SlideShare uma empresa Scribd logo
Scrum na Globo.com:
          
 derrubando mitos.




        Danilo Bardusco <bardusco@corp.globo.com>
                   Gerente de tecnologia - Globo.com
WARNING
  MUITAS GENERALIZAÇÕES SERÃO FEITAS DURANTE
  ESSA APRESENTAÇÃO. NO ENTANTO A ADOÇÃO DE
 PRÁTICAS ÁGEIS EXIGE UM ALTO GRAU DE LIBERDADE
    PARA QUE SE CRIE UM AMBIENTE FAVORÁVEL A
   MELHORIA CONTINUA E ONDE A PADRONIZAÇÃO
     EMERGE DAS MELHORES PRÁTICAS, E NÃO DE
     IMPOSIÇÕES CRIADAS POR ALGUMAS OUTRAS
   ABORDAGENS. ISSO FAZ COM QUE CADA EQUIPE
ESTEJA EM DIFERENTES NÍVEIS DE EVOLUÇÃO EM CADA
 UMA DAS DISCIPLINAS E PORTANTO GENERALIZAR OS
 FATOS PODE NÃO REFLETIR A REALIDADE DE UM TIME
                 EM PARTICULAR.
Onde tudo começou

Inscrições para o BBB 8

Ótima idéia, mas com um prazo impraticável

Cenário:
    • estrutura departamentalizada
    • burocracia
    • equipes distintas para modelar, desenhar,
      escrever, testar, etc...
Trabalho em Equipe
3° dia de projeto


    primeira reunião para apresentar o SCRUM:
    
      1 PO
    
      1 SM
    
      5 desenvolvedores, 2 designers, 2 arquitetos da
      informação, 2 DBAs, 2 Testers

    
        TOTAL: 15 pessoas!!!    -> 1° ERRO

    
        todos gostaram da idéia mas não estavam
        confiantes que aquilo poderia funcionar
4° dia: Sprint Planning


 Primeiros desafios culturais:

    
        BDUF

    
        Paralelismo

    
        nova proposta: todos na mesma estória
        
          reação: IMPOSSÍVEL!
        
          proposta, tentar durante 3 dias,
em caso de falha voltamos ao processo antigo (A.K.A: matamos o projeto)
Os mitos começam a cair
• No segundo daily scrum a primeira história
  foi concluida!

• Muita dúvida ainda sobre o BDUF
Sprint 01

- faltou planejamento

- só metade do planejado
foi feito

- sobrou gente
Sprint 01

    Ações pós retrospectiva:

    melhorar o planejamento


    redimensionar equipe
         
           especialistas como Proxy

                 TOTAL: 9 pessoas!!!
Sprint 02

Percepção velocidade 2x
maior que no modelo
antigo.

Equipe motivada!



                          entregamos três
                          dias antes do
                          planejado!
Sprint 04 – No AR!

 Tempo recorde!


 Bugs muito abaixo da
média


 Liberação muito rápida
Scrum na Globo.com - Derrubando mitos - UPDATED
Scrum na Globo.com - Derrubando mitos - UPDATED
Curiosidades

Principal requisito nunca foi entregue
Apesar disso o cliente ficou muito feliz!! (negociação de escopo)

Barulho e Post-Its nas paredes chamaram a
 atenção da empresa inteira.

Diretoria pediu uma apresentação para saber o
 que era quot;esse tal de SCRUMquot;
As mudanças começaram


    Treinamento CSM com o Boris para +100 pessoas

    Em 3 meses já tínhamos 4 times trabalhando com
    Scrum

    Melhora significativa na velocidade

    Práticas ágeis de engenharia
       •
        Integração contínua, testes automatizados,
        TDD, DB migration, automação de deploy

    Melhora na qualidade

    Clima da empresa muito otimista ajudou muito
Spreading Scrum

O plano era estabilizar
 os 4 times e formar
 os outros com partes
 dos primeiros
Spreading Scrum
Spreading Scrum
Nova Estrutura
e os meta-projetos de infra-estrutura




14 times de projetos
3 de infra-estrutura
Estrutura atual
e os meta-projetos de infra-estrutura




14 times de projetos
2 de infra-estrutura
Plano → RePlano → RePlanoAgain

- Estabilizar os times

- Qualificar em práticas ágeis de engenharia

- Melhor organização do Portifólio de produtos

- Escalar impedimentos

- Continuar escalando o conceito de DONE
Desafios

   Motivação dos times !
Desafios


Como trabalhar com os designers de interface?
Desafios

Confiança!

Maximizar o relacionamento entre PO e SM

 Novos papéis para os gerentes.
acaba command-control, começa líder-servidor
Desafios




Como manter a padronização e troca de
   conhecimento entre os times ?
Communities's Scrum of Scrums




              Arquitetura da          Scrum of Scrums             Processos
               informacão

Ferramentas                                                                     Visão geral
  de teste                                                                      de produtos
Automacão                   Padrões de                  Padrões               26 Backlog
     etc                  implementação                 Visuais                 Corporativo
Principais dificuldades

Muitos impedimentos! - Falta de foco

Resistência de quem acha que está perdendo poder

Desmotivação de quem está fora do time

Falta de líderes técnicos em alguns times

Síndrome do PO virtual
Principais erros cometidos

•Não treinar os times antes de começar

•Paralelizar trabalho

•Planning sem ter o Backlog organizado
Mais mudanças

Influência na estratégia:
• Prazo fixo
• Sai “qualidade negociável”
• Entra “escopo negociável”

Acaba a síndrome do sofá-cama
(Desenvolvimento profissional)


Visibilidade / Transparência
(satisfação dos clientes)


Mobiliário novo!
Mais mudanças
Mais benefícios

 Maior Velocidade


 Respostas mais rápidas as mudanças


 Maior qualidade


 Distribuição do conhecimento


 Motivação
Trabalho em equipe = Diversão
Fatores críticos para o sucesso

- Pré-requisitos para montar um time Scrum:
      
        Time colocado e dedicado
      
        SM master exclusivo
      
        PO único e exclusivo
      
        Treinamento para o time

- Motivação

- Identificar papéis e não atribuir cargos
É possível escrever software
   de qualidade sem burocracia.

Patrocínio:




              Danilo Bardusco <bardusco@corp.globo.com>
                                 http://blog.bardusco.com/

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Conhecendo e Criando Novas Retrospectivas | TDCSP
Conhecendo e Criando Novas Retrospectivas | TDCSPConhecendo e Criando Novas Retrospectivas | TDCSP
Conhecendo e Criando Novas Retrospectivas | TDCSP
Samuel Cavalcante
 
Gerenciamento ágil de processos - SCRUM
Gerenciamento ágil de processos - SCRUMGerenciamento ágil de processos - SCRUM
Gerenciamento ágil de processos - SCRUM
Lucas Vinícius
 
Métodos Ágeis no Processo de Desenvolvimento de Software - CompSulMS 2016
Métodos Ágeis no Processo de Desenvolvimento de Software - CompSulMS 2016Métodos Ágeis no Processo de Desenvolvimento de Software - CompSulMS 2016
Métodos Ágeis no Processo de Desenvolvimento de Software - CompSulMS 2016
Samuel Cavalcante
 
Scrum (AgileTour 2011)
Scrum (AgileTour 2011)Scrum (AgileTour 2011)
Scrum (AgileTour 2011)
Mauricio Vieira
 
Palestra scrum senac
Palestra scrum senacPalestra scrum senac
Palestra scrum senac
Ideia Ágil
 
O que é SCRUM
O que é SCRUMO que é SCRUM
Workshop Scrum 2017 - Michele Tavares
Workshop Scrum 2017 - Michele TavaresWorkshop Scrum 2017 - Michele Tavares
Workshop Scrum 2017 - Michele Tavares
Michele Tavares
 
Métodos Ágeis fora da área de TI
Métodos Ágeis fora da área de TIMétodos Ágeis fora da área de TI
Métodos Ágeis fora da área de TI
Michele Tavares
 
Xp e Scrum
Xp e ScrumXp e Scrum
Xp e Scrum
iDATA software
 
Conhecendo e Criando novas Retrospectivas - TDC POA e AgileTrends Belém
Conhecendo e Criando novas Retrospectivas - TDC POA e AgileTrends BelémConhecendo e Criando novas Retrospectivas - TDC POA e AgileTrends Belém
Conhecendo e Criando novas Retrospectivas - TDC POA e AgileTrends Belém
Samuel Cavalcante
 
Scrum - Essa é a jogada!
Scrum - Essa é a jogada!Scrum - Essa é a jogada!
Scrum - Essa é a jogada!
Fernanda Rabello
 
Todasexta
TodasextaTodasexta
Todasexta
Luciano Almeida
 
Curso Scrum e Métodos Ágeis 03
Curso Scrum e Métodos Ágeis 03Curso Scrum e Métodos Ágeis 03
Curso Scrum e Métodos Ágeis 03
Luiz Duarte
 
Metodologia SCRUM
Metodologia SCRUMMetodologia SCRUM
Metodologia SCRUM
Rafael Pinheiro
 
Guia do Papel e Responsabilidade do Scrum Master
Guia do Papel e Responsabilidade do Scrum MasterGuia do Papel e Responsabilidade do Scrum Master
Guia do Papel e Responsabilidade do Scrum Master
Paulo Lomanto
 
Workshop Scrum
Workshop ScrumWorkshop Scrum
Workshop Scrum
Ideia Ágil
 
Curso Scrum e Métodos Ágeis 06
Curso Scrum e Métodos Ágeis 06Curso Scrum e Métodos Ágeis 06
Curso Scrum e Métodos Ágeis 06
Luiz Duarte
 
Scrum - Conceitos, Práticas e Experiências - Manoel Pimentel
Scrum - Conceitos, Práticas e Experiências - Manoel PimentelScrum - Conceitos, Práticas e Experiências - Manoel Pimentel
Scrum - Conceitos, Práticas e Experiências - Manoel Pimentel
Manoel Pimentel Medeiros
 
Scrum - Framework, Competências e Valores (versão community)
Scrum -  Framework, Competências e Valores (versão community)Scrum -  Framework, Competências e Valores (versão community)
Scrum - Framework, Competências e Valores (versão community)
Manoel Pimentel Medeiros
 
Palestra agile testing coaching
Palestra agile testing coaching Palestra agile testing coaching
Palestra agile testing coaching
Walmyr Lima e Silva Filho
 

Mais procurados (20)

Conhecendo e Criando Novas Retrospectivas | TDCSP
Conhecendo e Criando Novas Retrospectivas | TDCSPConhecendo e Criando Novas Retrospectivas | TDCSP
Conhecendo e Criando Novas Retrospectivas | TDCSP
 
Gerenciamento ágil de processos - SCRUM
Gerenciamento ágil de processos - SCRUMGerenciamento ágil de processos - SCRUM
Gerenciamento ágil de processos - SCRUM
 
Métodos Ágeis no Processo de Desenvolvimento de Software - CompSulMS 2016
Métodos Ágeis no Processo de Desenvolvimento de Software - CompSulMS 2016Métodos Ágeis no Processo de Desenvolvimento de Software - CompSulMS 2016
Métodos Ágeis no Processo de Desenvolvimento de Software - CompSulMS 2016
 
Scrum (AgileTour 2011)
Scrum (AgileTour 2011)Scrum (AgileTour 2011)
Scrum (AgileTour 2011)
 
Palestra scrum senac
Palestra scrum senacPalestra scrum senac
Palestra scrum senac
 
O que é SCRUM
O que é SCRUMO que é SCRUM
O que é SCRUM
 
Workshop Scrum 2017 - Michele Tavares
Workshop Scrum 2017 - Michele TavaresWorkshop Scrum 2017 - Michele Tavares
Workshop Scrum 2017 - Michele Tavares
 
Métodos Ágeis fora da área de TI
Métodos Ágeis fora da área de TIMétodos Ágeis fora da área de TI
Métodos Ágeis fora da área de TI
 
Xp e Scrum
Xp e ScrumXp e Scrum
Xp e Scrum
 
Conhecendo e Criando novas Retrospectivas - TDC POA e AgileTrends Belém
Conhecendo e Criando novas Retrospectivas - TDC POA e AgileTrends BelémConhecendo e Criando novas Retrospectivas - TDC POA e AgileTrends Belém
Conhecendo e Criando novas Retrospectivas - TDC POA e AgileTrends Belém
 
Scrum - Essa é a jogada!
Scrum - Essa é a jogada!Scrum - Essa é a jogada!
Scrum - Essa é a jogada!
 
Todasexta
TodasextaTodasexta
Todasexta
 
Curso Scrum e Métodos Ágeis 03
Curso Scrum e Métodos Ágeis 03Curso Scrum e Métodos Ágeis 03
Curso Scrum e Métodos Ágeis 03
 
Metodologia SCRUM
Metodologia SCRUMMetodologia SCRUM
Metodologia SCRUM
 
Guia do Papel e Responsabilidade do Scrum Master
Guia do Papel e Responsabilidade do Scrum MasterGuia do Papel e Responsabilidade do Scrum Master
Guia do Papel e Responsabilidade do Scrum Master
 
Workshop Scrum
Workshop ScrumWorkshop Scrum
Workshop Scrum
 
Curso Scrum e Métodos Ágeis 06
Curso Scrum e Métodos Ágeis 06Curso Scrum e Métodos Ágeis 06
Curso Scrum e Métodos Ágeis 06
 
Scrum - Conceitos, Práticas e Experiências - Manoel Pimentel
Scrum - Conceitos, Práticas e Experiências - Manoel PimentelScrum - Conceitos, Práticas e Experiências - Manoel Pimentel
Scrum - Conceitos, Práticas e Experiências - Manoel Pimentel
 
Scrum - Framework, Competências e Valores (versão community)
Scrum -  Framework, Competências e Valores (versão community)Scrum -  Framework, Competências e Valores (versão community)
Scrum - Framework, Competências e Valores (versão community)
 
Palestra agile testing coaching
Palestra agile testing coaching Palestra agile testing coaching
Palestra agile testing coaching
 

Semelhante a Scrum na Globo.com - Derrubando mitos - UPDATED

Scrum
ScrumScrum
Metodologias Ágeis para Gestão e Planejamento de Projetos Scrum - XP - Kanban
Metodologias Ágeis para Gestão e Planejamento de Projetos Scrum - XP - KanbanMetodologias Ágeis para Gestão e Planejamento de Projetos Scrum - XP - Kanban
Metodologias Ágeis para Gestão e Planejamento de Projetos Scrum - XP - Kanban
Matheus Costa
 
Palestra de SCRUM em Juazeiro
Palestra de SCRUM em JuazeiroPalestra de SCRUM em Juazeiro
Palestra de SCRUM em Juazeiro
Paulo Furtado
 
Não São Apenas Sapatos
Não São Apenas SapatosNão São Apenas Sapatos
Não São Apenas Sapatos
Vinícius Silva de Andrade
 
Metodologias Ágeis: Uma breve introdução
Metodologias Ágeis: Uma breve introduçãoMetodologias Ágeis: Uma breve introdução
Metodologias Ágeis: Uma breve introdução
Achiles Camilo
 
Enter SCRUM
Enter SCRUMEnter SCRUM
Enter SCRUM
Breno Campos
 
Metodologias ageis
Metodologias ageisMetodologias ageis
Metodologias ageis
Charles Fortes
 
Desenvolvimento Ágil com Scrum - Palestra Digitalks
Desenvolvimento Ágil com Scrum - Palestra DigitalksDesenvolvimento Ágil com Scrum - Palestra Digitalks
Desenvolvimento Ágil com Scrum - Palestra Digitalks
Rômulo Gomes
 
Gestão Ágil de Projetos com Scrum
Gestão Ágil de Projetos com ScrumGestão Ágil de Projetos com Scrum
Gestão Ágil de Projetos com Scrum
Noaldo Sales
 
Treinamento Ágil / Scrum
Treinamento Ágil / ScrumTreinamento Ágil / Scrum
Treinamento Ágil / Scrum
Alessandro Rodrigues, CSM, SFC
 
#HubEscola2016 | Gestão ágil de projetos para "não TI" | Rafael Rocha
#HubEscola2016 | Gestão ágil de projetos para "não TI" | Rafael Rocha#HubEscola2016 | Gestão ágil de projetos para "não TI" | Rafael Rocha
#HubEscola2016 | Gestão ágil de projetos para "não TI" | Rafael Rocha
Rafael Rocha
 
Métodos Ágeis - Aula02
Métodos Ágeis - Aula02Métodos Ágeis - Aula02
Métodos Ágeis - Aula02
Adriano Bertucci
 
Portuguese scrum
Portuguese scrumPortuguese scrum
Portuguese scrum
Denise Vieira
 
Uma introdução ao SCRUM
Uma introdução ao SCRUMUma introdução ao SCRUM
Uma introdução ao SCRUM
elliando dias
 
Scrum - Metodologia Ágil
Scrum - Metodologia ÁgilScrum - Metodologia Ágil
Scrum - Metodologia Ágil
Biblioteca Etec de Rgs
 
Introdução ao desenvolvimento ágil com Scrum
Introdução ao desenvolvimento ágil com ScrumIntrodução ao desenvolvimento ágil com Scrum
Introdução ao desenvolvimento ágil com Scrum
Inove
 
Scrum
ScrumScrum
Gestao Ágil do Backlog - Taskboards
Gestao Ágil do Backlog - TaskboardsGestao Ágil do Backlog - Taskboards
Gestao Ágil do Backlog - Taskboards
Kleitor Franklint Correa Araujo
 
Modelos Híbridos: Case, Verdades, Mitos e Resistências
Modelos Híbridos: Case, Verdades, Mitos e ResistênciasModelos Híbridos: Case, Verdades, Mitos e Resistências
Modelos Híbridos: Case, Verdades, Mitos e Resistências
Vitor Massari
 
Agilidade: Scrum e Xp
Agilidade: Scrum e XpAgilidade: Scrum e Xp
Agilidade: Scrum e Xp
Fernando Costa
 

Semelhante a Scrum na Globo.com - Derrubando mitos - UPDATED (20)

Scrum
ScrumScrum
Scrum
 
Metodologias Ágeis para Gestão e Planejamento de Projetos Scrum - XP - Kanban
Metodologias Ágeis para Gestão e Planejamento de Projetos Scrum - XP - KanbanMetodologias Ágeis para Gestão e Planejamento de Projetos Scrum - XP - Kanban
Metodologias Ágeis para Gestão e Planejamento de Projetos Scrum - XP - Kanban
 
Palestra de SCRUM em Juazeiro
Palestra de SCRUM em JuazeiroPalestra de SCRUM em Juazeiro
Palestra de SCRUM em Juazeiro
 
Não São Apenas Sapatos
Não São Apenas SapatosNão São Apenas Sapatos
Não São Apenas Sapatos
 
Metodologias Ágeis: Uma breve introdução
Metodologias Ágeis: Uma breve introduçãoMetodologias Ágeis: Uma breve introdução
Metodologias Ágeis: Uma breve introdução
 
Enter SCRUM
Enter SCRUMEnter SCRUM
Enter SCRUM
 
Metodologias ageis
Metodologias ageisMetodologias ageis
Metodologias ageis
 
Desenvolvimento Ágil com Scrum - Palestra Digitalks
Desenvolvimento Ágil com Scrum - Palestra DigitalksDesenvolvimento Ágil com Scrum - Palestra Digitalks
Desenvolvimento Ágil com Scrum - Palestra Digitalks
 
Gestão Ágil de Projetos com Scrum
Gestão Ágil de Projetos com ScrumGestão Ágil de Projetos com Scrum
Gestão Ágil de Projetos com Scrum
 
Treinamento Ágil / Scrum
Treinamento Ágil / ScrumTreinamento Ágil / Scrum
Treinamento Ágil / Scrum
 
#HubEscola2016 | Gestão ágil de projetos para "não TI" | Rafael Rocha
#HubEscola2016 | Gestão ágil de projetos para "não TI" | Rafael Rocha#HubEscola2016 | Gestão ágil de projetos para "não TI" | Rafael Rocha
#HubEscola2016 | Gestão ágil de projetos para "não TI" | Rafael Rocha
 
Métodos Ágeis - Aula02
Métodos Ágeis - Aula02Métodos Ágeis - Aula02
Métodos Ágeis - Aula02
 
Portuguese scrum
Portuguese scrumPortuguese scrum
Portuguese scrum
 
Uma introdução ao SCRUM
Uma introdução ao SCRUMUma introdução ao SCRUM
Uma introdução ao SCRUM
 
Scrum - Metodologia Ágil
Scrum - Metodologia ÁgilScrum - Metodologia Ágil
Scrum - Metodologia Ágil
 
Introdução ao desenvolvimento ágil com Scrum
Introdução ao desenvolvimento ágil com ScrumIntrodução ao desenvolvimento ágil com Scrum
Introdução ao desenvolvimento ágil com Scrum
 
Scrum
ScrumScrum
Scrum
 
Gestao Ágil do Backlog - Taskboards
Gestao Ágil do Backlog - TaskboardsGestao Ágil do Backlog - Taskboards
Gestao Ágil do Backlog - Taskboards
 
Modelos Híbridos: Case, Verdades, Mitos e Resistências
Modelos Híbridos: Case, Verdades, Mitos e ResistênciasModelos Híbridos: Case, Verdades, Mitos e Resistências
Modelos Híbridos: Case, Verdades, Mitos e Resistências
 
Agilidade: Scrum e Xp
Agilidade: Scrum e XpAgilidade: Scrum e Xp
Agilidade: Scrum e Xp
 

Scrum na Globo.com - Derrubando mitos - UPDATED

  • 1. Scrum na Globo.com:   derrubando mitos. Danilo Bardusco <bardusco@corp.globo.com> Gerente de tecnologia - Globo.com
  • 2. WARNING MUITAS GENERALIZAÇÕES SERÃO FEITAS DURANTE ESSA APRESENTAÇÃO. NO ENTANTO A ADOÇÃO DE PRÁTICAS ÁGEIS EXIGE UM ALTO GRAU DE LIBERDADE PARA QUE SE CRIE UM AMBIENTE FAVORÁVEL A MELHORIA CONTINUA E ONDE A PADRONIZAÇÃO EMERGE DAS MELHORES PRÁTICAS, E NÃO DE IMPOSIÇÕES CRIADAS POR ALGUMAS OUTRAS ABORDAGENS. ISSO FAZ COM QUE CADA EQUIPE ESTEJA EM DIFERENTES NÍVEIS DE EVOLUÇÃO EM CADA UMA DAS DISCIPLINAS E PORTANTO GENERALIZAR OS FATOS PODE NÃO REFLETIR A REALIDADE DE UM TIME EM PARTICULAR.
  • 3. Onde tudo começou Inscrições para o BBB 8 Ótima idéia, mas com um prazo impraticável Cenário: • estrutura departamentalizada • burocracia • equipes distintas para modelar, desenhar, escrever, testar, etc...
  • 5. 3° dia de projeto  primeira reunião para apresentar o SCRUM:  1 PO  1 SM  5 desenvolvedores, 2 designers, 2 arquitetos da informação, 2 DBAs, 2 Testers  TOTAL: 15 pessoas!!! -> 1° ERRO  todos gostaram da idéia mas não estavam confiantes que aquilo poderia funcionar
  • 6. 4° dia: Sprint Planning  Primeiros desafios culturais:  BDUF  Paralelismo  nova proposta: todos na mesma estória  reação: IMPOSSÍVEL!  proposta, tentar durante 3 dias, em caso de falha voltamos ao processo antigo (A.K.A: matamos o projeto)
  • 7. Os mitos começam a cair • No segundo daily scrum a primeira história foi concluida! • Muita dúvida ainda sobre o BDUF
  • 8. Sprint 01 - faltou planejamento - só metade do planejado foi feito - sobrou gente
  • 9. Sprint 01  Ações pós retrospectiva:  melhorar o planejamento  redimensionar equipe  especialistas como Proxy TOTAL: 9 pessoas!!!
  • 10. Sprint 02 Percepção velocidade 2x maior que no modelo antigo. Equipe motivada! entregamos três dias antes do planejado!
  • 11. Sprint 04 – No AR!  Tempo recorde!  Bugs muito abaixo da média  Liberação muito rápida
  • 14. Curiosidades Principal requisito nunca foi entregue Apesar disso o cliente ficou muito feliz!! (negociação de escopo) Barulho e Post-Its nas paredes chamaram a atenção da empresa inteira. Diretoria pediu uma apresentação para saber o que era quot;esse tal de SCRUMquot;
  • 15. As mudanças começaram  Treinamento CSM com o Boris para +100 pessoas  Em 3 meses já tínhamos 4 times trabalhando com Scrum  Melhora significativa na velocidade  Práticas ágeis de engenharia • Integração contínua, testes automatizados, TDD, DB migration, automação de deploy  Melhora na qualidade  Clima da empresa muito otimista ajudou muito
  • 16. Spreading Scrum O plano era estabilizar os 4 times e formar os outros com partes dos primeiros
  • 19. Nova Estrutura e os meta-projetos de infra-estrutura 14 times de projetos 3 de infra-estrutura
  • 20. Estrutura atual e os meta-projetos de infra-estrutura 14 times de projetos 2 de infra-estrutura
  • 21. Plano → RePlano → RePlanoAgain - Estabilizar os times - Qualificar em práticas ágeis de engenharia - Melhor organização do Portifólio de produtos - Escalar impedimentos - Continuar escalando o conceito de DONE
  • 22. Desafios Motivação dos times !
  • 23. Desafios Como trabalhar com os designers de interface?
  • 24. Desafios Confiança! Maximizar o relacionamento entre PO e SM Novos papéis para os gerentes. acaba command-control, começa líder-servidor
  • 25. Desafios Como manter a padronização e troca de conhecimento entre os times ?
  • 26. Communities's Scrum of Scrums Arquitetura da Scrum of Scrums Processos informacão Ferramentas Visão geral de teste de produtos Automacão Padrões de Padrões 26 Backlog etc implementação Visuais Corporativo
  • 27. Principais dificuldades Muitos impedimentos! - Falta de foco Resistência de quem acha que está perdendo poder Desmotivação de quem está fora do time Falta de líderes técnicos em alguns times Síndrome do PO virtual
  • 28. Principais erros cometidos •Não treinar os times antes de começar •Paralelizar trabalho •Planning sem ter o Backlog organizado
  • 29. Mais mudanças Influência na estratégia: • Prazo fixo • Sai “qualidade negociável” • Entra “escopo negociável” Acaba a síndrome do sofá-cama (Desenvolvimento profissional) Visibilidade / Transparência (satisfação dos clientes) Mobiliário novo!
  • 31. Mais benefícios  Maior Velocidade  Respostas mais rápidas as mudanças  Maior qualidade  Distribuição do conhecimento  Motivação
  • 32. Trabalho em equipe = Diversão
  • 33. Fatores críticos para o sucesso - Pré-requisitos para montar um time Scrum:  Time colocado e dedicado  SM master exclusivo  PO único e exclusivo  Treinamento para o time - Motivação - Identificar papéis e não atribuir cargos
  • 34. É possível escrever software de qualidade sem burocracia. Patrocínio: Danilo Bardusco <bardusco@corp.globo.com> http://blog.bardusco.com/