Relatório de transposição didática pronatec

577 visualizações

Publicada em

R

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
577
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Relatório de transposição didática pronatec

  1. 1. INSTITUTO FEDERAL DO CEARÁ PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO ABNER AUGUSTO LIMA DE OLIVEIRA RELATÓRIO DE AULA: Instrumento avaliativo de Transposição Didática aplicado a disciplina de Programação Orientada a Objeto do PRONATEC Fortaleza – CE 2014
  2. 2. INTRODUÇÃO O Professor é uma das profissões mais antigas e de maior importância para a formação de indivíduos. Tem o papel de alargar os horizontes dos alunos, ajudá-los a pensar, questionar, ou seja, prepará-los para que construam suas próprias opiniões. A transposição didática é um instrumento de elaboração de conhecimento ensinável a partir do conhecimento científico. É transformar, adaptar, ajustar o saber científico em saber escolar, utilizando metodologias adequadas para cada perfil de aluno, com o foco em otimizar o processo de ensino-aprendizagem. Este relatório foi feito a partir da aplicação de um instrumento de avaliação de Transposição Didática em uma aula de ensino técnico. Esse trabalho é parte avaliativa da disciplina de Docência no Ensino Superior do Mestrado Acadêmico em Ciências da Computação do IFCE. OBJETIVOS O objetivo desse trabalho foi observar as metodologias aplicadas nas aulas do curso de Técnico em Informática para Internet do PRONATEC na disciplina de Programação Orientada a Objeto II, utilizando como instrumento de análise o material de Transposição Didática fornecido na disciplina de Docência no ensino superior do IFCE.
  3. 3. MATERIAIS E MÉTODOS O curso de Técnico em Informática para Internet visa formar o profissional par que tenha visão sistêmica do papel da informação e comunicação na sociedade, que atua de forma independente e inovadora. Formá-lo em conhecimentos técnicos gerais em planejamento e implementação de sistemas de informação e/ou comunicação. O profissional conhecerá software e hardwares, bem como a arquitetura básica de equipamentos de informática e/ou comunicação. A disciplina de Programação Orientada a Objetos II tem como objetivo fornecer aos alunos recursos para identificar conceitos e técnicas de orientação a objetos, classes de objetos a partir de entidades do mundo real e interpretar os diagramas da UML na programação orientada a objetos. Ao final da disciplina o aluno deverá saber elaborar programas usando o paradigma de orientação a objeto. O instrumento de Transposição Didática oferece meios de avaliar como o se desenvolve o ensino em sala de aula, como o professor conduz a aprendizagem, a utilização de recursos didáticos e o domínio do conteúdo. O ambiente onde é ministrado o curso técnico estudado, se encontra na Faculdade Integrada Grande Fortaleza – FGF. Conta com um laboratório bem estruturado, com máquinas modernas e área climatizada, o que favorece o bem estar do aluno e professor. A turma contém cerca de 20 alunos regulares, devido ao pouco contato não se pôde avaliar grau de instrução desses alunos. A aula iniciou as 8:10 da manhã e seguiu até por volta das 10:00 da mesma manhã e teve como tema: Encapsulamento aplicado a linguagem JAVA; Modificadores de acesso (private, public, protected e default). O instrumento de avaliação didática foi aplicado sem interação com os alunos ou qualquer intervenção na aula. Sendo o processo autorizado pelo professor e pela coordenadora do curso. Nele constam questões visando quantificar a aula, de 0 10,
  4. 4. nos seguintes quesitos: Condução da aula; Domínio do conteúdo; Procedimento e recursos didáticos e Duração da aula. RESULTADOS E DISCUSSÃO CONDUÇÃO DA AULA O professor é bastante claro e objetivo. Ele aborda o conteúdo passo a passo, exemplificando e mostrando na prática os conceitos teóricos. Poucas vezes saiu do assunto, demonstrando foco e objetividade. Apresenta boa dicção e um bom domínio do conteúdo O fluxo da aula foi realizado de forma coerente. Ele revisou os conceitos de Classe, Objeto, Atributos e Métodos apresentados na aula anterior, avançou para o novo conteúdo e depois aplicou o conceito de Encapsulamento na ferramenta de desenvolvimento Eclipse. Na parte teórica os alunos pareciam dispersos, porém quando iniciou a prática, os alunos se mostraram mais atenciosos e dispostos a praticar. Eles praticaram e questionaram o conteúdo passado de forma a aplicar o conceito na linguagem JAVA. O professor de maneira geral conduz a aula de forma eficiente e de acordo com o instrumento de avaliação recebe uma nota 3,0 nesse quesito. DOMÍNIO DE CONTEÚDO O professor apresenta o conteúdo de forma efetiva, apresentando tanto os conceitos quanto sua aplicação na linguagem de programação utilizada. Quando
  5. 5. questionado traz problemas do dia a dia de forma análoga para facilitar o entendimento do aluno, além de criar o questionamento na mente da turma. Ele vincula o conhecimento novo com outros apresentados em aulas anteriores e exemplos multidisciplinares. Demonstrou o domínio do conteúdo o lhe que reserva a pontuação de 3,5 neste quesito. PROCEDIMENTO E RECURSOS DIDÁTICOS O professor fez uso de projetores na aula, apresentou slides com o tema que abordou. Para sanar dúvidas dos alunos mostrou sua própria máquina projetada na tela, bem com a aplicação que foi desenvolvida na sala de aula. Em relação ao material como curso é voltado para a prática de JAVA, o professor se atentou a prática da coisa, mas devia ter focado também no conceito de Encapsulamento, usando analogias do mundo real para explicar a fundo o conceito. Faltou a utilização de modelos de UML para o aluno visualizar o conteúdo, pois o modelo é diretamente ligado ao conceito de Orientação a Objeto. Utiliza recursos como o Google Groups para disseminar o material didático. Pontou com 1,5 nesse critério. DURAÇÃO DA AULA Em relação a distribuição do tempo de aula são duas horas-aula, sendo a primeira Teórica e a segunda prática. A divisão adotada pelo professor é necessária sim, pois deve haver tempo para assimilar a teoria bem como aplicá-la na linguagem adotada. Pontou com 1 nesse critério o valor máximo.
  6. 6. CONCLUSÃO De acordo com questionário de avaliação de Transposição Didática e uma interpretação discricionária minha aula ministrada pelo professor de Programação Orientada a Objeto II do PRONATEC recebeu uma nota 9,0, que lhe qualifica como um bom professor na disciplina em questão. O que também demonstra que mesmo que implicitamente o professor faz uso da Transposição didática para ministrar suas aulas.

×