 cm, adicionando ou retirando animais de acordo com a demanda da planta forrageira. Os animais, que entraram no experimento com cerca de 335 kg, receberam suplemento proteinado de 0,1% do peso vivo.
  • 10. Pasto de inverno pós soja ILP (setembro 2018) Pastos formados após soja em ILP (solos arenosos): ✓ Taxas lotação de 1,0 UA/ha (seca) e 4,0 UA/ha (águas) ✓ GPV médio = 1,0 a 1,7 kg/cab/dia = 25 a 30 @ carne/ha/ano Fazenda Campina, Carlos Viacava, Caiuá-SP Fonte: Grupo CV (2019) ILP
  • 11. Ano agrícola MOS Produtividade de grãos Taxa de lotação média Produt. animalSoja Milho (mg dm-3) ------ (kg ha-1) ----- (UA ha-1) (kg PV ha-1 ano-1) 2006/2007 18 2.700 5.400 1,0 69 2007/2008 20 2.820 6.600 1,8 111 2008/2009 19 3.000 7.200 2,0 167 2009/2010 27 3.150 8.400 2,5 222 2010/2011 29 3.300 10.440 2,5 333 2011/2012 30 3.600 11.100 3,0 472 2012/2013 30 3.480 9.600 3,5 447 2013/2014 35 3.720 10.500 3,8 554 2014/2015 35 3.240 10.800 + 7.800* 4,0 730 Faz. Santa Brígida, Marize Costa, Ipameri-GO Fonte: Fazenda Santa Brígida (2013); Oliveira et al. (2013; 2015) * Milho em cultivo de safrinha • Custo estimado de produção da @ na Região (sistema tradicional) = R$ 110,00 • Custo estimado de produção da @ na Fazenda Sta. Brígida (ILP) = R$ 58,00 • Preço de mercado @ (região Ipameri-GO) = R$ 135,00 • Lucro por @ na Fazenda Sta. Brígida (ILP) = R$ 77,00
  • 12. Fonte: Fazenda Santa Brígida (2017)
  • 13. ILP e ILPF: intensificação da produção e renda Resultado líquido por hectare = - R$200,00 Gerava 4 empregos, consumia 60 mil reais ao ano em insumos.Resultado líquido por hectare/ano: + R$ 2.750,00 Gera 18 empregos diretos Fazenda Santa Brígida – após adoção da ILP e ILPF (2017)
  • 14. CO2 CH4 Biomassa Forrageira: produção de carne (ou leite) e estoque de carbono no solo (Mat.Org.Solo) Gado: Emissão de metano por fermentação entérica CO2 Biomassa Florestal: produção de madeira (ou energia) e estoque de carbono Árvores em ILPF: melhor ambiência, bem estar animal, conforto térmico, menos estresse, melhor reprodução e maior produção animal Sistemas de ILPF Foto: Marcelo Muller
  • 15. Carne Carbono Neutro • Marca-conceito com objetivo de certificação sustentável. • Carne bovina com volumes de emissão de GEEs neutralizados durante o processo de produção, pela presença de árvores em ILPF ou IPF.