SlideShare uma empresa Scribd logo
SCRUM  Introdução a Gestão Ágil de Projetos André Marsal –  SCRUM MASTER CERTIFIED
Agenda ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
O que é SCRUM? ,[object Object],[object Object]
Influências do Scrum Lean Thinking - “Pensamento enxuto” “ Produção Just in time”  “ Não tentar prever o futuro” “ Desperdício é sinal de prejuízo”. Tempo é  dinheiro. Takeuchi e Nonaka  Revezamento x abordagem holística Artigo "The New Product Development Game" de 1986 “Equipes Multifuncionais trabalhando ao mesmo tempo e energizadas para produzir um resultado de valor ao cliente” Desenvolvimento Interativo e Incremental “ Pequenas partes para construir o todo” Manifesto Ágil  Prestígio a criatividade para atingir resultados de alto valor agregado
O que é ser ágil em desenvolvimento de software? Indivíduos e interações Software funcional Colaboração com cliente Responder a mudanças Processos e ferramentas Processos e ferramentas Processos e ferramentas Processos e ferramentas Processos e ferramentas Processos e ferramentas Processos e ferramentas Processos e ferramentas Processos e ferramentas Processos e ferramentas Processos e ferramentas Processos e ferramentas Processos e ferramentas Processos e ferramentas Processos e ferramentas Processos e ferramentas Processos e ferramentas Processos e ferramentas Seguir um plano Negociação contratual Processos e ferramentas Documentação abrangente Sobre Sobre Sobre Sobre
Manifesto Ágil O Manifesto Ágil, criado em 2001, descreve a essência de um conjunto de abordagens para desenvolvimento de software criadas ao longo da última década.  Um grupo de profissionais veteranos na área de software decidiram se reunir em uma estação de esqui, nos EUA, para discutir formas de melhorar o desempenho de seus projetos.
Modelo tradicional x Modelo Ágil Modelo Ágil Modelo  Sequencial  PROCESSOS EMPÍRICOS Visão do Usuário Requisitos Projeto Codificação Teste Requisitos Projeto Codificação Teste Projeto Codificação Projeto Teste Codificação Projeto
Standish Group Study – Estudo realizado em 2002
Framework Scrum
Scrum na prática - Papéis Product Owner Time Scrum Master Executores multifuncionais Auto-organizado Dedicados aos objetivos do produto Reforça os valores e praticas do SCRUM Define  funcionalidades; Prioriza funcionalidades de acordo com o valor; Aceita ou rejeita o produto. É a ponte entre o usuário e a equipe. Responsável em garantir e demonstrar o ROI do produto Remove impedimentos Reforça a cooperação Assegura valores e práticas do Scrum Conduz melhoria contínua de processos Aplica o planejamento continuo (PDCA). Garante o andamento do Product Backlog
Scrum na Prática – Fluxo
Scrum na Prática – Ciclo de Vida
Product Backlog Product Backlog Lista de requisitos ou trabalhos desejados no projeto. Priorizado pelo Product Owner. Deve ser expressado de maneira que cada requisito tenha um “valor” para o usuário ou cliente. Pode ser representado por um conjunto de  Requisitos de Software   ou por  User Estories
Tamanho do Product Backlog Em SCRUM estima-se tamanho. O tempo depende de fatores como:  Cadência  Fatores ambientais Impedimentos Conhecimento PLANNING POKER O item é apresentado brevemente para todos pelo moderador, que normalmente é o Product Owner ou o Scrum Master.  A equipe faz perguntas para entender melhor do que se trata o item, mas sem discutir detalhes de implementação. O foco aqui é entender o que deve ser feito, não como.  Cada membro da equipe  escolhe em silêncio a carta que representa sua estimativa.  O moderador ( Scrum Master) pede para todos mostrarem as cartas.  Se todas as estimativas forem iguais, o que raramente acontece de primeira, a estimativa está feita e o processo volta ao início, para um novo item.  Se houver ao menos uma estimativa diferente, aqueles que apresentaram o(s) maior(es) e o(s) menor(es) valor(es) se justificam.  O processo se repete até todas as estimativas convergirem. Aqui vale o bom senso: se, por exemplo, 3 membros da equipe colocaram ‘5′ como estimativa, e um único desenvolvedor insiste em colocar ‘3′, o ideal é que ele abra mão
Sprint Backlog Sprint Backlog Lista de tarefas para cada item do Product Backlog. Lista definida  e estimada pela equipe Scrum
Execução do Sprint Sprint Planning Metting #1 É uma reunião que ocorre entre a equipe, Product Owner,Scrum Master e steakeholders, onde o Product Owner apresenta o Sprint e seus objetivos, bem como a priorização das atividades do Sprint. Sprint Planning Metting #2 Após a Sprint Planning Metting #1, a equipe Scrum se reúne para interpretação do conteúdo da primeira reunião e define o que é possível atender no Sprint. Em alguns casos é necessária a negociação do objetivo junto ao PO.
Organizando o Sprint Sprint Backlog Item do Product BackLog
Quadro de Acompanhamento QUADRO KANBAN Nascido na Toyota, o fundamento básico desta técnica, está baseado em manter um fluxo contínuo dos produtos que estão sendo manufaturados. Permite o acompanhamento visual da construção de um Item de Backlog, onde cada fase da construção de uma peça, que faz parte do Item de Backlog pode ser rapidamente identificada pela equipe.
Execução do Sprint SCRUM DAILY METTING Reunião para acompanhamento do Sprint onde cada membro da equipe responde 3 perguntas: O que fez ontem? O que fará hoje? Há algum impedimento? Atualização do  Sprint BurnDown Chart Com base nas informações coletadas da equipe o Scrum Master atualiza e publica o Burndown Chart
Sprint Revisão e Retrospectiva Sprint Review Metting Ao final do Sprint o time demonstra o resultado alcançado. Além da equipe estará presente a esta reunião o Product Owner, Scrum Master e os demais envolvidos e interessados no projeto. Sprint Retrospective Mecanismo de melhoria contínua onde a equipe e o Scrum Master identifica pontos positivos e negativos do Sprint. Na retrospectiva também há espaço para melhorias no processo. Idéias concretas a serem implementadas em outro Sprint.
Scrum na Prática – Ciclo de Vida Incremento de Software São  as versões do produto de software A cada iteração temos uma versão do produto. Em Scrum cada iteração entrega parte do produto funcional. Ao terminar o estoque do Product BackLog teremos o produto final.
Aplicando a agilidade Melhoria simultânea em qualidade, prazo e produtividade O paradigma do triângulo de ferro do custo, esforco, escopo e qualidade parece ditar que é impossível melhorar simultaneamente em todos os aspectos Foco em inovação freqüente e incremental e melhoria continua de processo e de produto Foco em seguir um processo definido, decisões são tomadas um nível hierárquico acima, melhoria só é permitida se for institucionalizada de cima para baixo. Responsabilidades mais amplas pelos desenvolvedores produz maior produtividade Especialização do trabalho e do trabalhador produz maior produtividade Adaptabilidade a mudanças no design, no cronograma e nos objetivos de custos Rigidez, controle e prevenção de mudanças nos requisitos, design, cronograma e custo. Transferência freqüente de informação preliminar entre passos de desenvolvimento Transferência de informação formal em momentos pré-determinados do desenvolvimento Reduzir o inventario de informação entre os passos de desenvolvimento Produção de altas quantidade de inventários de informação (produtos inacabados, artefatos) entre os passos de desenvolvimento Desenvolvimento em incrementos de curtos períodos de tempo Desenvolvimento em longos períodos de tempo Mudanças freqüentes no produto (software releases) Entrega única no final do projeto de um produto Desenvolvimento Ágil Desenvolvimento Tradicional
Obrigado !

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Scrum em 15 minutos
Scrum em 15 minutosScrum em 15 minutos
Scrum em 15 minutos
Rodrigo Cascarrolho
 
Agile SCRUM
Agile SCRUMAgile SCRUM
Agile SCRUM
Eduardo Bregaida
 
Gerenciamento Ágil de Projetos com Scrum
Gerenciamento Ágil de Projetos com ScrumGerenciamento Ágil de Projetos com Scrum
Gerenciamento Ágil de Projetos com Scrum
Ludimila Monjardim Casagrande
 
Gestão Ágil de Projetos com Scrum
Gestão Ágil de Projetos com ScrumGestão Ágil de Projetos com Scrum
Gestão Ágil de Projetos com Scrum
Marcos Garrido
 
Scrum
ScrumScrum
Metodologia SCRUM
Metodologia SCRUMMetodologia SCRUM
Metodologia SCRUM
Rafael Pinheiro
 
Scrum Product Owner
Scrum Product OwnerScrum Product Owner
Scrum Product Owner
Rildo (@rildosan) Santos
 
Treinamento Ágil / Scrum
Treinamento Ágil / ScrumTreinamento Ágil / Scrum
Treinamento Ágil / Scrum
Alessandro Rodrigues, CSM, SFC
 
Scrum 101
Scrum 101Scrum 101
Scrum 101
beLithe
 
Trabalho scrum
Trabalho scrumTrabalho scrum
Trabalho scrum
Jarbas Pereira
 
Scrum Overview
Scrum OverviewScrum Overview
Scrum Overview
Fábio Aguiar
 
Lean inception
Lean inceptionLean inception
Lean inception
Mayra de Souza
 
Scrum Experience
Scrum ExperienceScrum Experience
Scrum Experience
Rildo (@rildosan) Santos
 
Scrum framework
Scrum frameworkScrum framework
Scrum framework
Rashmi Pathak
 
Scrum - Desenvolvimento Ágil
Scrum - Desenvolvimento ÁgilScrum - Desenvolvimento Ágil
Scrum - Desenvolvimento Ágil
Israel Santiago
 
Metodologia agil scrum
Metodologia agil scrumMetodologia agil scrum
Metodologia agil scrum
Pablo Juan ஃ
 
O Método Kanban
O Método KanbanO Método Kanban
O Método Kanban
Adriel Viana
 
Papeis Ágeis - uma proposta operacional Scrum
Papeis Ágeis - uma proposta operacional ScrumPapeis Ágeis - uma proposta operacional Scrum
Papeis Ágeis - uma proposta operacional Scrum
Kleitor Franklint Correa Araujo
 
Agilidade Solidária: Lean & Agile Mindset é a base para uma Transformação e n...
Agilidade Solidária: Lean & Agile Mindset é a base para uma Transformação e n...Agilidade Solidária: Lean & Agile Mindset é a base para uma Transformação e n...
Agilidade Solidária: Lean & Agile Mindset é a base para uma Transformação e n...
Coletivo AÇÃO | Criando ambientes colaborativos e criativos
 
What Is Agile Scrum
What Is Agile ScrumWhat Is Agile Scrum
What Is Agile Scrum
Michael Bourque
 

Mais procurados (20)

Scrum em 15 minutos
Scrum em 15 minutosScrum em 15 minutos
Scrum em 15 minutos
 
Agile SCRUM
Agile SCRUMAgile SCRUM
Agile SCRUM
 
Gerenciamento Ágil de Projetos com Scrum
Gerenciamento Ágil de Projetos com ScrumGerenciamento Ágil de Projetos com Scrum
Gerenciamento Ágil de Projetos com Scrum
 
Gestão Ágil de Projetos com Scrum
Gestão Ágil de Projetos com ScrumGestão Ágil de Projetos com Scrum
Gestão Ágil de Projetos com Scrum
 
Scrum
ScrumScrum
Scrum
 
Metodologia SCRUM
Metodologia SCRUMMetodologia SCRUM
Metodologia SCRUM
 
Scrum Product Owner
Scrum Product OwnerScrum Product Owner
Scrum Product Owner
 
Treinamento Ágil / Scrum
Treinamento Ágil / ScrumTreinamento Ágil / Scrum
Treinamento Ágil / Scrum
 
Scrum 101
Scrum 101Scrum 101
Scrum 101
 
Trabalho scrum
Trabalho scrumTrabalho scrum
Trabalho scrum
 
Scrum Overview
Scrum OverviewScrum Overview
Scrum Overview
 
Lean inception
Lean inceptionLean inception
Lean inception
 
Scrum Experience
Scrum ExperienceScrum Experience
Scrum Experience
 
Scrum framework
Scrum frameworkScrum framework
Scrum framework
 
Scrum - Desenvolvimento Ágil
Scrum - Desenvolvimento ÁgilScrum - Desenvolvimento Ágil
Scrum - Desenvolvimento Ágil
 
Metodologia agil scrum
Metodologia agil scrumMetodologia agil scrum
Metodologia agil scrum
 
O Método Kanban
O Método KanbanO Método Kanban
O Método Kanban
 
Papeis Ágeis - uma proposta operacional Scrum
Papeis Ágeis - uma proposta operacional ScrumPapeis Ágeis - uma proposta operacional Scrum
Papeis Ágeis - uma proposta operacional Scrum
 
Agilidade Solidária: Lean & Agile Mindset é a base para uma Transformação e n...
Agilidade Solidária: Lean & Agile Mindset é a base para uma Transformação e n...Agilidade Solidária: Lean & Agile Mindset é a base para uma Transformação e n...
Agilidade Solidária: Lean & Agile Mindset é a base para uma Transformação e n...
 
What Is Agile Scrum
What Is Agile ScrumWhat Is Agile Scrum
What Is Agile Scrum
 

Destaque

It Lean Organization
It Lean OrganizationIt Lean Organization
It Lean Organization
Andre Marsal
 
Uma abordagem inteligente de gerenciamento ágil de projetos com Scrum
Uma abordagem inteligente de gerenciamento ágil de projetos com ScrumUma abordagem inteligente de gerenciamento ágil de projetos com Scrum
Uma abordagem inteligente de gerenciamento ágil de projetos com Scrum
Alexsandra Sousóliver
 
The impact of innovation on travel and tourism industries (World Travel Marke...
The impact of innovation on travel and tourism industries (World Travel Marke...The impact of innovation on travel and tourism industries (World Travel Marke...
The impact of innovation on travel and tourism industries (World Travel Marke...
Brian Solis
 
Open Source Creativity
Open Source CreativityOpen Source Creativity
Open Source Creativity
Sara Cannon
 
Reuters: Pictures of the Year 2016 (Part 2)
Reuters: Pictures of the Year 2016 (Part 2)Reuters: Pictures of the Year 2016 (Part 2)
Reuters: Pictures of the Year 2016 (Part 2)
maditabalnco
 
The Six Highest Performing B2B Blog Post Formats
The Six Highest Performing B2B Blog Post FormatsThe Six Highest Performing B2B Blog Post Formats
The Six Highest Performing B2B Blog Post Formats
Barry Feldman
 
The Outcome Economy
The Outcome EconomyThe Outcome Economy
The Outcome Economy
Helge Tennø
 

Destaque (7)

It Lean Organization
It Lean OrganizationIt Lean Organization
It Lean Organization
 
Uma abordagem inteligente de gerenciamento ágil de projetos com Scrum
Uma abordagem inteligente de gerenciamento ágil de projetos com ScrumUma abordagem inteligente de gerenciamento ágil de projetos com Scrum
Uma abordagem inteligente de gerenciamento ágil de projetos com Scrum
 
The impact of innovation on travel and tourism industries (World Travel Marke...
The impact of innovation on travel and tourism industries (World Travel Marke...The impact of innovation on travel and tourism industries (World Travel Marke...
The impact of innovation on travel and tourism industries (World Travel Marke...
 
Open Source Creativity
Open Source CreativityOpen Source Creativity
Open Source Creativity
 
Reuters: Pictures of the Year 2016 (Part 2)
Reuters: Pictures of the Year 2016 (Part 2)Reuters: Pictures of the Year 2016 (Part 2)
Reuters: Pictures of the Year 2016 (Part 2)
 
The Six Highest Performing B2B Blog Post Formats
The Six Highest Performing B2B Blog Post FormatsThe Six Highest Performing B2B Blog Post Formats
The Six Highest Performing B2B Blog Post Formats
 
The Outcome Economy
The Outcome EconomyThe Outcome Economy
The Outcome Economy
 

Semelhante a Scrum

Scrum - Visão Geral
Scrum - Visão GeralScrum - Visão Geral
Scrum - Visão Geral
Leonardo Melo Santos
 
Scrum
ScrumScrum
Gerenciamento ágil de projetos com scrum
Gerenciamento ágil de projetos com scrumGerenciamento ágil de projetos com scrum
Gerenciamento ágil de projetos com scrum
Audasi Tecnologia e Inovação
 
Redistributable Intro To Scrum
Redistributable Intro To ScrumRedistributable Intro To Scrum
Redistributable Intro To Scrum
Juan Bernabó
 
Agilidade Com Scrum
Agilidade Com ScrumAgilidade Com Scrum
Agilidade Com Scrum
Luis Guimaraes
 
Palestra de SCRUM em Juazeiro
Palestra de SCRUM em JuazeiroPalestra de SCRUM em Juazeiro
Palestra de SCRUM em Juazeiro
Paulo Furtado
 
Gerenciamento ágil de processos - SCRUM
Gerenciamento ágil de processos - SCRUMGerenciamento ágil de processos - SCRUM
Gerenciamento ágil de processos - SCRUM
Lucas Vinícius
 
SCRUM
SCRUMSCRUM
Ferramentas Livres para a Gestão de Projetos Ágeis com Scrum
Ferramentas Livres para a Gestão de Projetos Ágeis com ScrumFerramentas Livres para a Gestão de Projetos Ágeis com Scrum
Ferramentas Livres para a Gestão de Projetos Ágeis com Scrum
Thiago Barros, PSM
 
Introdução ao desenvolvimento ágil com Scrum
Introdução ao desenvolvimento ágil com ScrumIntrodução ao desenvolvimento ágil com Scrum
Introdução ao desenvolvimento ágil com Scrum
Inove
 
Desenvolvimento ágil com scrum
Desenvolvimento ágil com scrumDesenvolvimento ágil com scrum
Desenvolvimento ágil com scrum
Carlos Lucas Brandão
 
Apresentação Scrum 2012
Apresentação Scrum 2012Apresentação Scrum 2012
Apresentação Scrum 2012
Libia Boss
 
Scrum 8
Scrum 8Scrum 8
Minicurso Aplicando Scrum em projetos de software (2010)
Minicurso Aplicando Scrum em projetos de software (2010)Minicurso Aplicando Scrum em projetos de software (2010)
Minicurso Aplicando Scrum em projetos de software (2010)
Mariana de Azevedo Santos
 
Inciando com Scrum
Inciando com ScrumInciando com Scrum
Inciando com Scrum
Idéia Ágil
 
Scrum: Uma Nova Abordagem No Desenvolvimento De Software Face À Demanda...
Scrum: Uma Nova Abordagem No Desenvolvimento De Software Face À       Demanda...Scrum: Uma Nova Abordagem No Desenvolvimento De Software Face À       Demanda...
Scrum: Uma Nova Abordagem No Desenvolvimento De Software Face À Demanda...
Luiz Lemos
 
Workshop Agilizando Projetos com SCRUM
Workshop Agilizando Projetos com SCRUMWorkshop Agilizando Projetos com SCRUM
Workshop Agilizando Projetos com SCRUM
Elumini Outdoing IT
 
Metodologia agil scrum x pmbok
Metodologia agil   scrum x pmbokMetodologia agil   scrum x pmbok
Metodologia agil scrum x pmbok
Marisa Wittmann
 
Scrum - Gerenciamento de Projetos
Scrum - Gerenciamento de ProjetosScrum - Gerenciamento de Projetos
Scrum - Gerenciamento de Projetos
William Lima
 
Scrum
ScrumScrum

Semelhante a Scrum (20)

Scrum - Visão Geral
Scrum - Visão GeralScrum - Visão Geral
Scrum - Visão Geral
 
Scrum
ScrumScrum
Scrum
 
Gerenciamento ágil de projetos com scrum
Gerenciamento ágil de projetos com scrumGerenciamento ágil de projetos com scrum
Gerenciamento ágil de projetos com scrum
 
Redistributable Intro To Scrum
Redistributable Intro To ScrumRedistributable Intro To Scrum
Redistributable Intro To Scrum
 
Agilidade Com Scrum
Agilidade Com ScrumAgilidade Com Scrum
Agilidade Com Scrum
 
Palestra de SCRUM em Juazeiro
Palestra de SCRUM em JuazeiroPalestra de SCRUM em Juazeiro
Palestra de SCRUM em Juazeiro
 
Gerenciamento ágil de processos - SCRUM
Gerenciamento ágil de processos - SCRUMGerenciamento ágil de processos - SCRUM
Gerenciamento ágil de processos - SCRUM
 
SCRUM
SCRUMSCRUM
SCRUM
 
Ferramentas Livres para a Gestão de Projetos Ágeis com Scrum
Ferramentas Livres para a Gestão de Projetos Ágeis com ScrumFerramentas Livres para a Gestão de Projetos Ágeis com Scrum
Ferramentas Livres para a Gestão de Projetos Ágeis com Scrum
 
Introdução ao desenvolvimento ágil com Scrum
Introdução ao desenvolvimento ágil com ScrumIntrodução ao desenvolvimento ágil com Scrum
Introdução ao desenvolvimento ágil com Scrum
 
Desenvolvimento ágil com scrum
Desenvolvimento ágil com scrumDesenvolvimento ágil com scrum
Desenvolvimento ágil com scrum
 
Apresentação Scrum 2012
Apresentação Scrum 2012Apresentação Scrum 2012
Apresentação Scrum 2012
 
Scrum 8
Scrum 8Scrum 8
Scrum 8
 
Minicurso Aplicando Scrum em projetos de software (2010)
Minicurso Aplicando Scrum em projetos de software (2010)Minicurso Aplicando Scrum em projetos de software (2010)
Minicurso Aplicando Scrum em projetos de software (2010)
 
Inciando com Scrum
Inciando com ScrumInciando com Scrum
Inciando com Scrum
 
Scrum: Uma Nova Abordagem No Desenvolvimento De Software Face À Demanda...
Scrum: Uma Nova Abordagem No Desenvolvimento De Software Face À       Demanda...Scrum: Uma Nova Abordagem No Desenvolvimento De Software Face À       Demanda...
Scrum: Uma Nova Abordagem No Desenvolvimento De Software Face À Demanda...
 
Workshop Agilizando Projetos com SCRUM
Workshop Agilizando Projetos com SCRUMWorkshop Agilizando Projetos com SCRUM
Workshop Agilizando Projetos com SCRUM
 
Metodologia agil scrum x pmbok
Metodologia agil   scrum x pmbokMetodologia agil   scrum x pmbok
Metodologia agil scrum x pmbok
 
Scrum - Gerenciamento de Projetos
Scrum - Gerenciamento de ProjetosScrum - Gerenciamento de Projetos
Scrum - Gerenciamento de Projetos
 
Scrum
ScrumScrum
Scrum
 

Último

Certificado Jornada Python Da Hashtag.pdf
Certificado Jornada Python Da Hashtag.pdfCertificado Jornada Python Da Hashtag.pdf
Certificado Jornada Python Da Hashtag.pdf
joaovmp3
 
Logica de Progamacao - Aula (1) (1).pptx
Logica de Progamacao - Aula (1) (1).pptxLogica de Progamacao - Aula (1) (1).pptx
Logica de Progamacao - Aula (1) (1).pptx
Momento da Informática
 
DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE I_aula1-2.pdf
DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE I_aula1-2.pdfDESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE I_aula1-2.pdf
DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE I_aula1-2.pdf
Momento da Informática
 
TOO - TÉCNICAS DE ORIENTAÇÃO A OBJETOS aula 1.pdf
TOO - TÉCNICAS DE ORIENTAÇÃO A OBJETOS aula 1.pdfTOO - TÉCNICAS DE ORIENTAÇÃO A OBJETOS aula 1.pdf
TOO - TÉCNICAS DE ORIENTAÇÃO A OBJETOS aula 1.pdf
Momento da Informática
 
História da Rádio- 1936-1970 século XIX .2.pptx
História da Rádio- 1936-1970 século XIX   .2.pptxHistória da Rádio- 1936-1970 século XIX   .2.pptx
História da Rádio- 1936-1970 século XIX .2.pptx
TomasSousa7
 
Manual-de-Credenciamento ANATER 2023.pdf
Manual-de-Credenciamento ANATER 2023.pdfManual-de-Credenciamento ANATER 2023.pdf
Manual-de-Credenciamento ANATER 2023.pdf
WELITONNOGUEIRA3
 

Último (6)

Certificado Jornada Python Da Hashtag.pdf
Certificado Jornada Python Da Hashtag.pdfCertificado Jornada Python Da Hashtag.pdf
Certificado Jornada Python Da Hashtag.pdf
 
Logica de Progamacao - Aula (1) (1).pptx
Logica de Progamacao - Aula (1) (1).pptxLogica de Progamacao - Aula (1) (1).pptx
Logica de Progamacao - Aula (1) (1).pptx
 
DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE I_aula1-2.pdf
DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE I_aula1-2.pdfDESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE I_aula1-2.pdf
DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE I_aula1-2.pdf
 
TOO - TÉCNICAS DE ORIENTAÇÃO A OBJETOS aula 1.pdf
TOO - TÉCNICAS DE ORIENTAÇÃO A OBJETOS aula 1.pdfTOO - TÉCNICAS DE ORIENTAÇÃO A OBJETOS aula 1.pdf
TOO - TÉCNICAS DE ORIENTAÇÃO A OBJETOS aula 1.pdf
 
História da Rádio- 1936-1970 século XIX .2.pptx
História da Rádio- 1936-1970 século XIX   .2.pptxHistória da Rádio- 1936-1970 século XIX   .2.pptx
História da Rádio- 1936-1970 século XIX .2.pptx
 
Manual-de-Credenciamento ANATER 2023.pdf
Manual-de-Credenciamento ANATER 2023.pdfManual-de-Credenciamento ANATER 2023.pdf
Manual-de-Credenciamento ANATER 2023.pdf
 

Scrum

  • 1. SCRUM Introdução a Gestão Ágil de Projetos André Marsal – SCRUM MASTER CERTIFIED
  • 2.
  • 3.
  • 4. Influências do Scrum Lean Thinking - “Pensamento enxuto” “ Produção Just in time” “ Não tentar prever o futuro” “ Desperdício é sinal de prejuízo”. Tempo é dinheiro. Takeuchi e Nonaka Revezamento x abordagem holística Artigo "The New Product Development Game" de 1986 “Equipes Multifuncionais trabalhando ao mesmo tempo e energizadas para produzir um resultado de valor ao cliente” Desenvolvimento Interativo e Incremental “ Pequenas partes para construir o todo” Manifesto Ágil Prestígio a criatividade para atingir resultados de alto valor agregado
  • 5. O que é ser ágil em desenvolvimento de software? Indivíduos e interações Software funcional Colaboração com cliente Responder a mudanças Processos e ferramentas Processos e ferramentas Processos e ferramentas Processos e ferramentas Processos e ferramentas Processos e ferramentas Processos e ferramentas Processos e ferramentas Processos e ferramentas Processos e ferramentas Processos e ferramentas Processos e ferramentas Processos e ferramentas Processos e ferramentas Processos e ferramentas Processos e ferramentas Processos e ferramentas Processos e ferramentas Seguir um plano Negociação contratual Processos e ferramentas Documentação abrangente Sobre Sobre Sobre Sobre
  • 6. Manifesto Ágil O Manifesto Ágil, criado em 2001, descreve a essência de um conjunto de abordagens para desenvolvimento de software criadas ao longo da última década. Um grupo de profissionais veteranos na área de software decidiram se reunir em uma estação de esqui, nos EUA, para discutir formas de melhorar o desempenho de seus projetos.
  • 7. Modelo tradicional x Modelo Ágil Modelo Ágil Modelo Sequencial PROCESSOS EMPÍRICOS Visão do Usuário Requisitos Projeto Codificação Teste Requisitos Projeto Codificação Teste Projeto Codificação Projeto Teste Codificação Projeto
  • 8. Standish Group Study – Estudo realizado em 2002
  • 10. Scrum na prática - Papéis Product Owner Time Scrum Master Executores multifuncionais Auto-organizado Dedicados aos objetivos do produto Reforça os valores e praticas do SCRUM Define funcionalidades; Prioriza funcionalidades de acordo com o valor; Aceita ou rejeita o produto. É a ponte entre o usuário e a equipe. Responsável em garantir e demonstrar o ROI do produto Remove impedimentos Reforça a cooperação Assegura valores e práticas do Scrum Conduz melhoria contínua de processos Aplica o planejamento continuo (PDCA). Garante o andamento do Product Backlog
  • 11. Scrum na Prática – Fluxo
  • 12. Scrum na Prática – Ciclo de Vida
  • 13. Product Backlog Product Backlog Lista de requisitos ou trabalhos desejados no projeto. Priorizado pelo Product Owner. Deve ser expressado de maneira que cada requisito tenha um “valor” para o usuário ou cliente. Pode ser representado por um conjunto de Requisitos de Software ou por User Estories
  • 14. Tamanho do Product Backlog Em SCRUM estima-se tamanho. O tempo depende de fatores como: Cadência Fatores ambientais Impedimentos Conhecimento PLANNING POKER O item é apresentado brevemente para todos pelo moderador, que normalmente é o Product Owner ou o Scrum Master. A equipe faz perguntas para entender melhor do que se trata o item, mas sem discutir detalhes de implementação. O foco aqui é entender o que deve ser feito, não como. Cada membro da equipe escolhe em silêncio a carta que representa sua estimativa. O moderador ( Scrum Master) pede para todos mostrarem as cartas. Se todas as estimativas forem iguais, o que raramente acontece de primeira, a estimativa está feita e o processo volta ao início, para um novo item. Se houver ao menos uma estimativa diferente, aqueles que apresentaram o(s) maior(es) e o(s) menor(es) valor(es) se justificam. O processo se repete até todas as estimativas convergirem. Aqui vale o bom senso: se, por exemplo, 3 membros da equipe colocaram ‘5′ como estimativa, e um único desenvolvedor insiste em colocar ‘3′, o ideal é que ele abra mão
  • 15. Sprint Backlog Sprint Backlog Lista de tarefas para cada item do Product Backlog. Lista definida e estimada pela equipe Scrum
  • 16. Execução do Sprint Sprint Planning Metting #1 É uma reunião que ocorre entre a equipe, Product Owner,Scrum Master e steakeholders, onde o Product Owner apresenta o Sprint e seus objetivos, bem como a priorização das atividades do Sprint. Sprint Planning Metting #2 Após a Sprint Planning Metting #1, a equipe Scrum se reúne para interpretação do conteúdo da primeira reunião e define o que é possível atender no Sprint. Em alguns casos é necessária a negociação do objetivo junto ao PO.
  • 17. Organizando o Sprint Sprint Backlog Item do Product BackLog
  • 18. Quadro de Acompanhamento QUADRO KANBAN Nascido na Toyota, o fundamento básico desta técnica, está baseado em manter um fluxo contínuo dos produtos que estão sendo manufaturados. Permite o acompanhamento visual da construção de um Item de Backlog, onde cada fase da construção de uma peça, que faz parte do Item de Backlog pode ser rapidamente identificada pela equipe.
  • 19. Execução do Sprint SCRUM DAILY METTING Reunião para acompanhamento do Sprint onde cada membro da equipe responde 3 perguntas: O que fez ontem? O que fará hoje? Há algum impedimento? Atualização do Sprint BurnDown Chart Com base nas informações coletadas da equipe o Scrum Master atualiza e publica o Burndown Chart
  • 20. Sprint Revisão e Retrospectiva Sprint Review Metting Ao final do Sprint o time demonstra o resultado alcançado. Além da equipe estará presente a esta reunião o Product Owner, Scrum Master e os demais envolvidos e interessados no projeto. Sprint Retrospective Mecanismo de melhoria contínua onde a equipe e o Scrum Master identifica pontos positivos e negativos do Sprint. Na retrospectiva também há espaço para melhorias no processo. Idéias concretas a serem implementadas em outro Sprint.
  • 21. Scrum na Prática – Ciclo de Vida Incremento de Software São as versões do produto de software A cada iteração temos uma versão do produto. Em Scrum cada iteração entrega parte do produto funcional. Ao terminar o estoque do Product BackLog teremos o produto final.
  • 22. Aplicando a agilidade Melhoria simultânea em qualidade, prazo e produtividade O paradigma do triângulo de ferro do custo, esforco, escopo e qualidade parece ditar que é impossível melhorar simultaneamente em todos os aspectos Foco em inovação freqüente e incremental e melhoria continua de processo e de produto Foco em seguir um processo definido, decisões são tomadas um nível hierárquico acima, melhoria só é permitida se for institucionalizada de cima para baixo. Responsabilidades mais amplas pelos desenvolvedores produz maior produtividade Especialização do trabalho e do trabalhador produz maior produtividade Adaptabilidade a mudanças no design, no cronograma e nos objetivos de custos Rigidez, controle e prevenção de mudanças nos requisitos, design, cronograma e custo. Transferência freqüente de informação preliminar entre passos de desenvolvimento Transferência de informação formal em momentos pré-determinados do desenvolvimento Reduzir o inventario de informação entre os passos de desenvolvimento Produção de altas quantidade de inventários de informação (produtos inacabados, artefatos) entre os passos de desenvolvimento Desenvolvimento em incrementos de curtos períodos de tempo Desenvolvimento em longos períodos de tempo Mudanças freqüentes no produto (software releases) Entrega única no final do projeto de um produto Desenvolvimento Ágil Desenvolvimento Tradicional