SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 20
Baixar para ler offline
Trend Watching 2011
O estudo Comportamento Jovem e Tendências 2011 é resultado de trabalho
de campo desenvolvido na disciplina de Planejamento de Campanhas no
curso de Publicidade e Propaganda da Escola de Comunicação da UFRJ no
primeiro semestre de 2011. O projeto tem como fonte de referência
primária o site inglês Trendwatching (trendwatching.com).
A inspiração central para o estudo é o boletim de tendências que o site
publicou em janeiro “11 crucial trends for 2011”, apresentando onze temas
que despontam como norteadores de comportamentos mundiais de
consumo.
A partir das 11 tendências identificamos no Brasil, entre jovens de 18/25
anos, classes A, B e C, referências de hábitos de consumo, conceitos de
comunicação e imagem de produtos e serviços que espelham tais trends.

 Acompanhe semanalmente nossos posts e aproveite para conhecer mais
     sobre hábitos de consumo dos jovens brasileiros. Boa leitura!
3. Pricing Pandemonium

 A tendência do Pricing Pandemonium tem ligação direta com as novas
 tecnologias móveis. iPhones e smartphones possibilitam a conexão a rede o
 tempo todo e em qualquer lugar e cada vez mais observa-se ofertar por esses
 canais. Pela facilidade do acesso e da compra, as promoções acabam
 “viralizando”, o que torna a procura pelo menor preço constante e fácil.



 Descontos permanentes
 A grande aceitação das compras coletivas trouxe a oportunidade de comprarmos
 objetos e termos acesso à serviços com qualidade e preço baixo. Assim, para não
 perder vendas, grandes marcas passaram a usar ferramentas como pontas de
 estoque e liquidações freqüentes.

 Competição acirrada
  O preço, então, é cada vez mais determinante no ato da uma compra. Isso faz
 com que a corrida pelo menor preço beire o dumping, como é o caso da briga
 entre Bob s e McDonald s, que lançaram promoções para os seus sanduiches
 mais populares quase ao mesmo tempo, sendo que um é quase 25% mais caro
 que o outro. No fim, o consumidor consome não o preferido, mas o mais barato.
Outlet
  Uma tendência que cresce no Brasil. Os mercados de varejos que ligam os
 produtores ao público,oferecendo produtos de coleções descontinuadas ou
 pontas de estoque e sem defeitos sempre existiu, mas nota-se um boom do
 setor nos últimos anos. Observa-se que o maior aquecimento de Outlets
 ocorre, especialmente, na venda de artigos com preços mais acessíveis em
 marcas de luxo.
Marcas conhecidas     Preços mais baixos
 mundialmente



Mínimo investimento    Consumidores
  em propaganda          exigentes



   Informações e           Mínimo
tendências da moda     investimento na
  mais acessíveis     imagem da marca
Consumismo X Necessidade




   Com Outlets, sites de compra coletiva, promoções relâmpago,
   descontos exclusivos... enfim, com esse literal PRICE
   PANDEMONIUM , aparece também a questão acerca do consumismo
   exagerado. Até que ponto as pessoas compram o que precisam? Qual
   o limite?

   A questão atualmente é que consumimos muitas vezes por conveniência e desejo
   momentâneo. No caso dos Outlets, por exemplo, a oportunidade de conseguir
   produtos de ótima qualidade e, normalmente caros, sempre em promoção desperta
   a compra por impulso; atrai o consumidor pela lógica qualidade + preço baixo ,
   fazendo-o crer que aquela determinada aquisição realmente vale a pena.
Compra Coletiva

Mecanismo de venda que oferece grandes promoções que só passam a ser válidas
após a adesão de uma certa quantidade de pessoas. Pode ser utilizado para gerar fluxo
de caixa para o varejista ou como veículo de comunicação.
Produtos/ serviços de   Promoções com
     alto valor         grande desconto




 Quantidade e tempo
                        Compra por impulso
  para compra pré-
      definidos



 Grande volume de        Fluxo de caixa e
      vendas            publicidade para o
                           comerciante
Mecanismo de venda X Compra por impulso



      O preço original, o preço tentador da promoção, o cálculo do
      percentual de desconto, a oportunidade de poder ativar a promoção,
      um tempo limite para efetuar a compra e a chance de nunca mais
      encontrar aquele produto/serviço por um preço tão barato são os
      principais fatores que fazem cada vez mais pessoas adquirirem
      produtos por impulso.

      O sistema de vendas a partir de compras feitas por um mínimo de pessoas cria um
      efeito fim do mundo nas pessoas. Elas compram como se realmente não houvesse
      o amanhã, como se a oportunidade de adquirir algo por muito pouco fosse
      irrecusável a ponto de estarem sempre consumindo.
Quer Pagar
Quanto?
As lojas de eletrodomésticos têm um jeito
diferente de fazer negócio – preço baixo para
ganhar no volume. É assim que se faz preço.
Além disso, existem as propagandas
estridentes e chamativas que todos conhecem.
Propagandas semelhantes veiculadas por todas
as lojas do segmento como Ricardo Eletro,
Insinuante e Casas Bahia. Essas lojas fazem
promoções e parcelamentos a perder de vista,
que criam a falsa sensação de um preço
absurdamente baixo.
Decolar.com



               O melhor preço ou lhe devolvemos a diferença :
              essa é a promessa do decolar.com.
              Com esse compromisso e preços realmente muito
              baixos, o site já se tornou um dos maiores de viagens
              do Brasil. O site consiste em um buscador de
              passagens e hotéis em promoção. Assim, o que o site
              oferece como vantagem final ao consumidor é
              facilidade de acesso a preços baixos, o que o torna
              uma “mina de boas ofertas”. E, como dito
              anteriormente, tudo o que o consumidor mais quer
              são boas ofertas.
4 - Made for China - if not BRIC
	
  
   A tendência do Made for China vêm na contramão dos conhecidos produtos
   feitos por chineses. São produtos voltados especialmente para o mercado de
   crescente poderio econômico da China. Não só da China como também das outras
   potências emergentes: Brasil, Rússia e Índia.

   Economia crescente
   A mudança se baseia no recente fortalecimento dessas economias e concentração de
   riquezas nesses países. Crises em algumas das grandes potências mundiais deram ainda
   mais visibilidade aos emergentes em épocas de possível retração dos mercados
   tradicionais.

   Olha quem está comprando agora
   Com os países prosperando e a situação econômica melhorando, os mercados
   emergentesaumentaram seu poder de compra. No Brasil, por exemplo, tivemos um
   crescimento da classe média e a China é esperada para superar os EUA em quantidade
   de vendas no varejo. Sem contar que somos muitos, e queremos comprar.
   Feito para vocês
    Como nomes estrangeiros ainda têm preferência sobre os locais, as marcas viram que
   adaptando produtos e a comunicação, elas poderiam ter ainda mais a apreciação do
   consumidor emergente, que se sentirá diferenciado com itens sob medida para ele.
Janelas de Oportunidade


Além das vantagens de uma economia crescente, os BRICs ainda provêm algumas
chances de inclusão no mercado através de suas políticas e posição de
visibilidade.
Para ilustrar, apresentaremos dois casos.


Case Lenovo

A fabricante de computadores Lenovo, sub marca da IBM, está para lançar na
China, o primeiro videogame criado especialmente para o público chinês.
Desenvolvido em parceria com a divisão chinesa Beijing Eedoo Technology Ltd., o
eBox terá características dos principais consoles do mercado como controle por
sensor, semelhante ao Kinect do XBox 360, e conexão à internet.
O CEO da Eedoo, Jack Luo, disse saber que seu console não está no mesmo nível
dos concorrentes internacionais mas acredita que o console se sairá bem no
mercado chinês, especialmente por ser destinado a familias e não a jogadores
hardcore.
A grande oportunidade aqui é que como o governo chinês ainda não é totalmente
aberto à marcas estrangeiras, os principais concorrentes do eBox – Nintendo, Xbox e
Playstation - sofrem embargos, de modo que não podem ser vendidos oficialmente.
Depois de lançá-lo ao público chinês, a Lenovo pretende levar o produto para outros
países da Ásia e, posteriormente, a outros mercados mundo afora. Só na China, a
empresa espera vender certa de 120 milhões de unidades.
Case Rio

O filme Rio é uma animação em 3-D, realizada pela 20th Century Fox e a Blue Sky
Studios. O filme recebeu críticas positivas no mundo todo e, em poucas semanas de
exibição, já obteve receita de US$ 283.861.000.
O filme se insere numa conjuntura maior, em que o Brasil vem ganhando destaque
internacional por diversos fatores. Com todos os holofotes voltados para o Brasil,
devido à Copa do Mundo que sediará em 2014 e as Olimpíadas de 2016, o país
encontra enormes oportunidades para se afirmar no cenário mundial e dispõe cada
vez mais de plataformas para expor sua cultura e seu modo de vida.
O filme recebeu investimento de US$ 90 milhões para sua produção. Isto reflete não
apenas a exposição mundial à qual o Brasil está submetido, como também o
interesse da comunidade internacional no país e a crença no potencial econômico
que o Brasil é capaz de gerar.
O filme é construído pensando num Brasil "tipo exportação", mas também toma
cuidado com a criação de uma imagem que respeite as peculiaridades do brasileiro e
do carioca, buscando, acima de tudo, agradar o público brasileiro com uma imagem
positiva do país, para si e para o resto do mundo.
Em âmbito mais amplo, cabe inferir que a tendência de adaptação às peculiaridades
locais dos BRICs se aplica não só à inserção das marcas e produtos nos mercados
locais, mas também sugere um reposicionamento da comunidade internacional para o
acolhimento destas economias e destas populações enquanto potenciais mercados
consumidores. A fim de inserir estes países e seus mercados internos na economia
global de mercado, é preciso criar um cenário econômico, social, político e cultural
que seja favorável a estes mercados e os acolham como parte deste sistema.
Iniciativas como o filme Rio se inserem nesta conjuntura, pois são atitudes pró a
criação de um sentimento de pertencimento dos brasileiros na comunidade
internacional, como país e como mercado consumidor. São posturas que demonstram
aceitabilidade da comunidade internacional aos hábitos e à cultura brasileira, o que
reflete uma nova conduta mundial em relação ao Brasil.
Outros exemplos

 Nokia T7-00
 O N8 para China
Ao que tudo indica o T7-00 é apenas uma
versão modificada do Nokia N8, feito
especialmente para o mercado chinês,
compatível com a rede TD-SCDMA.




                                          Hyundai verde e amarelo
                                          Montadora coreana anunciou projeto, já em
                                          andamento, para produção de um carro
                                          exclusivo para o público brasileiro.
                                          A marca pretende investir US$700 milhões na
                                          planta de Piracicaba para produzir 150 mil
                                          unidades anuais do novo carro.
Nike: uniforme da equipe chinesa nos Jogos
Olímpicos de Pequim
Aproveitando que a Adidas conseguiu o patrocínio oficial das Olimpíadas de 2008, a
Nike resolveu vestir o time da casa. A marca assumiu o desafio de produzir o uniforme e
equipamento de 22 equipes chinesas, inclusive nos esportes em que a Nike não está
acostumada a trabalhar.
JAC Motors
    A nova economia mundial tem como tendência não só
    produzir produtos para os BRIC, mas também produzidos
    pelos BRIC. Um bom exemplo disso é a montadora JAC
    MOTORS que, apesar de atuar em diversos países, foca seu
    negócio nos mercados emergentes, adaptando seus modelos
    e praticando preço acessíveis.
    Alguns exemplos da preocupação que a JAC Motors teve ao
    trazer seus modelos para o mercado brasileiro são maior
    torque e potência, ajuste de freios para uma melhor
    performance, sistema de combustível adaptado à gasolina
    brasileira, suspensão recalibrada (carga mais firme em
    amortecedores), maior precisão na direção hidráulica,
    alteração nas vedações e isolamento acústico da cabine,
    novas palhetas do limpador de pára-brisa, alteração na
    densidade das espumas dos bancos, novas rodas, painel,
    cores internas, acabamentos e demais alterações estéticas.
    Ao todo foram 143 modificações no carros especificamente
    para o mercado brasileiro.
Desenvolvido pela turma de
Planejamento de Campanha 2011.1
    Coordenação: Prof. Monica Machado

    Equipe:

    Camila Matos                        Akin Neves
    Laís Fraga                          Gulherme Queiroz
    Paula Lucan                         Luciana Cortes
    Sabrina Borges                      Sâmia Collodetti
    Sofia Pignataro                     Larissa de moraes
    Carolina Bernardo                   Fernanda Giovanini
    Maria Fernanda Borsatto             Nathalia Coutinho
    Nathalia Barbosa                    Nasser El Gamal
    Iara Araújo                         Pedro de Souza
    Hanna Carvalho                      Lienne Lyra
    Luise Marques                       Marina Marinho
    Bruno Grieco

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Case Brilux - Limpeza Para Toda Família
Case Brilux - Limpeza Para Toda FamíliaCase Brilux - Limpeza Para Toda Família
Case Brilux - Limpeza Para Toda Família
gruponove_promonove
 

Mais procurados (20)

tch
tchtch
tch
 
Novas estratégias de promoção
Novas estratégias de promoçãoNovas estratégias de promoção
Novas estratégias de promoção
 
Agência limonada Briefing Dolly
Agência limonada Briefing DollyAgência limonada Briefing Dolly
Agência limonada Briefing Dolly
 
Tendências 2013
Tendências 2013Tendências 2013
Tendências 2013
 
ApresentaçãO Ana Luisa Fiat
ApresentaçãO Ana Luisa   FiatApresentaçãO Ana Luisa   Fiat
ApresentaçãO Ana Luisa Fiat
 
Disciplina Cultura de Consumo e Estilos de Vida - Profa Erika Zuza - UnP - ma...
Disciplina Cultura de Consumo e Estilos de Vida - Profa Erika Zuza - UnP - ma...Disciplina Cultura de Consumo e Estilos de Vida - Profa Erika Zuza - UnP - ma...
Disciplina Cultura de Consumo e Estilos de Vida - Profa Erika Zuza - UnP - ma...
 
Reposição marca refrigerante_dolly
Reposição marca refrigerante_dollyReposição marca refrigerante_dolly
Reposição marca refrigerante_dolly
 
2010ideias e mudanças
2010ideias e mudanças2010ideias e mudanças
2010ideias e mudanças
 
Imagem do Bob´s
Imagem do Bob´sImagem do Bob´s
Imagem do Bob´s
 
Planejamento Fiat 2012
Planejamento Fiat 2012Planejamento Fiat 2012
Planejamento Fiat 2012
 
Planejamento Marketing Digital
Planejamento Marketing DigitalPlanejamento Marketing Digital
Planejamento Marketing Digital
 
KoniMix Branding Case
KoniMix Branding CaseKoniMix Branding Case
KoniMix Branding Case
 
Votorantim - Novo Portfólio
Votorantim - Novo Portfólio Votorantim - Novo Portfólio
Votorantim - Novo Portfólio
 
Linha do tempo
Linha do tempoLinha do tempo
Linha do tempo
 
Storytelling ou Brand Story?
Storytelling ou Brand Story?Storytelling ou Brand Story?
Storytelling ou Brand Story?
 
A. L. Decloedt
A. L. DecloedtA. L. Decloedt
A. L. Decloedt
 
Marketing trends abril 2018
Marketing trends abril 2018Marketing trends abril 2018
Marketing trends abril 2018
 
Planejamento finalizado
Planejamento finalizadoPlanejamento finalizado
Planejamento finalizado
 
5 Seminario Empreender no Mercado Erótico - 08.10.10
5 Seminario Empreender no Mercado Erótico - 08.10.105 Seminario Empreender no Mercado Erótico - 08.10.10
5 Seminario Empreender no Mercado Erótico - 08.10.10
 
Case Brilux - Limpeza Para Toda Família
Case Brilux - Limpeza Para Toda FamíliaCase Brilux - Limpeza Para Toda Família
Case Brilux - Limpeza Para Toda Família
 

Semelhante a Trendwatching 3 4

Como Estimular Suas Vendas Dia Das CriançAs
Como Estimular Suas Vendas   Dia Das CriançAsComo Estimular Suas Vendas   Dia Das CriançAs
Como Estimular Suas Vendas Dia Das CriançAs
guest826102
 
Rakuten EC Service - 2008 Ikeda - Palestra E-commerce AMPRO
Rakuten EC Service - 2008 Ikeda - Palestra E-commerce AMPRORakuten EC Service - 2008 Ikeda - Palestra E-commerce AMPRO
Rakuten EC Service - 2008 Ikeda - Palestra E-commerce AMPRO
Rakuten Brasil
 
Rakuten EC Service - 2008 Ikeda - Palestra E-commerce PUCC
Rakuten EC Service - 2008 Ikeda - Palestra E-commerce PUCCRakuten EC Service - 2008 Ikeda - Palestra E-commerce PUCC
Rakuten EC Service - 2008 Ikeda - Palestra E-commerce PUCC
Rakuten Brasil
 
4 Tendencias Para ComunicaçãO No Varejo.
4 Tendencias Para ComunicaçãO No Varejo.4 Tendencias Para ComunicaçãO No Varejo.
4 Tendencias Para ComunicaçãO No Varejo.
Gestão de Varejo
 
Manifestodomarketingderelacionamento 100426185423-phpapp02
Manifestodomarketingderelacionamento 100426185423-phpapp02Manifestodomarketingderelacionamento 100426185423-phpapp02
Manifestodomarketingderelacionamento 100426185423-phpapp02
FAIR PLAY AD / @VeronicaRRSouza
 
Os consumidores estão mais exigentes?
Os consumidores estão mais exigentes?Os consumidores estão mais exigentes?
Os consumidores estão mais exigentes?
Daniel Zanco
 
Transformaçoes no Ambiente de Maketing
Transformaçoes no Ambiente de MaketingTransformaçoes no Ambiente de Maketing
Transformaçoes no Ambiente de Maketing
Pedro Alexandre Cabral
 

Semelhante a Trendwatching 3 4 (20)

Trendwatching 3 4
Trendwatching 3 4Trendwatching 3 4
Trendwatching 3 4
 
Como Estimular Suas Vendas Dia Das CriançAs
Como Estimular Suas Vendas   Dia Das CriançAsComo Estimular Suas Vendas   Dia Das CriançAs
Como Estimular Suas Vendas Dia Das CriançAs
 
Rakuten EC Service - 2008 Ikeda - Palestra E-commerce AMPRO
Rakuten EC Service - 2008 Ikeda - Palestra E-commerce AMPRORakuten EC Service - 2008 Ikeda - Palestra E-commerce AMPRO
Rakuten EC Service - 2008 Ikeda - Palestra E-commerce AMPRO
 
Como Estimular Suas Vendas São Luis do Paraitinga
Como Estimular Suas Vendas São Luis do  ParaitingaComo Estimular Suas Vendas São Luis do  Paraitinga
Como Estimular Suas Vendas São Luis do Paraitinga
 
Rakuten EC Service - 2008 Ikeda - Palestra E-commerce PUCC
Rakuten EC Service - 2008 Ikeda - Palestra E-commerce PUCCRakuten EC Service - 2008 Ikeda - Palestra E-commerce PUCC
Rakuten EC Service - 2008 Ikeda - Palestra E-commerce PUCC
 
4 Tendencias Para ComunicaçãO No Varejo.
4 Tendencias Para ComunicaçãO No Varejo.4 Tendencias Para ComunicaçãO No Varejo.
4 Tendencias Para ComunicaçãO No Varejo.
 
Compra coletiva: possibilidades e oportunidades
Compra coletiva: possibilidades e oportunidadesCompra coletiva: possibilidades e oportunidades
Compra coletiva: possibilidades e oportunidades
 
23_07_2012
23_07_201223_07_2012
23_07_2012
 
Ayr: Research Note ecommerce jun2013
Ayr: Research Note ecommerce jun2013Ayr: Research Note ecommerce jun2013
Ayr: Research Note ecommerce jun2013
 
Projeto site cosmopolit@n
Projeto site cosmopolit@nProjeto site cosmopolit@n
Projeto site cosmopolit@n
 
Manifestodomarketingderelacionamento 100426185423-phpapp02
Manifestodomarketingderelacionamento 100426185423-phpapp02Manifestodomarketingderelacionamento 100426185423-phpapp02
Manifestodomarketingderelacionamento 100426185423-phpapp02
 
O mercado de franchising de moda no brasil palestra
O mercado de franchising de moda no brasil palestraO mercado de franchising de moda no brasil palestra
O mercado de franchising de moda no brasil palestra
 
Tendências de consumo 2016
Tendências de consumo 2016Tendências de consumo 2016
Tendências de consumo 2016
 
Os consumidores estão mais exigentes?
Os consumidores estão mais exigentes?Os consumidores estão mais exigentes?
Os consumidores estão mais exigentes?
 
Comunicação no ponto de venda
Comunicação no ponto de vendaComunicação no ponto de venda
Comunicação no ponto de venda
 
Pronto para os desafios da venda direta?
Pronto para os desafios da venda direta? Pronto para os desafios da venda direta?
Pronto para os desafios da venda direta?
 
Marketing Mix - Ponto de Vendas
Marketing Mix - Ponto de VendasMarketing Mix - Ponto de Vendas
Marketing Mix - Ponto de Vendas
 
25a edição | Panorama GS1 Brasil | Novembro 2016
25a edição | Panorama GS1 Brasil | Novembro 201625a edição | Panorama GS1 Brasil | Novembro 2016
25a edição | Panorama GS1 Brasil | Novembro 2016
 
Transformaçoes no Ambiente de Maketing
Transformaçoes no Ambiente de MaketingTransformaçoes no Ambiente de Maketing
Transformaçoes no Ambiente de Maketing
 
Compra Coletiva - Possibilidades e Oportunidades
Compra Coletiva - Possibilidades e OportunidadesCompra Coletiva - Possibilidades e Oportunidades
Compra Coletiva - Possibilidades e Oportunidades
 

Último

Filosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestre
Filosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestreFilosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestre
Filosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestre
LeandroLima265595
 

Último (20)

Prova nivel 3 da XXII OBA DE 2019 - GABARITO POWER POINT.pptx
Prova nivel 3 da XXII OBA DE 2019 - GABARITO POWER POINT.pptxProva nivel 3 da XXII OBA DE 2019 - GABARITO POWER POINT.pptx
Prova nivel 3 da XXII OBA DE 2019 - GABARITO POWER POINT.pptx
 
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptxSlides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
 
Teatro como estrategias de ensino secundario
Teatro como estrategias de ensino secundarioTeatro como estrategias de ensino secundario
Teatro como estrategias de ensino secundario
 
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSFormação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
 
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentesMaio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
 
Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.
 
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdfTema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
 
INTRODUÇÃO DE METODOLOGIA PARA TRABALHIOS CIENTIFICOS
INTRODUÇÃO DE METODOLOGIA PARA TRABALHIOS CIENTIFICOSINTRODUÇÃO DE METODOLOGIA PARA TRABALHIOS CIENTIFICOS
INTRODUÇÃO DE METODOLOGIA PARA TRABALHIOS CIENTIFICOS
 
Filosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestre
Filosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestreFilosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestre
Filosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestre
 
Apresentação | Dia da Europa 2024 - Celebremos a União Europeia!
Apresentação | Dia da Europa 2024 - Celebremos a União Europeia!Apresentação | Dia da Europa 2024 - Celebremos a União Europeia!
Apresentação | Dia da Europa 2024 - Celebremos a União Europeia!
 
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
 
RENASCIMENTO E HUMANISMO_QUIZ 7º ANO.pptx
RENASCIMENTO E HUMANISMO_QUIZ 7º ANO.pptxRENASCIMENTO E HUMANISMO_QUIZ 7º ANO.pptx
RENASCIMENTO E HUMANISMO_QUIZ 7º ANO.pptx
 
Novena de Pentecostes com textos de São João Eudes
Novena de Pentecostes com textos de São João EudesNovena de Pentecostes com textos de São João Eudes
Novena de Pentecostes com textos de São João Eudes
 
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
 
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxSequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
 
Acróstico - Maio Laranja
Acróstico  - Maio Laranja Acróstico  - Maio Laranja
Acróstico - Maio Laranja
 
MESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdf
MESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdfMESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdf
MESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdf
 
Apresentação | Símbolos e Valores da União Europeia
Apresentação | Símbolos e Valores da União EuropeiaApresentação | Símbolos e Valores da União Europeia
Apresentação | Símbolos e Valores da União Europeia
 
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São PauloCurrículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
 

Trendwatching 3 4

  • 2. O estudo Comportamento Jovem e Tendências 2011 é resultado de trabalho de campo desenvolvido na disciplina de Planejamento de Campanhas no curso de Publicidade e Propaganda da Escola de Comunicação da UFRJ no primeiro semestre de 2011. O projeto tem como fonte de referência primária o site inglês Trendwatching (trendwatching.com). A inspiração central para o estudo é o boletim de tendências que o site publicou em janeiro “11 crucial trends for 2011”, apresentando onze temas que despontam como norteadores de comportamentos mundiais de consumo. A partir das 11 tendências identificamos no Brasil, entre jovens de 18/25 anos, classes A, B e C, referências de hábitos de consumo, conceitos de comunicação e imagem de produtos e serviços que espelham tais trends. Acompanhe semanalmente nossos posts e aproveite para conhecer mais sobre hábitos de consumo dos jovens brasileiros. Boa leitura!
  • 3. 3. Pricing Pandemonium A tendência do Pricing Pandemonium tem ligação direta com as novas tecnologias móveis. iPhones e smartphones possibilitam a conexão a rede o tempo todo e em qualquer lugar e cada vez mais observa-se ofertar por esses canais. Pela facilidade do acesso e da compra, as promoções acabam “viralizando”, o que torna a procura pelo menor preço constante e fácil. Descontos permanentes A grande aceitação das compras coletivas trouxe a oportunidade de comprarmos objetos e termos acesso à serviços com qualidade e preço baixo. Assim, para não perder vendas, grandes marcas passaram a usar ferramentas como pontas de estoque e liquidações freqüentes. Competição acirrada O preço, então, é cada vez mais determinante no ato da uma compra. Isso faz com que a corrida pelo menor preço beire o dumping, como é o caso da briga entre Bob s e McDonald s, que lançaram promoções para os seus sanduiches mais populares quase ao mesmo tempo, sendo que um é quase 25% mais caro que o outro. No fim, o consumidor consome não o preferido, mas o mais barato.
  • 4. Outlet Uma tendência que cresce no Brasil. Os mercados de varejos que ligam os produtores ao público,oferecendo produtos de coleções descontinuadas ou pontas de estoque e sem defeitos sempre existiu, mas nota-se um boom do setor nos últimos anos. Observa-se que o maior aquecimento de Outlets ocorre, especialmente, na venda de artigos com preços mais acessíveis em marcas de luxo.
  • 5. Marcas conhecidas Preços mais baixos mundialmente Mínimo investimento Consumidores em propaganda exigentes Informações e Mínimo tendências da moda investimento na mais acessíveis imagem da marca
  • 6. Consumismo X Necessidade Com Outlets, sites de compra coletiva, promoções relâmpago, descontos exclusivos... enfim, com esse literal PRICE PANDEMONIUM , aparece também a questão acerca do consumismo exagerado. Até que ponto as pessoas compram o que precisam? Qual o limite? A questão atualmente é que consumimos muitas vezes por conveniência e desejo momentâneo. No caso dos Outlets, por exemplo, a oportunidade de conseguir produtos de ótima qualidade e, normalmente caros, sempre em promoção desperta a compra por impulso; atrai o consumidor pela lógica qualidade + preço baixo , fazendo-o crer que aquela determinada aquisição realmente vale a pena.
  • 7. Compra Coletiva Mecanismo de venda que oferece grandes promoções que só passam a ser válidas após a adesão de uma certa quantidade de pessoas. Pode ser utilizado para gerar fluxo de caixa para o varejista ou como veículo de comunicação.
  • 8. Produtos/ serviços de Promoções com alto valor grande desconto Quantidade e tempo Compra por impulso para compra pré- definidos Grande volume de Fluxo de caixa e vendas publicidade para o comerciante
  • 9. Mecanismo de venda X Compra por impulso O preço original, o preço tentador da promoção, o cálculo do percentual de desconto, a oportunidade de poder ativar a promoção, um tempo limite para efetuar a compra e a chance de nunca mais encontrar aquele produto/serviço por um preço tão barato são os principais fatores que fazem cada vez mais pessoas adquirirem produtos por impulso. O sistema de vendas a partir de compras feitas por um mínimo de pessoas cria um efeito fim do mundo nas pessoas. Elas compram como se realmente não houvesse o amanhã, como se a oportunidade de adquirir algo por muito pouco fosse irrecusável a ponto de estarem sempre consumindo.
  • 10. Quer Pagar Quanto? As lojas de eletrodomésticos têm um jeito diferente de fazer negócio – preço baixo para ganhar no volume. É assim que se faz preço. Além disso, existem as propagandas estridentes e chamativas que todos conhecem. Propagandas semelhantes veiculadas por todas as lojas do segmento como Ricardo Eletro, Insinuante e Casas Bahia. Essas lojas fazem promoções e parcelamentos a perder de vista, que criam a falsa sensação de um preço absurdamente baixo.
  • 11. Decolar.com O melhor preço ou lhe devolvemos a diferença : essa é a promessa do decolar.com. Com esse compromisso e preços realmente muito baixos, o site já se tornou um dos maiores de viagens do Brasil. O site consiste em um buscador de passagens e hotéis em promoção. Assim, o que o site oferece como vantagem final ao consumidor é facilidade de acesso a preços baixos, o que o torna uma “mina de boas ofertas”. E, como dito anteriormente, tudo o que o consumidor mais quer são boas ofertas.
  • 12. 4 - Made for China - if not BRIC   A tendência do Made for China vêm na contramão dos conhecidos produtos feitos por chineses. São produtos voltados especialmente para o mercado de crescente poderio econômico da China. Não só da China como também das outras potências emergentes: Brasil, Rússia e Índia. Economia crescente A mudança se baseia no recente fortalecimento dessas economias e concentração de riquezas nesses países. Crises em algumas das grandes potências mundiais deram ainda mais visibilidade aos emergentes em épocas de possível retração dos mercados tradicionais. Olha quem está comprando agora Com os países prosperando e a situação econômica melhorando, os mercados emergentesaumentaram seu poder de compra. No Brasil, por exemplo, tivemos um crescimento da classe média e a China é esperada para superar os EUA em quantidade de vendas no varejo. Sem contar que somos muitos, e queremos comprar. Feito para vocês Como nomes estrangeiros ainda têm preferência sobre os locais, as marcas viram que adaptando produtos e a comunicação, elas poderiam ter ainda mais a apreciação do consumidor emergente, que se sentirá diferenciado com itens sob medida para ele.
  • 13. Janelas de Oportunidade Além das vantagens de uma economia crescente, os BRICs ainda provêm algumas chances de inclusão no mercado através de suas políticas e posição de visibilidade. Para ilustrar, apresentaremos dois casos. Case Lenovo A fabricante de computadores Lenovo, sub marca da IBM, está para lançar na China, o primeiro videogame criado especialmente para o público chinês. Desenvolvido em parceria com a divisão chinesa Beijing Eedoo Technology Ltd., o eBox terá características dos principais consoles do mercado como controle por sensor, semelhante ao Kinect do XBox 360, e conexão à internet. O CEO da Eedoo, Jack Luo, disse saber que seu console não está no mesmo nível dos concorrentes internacionais mas acredita que o console se sairá bem no mercado chinês, especialmente por ser destinado a familias e não a jogadores hardcore.
  • 14. A grande oportunidade aqui é que como o governo chinês ainda não é totalmente aberto à marcas estrangeiras, os principais concorrentes do eBox – Nintendo, Xbox e Playstation - sofrem embargos, de modo que não podem ser vendidos oficialmente. Depois de lançá-lo ao público chinês, a Lenovo pretende levar o produto para outros países da Ásia e, posteriormente, a outros mercados mundo afora. Só na China, a empresa espera vender certa de 120 milhões de unidades.
  • 15. Case Rio O filme Rio é uma animação em 3-D, realizada pela 20th Century Fox e a Blue Sky Studios. O filme recebeu críticas positivas no mundo todo e, em poucas semanas de exibição, já obteve receita de US$ 283.861.000. O filme se insere numa conjuntura maior, em que o Brasil vem ganhando destaque internacional por diversos fatores. Com todos os holofotes voltados para o Brasil, devido à Copa do Mundo que sediará em 2014 e as Olimpíadas de 2016, o país encontra enormes oportunidades para se afirmar no cenário mundial e dispõe cada vez mais de plataformas para expor sua cultura e seu modo de vida. O filme recebeu investimento de US$ 90 milhões para sua produção. Isto reflete não apenas a exposição mundial à qual o Brasil está submetido, como também o interesse da comunidade internacional no país e a crença no potencial econômico que o Brasil é capaz de gerar. O filme é construído pensando num Brasil "tipo exportação", mas também toma cuidado com a criação de uma imagem que respeite as peculiaridades do brasileiro e do carioca, buscando, acima de tudo, agradar o público brasileiro com uma imagem positiva do país, para si e para o resto do mundo.
  • 16. Em âmbito mais amplo, cabe inferir que a tendência de adaptação às peculiaridades locais dos BRICs se aplica não só à inserção das marcas e produtos nos mercados locais, mas também sugere um reposicionamento da comunidade internacional para o acolhimento destas economias e destas populações enquanto potenciais mercados consumidores. A fim de inserir estes países e seus mercados internos na economia global de mercado, é preciso criar um cenário econômico, social, político e cultural que seja favorável a estes mercados e os acolham como parte deste sistema. Iniciativas como o filme Rio se inserem nesta conjuntura, pois são atitudes pró a criação de um sentimento de pertencimento dos brasileiros na comunidade internacional, como país e como mercado consumidor. São posturas que demonstram aceitabilidade da comunidade internacional aos hábitos e à cultura brasileira, o que reflete uma nova conduta mundial em relação ao Brasil.
  • 17. Outros exemplos Nokia T7-00 O N8 para China Ao que tudo indica o T7-00 é apenas uma versão modificada do Nokia N8, feito especialmente para o mercado chinês, compatível com a rede TD-SCDMA. Hyundai verde e amarelo Montadora coreana anunciou projeto, já em andamento, para produção de um carro exclusivo para o público brasileiro. A marca pretende investir US$700 milhões na planta de Piracicaba para produzir 150 mil unidades anuais do novo carro.
  • 18. Nike: uniforme da equipe chinesa nos Jogos Olímpicos de Pequim Aproveitando que a Adidas conseguiu o patrocínio oficial das Olimpíadas de 2008, a Nike resolveu vestir o time da casa. A marca assumiu o desafio de produzir o uniforme e equipamento de 22 equipes chinesas, inclusive nos esportes em que a Nike não está acostumada a trabalhar.
  • 19. JAC Motors A nova economia mundial tem como tendência não só produzir produtos para os BRIC, mas também produzidos pelos BRIC. Um bom exemplo disso é a montadora JAC MOTORS que, apesar de atuar em diversos países, foca seu negócio nos mercados emergentes, adaptando seus modelos e praticando preço acessíveis. Alguns exemplos da preocupação que a JAC Motors teve ao trazer seus modelos para o mercado brasileiro são maior torque e potência, ajuste de freios para uma melhor performance, sistema de combustível adaptado à gasolina brasileira, suspensão recalibrada (carga mais firme em amortecedores), maior precisão na direção hidráulica, alteração nas vedações e isolamento acústico da cabine, novas palhetas do limpador de pára-brisa, alteração na densidade das espumas dos bancos, novas rodas, painel, cores internas, acabamentos e demais alterações estéticas. Ao todo foram 143 modificações no carros especificamente para o mercado brasileiro.
  • 20. Desenvolvido pela turma de Planejamento de Campanha 2011.1 Coordenação: Prof. Monica Machado Equipe: Camila Matos Akin Neves Laís Fraga Gulherme Queiroz Paula Lucan Luciana Cortes Sabrina Borges Sâmia Collodetti Sofia Pignataro Larissa de moraes Carolina Bernardo Fernanda Giovanini Maria Fernanda Borsatto Nathalia Coutinho Nathalia Barbosa Nasser El Gamal Iara Araújo Pedro de Souza Hanna Carvalho Lienne Lyra Luise Marques Marina Marinho Bruno Grieco