SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 21
Baixar para ler offline
Endomarketing
Ueliton LeonidioAula 4 – Comunicação Interna
“ O primeiro passo, em nível de
conscientização, é mostrar que o
poder da comunicação não está no
reter ou deter informação e sim no
fazê-la circular”
Brum, 2010
Comunicação Interna
Imagine um grupo de pessoas
envolvidas em uma série de
responsabilidades, processos,
tarefas, funções, que atendem ao
mercado, e estão separadas por
distâncias...Como um isto poderia
funcionar de forma única?
Comunicação Interna
A cultura condiciona a maneira como
percebemos determinado objeto, e o
contexto da cultura é propagado através da
linguagem, palavras não-ditas, determinando
uma maneira particular de comunicação,
revelando a identidade comum aos membros
do grupo, assim a efetividade da comunicação
depende desta sintonia. (FOUCAULT, 1998,
CHANLAT, 1996 apud COSTA, 2012, p. 61)
Comunicação Interna
É um processo organizacional interativo e contínuo de troca
de informações, opiniões e percepções que ocorre por meio
de um conjunto diversificado de canais, diálogos,
relacionamentos e dinâmicas sociais constituídas por
atributos de linguagem, estéticos e discursivos, pertinentes
à cultura dessa organização, que visa promover
identificação e cooperação entre seu membros para a
consecução de objetivos comuns, com finalidade de
prosperar e perpetuar-se como grupo. (COSTA, 2012, p. 61)
Mensagem
Comunicação Interna
O Foco no receptor contribui para o bom funcionamento da
comunicação. O seu funcionamento é eficiente a partir de algumas
premissas: (COSTA, 2012, p. 63-65)
1. Estudo da semântica, ou seja, do significado da linguagem, da
particularidade de cada grupo, para a escolha dos melhores meios e
discursos
2. Conteúdo verdadeiro: propagar comunicados que traduzam a real intenção.
3. Credibilidade e Autoridade do emissor: legitimidade e reconhecimento por
parte dos destinatários das comunicações a serem realizadas.
4. A interação e o diálogo devem ser facilitados
Comunicação Interna
Ainda é importante destacar outros públicos tais como
colaboradores terceirizados, fornecedores, investidores,
familiares, cidades-empresa.
A boa comunicação estende os fluxos de benefícios intangíveis tais como
orgulho, status, desafios, desenvolvimento de competências e reconhecimento
aos terceirizados, compreende a importância do fornecedor como parceiro de
negócio, informa os investidores e sócios das ações da empresa, se preocupa
com a família do colaborador, gerando sentimento de pertencimento e assume
papel social.
Rede Interna de Comunicação
“Conjunto de canais e meios
necessários à distribuição e consumo
das informações relevantes aos
processos de tomada de decisão, ao
entendimento da organização e seus
objetivos, e à disseminação de atributos
culturais promotores de uma
identidade comum intrínsecos à
ideologia central da organização”.
(COSTA, 2012, p. 68)
“A percepção é
mais importante
que a realidade,
pois é a primeira
que determina o
comportamento no
trabalho”. (COSTA,
2012, p. 70)
Canais Internos de Comunicação
A escolha desses canais é
baseada nas necessidades de
abrangência de público, nas
suas preferências ou hábitos
de consumo de informação,
nas restrições orçamentárias e,
também, nas características de
foco editorial pertinentes a
cada canal de acordo com as
particularidades da
organização ...
HUMANO
ESTRATÉGICO
INFORMATIVO
SERVIÇO
(COSTA, 2012, p. 73)
Efeito Motivacional
Expectativa
Interesse
Consumo
Reação
Periodicidade
e Cross Media
Conteúdo,
Editorial
Hábitos,
Preferências.
Adaptação
Grande
Objetivo
Praças de Comunicação Interna
São espaços arquitetonicamente
projetados, situados em locais
estratégicos da organização, um ponto
de contato com a comunicação interna e
uma área de convivência e
relacionamento entre as pessoas. Trata-
se de locais onde as pessoas partilham
espaços em comum. Nas indústrias, por
exemplo, tende a ser altamente
funcional a instalação de praças nos
refeitórios ou restaurantes, áreas de
lazer e antessalas de vestiários.
Pode haver displays para jornal ou revista da
empresa, tela de mural digital,
computadores para acesso à intranet e web,
expositores de fotografias, outdoor, totem
sonorizado para rádio, take one para
folheteria e mesmo murais tradicionais,
entre outros. No mesmo espaço, alguns
serviços podem ser agregados, tais como:
terminais bancários, displays para jornais e
revistas externos, cafezinho e tantas outras
possibilidades que favoreçam a utilização
desse espaço...sempre dependendo da
necessidade do público.
Relações Públicas
Os eventos, os programas de relacionamento e as
ações promocionais são primordiais no sentido de
criar uma identidade coesa entre os colaboradores
de uma companhia. A atividade de relações
públicas na empresa estabelece as correlações
entre a comunicação formal e a prática
comunicativa das pessoas expressa na forma de
atitudes e sempre apoiada pelas atividades de
recursos humanos. (COSTA, 2012, p. 83)
Relações Públicas
O conjunto de valores da empresa precisa ser
tangibilizado a partir de atividades nas quais as
pessoas possam demonstrar que estão
comprometidas. Por exemplo, um programa
de ideias no qual os colaboradores podem
inscrever projetos de melhorias: se trata de
uma ação de relacionamento com o público
interno e deve ser encorajada.
Algumas ideias vêm sendo adotadas com
êxito por diversas empresas: projetos de
saúde e bem-estar, como dietas e exercícios
coletivos, dias de levar o cachorro para o
trabalho, entre outras. (COSTA, 2012, p. 84)
Comunicação Direta
Para muitos profissionais de endomarketing, as
lideranças representam o principal meio que
podemos dispor na organização – apenas devemos
ter cuidado para não tratar pessoas como canais.
A comunicação direta (olho no olho, cara a cara ou
face a face) já existe em qualquer organização, seja
para os trâmites naturais dos processos de trabalho,
seja para diálogos entre as pessoas no sentido de
formar uma opinião acerca da empresa. COSTA,
2012, p. 85)

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Plano de comunicação
Plano de comunicaçãoPlano de comunicação
Plano de comunicaçãoCarlos Alves
 
Branding - Gestão de Marcas
Branding - Gestão de MarcasBranding - Gestão de Marcas
Branding - Gestão de MarcasBreno Brito
 
Comunicação institucional
Comunicação   institucionalComunicação   institucional
Comunicação institucionalDiego Andreasi
 
Plano de Comunicação Interna
Plano de Comunicação InternaPlano de Comunicação Interna
Plano de Comunicação InternaStéphani Oliveira
 
Endomarketing - Composto de Endomarketing - Aula 2
Endomarketing - Composto de Endomarketing - Aula 2Endomarketing - Composto de Endomarketing - Aula 2
Endomarketing - Composto de Endomarketing - Aula 2Ueliton da Costa Leonidio
 
Aula 7 Comunicação Institucional
Aula 7   Comunicação InstitucionalAula 7   Comunicação Institucional
Aula 7 Comunicação InstitucionalCarlos Alves
 
Endomarketing: cliente interno o coração das organizações
Endomarketing: cliente interno o coração das organizaçõesEndomarketing: cliente interno o coração das organizações
Endomarketing: cliente interno o coração das organizaçõesSocialBase
 
Comunicação Integrada
Comunicação IntegradaComunicação Integrada
Comunicação IntegradaClaudio Toldo
 
Comunicação interna apresentação
Comunicação interna   apresentaçãoComunicação interna   apresentação
Comunicação interna apresentaçãoFelipe Godoy
 
COMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL _ Aula 1 - Comunicação
COMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL _ Aula 1 - ComunicaçãoCOMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL _ Aula 1 - Comunicação
COMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL _ Aula 1 - ComunicaçãoFábio Nogueira, PhD
 
O Poder e a Importância da Comunicação
O Poder e a Importância da ComunicaçãoO Poder e a Importância da Comunicação
O Poder e a Importância da ComunicaçãoAna Bela
 
Apresentação Sobre Branding
Apresentação Sobre BrandingApresentação Sobre Branding
Apresentação Sobre BrandingPaulo Matos Jr
 
Comunicação Interna
Comunicação InternaComunicação Interna
Comunicação InternaClaudio Toldo
 
Instrumentos de Comunicação Externa
Instrumentos de Comunicação ExternaInstrumentos de Comunicação Externa
Instrumentos de Comunicação ExternaGermana Eiriz
 

Mais procurados (20)

Plano de comunicação
Plano de comunicaçãoPlano de comunicação
Plano de comunicação
 
Branding - Gestão de Marcas
Branding - Gestão de MarcasBranding - Gestão de Marcas
Branding - Gestão de Marcas
 
Comunicação organizacional
Comunicação organizacionalComunicação organizacional
Comunicação organizacional
 
COMO É QUE SE FAZ UM PLANO DE COMUNICAÇÃO?
COMO É QUE SE FAZ UM PLANO DE COMUNICAÇÃO? COMO É QUE SE FAZ UM PLANO DE COMUNICAÇÃO?
COMO É QUE SE FAZ UM PLANO DE COMUNICAÇÃO?
 
Comunicação institucional
Comunicação   institucionalComunicação   institucional
Comunicação institucional
 
Plano de Comunicação Interna
Plano de Comunicação InternaPlano de Comunicação Interna
Plano de Comunicação Interna
 
Endomarketing - Composto de Endomarketing - Aula 2
Endomarketing - Composto de Endomarketing - Aula 2Endomarketing - Composto de Endomarketing - Aula 2
Endomarketing - Composto de Endomarketing - Aula 2
 
Aula 7 Comunicação Institucional
Aula 7   Comunicação InstitucionalAula 7   Comunicação Institucional
Aula 7 Comunicação Institucional
 
Endomarketing: cliente interno o coração das organizações
Endomarketing: cliente interno o coração das organizaçõesEndomarketing: cliente interno o coração das organizações
Endomarketing: cliente interno o coração das organizações
 
Comunicação Integrada
Comunicação IntegradaComunicação Integrada
Comunicação Integrada
 
Comunicação interna apresentação
Comunicação interna   apresentaçãoComunicação interna   apresentação
Comunicação interna apresentação
 
COMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL _ Aula 1 - Comunicação
COMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL _ Aula 1 - ComunicaçãoCOMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL _ Aula 1 - Comunicação
COMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL _ Aula 1 - Comunicação
 
Aula 02 cim comunicação institucional
Aula 02 cim comunicação institucionalAula 02 cim comunicação institucional
Aula 02 cim comunicação institucional
 
O Poder e a Importância da Comunicação
O Poder e a Importância da ComunicaçãoO Poder e a Importância da Comunicação
O Poder e a Importância da Comunicação
 
Apresentação Sobre Branding
Apresentação Sobre BrandingApresentação Sobre Branding
Apresentação Sobre Branding
 
Comunicação Organizacional
Comunicação OrganizacionalComunicação Organizacional
Comunicação Organizacional
 
Aula 5 midias sociais
Aula 5   midias sociaisAula 5   midias sociais
Aula 5 midias sociais
 
O que é Endomarketing?
O que é Endomarketing?O que é Endomarketing?
O que é Endomarketing?
 
Comunicação Interna
Comunicação InternaComunicação Interna
Comunicação Interna
 
Instrumentos de Comunicação Externa
Instrumentos de Comunicação ExternaInstrumentos de Comunicação Externa
Instrumentos de Comunicação Externa
 

Destaque

Endomarketing e cultura organizacional aula 3
Endomarketing e cultura organizacional   aula 3 Endomarketing e cultura organizacional   aula 3
Endomarketing e cultura organizacional aula 3 Ueliton da Costa Leonidio
 
Marketing de Varejo - Aula 7 - Mix de Marketing e Comunicação
Marketing de Varejo -  Aula 7 - Mix de Marketing e ComunicaçãoMarketing de Varejo -  Aula 7 - Mix de Marketing e Comunicação
Marketing de Varejo - Aula 7 - Mix de Marketing e ComunicaçãoUeliton da Costa Leonidio
 
Gestão financeira introdução e matemática financeira - juros simples e comp...
Gestão financeira   introdução e matemática financeira - juros simples e comp...Gestão financeira   introdução e matemática financeira - juros simples e comp...
Gestão financeira introdução e matemática financeira - juros simples e comp...Ueliton da Costa Leonidio
 
Empreendedorismo - Conceitos Iniciais - aula 1
Empreendedorismo  - Conceitos Iniciais - aula 1Empreendedorismo  - Conceitos Iniciais - aula 1
Empreendedorismo - Conceitos Iniciais - aula 1Ueliton da Costa Leonidio
 
Endomarketing - Canais e Ferramentas - Aula 5
Endomarketing - Canais e Ferramentas - Aula 5 Endomarketing - Canais e Ferramentas - Aula 5
Endomarketing - Canais e Ferramentas - Aula 5 Ueliton da Costa Leonidio
 
E-Book ZMOT: Conquistando o Momento Zero da Verdade
E-Book ZMOT: Conquistando o Momento Zero da VerdadeE-Book ZMOT: Conquistando o Momento Zero da Verdade
E-Book ZMOT: Conquistando o Momento Zero da VerdadeInstituto Desenvolve T.I
 
Coaching para desenvolvimento pessoal e profissional
Coaching para desenvolvimento pessoal e profissionalCoaching para desenvolvimento pessoal e profissional
Coaching para desenvolvimento pessoal e profissionalKatia Manangão
 

Destaque (8)

Endomarketing e cultura organizacional aula 3
Endomarketing e cultura organizacional   aula 3 Endomarketing e cultura organizacional   aula 3
Endomarketing e cultura organizacional aula 3
 
Marketing de Varejo - Aula 7 - Mix de Marketing e Comunicação
Marketing de Varejo -  Aula 7 - Mix de Marketing e ComunicaçãoMarketing de Varejo -  Aula 7 - Mix de Marketing e Comunicação
Marketing de Varejo - Aula 7 - Mix de Marketing e Comunicação
 
Gestão financeira introdução e matemática financeira - juros simples e comp...
Gestão financeira   introdução e matemática financeira - juros simples e comp...Gestão financeira   introdução e matemática financeira - juros simples e comp...
Gestão financeira introdução e matemática financeira - juros simples e comp...
 
Empreendedorismo - Conceitos Iniciais - aula 1
Empreendedorismo  - Conceitos Iniciais - aula 1Empreendedorismo  - Conceitos Iniciais - aula 1
Empreendedorismo - Conceitos Iniciais - aula 1
 
Endomarketing - Planejamento - Aula 6
Endomarketing - Planejamento - Aula 6Endomarketing - Planejamento - Aula 6
Endomarketing - Planejamento - Aula 6
 
Endomarketing - Canais e Ferramentas - Aula 5
Endomarketing - Canais e Ferramentas - Aula 5 Endomarketing - Canais e Ferramentas - Aula 5
Endomarketing - Canais e Ferramentas - Aula 5
 
E-Book ZMOT: Conquistando o Momento Zero da Verdade
E-Book ZMOT: Conquistando o Momento Zero da VerdadeE-Book ZMOT: Conquistando o Momento Zero da Verdade
E-Book ZMOT: Conquistando o Momento Zero da Verdade
 
Coaching para desenvolvimento pessoal e profissional
Coaching para desenvolvimento pessoal e profissionalCoaching para desenvolvimento pessoal e profissional
Coaching para desenvolvimento pessoal e profissional
 

Semelhante a Endomarketing - Comunicação Interna - Aula 4

Comunicação Institucional
Comunicação InstitucionalComunicação Institucional
Comunicação InstitucionalClaudio Toldo
 
ComunicaçãO Interna & Endomarketing
ComunicaçãO Interna & EndomarketingComunicaçãO Interna & Endomarketing
ComunicaçãO Interna & EndomarketingCarolina Paiva
 
A importância da comunicação integrada externa e interna para o sucesso da ...
A importância da comunicação integrada   externa e interna para o sucesso da ...A importância da comunicação integrada   externa e interna para o sucesso da ...
A importância da comunicação integrada externa e interna para o sucesso da ...Luiz Carlos de Almeida
 
Introdução-------------------comunicação Institucional.docx
Introdução-------------------comunicação Institucional.docxIntrodução-------------------comunicação Institucional.docx
Introdução-------------------comunicação Institucional.docxDolinickAvontade
 
Os 4 Rs das Relações Publicas: Reputação
Os 4 Rs das Relações Publicas: ReputaçãoOs 4 Rs das Relações Publicas: Reputação
Os 4 Rs das Relações Publicas: Reputaçãomarcondes2013-1
 
Comunicação interna
Comunicação internaComunicação interna
Comunicação internaCarlos Alves
 
Comunicação Empresarial: uma ferramenta estratégica
Comunicação Empresarial: uma ferramenta estratégicaComunicação Empresarial: uma ferramenta estratégica
Comunicação Empresarial: uma ferramenta estratégicaCarlos Alves
 
Políticas de comunicação integrada na gestão da sustentabilidade
Políticas de comunicação integrada na gestão da sustentabilidadePolíticas de comunicação integrada na gestão da sustentabilidade
Políticas de comunicação integrada na gestão da sustentabilidadeDifusão Editora
 
Comunicação digital: Do Fascínio das Novas Tecnologias a Combinação Específic...
Comunicação digital: Do Fascínio das Novas Tecnologias a Combinação Específic...Comunicação digital: Do Fascínio das Novas Tecnologias a Combinação Específic...
Comunicação digital: Do Fascínio das Novas Tecnologias a Combinação Específic...Carla Azevedo
 
Aula 02 comunicação institucional comunicação empresarial integrada
Aula 02 comunicação institucional comunicação empresarial integradaAula 02 comunicação institucional comunicação empresarial integrada
Aula 02 comunicação institucional comunicação empresarial integradaElizeu Nascimento Silva
 
Relações Públicas - A profissão
Relações Públicas - A profissãoRelações Públicas - A profissão
Relações Públicas - A profissãoDAC UFS
 
O que é Relações Públicas?
O que é Relações Públicas?O que é Relações Públicas?
O que é Relações Públicas?brunaschorn
 
Comunicação Integrada - Aula 4
Comunicação Integrada - Aula 4Comunicação Integrada - Aula 4
Comunicação Integrada - Aula 4Carlos Alves
 
A INSERÇÃO E EFICÁCIA DA WEB 2.0 E SUAS FERRAMENTAS NA COMUNICAÇÃO INTERNA
A INSERÇÃO E EFICÁCIA DA WEB 2.0 E SUAS FERRAMENTAS NA COMUNICAÇÃO INTERNAA INSERÇÃO E EFICÁCIA DA WEB 2.0 E SUAS FERRAMENTAS NA COMUNICAÇÃO INTERNA
A INSERÇÃO E EFICÁCIA DA WEB 2.0 E SUAS FERRAMENTAS NA COMUNICAÇÃO INTERNAÁguida Pedrosa
 
InPulso Comunicação Colaborativa
InPulso Comunicação ColaborativaInPulso Comunicação Colaborativa
InPulso Comunicação ColaborativaGPA
 

Semelhante a Endomarketing - Comunicação Interna - Aula 4 (20)

Comunicação Institucional
Comunicação InstitucionalComunicação Institucional
Comunicação Institucional
 
Aula Lab. C.Institucional
Aula Lab. C.InstitucionalAula Lab. C.Institucional
Aula Lab. C.Institucional
 
ComunicaçãO Interna & Endomarketing
ComunicaçãO Interna & EndomarketingComunicaçãO Interna & Endomarketing
ComunicaçãO Interna & Endomarketing
 
private mkt lesson
private mkt lessonprivate mkt lesson
private mkt lesson
 
A importância da comunicação integrada externa e interna para o sucesso da ...
A importância da comunicação integrada   externa e interna para o sucesso da ...A importância da comunicação integrada   externa e interna para o sucesso da ...
A importância da comunicação integrada externa e interna para o sucesso da ...
 
Introdução-------------------comunicação Institucional.docx
Introdução-------------------comunicação Institucional.docxIntrodução-------------------comunicação Institucional.docx
Introdução-------------------comunicação Institucional.docx
 
comunicaoempresarial
comunicaoempresarialcomunicaoempresarial
comunicaoempresarial
 
Os 4 Rs das Relações Publicas: Reputação
Os 4 Rs das Relações Publicas: ReputaçãoOs 4 Rs das Relações Publicas: Reputação
Os 4 Rs das Relações Publicas: Reputação
 
Comunicação interna
Comunicação internaComunicação interna
Comunicação interna
 
Comunicação Empresarial: uma ferramenta estratégica
Comunicação Empresarial: uma ferramenta estratégicaComunicação Empresarial: uma ferramenta estratégica
Comunicação Empresarial: uma ferramenta estratégica
 
Texto 3
Texto 3Texto 3
Texto 3
 
Políticas de comunicação integrada na gestão da sustentabilidade
Políticas de comunicação integrada na gestão da sustentabilidadePolíticas de comunicação integrada na gestão da sustentabilidade
Políticas de comunicação integrada na gestão da sustentabilidade
 
Comunicação digital: Do Fascínio das Novas Tecnologias a Combinação Específic...
Comunicação digital: Do Fascínio das Novas Tecnologias a Combinação Específic...Comunicação digital: Do Fascínio das Novas Tecnologias a Combinação Específic...
Comunicação digital: Do Fascínio das Novas Tecnologias a Combinação Específic...
 
Aula 02 comunicação institucional comunicação empresarial integrada
Aula 02 comunicação institucional comunicação empresarial integradaAula 02 comunicação institucional comunicação empresarial integrada
Aula 02 comunicação institucional comunicação empresarial integrada
 
Relações Públicas - A profissão
Relações Públicas - A profissãoRelações Públicas - A profissão
Relações Públicas - A profissão
 
O que é Relações Públicas?
O que é Relações Públicas?O que é Relações Públicas?
O que é Relações Públicas?
 
Comunicação Integrada - Aula 4
Comunicação Integrada - Aula 4Comunicação Integrada - Aula 4
Comunicação Integrada - Aula 4
 
A INSERÇÃO E EFICÁCIA DA WEB 2.0 E SUAS FERRAMENTAS NA COMUNICAÇÃO INTERNA
A INSERÇÃO E EFICÁCIA DA WEB 2.0 E SUAS FERRAMENTAS NA COMUNICAÇÃO INTERNAA INSERÇÃO E EFICÁCIA DA WEB 2.0 E SUAS FERRAMENTAS NA COMUNICAÇÃO INTERNA
A INSERÇÃO E EFICÁCIA DA WEB 2.0 E SUAS FERRAMENTAS NA COMUNICAÇÃO INTERNA
 
Conceitos de Comunicação para profissionais de RH (aula 1)
Conceitos de Comunicação para profissionais de RH (aula 1)Conceitos de Comunicação para profissionais de RH (aula 1)
Conceitos de Comunicação para profissionais de RH (aula 1)
 
InPulso Comunicação Colaborativa
InPulso Comunicação ColaborativaInPulso Comunicação Colaborativa
InPulso Comunicação Colaborativa
 

Último

Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...LuizHenriquedeAlmeid6
 
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptxSlides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdfLindinhaSilva1
 
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfManuais Formação
 
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasLivro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasMonizeEvellin2
 
Santa Gemma Galgani, Flor de Lucca, mística italiana 1887-1903 (Portugués).pptx
Santa Gemma Galgani, Flor de Lucca, mística italiana 1887-1903 (Portugués).pptxSanta Gemma Galgani, Flor de Lucca, mística italiana 1887-1903 (Portugués).pptx
Santa Gemma Galgani, Flor de Lucca, mística italiana 1887-1903 (Portugués).pptxMartin M Flynn
 
Apostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdf
Apostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdfApostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdf
Apostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdflbgsouza
 
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf HitlerAlemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitlerhabiwo1978
 
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisNós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisIlda Bicacro
 
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHASMARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHASyan1305goncalves
 
Testes de avaliação português 6º ano .pdf
Testes de avaliação português 6º ano .pdfTestes de avaliação português 6º ano .pdf
Testes de avaliação português 6º ano .pdfCsarBaltazar1
 
transcrição fonética para aulas de língua
transcrição fonética para aulas de línguatranscrição fonética para aulas de língua
transcrição fonética para aulas de línguaKelly Mendes
 
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdfAparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdfAbdLuxemBourg
 
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.HandersonFabio
 
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdfaulasgege
 
Projeto envolvendo as borboletas - poema.doc
Projeto envolvendo as borboletas - poema.docProjeto envolvendo as borboletas - poema.doc
Projeto envolvendo as borboletas - poema.docCarolineWaitman
 
O que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaO que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaHenrique Santos
 
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteDescrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteLeonel Morgado
 
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSFormação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSPedroMatos469278
 
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdfROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdfMarcianaClaudioClaud
 

Último (20)

Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
 
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptxSlides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
 
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
 
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
 
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasLivro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
 
Santa Gemma Galgani, Flor de Lucca, mística italiana 1887-1903 (Portugués).pptx
Santa Gemma Galgani, Flor de Lucca, mística italiana 1887-1903 (Portugués).pptxSanta Gemma Galgani, Flor de Lucca, mística italiana 1887-1903 (Portugués).pptx
Santa Gemma Galgani, Flor de Lucca, mística italiana 1887-1903 (Portugués).pptx
 
Apostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdf
Apostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdfApostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdf
Apostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdf
 
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf HitlerAlemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
 
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisNós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
 
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHASMARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
 
Testes de avaliação português 6º ano .pdf
Testes de avaliação português 6º ano .pdfTestes de avaliação português 6º ano .pdf
Testes de avaliação português 6º ano .pdf
 
transcrição fonética para aulas de língua
transcrição fonética para aulas de línguatranscrição fonética para aulas de língua
transcrição fonética para aulas de língua
 
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdfAparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
 
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
 
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
 
Projeto envolvendo as borboletas - poema.doc
Projeto envolvendo as borboletas - poema.docProjeto envolvendo as borboletas - poema.doc
Projeto envolvendo as borboletas - poema.doc
 
O que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaO que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de Infância
 
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteDescrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
 
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSFormação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
 
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdfROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
 

Endomarketing - Comunicação Interna - Aula 4

  • 1. Endomarketing Ueliton LeonidioAula 4 – Comunicação Interna
  • 2. “ O primeiro passo, em nível de conscientização, é mostrar que o poder da comunicação não está no reter ou deter informação e sim no fazê-la circular” Brum, 2010
  • 3. Comunicação Interna Imagine um grupo de pessoas envolvidas em uma série de responsabilidades, processos, tarefas, funções, que atendem ao mercado, e estão separadas por distâncias...Como um isto poderia funcionar de forma única?
  • 4. Comunicação Interna A cultura condiciona a maneira como percebemos determinado objeto, e o contexto da cultura é propagado através da linguagem, palavras não-ditas, determinando uma maneira particular de comunicação, revelando a identidade comum aos membros do grupo, assim a efetividade da comunicação depende desta sintonia. (FOUCAULT, 1998, CHANLAT, 1996 apud COSTA, 2012, p. 61)
  • 5. Comunicação Interna É um processo organizacional interativo e contínuo de troca de informações, opiniões e percepções que ocorre por meio de um conjunto diversificado de canais, diálogos, relacionamentos e dinâmicas sociais constituídas por atributos de linguagem, estéticos e discursivos, pertinentes à cultura dessa organização, que visa promover identificação e cooperação entre seu membros para a consecução de objetivos comuns, com finalidade de prosperar e perpetuar-se como grupo. (COSTA, 2012, p. 61)
  • 7. Comunicação Interna O Foco no receptor contribui para o bom funcionamento da comunicação. O seu funcionamento é eficiente a partir de algumas premissas: (COSTA, 2012, p. 63-65) 1. Estudo da semântica, ou seja, do significado da linguagem, da particularidade de cada grupo, para a escolha dos melhores meios e discursos 2. Conteúdo verdadeiro: propagar comunicados que traduzam a real intenção. 3. Credibilidade e Autoridade do emissor: legitimidade e reconhecimento por parte dos destinatários das comunicações a serem realizadas. 4. A interação e o diálogo devem ser facilitados
  • 8. Comunicação Interna Ainda é importante destacar outros públicos tais como colaboradores terceirizados, fornecedores, investidores, familiares, cidades-empresa. A boa comunicação estende os fluxos de benefícios intangíveis tais como orgulho, status, desafios, desenvolvimento de competências e reconhecimento aos terceirizados, compreende a importância do fornecedor como parceiro de negócio, informa os investidores e sócios das ações da empresa, se preocupa com a família do colaborador, gerando sentimento de pertencimento e assume papel social.
  • 9. Rede Interna de Comunicação “Conjunto de canais e meios necessários à distribuição e consumo das informações relevantes aos processos de tomada de decisão, ao entendimento da organização e seus objetivos, e à disseminação de atributos culturais promotores de uma identidade comum intrínsecos à ideologia central da organização”. (COSTA, 2012, p. 68) “A percepção é mais importante que a realidade, pois é a primeira que determina o comportamento no trabalho”. (COSTA, 2012, p. 70)
  • 10. Canais Internos de Comunicação A escolha desses canais é baseada nas necessidades de abrangência de público, nas suas preferências ou hábitos de consumo de informação, nas restrições orçamentárias e, também, nas características de foco editorial pertinentes a cada canal de acordo com as particularidades da organização ... HUMANO ESTRATÉGICO INFORMATIVO SERVIÇO
  • 12. Efeito Motivacional Expectativa Interesse Consumo Reação Periodicidade e Cross Media Conteúdo, Editorial Hábitos, Preferências. Adaptação Grande Objetivo
  • 13. Praças de Comunicação Interna São espaços arquitetonicamente projetados, situados em locais estratégicos da organização, um ponto de contato com a comunicação interna e uma área de convivência e relacionamento entre as pessoas. Trata- se de locais onde as pessoas partilham espaços em comum. Nas indústrias, por exemplo, tende a ser altamente funcional a instalação de praças nos refeitórios ou restaurantes, áreas de lazer e antessalas de vestiários. Pode haver displays para jornal ou revista da empresa, tela de mural digital, computadores para acesso à intranet e web, expositores de fotografias, outdoor, totem sonorizado para rádio, take one para folheteria e mesmo murais tradicionais, entre outros. No mesmo espaço, alguns serviços podem ser agregados, tais como: terminais bancários, displays para jornais e revistas externos, cafezinho e tantas outras possibilidades que favoreçam a utilização desse espaço...sempre dependendo da necessidade do público.
  • 14.
  • 15.
  • 16.
  • 17.
  • 18.
  • 19. Relações Públicas Os eventos, os programas de relacionamento e as ações promocionais são primordiais no sentido de criar uma identidade coesa entre os colaboradores de uma companhia. A atividade de relações públicas na empresa estabelece as correlações entre a comunicação formal e a prática comunicativa das pessoas expressa na forma de atitudes e sempre apoiada pelas atividades de recursos humanos. (COSTA, 2012, p. 83)
  • 20. Relações Públicas O conjunto de valores da empresa precisa ser tangibilizado a partir de atividades nas quais as pessoas possam demonstrar que estão comprometidas. Por exemplo, um programa de ideias no qual os colaboradores podem inscrever projetos de melhorias: se trata de uma ação de relacionamento com o público interno e deve ser encorajada. Algumas ideias vêm sendo adotadas com êxito por diversas empresas: projetos de saúde e bem-estar, como dietas e exercícios coletivos, dias de levar o cachorro para o trabalho, entre outras. (COSTA, 2012, p. 84)
  • 21. Comunicação Direta Para muitos profissionais de endomarketing, as lideranças representam o principal meio que podemos dispor na organização – apenas devemos ter cuidado para não tratar pessoas como canais. A comunicação direta (olho no olho, cara a cara ou face a face) já existe em qualquer organização, seja para os trâmites naturais dos processos de trabalho, seja para diálogos entre as pessoas no sentido de formar uma opinião acerca da empresa. COSTA, 2012, p. 85)