SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 26
Tempo e História
O que é História?
Quais os sentidos dessa palavra?
Para que serve o saber histórico?
Como fazemos História?
História e historiadores
• A escrita da história não pode ser isolada de
sua época;
• A compreensão das relações entre passado e
presente é uma das mais intrigantes questões
da história;
• As conclusões dos historiadores nunca são
definitivas;
• A historiografia não deve fixar verdades
absolutas;
• O historiador trabalha para seu tempo, e não
para a eternidade.
O que é História?
• A história como forma
de conhecimento é
uma atividade
continua de pesquisa;
• Em grego antigo:
procurar saber,
informar-se, procurar.
(Jacques Le Goff);
• Investigar e
interpretar as ações
humanas ao longo do
tempo.
Fontes históricas
• Em suas pesquisas, os historiadores utilizam
variadas fontes, que são:
a) Fontes escritas;
b) Fontes não-escritas.
Fontes escritas
• Manuscritos;
• Inscrições;
• Livros;
• Revistas;
• Documentos diversos;
• Cartas;
• Jornais.
Fontes não-escritas
• Pinturas;
• Esculturas;
• Vestimentas;
• Adornos;
• Armas;
• Utensílios;
• Vasos cerâmicos.
História oral
• Depoimentos de pessoas;
• Entrevista realizada pelo historiador;
• Registrar a memória individual e coletiva;
Sentidos da palavra História
a) Ficção;
b) Processo vivido;
c) Conhecimento.
História como ficção (não real)
• Livros;
• Filmes;
• Novelas;
• Seriados.
História – processo vivido
• Memória;
• Recordações;
• Pessoais;
• Coletivos.
História como conhecimento
• Compreensão;
• Resgate;
• Historicidade;
• Vida humana.
Tempo
• Sucessão de
momentos;
• Duração dos
acontecimentos;
• Percepção de
mudanças;
• Distinção dos
acontecimentos.
Concepções do tempo
• A forma como medimos o tempo não é
universal;
• Nem todas as culturas são norteadas pelo
tempo cronológico;
• A medida do tempo é uma construção histórica;
• O meio como o dia terrestre é dividido em horas,
minutos e segundo é convencional.
O relógio
• Tempo cronológico;
• Imperativo do modo de vida das sociedades
atuais;
• Foram inventados, provavelmente no Séc. XIII;
• Eram instalados em torres de Igrejas, praças,
edifícios públicos;
• Atualmente, está presente em todos os lugares.
Calendário
• Organização do tempo;
• Criação sociocultural;
• Finalidades:
 Observações astronômicas;
 Crenças religiosas;
 Valores sociais.
• Surgiu, provavelmente em 3.000 a. C.
Calendário Cristão
• Mais utilizado no mundo atual;
• Marco: o nascimento de Cristo;
• Em 532, Monge Dionísio sugeriu;
• No século XVI, o Papa Gregório XIII, convocou
uma comissão de astrônomos que promoveram
reajustes no calendário cristão.
• Reforma Gregoriana ocorreu em 1582.
Periodização histórica
• Pré-história;
• Idade Antiga
(antiguidade);
• Idade Média
(medieval)
• Idade Moderna e;
• Idade
Contemporânea.
Pré-história
• Do surgimento do ser
humano até o
aparecimento da
escrita (4.000 a. C.)
Idade Antiga
• Do aparecimento da
escrita à queda do
Império Romano do
Ocidente (476 d. C.)
Idade Média
• Da queda do Império
Romano do Ocidente
até a tomada de
Constantinopla pelos
Turcos Otomanos
(1453)
Idade moderna
• Da tomada de
Constantinopla até a
Revolução Francesa
(1789)
Idade contemporânea
• Da Revolução
Francesa até os dias
atuais.
Referências:
• COTRIM, Gilberto. História global: Brasil e
geral. 8ª edição – São Paulo: Editora Saraiva,
2005.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Colonizacao espanhola-america
Colonizacao espanhola-americaColonizacao espanhola-america
Colonizacao espanhola-america
Marcos Oliveira
 
O ser humano chega a america
O ser humano chega a america O ser humano chega a america
O ser humano chega a america
edna2
 

Mais procurados (20)

O QUE É HISTÓRIA
O QUE É HISTÓRIAO QUE É HISTÓRIA
O QUE É HISTÓRIA
 
História e tempo
História e tempoHistória e tempo
História e tempo
 
A Escravidão no Brasil colonial
A Escravidão no Brasil colonialA Escravidão no Brasil colonial
A Escravidão no Brasil colonial
 
História 6º ano
História 6º anoHistória 6º ano
História 6º ano
 
1° ano - E.M. - Introdução à história
1° ano - E.M. - Introdução à história1° ano - E.M. - Introdução à história
1° ano - E.M. - Introdução à história
 
1 tempo e historia - 1ºano do Ensino Médio
1   tempo e historia - 1ºano do Ensino Médio1   tempo e historia - 1ºano do Ensino Médio
1 tempo e historia - 1ºano do Ensino Médio
 
1° ano - E.M. - Primeiras civilizações
1° ano - E.M. - Primeiras civilizações1° ano - E.M. - Primeiras civilizações
1° ano - E.M. - Primeiras civilizações
 
Colonizacao espanhola-america
Colonizacao espanhola-americaColonizacao espanhola-america
Colonizacao espanhola-america
 
Pré História
Pré   História Pré   História
Pré História
 
Astecas maias e incas
Astecas maias e incasAstecas maias e incas
Astecas maias e incas
 
História, fontes e historiadores
História, fontes e historiadoresHistória, fontes e historiadores
História, fontes e historiadores
 
Aula revolução industrial
Aula revolução industrialAula revolução industrial
Aula revolução industrial
 
Pré História - 6º Ano
Pré História - 6º AnoPré História - 6º Ano
Pré História - 6º Ano
 
Introdução aos estudos históricos
Introdução aos estudos históricosIntrodução aos estudos históricos
Introdução aos estudos históricos
 
Mesopotâmia - 6º Ano (2018)
Mesopotâmia - 6º Ano (2018)Mesopotâmia - 6º Ano (2018)
Mesopotâmia - 6º Ano (2018)
 
A origem dos seres humanos
A origem dos seres humanosA origem dos seres humanos
A origem dos seres humanos
 
A Civilização Grega - 6º Ano (2016)
A Civilização Grega - 6º Ano (2016)A Civilização Grega - 6º Ano (2016)
A Civilização Grega - 6º Ano (2016)
 
Egito Antigo - 6º Ano (2018)
Egito Antigo - 6º Ano (2018)Egito Antigo - 6º Ano (2018)
Egito Antigo - 6º Ano (2018)
 
O ser humano chega a america
O ser humano chega a america O ser humano chega a america
O ser humano chega a america
 
Pré historia 6° ano
Pré historia 6° anoPré historia 6° ano
Pré historia 6° ano
 

Destaque

As expressões de tempo passado e futuro
As expressões de tempo   passado e futuroAs expressões de tempo   passado e futuro
As expressões de tempo passado e futuro
Sandrine Sousa
 
Emrc 6º aula 17
Emrc 6º aula 17Emrc 6º aula 17
Emrc 6º aula 17
jv26
 
O reino dos francos e o império carolíngio
O reino dos francos e o império carolíngioO reino dos francos e o império carolíngio
O reino dos francos e o império carolíngio
Matheus Zaian
 
Entre memória e história
Entre memória e históriaEntre memória e história
Entre memória e história
Júlio Rocha
 
Formação da europa feudal
Formação da europa feudalFormação da europa feudal
Formação da europa feudal
José Gomes
 
Alta idade média
Alta idade médiaAlta idade média
Alta idade média
marcos ursi
 

Destaque (20)

O tempo em historia
O tempo em historiaO tempo em historia
O tempo em historia
 
As expressões de tempo passado e futuro
As expressões de tempo   passado e futuroAs expressões de tempo   passado e futuro
As expressões de tempo passado e futuro
 
Emrc 6º aula 17
Emrc 6º aula 17Emrc 6º aula 17
Emrc 6º aula 17
 
Passado, presente e futuro
Passado, presente e futuroPassado, presente e futuro
Passado, presente e futuro
 
www.EquarparaEnsinoMedio.com.br - História - Mercantilismo.
www.EquarparaEnsinoMedio.com.br - História - Mercantilismo.www.EquarparaEnsinoMedio.com.br - História - Mercantilismo.
www.EquarparaEnsinoMedio.com.br - História - Mercantilismo.
 
História local
História localHistória local
História local
 
CenáRio Europeu
CenáRio EuropeuCenáRio Europeu
CenáRio Europeu
 
Introdução à Idade Média
Introdução à Idade MédiaIntrodução à Idade Média
Introdução à Idade Média
 
A colonização das Américas
A colonização das AméricasA colonização das Américas
A colonização das Américas
 
Mercantilismo
MercantilismoMercantilismo
Mercantilismo
 
Aula Mercantilismo e Absolutismo
Aula Mercantilismo e AbsolutismoAula Mercantilismo e Absolutismo
Aula Mercantilismo e Absolutismo
 
O reino dos francos e o império carolíngio
O reino dos francos e o império carolíngioO reino dos francos e o império carolíngio
O reino dos francos e o império carolíngio
 
Entre memória e história
Entre memória e históriaEntre memória e história
Entre memória e história
 
Formação da europa feudal
Formação da europa feudalFormação da europa feudal
Formação da europa feudal
 
Tempo cronólogico
Tempo cronólogicoTempo cronólogico
Tempo cronólogico
 
O mercantilismo
O mercantilismoO mercantilismo
O mercantilismo
 
Alta idade média
Alta idade médiaAlta idade média
Alta idade média
 
Aula históriaeotempo
Aula históriaeotempoAula históriaeotempo
Aula históriaeotempo
 
Idade Média - História Geral - Prof. Marco Aurélio Gondim [www.gondim.net]
Idade Média - História Geral -  Prof. Marco Aurélio Gondim [www.gondim.net]Idade Média - História Geral -  Prof. Marco Aurélio Gondim [www.gondim.net]
Idade Média - História Geral - Prof. Marco Aurélio Gondim [www.gondim.net]
 
A IDADE MÉDIA
A IDADE MÉDIAA IDADE MÉDIA
A IDADE MÉDIA
 

Semelhante a Tempo e história

Introdução à história
Introdução à históriaIntrodução à história
Introdução à história
Paulo Alexandre
 
Prevupe - Introdução aos estudos históricos
Prevupe - Introdução aos estudos históricosPrevupe - Introdução aos estudos históricos
Prevupe - Introdução aos estudos históricos
Rodrigo Ferreira
 
Aula 7º ano - Origem da vida na Terra
Aula 7º ano - Origem da vida na TerraAula 7º ano - Origem da vida na Terra
Aula 7º ano - Origem da vida na Terra
Leonardo Kaplan
 
O estudo da história 1º ano - 2013
O estudo da história    1º ano - 2013O estudo da história    1º ano - 2013
O estudo da história 1º ano - 2013
historiando
 

Semelhante a Tempo e história (20)

Introdução aos Estudos Históricos - Módulo 1
Introdução aos Estudos Históricos - Módulo 1Introdução aos Estudos Históricos - Módulo 1
Introdução aos Estudos Históricos - Módulo 1
 
Introducao historia
Introducao historiaIntroducao historia
Introducao historia
 
INTRODUÇÃO AOS ESTUDOS HISTÓRICOS
INTRODUÇÃO AOS ESTUDOS HISTÓRICOSINTRODUÇÃO AOS ESTUDOS HISTÓRICOS
INTRODUÇÃO AOS ESTUDOS HISTÓRICOS
 
História, ciência e consciência histórica
História, ciência e consciência históricaHistória, ciência e consciência histórica
História, ciência e consciência histórica
 
Introdução aos estudos históricos.pptx
Introdução aos estudos históricos.pptxIntrodução aos estudos históricos.pptx
Introdução aos estudos históricos.pptx
 
Introdução à história
Introdução à históriaIntrodução à história
Introdução à história
 
Introdução à história em
Introdução à história emIntrodução à história em
Introdução à história em
 
Aula de introdução aos estudos Históricos
Aula de introdução aos estudos Históricos  Aula de introdução aos estudos Históricos
Aula de introdução aos estudos Históricos
 
Revisão galielu
Revisão galieluRevisão galielu
Revisão galielu
 
O tempo e a história
O  tempo e a históriaO  tempo e a história
O tempo e a história
 
Revisão galielu
Revisão galieluRevisão galielu
Revisão galielu
 
Introdução - O trabalho do Historiador
Introdução - O trabalho do HistoriadorIntrodução - O trabalho do Historiador
Introdução - O trabalho do Historiador
 
Prevupe - Introdução aos estudos históricos
Prevupe - Introdução aos estudos históricosPrevupe - Introdução aos estudos históricos
Prevupe - Introdução aos estudos históricos
 
Introdução aos Estudos Históricos
Introdução aos Estudos HistóricosIntrodução aos Estudos Históricos
Introdução aos Estudos Históricos
 
Introdução ao estudo da história
Introdução ao estudo da históriaIntrodução ao estudo da história
Introdução ao estudo da história
 
Aula 01 construcao da historia
Aula 01   construcao da historiaAula 01   construcao da historia
Aula 01 construcao da historia
 
Introdução à história 6 ano.pdf
Introdução à história 6 ano.pdfIntrodução à história 6 ano.pdf
Introdução à história 6 ano.pdf
 
Aula 7º ano - Origem da vida na Terra
Aula 7º ano - Origem da vida na TerraAula 7º ano - Origem da vida na Terra
Aula 7º ano - Origem da vida na Terra
 
O estudo da história 1º ano - 2013
O estudo da história    1º ano - 2013O estudo da história    1º ano - 2013
O estudo da história 1º ano - 2013
 
O que é História?
O que é História?O que é História?
O que é História?
 

Mais de Francisco José Almeida Sobral (6)

A revolução industrial
A revolução industrialA revolução industrial
A revolução industrial
 
Mesa redonda - orientações
Mesa redonda - orientaçõesMesa redonda - orientações
Mesa redonda - orientações
 
A renovação do currículo do ensino secundário no Brasil
A renovação do currículo do ensino secundário no BrasilA renovação do currículo do ensino secundário no Brasil
A renovação do currículo do ensino secundário no Brasil
 
Novos talentos, vícios antigos - os renovadores e a política educacional
Novos talentos, vícios antigos - os renovadores e a política educacionalNovos talentos, vícios antigos - os renovadores e a política educacional
Novos talentos, vícios antigos - os renovadores e a política educacional
 
Pré história
Pré   históriaPré   história
Pré história
 
Apresentação da história
Apresentação da históriaApresentação da história
Apresentação da história
 

Último

Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Eró Cunha
 
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
WelitaDiaz1
 
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
azulassessoria9
 

Último (20)

Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
 
Apresentação | Dia da Europa 2024 - Celebremos a União Europeia!
Apresentação | Dia da Europa 2024 - Celebremos a União Europeia!Apresentação | Dia da Europa 2024 - Celebremos a União Europeia!
Apresentação | Dia da Europa 2024 - Celebremos a União Europeia!
 
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
 
Prova nivel 3 da XXII OBA DE 2019 - GABARITO POWER POINT.pptx
Prova nivel 3 da XXII OBA DE 2019 - GABARITO POWER POINT.pptxProva nivel 3 da XXII OBA DE 2019 - GABARITO POWER POINT.pptx
Prova nivel 3 da XXII OBA DE 2019 - GABARITO POWER POINT.pptx
 
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptxQuímica-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
 
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptxSlides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
 
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São PauloCurrículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
 
Missa catequese para o dia da mãe 2025.pdf
Missa catequese para o dia da mãe 2025.pdfMissa catequese para o dia da mãe 2025.pdf
Missa catequese para o dia da mãe 2025.pdf
 
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
 
RENASCIMENTO E HUMANISMO_QUIZ 7º ANO.pptx
RENASCIMENTO E HUMANISMO_QUIZ 7º ANO.pptxRENASCIMENTO E HUMANISMO_QUIZ 7º ANO.pptx
RENASCIMENTO E HUMANISMO_QUIZ 7º ANO.pptx
 
Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.
 
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdfTema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
 
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
 
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
 
Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................
 
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
 
VIDA E OBRA , PRINCIPAIS ESTUDOS ARISTOTELES.pdf
VIDA E OBRA , PRINCIPAIS ESTUDOS ARISTOTELES.pdfVIDA E OBRA , PRINCIPAIS ESTUDOS ARISTOTELES.pdf
VIDA E OBRA , PRINCIPAIS ESTUDOS ARISTOTELES.pdf
 
Novena de Pentecostes com textos de São João Eudes
Novena de Pentecostes com textos de São João EudesNovena de Pentecostes com textos de São João Eudes
Novena de Pentecostes com textos de São João Eudes
 
Slides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptx
Slides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptxSlides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptx
Slides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptx
 
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)
 

Tempo e história

  • 1. Tempo e História O que é História? Quais os sentidos dessa palavra? Para que serve o saber histórico? Como fazemos História?
  • 2. História e historiadores • A escrita da história não pode ser isolada de sua época; • A compreensão das relações entre passado e presente é uma das mais intrigantes questões da história; • As conclusões dos historiadores nunca são definitivas; • A historiografia não deve fixar verdades absolutas; • O historiador trabalha para seu tempo, e não para a eternidade.
  • 3. O que é História? • A história como forma de conhecimento é uma atividade continua de pesquisa; • Em grego antigo: procurar saber, informar-se, procurar. (Jacques Le Goff); • Investigar e interpretar as ações humanas ao longo do tempo.
  • 4. Fontes históricas • Em suas pesquisas, os historiadores utilizam variadas fontes, que são: a) Fontes escritas; b) Fontes não-escritas.
  • 5. Fontes escritas • Manuscritos; • Inscrições; • Livros; • Revistas; • Documentos diversos; • Cartas; • Jornais.
  • 6.
  • 7. Fontes não-escritas • Pinturas; • Esculturas; • Vestimentas; • Adornos; • Armas; • Utensílios; • Vasos cerâmicos.
  • 8.
  • 9. História oral • Depoimentos de pessoas; • Entrevista realizada pelo historiador; • Registrar a memória individual e coletiva;
  • 10. Sentidos da palavra História a) Ficção; b) Processo vivido; c) Conhecimento.
  • 11. História como ficção (não real) • Livros; • Filmes; • Novelas; • Seriados.
  • 12. História – processo vivido • Memória; • Recordações; • Pessoais; • Coletivos.
  • 13. História como conhecimento • Compreensão; • Resgate; • Historicidade; • Vida humana.
  • 14. Tempo • Sucessão de momentos; • Duração dos acontecimentos; • Percepção de mudanças; • Distinção dos acontecimentos.
  • 15. Concepções do tempo • A forma como medimos o tempo não é universal; • Nem todas as culturas são norteadas pelo tempo cronológico; • A medida do tempo é uma construção histórica; • O meio como o dia terrestre é dividido em horas, minutos e segundo é convencional.
  • 16. O relógio • Tempo cronológico; • Imperativo do modo de vida das sociedades atuais; • Foram inventados, provavelmente no Séc. XIII; • Eram instalados em torres de Igrejas, praças, edifícios públicos; • Atualmente, está presente em todos os lugares.
  • 17. Calendário • Organização do tempo; • Criação sociocultural; • Finalidades:  Observações astronômicas;  Crenças religiosas;  Valores sociais. • Surgiu, provavelmente em 3.000 a. C.
  • 18. Calendário Cristão • Mais utilizado no mundo atual; • Marco: o nascimento de Cristo; • Em 532, Monge Dionísio sugeriu; • No século XVI, o Papa Gregório XIII, convocou uma comissão de astrônomos que promoveram reajustes no calendário cristão. • Reforma Gregoriana ocorreu em 1582.
  • 19. Periodização histórica • Pré-história; • Idade Antiga (antiguidade); • Idade Média (medieval) • Idade Moderna e; • Idade Contemporânea.
  • 20. Pré-história • Do surgimento do ser humano até o aparecimento da escrita (4.000 a. C.)
  • 21. Idade Antiga • Do aparecimento da escrita à queda do Império Romano do Ocidente (476 d. C.)
  • 22. Idade Média • Da queda do Império Romano do Ocidente até a tomada de Constantinopla pelos Turcos Otomanos (1453)
  • 23. Idade moderna • Da tomada de Constantinopla até a Revolução Francesa (1789)
  • 24. Idade contemporânea • Da Revolução Francesa até os dias atuais.
  • 25.
  • 26. Referências: • COTRIM, Gilberto. História global: Brasil e geral. 8ª edição – São Paulo: Editora Saraiva, 2005.