SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 11
Baixar para ler offline
Teste de Biologia e Geologia 11º

Nome : ___________________________________ Nr. _____ Avaliação: _______________________
Notas:


                                                                                                   Cotação/Correcção

                                                    GRUPO I


   Descobertas surpreendentes têm sido feitas sobre o papel crucial da porção do material
   genético que não traz informação para a síntese de proteínas. Esse ‘patinho feio’ molecular,
   que constitui mais de 98% do genoma humano designado de ‘DNA lixo’, começa a ganhar
   a forma de ‘cisne’.
                                                                             http://www.cienciamao.usp.br
  1. Classifica como verdadeira (V) ou falsa (F) cada uma das seguintes afirmações relativas à
       molécula de DNA.
  [A]. As duas cadeias polinucleotídicas do DNA são antiparalelas.
  [B]. As    duas    cadeias     do    DNA   estabelecem   ligações   covalentes   entre   bases    azotadas
       complementares.                                                                                           4
  [C]. Em cada molécula, a quantidade de nucleótidos de Adenina + nucleótidos de Citosina é idêntica
       à quantidade de nucleótidos de Timina + nucleótidos de Guanina.
  [D]. O seu grau de condensação é variável ao longo do ciclo celular.


  2.   Uma porção de uma cadeia polipeptídica apresenta a seguinte sequência de aminoácidos:
   ... – Serina – Lisina – Glicina – ...


Na síntese desta porção intervieram os tRNA representados na figura 1.


   Indica a constituição do gene responsável pela sequência
   dos aminoácidos representada. Menciona todos os passos                                                        10
   necessários e assinala o sentido da orientação das
   moléculas.




                                                                                                     Figura 1
   Anticodões:
            ACG     UUG     CCU
   mRNA: 5' UGC AAC GGA 3'
   DNA: 3' ACG TTG CCT 5'
   1º Tópico: mRNA
   2º Tópico: porção do gene (DNA)
   3º Tópico: orientação correcta das moléculas




                                                     Página 1
Nuno Correia
3. Selecciona a única opção que permite obter uma afirmação correcta.
  Um mRNA pode ser lido sequencialmente por vários ribossomas. Este fenómeno permite...               3
   [A]. uma organização mais eficiente dos ribossomas no citoplasma.
   [B]. a formação de proteínas constituídas por várias cadeias polipeptídicas.
   [C]. a síntese de proteínas formadas por um elevado número de aminoácidos.
   [D]. a produção de várias proteínas iguais a partir de uma única molécula de RNA.
  4.   Selecciona a alternativa que permite preencher os espaços e obter uma afirmação correcta.
  Durante o processo de replicação do DNA podem ocorrer alterações do material genético que não
  provocam efeito nos polipéptidos codificados. A ocorrência de mutações silenciosas pode explicar-   4
  se porque o código genético ____ uma vez que ____.
  [A]. não é ambíguo … vários tripletos podem codificar o mesmo aminoácido.
  [B]. não é ambíguo … o mesmo tripleto pode codificar aminoácidos diferentes.
  [C]. é redundante … vários tripletos podem codificar o mesmo aminoácido.
  [D]. é redundante … o mesmo tripleto pode codificar aminoácidos diferentes.


  5. As afirmações seguintes dizem respeito aos ácidos nucleicos das células eucarióticas.
  Selecciona a alternativa que as avalia correctamente.
  1. O DNA localiza-se unicamente no núcleo.
  2. O mRNA, o tRNA e o rRNA formam-se por complementaridade de bases a partir do DNA.
  3. O RNA é constituído por desoxirribonucleótidos organizados numa cadeia simples.
                                                                                                      4
       [A]. 2 é verdadeira; 1 e 3 são falsas.
       [B]. 3 é verdadeira; 1 e 2 são falsas.
       [C]. 1 e 2 são verdadeiras; 3 é falsa
       [D]. 1 e 3 são verdadeiras; 2 é falsa


  6. A síntese de uma proteína é um processo complexo, preciso e extremamente rápido que envolve
       várias estruturas, como, por exemplo, a enzima RNA-polimerase. Explica por que razão a
       alteração do pH de uma célula pode levar à inibição da síntese proteica.


  A síntese proteica pode ser inibida através da alteração do pH da célula, visto que é um
  mecanismo que envolve enzimas (RNA-polimerase), sendo estas de composição proteica. As
                                                                                                      10
  proteínas, quando colocadas em diferente pH, desnaturam, o que provoca alteração da sua
  estrutura e, como tal, inibe o seu funcionamento. Deste modo, estando a RNA-polimerase inibida
  não ocorre transcrição e, por isso, não se realiza síntese proteica.




                                                   Página 2
Nuno Correia
GRUPO II


  1. Os seres vivos apresentam estratégias de reprodução muito variadas.
  As abelhas vivem em sociedades constituídas por três castas de indivíduos morfologicamente
  diferentes: a rainha, os zangãos e as obreiras. A rainha, a única fêmea fértil da colmeia, produz dois
  tipos de ovos os quais originam fêmeas e machos geneticamente diferentes: as fêmeas originam-se
  a partir de ovos fecundados, enquanto os machos se desenvolvem de óvulos não fecundados.
  1.1. Selecciona a alternativa que permite preencher os espaços e obter uma afirmação correcta.
  Sabendo que as abelhas Apis mellifica têm 2n = 32 cromossomas, uma célula-mãe dos
  espermatozóides desta espécie, no início da divisão nuclear, apresenta ____ cromossomas e ____
  cromatídios.
     [A]. 16 … 16
     [B]. 16 … 32
                                                                                                            4
     [C]. 32 … 32
     [D]. 32 … 64
  1.2. As afirmações seguintes dizem respeito à reprodução nas abelhas.
  Selecciona a alternativa que as avalia correctamente.
  1. Os zangãos não têm pai.
  2. Só as abelhas rainhas são originadas de ovos fecundados.
  3. As células somáticas e os gâmetas de um zangão têm a mesma informação genética.
                                                                                                            4
     [A]. 2 é verdadeira; 1 e 3 são falsas.
     [B]. 3 é verdadeira; 1 e 2 são falsas.
     [C]. 1 e 2 são verdadeiras; 3 é falsa.
     [D]. 1 e 3 são verdadeiras; 2 é falsa.


  1.3. Nos diversos processos de reprodução assexuada, os descendentes são geralmente
  idênticos entre si e ao progenitor, do qual recebem todos os genes.
  Explica por que razão a partenogénese nas abelhas constitui uma excepção a esta afirmação.

                                                                                                            20
      1º   Tópico:   A   rep   assexuada      tem    por   base   fenómenos   de   divisão   mitótica   e
      consequentemente os descendentes apresentam a mesma constituição genética que o
      progenitor;
      2º Tópico: Como os zangãos são formados a partir de óvulos não fecundados, são
      constituídos por células haplóides, apresentando apenas um cromossoma de cada par de
      homólogos da mãe.




                                                     Página 3
Nuno Correia
2. Os afídios são pequenos insectos que se alimentam da seiva elaborada de certas plantas. Ao
  longo da Primavera e Verão aumentam rapidamente de número, originando apenas fêmeas. No fim
  do Verão nascem fêmeas e machos. Após o acasalamento, as fêmeas põem ovos resistentes que
  ficam em estado de vida latente até à Primavera.
  2.1. Classifica como verdadeira (V) ou falsa (F) cada uma das seguintes afirmações relativas à
  reprodução dos afídios.
      [A]. Os afídios mudam de sexo em função das condições ambientais.                            4
      [B]. Os machos surgem quando as condições do meio se tornam desfavoráveis.
      [C]. Durante a Primavera e o Verão ocorre auto-fecundação nos afídios.
      [D]. No fim do Verão, os machos e as fêmeas nascem por um processo assexuado.
  2.2. Os afídios apresentam no seu ciclo de vida reprodução sexuada e assexuada.
       Explica de que modo estes dois processos de reprodução têm vantagens para os afídios.
      1º Tópico: Na rep assexuada/partenogénese os afídios originam rapidamente um elevado
      númerode descendentes geneticamente homogéneos quando as condições ambientais são            20
      favoráveis;
      2º Tópico: Quando as condições do meio se tornam desfavoráveis, ocorre a rep sexuada
      que dá origem a ovos resistentes que permanecem em latência até à Primavera seguinte.
      3º Tópico: A rep sexuada ao introduzir variabilidade genética, permite que na Primavera
      seguinte se desenvolvam os afídios que apresentam o conjunto génico / fenótipos
      favoráveis (reproduzindo-se então assexuadamente).


  3. Selecciona a única opção que permite obter uma afirmação correcta.
  Todos os ciclos de vida com reprodução sexuada apresentam vários aspectos em comum, excepto
  a seguinte característica ...
      [A]. a haplofase inicia-se com a formação dos gâmetas.
      [B]. existe alternância de fases nucleares.
                                                                                                   4
      [C]. existem fenómenos de recombinação genética.
      [D]. a diplofase inicia-se com a formação do zigoto.




                                                    Página 4
Nuno Correia
4. Faz corresponder a cada um dos exemplos mencionados na coluna A, o respectivo conceito
  da reprodução sexuada nos animais referido na coluna B.


                          COLUNA A                                             COLUNA B
 [A]. Nos pinguins, o macho lança os espermatozóides na                                                 10
     cloaca da fêmea. Os espermatozóides nadam em
     direcção aos óvulos, ocorrendo a fecundação próximo
                                                                    1.   Hermafroditismo insuficiente
     do ovário.
                                                                    2.   Autofecundação
 [B]. Os machos dos pirilampos, durante o vôo, emitem
                                                                    3.   Dimorfismo sexual
     sequências de clarões a que as fêmeas da mesma
                                                                    4.   Desenvolvimento directo do
     espécie respondem prontamente.
                                                                         embrião
 [C]. No verme adulto da Fascíola hepática os seus
                                                                    5.   Desenvolvimento indirecto
     espermatozóides fecundam os seus próprios óvulos.
                                                                         do embrião
 [D]. No veado, os machos apresentam um par de hastes
                                                                    6.   Fecundação interna
     na cabeça, o tórax mais forte e, na altura do
                                                                    7.   Fecundação externa
     acasalamento, o pescoço fica mais espesso devido
                                                                    8.   Parada nupcial
     aos pêlos muito compridos que aí se desenvolvem.
 [E]. A minhoca deposita um casulo cheio de ovos no solo
     do qual nascerão, mais tarde, pequeninas minhocas.
  Resposta
          A                 B                  C                    D                 E

          6                  8                 2                    3                 4



  5. Selecciona a única opção que permite obter uma afirmação correcta.
  As plantas que apresentam polinização anemófila (pelo vento)...                                       4
     [A]. desenvolvem-se em locais ventosos.
     [B]. têm flores coloridas e perfumadas.
     [C]. produzem pólen leve e abundante.
     [D]. não produzem flores.

Espaço que pode ser utilizado para continuar uma resposta:




                                                   Página 5
Nuno Correia
6. A figura 2 apresenta as principais etapas do processo de micropopagação de plantas por
   cultura in vitro.




                                                 Figura 2
6.1. Classifica como verdadeira (V) ou falsa (F) cada uma das afirmações seguintes relativas à
   interpretação dos dados da figura 2.
     [A]. É necessária apenas uma pequena parte da planta-mãe para a obtenção das plântulas.
     [B]. As características genéticas da descendência são alteradas devido às técnicas utilizadas.
     [C]. A diferenciação celular é um processo irreversível.                                         4
     [D]. Neste processo de propagação de plantas ocorre alternância de fases nucleares.


6.2. Selecciona a única opção que permite obter uma afirmação correcta.
  As células dos gomos repicados, quando colocadas em meios de cultura adequados, deram origem
  a plantas completas. Esta capacidade designa-se...                                                  4
     [A]. gemulação.
     [B]. fragmentação.
     [C]. totipotência.
     [D]. clonagem.

Espaço que pode ser utilizado para continuar uma resposta:




                                                   Página 6
Nuno Correia
GRUPO III
  Os Fungos multicelulares são constituídos por uma rede de filamentos ramificados chamados hifas e
  cujo conjunto se designa por micélio.
  As hifas podem apresentar diferentes
  formas. No bolor negro do pão,
  Rhizopus nigricans, representado na
  fig. 3, formam-se hifas verticais -
  esporangióforos - em cujas
  extremidades se diferenciam
  esporângios.
  Em      Rhizopus      nigricans,   embora
  predomine a reprodução assexuada,
  pode     também       ocorrer   reprodução
  sexuada. Tal só acontece quando hifas
  de estirpes diferentes (micélio + e
  micélio ) entram em contacto.
  O    processo    de    diferenciação   dos
  gâmetas, consiste simplesmente na
  formação de um septo na extremidade
  das ramificações de uma hifa + e de
  uma hifa         . Estes dois gâmetas
  fundem-se originando um zigoto que cria em sua volta uma parede protectora muito espessa,
  designando-se então por zigósporo.
  O zigósporo pode permanecer muito tempo num estado de dormência, esperando condições do
  meio favoráveis para germinar. Durante este período, o núcleo experimenta uma meiose e o
  zigósporo forma uma hifa portadora de um esporângio, dentro do qual se formarão muitos esporos.


  1. Classifica como verdadeira (V) ou falsa (F) cada uma das afirmações seguintes relativas ao
       ciclo de vida de Rhizopus nigricans.
       [A]. Verifica-se alternância de gerações.
       [B]. Os gâmetas resultam de um processo de diferenciação de porções da estrutura vegetativa.
       [C]. No seu ciclo de vida predomina a haplofase.
       [D]. Pode ocorrer união entre gâmetas originados na extremidade de hifas pertencentes ao
           mesmo micélio.                                                                             10
       [E]. Formam-se entidades de núcleo diplóide apenas em estadios da reprodução sexuada.
       [F]. As hifas vegetativas formam-se a partir da germinação de esporos.
       [G]. Apresenta meiose pré-gamética.
       [H]. O mesmo micélio produz gâmetas com diferentes combinações genéticas.


  2, Selecciona a única opção que permite obter uma afirmação correcta.
  Uma observação microscópica permite encontrar cromossomas homólogos...                              4
       [A]. no zigósporo.
       [B]. no esporangióforo.
       [C]. nas hifas vegetativas.
       [D]. nos gâmetas.


                                                     Página 7
Nuno Correia
3. Selecciona a alternativa que permite preencher os espaços e obter uma afirmação correcta.
  No interior dos esporângios de Rhizopus nigricans, as células-mães dos esporos apresentam ____        4
  cromossomas; quando os seus núcleos se dividem, o número de cromossomas ____.
      [A]. 2n … mantém-se.
      [B]. n … mantém-se.
      [C]. 2n … é reduzido para metade.
      [D]. n … é reduzido para metade.


  4. Selecciona a única opção que permite obter uma afirmação correcta.
  Rhizopus nigricans apresenta diferentes tipos de hifas que desempenham funções diferentes
                                                                                                        4
  devidas...
      [A]. ao grau de desenvolvimento do organismo.
      [B]. à influência dos factores ambientais.
      [C]. à disponibilidade de alimentos.
      [D]. a uma expressão diferenciada dos genes.


  5. Baseando-te na análise do ciclo de vida de Rhizopus nigricans, explica de que modo a
reprodução sexuada contribui para a diversidade genética desta espécie.
      1º Tópico: Na fecundação, a união de gâmetas permite a combinação de genes
      provenientes de micélios diferentes.
      2º Tópico: O zigósporo, ao sofrer meiose, permite fenómenos de recombinação genética
                                                                                                        10
      (crossing-over e disjunção dos cromossomas homólogos) originando hifas portadoras de
      informação genética diferente.
  6. Uma equipa internacional de investigadores descobriu indícios de divisão celular em embriões
  fossilizados de organismos com mais de 550 milhões de anos encontrados na China, indica um estudo
  hoje divulgado. Ao examinar os fósseis com uma técnica de imagiologia por raios-X, este grupo de 15
  cientistas constatou também que as células embrionárias estavam num processo de divisão, segundo
  o estudo, publicado na revista Science. A descoberta mostra a complexidade da vida 10 milhões de
  anos antes da explosão da biodiversidade ocorrida entre 600 e 520 milhões de anos, um período chave
  do desenvolvimento da vida na Terra.
                                              http://www.cienciahoje.pt/index.php?oid=9303&op=all
  6.1. Ordena as letras de A a F, de acordo com a sequência dos acontecimentos que ocorrem no
      ciclo celular. Inicia a ordenação pela letra A.
   [A]. Na célula recém-formada há intensa síntese de biomoléculas, formação de organelos e
       crescimento celular.
   [B]. Os cromatídios-irmãos separam-se e ascendem para pólos opostos.
   [C]. Os cromossomas espiralizam e condensam.                                                         4
   [D]. O invólucro nuclear e os nucléolos reorganizam-se.
   [E]. O material genético é duplicado.
   [F]. Os cromossomas dispõem-se na placa equatorial da célula.
  Resposta : A  E  C  F  B  D




                                                   Página 8
Nuno Correia
6.2. Selecciona a única opção que permite obter uma afirmação correcta .
       Um núcleo de uma célula somática em metáfase mitótica apresenta uma quantidade x de DNA.
       Células do mesmo tecido nos períodos G1 e G2 devem apresentar, respectivamente, uma
       quantidade de DNA igual a...
                                                                                                   2
      [A]. 2x e x.
      [B]. x e 2x.
      [C]. x/2 e x.
      [D]. x e x/2.


7. A figura 4 representa diversas etapas do processo meiótico.


  A                      B                    C                  D                    E




                                                  Figura 4
  Ordena as células assinaladas pelas letras de A a E, de acordo com a sequência em que
  ocorrem a nível celular.
                                                                                                   2
  D, C, B, E, A.
7.1. Selecciona a única opção que permite obter uma afirmação correcta.
  Durante o estudo de uma célula em processo de divisão meiótica verificou-se a presença de oito
  tétradas cromatídicas. O número cromossómico das células diplóides dessa espécie é igual a...
      [A]. 16.                                                                                     2
      [B]. 8.
      [C]. 32.
      [D]. 4.
7.2. Selecciona a alternativa que permite preencher os espaços e obter uma afirmação correcta.
  Cada núcleo-filho resultante de uma divisão meiótica apresenta ____ de cromossomas da célula-    4
  mãe e ____ da quantidade de DNA.
      [A]. o mesmo número … 1/2
      [B]. o mesmo número … 1/4
      [C]. metade do número … 1/2
      [D]. metade do número … 1/4
7.3. Selecciona a única opção que permite obter uma afirmação correcta.
  Constitui um acontecimento exclusivo da divisão de um núcleo por meiose...
   [A]. a formação de cromossomas com um cromatídio.                                               4
   [B]. a formação de bivalentes.
   [C]. a ascensão polar dos cromossomas.
   [D]. a disjunção dos cromatídios-irmãos.




                                                   Página 9
Nuno Correia
GRUPO IV
1. Selecciona a opção que completa correctamente a afirmação seguinte:
  Uma das hipóteses mais amplamente aceites na Biologia considera que mitocôndrias e cloro-
  plastos têm origem numa relação simbiótica entre procariontes e eucariontes primitivos.
  A observação que constitui uma evidência correcta para apoiar esta hipótese afirma que...
      [A]. as mitocôndrias são responsáveis pela respiração e os cloroplastos pela fotossíntese.
      [B]. mitocôndrias e cloroplastos apresentam ribossomas, que são responsáveis pela síntese
          proteica.
      [C]. cloroplastos e mitocôndrias são organelos membranares presentes no citoplasma da célula.
      [D]. tanto as mitocôndrias como os cloroplastos apresentam DNA circular, distinto do DNA do
                                                                                                       4
         núcleo.
2. Após a formação dos seres eucarióticos, a vida na Terra apresentava uma grande diversidade. Os
eucariontes reuniam diversas capacidades na mesma célula e competiam entre si pelo alimento e pelo
espaço. A crescente competição levaria ao aparecimento de uma nova classe de seres vivos - os
organismos multicelulares. De facto, a associação entre alguns seres unicelulares poderá ter sido
vantajosa neste ambiente de competição. Os organismos multicelulares terão surgido na Terra há cerca
de 1500 M.a. e, actualmente, dominam o mundo biológico. Relaciona o aparecimento dos seres
multicelulares com a sua actual dominância.
  Tópico 1 – Um ser multicelular, vivo constituido por várias células interdependentes, possui
  algumas vantagens evolutivas, já que possuem maiores dimensões, mantendo-se, contudo,                10
  uma relação área/volume das células ideal para a realização de trocas com o meio.
  Tópico 2 – Possuem maiores diversidades de formas, proporcionando uma melhor adaptação a
  diferentes ambientes.
  Ou
  Tópico – A existência de uma especialização celular permitiu uma utilização de energia de forma
  mais eficaz, por causa da diminuição da taxa metabólica.
  Tópico – Devido à interdependência dos vários sistemas de órgãos e ao consequente equilíbrio
  dinâmico do meio interno, foi possível uma maior independência em relação ao meio ambiente.


3. Analisa o texto seguinte, extraído da revista Newsweek: "Cientistas da Inglaterra e dos Estados
  Unidos fazem um alerta contra o uso exagerado de antibióticos. As bactérias resistentes, de tanto
  serem bombardeadas com penicilinas e inúmeros tipos de antibióticos, prevalecerão sobre as
  normais e, portanto, estamos a caminho de um desastre médico".
(A)       Explicita a forma como Darwin explicaria o aumento progressivo, entre as bactérias, da
  forma resistente a antibióticos.
             Tópico 1 – Variabilidade intra-especifica nas bactérias
             Tópico 2 – Selecção Natural – sobrevivem as bactérias resistentes                         10
             Tópico 3 – Reprodução diferencial – aumento do número de bactérias.




                                                      Página
Nuno Correia                                            10
4. A teoria evolucionista apoiou-se em argumentos para que fosse aceite. Utiliza os argumentos
evolucionistas da chave que se segue para classificar as afirmações.
                    Chave                                                Afirmações
       [A]. Argumento paleontológico   1. O citocromo C é uma proteína comum em todos os organismos
       [B]. Argumento anatómico            aeróbios.
       [C]. Argumento embriológico     2. A área pulmonar dos vertebrados aumenta dos anfíbios aos
       [D]. Argumento bioquímico           mamíferos.
       [E]. Argumento citológico
                                       3. As barbatanas da baleia e do tubarão não apresentam a mesma
                                           organização interna, mas apresentam a mesma função - facilitar a
                                           natação.
                                       4. A Archaeopteryx é um misto de réptil e de ave.
                                       5. A insulina do Homem e do porco difere num reduzido número de
                                           aminoácidos.
                                                                                                               10
                                       '6. A teoria endossimbiótica admite a origem das células eucarióticas
                                           a partir das procarióticas.
                                       7. Os membros posteriores do canguru diferem dos membros
                                           posteriores do cavalo, já que a sua locomoção se efectua de
                                           forma diferente.
                                       8. Os embriões dos mamíferos, tal como os dos peixes, possuem
                                           fossetas branquiais.
                                       9. Uma amiba possui em comum com o Homem a sua organização
                                           celular.




   A                   B               C                   D                   E
   4                   2, 3, 7         8                   1,5                 6,9




                                                                          Bom Trabalho




                                                                                                               200




                                                        Página
Nuno Correia                                              11

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Biologia 11 evolução - exercícios
Biologia 11   evolução - exercíciosBiologia 11   evolução - exercícios
Biologia 11 evolução - exercícios
Nuno Correia
 
Ficha de Exercícios - Unidade 5 (DNA e Síntese Proteica)
Ficha de Exercícios - Unidade 5 (DNA e Síntese Proteica)Ficha de Exercícios - Unidade 5 (DNA e Síntese Proteica)
Ficha de Exercícios - Unidade 5 (DNA e Síntese Proteica)
Isaura Mourão
 
Bg 11 reprodução assexuada (exercícios)
Bg 11   reprodução assexuada (exercícios)Bg 11   reprodução assexuada (exercícios)
Bg 11 reprodução assexuada (exercícios)
Nuno Correia
 
Teste de Biologia (2º Teste) - correcção
Teste de Biologia (2º Teste) - correcçãoTeste de Biologia (2º Teste) - correcção
Teste de Biologia (2º Teste) - correcção
Isaura Mourão
 
1o teste pratico_v1prof-15-16 (1)
1o teste pratico_v1prof-15-16 (1)1o teste pratico_v1prof-15-16 (1)
1o teste pratico_v1prof-15-16 (1)
ecolealcamara
 
Biologia 11 (1º Teste 1º Período)
Biologia 11 (1º Teste 1º Período)Biologia 11 (1º Teste 1º Período)
Biologia 11 (1º Teste 1º Período)
Isaura Mourão
 
Bg 11 diferenciação celular (exercícios)
Bg 11   diferenciação celular (exercícios)Bg 11   diferenciação celular (exercícios)
Bg 11 diferenciação celular (exercícios)
Nuno Correia
 
Teste de Biologia (3º Teste) - Global - correcção
Teste de Biologia (3º Teste) - Global - correcçãoTeste de Biologia (3º Teste) - Global - correcção
Teste de Biologia (3º Teste) - Global - correcção
Isaura Mourão
 

Mais procurados (20)

Biologia 11 evolução - exercícios
Biologia 11   evolução - exercíciosBiologia 11   evolução - exercícios
Biologia 11 evolução - exercícios
 
Ficha de Exercícios - Unidade 5 (DNA e Síntese Proteica)
Ficha de Exercícios - Unidade 5 (DNA e Síntese Proteica)Ficha de Exercícios - Unidade 5 (DNA e Síntese Proteica)
Ficha de Exercícios - Unidade 5 (DNA e Síntese Proteica)
 
Bg 11 reprodução assexuada (exercícios)
Bg 11   reprodução assexuada (exercícios)Bg 11   reprodução assexuada (exercícios)
Bg 11 reprodução assexuada (exercícios)
 
Ciclos de vida - exercicios
Ciclos de vida - exerciciosCiclos de vida - exercicios
Ciclos de vida - exercicios
 
Teste de Biologia (2º Teste) - correcção
Teste de Biologia (2º Teste) - correcçãoTeste de Biologia (2º Teste) - correcção
Teste de Biologia (2º Teste) - correcção
 
ciclos de vida - exercicios
ciclos de vida - exerciciosciclos de vida - exercicios
ciclos de vida - exercicios
 
Teste 2 versão ii
Teste 2 versão iiTeste 2 versão ii
Teste 2 versão ii
 
Exercicios de exame bio11
Exercicios de exame bio11Exercicios de exame bio11
Exercicios de exame bio11
 
1o teste pratico_v1prof-15-16 (1)
1o teste pratico_v1prof-15-16 (1)1o teste pratico_v1prof-15-16 (1)
1o teste pratico_v1prof-15-16 (1)
 
Ciclos de vida - exercícios
Ciclos de vida - exercíciosCiclos de vida - exercícios
Ciclos de vida - exercícios
 
Ficha acidos nucleicos- síntese proteica
Ficha acidos nucleicos- síntese proteicaFicha acidos nucleicos- síntese proteica
Ficha acidos nucleicos- síntese proteica
 
BG11_T4a_2022.pdf
BG11_T4a_2022.pdfBG11_T4a_2022.pdf
BG11_T4a_2022.pdf
 
Biologia 11 (1º Teste 1º Período)
Biologia 11 (1º Teste 1º Período)Biologia 11 (1º Teste 1º Período)
Biologia 11 (1º Teste 1º Período)
 
FT 4 - CICLOS DE VIDA
FT 4 - CICLOS DE VIDAFT 4 - CICLOS DE VIDA
FT 4 - CICLOS DE VIDA
 
Ficha Formativa - Rochas
Ficha Formativa - RochasFicha Formativa - Rochas
Ficha Formativa - Rochas
 
Ficha5 bg11 2122
Ficha5 bg11 2122Ficha5 bg11 2122
Ficha5 bg11 2122
 
ciclos de vida - exercicios
ciclos de vida - exerciciosciclos de vida - exercicios
ciclos de vida - exercicios
 
Bg 11 diferenciação celular (exercícios)
Bg 11   diferenciação celular (exercícios)Bg 11   diferenciação celular (exercícios)
Bg 11 diferenciação celular (exercícios)
 
Teste de Biologia (3º Teste) - Global - correcção
Teste de Biologia (3º Teste) - Global - correcçãoTeste de Biologia (3º Teste) - Global - correcção
Teste de Biologia (3º Teste) - Global - correcção
 
Areal teste 11 bg_outubro 2021
Areal teste 11 bg_outubro 2021Areal teste 11 bg_outubro 2021
Areal teste 11 bg_outubro 2021
 

Destaque

Ficha de Revisões - DNA e Síntese Proteica (com soluções)
Ficha de Revisões -  DNA e Síntese Proteica (com soluções)Ficha de Revisões -  DNA e Síntese Proteica (com soluções)
Ficha de Revisões - DNA e Síntese Proteica (com soluções)
Isaura Mourão
 
Ficha de Trabalho nr 3 - Experiência de Hershey e Chase
Ficha de Trabalho nr 3 - Experiência de Hershey e ChaseFicha de Trabalho nr 3 - Experiência de Hershey e Chase
Ficha de Trabalho nr 3 - Experiência de Hershey e Chase
Isaura Mourão
 
Teste de Biologia 11 (3º Teste) - Global
Teste de Biologia 11 (3º Teste) - GlobalTeste de Biologia 11 (3º Teste) - Global
Teste de Biologia 11 (3º Teste) - Global
Isaura Mourão
 
Teste de Biologia (3º Teste) - Global
Teste de Biologia (3º Teste) - GlobalTeste de Biologia (3º Teste) - Global
Teste de Biologia (3º Teste) - Global
Isaura Mourão
 
Teste de Biologia 11 (3º Teste) - Global - correcção
Teste de Biologia 11 (3º Teste) - Global - correcçãoTeste de Biologia 11 (3º Teste) - Global - correcção
Teste de Biologia 11 (3º Teste) - Global - correcção
Isaura Mourão
 
Teste de Avaliação nr. 1 (Biologia 10º)
Teste de Avaliação nr. 1 (Biologia 10º)Teste de Avaliação nr. 1 (Biologia 10º)
Teste de Avaliação nr. 1 (Biologia 10º)
Isaura Mourão
 
Biologia - Sistema Nervoso
Biologia - Sistema NervosoBiologia - Sistema Nervoso
Biologia - Sistema Nervoso
Isaura Mourão
 
Teste de Biologia e Geologia 10º (1º Teste 2º Período) correcção
Teste de Biologia e Geologia 10º (1º Teste 2º Período) correcçãoTeste de Biologia e Geologia 10º (1º Teste 2º Período) correcção
Teste de Biologia e Geologia 10º (1º Teste 2º Período) correcção
Isaura Mourão
 
EXERCÍCIOS DOS TESTES INTERMÉDIOS
EXERCÍCIOS DOS TESTES INTERMÉDIOSEXERCÍCIOS DOS TESTES INTERMÉDIOS
EXERCÍCIOS DOS TESTES INTERMÉDIOS
sandranascimento
 
Biologia 11 diferenciação celular
Biologia 11   diferenciação celularBiologia 11   diferenciação celular
Biologia 11 diferenciação celular
Nuno Correia
 
Bg 11 preparação para o teste de avaliação de biologia - exercícios
Bg 11   preparação para o teste de avaliação de biologia - exercíciosBg 11   preparação para o teste de avaliação de biologia - exercícios
Bg 11 preparação para o teste de avaliação de biologia - exercícios
Nuno Correia
 
Ficha Informativa - Biomoléculas
Ficha Informativa - BiomoléculasFicha Informativa - Biomoléculas
Ficha Informativa - Biomoléculas
Isaura Mourão
 
Ficha Informativa - Esquema da Célula
Ficha Informativa - Esquema da CélulaFicha Informativa - Esquema da Célula
Ficha Informativa - Esquema da Célula
Isaura Mourão
 
Ti inf teste_bg11_dez2013
Ti inf teste_bg11_dez2013Ti inf teste_bg11_dez2013
Ti inf teste_bg11_dez2013
margaridabt
 

Destaque (19)

Ficha de Revisões - DNA e Síntese Proteica (com soluções)
Ficha de Revisões -  DNA e Síntese Proteica (com soluções)Ficha de Revisões -  DNA e Síntese Proteica (com soluções)
Ficha de Revisões - DNA e Síntese Proteica (com soluções)
 
Ficha de Trabalho nr 3 - Experiência de Hershey e Chase
Ficha de Trabalho nr 3 - Experiência de Hershey e ChaseFicha de Trabalho nr 3 - Experiência de Hershey e Chase
Ficha de Trabalho nr 3 - Experiência de Hershey e Chase
 
Teste de Biologia 11 (3º Teste) - Global
Teste de Biologia 11 (3º Teste) - GlobalTeste de Biologia 11 (3º Teste) - Global
Teste de Biologia 11 (3º Teste) - Global
 
Teste de Biologia (3º Teste) - Global
Teste de Biologia (3º Teste) - GlobalTeste de Biologia (3º Teste) - Global
Teste de Biologia (3º Teste) - Global
 
Teste de Biologia 11 (3º Teste) - Global - correcção
Teste de Biologia 11 (3º Teste) - Global - correcçãoTeste de Biologia 11 (3º Teste) - Global - correcção
Teste de Biologia 11 (3º Teste) - Global - correcção
 
Teste de Avaliação nr. 1 (Biologia 10º)
Teste de Avaliação nr. 1 (Biologia 10º)Teste de Avaliação nr. 1 (Biologia 10º)
Teste de Avaliação nr. 1 (Biologia 10º)
 
Biologia - Sistema Nervoso
Biologia - Sistema NervosoBiologia - Sistema Nervoso
Biologia - Sistema Nervoso
 
EXERCÍCIOS DE EXAMES
EXERCÍCIOS DE EXAMESEXERCÍCIOS DE EXAMES
EXERCÍCIOS DE EXAMES
 
Teste de Biologia e Geologia 10º (1º Teste 2º Período) correcção
Teste de Biologia e Geologia 10º (1º Teste 2º Período) correcçãoTeste de Biologia e Geologia 10º (1º Teste 2º Período) correcção
Teste de Biologia e Geologia 10º (1º Teste 2º Período) correcção
 
Biologia e geologia apresentação
Biologia e geologia apresentaçãoBiologia e geologia apresentação
Biologia e geologia apresentação
 
EXERCÍCIOS DOS TESTES INTERMÉDIOS
EXERCÍCIOS DOS TESTES INTERMÉDIOSEXERCÍCIOS DOS TESTES INTERMÉDIOS
EXERCÍCIOS DOS TESTES INTERMÉDIOS
 
Actos Ilocutórios
Actos IlocutóriosActos Ilocutórios
Actos Ilocutórios
 
Ciclos de vida
Ciclos de vidaCiclos de vida
Ciclos de vida
 
Biologia 11 diferenciação celular
Biologia 11   diferenciação celularBiologia 11   diferenciação celular
Biologia 11 diferenciação celular
 
Bg 11 preparação para o teste de avaliação de biologia - exercícios
Bg 11   preparação para o teste de avaliação de biologia - exercíciosBg 11   preparação para o teste de avaliação de biologia - exercícios
Bg 11 preparação para o teste de avaliação de biologia - exercícios
 
Ficha Informativa - Biomoléculas
Ficha Informativa - BiomoléculasFicha Informativa - Biomoléculas
Ficha Informativa - Biomoléculas
 
Ficha Informativa - Esquema da Célula
Ficha Informativa - Esquema da CélulaFicha Informativa - Esquema da Célula
Ficha Informativa - Esquema da Célula
 
Ti inf teste_bg11_dez2013
Ti inf teste_bg11_dez2013Ti inf teste_bg11_dez2013
Ti inf teste_bg11_dez2013
 
1S- Exercícios divisão celular 70 questoes- respondida
1S- Exercícios divisão celular   70 questoes- respondida1S- Exercícios divisão celular   70 questoes- respondida
1S- Exercícios divisão celular 70 questoes- respondida
 

Semelhante a Teste de Biologia (2º Teste) - Biologia 11 (correcção)

Teste de Biologia (2º Teste)
Teste de Biologia (2º Teste)Teste de Biologia (2º Teste)
Teste de Biologia (2º Teste)
Isaura Mourão
 
Treinamento cariologia
Treinamento cariologiaTreinamento cariologia
Treinamento cariologia
emanuel
 
Aula de correcção nr. 1
Aula de correcção nr. 1Aula de correcção nr. 1
Aula de correcção nr. 1
Nuno Correia
 

Semelhante a Teste de Biologia (2º Teste) - Biologia 11 (correcção) (20)

Teste de Biologia (2º Teste)
Teste de Biologia (2º Teste)Teste de Biologia (2º Teste)
Teste de Biologia (2º Teste)
 
Treinamento cariologia
Treinamento cariologiaTreinamento cariologia
Treinamento cariologia
 
3 ano atividade 1 respostas
3 ano atividade 1 respostas3 ano atividade 1 respostas
3 ano atividade 1 respostas
 
Td 05 bio i síntese proteica
Td 05 bio i síntese proteicaTd 05 bio i síntese proteica
Td 05 bio i síntese proteica
 
Exercícios recup 1 s _3bim
Exercícios  recup   1 s _3bimExercícios  recup   1 s _3bim
Exercícios recup 1 s _3bim
 
Exercícios recup 1 s _3bim
Exercícios  recup   1 s _3bimExercícios  recup   1 s _3bim
Exercícios recup 1 s _3bim
 
Cromossomas e mutações
Cromossomas e mutaçõesCromossomas e mutações
Cromossomas e mutações
 
ESTUDO DIRIGIDO (01/2016) Citologia e divisão celular
ESTUDO DIRIGIDO (01/2016) Citologia e divisão celularESTUDO DIRIGIDO (01/2016) Citologia e divisão celular
ESTUDO DIRIGIDO (01/2016) Citologia e divisão celular
 
Genética, evolucao e ecologia lista 1
Genética, evolucao e ecologia lista 1Genética, evolucao e ecologia lista 1
Genética, evolucao e ecologia lista 1
 
lista de estatistica
lista de estatisticalista de estatistica
lista de estatistica
 
3 s lista_1bim dia 16 de março
3 s lista_1bim dia 16 de março3 s lista_1bim dia 16 de março
3 s lista_1bim dia 16 de março
 
Prova
ProvaProva
Prova
 
Teste de Avaliação 11.º Ano 2.pdf
Teste de Avaliação 11.º Ano 2.pdfTeste de Avaliação 11.º Ano 2.pdf
Teste de Avaliação 11.º Ano 2.pdf
 
Aula de correcção nr. 1
Aula de correcção nr. 1Aula de correcção nr. 1
Aula de correcção nr. 1
 
T.D CITOLOGIA
T.D CITOLOGIAT.D CITOLOGIA
T.D CITOLOGIA
 
11 BG Dez 09
11 BG Dez 0911 BG Dez 09
11 BG Dez 09
 
Teste 1 versão ii
Teste 1 versão iiTeste 1 versão ii
Teste 1 versão ii
 
BG11_T2a_21_CC.pdf
BG11_T2a_21_CC.pdfBG11_T2a_21_CC.pdf
BG11_T2a_21_CC.pdf
 
O Microcosmo Bacteriano
O Microcosmo BacterianoO Microcosmo Bacteriano
O Microcosmo Bacteriano
 
Td 5 biologia i
Td 5   biologia iTd 5   biologia i
Td 5 biologia i
 

Mais de Isaura Mourão

Mais de Isaura Mourão (20)

UFCD-pele e a sua integridade - ensino profissional.pdf
UFCD-pele e a sua integridade -  ensino profissional.pdfUFCD-pele e a sua integridade -  ensino profissional.pdf
UFCD-pele e a sua integridade - ensino profissional.pdf
 
BiologiaProfissional Planificação completa.pdf
BiologiaProfissional Planificação completa.pdfBiologiaProfissional Planificação completa.pdf
BiologiaProfissional Planificação completa.pdf
 
Powerpoint de Sismologia - Completo.pdf10º ano de escolaridade
Powerpoint de Sismologia - Completo.pdf10º ano de escolaridadePowerpoint de Sismologia - Completo.pdf10º ano de escolaridade
Powerpoint de Sismologia - Completo.pdf10º ano de escolaridade
 
bg10 - outubro com principios e correção.docx
bg10 - outubro com principios e correção.docxbg10 - outubro com principios e correção.docx
bg10 - outubro com principios e correção.docx
 
Tectónica de placas (1).pptx
Tectónica de placas (1).pptxTectónica de placas (1).pptx
Tectónica de placas (1).pptx
 
2 - Biossíntese de proteínas.pptx
2 - Biossíntese de proteínas.pptx2 - Biossíntese de proteínas.pptx
2 - Biossíntese de proteínas.pptx
 
Doencas de Pele (1).ppt
Doencas de Pele (1).pptDoencas de Pele (1).ppt
Doencas de Pele (1).ppt
 
62 Arquivos históricos da Terra.pptx
62 Arquivos históricos da Terra.pptx62 Arquivos históricos da Terra.pptx
62 Arquivos históricos da Terra.pptx
 
odis11_bio_ppt_cap6.pptx
odis11_bio_ppt_cap6.pptxodis11_bio_ppt_cap6.pptx
odis11_bio_ppt_cap6.pptx
 
BIOLOGIA11_Rmag.Aula Nº 1.pptx
BIOLOGIA11_Rmag.Aula Nº 1.pptxBIOLOGIA11_Rmag.Aula Nº 1.pptx
BIOLOGIA11_Rmag.Aula Nº 1.pptx
 
56 Argumentos do evolucionismo.pptx
56 Argumentos do evolucionismo.pptx56 Argumentos do evolucionismo.pptx
56 Argumentos do evolucionismo.pptx
 
63 Rochas magmáticas.pptx
63 Rochas magmáticas.pptx63 Rochas magmáticas.pptx
63 Rochas magmáticas.pptx
 
11º PTAS- RESUMO Sistema urinário.pptx
11º PTAS- RESUMO Sistema urinário.pptx11º PTAS- RESUMO Sistema urinário.pptx
11º PTAS- RESUMO Sistema urinário.pptx
 
50 Ciclo celular (3).pptx
50 Ciclo celular (3).pptx50 Ciclo celular (3).pptx
50 Ciclo celular (3).pptx
 
51 Reprodução assexuada (1).pptx
51 Reprodução assexuada (1).pptx51 Reprodução assexuada (1).pptx
51 Reprodução assexuada (1).pptx
 
1- DNA.pptx
1- DNA.pptx1- DNA.pptx
1- DNA.pptx
 
48 DNA.pptx
48 DNA.pptx48 DNA.pptx
48 DNA.pptx
 
M5-nervoso.pptx
M5-nervoso.pptxM5-nervoso.pptx
M5-nervoso.pptx
 
Trocas gasosas.pptx
Trocas gasosas.pptxTrocas gasosas.pptx
Trocas gasosas.pptx
 
Alcoolismo.ppt
Alcoolismo.pptAlcoolismo.ppt
Alcoolismo.ppt
 

Teste de Biologia (2º Teste) - Biologia 11 (correcção)

  • 1. Teste de Biologia e Geologia 11º Nome : ___________________________________ Nr. _____ Avaliação: _______________________ Notas: Cotação/Correcção GRUPO I Descobertas surpreendentes têm sido feitas sobre o papel crucial da porção do material genético que não traz informação para a síntese de proteínas. Esse ‘patinho feio’ molecular, que constitui mais de 98% do genoma humano designado de ‘DNA lixo’, começa a ganhar a forma de ‘cisne’. http://www.cienciamao.usp.br 1. Classifica como verdadeira (V) ou falsa (F) cada uma das seguintes afirmações relativas à molécula de DNA. [A]. As duas cadeias polinucleotídicas do DNA são antiparalelas. [B]. As duas cadeias do DNA estabelecem ligações covalentes entre bases azotadas complementares. 4 [C]. Em cada molécula, a quantidade de nucleótidos de Adenina + nucleótidos de Citosina é idêntica à quantidade de nucleótidos de Timina + nucleótidos de Guanina. [D]. O seu grau de condensação é variável ao longo do ciclo celular. 2. Uma porção de uma cadeia polipeptídica apresenta a seguinte sequência de aminoácidos: ... – Serina – Lisina – Glicina – ... Na síntese desta porção intervieram os tRNA representados na figura 1. Indica a constituição do gene responsável pela sequência dos aminoácidos representada. Menciona todos os passos 10 necessários e assinala o sentido da orientação das moléculas. Figura 1 Anticodões: ACG UUG CCU mRNA: 5' UGC AAC GGA 3' DNA: 3' ACG TTG CCT 5' 1º Tópico: mRNA 2º Tópico: porção do gene (DNA) 3º Tópico: orientação correcta das moléculas Página 1 Nuno Correia
  • 2. 3. Selecciona a única opção que permite obter uma afirmação correcta. Um mRNA pode ser lido sequencialmente por vários ribossomas. Este fenómeno permite... 3 [A]. uma organização mais eficiente dos ribossomas no citoplasma. [B]. a formação de proteínas constituídas por várias cadeias polipeptídicas. [C]. a síntese de proteínas formadas por um elevado número de aminoácidos. [D]. a produção de várias proteínas iguais a partir de uma única molécula de RNA. 4. Selecciona a alternativa que permite preencher os espaços e obter uma afirmação correcta. Durante o processo de replicação do DNA podem ocorrer alterações do material genético que não provocam efeito nos polipéptidos codificados. A ocorrência de mutações silenciosas pode explicar- 4 se porque o código genético ____ uma vez que ____. [A]. não é ambíguo … vários tripletos podem codificar o mesmo aminoácido. [B]. não é ambíguo … o mesmo tripleto pode codificar aminoácidos diferentes. [C]. é redundante … vários tripletos podem codificar o mesmo aminoácido. [D]. é redundante … o mesmo tripleto pode codificar aminoácidos diferentes. 5. As afirmações seguintes dizem respeito aos ácidos nucleicos das células eucarióticas. Selecciona a alternativa que as avalia correctamente. 1. O DNA localiza-se unicamente no núcleo. 2. O mRNA, o tRNA e o rRNA formam-se por complementaridade de bases a partir do DNA. 3. O RNA é constituído por desoxirribonucleótidos organizados numa cadeia simples. 4 [A]. 2 é verdadeira; 1 e 3 são falsas. [B]. 3 é verdadeira; 1 e 2 são falsas. [C]. 1 e 2 são verdadeiras; 3 é falsa [D]. 1 e 3 são verdadeiras; 2 é falsa 6. A síntese de uma proteína é um processo complexo, preciso e extremamente rápido que envolve várias estruturas, como, por exemplo, a enzima RNA-polimerase. Explica por que razão a alteração do pH de uma célula pode levar à inibição da síntese proteica. A síntese proteica pode ser inibida através da alteração do pH da célula, visto que é um mecanismo que envolve enzimas (RNA-polimerase), sendo estas de composição proteica. As 10 proteínas, quando colocadas em diferente pH, desnaturam, o que provoca alteração da sua estrutura e, como tal, inibe o seu funcionamento. Deste modo, estando a RNA-polimerase inibida não ocorre transcrição e, por isso, não se realiza síntese proteica. Página 2 Nuno Correia
  • 3. GRUPO II 1. Os seres vivos apresentam estratégias de reprodução muito variadas. As abelhas vivem em sociedades constituídas por três castas de indivíduos morfologicamente diferentes: a rainha, os zangãos e as obreiras. A rainha, a única fêmea fértil da colmeia, produz dois tipos de ovos os quais originam fêmeas e machos geneticamente diferentes: as fêmeas originam-se a partir de ovos fecundados, enquanto os machos se desenvolvem de óvulos não fecundados. 1.1. Selecciona a alternativa que permite preencher os espaços e obter uma afirmação correcta. Sabendo que as abelhas Apis mellifica têm 2n = 32 cromossomas, uma célula-mãe dos espermatozóides desta espécie, no início da divisão nuclear, apresenta ____ cromossomas e ____ cromatídios. [A]. 16 … 16 [B]. 16 … 32 4 [C]. 32 … 32 [D]. 32 … 64 1.2. As afirmações seguintes dizem respeito à reprodução nas abelhas. Selecciona a alternativa que as avalia correctamente. 1. Os zangãos não têm pai. 2. Só as abelhas rainhas são originadas de ovos fecundados. 3. As células somáticas e os gâmetas de um zangão têm a mesma informação genética. 4 [A]. 2 é verdadeira; 1 e 3 são falsas. [B]. 3 é verdadeira; 1 e 2 são falsas. [C]. 1 e 2 são verdadeiras; 3 é falsa. [D]. 1 e 3 são verdadeiras; 2 é falsa. 1.3. Nos diversos processos de reprodução assexuada, os descendentes são geralmente idênticos entre si e ao progenitor, do qual recebem todos os genes. Explica por que razão a partenogénese nas abelhas constitui uma excepção a esta afirmação. 20 1º Tópico: A rep assexuada tem por base fenómenos de divisão mitótica e consequentemente os descendentes apresentam a mesma constituição genética que o progenitor; 2º Tópico: Como os zangãos são formados a partir de óvulos não fecundados, são constituídos por células haplóides, apresentando apenas um cromossoma de cada par de homólogos da mãe. Página 3 Nuno Correia
  • 4. 2. Os afídios são pequenos insectos que se alimentam da seiva elaborada de certas plantas. Ao longo da Primavera e Verão aumentam rapidamente de número, originando apenas fêmeas. No fim do Verão nascem fêmeas e machos. Após o acasalamento, as fêmeas põem ovos resistentes que ficam em estado de vida latente até à Primavera. 2.1. Classifica como verdadeira (V) ou falsa (F) cada uma das seguintes afirmações relativas à reprodução dos afídios. [A]. Os afídios mudam de sexo em função das condições ambientais. 4 [B]. Os machos surgem quando as condições do meio se tornam desfavoráveis. [C]. Durante a Primavera e o Verão ocorre auto-fecundação nos afídios. [D]. No fim do Verão, os machos e as fêmeas nascem por um processo assexuado. 2.2. Os afídios apresentam no seu ciclo de vida reprodução sexuada e assexuada. Explica de que modo estes dois processos de reprodução têm vantagens para os afídios. 1º Tópico: Na rep assexuada/partenogénese os afídios originam rapidamente um elevado númerode descendentes geneticamente homogéneos quando as condições ambientais são 20 favoráveis; 2º Tópico: Quando as condições do meio se tornam desfavoráveis, ocorre a rep sexuada que dá origem a ovos resistentes que permanecem em latência até à Primavera seguinte. 3º Tópico: A rep sexuada ao introduzir variabilidade genética, permite que na Primavera seguinte se desenvolvam os afídios que apresentam o conjunto génico / fenótipos favoráveis (reproduzindo-se então assexuadamente). 3. Selecciona a única opção que permite obter uma afirmação correcta. Todos os ciclos de vida com reprodução sexuada apresentam vários aspectos em comum, excepto a seguinte característica ... [A]. a haplofase inicia-se com a formação dos gâmetas. [B]. existe alternância de fases nucleares. 4 [C]. existem fenómenos de recombinação genética. [D]. a diplofase inicia-se com a formação do zigoto. Página 4 Nuno Correia
  • 5. 4. Faz corresponder a cada um dos exemplos mencionados na coluna A, o respectivo conceito da reprodução sexuada nos animais referido na coluna B. COLUNA A COLUNA B [A]. Nos pinguins, o macho lança os espermatozóides na 10 cloaca da fêmea. Os espermatozóides nadam em direcção aos óvulos, ocorrendo a fecundação próximo 1. Hermafroditismo insuficiente do ovário. 2. Autofecundação [B]. Os machos dos pirilampos, durante o vôo, emitem 3. Dimorfismo sexual sequências de clarões a que as fêmeas da mesma 4. Desenvolvimento directo do espécie respondem prontamente. embrião [C]. No verme adulto da Fascíola hepática os seus 5. Desenvolvimento indirecto espermatozóides fecundam os seus próprios óvulos. do embrião [D]. No veado, os machos apresentam um par de hastes 6. Fecundação interna na cabeça, o tórax mais forte e, na altura do 7. Fecundação externa acasalamento, o pescoço fica mais espesso devido 8. Parada nupcial aos pêlos muito compridos que aí se desenvolvem. [E]. A minhoca deposita um casulo cheio de ovos no solo do qual nascerão, mais tarde, pequeninas minhocas. Resposta A B C D E 6 8 2 3 4 5. Selecciona a única opção que permite obter uma afirmação correcta. As plantas que apresentam polinização anemófila (pelo vento)... 4 [A]. desenvolvem-se em locais ventosos. [B]. têm flores coloridas e perfumadas. [C]. produzem pólen leve e abundante. [D]. não produzem flores. Espaço que pode ser utilizado para continuar uma resposta: Página 5 Nuno Correia
  • 6. 6. A figura 2 apresenta as principais etapas do processo de micropopagação de plantas por cultura in vitro. Figura 2 6.1. Classifica como verdadeira (V) ou falsa (F) cada uma das afirmações seguintes relativas à interpretação dos dados da figura 2. [A]. É necessária apenas uma pequena parte da planta-mãe para a obtenção das plântulas. [B]. As características genéticas da descendência são alteradas devido às técnicas utilizadas. [C]. A diferenciação celular é um processo irreversível. 4 [D]. Neste processo de propagação de plantas ocorre alternância de fases nucleares. 6.2. Selecciona a única opção que permite obter uma afirmação correcta. As células dos gomos repicados, quando colocadas em meios de cultura adequados, deram origem a plantas completas. Esta capacidade designa-se... 4 [A]. gemulação. [B]. fragmentação. [C]. totipotência. [D]. clonagem. Espaço que pode ser utilizado para continuar uma resposta: Página 6 Nuno Correia
  • 7. GRUPO III Os Fungos multicelulares são constituídos por uma rede de filamentos ramificados chamados hifas e cujo conjunto se designa por micélio. As hifas podem apresentar diferentes formas. No bolor negro do pão, Rhizopus nigricans, representado na fig. 3, formam-se hifas verticais - esporangióforos - em cujas extremidades se diferenciam esporângios. Em Rhizopus nigricans, embora predomine a reprodução assexuada, pode também ocorrer reprodução sexuada. Tal só acontece quando hifas de estirpes diferentes (micélio + e micélio ) entram em contacto. O processo de diferenciação dos gâmetas, consiste simplesmente na formação de um septo na extremidade das ramificações de uma hifa + e de uma hifa . Estes dois gâmetas fundem-se originando um zigoto que cria em sua volta uma parede protectora muito espessa, designando-se então por zigósporo. O zigósporo pode permanecer muito tempo num estado de dormência, esperando condições do meio favoráveis para germinar. Durante este período, o núcleo experimenta uma meiose e o zigósporo forma uma hifa portadora de um esporângio, dentro do qual se formarão muitos esporos. 1. Classifica como verdadeira (V) ou falsa (F) cada uma das afirmações seguintes relativas ao ciclo de vida de Rhizopus nigricans. [A]. Verifica-se alternância de gerações. [B]. Os gâmetas resultam de um processo de diferenciação de porções da estrutura vegetativa. [C]. No seu ciclo de vida predomina a haplofase. [D]. Pode ocorrer união entre gâmetas originados na extremidade de hifas pertencentes ao mesmo micélio. 10 [E]. Formam-se entidades de núcleo diplóide apenas em estadios da reprodução sexuada. [F]. As hifas vegetativas formam-se a partir da germinação de esporos. [G]. Apresenta meiose pré-gamética. [H]. O mesmo micélio produz gâmetas com diferentes combinações genéticas. 2, Selecciona a única opção que permite obter uma afirmação correcta. Uma observação microscópica permite encontrar cromossomas homólogos... 4 [A]. no zigósporo. [B]. no esporangióforo. [C]. nas hifas vegetativas. [D]. nos gâmetas. Página 7 Nuno Correia
  • 8. 3. Selecciona a alternativa que permite preencher os espaços e obter uma afirmação correcta. No interior dos esporângios de Rhizopus nigricans, as células-mães dos esporos apresentam ____ 4 cromossomas; quando os seus núcleos se dividem, o número de cromossomas ____. [A]. 2n … mantém-se. [B]. n … mantém-se. [C]. 2n … é reduzido para metade. [D]. n … é reduzido para metade. 4. Selecciona a única opção que permite obter uma afirmação correcta. Rhizopus nigricans apresenta diferentes tipos de hifas que desempenham funções diferentes 4 devidas... [A]. ao grau de desenvolvimento do organismo. [B]. à influência dos factores ambientais. [C]. à disponibilidade de alimentos. [D]. a uma expressão diferenciada dos genes. 5. Baseando-te na análise do ciclo de vida de Rhizopus nigricans, explica de que modo a reprodução sexuada contribui para a diversidade genética desta espécie. 1º Tópico: Na fecundação, a união de gâmetas permite a combinação de genes provenientes de micélios diferentes. 2º Tópico: O zigósporo, ao sofrer meiose, permite fenómenos de recombinação genética 10 (crossing-over e disjunção dos cromossomas homólogos) originando hifas portadoras de informação genética diferente. 6. Uma equipa internacional de investigadores descobriu indícios de divisão celular em embriões fossilizados de organismos com mais de 550 milhões de anos encontrados na China, indica um estudo hoje divulgado. Ao examinar os fósseis com uma técnica de imagiologia por raios-X, este grupo de 15 cientistas constatou também que as células embrionárias estavam num processo de divisão, segundo o estudo, publicado na revista Science. A descoberta mostra a complexidade da vida 10 milhões de anos antes da explosão da biodiversidade ocorrida entre 600 e 520 milhões de anos, um período chave do desenvolvimento da vida na Terra. http://www.cienciahoje.pt/index.php?oid=9303&op=all 6.1. Ordena as letras de A a F, de acordo com a sequência dos acontecimentos que ocorrem no ciclo celular. Inicia a ordenação pela letra A. [A]. Na célula recém-formada há intensa síntese de biomoléculas, formação de organelos e crescimento celular. [B]. Os cromatídios-irmãos separam-se e ascendem para pólos opostos. [C]. Os cromossomas espiralizam e condensam. 4 [D]. O invólucro nuclear e os nucléolos reorganizam-se. [E]. O material genético é duplicado. [F]. Os cromossomas dispõem-se na placa equatorial da célula. Resposta : A  E  C  F  B  D Página 8 Nuno Correia
  • 9. 6.2. Selecciona a única opção que permite obter uma afirmação correcta . Um núcleo de uma célula somática em metáfase mitótica apresenta uma quantidade x de DNA. Células do mesmo tecido nos períodos G1 e G2 devem apresentar, respectivamente, uma quantidade de DNA igual a... 2 [A]. 2x e x. [B]. x e 2x. [C]. x/2 e x. [D]. x e x/2. 7. A figura 4 representa diversas etapas do processo meiótico. A B C D E Figura 4 Ordena as células assinaladas pelas letras de A a E, de acordo com a sequência em que ocorrem a nível celular. 2 D, C, B, E, A. 7.1. Selecciona a única opção que permite obter uma afirmação correcta. Durante o estudo de uma célula em processo de divisão meiótica verificou-se a presença de oito tétradas cromatídicas. O número cromossómico das células diplóides dessa espécie é igual a... [A]. 16. 2 [B]. 8. [C]. 32. [D]. 4. 7.2. Selecciona a alternativa que permite preencher os espaços e obter uma afirmação correcta. Cada núcleo-filho resultante de uma divisão meiótica apresenta ____ de cromossomas da célula- 4 mãe e ____ da quantidade de DNA. [A]. o mesmo número … 1/2 [B]. o mesmo número … 1/4 [C]. metade do número … 1/2 [D]. metade do número … 1/4 7.3. Selecciona a única opção que permite obter uma afirmação correcta. Constitui um acontecimento exclusivo da divisão de um núcleo por meiose... [A]. a formação de cromossomas com um cromatídio. 4 [B]. a formação de bivalentes. [C]. a ascensão polar dos cromossomas. [D]. a disjunção dos cromatídios-irmãos. Página 9 Nuno Correia
  • 10. GRUPO IV 1. Selecciona a opção que completa correctamente a afirmação seguinte: Uma das hipóteses mais amplamente aceites na Biologia considera que mitocôndrias e cloro- plastos têm origem numa relação simbiótica entre procariontes e eucariontes primitivos. A observação que constitui uma evidência correcta para apoiar esta hipótese afirma que... [A]. as mitocôndrias são responsáveis pela respiração e os cloroplastos pela fotossíntese. [B]. mitocôndrias e cloroplastos apresentam ribossomas, que são responsáveis pela síntese proteica. [C]. cloroplastos e mitocôndrias são organelos membranares presentes no citoplasma da célula. [D]. tanto as mitocôndrias como os cloroplastos apresentam DNA circular, distinto do DNA do 4 núcleo. 2. Após a formação dos seres eucarióticos, a vida na Terra apresentava uma grande diversidade. Os eucariontes reuniam diversas capacidades na mesma célula e competiam entre si pelo alimento e pelo espaço. A crescente competição levaria ao aparecimento de uma nova classe de seres vivos - os organismos multicelulares. De facto, a associação entre alguns seres unicelulares poderá ter sido vantajosa neste ambiente de competição. Os organismos multicelulares terão surgido na Terra há cerca de 1500 M.a. e, actualmente, dominam o mundo biológico. Relaciona o aparecimento dos seres multicelulares com a sua actual dominância. Tópico 1 – Um ser multicelular, vivo constituido por várias células interdependentes, possui algumas vantagens evolutivas, já que possuem maiores dimensões, mantendo-se, contudo, 10 uma relação área/volume das células ideal para a realização de trocas com o meio. Tópico 2 – Possuem maiores diversidades de formas, proporcionando uma melhor adaptação a diferentes ambientes. Ou Tópico – A existência de uma especialização celular permitiu uma utilização de energia de forma mais eficaz, por causa da diminuição da taxa metabólica. Tópico – Devido à interdependência dos vários sistemas de órgãos e ao consequente equilíbrio dinâmico do meio interno, foi possível uma maior independência em relação ao meio ambiente. 3. Analisa o texto seguinte, extraído da revista Newsweek: "Cientistas da Inglaterra e dos Estados Unidos fazem um alerta contra o uso exagerado de antibióticos. As bactérias resistentes, de tanto serem bombardeadas com penicilinas e inúmeros tipos de antibióticos, prevalecerão sobre as normais e, portanto, estamos a caminho de um desastre médico". (A) Explicita a forma como Darwin explicaria o aumento progressivo, entre as bactérias, da forma resistente a antibióticos. Tópico 1 – Variabilidade intra-especifica nas bactérias Tópico 2 – Selecção Natural – sobrevivem as bactérias resistentes 10 Tópico 3 – Reprodução diferencial – aumento do número de bactérias. Página Nuno Correia 10
  • 11. 4. A teoria evolucionista apoiou-se em argumentos para que fosse aceite. Utiliza os argumentos evolucionistas da chave que se segue para classificar as afirmações. Chave Afirmações [A]. Argumento paleontológico 1. O citocromo C é uma proteína comum em todos os organismos [B]. Argumento anatómico aeróbios. [C]. Argumento embriológico 2. A área pulmonar dos vertebrados aumenta dos anfíbios aos [D]. Argumento bioquímico mamíferos. [E]. Argumento citológico 3. As barbatanas da baleia e do tubarão não apresentam a mesma organização interna, mas apresentam a mesma função - facilitar a natação. 4. A Archaeopteryx é um misto de réptil e de ave. 5. A insulina do Homem e do porco difere num reduzido número de aminoácidos. 10 '6. A teoria endossimbiótica admite a origem das células eucarióticas a partir das procarióticas. 7. Os membros posteriores do canguru diferem dos membros posteriores do cavalo, já que a sua locomoção se efectua de forma diferente. 8. Os embriões dos mamíferos, tal como os dos peixes, possuem fossetas branquiais. 9. Uma amiba possui em comum com o Homem a sua organização celular. A B C D E 4 2, 3, 7 8 1,5 6,9 Bom Trabalho 200 Página Nuno Correia 11