SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 42
Gerenciamento de Projetos Ágeis 
William Lima 
Avanti Agência Digital
“- Como um projeto atrasa 2 anos? 
- Um dia de cada vez!” 
– Fred Brooks (The Mythical Man-Month)
Scrum, O que é? 
• Não é uma sigla para nada 
• É o momento do jogo de Rugby quando a equipe está toda unida 
com um único propósito em uma formação específica onde a 
participação de todos é essencial, a falta de comprometimento de 
um membro pode fazer a formação cair, então a união e o foco no 
objetivo (mover a bola em direção ao gol) é primordial.
Scrum, O que é? 
Em desenvolvimento de software é uma metodologia usada para uma 
gestão dinâmica de projetos. 
Um processo de desenvolvimento iterativo e incremental para 
gerenciamento de projetos e desenvolvimento ágil de software. 
É utilizado para trabalhos complexos nos quais é impossível predizer 
tudo o que irá ocorrer.
Manifesto Agil 
O início do manifesto para desenvolvimento ágil de software se teve com um grupo de profissionais 
e pesquisadores de TI com o objetivo de criar uma nova forma de melhor o desempenho de seus 
projetos, surgindo então o seguinte manifesto: 
"Estamos descobrindo maneiras melhores de desenvolver software fazendo-o nós mesmos e 
ajudando outros a fazê-lo. Através desse trabalho, passamos a valorizar: 
• Indivíduos e interação entre eles mais que processos e ferramentas; 
• Software em funcionamento mais que documentação abrangente; 
• Colaboração com o cliente mais que negociação de contratos; 
• Responder a mudanças mais que seguir um plano. 
Ou seja, mesmo havendo valor nos itens à direita, valorizamos mais os itens à esquerda.”
Princípios 
O manisfesto ágil traz doze princípios de um processo ágil: 
• Nossa maior prioridade é satisfazer o cliente, através da entrega 
adiantada e contínua de software de valor; 
• Aceitar mudanças de requisitos, mesmo no fim do desenvolvimento. 
Processos ágeis se adequam a mudanças, para que o cliente possa 
tirar vantagens competitivas; 
• Entregar software funcionando com freqüencia, na escala de 
semanas até meses, com preferência aos períodos mais curtos;
Princípios 
• Pessoas relacionadas à negócios e desenvolvedores devem 
trabalhar em conjunto e diáriamente, durante todo o curso do 
projeto; 
• Construir projetos ao redor de indivíduos motivados. Dando a eles o 
ambiente e suporte necessário, e confiar que farão seu trabalho; 
• O Método mais eficiente e eficaz de transmitir informações para, e 
por dentro de um time de desenvolvimento, é através de uma 
conversa cara a cara;
Princípios 
• Software funcional é a medida primária de progresso; 
• Processos ágeis promovem um ambiente sustentável. Os 
patrocinadores, desenvolvedores e usuários, devem ser capazes de 
manter indefinidamente, passos constantes; 
• Contínua atenção à excelência técnica e bom design, aumenta a 
agilidade;
Princípios 
• Simplicidade: a arte de maximizar a quantidade de trabalho que não 
precisou ser feito; 
• As melhores arquiteturas, requisitos e designs emergem de times 
auto-organizáveis; 
• Em intervalos regulares, o time reflete em como ficar mais efetivo, 
então, se ajustam e otimizam seu comportamento de acordo.
Características do Scrum 
• Trabalha de forma iterativa e incremental 
• As equipes são mutli-funcionais (cross-functional) e auto-organizadas 
(self-organizing) 
• Foca em prioridade: equipe sabe por onde começar e o que é mais 
prioritário para o cliente 
• Objetividade: metas menores (por sprints) atingíveis e claras.
Características do Scrum 
• Visibilidade: clara visibilidade do que está completo e as pendências o 
que reduz os riscos e as incertezas associadas ao projeto 
• Aumento do ROI*: entregando funcionalidades antes para a validação 
do cliente. 
• Maior flexibilidade a agilidade: permite rever o planejamento, mudar de 
direção ou fazer adaptações para as próximas iterações. 
• Não há prática de engenharia prescrita (o Scrum adequa-se a todas) 
*Retorno sobre investimento
Ciclo um projeto sem Scrum 
Requerimento 
Projeto 
Implementação 
Verificação 
Manutenção
Ciclo de um projeto com Scrum 
Requerimento 
Projeto 
Implementação 
Verificação 
Manutenção 
N Vezes
Ciclo de Vida Scrum 
O ciclo de vida do Scrum é baseado em três fases principais, divididas em subfases. Sãoo 
estas o pré-planejamento, desenvolvimento e pós-planejamento. 
• O pré-planejamento é a fase no qual são feitas estimativas de esforço para o 
desenvolvimento de cada requisito, bem como a definição da equipe de desenvolvimento, 
as ferramentas que serão utilizadas e a real necessidade de treinamento. 
• Na segunda fase - denominada de desenvolvimento - são identificados previamente as 
inúmeras variáveis técnicas e do ambiente para serem observadas e controladas durante o 
desenvolvimento, aumentando assim a flexibilidade para acompanhar as mudanças. 
• Por fim, na fase de pós-planejamento, são realizadas reuniões para analisar o progresso 
do projeto e demonstrar o software atual para os clientes.
Ciclo de Vida Scrum 
Quer que eu desenhe?
O Framework Scrum 
Ok, Ok, vamos por partes! 
• Papéis e Responsabilidades 
• Artefatos 
• Cerimônias
Papéis e Responsabilidades 
Product Owner - Scrum Master - Equipe/Time de Desenvolvimento
Product Owner 
• Encomenda o projeto e define os requisitos e as prioridades para 
o produto. 
• Representa o cliente ou um grupo deles. 
• Define o produto. 
• Conhecedor das necessidades do cliente. 
• Organiza o backlog de produto. 
• Cria as estórias de usuários. 
• Tira duvida da equipe de desenvolvimento. 
• Aceita ou não o incremento.
Scrum Master 
• Deve ser um dos membros da equipe de 
trabalho. 
• Tem a responsabilidade de orientar o time 
para que sejam atendidos os valores e as 
práticas do Scrum. 
• Participa ativamente das reuniões propostas. 
• Assegura o entendimento do Scrum. 
• Remove conflitos e impedimentos. 
• Imparcial / Neutro.
Time/Equipe de Desenvolvimento 
• Uma equipe Scrum tem tipicamente de 6 a 9 
membros úteis. 
• Caso haja mais membros do que o 
administrável, o projeto deve ser dividido em 
vários sub-projetos. 
• Os membros do time são responsáveis por 
negociar com o PO os requisitos que serão 
trabalhados em cada Sprint. 
• Trabalham nas produtividades definidas 
pelo PO.
Product Owner - Scrum Master - Time de Desenvolvedores 
Em resumo é isso!
Artefatos do Scrum 
Visão - Estórias - Backlog: Product Backlog / Sprint Backlog - Burndown - 
Taskboard / Kanban
Visão 
Todo Produto necessita de uma visão, 
um objetivo, uma meta. A visão do 
produto nos faz parar e pensar, porque 
vamos construir este software? Qual o 
real propósito deste trabalho que será 
realizado? 
Começar o projeto pelo Product 
Backlog sem a visão é como fazer 
compras com fome. Tudo parece uma 
boa idéia, uma boa funcionalidade.
Estórias 
É um descritivo claro e objetivo, porém 
resumido, da funcionalidade que será 
desenvolvida. 
Muitas vezes uma estória cabe em um 
post-it por conta da sua objetividade;
Backlog 
É a lista de requisitos da aplicação que 
será necessária para o seu 
entendimento e desenvolvimento. O 
responsável por ela é o Product Owner. 
O backlog é dividido em duas partes 
sendo elas o Product Backlog e o Sprint 
Backlog.
Product Backlog 
O product backlog é uma lista de tudo o 
que possa ser necessário no produto, e 
é a única fonte de requisitos para que 
sejam feitas alterações no produto. 
Nessa lista contém todas as 
funcionalidades - que são visíveis ao 
cliente - e também requisitos técnicos 
para poder desenvolver o produto onde 
os itens da lista devem estar definidos 
em 10 dias para iniciar o 
desenvolvimento.
Sprint Backlog 
O sprint backlog é uma lista de tarefas 
identificadas pela equipe de Scrum para ser 
concluída durante o sprint. 
Durante a reunião de planejamento do 
sprint, a equipe seleciona um determinado 
número de itens do product backlog, 
geralmente sob a forma de histórias de 
usuários, e identifica as tarefas necessárias 
para que estas seja completadas. 
A maioria das equipes também estimam 
quantas horas cada tarefa vai levar para ser 
concluída.
Gráfico de Brundown 
É um gráfico que mostra a linha de 
esforço frente aos trabalhos que 
precisam ser realizados. 
Os eixos que forma esse gráfico 
analisam a quantidade de trabalho a ser 
completado (eixo y) e as datas ou dias 
de execução (eixo x). 
O Burndown, assim como o Backlog, 
também é divido em duas partes, um 
gráfico para o Produto e outro para o 
Sprint.
Taskboard - Kanban 
É uma espécie de quadro onde cada 
estória é colada, a partir dele dá para 
saber quais atividades ainda estão na 
fila de desenvolvimento, quais foram 
feitas e quais estão sendo 
desenvolvidas. 
Utilizando-o dá para se ter uma visão 
geral em poucos segundos de como o 
projeto está. 
Pode ser utilizado com tarefas no lugar 
de estórias.
Cerimonias Scrum 
Release Planning - Sprint Planning - Daily Scrum - Sprint Review - 
Retrospectiva do Sprint
Release Planning 
No início de um projeto o time criará um Release Plan em alto nível. 
Não é possível que o time conheça tudo no início, portanto, um plano 
detalhado não é necessário. 
Esta reunião está a cargo do Time de Desenvolvimento, deve ter a 
participação ativa do Scrum Master e Product Owner.
Release Planning 
O Release Plan deverá abordar: 
• A quantidade e a duração dos Sprints 
• Quantas pessoas ou times deverão participar do projeto 
• O número de Releases 
• O valor a ser entregue em cada Release 
• A data de liberação do(s) Release(s)
Release Planning 
As principais informações para o Release Planning são: 
• A priorização dos Product Backlogs 
• A estimativa da velocidade 
• O Product Owner deve atender as datas importantes (time-to-market) 
impostas pelo mercado.
Sprint Planning 
A reunião Sprint Planning é realizada com a presença do Product Owner, Scrum Master e de todo Scrum 
Team, e quaisquer interessados, diretores ou representantes do cliente. 
Durante a reunião Sprint Planning, o Product Owner explica as funcionalidades de maior prioridade para o 
Scrum Team. Durante esta reunião o Scrum Team faz perguntas que sejam suficientes para que eles 
possam, depois da reunião, definir quais atividades eles irão mover do Product Backlog para o Sprint 
Backlog. 
Juntos, o Scrum Team e o Product Owner definem um objetivo para o Sprint (Sprint Goal), que é uma breve 
descrição do que pretende-se atingir no Sprint. O sucesso do Sprint será verificado posteriormente durante a 
reunião Sprint Review, baseado no Sprint Goal em vez de em itens específicos do Sprint Backlog. 
Depois da reunião Sprint Planning, o Scrum Team reune-se separadamente para discutir o que foi dito e 
decidir o quanto eles se comprometem a fazer durante o próximo Sprint. Em alguns casos, haverá 
negociações com o Product Owner, mas será sempre prerrogativa do Scrum Team determinar o quanto eles 
podem se comprometer.
Sprint Planning 
• É definido o objetivo do sprint. 
• A lista de membros da equipe (e seus níveis de comprometimento, se não 
100%) – capacidade da equipe. 
• O sprint backlog uma lista de atividades que deverão ser executadas para 
concluir cada item do backlog (estória ou caso de uso). 
• Estimativas para cada item/atividade do sprint backlog. 
• Uma data definida para a apresentação do sprint. 
• Data e local definidos para a reunião diária.
Daily Scrum 
Todos os dias do Sprint, o Scrum Team realiza reuniões diárias. Essas reuniões geralmente são realizadas no 
mesmo local e horário todos os dias. O ideal é que as Reuniões de Daily Scrum sejam realizadas pela manhã, uma 
vez que ela apoia a determinar as atividades do dia. 
Todos os membros do time devem participar da Reunião de Daily Scrum. Outras pessoas (por exemplo, a gerência 
de um departamento, um vendendor ou um desenvolvedor de outro projeto) podem estar presentes, mas apenas 
como ouvintes. Isso torna as Reuniões de Daily Scrum uma excelente forma do Scrum Team comunicar a situação 
atual - se você está interessado em saber em que ponto o projeto está, frequente esta reunião diária. 
A Reunião de Daily Scrum não é uma reunião usada para solucionar problemas ou dúvidas. As dúvidas que 
surgirem deverão ser postergadas e, de modo geral, serem tratadas pelo grupo envolvido imediatamente após a 
Reunião de Daily Scrum. Durante a reunião, cada membro do Scrum Team responde às seguintes perguntas: 
1. O que você fez ontem? 
2. O que você vai fazer hoje? 
3. Existe algum impedimento?
Daily Scrum 
O Scrum Master é responsável por solucionar quaisquer impedimentos identificados o mais 
rapidamente possível. Geralmente são impedimentos: 
• Meu _____ quebrou e eu preciso de um novo hoje. 
• Eu ainda não recebi o software que pedi um mês atrás. 
• Eu preciso ajudar ao(à) ________ a depurar um problema. 
• Eu estou me esforçando para aprender ________ e gostaria de fazer isto em par com alguém. 
• Não consigo retorno da equipe de suporte técnico do fornecedor. 
• O grupo _______ não tem tempo para se reunir comigo. 
• O diretor da área me pediu para trabalhar em outra coisa por um dia ou dois.
Sprint Review 
Ao final de cada Sprint, uma Reunião Sprint Review é realizada. Durante esta reunião, o 
Scrum Team apresenta o que foi realizado durante o Sprint. Tipicamente, esta 
apresentação é feita na forma de uma demonstração das novas funcionalidades. 
Participantes da Reunião Sprint Review, tipicamente inclui o Product Owner, o Scrum 
Team, o Scrum Master, a diretoria, clientes e engenheiros de outros projetos. 
Durante a Reunião Sprint Review o projeto é avalidado baseado no Sprint Goal, 
determinado durante a Reunião Sprint Planning. O ideal é que a equipe tenha concluído 
todos os itens do Product Backlog alocados para o Sprint, mas é mais importante que 
eles alcancem Sprint Goal. 
Força a equipe a realmente terminar as coisas e liberá-las (mesmo que seja apenas em 
um ambiente de teste)
Retrospectiva 
É a reunião de lições aprendidas (Lessons Learned) – o que podemos fazer melhor no próximo 
sprint? 
O ScrumMaster se reúne com a equipe de desenvolvimento e revisa os altos e baixos do ciclo. O 
time conversa para saber o que foi bom e como se pode melhorar ainda mais o ambiente, as 
ferramentas e o convívio entre o time e suas funções. Esta parte é basicamente um aprimoramento 
interno. 
Depois que esta reunião é finalizada, um novo ciclo Sprint pode começar até que todo o produto 
seja implementado/finalizado e o Product Backlog esteja limpo de pendências. 
• Bom: se pudéssemos faríamos do mesmo modo; 
• Poderia ter sido melhor: faríamos tal item de maneira diferente; 
• Melhorias: idéias concretas de como melhorar o processo / ferramentas, etc no próximo sprint.
Ciclo de Vida Scrum 
E agora? Entendeu?
Referências 
• https://www.scrumalliance.org/ 
• http://www.codeproject.com/Articles/4798/What-is-SCRUM 
• http://unifenas.br 
• https://www.scrum.org/Scrum-Guide 
• http://scrummethodology.com/

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Scrum - Fundamentos, teorias e práticas!
Scrum - Fundamentos, teorias e práticas!Scrum - Fundamentos, teorias e práticas!
Scrum - Fundamentos, teorias e práticas!Annelise Gripp
 
Gestao agil de projetos com Scrum
Gestao agil de projetos com ScrumGestao agil de projetos com Scrum
Gestao agil de projetos com ScrumIgor Macaubas
 
Uma introdução ao SCRUM
Uma introdução ao SCRUMUma introdução ao SCRUM
Uma introdução ao SCRUMelliando dias
 
Desenvolvimento Ágil com Scrum e XP
Desenvolvimento Ágil com Scrum e XPDesenvolvimento Ágil com Scrum e XP
Desenvolvimento Ágil com Scrum e XPlucianocoelho
 
Scrum - Framework, Competências e Valores (versão community)
Scrum -  Framework, Competências e Valores (versão community)Scrum -  Framework, Competências e Valores (versão community)
Scrum - Framework, Competências e Valores (versão community)Manoel Pimentel Medeiros
 
Gestão Ágil e Lean - Circuito de treinamentos AddTech
Gestão Ágil e Lean - Circuito de treinamentos AddTechGestão Ágil e Lean - Circuito de treinamentos AddTech
Gestão Ágil e Lean - Circuito de treinamentos AddTech.add
 
[Webinar] Scrum - Você está fazendo do jeito certo?
[Webinar] Scrum - Você está fazendo do jeito certo?[Webinar] Scrum - Você está fazendo do jeito certo?
[Webinar] Scrum - Você está fazendo do jeito certo?TargetTrust
 
Metodologias Ágeis para Gestão e Planejamento de Projetos Scrum - XP - Kanban
Metodologias Ágeis para Gestão e Planejamento de Projetos Scrum - XP - KanbanMetodologias Ágeis para Gestão e Planejamento de Projetos Scrum - XP - Kanban
Metodologias Ágeis para Gestão e Planejamento de Projetos Scrum - XP - KanbanMatheus Costa
 
Gerenciamento Ágil de Projetos, Uma nova abordagem para os desafio de sempre
Gerenciamento Ágil de Projetos, Uma nova abordagem para os desafio de sempreGerenciamento Ágil de Projetos, Uma nova abordagem para os desafio de sempre
Gerenciamento Ágil de Projetos, Uma nova abordagem para os desafio de sempreLeandro Faria
 
Seminário - Scrum , Kaban e XP
Seminário - Scrum , Kaban e XPSeminário - Scrum , Kaban e XP
Seminário - Scrum , Kaban e XPLays Lopes
 
Porque devo usar Scrum em meus projetos
Porque devo usar Scrum em meus projetosPorque devo usar Scrum em meus projetos
Porque devo usar Scrum em meus projetosEamon Sousa, PMP
 

Mais procurados (20)

Scrum - Fundamentos, teorias e práticas!
Scrum - Fundamentos, teorias e práticas!Scrum - Fundamentos, teorias e práticas!
Scrum - Fundamentos, teorias e práticas!
 
Gestao agil de projetos com Scrum
Gestao agil de projetos com ScrumGestao agil de projetos com Scrum
Gestao agil de projetos com Scrum
 
Uma introdução ao SCRUM
Uma introdução ao SCRUMUma introdução ao SCRUM
Uma introdução ao SCRUM
 
Desenvolvimento Ágil com Scrum e XP
Desenvolvimento Ágil com Scrum e XPDesenvolvimento Ágil com Scrum e XP
Desenvolvimento Ágil com Scrum e XP
 
Treinamento Ágil / Scrum
Treinamento Ágil / ScrumTreinamento Ágil / Scrum
Treinamento Ágil / Scrum
 
Apostila introdutória ao Scrum (V1)
Apostila introdutória ao Scrum (V1)Apostila introdutória ao Scrum (V1)
Apostila introdutória ao Scrum (V1)
 
Scrum - Framework, Competências e Valores (versão community)
Scrum -  Framework, Competências e Valores (versão community)Scrum -  Framework, Competências e Valores (versão community)
Scrum - Framework, Competências e Valores (versão community)
 
Agile SCRUM
Agile SCRUMAgile SCRUM
Agile SCRUM
 
Teste Ágeis para todo o time
Teste Ágeis para todo o timeTeste Ágeis para todo o time
Teste Ágeis para todo o time
 
Agil - coisas essenciais de sempre
Agil - coisas essenciais de sempreAgil - coisas essenciais de sempre
Agil - coisas essenciais de sempre
 
Gestão Ágil e Lean - Circuito de treinamentos AddTech
Gestão Ágil e Lean - Circuito de treinamentos AddTechGestão Ágil e Lean - Circuito de treinamentos AddTech
Gestão Ágil e Lean - Circuito de treinamentos AddTech
 
Metodos Ageis
Metodos AgeisMetodos Ageis
Metodos Ageis
 
O que é SCRUM
O que é SCRUMO que é SCRUM
O que é SCRUM
 
Gerenciamento Ágil de Projetos com Scrum
Gerenciamento Ágil de Projetos com ScrumGerenciamento Ágil de Projetos com Scrum
Gerenciamento Ágil de Projetos com Scrum
 
[Webinar] Scrum - Você está fazendo do jeito certo?
[Webinar] Scrum - Você está fazendo do jeito certo?[Webinar] Scrum - Você está fazendo do jeito certo?
[Webinar] Scrum - Você está fazendo do jeito certo?
 
Metodologias Ágeis para Gestão e Planejamento de Projetos Scrum - XP - Kanban
Metodologias Ágeis para Gestão e Planejamento de Projetos Scrum - XP - KanbanMetodologias Ágeis para Gestão e Planejamento de Projetos Scrum - XP - Kanban
Metodologias Ágeis para Gestão e Planejamento de Projetos Scrum - XP - Kanban
 
Gerenciamento Ágil de Projetos, Uma nova abordagem para os desafio de sempre
Gerenciamento Ágil de Projetos, Uma nova abordagem para os desafio de sempreGerenciamento Ágil de Projetos, Uma nova abordagem para os desafio de sempre
Gerenciamento Ágil de Projetos, Uma nova abordagem para os desafio de sempre
 
Gestão de projeto- conceitos essenciais
Gestão de projeto- conceitos essenciaisGestão de projeto- conceitos essenciais
Gestão de projeto- conceitos essenciais
 
Seminário - Scrum , Kaban e XP
Seminário - Scrum , Kaban e XPSeminário - Scrum , Kaban e XP
Seminário - Scrum , Kaban e XP
 
Porque devo usar Scrum em meus projetos
Porque devo usar Scrum em meus projetosPorque devo usar Scrum em meus projetos
Porque devo usar Scrum em meus projetos
 

Destaque

Git - Fluxo do Versionamento adotado
Git - Fluxo do Versionamento adotadoGit - Fluxo do Versionamento adotado
Git - Fluxo do Versionamento adotadoWilliam Lima
 
Gerenciamento ágil de processos - SCRUM
Gerenciamento ágil de processos - SCRUMGerenciamento ágil de processos - SCRUM
Gerenciamento ágil de processos - SCRUMLucas Vinícius
 
Controle de Versão com Git e como Otimizar seu Workflow com Git Flow
Controle de Versão com Git e como Otimizar seu Workflow com Git FlowControle de Versão com Git e como Otimizar seu Workflow com Git Flow
Controle de Versão com Git e como Otimizar seu Workflow com Git FlowLucas Araújo Mezêncio
 
Desenvolvimento ágil e seus benefícios
Desenvolvimento ágil e seus benefíciosDesenvolvimento ágil e seus benefícios
Desenvolvimento ágil e seus benefíciosRaphael Donaire Albino
 
Interação e relacionamento PO com equipe de UX e Designers do Instituto de Pe...
Interação e relacionamento PO com equipe de UX e Designers do Instituto de Pe...Interação e relacionamento PO com equipe de UX e Designers do Instituto de Pe...
Interação e relacionamento PO com equipe de UX e Designers do Instituto de Pe...Alessandra Rosa
 
Jira para gerenciamento de projetos
Jira para gerenciamento de projetosJira para gerenciamento de projetos
Jira para gerenciamento de projetosPablo Juan ஃ
 
Design Sprint: metodologia na prática
Design Sprint: metodologia na práticaDesign Sprint: metodologia na prática
Design Sprint: metodologia na práticaMatina Moreira
 
[Webinar] Utilizando o Design Thinking para Melhorar seus Projetos Online
[Webinar] Utilizando o Design Thinking para Melhorar seus Projetos Online[Webinar] Utilizando o Design Thinking para Melhorar seus Projetos Online
[Webinar] Utilizando o Design Thinking para Melhorar seus Projetos OnlineKingHost - Hospedagem de sites
 
Business Model Canvas
Business Model CanvasBusiness Model Canvas
Business Model CanvasWebgoal
 
Business Model Canvas
Business Model CanvasBusiness Model Canvas
Business Model CanvasDivante
 
Google Design sprint
Google Design sprintGoogle Design sprint
Google Design sprintBruno Mendes
 
Como demonstrar ROI das entregas de valor com Business Case
Como demonstrar ROI das entregas de valor com Business Case Como demonstrar ROI das entregas de valor com Business Case
Como demonstrar ROI das entregas de valor com Business Case Rildo (@rildosan) Santos
 
Business Model Canvas 101
Business Model Canvas 101Business Model Canvas 101
Business Model Canvas 101Emad Saif
 

Destaque (16)

Git - Fluxo do Versionamento adotado
Git - Fluxo do Versionamento adotadoGit - Fluxo do Versionamento adotado
Git - Fluxo do Versionamento adotado
 
Gerenciamento ágil de processos - SCRUM
Gerenciamento ágil de processos - SCRUMGerenciamento ágil de processos - SCRUM
Gerenciamento ágil de processos - SCRUM
 
Controle de Versão com Git e como Otimizar seu Workflow com Git Flow
Controle de Versão com Git e como Otimizar seu Workflow com Git FlowControle de Versão com Git e como Otimizar seu Workflow com Git Flow
Controle de Versão com Git e como Otimizar seu Workflow com Git Flow
 
Desenvolvimento ágil e seus benefícios
Desenvolvimento ágil e seus benefíciosDesenvolvimento ágil e seus benefícios
Desenvolvimento ágil e seus benefícios
 
Interação e relacionamento PO com equipe de UX e Designers do Instituto de Pe...
Interação e relacionamento PO com equipe de UX e Designers do Instituto de Pe...Interação e relacionamento PO com equipe de UX e Designers do Instituto de Pe...
Interação e relacionamento PO com equipe de UX e Designers do Instituto de Pe...
 
Jira para gerenciamento de projetos
Jira para gerenciamento de projetosJira para gerenciamento de projetos
Jira para gerenciamento de projetos
 
Design Sprint: metodologia na prática
Design Sprint: metodologia na práticaDesign Sprint: metodologia na prática
Design Sprint: metodologia na prática
 
[Webinar] Utilizando o Design Thinking para Melhorar seus Projetos Online
[Webinar] Utilizando o Design Thinking para Melhorar seus Projetos Online[Webinar] Utilizando o Design Thinking para Melhorar seus Projetos Online
[Webinar] Utilizando o Design Thinking para Melhorar seus Projetos Online
 
Ciclo de vida de um projeto
Ciclo de vida de um projetoCiclo de vida de um projeto
Ciclo de vida de um projeto
 
Business Model Canvas
Business Model CanvasBusiness Model Canvas
Business Model Canvas
 
Business Model Canvas
Business Model CanvasBusiness Model Canvas
Business Model Canvas
 
Google Design sprint
Google Design sprintGoogle Design sprint
Google Design sprint
 
Como demonstrar ROI das entregas de valor com Business Case
Como demonstrar ROI das entregas de valor com Business Case Como demonstrar ROI das entregas de valor com Business Case
Como demonstrar ROI das entregas de valor com Business Case
 
Análise de Negócio na Perspectiva de BI
Análise de Negócio na Perspectiva de BIAnálise de Negócio na Perspectiva de BI
Análise de Negócio na Perspectiva de BI
 
Resumo do Guia BABOK® 3
Resumo do Guia BABOK®  3 Resumo do Guia BABOK®  3
Resumo do Guia BABOK® 3
 
Business Model Canvas 101
Business Model Canvas 101Business Model Canvas 101
Business Model Canvas 101
 

Semelhante a Gerenciamento Ágil Projetos

Workshop Agilizando Projetos com SCRUM
Workshop Agilizando Projetos com SCRUMWorkshop Agilizando Projetos com SCRUM
Workshop Agilizando Projetos com SCRUMElumini Outdoing IT
 
Introdução ao desenvolvimento ágil com Scrum
Introdução ao desenvolvimento ágil com ScrumIntrodução ao desenvolvimento ágil com Scrum
Introdução ao desenvolvimento ágil com ScrumInove
 
PDS_SCRUM.pptx
PDS_SCRUM.pptxPDS_SCRUM.pptx
PDS_SCRUM.pptxluismota86
 
Visão Macro do SCRUM
Visão Macro do SCRUMVisão Macro do SCRUM
Visão Macro do SCRUMRicardo Moura
 
Apresentação Scrum 2012
Apresentação Scrum 2012Apresentação Scrum 2012
Apresentação Scrum 2012Libia Boss
 
Palestra sobre Fundamentos do Scrum e Kanban.
Palestra sobre Fundamentos do Scrum e Kanban.Palestra sobre Fundamentos do Scrum e Kanban.
Palestra sobre Fundamentos do Scrum e Kanban.Rafael de Oliveira
 
Modelos de Processo de Desenvolvimento de Software 2 - Prof.ª Cristiane Fidelix
Modelos de Processo de Desenvolvimento de Software 2 - Prof.ª Cristiane FidelixModelos de Processo de Desenvolvimento de Software 2 - Prof.ª Cristiane Fidelix
Modelos de Processo de Desenvolvimento de Software 2 - Prof.ª Cristiane FidelixCris Fidelix
 
ANALISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS
ANALISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMASANALISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS
ANALISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMASNilo Basílio
 
ENGSW_Aula_Scrum.pdf
ENGSW_Aula_Scrum.pdfENGSW_Aula_Scrum.pdf
ENGSW_Aula_Scrum.pdfssuserbe3ad6
 
Artigo Metodologia ágil: Scrum
Artigo  Metodologia ágil: ScrumArtigo  Metodologia ágil: Scrum
Artigo Metodologia ágil: ScrumBruno Teixeira
 

Semelhante a Gerenciamento Ágil Projetos (20)

Gerenciamento ágil de projetos com scrum
Gerenciamento ágil de projetos com scrumGerenciamento ágil de projetos com scrum
Gerenciamento ágil de projetos com scrum
 
Workshop Agilizando Projetos com SCRUM
Workshop Agilizando Projetos com SCRUMWorkshop Agilizando Projetos com SCRUM
Workshop Agilizando Projetos com SCRUM
 
Agilidade Com Scrum
Agilidade Com ScrumAgilidade Com Scrum
Agilidade Com Scrum
 
Introdução ao desenvolvimento ágil com Scrum
Introdução ao desenvolvimento ágil com ScrumIntrodução ao desenvolvimento ágil com Scrum
Introdução ao desenvolvimento ágil com Scrum
 
PDS_SCRUM.pptx
PDS_SCRUM.pptxPDS_SCRUM.pptx
PDS_SCRUM.pptx
 
Scrum agil
Scrum agilScrum agil
Scrum agil
 
Visão Macro do SCRUM
Visão Macro do SCRUMVisão Macro do SCRUM
Visão Macro do SCRUM
 
SCRUM
SCRUMSCRUM
SCRUM
 
Apresentação Scrum 2012
Apresentação Scrum 2012Apresentação Scrum 2012
Apresentação Scrum 2012
 
Palestra sobre Fundamentos do Scrum e Kanban.
Palestra sobre Fundamentos do Scrum e Kanban.Palestra sobre Fundamentos do Scrum e Kanban.
Palestra sobre Fundamentos do Scrum e Kanban.
 
Modelos de Processo de Desenvolvimento de Software 2 - Prof.ª Cristiane Fidelix
Modelos de Processo de Desenvolvimento de Software 2 - Prof.ª Cristiane FidelixModelos de Processo de Desenvolvimento de Software 2 - Prof.ª Cristiane Fidelix
Modelos de Processo de Desenvolvimento de Software 2 - Prof.ª Cristiane Fidelix
 
ANALISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS
ANALISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMASANALISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS
ANALISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS
 
ENGSW_Aula_Scrum.pdf
ENGSW_Aula_Scrum.pdfENGSW_Aula_Scrum.pdf
ENGSW_Aula_Scrum.pdf
 
Scrum - Visão Geral
Scrum - Visão GeralScrum - Visão Geral
Scrum - Visão Geral
 
SCRUM
SCRUMSCRUM
SCRUM
 
Desenvolvimento ágil com scrum
Desenvolvimento ágil com scrumDesenvolvimento ágil com scrum
Desenvolvimento ágil com scrum
 
Scrum
ScrumScrum
Scrum
 
Metodologia agil scrum x pmbok
Metodologia agil   scrum x pmbokMetodologia agil   scrum x pmbok
Metodologia agil scrum x pmbok
 
Artigo Metodologia ágil: Scrum
Artigo  Metodologia ágil: ScrumArtigo  Metodologia ágil: Scrum
Artigo Metodologia ágil: Scrum
 
Trabalho scrum
Trabalho scrumTrabalho scrum
Trabalho scrum
 

Gerenciamento Ágil Projetos

  • 1. Gerenciamento de Projetos Ágeis William Lima Avanti Agência Digital
  • 2. “- Como um projeto atrasa 2 anos? - Um dia de cada vez!” – Fred Brooks (The Mythical Man-Month)
  • 3. Scrum, O que é? • Não é uma sigla para nada • É o momento do jogo de Rugby quando a equipe está toda unida com um único propósito em uma formação específica onde a participação de todos é essencial, a falta de comprometimento de um membro pode fazer a formação cair, então a união e o foco no objetivo (mover a bola em direção ao gol) é primordial.
  • 4.
  • 5. Scrum, O que é? Em desenvolvimento de software é uma metodologia usada para uma gestão dinâmica de projetos. Um processo de desenvolvimento iterativo e incremental para gerenciamento de projetos e desenvolvimento ágil de software. É utilizado para trabalhos complexos nos quais é impossível predizer tudo o que irá ocorrer.
  • 6. Manifesto Agil O início do manifesto para desenvolvimento ágil de software se teve com um grupo de profissionais e pesquisadores de TI com o objetivo de criar uma nova forma de melhor o desempenho de seus projetos, surgindo então o seguinte manifesto: "Estamos descobrindo maneiras melhores de desenvolver software fazendo-o nós mesmos e ajudando outros a fazê-lo. Através desse trabalho, passamos a valorizar: • Indivíduos e interação entre eles mais que processos e ferramentas; • Software em funcionamento mais que documentação abrangente; • Colaboração com o cliente mais que negociação de contratos; • Responder a mudanças mais que seguir um plano. Ou seja, mesmo havendo valor nos itens à direita, valorizamos mais os itens à esquerda.”
  • 7. Princípios O manisfesto ágil traz doze princípios de um processo ágil: • Nossa maior prioridade é satisfazer o cliente, através da entrega adiantada e contínua de software de valor; • Aceitar mudanças de requisitos, mesmo no fim do desenvolvimento. Processos ágeis se adequam a mudanças, para que o cliente possa tirar vantagens competitivas; • Entregar software funcionando com freqüencia, na escala de semanas até meses, com preferência aos períodos mais curtos;
  • 8. Princípios • Pessoas relacionadas à negócios e desenvolvedores devem trabalhar em conjunto e diáriamente, durante todo o curso do projeto; • Construir projetos ao redor de indivíduos motivados. Dando a eles o ambiente e suporte necessário, e confiar que farão seu trabalho; • O Método mais eficiente e eficaz de transmitir informações para, e por dentro de um time de desenvolvimento, é através de uma conversa cara a cara;
  • 9. Princípios • Software funcional é a medida primária de progresso; • Processos ágeis promovem um ambiente sustentável. Os patrocinadores, desenvolvedores e usuários, devem ser capazes de manter indefinidamente, passos constantes; • Contínua atenção à excelência técnica e bom design, aumenta a agilidade;
  • 10. Princípios • Simplicidade: a arte de maximizar a quantidade de trabalho que não precisou ser feito; • As melhores arquiteturas, requisitos e designs emergem de times auto-organizáveis; • Em intervalos regulares, o time reflete em como ficar mais efetivo, então, se ajustam e otimizam seu comportamento de acordo.
  • 11. Características do Scrum • Trabalha de forma iterativa e incremental • As equipes são mutli-funcionais (cross-functional) e auto-organizadas (self-organizing) • Foca em prioridade: equipe sabe por onde começar e o que é mais prioritário para o cliente • Objetividade: metas menores (por sprints) atingíveis e claras.
  • 12. Características do Scrum • Visibilidade: clara visibilidade do que está completo e as pendências o que reduz os riscos e as incertezas associadas ao projeto • Aumento do ROI*: entregando funcionalidades antes para a validação do cliente. • Maior flexibilidade a agilidade: permite rever o planejamento, mudar de direção ou fazer adaptações para as próximas iterações. • Não há prática de engenharia prescrita (o Scrum adequa-se a todas) *Retorno sobre investimento
  • 13. Ciclo um projeto sem Scrum Requerimento Projeto Implementação Verificação Manutenção
  • 14. Ciclo de um projeto com Scrum Requerimento Projeto Implementação Verificação Manutenção N Vezes
  • 15. Ciclo de Vida Scrum O ciclo de vida do Scrum é baseado em três fases principais, divididas em subfases. Sãoo estas o pré-planejamento, desenvolvimento e pós-planejamento. • O pré-planejamento é a fase no qual são feitas estimativas de esforço para o desenvolvimento de cada requisito, bem como a definição da equipe de desenvolvimento, as ferramentas que serão utilizadas e a real necessidade de treinamento. • Na segunda fase - denominada de desenvolvimento - são identificados previamente as inúmeras variáveis técnicas e do ambiente para serem observadas e controladas durante o desenvolvimento, aumentando assim a flexibilidade para acompanhar as mudanças. • Por fim, na fase de pós-planejamento, são realizadas reuniões para analisar o progresso do projeto e demonstrar o software atual para os clientes.
  • 16. Ciclo de Vida Scrum Quer que eu desenhe?
  • 17. O Framework Scrum Ok, Ok, vamos por partes! • Papéis e Responsabilidades • Artefatos • Cerimônias
  • 18. Papéis e Responsabilidades Product Owner - Scrum Master - Equipe/Time de Desenvolvimento
  • 19. Product Owner • Encomenda o projeto e define os requisitos e as prioridades para o produto. • Representa o cliente ou um grupo deles. • Define o produto. • Conhecedor das necessidades do cliente. • Organiza o backlog de produto. • Cria as estórias de usuários. • Tira duvida da equipe de desenvolvimento. • Aceita ou não o incremento.
  • 20. Scrum Master • Deve ser um dos membros da equipe de trabalho. • Tem a responsabilidade de orientar o time para que sejam atendidos os valores e as práticas do Scrum. • Participa ativamente das reuniões propostas. • Assegura o entendimento do Scrum. • Remove conflitos e impedimentos. • Imparcial / Neutro.
  • 21. Time/Equipe de Desenvolvimento • Uma equipe Scrum tem tipicamente de 6 a 9 membros úteis. • Caso haja mais membros do que o administrável, o projeto deve ser dividido em vários sub-projetos. • Os membros do time são responsáveis por negociar com o PO os requisitos que serão trabalhados em cada Sprint. • Trabalham nas produtividades definidas pelo PO.
  • 22. Product Owner - Scrum Master - Time de Desenvolvedores Em resumo é isso!
  • 23. Artefatos do Scrum Visão - Estórias - Backlog: Product Backlog / Sprint Backlog - Burndown - Taskboard / Kanban
  • 24. Visão Todo Produto necessita de uma visão, um objetivo, uma meta. A visão do produto nos faz parar e pensar, porque vamos construir este software? Qual o real propósito deste trabalho que será realizado? Começar o projeto pelo Product Backlog sem a visão é como fazer compras com fome. Tudo parece uma boa idéia, uma boa funcionalidade.
  • 25. Estórias É um descritivo claro e objetivo, porém resumido, da funcionalidade que será desenvolvida. Muitas vezes uma estória cabe em um post-it por conta da sua objetividade;
  • 26. Backlog É a lista de requisitos da aplicação que será necessária para o seu entendimento e desenvolvimento. O responsável por ela é o Product Owner. O backlog é dividido em duas partes sendo elas o Product Backlog e o Sprint Backlog.
  • 27. Product Backlog O product backlog é uma lista de tudo o que possa ser necessário no produto, e é a única fonte de requisitos para que sejam feitas alterações no produto. Nessa lista contém todas as funcionalidades - que são visíveis ao cliente - e também requisitos técnicos para poder desenvolver o produto onde os itens da lista devem estar definidos em 10 dias para iniciar o desenvolvimento.
  • 28. Sprint Backlog O sprint backlog é uma lista de tarefas identificadas pela equipe de Scrum para ser concluída durante o sprint. Durante a reunião de planejamento do sprint, a equipe seleciona um determinado número de itens do product backlog, geralmente sob a forma de histórias de usuários, e identifica as tarefas necessárias para que estas seja completadas. A maioria das equipes também estimam quantas horas cada tarefa vai levar para ser concluída.
  • 29. Gráfico de Brundown É um gráfico que mostra a linha de esforço frente aos trabalhos que precisam ser realizados. Os eixos que forma esse gráfico analisam a quantidade de trabalho a ser completado (eixo y) e as datas ou dias de execução (eixo x). O Burndown, assim como o Backlog, também é divido em duas partes, um gráfico para o Produto e outro para o Sprint.
  • 30. Taskboard - Kanban É uma espécie de quadro onde cada estória é colada, a partir dele dá para saber quais atividades ainda estão na fila de desenvolvimento, quais foram feitas e quais estão sendo desenvolvidas. Utilizando-o dá para se ter uma visão geral em poucos segundos de como o projeto está. Pode ser utilizado com tarefas no lugar de estórias.
  • 31. Cerimonias Scrum Release Planning - Sprint Planning - Daily Scrum - Sprint Review - Retrospectiva do Sprint
  • 32. Release Planning No início de um projeto o time criará um Release Plan em alto nível. Não é possível que o time conheça tudo no início, portanto, um plano detalhado não é necessário. Esta reunião está a cargo do Time de Desenvolvimento, deve ter a participação ativa do Scrum Master e Product Owner.
  • 33. Release Planning O Release Plan deverá abordar: • A quantidade e a duração dos Sprints • Quantas pessoas ou times deverão participar do projeto • O número de Releases • O valor a ser entregue em cada Release • A data de liberação do(s) Release(s)
  • 34. Release Planning As principais informações para o Release Planning são: • A priorização dos Product Backlogs • A estimativa da velocidade • O Product Owner deve atender as datas importantes (time-to-market) impostas pelo mercado.
  • 35. Sprint Planning A reunião Sprint Planning é realizada com a presença do Product Owner, Scrum Master e de todo Scrum Team, e quaisquer interessados, diretores ou representantes do cliente. Durante a reunião Sprint Planning, o Product Owner explica as funcionalidades de maior prioridade para o Scrum Team. Durante esta reunião o Scrum Team faz perguntas que sejam suficientes para que eles possam, depois da reunião, definir quais atividades eles irão mover do Product Backlog para o Sprint Backlog. Juntos, o Scrum Team e o Product Owner definem um objetivo para o Sprint (Sprint Goal), que é uma breve descrição do que pretende-se atingir no Sprint. O sucesso do Sprint será verificado posteriormente durante a reunião Sprint Review, baseado no Sprint Goal em vez de em itens específicos do Sprint Backlog. Depois da reunião Sprint Planning, o Scrum Team reune-se separadamente para discutir o que foi dito e decidir o quanto eles se comprometem a fazer durante o próximo Sprint. Em alguns casos, haverá negociações com o Product Owner, mas será sempre prerrogativa do Scrum Team determinar o quanto eles podem se comprometer.
  • 36. Sprint Planning • É definido o objetivo do sprint. • A lista de membros da equipe (e seus níveis de comprometimento, se não 100%) – capacidade da equipe. • O sprint backlog uma lista de atividades que deverão ser executadas para concluir cada item do backlog (estória ou caso de uso). • Estimativas para cada item/atividade do sprint backlog. • Uma data definida para a apresentação do sprint. • Data e local definidos para a reunião diária.
  • 37. Daily Scrum Todos os dias do Sprint, o Scrum Team realiza reuniões diárias. Essas reuniões geralmente são realizadas no mesmo local e horário todos os dias. O ideal é que as Reuniões de Daily Scrum sejam realizadas pela manhã, uma vez que ela apoia a determinar as atividades do dia. Todos os membros do time devem participar da Reunião de Daily Scrum. Outras pessoas (por exemplo, a gerência de um departamento, um vendendor ou um desenvolvedor de outro projeto) podem estar presentes, mas apenas como ouvintes. Isso torna as Reuniões de Daily Scrum uma excelente forma do Scrum Team comunicar a situação atual - se você está interessado em saber em que ponto o projeto está, frequente esta reunião diária. A Reunião de Daily Scrum não é uma reunião usada para solucionar problemas ou dúvidas. As dúvidas que surgirem deverão ser postergadas e, de modo geral, serem tratadas pelo grupo envolvido imediatamente após a Reunião de Daily Scrum. Durante a reunião, cada membro do Scrum Team responde às seguintes perguntas: 1. O que você fez ontem? 2. O que você vai fazer hoje? 3. Existe algum impedimento?
  • 38. Daily Scrum O Scrum Master é responsável por solucionar quaisquer impedimentos identificados o mais rapidamente possível. Geralmente são impedimentos: • Meu _____ quebrou e eu preciso de um novo hoje. • Eu ainda não recebi o software que pedi um mês atrás. • Eu preciso ajudar ao(à) ________ a depurar um problema. • Eu estou me esforçando para aprender ________ e gostaria de fazer isto em par com alguém. • Não consigo retorno da equipe de suporte técnico do fornecedor. • O grupo _______ não tem tempo para se reunir comigo. • O diretor da área me pediu para trabalhar em outra coisa por um dia ou dois.
  • 39. Sprint Review Ao final de cada Sprint, uma Reunião Sprint Review é realizada. Durante esta reunião, o Scrum Team apresenta o que foi realizado durante o Sprint. Tipicamente, esta apresentação é feita na forma de uma demonstração das novas funcionalidades. Participantes da Reunião Sprint Review, tipicamente inclui o Product Owner, o Scrum Team, o Scrum Master, a diretoria, clientes e engenheiros de outros projetos. Durante a Reunião Sprint Review o projeto é avalidado baseado no Sprint Goal, determinado durante a Reunião Sprint Planning. O ideal é que a equipe tenha concluído todos os itens do Product Backlog alocados para o Sprint, mas é mais importante que eles alcancem Sprint Goal. Força a equipe a realmente terminar as coisas e liberá-las (mesmo que seja apenas em um ambiente de teste)
  • 40. Retrospectiva É a reunião de lições aprendidas (Lessons Learned) – o que podemos fazer melhor no próximo sprint? O ScrumMaster se reúne com a equipe de desenvolvimento e revisa os altos e baixos do ciclo. O time conversa para saber o que foi bom e como se pode melhorar ainda mais o ambiente, as ferramentas e o convívio entre o time e suas funções. Esta parte é basicamente um aprimoramento interno. Depois que esta reunião é finalizada, um novo ciclo Sprint pode começar até que todo o produto seja implementado/finalizado e o Product Backlog esteja limpo de pendências. • Bom: se pudéssemos faríamos do mesmo modo; • Poderia ter sido melhor: faríamos tal item de maneira diferente; • Melhorias: idéias concretas de como melhorar o processo / ferramentas, etc no próximo sprint.
  • 41. Ciclo de Vida Scrum E agora? Entendeu?
  • 42. Referências • https://www.scrumalliance.org/ • http://www.codeproject.com/Articles/4798/What-is-SCRUM • http://unifenas.br • https://www.scrum.org/Scrum-Guide • http://scrummethodology.com/