SlideShare uma empresa Scribd logo
Império Bizantino

Disciplina: História
      Profª Aline Maia
Origem
 •O embrião do Império Bizantino surgiu quando o
 imperador romano Constantino I decidiu construir
 sobre a antiga cidade grega de Bizâncio uma nova
 capital para o Império Romano.

   Constantino enviou, então,
 arquitetos e agrimensores para
   remodelar a cidade que foi
 inaugurada em 11 de maio de
330, sob o nome de Nova Roma.
O povo, porém, preferiu chamá-la
  pelo nome de seu fundador,
        Constantinopla.
Constantinopla: Uma cidade entre
 dois continentes (Europa e Ásia)
O Cristianismo e a política
               imperial
 • A adoção do cristianismo como
 religião oficial foi uma tentativa de
criar um sentimento de união entre
os grupos que viviam sob o domínio
do Império Romano, evitando uma
           revolta popular.


     • Os governantes bizantinos tentaram transformar
            Constantinopla numa cidade cristã.
Principais imperadores
   Constantino               Teodósio            Justiniano
Transferiu a sede do Dividiu o Império       Imperador que mais
império de Roma      entre seus dois         desenvolveu o
para Constantinopla. filhos em ocidente e    império.
                     oriente                 Reuniu as leis
                                             romanas no Código
                                             de Justiniano
Tornou-se cristão e    Tornou o              Combateu as
garantiu a liberdade   cristianismo a        heresias (ato ou
de culto.              religião oficial do   palavra contrária a
                       Império               Igreja Cristã).
O Cristianismo e a política
              imperial.
•Cesaropapismo: A igreja
deveria ficar sob o controle do
estado, ou seja, o líder político
controlava a igreja.




                          Instalação dos Símbolos    Criação
Propagou o combate as
                              Cristão: Ícones e       dos
     heresias.                                      mosteiros.
                                    Relíquias
A cultura bizantina
   • Promoveram a construção de templos, igrejas,
palácios e prédios públicos decorados com pinturas e
                     mosaicos.
Imperatriz Teodora
Justiniano, o Grande
Catedral de Hagia Sophia = Santa Sofia.
Construída por Justiniano, entre 532 e 537.
Esplendor Bizantino
  •O auge deste império foi atingido durante o reinado do
   imperador Justiniano, o Grande (527-565), que visava
reconquistar o poder que o Império Romano havia perdido
                       no ocidente.

 •Durante seu governo, Justiniano recuperou grande parte
     daquele que foi o Império Romano do Ocidente.

 •Criou o Código de Justiniano no qual atualizou as normas
jurídicas romanas e as organizou em um conjunto de livros.

   • Promoveu a construção de fortificações e edifícios.
Movimento Iconoclasta
     • Entre os principais
      produtores de ícones
       encontravam-se os
     monges que obtinham
     grandes lucros com a
      venda das imagens.

    Os monges, além de ganhar muito dinheiro com a venda de ícones,
 também tinham forte poder de manipulação sobre sociedade. Entretanto,
 incomodado com este poder, o governo proibiu a veneração de imagens,
e decretou pena de morte a todos aqueles que as adorassem. Esta guerra
    contra as imagens ficou conhecida como Movimento Iconoclasta.
Galeria de Ícones
O Cisma e a criação da
    Igreja Ortodoxa Grega

• Em 1054, houve o CISMA, ou seja,
    uma separação definitiva entre o
  cristianismo ocidental e o oriental.
   Esse rompimento deu origem, no
        Ocidente, à Igreja Cristã
       Apostólica Romana, sob a
   liderança do papa; e, no Oriente,
  à Igreja Cristã Ortodoxa Grega,
      comandada pelos patriarcas.
Principais líderes das Igrejas




       Patriarca         X            Papa
Igreja Cristã Ortodoxa       Igreja Católica Romana
Queda do Império Romano do Oriente, ou,
           Império Bizantino.
 Após a morte de Justiniano, o
Império Bizantino ficou a mercê
de diversas invasões, e, a partir
 daí, deu-se início a queda de
   Constantinopla. Com seu
 enfraquecimento, o império foi
divido entre diferentes realezas
feudais. Constantinopla teve sua
queda definitiva no ano de 1453,
 após ser tomada pelos turcos.
•Atualmente, Constantinopla é conhecida como Istambul
e pertence à Turquia. Apesar de um passado turbulento,
    seu centro histórico encanta e impressiona muitos
  turistas devido à riquíssima variedade cultural que dá
    mostras dos diferentes povos e culturas que por lá
                        passaram.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Idade média: Alta Idade Média (séc. v- x)
Idade média:   Alta Idade Média (séc. v- x)Idade média:   Alta Idade Média (séc. v- x)
Idade média: Alta Idade Média (séc. v- x)
Edenilson Morais
 
1° ano - E.M. - Primeiras civilizações
1° ano - E.M. - Primeiras civilizações1° ano - E.M. - Primeiras civilizações
1° ano - E.M. - Primeiras civilizações
Daniel Alves Bronstrup
 
Roma Antiga
Roma AntigaRoma Antiga
1° ano E.M. - Antigo Egito
1° ano E.M. -  Antigo Egito1° ano E.M. -  Antigo Egito
1° ano E.M. - Antigo Egito
Daniel Alves Bronstrup
 
Grécia antiga
Grécia antigaGrécia antiga
Grécia antiga
cattonia
 
Brasil colônia
Brasil colônia Brasil colônia
Brasil colônia
Elaine Bogo Pavani
 
A Formação dos Estados Nacionais
A Formação dos Estados NacionaisA Formação dos Estados Nacionais
A Formação dos Estados Nacionais
Douglas Barraqui
 
Revisão 6º ano ASSUNTO : Roma Antiga
Revisão 6º ano ASSUNTO : Roma AntigaRevisão 6º ano ASSUNTO : Roma Antiga
Revisão 6º ano ASSUNTO : Roma Antiga
Janaína Bindá
 
Slide reinos africanos
Slide reinos africanosSlide reinos africanos
Slide reinos africanos
Isabel Aguiar
 
1° ano - Idade Média Ocidental
1° ano  - Idade Média Ocidental1° ano  - Idade Média Ocidental
1° ano - Idade Média Ocidental
Daniel Alves Bronstrup
 
Absolutismo
AbsolutismoAbsolutismo
Absolutismo
Paulo Alexandre
 
2° ano - Brasil Império: Segundo Reinado
2° ano  - Brasil Império: Segundo Reinado2° ano  - Brasil Império: Segundo Reinado
2° ano - Brasil Império: Segundo Reinado
Daniel Alves Bronstrup
 
Mercantilismo
MercantilismoMercantilismo
Mercantilismo
harlissoncarvalho
 
Egito e Mesopotâmia - Antiguidade Oriental
Egito e Mesopotâmia  - Antiguidade OrientalEgito e Mesopotâmia  - Antiguidade Oriental
Egito e Mesopotâmia - Antiguidade Oriental
Valéria Shoujofan
 
Islamismo
IslamismoIslamismo
Povos pré colombianos
Povos pré colombianosPovos pré colombianos
Povos pré colombianos
Nila Michele Bastos Santos
 
1º ano - Reforma Religiosa
1º ano - Reforma Religiosa1º ano - Reforma Religiosa
1º ano - Reforma Religiosa
Daniel Alves Bronstrup
 
A Reforma Protestante - 7º ANO (2017)
A Reforma Protestante - 7º ANO (2017)A Reforma Protestante - 7º ANO (2017)
A Reforma Protestante - 7º ANO (2017)
Nefer19
 
Baixa idade média
Baixa idade médiaBaixa idade média
Baixa idade média
Eduard Henry
 
Pré História - Ensino Médio
Pré História - Ensino MédioPré História - Ensino Médio
Pré História - Ensino Médio
Diego Bian Filo Moreira
 

Mais procurados (20)

Idade média: Alta Idade Média (séc. v- x)
Idade média:   Alta Idade Média (séc. v- x)Idade média:   Alta Idade Média (séc. v- x)
Idade média: Alta Idade Média (séc. v- x)
 
1° ano - E.M. - Primeiras civilizações
1° ano - E.M. - Primeiras civilizações1° ano - E.M. - Primeiras civilizações
1° ano - E.M. - Primeiras civilizações
 
Roma Antiga
Roma AntigaRoma Antiga
Roma Antiga
 
1° ano E.M. - Antigo Egito
1° ano E.M. -  Antigo Egito1° ano E.M. -  Antigo Egito
1° ano E.M. - Antigo Egito
 
Grécia antiga
Grécia antigaGrécia antiga
Grécia antiga
 
Brasil colônia
Brasil colônia Brasil colônia
Brasil colônia
 
A Formação dos Estados Nacionais
A Formação dos Estados NacionaisA Formação dos Estados Nacionais
A Formação dos Estados Nacionais
 
Revisão 6º ano ASSUNTO : Roma Antiga
Revisão 6º ano ASSUNTO : Roma AntigaRevisão 6º ano ASSUNTO : Roma Antiga
Revisão 6º ano ASSUNTO : Roma Antiga
 
Slide reinos africanos
Slide reinos africanosSlide reinos africanos
Slide reinos africanos
 
1° ano - Idade Média Ocidental
1° ano  - Idade Média Ocidental1° ano  - Idade Média Ocidental
1° ano - Idade Média Ocidental
 
Absolutismo
AbsolutismoAbsolutismo
Absolutismo
 
2° ano - Brasil Império: Segundo Reinado
2° ano  - Brasil Império: Segundo Reinado2° ano  - Brasil Império: Segundo Reinado
2° ano - Brasil Império: Segundo Reinado
 
Mercantilismo
MercantilismoMercantilismo
Mercantilismo
 
Egito e Mesopotâmia - Antiguidade Oriental
Egito e Mesopotâmia  - Antiguidade OrientalEgito e Mesopotâmia  - Antiguidade Oriental
Egito e Mesopotâmia - Antiguidade Oriental
 
Islamismo
IslamismoIslamismo
Islamismo
 
Povos pré colombianos
Povos pré colombianosPovos pré colombianos
Povos pré colombianos
 
1º ano - Reforma Religiosa
1º ano - Reforma Religiosa1º ano - Reforma Religiosa
1º ano - Reforma Religiosa
 
A Reforma Protestante - 7º ANO (2017)
A Reforma Protestante - 7º ANO (2017)A Reforma Protestante - 7º ANO (2017)
A Reforma Protestante - 7º ANO (2017)
 
Baixa idade média
Baixa idade médiaBaixa idade média
Baixa idade média
 
Pré História - Ensino Médio
Pré História - Ensino MédioPré História - Ensino Médio
Pré História - Ensino Médio
 

Destaque

Império bizantino filé
Império bizantino filéImpério bizantino filé
Império bizantino filé
mundica broda
 
Alta Idade Média (Bizantinos e Muçulmanos)
Alta Idade Média (Bizantinos e Muçulmanos)Alta Idade Média (Bizantinos e Muçulmanos)
Alta Idade Média (Bizantinos e Muçulmanos)
eiprofessor
 
Império Bizantino - 6º ano
Império Bizantino - 6º anoImpério Bizantino - 6º ano
Império Bizantino - 6º ano
Lu Rebordosa
 
império bizantino
império bizantinoimpério bizantino
império bizantino
mo_nalegna
 
Slides bizantinos 1º. ano
Slides bizantinos    1º. anoSlides bizantinos    1º. ano
Slides bizantinos 1º. ano
Fatima Freitas
 
O Império Bizantino - Prof. Medeiros
O Império Bizantino - Prof. MedeirosO Império Bizantino - Prof. Medeiros
O Império Bizantino - Prof. Medeiros
João Medeiros
 
Império bizantino
Império bizantinoImpério bizantino
Império bizantino
PROFºWILTONREIS
 
História da Igreja - O Cisma do Oriente
História da Igreja - O Cisma do OrienteHistória da Igreja - O Cisma do Oriente
História da Igreja - O Cisma do Oriente
Glauco Gonçalves
 
Cisma do ocidente
Cisma do ocidenteCisma do ocidente
Cisma do ocidente
Diego Silva
 
O Império Bizantino
O Império BizantinoO Império Bizantino
O Império Bizantino
Alex Ferreira dos Santos
 
Queda do império romano do ocidente – 476
Queda do império romano do ocidente – 476Queda do império romano do ocidente – 476
Queda do império romano do ocidente – 476
Izaac Erder
 
A Queda do Império Romano do Oriente.
A Queda do Império Romano do Oriente. A Queda do Império Romano do Oriente.
A Queda do Império Romano do Oriente.
Adail Silva
 
O Cisma do Oriente
O Cisma do OrienteO Cisma do Oriente
O Cisma do Oriente
Nelson Ramalhoto
 
O grande cisma do ocidente
O grande cisma do ocidenteO grande cisma do ocidente
O grande cisma do ocidente
João Couto
 
Resumo alta idade média
Resumo   alta idade médiaResumo   alta idade média
Resumo alta idade média
Claudenilson da Silva
 
IMPERIO BIZANTINO
IMPERIO BIZANTINOIMPERIO BIZANTINO
IMPERIO BIZANTINO
Juan Manuel Jiménez Rengifo
 

Destaque (16)

Império bizantino filé
Império bizantino filéImpério bizantino filé
Império bizantino filé
 
Alta Idade Média (Bizantinos e Muçulmanos)
Alta Idade Média (Bizantinos e Muçulmanos)Alta Idade Média (Bizantinos e Muçulmanos)
Alta Idade Média (Bizantinos e Muçulmanos)
 
Império Bizantino - 6º ano
Império Bizantino - 6º anoImpério Bizantino - 6º ano
Império Bizantino - 6º ano
 
império bizantino
império bizantinoimpério bizantino
império bizantino
 
Slides bizantinos 1º. ano
Slides bizantinos    1º. anoSlides bizantinos    1º. ano
Slides bizantinos 1º. ano
 
O Império Bizantino - Prof. Medeiros
O Império Bizantino - Prof. MedeirosO Império Bizantino - Prof. Medeiros
O Império Bizantino - Prof. Medeiros
 
Império bizantino
Império bizantinoImpério bizantino
Império bizantino
 
História da Igreja - O Cisma do Oriente
História da Igreja - O Cisma do OrienteHistória da Igreja - O Cisma do Oriente
História da Igreja - O Cisma do Oriente
 
Cisma do ocidente
Cisma do ocidenteCisma do ocidente
Cisma do ocidente
 
O Império Bizantino
O Império BizantinoO Império Bizantino
O Império Bizantino
 
Queda do império romano do ocidente – 476
Queda do império romano do ocidente – 476Queda do império romano do ocidente – 476
Queda do império romano do ocidente – 476
 
A Queda do Império Romano do Oriente.
A Queda do Império Romano do Oriente. A Queda do Império Romano do Oriente.
A Queda do Império Romano do Oriente.
 
O Cisma do Oriente
O Cisma do OrienteO Cisma do Oriente
O Cisma do Oriente
 
O grande cisma do ocidente
O grande cisma do ocidenteO grande cisma do ocidente
O grande cisma do ocidente
 
Resumo alta idade média
Resumo   alta idade médiaResumo   alta idade média
Resumo alta idade média
 
IMPERIO BIZANTINO
IMPERIO BIZANTINOIMPERIO BIZANTINO
IMPERIO BIZANTINO
 

Semelhante a Império bizantino

Império Bizantino
Império BizantinoImpério Bizantino
Império Bizantino
Guilherme Drumond
 
Constantinopla artes.pptx
Constantinopla artes.pptxConstantinopla artes.pptx
Constantinopla artes.pptx
ssuser0d0c5a
 
Império bizantino
Império bizantinoImpério bizantino
Império bizantino
Izaac Erder
 
10 Os pré-reformadores do cristianismo - 10ª aula
10   Os pré-reformadores do cristianismo - 10ª aula10   Os pré-reformadores do cristianismo - 10ª aula
10 Os pré-reformadores do cristianismo - 10ª aula
PIB Penha
 
Bizancio
BizancioBizancio
Bizancio
Claudio Souza
 
Reforma protestante
Reforma protestanteReforma protestante
Reforma protestante
Luiz Costa Junior
 
Imperio bizantino 3_ano
Imperio bizantino 3_anoImperio bizantino 3_ano
Imperio bizantino 3_ano
Adriana Gomes Messias
 
Historia da igreja aula 2
Historia da igreja aula 2Historia da igreja aula 2
Historia da igreja aula 2
Lisanro Cronje
 
A cristandade ocidental face ao islão parte 1
A cristandade ocidental face ao islão  parte 1A cristandade ocidental face ao islão  parte 1
A cristandade ocidental face ao islão parte 1
Carla Teixeira
 
O IMPÉRIO BIZANTINO
O IMPÉRIO BIZANTINOO IMPÉRIO BIZANTINO
O IMPÉRIO BIZANTINO
andersonsenar
 
A cultura do mosteiro 10º ano
A cultura do mosteiro 10º anoA cultura do mosteiro 10º ano
A cultura do mosteiro 10º ano
Associação de Pais C appalmesc
 
Idade média oriental
Idade média orientalIdade média oriental
Idade média oriental
Murilo Benevides
 
30a atos
30a atos30a atos
30a atos
PIB Penha
 
Módulo 3 bizantinos e carolíngios
Módulo 3   bizantinos e carolíngiosMódulo 3   bizantinos e carolíngios
Módulo 3 bizantinos e carolíngios
Lú Carvalho
 
O império bizantino
O império bizantinoO império bizantino
O império bizantino
Nelia Salles Nantes
 
11° império bizantino
11° império bizantino11° império bizantino
11° império bizantino
Ajudar Pessoas
 
Império Bizantino
Império BizantinoImpério Bizantino
Império Bizantino
Danilo Virgens
 
O império bizantino
O império bizantinoO império bizantino
O império bizantino
Nelia Salles Nantes
 
11 - A pre-reforma.pptx
11 - A pre-reforma.pptx11 - A pre-reforma.pptx
11 - A pre-reforma.pptx
PIB Penha - SP
 
Espaço civilizacional greco latino a beira da mudança
Espaço civilizacional greco latino a beira da mudançaEspaço civilizacional greco latino a beira da mudança
Espaço civilizacional greco latino a beira da mudança
Rita
 

Semelhante a Império bizantino (20)

Império Bizantino
Império BizantinoImpério Bizantino
Império Bizantino
 
Constantinopla artes.pptx
Constantinopla artes.pptxConstantinopla artes.pptx
Constantinopla artes.pptx
 
Império bizantino
Império bizantinoImpério bizantino
Império bizantino
 
10 Os pré-reformadores do cristianismo - 10ª aula
10   Os pré-reformadores do cristianismo - 10ª aula10   Os pré-reformadores do cristianismo - 10ª aula
10 Os pré-reformadores do cristianismo - 10ª aula
 
Bizancio
BizancioBizancio
Bizancio
 
Reforma protestante
Reforma protestanteReforma protestante
Reforma protestante
 
Imperio bizantino 3_ano
Imperio bizantino 3_anoImperio bizantino 3_ano
Imperio bizantino 3_ano
 
Historia da igreja aula 2
Historia da igreja aula 2Historia da igreja aula 2
Historia da igreja aula 2
 
A cristandade ocidental face ao islão parte 1
A cristandade ocidental face ao islão  parte 1A cristandade ocidental face ao islão  parte 1
A cristandade ocidental face ao islão parte 1
 
O IMPÉRIO BIZANTINO
O IMPÉRIO BIZANTINOO IMPÉRIO BIZANTINO
O IMPÉRIO BIZANTINO
 
A cultura do mosteiro 10º ano
A cultura do mosteiro 10º anoA cultura do mosteiro 10º ano
A cultura do mosteiro 10º ano
 
Idade média oriental
Idade média orientalIdade média oriental
Idade média oriental
 
30a atos
30a atos30a atos
30a atos
 
Módulo 3 bizantinos e carolíngios
Módulo 3   bizantinos e carolíngiosMódulo 3   bizantinos e carolíngios
Módulo 3 bizantinos e carolíngios
 
O império bizantino
O império bizantinoO império bizantino
O império bizantino
 
11° império bizantino
11° império bizantino11° império bizantino
11° império bizantino
 
Império Bizantino
Império BizantinoImpério Bizantino
Império Bizantino
 
O império bizantino
O império bizantinoO império bizantino
O império bizantino
 
11 - A pre-reforma.pptx
11 - A pre-reforma.pptx11 - A pre-reforma.pptx
11 - A pre-reforma.pptx
 
Espaço civilizacional greco latino a beira da mudança
Espaço civilizacional greco latino a beira da mudançaEspaço civilizacional greco latino a beira da mudança
Espaço civilizacional greco latino a beira da mudança
 

Mais de alinemaiahistoria

O que é historia
O que é historiaO que é historia
O que é historia
alinemaiahistoria
 
A crise de 1929
A crise de 1929A crise de 1929
A crise de 1929
alinemaiahistoria
 
Império islamico
Império islamicoImpério islamico
Império islamico
alinemaiahistoria
 
O que é historia
O que é historiaO que é historia
O que é historia
alinemaiahistoria
 
Século xx tudo ao mesmo tempo
Século xx  tudo ao mesmo tempoSéculo xx  tudo ao mesmo tempo
Século xx tudo ao mesmo tempo
alinemaiahistoria
 
Transição do Império para República Brasileira
Transição do Império para República BrasileiraTransição do Império para República Brasileira
Transição do Império para República Brasileira
alinemaiahistoria
 
Contexto internacional das décadas de 50 e 60
Contexto internacional das décadas de 50 e 60Contexto internacional das décadas de 50 e 60
Contexto internacional das décadas de 50 e 60
alinemaiahistoria
 
Tabela periódica
Tabela periódicaTabela periódica
Tabela periódica
alinemaiahistoria
 
Colonialismo, neocolonialismo, imperialismo
Colonialismo, neocolonialismo, imperialismoColonialismo, neocolonialismo, imperialismo
Colonialismo, neocolonialismo, imperialismo
alinemaiahistoria
 
União Europeia
União EuropeiaUnião Europeia
União Europeia
alinemaiahistoria
 
Em busca do far west
Em busca do far westEm busca do far west
Em busca do far west
alinemaiahistoria
 
Os governos das décadas de 50 e 60
Os governos das décadas de 50 e 60Os governos das décadas de 50 e 60
Os governos das décadas de 50 e 60
alinemaiahistoria
 
Expansão marítima
Expansão marítimaExpansão marítima
Expansão marítima
alinemaiahistoria
 

Mais de alinemaiahistoria (13)

O que é historia
O que é historiaO que é historia
O que é historia
 
A crise de 1929
A crise de 1929A crise de 1929
A crise de 1929
 
Império islamico
Império islamicoImpério islamico
Império islamico
 
O que é historia
O que é historiaO que é historia
O que é historia
 
Século xx tudo ao mesmo tempo
Século xx  tudo ao mesmo tempoSéculo xx  tudo ao mesmo tempo
Século xx tudo ao mesmo tempo
 
Transição do Império para República Brasileira
Transição do Império para República BrasileiraTransição do Império para República Brasileira
Transição do Império para República Brasileira
 
Contexto internacional das décadas de 50 e 60
Contexto internacional das décadas de 50 e 60Contexto internacional das décadas de 50 e 60
Contexto internacional das décadas de 50 e 60
 
Tabela periódica
Tabela periódicaTabela periódica
Tabela periódica
 
Colonialismo, neocolonialismo, imperialismo
Colonialismo, neocolonialismo, imperialismoColonialismo, neocolonialismo, imperialismo
Colonialismo, neocolonialismo, imperialismo
 
União Europeia
União EuropeiaUnião Europeia
União Europeia
 
Em busca do far west
Em busca do far westEm busca do far west
Em busca do far west
 
Os governos das décadas de 50 e 60
Os governos das décadas de 50 e 60Os governos das décadas de 50 e 60
Os governos das décadas de 50 e 60
 
Expansão marítima
Expansão marítimaExpansão marítima
Expansão marítima
 

Império bizantino

  • 2. Origem •O embrião do Império Bizantino surgiu quando o imperador romano Constantino I decidiu construir sobre a antiga cidade grega de Bizâncio uma nova capital para o Império Romano. Constantino enviou, então, arquitetos e agrimensores para remodelar a cidade que foi inaugurada em 11 de maio de 330, sob o nome de Nova Roma. O povo, porém, preferiu chamá-la pelo nome de seu fundador, Constantinopla.
  • 3. Constantinopla: Uma cidade entre dois continentes (Europa e Ásia)
  • 4. O Cristianismo e a política imperial • A adoção do cristianismo como religião oficial foi uma tentativa de criar um sentimento de união entre os grupos que viviam sob o domínio do Império Romano, evitando uma revolta popular. • Os governantes bizantinos tentaram transformar Constantinopla numa cidade cristã.
  • 5. Principais imperadores Constantino Teodósio Justiniano Transferiu a sede do Dividiu o Império Imperador que mais império de Roma entre seus dois desenvolveu o para Constantinopla. filhos em ocidente e império. oriente Reuniu as leis romanas no Código de Justiniano Tornou-se cristão e Tornou o Combateu as garantiu a liberdade cristianismo a heresias (ato ou de culto. religião oficial do palavra contrária a Império Igreja Cristã).
  • 6. O Cristianismo e a política imperial. •Cesaropapismo: A igreja deveria ficar sob o controle do estado, ou seja, o líder político controlava a igreja. Instalação dos Símbolos Criação Propagou o combate as Cristão: Ícones e dos heresias. mosteiros. Relíquias
  • 7. A cultura bizantina • Promoveram a construção de templos, igrejas, palácios e prédios públicos decorados com pinturas e mosaicos.
  • 10. Catedral de Hagia Sophia = Santa Sofia. Construída por Justiniano, entre 532 e 537.
  • 11. Esplendor Bizantino •O auge deste império foi atingido durante o reinado do imperador Justiniano, o Grande (527-565), que visava reconquistar o poder que o Império Romano havia perdido no ocidente. •Durante seu governo, Justiniano recuperou grande parte daquele que foi o Império Romano do Ocidente. •Criou o Código de Justiniano no qual atualizou as normas jurídicas romanas e as organizou em um conjunto de livros. • Promoveu a construção de fortificações e edifícios.
  • 12. Movimento Iconoclasta • Entre os principais produtores de ícones encontravam-se os monges que obtinham grandes lucros com a venda das imagens. Os monges, além de ganhar muito dinheiro com a venda de ícones, também tinham forte poder de manipulação sobre sociedade. Entretanto, incomodado com este poder, o governo proibiu a veneração de imagens, e decretou pena de morte a todos aqueles que as adorassem. Esta guerra contra as imagens ficou conhecida como Movimento Iconoclasta.
  • 14. O Cisma e a criação da Igreja Ortodoxa Grega • Em 1054, houve o CISMA, ou seja, uma separação definitiva entre o cristianismo ocidental e o oriental. Esse rompimento deu origem, no Ocidente, à Igreja Cristã Apostólica Romana, sob a liderança do papa; e, no Oriente, à Igreja Cristã Ortodoxa Grega, comandada pelos patriarcas.
  • 15. Principais líderes das Igrejas Patriarca X Papa Igreja Cristã Ortodoxa Igreja Católica Romana
  • 16. Queda do Império Romano do Oriente, ou, Império Bizantino. Após a morte de Justiniano, o Império Bizantino ficou a mercê de diversas invasões, e, a partir daí, deu-se início a queda de Constantinopla. Com seu enfraquecimento, o império foi divido entre diferentes realezas feudais. Constantinopla teve sua queda definitiva no ano de 1453, após ser tomada pelos turcos.
  • 17. •Atualmente, Constantinopla é conhecida como Istambul e pertence à Turquia. Apesar de um passado turbulento, seu centro histórico encanta e impressiona muitos turistas devido à riquíssima variedade cultural que dá mostras dos diferentes povos e culturas que por lá passaram.