SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 11
Agravo Interno
CABIMENTO
• Agravo interno é o recurso cabível contra as decisões unipessoais
proferidas em tribunal, sejam elas proferidas pelo relator (art.1012 CPC),
sejam elas proferidas por Presidente ou Vice-Presidente do tribunal (art. 39
da Lei n. 8.038/1990)
• Art. 1.021. Contra decisão proferida pelo relator caberá agravo interno
para o respectivo órgão colegiado, observadas, quanto ao processamento,
as regras do regimento interno do tribunal.
• § 1o Na petição de agravo interno, o recorrente impugnará
especificadamente os fundamentos da decisão agravada.
PRAZO
• 15 dias
Preparo
• Não exige preparo, uma vez que o "custo“ do agravo interno está
embutido no custo da causa que tramita no tribunal, cujas despesas
já foram antecipadas, pelo recorrente ou pelo autor da ação de
competência originária.
IMPUGNAÇÃO ESPECÍFICA
Art. 1021 § 1o Na petição de agravo interno, o recorrente impugnará
especificadamente os fundamentos da decisão agravada.
• A exigência de impugnação especifica é reforçada nos casos em que o
agravo interno for interposto contra a decisão do relator que aplica
precedente (art. 932, IV e V, CPC). Isso porque, em tais casos, não é
suficiente ao agravante apenas reproduzir as razões de seu recurso ou
da petição apresentada. É preciso que demonstre uma distinção ou a
impossibilidade de aplicação do precedente.
• O contraditório é garantido ao que a parte contrária possui a
possibilidade de apresentar suas contrarrazões no igual prazo de 15
dias
• § 2o O agravo será dirigido ao relator, que intimará o agravado para
manifestar-se sobre o recurso no prazo de 15 (quinze) dias(...)
Art. 1021 §2º (...)ao final do qual, não havendo retratação, o relator
levá-lo-á a julgamento pelo órgão colegiado, com inclusão em pauta.
Isto é, o agravo interno não pode ser julgado monocraticamente pelo
relator: ele será sempre julgado pelo órgão colegiado a que pertence o
relator. O agravo interno somente deve ser julgado pelo relator se este
resolver retratar-se.
• § 4o Quando o agravo interno for declarado manifestamente
inadmissível ou improcedente em votação unânime, o órgão
colegiado, em decisão fundamentada, condenará o agravante a pagar
ao agravado multa fixada entre um e cinco por cento do valor
atualizado da causa.
• § 5o A interposição de qualquer outro recurso está condicionada ao
depósito prévio do valor da multa prevista no § 4o, à exceção da
Fazenda Pública e do beneficiário de gratuidade da justiça, que farão
o pagamento ao final.
•
• O julgamento do agravo interno fica fora do âmbito de incidência da
regra fundamental de observância da ordem cronológica de
conclusão
Art. 12. Os juízes e os tribunais atenderão, preferencialmente, à ordem
cronológica de conclusão para proferir sentença ou acórdão.
[...]
§ 2o Estão excluídos da regra do caput:
[...]
VI - o julgamento de agravo interno
EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR DESEMBARGADOR RELATOR …
DO EGRÉGIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE ...
Processo nº …
NOME DO AGRAVANTE…, já qualificado nos autos em ação ... proposta em f ace de NOME DO AGRAVADO…, também já qualificado, vem,
tempestivamente, por seu advogado, com fundamento no artigo 1.021, do Código de Processo Civil, interpor AGRAVO INTERNO, requerendo a
retratação da decisão monocrática, ou, à sua falta, a remessa à Turma Julgadora para imediata apreciação.
DA DECISÃO AGRAVADA
(Resumo do enunciado)
DO CABIMENTO E TEMPESTIVIDADE
O art. 1 .021 do CPC permite a interposição do a gravo no caso de decisão monocrática do Desembargador Relator. No presente caso verifica-se justamente a decisão
monocrática prevista no art. 932, do CPC, ensejando a interposição do recurso de a gravo, cumprindo-se os 15 dias determinados conforme art. 1.003, §5º e do CPC,
juntando-se guia de preparo (art. 1.007 do CPC).
Desta forma, plenamente admissível o recurso interposto.
DOS REQUISITOS LEGAIS PARA DECISÃO MONOCRÁTICA
Muito embora a decisão monocrática proferida por este douto Desembargador Relator tenha negado conhecimento ao recurso com base no art. 932, do CPC... Resta,
data venia, evidente equívoco quanto ao julgamento monocrático do presente recurso, que n ão encontra sustentação legal nem jurisprudencial, merecendo anulação
da decisão do Relator, com posterior julgamento colegiado, permitindo-se, inclusive, a reforma da decisão agravada.
DOS PEDIDOS
Diante de todo o exposto, requer que seja o presente agravo CONHECIDO E PROVIDO pelo órgão colegiado, afastando a decisão monocrática proferida e permitindo o
julgamento colegiado, concedendo-se provimento ao recurso.
Termos em que, pede deferimento
Local e data...
Advogado..
OAB número
EXERCÍCIO
Julião ao verificar seu extrato bancário, notou que sua conta estava
vazia, e entrou em contato com a Linhares Bank. Estupefato, descobriu que
supostamente tinha emitido um cheque no valor de R$8000,00 (oito mil
reais). Revoltado, exigiu que o banco lhe devolvesse o valor, pois não tinha
emitido cheque algum e seria da competência do banco a conferência de sua
assinatura.
Como posteriormente se descobriu, o secretário de Julião forjou sua
assinatura, já que o próprio maneja seus documentos. Além disso, Julião
tinha conhecimento de que seu secretário era um notório falsário que
inclusive já foi condenado por fraude, mas mesmo assim confiava à ele seus
documentos pessoais.
Inconformado com a postura do banco, Julião ingressou com uma
ação que lhe foi julgada favorável, o banco por sua vez, irresignado com a
sentença, interpôs uma apelação que foi negada provimento em razão da
súmula 28 do STF em decisão monocrática. Enquanto advogado do banco
redija a peça cabível.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Parecer crédito tributário - revisão de lançamento
Parecer   crédito tributário - revisão de lançamentoParecer   crédito tributário - revisão de lançamento
Parecer crédito tributário - revisão de lançamento
Eliton Meneses
 
Modelo petição juntada de procuração substabelecimento
Modelo petição juntada de procuração substabelecimentoModelo petição juntada de procuração substabelecimento
Modelo petição juntada de procuração substabelecimento
Bruno Rodrigues De Oliveira
 
Ação trabalhista danos morais acidente + doença(padrão)
Ação trabalhista  danos morais   acidente + doença(padrão)Ação trabalhista  danos morais   acidente + doença(padrão)
Ação trabalhista danos morais acidente + doença(padrão)
Vivian Nemeth
 
Réplica união estável
Réplica união estávelRéplica união estável
Réplica união estável
Estudante
 
1008 modelo-de-ofício-versão-fiinal
1008 modelo-de-ofício-versão-fiinal1008 modelo-de-ofício-versão-fiinal
1008 modelo-de-ofício-versão-fiinal
luketes20
 

Mais procurados (20)

Agravo Regimental - AREsp - STJ
Agravo Regimental - AREsp - STJAgravo Regimental - AREsp - STJ
Agravo Regimental - AREsp - STJ
 
Petição inicial ação alimentos
Petição inicial ação alimentosPetição inicial ação alimentos
Petição inicial ação alimentos
 
Peticao inicial- estabilidade da gestante e reintegração
Peticao inicial- estabilidade da gestante e reintegraçãoPeticao inicial- estabilidade da gestante e reintegração
Peticao inicial- estabilidade da gestante e reintegração
 
Modelo de Embargos de Terceiro c/c pedido de medida liminar
Modelo de Embargos de Terceiro c/c pedido de medida liminarModelo de Embargos de Terceiro c/c pedido de medida liminar
Modelo de Embargos de Terceiro c/c pedido de medida liminar
 
Reclamatória trabalhista modelo
Reclamatória trabalhista modeloReclamatória trabalhista modelo
Reclamatória trabalhista modelo
 
Parecer crédito tributário - revisão de lançamento
Parecer   crédito tributário - revisão de lançamentoParecer   crédito tributário - revisão de lançamento
Parecer crédito tributário - revisão de lançamento
 
Agravo em recurso extraordinario stf - master classica
Agravo em recurso extraordinario   stf - master classicaAgravo em recurso extraordinario   stf - master classica
Agravo em recurso extraordinario stf - master classica
 
O novo cpc e o cumprimento de sentença com Prof. Dijosete Veríssimo.
O novo cpc e o cumprimento de sentença com Prof. Dijosete Veríssimo.O novo cpc e o cumprimento de sentença com Prof. Dijosete Veríssimo.
O novo cpc e o cumprimento de sentença com Prof. Dijosete Veríssimo.
 
Modelo petição juntada de procuração substabelecimento
Modelo petição juntada de procuração substabelecimentoModelo petição juntada de procuração substabelecimento
Modelo petição juntada de procuração substabelecimento
 
Ação trabalhista danos morais acidente + doença(padrão)
Ação trabalhista  danos morais   acidente + doença(padrão)Ação trabalhista  danos morais   acidente + doença(padrão)
Ação trabalhista danos morais acidente + doença(padrão)
 
Recurso Ordinário Trabalhista
Recurso Ordinário TrabalhistaRecurso Ordinário Trabalhista
Recurso Ordinário Trabalhista
 
Recursos
RecursosRecursos
Recursos
 
Modelo execução contra fazenda pública
Modelo execução contra fazenda públicaModelo execução contra fazenda pública
Modelo execução contra fazenda pública
 
Réplica união estável
Réplica união estávelRéplica união estável
Réplica união estável
 
2132 - MANIFESTAÇÃO ESPECIFICAÇÃO DE PROVAS - NOVO CPC
2132 - MANIFESTAÇÃO ESPECIFICAÇÃO DE PROVAS - NOVO CPC 2132 - MANIFESTAÇÃO ESPECIFICAÇÃO DE PROVAS - NOVO CPC
2132 - MANIFESTAÇÃO ESPECIFICAÇÃO DE PROVAS - NOVO CPC
 
Teoria geral dos recursos dpc aplicado - 2015 (ATUALIZADO)
Teoria geral dos recursos   dpc aplicado - 2015 (ATUALIZADO)Teoria geral dos recursos   dpc aplicado - 2015 (ATUALIZADO)
Teoria geral dos recursos dpc aplicado - 2015 (ATUALIZADO)
 
7-Contrarrazões de RECURSO EXTRAORRDINARIO - STF.doc
7-Contrarrazões de RECURSO EXTRAORRDINARIO - STF.doc7-Contrarrazões de RECURSO EXTRAORRDINARIO - STF.doc
7-Contrarrazões de RECURSO EXTRAORRDINARIO - STF.doc
 
Recurso Especial - Família - Cível - STJ
Recurso Especial - Família - Cível - STJRecurso Especial - Família - Cível - STJ
Recurso Especial - Família - Cível - STJ
 
Reclamação Trabalhista
Reclamação TrabalhistaReclamação Trabalhista
Reclamação Trabalhista
 
1008 modelo-de-ofício-versão-fiinal
1008 modelo-de-ofício-versão-fiinal1008 modelo-de-ofício-versão-fiinal
1008 modelo-de-ofício-versão-fiinal
 

Semelhante a Agravo interno

Execução cpc
Execução cpcExecução cpc
Execução cpc
Aline Bauer
 
Atps processo civil iv desenvolvimento
Atps processo civil iv   desenvolvimentoAtps processo civil iv   desenvolvimento
Atps processo civil iv desenvolvimento
William Luz
 
Apostila procedimentos especiais
Apostila procedimentos especiais Apostila procedimentos especiais
Apostila procedimentos especiais
Kelly Martins
 
Recursos do Processo Trabalhista - Pressupostos Básicos
Recursos do Processo Trabalhista - Pressupostos BásicosRecursos do Processo Trabalhista - Pressupostos Básicos
Recursos do Processo Trabalhista - Pressupostos Básicos
Alanna Schwambach
 
Palestra da aula da professora carla módulo iii
Palestra da aula da professora carla   módulo iiiPalestra da aula da professora carla   módulo iii
Palestra da aula da professora carla módulo iii
Fernanda Moreira
 
Aã§ã£o de execuã§ã£o. dã­vida decorrente do estorno dos valores pagos por ter...
Aã§ã£o de execuã§ã£o. dã­vida decorrente do estorno dos valores pagos por ter...Aã§ã£o de execuã§ã£o. dã­vida decorrente do estorno dos valores pagos por ter...
Aã§ã£o de execuã§ã£o. dã­vida decorrente do estorno dos valores pagos por ter...
Ilídia Direito
 
Juizados especiais-da-fazenda-pública
Juizados especiais-da-fazenda-públicaJuizados especiais-da-fazenda-pública
Juizados especiais-da-fazenda-pública
aepremerj
 
Palestra Professor Bernardo Pimentel Souza na Roque Khouri
Palestra Professor Bernardo Pimentel Souza na Roque KhouriPalestra Professor Bernardo Pimentel Souza na Roque Khouri
Palestra Professor Bernardo Pimentel Souza na Roque Khouri
WebJurídico
 

Semelhante a Agravo interno (20)

Recurso novo cpc
Recurso novo cpcRecurso novo cpc
Recurso novo cpc
 
Exercicio recurso extraordinario
Exercicio recurso extraordinarioExercicio recurso extraordinario
Exercicio recurso extraordinario
 
2a fase recursos aula 2 - apelação-aos alunos(2)
2a fase   recursos aula 2 - apelação-aos alunos(2)2a fase   recursos aula 2 - apelação-aos alunos(2)
2a fase recursos aula 2 - apelação-aos alunos(2)
 
Peças e fundamentos
Peças e fundamentosPeças e fundamentos
Peças e fundamentos
 
Execução cpc
Execução cpcExecução cpc
Execução cpc
 
Atps processo civil iv desenvolvimento
Atps processo civil iv   desenvolvimentoAtps processo civil iv   desenvolvimento
Atps processo civil iv desenvolvimento
 
55 questoes processo civil
55 questoes processo civil55 questoes processo civil
55 questoes processo civil
 
Apostila procedimentos especiais
Apostila procedimentos especiais Apostila procedimentos especiais
Apostila procedimentos especiais
 
Recursos do Processo Trabalhista - Pressupostos Básicos
Recursos do Processo Trabalhista - Pressupostos BásicosRecursos do Processo Trabalhista - Pressupostos Básicos
Recursos do Processo Trabalhista - Pressupostos Básicos
 
Recurso Extraordinário - STF
Recurso Extraordinário - STFRecurso Extraordinário - STF
Recurso Extraordinário - STF
 
novo_codigo_de_processo_civil_emab
novo_codigo_de_processo_civil_emabnovo_codigo_de_processo_civil_emab
novo_codigo_de_processo_civil_emab
 
Palestra da aula da professora carla módulo iii
Palestra da aula da professora carla   módulo iiiPalestra da aula da professora carla   módulo iii
Palestra da aula da professora carla módulo iii
 
Prova
ProvaProva
Prova
 
Modelo de Correição Parcial
Modelo de Correição ParcialModelo de Correição Parcial
Modelo de Correição Parcial
 
2065 - AÇÃO DECLARATÓRIA DE NULIDADE DE NEGOCIO JURÍDICO - CPC Atualizado
2065 - AÇÃO DECLARATÓRIA DE NULIDADE DE NEGOCIO JURÍDICO - CPC Atualizado2065 - AÇÃO DECLARATÓRIA DE NULIDADE DE NEGOCIO JURÍDICO - CPC Atualizado
2065 - AÇÃO DECLARATÓRIA DE NULIDADE DE NEGOCIO JURÍDICO - CPC Atualizado
 
Aã§ã£o de execuã§ã£o. dã­vida decorrente do estorno dos valores pagos por ter...
Aã§ã£o de execuã§ã£o. dã­vida decorrente do estorno dos valores pagos por ter...Aã§ã£o de execuã§ã£o. dã­vida decorrente do estorno dos valores pagos por ter...
Aã§ã£o de execuã§ã£o. dã­vida decorrente do estorno dos valores pagos por ter...
 
1188- Embargos de Declaração 2
1188- Embargos de Declaração 21188- Embargos de Declaração 2
1188- Embargos de Declaração 2
 
Juizados especiais-da-fazenda-pública
Juizados especiais-da-fazenda-públicaJuizados especiais-da-fazenda-pública
Juizados especiais-da-fazenda-pública
 
Palestra Professor Bernardo Pimentel Souza na Roque Khouri
Palestra Professor Bernardo Pimentel Souza na Roque KhouriPalestra Professor Bernardo Pimentel Souza na Roque Khouri
Palestra Professor Bernardo Pimentel Souza na Roque Khouri
 
Tabela de Recursos de processo civil.pdf
Tabela de Recursos de processo civil.pdfTabela de Recursos de processo civil.pdf
Tabela de Recursos de processo civil.pdf
 

Mais de Jordano Santos Cerqueira

2022. UBER: RECONHECIMENTO DO VÍNCULO DE EMPREGO
2022. UBER: RECONHECIMENTO DO VÍNCULO DE EMPREGO2022. UBER: RECONHECIMENTO DO VÍNCULO DE EMPREGO
2022. UBER: RECONHECIMENTO DO VÍNCULO DE EMPREGO
Jordano Santos Cerqueira
 

Mais de Jordano Santos Cerqueira (20)

2022. UBER: RECONHECIMENTO DO VÍNCULO DE EMPREGO
2022. UBER: RECONHECIMENTO DO VÍNCULO DE EMPREGO2022. UBER: RECONHECIMENTO DO VÍNCULO DE EMPREGO
2022. UBER: RECONHECIMENTO DO VÍNCULO DE EMPREGO
 
Projeto de Extensão 'Direito na Escola'
Projeto de Extensão 'Direito na Escola'Projeto de Extensão 'Direito na Escola'
Projeto de Extensão 'Direito na Escola'
 
Processo penal ii
Processo penal iiProcesso penal ii
Processo penal ii
 
Processo penal 05 recursos - rev. criminal
Processo penal 05   recursos - rev. criminalProcesso penal 05   recursos - rev. criminal
Processo penal 05 recursos - rev. criminal
 
Processo penal 03 procedimentos
Processo penal 03   procedimentosProcesso penal 03   procedimentos
Processo penal 03 procedimentos
 
Processo penal 01 avisos processuais
Processo penal 01   avisos processuaisProcesso penal 01   avisos processuais
Processo penal 01 avisos processuais
 
Prática Jurídica 01
Prática Jurídica 01Prática Jurídica 01
Prática Jurídica 01
 
Curso Oratória Aristotélica Parte II
Curso Oratória Aristotélica Parte IICurso Oratória Aristotélica Parte II
Curso Oratória Aristotélica Parte II
 
Curso Oratória Aristotélica Parte I
Curso Oratória Aristotélica Parte ICurso Oratória Aristotélica Parte I
Curso Oratória Aristotélica Parte I
 
Direito Ambiental aula 2
Direito Ambiental aula 2Direito Ambiental aula 2
Direito Ambiental aula 2
 
Direito Ambiental aula 3
Direito Ambiental aula 3Direito Ambiental aula 3
Direito Ambiental aula 3
 
Direito Ambiental aula 1
Direito Ambiental aula 1Direito Ambiental aula 1
Direito Ambiental aula 1
 
Direito do Consumidor Elementos da Relação Jurídica de Consumo
Direito do Consumidor Elementos da Relação Jurídica de ConsumoDireito do Consumidor Elementos da Relação Jurídica de Consumo
Direito do Consumidor Elementos da Relação Jurídica de Consumo
 
Direito do Consumidor introdução
Direito do Consumidor introduçãoDireito do Consumidor introdução
Direito do Consumidor introdução
 
Função Social da Propriedade
Função Social da PropriedadeFunção Social da Propriedade
Função Social da Propriedade
 
Direito do Consumidor Direitos Básicos
Direito do Consumidor Direitos BásicosDireito do Consumidor Direitos Básicos
Direito do Consumidor Direitos Básicos
 
Precedentes
PrecedentesPrecedentes
Precedentes
 
Internet
InternetInternet
Internet
 
Tratamentos adequados de conflitos
Tratamentos adequados de conflitosTratamentos adequados de conflitos
Tratamentos adequados de conflitos
 
Direito Civil - Sucessões - Unidade V - Inventário e Partilha (cont.)
Direito Civil - Sucessões - Unidade V -  Inventário e Partilha (cont.)Direito Civil - Sucessões - Unidade V -  Inventário e Partilha (cont.)
Direito Civil - Sucessões - Unidade V - Inventário e Partilha (cont.)
 

Último

PARTE 1 2024 Artigo Exploração sexual de crianças e adolescentes no mundo vir...
PARTE 1 2024 Artigo Exploração sexual de crianças e adolescentes no mundo vir...PARTE 1 2024 Artigo Exploração sexual de crianças e adolescentes no mundo vir...
PARTE 1 2024 Artigo Exploração sexual de crianças e adolescentes no mundo vir...
SimoneDrumondIschkan
 

Último (7)

Apresentação do Escritório - Mota Acunha Advocacia
Apresentação do Escritório - Mota Acunha AdvocaciaApresentação do Escritório - Mota Acunha Advocacia
Apresentação do Escritório - Mota Acunha Advocacia
 
[Modelo] Regimento Interno de Igreja - Fábio Peres da Silva
[Modelo] Regimento Interno de Igreja - Fábio Peres da Silva[Modelo] Regimento Interno de Igreja - Fábio Peres da Silva
[Modelo] Regimento Interno de Igreja - Fábio Peres da Silva
 
PARTE 1 2024 Artigo Exploração sexual de crianças e adolescentes no mundo vir...
PARTE 1 2024 Artigo Exploração sexual de crianças e adolescentes no mundo vir...PARTE 1 2024 Artigo Exploração sexual de crianças e adolescentes no mundo vir...
PARTE 1 2024 Artigo Exploração sexual de crianças e adolescentes no mundo vir...
 
[Modelo] Igreja Evangélica - Ata de fundação, aprovação de estatuto e eleição...
[Modelo] Igreja Evangélica - Ata de fundação, aprovação de estatuto e eleição...[Modelo] Igreja Evangélica - Ata de fundação, aprovação de estatuto e eleição...
[Modelo] Igreja Evangélica - Ata de fundação, aprovação de estatuto e eleição...
 
Direito tributário.pdf para alunos do curso de Direito
Direito tributário.pdf para alunos do curso de DireitoDireito tributário.pdf para alunos do curso de Direito
Direito tributário.pdf para alunos do curso de Direito
 
Efeito doença nas férias na Administração Pública
Efeito doença nas férias na Administração PúblicaEfeito doença nas férias na Administração Pública
Efeito doença nas férias na Administração Pública
 
MAPA MENTAL Oab 40 DIREITO FILOSOFIA DO DIREITO
MAPA MENTAL Oab 40 DIREITO FILOSOFIA DO DIREITOMAPA MENTAL Oab 40 DIREITO FILOSOFIA DO DIREITO
MAPA MENTAL Oab 40 DIREITO FILOSOFIA DO DIREITO
 

Agravo interno

  • 2. CABIMENTO • Agravo interno é o recurso cabível contra as decisões unipessoais proferidas em tribunal, sejam elas proferidas pelo relator (art.1012 CPC), sejam elas proferidas por Presidente ou Vice-Presidente do tribunal (art. 39 da Lei n. 8.038/1990) • Art. 1.021. Contra decisão proferida pelo relator caberá agravo interno para o respectivo órgão colegiado, observadas, quanto ao processamento, as regras do regimento interno do tribunal. • § 1o Na petição de agravo interno, o recorrente impugnará especificadamente os fundamentos da decisão agravada.
  • 4. Preparo • Não exige preparo, uma vez que o "custo“ do agravo interno está embutido no custo da causa que tramita no tribunal, cujas despesas já foram antecipadas, pelo recorrente ou pelo autor da ação de competência originária.
  • 5. IMPUGNAÇÃO ESPECÍFICA Art. 1021 § 1o Na petição de agravo interno, o recorrente impugnará especificadamente os fundamentos da decisão agravada. • A exigência de impugnação especifica é reforçada nos casos em que o agravo interno for interposto contra a decisão do relator que aplica precedente (art. 932, IV e V, CPC). Isso porque, em tais casos, não é suficiente ao agravante apenas reproduzir as razões de seu recurso ou da petição apresentada. É preciso que demonstre uma distinção ou a impossibilidade de aplicação do precedente.
  • 6. • O contraditório é garantido ao que a parte contrária possui a possibilidade de apresentar suas contrarrazões no igual prazo de 15 dias • § 2o O agravo será dirigido ao relator, que intimará o agravado para manifestar-se sobre o recurso no prazo de 15 (quinze) dias(...)
  • 7. Art. 1021 §2º (...)ao final do qual, não havendo retratação, o relator levá-lo-á a julgamento pelo órgão colegiado, com inclusão em pauta. Isto é, o agravo interno não pode ser julgado monocraticamente pelo relator: ele será sempre julgado pelo órgão colegiado a que pertence o relator. O agravo interno somente deve ser julgado pelo relator se este resolver retratar-se.
  • 8. • § 4o Quando o agravo interno for declarado manifestamente inadmissível ou improcedente em votação unânime, o órgão colegiado, em decisão fundamentada, condenará o agravante a pagar ao agravado multa fixada entre um e cinco por cento do valor atualizado da causa. • § 5o A interposição de qualquer outro recurso está condicionada ao depósito prévio do valor da multa prevista no § 4o, à exceção da Fazenda Pública e do beneficiário de gratuidade da justiça, que farão o pagamento ao final. •
  • 9. • O julgamento do agravo interno fica fora do âmbito de incidência da regra fundamental de observância da ordem cronológica de conclusão Art. 12. Os juízes e os tribunais atenderão, preferencialmente, à ordem cronológica de conclusão para proferir sentença ou acórdão. [...] § 2o Estão excluídos da regra do caput: [...] VI - o julgamento de agravo interno
  • 10. EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR DESEMBARGADOR RELATOR … DO EGRÉGIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE ... Processo nº … NOME DO AGRAVANTE…, já qualificado nos autos em ação ... proposta em f ace de NOME DO AGRAVADO…, também já qualificado, vem, tempestivamente, por seu advogado, com fundamento no artigo 1.021, do Código de Processo Civil, interpor AGRAVO INTERNO, requerendo a retratação da decisão monocrática, ou, à sua falta, a remessa à Turma Julgadora para imediata apreciação. DA DECISÃO AGRAVADA (Resumo do enunciado) DO CABIMENTO E TEMPESTIVIDADE O art. 1 .021 do CPC permite a interposição do a gravo no caso de decisão monocrática do Desembargador Relator. No presente caso verifica-se justamente a decisão monocrática prevista no art. 932, do CPC, ensejando a interposição do recurso de a gravo, cumprindo-se os 15 dias determinados conforme art. 1.003, §5º e do CPC, juntando-se guia de preparo (art. 1.007 do CPC). Desta forma, plenamente admissível o recurso interposto. DOS REQUISITOS LEGAIS PARA DECISÃO MONOCRÁTICA Muito embora a decisão monocrática proferida por este douto Desembargador Relator tenha negado conhecimento ao recurso com base no art. 932, do CPC... Resta, data venia, evidente equívoco quanto ao julgamento monocrático do presente recurso, que n ão encontra sustentação legal nem jurisprudencial, merecendo anulação da decisão do Relator, com posterior julgamento colegiado, permitindo-se, inclusive, a reforma da decisão agravada. DOS PEDIDOS Diante de todo o exposto, requer que seja o presente agravo CONHECIDO E PROVIDO pelo órgão colegiado, afastando a decisão monocrática proferida e permitindo o julgamento colegiado, concedendo-se provimento ao recurso. Termos em que, pede deferimento Local e data... Advogado.. OAB número
  • 11. EXERCÍCIO Julião ao verificar seu extrato bancário, notou que sua conta estava vazia, e entrou em contato com a Linhares Bank. Estupefato, descobriu que supostamente tinha emitido um cheque no valor de R$8000,00 (oito mil reais). Revoltado, exigiu que o banco lhe devolvesse o valor, pois não tinha emitido cheque algum e seria da competência do banco a conferência de sua assinatura. Como posteriormente se descobriu, o secretário de Julião forjou sua assinatura, já que o próprio maneja seus documentos. Além disso, Julião tinha conhecimento de que seu secretário era um notório falsário que inclusive já foi condenado por fraude, mas mesmo assim confiava à ele seus documentos pessoais. Inconformado com a postura do banco, Julião ingressou com uma ação que lhe foi julgada favorável, o banco por sua vez, irresignado com a sentença, interpôs uma apelação que foi negada provimento em razão da súmula 28 do STF em decisão monocrática. Enquanto advogado do banco redija a peça cabível.