SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 19
AGILE
Introdução a Metodologias Ágeis
Por que, afinal, ser Ágil?
• Em torno de 30% dos projetos de TI são bem sucedidos
• Em torno de 80% dos projetos Ágeis são bem sucedidos
Fontes: CHAOS Report 2009 e Agile Survey 2009
Origem do Agile
 Contexto
 Modelos de processo iterativo incremental
 Deming
 Melhoria Contínua - PDCA (Plan Do Check Act)
 Lean Manufacturing - Eliminação de desperdícios
 Manifesto Ágil
 The new methodology
Princípios por trás do Manifesto Ágil
 Nossa maior prioridade é
satisfazer o cliente através da
entrega contínua e adiantada
de software com valor
agregado
 Mudanças nos requisitos são
bem-vindas, mesmo
tardiamente no
desenvolvimento. Processos
ágeis tiram vantagem das
mudanças visando vantagem
competitiva para o cliente
 Entregar frequentemente software
funcionando, de poucas semanas a
poucos meses, com preferência à
menor escala de tempo.
 Pessoas de negócio e
desenvolvedores devem trabalhar
diariamente em conjunto por todo o
projeto
Princípios por trás do Manifesto Ágil
 Construa projetos em torno de
indivíduos motivados. Dê a
eles o ambiente e o suorte
necessário e confie neles para
fazer o trabalho.
 O método mais eficiente e
eficaz de transmitir
informações para e entre uma
equipe de desenvolvimento é
através de conversa face a
face.
 Software funcionando é a medida
primária de progresso.
 Os processos ágeis promovem
desenvolvimento sustentável.
 Os
patrocinadores, desenvolvedores e
usuários devem ser capazes de
manter um ritmo constante
indefinidamente
Princípios por trás do Manifesto Ágil
 Contínua atenção à
excelência técnica e bom
design aumenta a agilidade
 Simplicidade – a arte de
maximizar a quantidade de
trabalho não realizado – é
essencial
 As melhores arquiteturas, requisitos
e designs emergem de equipes
auto-organizáveis.
 Em intervalos regulares, a equipe
reflete sobre como se tornar mais
eficaz e então refina e ajusta seu
comportamento de acordo
SCRUM
Extreme Programming
Unified Process
Aplicabilidade das metodologias ágeis
Aplicabilidade dos métodos ágeis
Nokia Test
 O Time entrega software executável ao final de cada
Sprint (< 4 semanas) que teve todas as funcionalidades
testadas?
 O Time especifica o mínimo necessário antes de
começar uma Sprint? O Product Backlog está pronto
antes de se começar uma Sprint?
 O Time tem um Product Owner? Um Product Backlog?
Ele foi estimado pela equipe?
 O Time tem um gráfico de Burndown? Eles sabem qual é
a sua velocidade?
 O Time está livre de interrupções durante o Sprint?
SCRUM
Scrum: fluxo de trabalho
Scrum: papéis e responsabilidades
Cliente
Product
Owner
Usuário Final
Dinâmica
 Em equipe, entregue o máximo de produtos possível.
 Produto: bolas de tênis entregues no galão.
 Restrições
 Cada bola tem de passer na mão de todos os membros da
equipe
 A bola não pode passer na mão do membro da equipe que
estiver imediatamente ao seu lado (em fila)
 Timebox:
 2 minutos para o planejamento
 1 minuto para execução
 2 minutos para retrospectiva
Pesquisas sobre uso de metodologias ágeis
www.ambysoft.com/surveys
Boas referências
 http://agilemanifesto.org/
 http://agilemethodology.org/
 www.agilealliance.org
 www.scrumalliance.org
 http://disciplinedagiledelivery.com/
 http://www-01.ibm.com/software/rational/agile/
Kent Beck
Mike Beedle
Arie van
Bennekum
Alistair Cockburn
Ward
Cunningham
Martin Fowler
James Grenning
Jim Highsmith
Andrew Hunt
Ron Jeffries
Jon Kern
Brian Marick
Robert C. Martin
Steve Mellor
Ken Schwaber
Jeff Sutherland
Dave Thomas
Manifesto para Desenvolvimento Ágil de Software
Estamos descobrindo maneiras melhores de desenvolver
software, fazendo-o nós mesmos e ajudando outros a
fazerem o mesmo. Através deste trabalho, passamos a valorizar:
Indivíduos e interações mais que processos e ferramentas
Software em funcionamento mais que documentação abrangente
Colaboração com o cliente mais que negociação de contratos
Responder a mudanças mais que seguir um plano
Ou seja, mesmo havendo valor nos itens à direita,
valorizamos mais os itens à esquerda.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Métodos Ágeis de Gestão de Projetos aplicados à Gestão do Conhecimento
Métodos Ágeis de Gestão de Projetos aplicados à Gestão do ConhecimentoMétodos Ágeis de Gestão de Projetos aplicados à Gestão do Conhecimento
Métodos Ágeis de Gestão de Projetos aplicados à Gestão do ConhecimentoClaudia Hofart Guzzo
 
Cursos Agile Think - Framework Scrum - 1/4
Cursos Agile Think - Framework Scrum - 1/4Cursos Agile Think - Framework Scrum - 1/4
Cursos Agile Think - Framework Scrum - 1/4André Vidal
 
Os 7 Princípios do desenvolvimento Lean de Software
Os 7 Princípios do desenvolvimento Lean de SoftwareOs 7 Princípios do desenvolvimento Lean de Software
Os 7 Princípios do desenvolvimento Lean de SoftwareLucas Oliveira
 
Governança Ágil - Ágiles 2009
Governança Ágil - Ágiles 2009Governança Ágil - Ágiles 2009
Governança Ágil - Ágiles 2009Clavius Tales
 
Sebrae Startup Day 2017 - Rio Sul Valley
Sebrae Startup Day 2017 - Rio Sul ValleySebrae Startup Day 2017 - Rio Sul Valley
Sebrae Startup Day 2017 - Rio Sul ValleyJosé A. Rodrigues Nt.
 
Treinamento de Scrum
Treinamento de ScrumTreinamento de Scrum
Treinamento de ScrumLuiz Duarte
 
Cursos Agile Think - Kanban - 3/4
Cursos Agile Think - Kanban - 3/4Cursos Agile Think - Kanban - 3/4
Cursos Agile Think - Kanban - 3/4André Vidal
 
Métodos Ágeis para Desenvolvimento de Software Livre
Métodos Ágeis para Desenvolvimento de Software LivreMétodos Ágeis para Desenvolvimento de Software Livre
Métodos Ágeis para Desenvolvimento de Software LivreDionatan default
 
Seminário - Scrum , Kaban e XP
Seminário - Scrum , Kaban e XPSeminário - Scrum , Kaban e XP
Seminário - Scrum , Kaban e XPLays Lopes
 
Cursos Agile Think - Lean - 2/4
Cursos Agile Think - Lean - 2/4Cursos Agile Think - Lean - 2/4
Cursos Agile Think - Lean - 2/4André Vidal
 
Cursos Agile Think - Feature Driven Development (FDD) - 4/4
Cursos Agile Think - Feature Driven Development (FDD) - 4/4Cursos Agile Think - Feature Driven Development (FDD) - 4/4
Cursos Agile Think - Feature Driven Development (FDD) - 4/4André Vidal
 
Métodos Ágeis e Scrum - Introdução
Métodos Ágeis e Scrum - IntroduçãoMétodos Ágeis e Scrum - Introdução
Métodos Ágeis e Scrum - IntroduçãoYuri Morais
 

Mais procurados (19)

Scrum
ScrumScrum
Scrum
 
Scrum
ScrumScrum
Scrum
 
Métodos Ágeis de Gestão de Projetos aplicados à Gestão do Conhecimento
Métodos Ágeis de Gestão de Projetos aplicados à Gestão do ConhecimentoMétodos Ágeis de Gestão de Projetos aplicados à Gestão do Conhecimento
Métodos Ágeis de Gestão de Projetos aplicados à Gestão do Conhecimento
 
Cursos Agile Think - Framework Scrum - 1/4
Cursos Agile Think - Framework Scrum - 1/4Cursos Agile Think - Framework Scrum - 1/4
Cursos Agile Think - Framework Scrum - 1/4
 
Os 7 Princípios do desenvolvimento Lean de Software
Os 7 Princípios do desenvolvimento Lean de SoftwareOs 7 Princípios do desenvolvimento Lean de Software
Os 7 Princípios do desenvolvimento Lean de Software
 
Governança Ágil - Ágiles 2009
Governança Ágil - Ágiles 2009Governança Ágil - Ágiles 2009
Governança Ágil - Ágiles 2009
 
Processos Ágeis
Processos Ágeis Processos Ágeis
Processos Ágeis
 
Sebrae Startup Day 2017 - Rio Sul Valley
Sebrae Startup Day 2017 - Rio Sul ValleySebrae Startup Day 2017 - Rio Sul Valley
Sebrae Startup Day 2017 - Rio Sul Valley
 
Manifesto Ágil
Manifesto ÁgilManifesto Ágil
Manifesto Ágil
 
Treinamento de Scrum
Treinamento de ScrumTreinamento de Scrum
Treinamento de Scrum
 
Cursos Agile Think - Kanban - 3/4
Cursos Agile Think - Kanban - 3/4Cursos Agile Think - Kanban - 3/4
Cursos Agile Think - Kanban - 3/4
 
Métodos Ágeis para Desenvolvimento de Software Livre
Métodos Ágeis para Desenvolvimento de Software LivreMétodos Ágeis para Desenvolvimento de Software Livre
Métodos Ágeis para Desenvolvimento de Software Livre
 
Gerenciamento ágil de projetos com scrum
Gerenciamento ágil de projetos com scrumGerenciamento ágil de projetos com scrum
Gerenciamento ágil de projetos com scrum
 
Introducao agilidade
Introducao agilidadeIntroducao agilidade
Introducao agilidade
 
Seminário - Scrum , Kaban e XP
Seminário - Scrum , Kaban e XPSeminário - Scrum , Kaban e XP
Seminário - Scrum , Kaban e XP
 
Cursos Agile Think - Lean - 2/4
Cursos Agile Think - Lean - 2/4Cursos Agile Think - Lean - 2/4
Cursos Agile Think - Lean - 2/4
 
Cursos Agile Think - Feature Driven Development (FDD) - 4/4
Cursos Agile Think - Feature Driven Development (FDD) - 4/4Cursos Agile Think - Feature Driven Development (FDD) - 4/4
Cursos Agile Think - Feature Driven Development (FDD) - 4/4
 
Mini Curso Testes Ageis
Mini Curso Testes AgeisMini Curso Testes Ageis
Mini Curso Testes Ageis
 
Métodos Ágeis e Scrum - Introdução
Métodos Ágeis e Scrum - IntroduçãoMétodos Ágeis e Scrum - Introdução
Métodos Ágeis e Scrum - Introdução
 

Destaque

01 Introdução - Contextualização Engenharia de Software
01 Introdução - Contextualização Engenharia de Software01 Introdução - Contextualização Engenharia de Software
01 Introdução - Contextualização Engenharia de SoftwareWaldemar Roberti
 
Allie Brock - Making training serious fun
Allie Brock  - Making training serious funAllie Brock  - Making training serious fun
Allie Brock - Making training serious funAgileCymru
 
Agile and Lean Games
Agile and Lean GamesAgile and Lean Games
Agile and Lean GamesAdrian Smith
 
Agile training
Agile trainingAgile training
Agile trainingLong Ta
 
10 Questions For Your Scrum Master Interview
10 Questions For Your Scrum Master Interview10 Questions For Your Scrum Master Interview
10 Questions For Your Scrum Master InterviewDavid Bland
 
Retrospect it! a simple recipe for building fun agile retrospectives
Retrospect it! a simple recipe for building fun agile retrospectivesRetrospect it! a simple recipe for building fun agile retrospectives
Retrospect it! a simple recipe for building fun agile retrospectivesPeti Morgan
 

Destaque (10)

01 Introdução - Contextualização Engenharia de Software
01 Introdução - Contextualização Engenharia de Software01 Introdução - Contextualização Engenharia de Software
01 Introdução - Contextualização Engenharia de Software
 
Allie Brock - Making training serious fun
Allie Brock  - Making training serious funAllie Brock  - Making training serious fun
Allie Brock - Making training serious fun
 
Agile tricks
Agile tricksAgile tricks
Agile tricks
 
Make agile fun again
Make agile fun againMake agile fun again
Make agile fun again
 
Lean vs scrum
Lean vs scrumLean vs scrum
Lean vs scrum
 
Agile and Lean Games
Agile and Lean GamesAgile and Lean Games
Agile and Lean Games
 
Agile training
Agile trainingAgile training
Agile training
 
Fun through agile
Fun through agileFun through agile
Fun through agile
 
10 Questions For Your Scrum Master Interview
10 Questions For Your Scrum Master Interview10 Questions For Your Scrum Master Interview
10 Questions For Your Scrum Master Interview
 
Retrospect it! a simple recipe for building fun agile retrospectives
Retrospect it! a simple recipe for building fun agile retrospectivesRetrospect it! a simple recipe for building fun agile retrospectives
Retrospect it! a simple recipe for building fun agile retrospectives
 

Semelhante a 05 agile

Scrum - Introdução Interna para o Núcleo de Arquitetura de Informação
Scrum - Introdução Interna para o Núcleo de Arquitetura de InformaçãoScrum - Introdução Interna para o Núcleo de Arquitetura de Informação
Scrum - Introdução Interna para o Núcleo de Arquitetura de InformaçãoAlessandro Novais
 
Aplicando Scrum na prática para times ágeis
Aplicando Scrum na prática para times ágeisAplicando Scrum na prática para times ágeis
Aplicando Scrum na prática para times ágeisfayrusm
 
Apresentação Scrum 2012
Apresentação Scrum 2012Apresentação Scrum 2012
Apresentação Scrum 2012Libia Boss
 
Scrum: Uma Nova Abordagem No Desenvolvimento De Software Face À Demanda...
Scrum: Uma Nova Abordagem No Desenvolvimento De Software Face À       Demanda...Scrum: Uma Nova Abordagem No Desenvolvimento De Software Face À       Demanda...
Scrum: Uma Nova Abordagem No Desenvolvimento De Software Face À Demanda...Luiz Lemos
 
Scrum - Profº James Moreira Jr.
Scrum - Profº James Moreira Jr.Scrum - Profº James Moreira Jr.
Scrum - Profº James Moreira Jr.James Moreira
 
Ferramentas Livres para a Gestão de Projetos Ágeis com Scrum
Ferramentas Livres para a Gestão de Projetos Ágeis com ScrumFerramentas Livres para a Gestão de Projetos Ágeis com Scrum
Ferramentas Livres para a Gestão de Projetos Ágeis com ScrumThiago Barros, PSM
 
Gerenciamento ágil de processos - SCRUM
Gerenciamento ágil de processos - SCRUMGerenciamento ágil de processos - SCRUM
Gerenciamento ágil de processos - SCRUMLucas Vinícius
 
Gestão Ágil de Projetos com Scrum
Gestão Ágil de Projetos com ScrumGestão Ágil de Projetos com Scrum
Gestão Ágil de Projetos com ScrumMarcos Garrido
 
Scrum - Gerenciamento de Projetos
Scrum - Gerenciamento de ProjetosScrum - Gerenciamento de Projetos
Scrum - Gerenciamento de ProjetosWilliam Lima
 
Engenharia de software aula 6 - Introdução ao Desenvolvimento Ágil
Engenharia de software aula 6 - Introdução ao Desenvolvimento ÁgilEngenharia de software aula 6 - Introdução ao Desenvolvimento Ágil
Engenharia de software aula 6 - Introdução ao Desenvolvimento ÁgilRebecca Betwel
 
Introdução A Gestão Ágil De Projetos Com Scrum
Introdução A Gestão Ágil De Projetos Com ScrumIntrodução A Gestão Ágil De Projetos Com Scrum
Introdução A Gestão Ágil De Projetos Com ScrumJuan Bernabó
 
Redistributable Intro To Scrum
Redistributable Intro To ScrumRedistributable Intro To Scrum
Redistributable Intro To ScrumJuan Bernabó
 
Caminhos do Scrum
Caminhos do ScrumCaminhos do Scrum
Caminhos do Scrumjrompkovski
 
Apostila Scrum: Fundamentos do Scrum
Apostila Scrum: Fundamentos do ScrumApostila Scrum: Fundamentos do Scrum
Apostila Scrum: Fundamentos do ScrumMindMasterBrasil
 
PDS_SCRUM.pptx
PDS_SCRUM.pptxPDS_SCRUM.pptx
PDS_SCRUM.pptxluismota86
 
Seminario Scrum
Seminario ScrumSeminario Scrum
Seminario ScrumFingerTips
 

Semelhante a 05 agile (20)

Scrum - Introdução Interna para o Núcleo de Arquitetura de Informação
Scrum - Introdução Interna para o Núcleo de Arquitetura de InformaçãoScrum - Introdução Interna para o Núcleo de Arquitetura de Informação
Scrum - Introdução Interna para o Núcleo de Arquitetura de Informação
 
Aplicando Scrum na prática para times ágeis
Aplicando Scrum na prática para times ágeisAplicando Scrum na prática para times ágeis
Aplicando Scrum na prática para times ágeis
 
Scrum
ScrumScrum
Scrum
 
Scrum
ScrumScrum
Scrum
 
Apresentação Scrum 2012
Apresentação Scrum 2012Apresentação Scrum 2012
Apresentação Scrum 2012
 
Scrum: Uma Nova Abordagem No Desenvolvimento De Software Face À Demanda...
Scrum: Uma Nova Abordagem No Desenvolvimento De Software Face À       Demanda...Scrum: Uma Nova Abordagem No Desenvolvimento De Software Face À       Demanda...
Scrum: Uma Nova Abordagem No Desenvolvimento De Software Face À Demanda...
 
Scrum - Profº James Moreira Jr.
Scrum - Profº James Moreira Jr.Scrum - Profº James Moreira Jr.
Scrum - Profº James Moreira Jr.
 
Ferramentas Livres para a Gestão de Projetos Ágeis com Scrum
Ferramentas Livres para a Gestão de Projetos Ágeis com ScrumFerramentas Livres para a Gestão de Projetos Ágeis com Scrum
Ferramentas Livres para a Gestão de Projetos Ágeis com Scrum
 
Gerenciamento ágil de processos - SCRUM
Gerenciamento ágil de processos - SCRUMGerenciamento ágil de processos - SCRUM
Gerenciamento ágil de processos - SCRUM
 
Gestão Ágil de Projetos com Scrum
Gestão Ágil de Projetos com ScrumGestão Ágil de Projetos com Scrum
Gestão Ágil de Projetos com Scrum
 
Scrum - Gerenciamento de Projetos
Scrum - Gerenciamento de ProjetosScrum - Gerenciamento de Projetos
Scrum - Gerenciamento de Projetos
 
Desmistificando Agile & Scrum
Desmistificando Agile & ScrumDesmistificando Agile & Scrum
Desmistificando Agile & Scrum
 
Engenharia de software aula 6 - Introdução ao Desenvolvimento Ágil
Engenharia de software aula 6 - Introdução ao Desenvolvimento ÁgilEngenharia de software aula 6 - Introdução ao Desenvolvimento Ágil
Engenharia de software aula 6 - Introdução ao Desenvolvimento Ágil
 
Introdução A Gestão Ágil De Projetos Com Scrum
Introdução A Gestão Ágil De Projetos Com ScrumIntrodução A Gestão Ágil De Projetos Com Scrum
Introdução A Gestão Ágil De Projetos Com Scrum
 
Redistributable Intro To Scrum
Redistributable Intro To ScrumRedistributable Intro To Scrum
Redistributable Intro To Scrum
 
Caminhos do Scrum
Caminhos do ScrumCaminhos do Scrum
Caminhos do Scrum
 
Scrum
ScrumScrum
Scrum
 
Apostila Scrum: Fundamentos do Scrum
Apostila Scrum: Fundamentos do ScrumApostila Scrum: Fundamentos do Scrum
Apostila Scrum: Fundamentos do Scrum
 
PDS_SCRUM.pptx
PDS_SCRUM.pptxPDS_SCRUM.pptx
PDS_SCRUM.pptx
 
Seminario Scrum
Seminario ScrumSeminario Scrum
Seminario Scrum
 

Mais de Waldemar Roberti

02 Introdução à engenharia de software - conceitos fundamentais
02 Introdução à engenharia de software - conceitos fundamentais02 Introdução à engenharia de software - conceitos fundamentais
02 Introdução à engenharia de software - conceitos fundamentaisWaldemar Roberti
 
03 Modelo de processo de software
03 Modelo de processo de software03 Modelo de processo de software
03 Modelo de processo de softwareWaldemar Roberti
 

Mais de Waldemar Roberti (6)

07 Modelagem (Sommer)
07 Modelagem (Sommer)07 Modelagem (Sommer)
07 Modelagem (Sommer)
 
06 Requisitos
06 Requisitos06 Requisitos
06 Requisitos
 
02 Introdução à engenharia de software - conceitos fundamentais
02 Introdução à engenharia de software - conceitos fundamentais02 Introdução à engenharia de software - conceitos fundamentais
02 Introdução à engenharia de software - conceitos fundamentais
 
03 Modelo de processo de software
03 Modelo de processo de software03 Modelo de processo de software
03 Modelo de processo de software
 
04 Unified process
04 Unified process04 Unified process
04 Unified process
 
00 Apresentação
00 Apresentação00 Apresentação
00 Apresentação
 

Último

VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSOVALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSOBiatrizGomes1
 
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasPrograma de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasCassio Meira Jr.
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveaulasgege
 
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileirosMary Alvarenga
 
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasHabilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasCassio Meira Jr.
 
A galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A  galinha ruiva sequencia didatica 3 anoA  galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A galinha ruiva sequencia didatica 3 anoandrealeitetorres
 
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdfHABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdfdio7ff
 
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 anoAdelmaTorres2
 
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Centro Jacques Delors
 
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxQUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxIsabellaGomes58
 
trabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduratrabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduraAdryan Luiz
 
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfcartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfIedaGoethe
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASQUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASEdinardo Aguiar
 
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024Jeanoliveira597523
 
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAs Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAlexandreFrana33
 
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfHenrique Pontes
 

Último (20)

VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSOVALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
 
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasPrograma de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
 
Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024
Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024
Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
 
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
 
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasHabilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
 
A galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A  galinha ruiva sequencia didatica 3 anoA  galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
 
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdfHABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
 
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
 
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
 
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxQUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
 
trabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduratrabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditadura
 
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfcartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
 
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASQUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
 
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
 
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAs Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
 
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
 

05 agile

  • 2. Por que, afinal, ser Ágil? • Em torno de 30% dos projetos de TI são bem sucedidos • Em torno de 80% dos projetos Ágeis são bem sucedidos Fontes: CHAOS Report 2009 e Agile Survey 2009
  • 3. Origem do Agile  Contexto  Modelos de processo iterativo incremental  Deming  Melhoria Contínua - PDCA (Plan Do Check Act)  Lean Manufacturing - Eliminação de desperdícios  Manifesto Ágil  The new methodology
  • 4. Princípios por trás do Manifesto Ágil  Nossa maior prioridade é satisfazer o cliente através da entrega contínua e adiantada de software com valor agregado  Mudanças nos requisitos são bem-vindas, mesmo tardiamente no desenvolvimento. Processos ágeis tiram vantagem das mudanças visando vantagem competitiva para o cliente  Entregar frequentemente software funcionando, de poucas semanas a poucos meses, com preferência à menor escala de tempo.  Pessoas de negócio e desenvolvedores devem trabalhar diariamente em conjunto por todo o projeto
  • 5. Princípios por trás do Manifesto Ágil  Construa projetos em torno de indivíduos motivados. Dê a eles o ambiente e o suorte necessário e confie neles para fazer o trabalho.  O método mais eficiente e eficaz de transmitir informações para e entre uma equipe de desenvolvimento é através de conversa face a face.  Software funcionando é a medida primária de progresso.  Os processos ágeis promovem desenvolvimento sustentável.  Os patrocinadores, desenvolvedores e usuários devem ser capazes de manter um ritmo constante indefinidamente
  • 6. Princípios por trás do Manifesto Ágil  Contínua atenção à excelência técnica e bom design aumenta a agilidade  Simplicidade – a arte de maximizar a quantidade de trabalho não realizado – é essencial  As melhores arquiteturas, requisitos e designs emergem de equipes auto-organizáveis.  Em intervalos regulares, a equipe reflete sobre como se tornar mais eficaz e então refina e ajusta seu comportamento de acordo
  • 12. Nokia Test  O Time entrega software executável ao final de cada Sprint (< 4 semanas) que teve todas as funcionalidades testadas?  O Time especifica o mínimo necessário antes de começar uma Sprint? O Product Backlog está pronto antes de se começar uma Sprint?  O Time tem um Product Owner? Um Product Backlog? Ele foi estimado pela equipe?  O Time tem um gráfico de Burndown? Eles sabem qual é a sua velocidade?  O Time está livre de interrupções durante o Sprint?
  • 13. SCRUM
  • 14. Scrum: fluxo de trabalho
  • 15. Scrum: papéis e responsabilidades Cliente Product Owner Usuário Final
  • 16. Dinâmica  Em equipe, entregue o máximo de produtos possível.  Produto: bolas de tênis entregues no galão.  Restrições  Cada bola tem de passer na mão de todos os membros da equipe  A bola não pode passer na mão do membro da equipe que estiver imediatamente ao seu lado (em fila)  Timebox:  2 minutos para o planejamento  1 minuto para execução  2 minutos para retrospectiva
  • 17. Pesquisas sobre uso de metodologias ágeis www.ambysoft.com/surveys
  • 18. Boas referências  http://agilemanifesto.org/  http://agilemethodology.org/  www.agilealliance.org  www.scrumalliance.org  http://disciplinedagiledelivery.com/  http://www-01.ibm.com/software/rational/agile/
  • 19. Kent Beck Mike Beedle Arie van Bennekum Alistair Cockburn Ward Cunningham Martin Fowler James Grenning Jim Highsmith Andrew Hunt Ron Jeffries Jon Kern Brian Marick Robert C. Martin Steve Mellor Ken Schwaber Jeff Sutherland Dave Thomas Manifesto para Desenvolvimento Ágil de Software Estamos descobrindo maneiras melhores de desenvolver software, fazendo-o nós mesmos e ajudando outros a fazerem o mesmo. Através deste trabalho, passamos a valorizar: Indivíduos e interações mais que processos e ferramentas Software em funcionamento mais que documentação abrangente Colaboração com o cliente mais que negociação de contratos Responder a mudanças mais que seguir um plano Ou seja, mesmo havendo valor nos itens à direita, valorizamos mais os itens à esquerda.