SlideShare uma empresa Scribd logo
RELATÓRIO
Perfil da turma - 3º Ano
Professora: Keli Aparecida Pereira Lima
Escola: Escola Estadual Senhoria Muniz
A turma a que leciono, é de terceiro ano, com 13 alunos, quatro meninos e
nove meninas. Uma aluna está no nível de escrita silábica alfabética e doze alunos
estão no nível alfabético.
A turma é muito comprometida e quase todos fazem deveres e trazem
pesquisas solicitadas. O grupo escreve pequenos textos em dupla ou
individualmente.
Apresenta os trabalhos oralmente é apontam sugestões às atividades
propostas.
Em geral a turma toda deve ser estimulada a refletir dentro dos textos a
compreensão de convenções ortográficas regulares diretas e contextuais. No
quesito leitura e produção de textos deve-se ampliar o repertório de suportes e
gêneros textuais, alguns que devem ser consolidada e outros introduzidos.
Na área de matemática eles compreendem bem a sequência de números até
o milhar, o valor posicional do algarismo, pares e ímpares, número maior e menor,
sucessor e antecessor, números decrescente e crescente, medidas de comprimento,
números ordinais, contas e problemas de adição e subtração. Alguns apresentam
dificuldades em probleminhas e conta de multiplicação e divisão, medida de tempo e
algarismo romanos.
Dentre os treze alunos diagnosticados, uma aluna apresenta muita dificuldade
de aprendizagem, tanto na leitura e escrita, sendo trabalhado com ela atividades
diferenciadas com assistência individual, ainda não lê e nem escreve palavras com
sílabas complexa.
Em matemática lê e registra números de 0 á 50 e faz cálculo da adição de
números menores que 10.
Mas como sabemos que, a avaliação dos objetivos traçados, dos conteúdos
trabalhados, dos métodos desenvolvido e do envolvimento e crescimento dos alunos
precisa ser algo natural, contínuo, com a finalidade de verificar o que não vai bem no
processo ensino aprendizagem, para reorientá-lo continuamente, dando o apoio
devido á cada situação.
Nº 3:
Currículo de Formação
Currículo na perspectiva de inclusão e da diversidade: as Diretrizes Nacionais
da Educação Básica e o Ciclo de Alfabetização.
Sabendo que os currículos não são conteúdos prontos a serem passados aos
alunos, contudo, fazem parte de uma seleção de conhecimentos e práticas
produzidas em contexto concreto e em dinâmicas sociais, políticas, culturais,
intelectuais e pedagógicas.
Conhecimentos estes que devem ser reinterpretados em cada contexto
histórico, e que é imprescindível que o educador o adapte às possibilidades de
aprendizagem dos educandos.
Neste sentido, faz-se necessário não se limitar as aparências cotidianas das
crianças, mas apresentar novas metodologias, conhecimentos, uma vez que o foco
é a inclusão social, com estratégias diferenciadas para possibilitar o acesso e a
participação dos alunos, procedimentos fundamentais para o desenvolvimento das
atividades, para a interação social no dia a dia. Para tanto, é conveniente o uso de
jogos materiais manipuláveis e diversificados, trabalho em equipe, entre outros. É
preciso salientar que os alunos aprendem de maneiras diferentes, que deve se
envolver todos os profissionais e garantir o direito de aprendizagem dos alunos
desenvolvendo práticas inclusivas, no relacionamento entre si e com as demais
pessoas.
Portanto, o educador, no cotidiano escolar deve orientar os alunos a
buscarem informações, não só possibilitando uma aprendizagem significativa, mas
estimulando uma postura investigativa, pois o trabalho pedagógico da linguagem
oral e escrita deve ser analisado sob o prisma da língua em uso, reforçando a
proposta de que o ensino da leitura e da escrita não podem ser vivenciado fora dos
contextos de letramento.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Ensino religioso 3 ano
Ensino religioso 3 anoEnsino religioso 3 ano
Ensino religioso 3 ano
Patricia Fernandes
 
Sistema de numeração decimal
Sistema de numeração decimal Sistema de numeração decimal
Sistema de numeração decimal
Mary Alvarenga
 
Avaliação de Ciência Helena Andrade
Avaliação de Ciência Helena AndradeAvaliação de Ciência Helena Andrade
Avaliação de Ciência Helena Andrade
Angela Maria
 
COMBATE À DENGUE
COMBATE À DENGUECOMBATE À DENGUE
COMBATE À DENGUE
Mary Alvarenga
 
110 atividades de ciências 1ª e 2ª séries
110 atividades de ciências   1ª e 2ª séries110 atividades de ciências   1ª e 2ª séries
110 atividades de ciências 1ª e 2ª séries
silvanapinto2013
 
Avaliação adaptada de ciências
Avaliação adaptada de ciênciasAvaliação adaptada de ciências
Avaliação adaptada de ciências
Isa ...
 
Sequência Didática PARLENDA
Sequência Didática PARLENDASequência Didática PARLENDA
Sequência Didática PARLENDA
Eleúzia Lins Silva
 
Gênero textual: cartão, convite. biografia, narração, história em quedrinho (...
Gênero textual: cartão, convite. biografia, narração, história em quedrinho (...Gênero textual: cartão, convite. biografia, narração, história em quedrinho (...
Gênero textual: cartão, convite. biografia, narração, história em quedrinho (...
Mary Alvarenga
 
Era Uma Vez de Sandy & Júnior e Toquinho - Análise e entendimento da música
Era Uma Vez de Sandy & Júnior e Toquinho - Análise e entendimento da músicaEra Uma Vez de Sandy & Júnior e Toquinho - Análise e entendimento da música
Era Uma Vez de Sandy & Júnior e Toquinho - Análise e entendimento da música
Mary Alvarenga
 
Avaliação de Ciências Escola Edite Porto 2013
Avaliação de Ciências Escola Edite Porto 2013Avaliação de Ciências Escola Edite Porto 2013
Avaliação de Ciências Escola Edite Porto 2013
Angela Maria
 
Sequência Didática ÁGUA
Sequência Didática   ÁGUASequência Didática   ÁGUA
Sequência Didática ÁGUA
CristhianeGuimaraes
 
2º ano avaliação diagnóstica matemática
2º ano  avaliação diagnóstica matemática2º ano  avaliação diagnóstica matemática
2º ano avaliação diagnóstica matemática
Cida Carvalho
 
Simulado de Matemática 5º ano
Simulado de Matemática 5º anoSimulado de Matemática 5º ano
Simulado de Matemática 5º ano
Mary Alvarenga
 
Produção textual
Produção textualProdução textual
Produção textual
Mary Alvarenga
 
Trava língua O Rato -
Trava língua O Rato - Trava língua O Rato -
Trava língua O Rato -
Maria Élia David de Assis Ferreira
 
Simulado prova-brasil- 2º ano
Simulado prova-brasil- 2º ano Simulado prova-brasil- 2º ano
Simulado prova-brasil- 2º ano
Mara Sueli
 
Parecer de uma aluno com dificuldade em matemática
Parecer de uma aluno com dificuldade em matemáticaParecer de uma aluno com dificuldade em matemática
Parecer de uma aluno com dificuldade em matemática
SimoneHelenDrumond
 
Apostila da Educação Infantil Nível I e II e Ciclo de Alfabetização
Apostila da Educação Infantil Nível I e II e Ciclo de AlfabetizaçãoApostila da Educação Infantil Nível I e II e Ciclo de Alfabetização
Apostila da Educação Infantil Nível I e II e Ciclo de Alfabetização
Iolanda Sá
 
Gênero textual: Fabulas e contos
Gênero textual: Fabulas e contos Gênero textual: Fabulas e contos
Gênero textual: Fabulas e contos
Mary Alvarenga
 
Parlendas: O MACACO FOI À FEIRA E MACACA SOFIA
Parlendas: O MACACO FOI À FEIRA E MACACA SOFIAParlendas: O MACACO FOI À FEIRA E MACACA SOFIA
Parlendas: O MACACO FOI À FEIRA E MACACA SOFIA
Maria Élia David de Assis Ferreira
 

Mais procurados (20)

Ensino religioso 3 ano
Ensino religioso 3 anoEnsino religioso 3 ano
Ensino religioso 3 ano
 
Sistema de numeração decimal
Sistema de numeração decimal Sistema de numeração decimal
Sistema de numeração decimal
 
Avaliação de Ciência Helena Andrade
Avaliação de Ciência Helena AndradeAvaliação de Ciência Helena Andrade
Avaliação de Ciência Helena Andrade
 
COMBATE À DENGUE
COMBATE À DENGUECOMBATE À DENGUE
COMBATE À DENGUE
 
110 atividades de ciências 1ª e 2ª séries
110 atividades de ciências   1ª e 2ª séries110 atividades de ciências   1ª e 2ª séries
110 atividades de ciências 1ª e 2ª séries
 
Avaliação adaptada de ciências
Avaliação adaptada de ciênciasAvaliação adaptada de ciências
Avaliação adaptada de ciências
 
Sequência Didática PARLENDA
Sequência Didática PARLENDASequência Didática PARLENDA
Sequência Didática PARLENDA
 
Gênero textual: cartão, convite. biografia, narração, história em quedrinho (...
Gênero textual: cartão, convite. biografia, narração, história em quedrinho (...Gênero textual: cartão, convite. biografia, narração, história em quedrinho (...
Gênero textual: cartão, convite. biografia, narração, história em quedrinho (...
 
Era Uma Vez de Sandy & Júnior e Toquinho - Análise e entendimento da música
Era Uma Vez de Sandy & Júnior e Toquinho - Análise e entendimento da músicaEra Uma Vez de Sandy & Júnior e Toquinho - Análise e entendimento da música
Era Uma Vez de Sandy & Júnior e Toquinho - Análise e entendimento da música
 
Avaliação de Ciências Escola Edite Porto 2013
Avaliação de Ciências Escola Edite Porto 2013Avaliação de Ciências Escola Edite Porto 2013
Avaliação de Ciências Escola Edite Porto 2013
 
Sequência Didática ÁGUA
Sequência Didática   ÁGUASequência Didática   ÁGUA
Sequência Didática ÁGUA
 
2º ano avaliação diagnóstica matemática
2º ano  avaliação diagnóstica matemática2º ano  avaliação diagnóstica matemática
2º ano avaliação diagnóstica matemática
 
Simulado de Matemática 5º ano
Simulado de Matemática 5º anoSimulado de Matemática 5º ano
Simulado de Matemática 5º ano
 
Produção textual
Produção textualProdução textual
Produção textual
 
Trava língua O Rato -
Trava língua O Rato - Trava língua O Rato -
Trava língua O Rato -
 
Simulado prova-brasil- 2º ano
Simulado prova-brasil- 2º ano Simulado prova-brasil- 2º ano
Simulado prova-brasil- 2º ano
 
Parecer de uma aluno com dificuldade em matemática
Parecer de uma aluno com dificuldade em matemáticaParecer de uma aluno com dificuldade em matemática
Parecer de uma aluno com dificuldade em matemática
 
Apostila da Educação Infantil Nível I e II e Ciclo de Alfabetização
Apostila da Educação Infantil Nível I e II e Ciclo de AlfabetizaçãoApostila da Educação Infantil Nível I e II e Ciclo de Alfabetização
Apostila da Educação Infantil Nível I e II e Ciclo de Alfabetização
 
Gênero textual: Fabulas e contos
Gênero textual: Fabulas e contos Gênero textual: Fabulas e contos
Gênero textual: Fabulas e contos
 
Parlendas: O MACACO FOI À FEIRA E MACACA SOFIA
Parlendas: O MACACO FOI À FEIRA E MACACA SOFIAParlendas: O MACACO FOI À FEIRA E MACACA SOFIA
Parlendas: O MACACO FOI À FEIRA E MACACA SOFIA
 

Destaque

PNAIC - Ano 3 unidade 8
PNAIC - Ano 3 unidade 8 PNAIC - Ano 3 unidade 8
PNAIC - Ano 3 unidade 8
ElieneDias
 
Relatório de observação
Relatório de observaçãoRelatório de observação
Relatório de observação
Arte Tecnologia
 
Relatório anual das atividades no pibid 2012
Relatório anual das atividades no pibid 2012Relatório anual das atividades no pibid 2012
Relatório anual das atividades no pibid 2012
Braian Almeida
 
Reunião de Pais - 6º ano - 3º Bimestre
Reunião de Pais - 6º ano - 3º BimestreReunião de Pais - 6º ano - 3º Bimestre
Reunião de Pais - 6º ano - 3º Bimestre
Andréa Otoni Sales
 
Diagnóstico 6º e 7º ano
Diagnóstico 6º e 7º anoDiagnóstico 6º e 7º ano
Diagnóstico 6º e 7º ano
josivaldopassos
 
Alfabeto e números
Alfabeto e númerosAlfabeto e números
Alfabeto e números
Susana Felix
 
Dicionário Ilustrado
Dicionário IlustradoDicionário Ilustrado
Dicionário Ilustrado
Susana Felix
 
Maleta+de+leitura
Maleta+de+leituraMaleta+de+leitura
Maleta+de+leitura
Susana Felix
 
Relatório do Primeiro Bimestre - Março/Abril 2012.
Relatório do Primeiro Bimestre - Março/Abril 2012. Relatório do Primeiro Bimestre - Março/Abril 2012.
Relatório do Primeiro Bimestre - Março/Abril 2012.
DafianaCarlos
 
Relatório de Regências Ensino Fundamental
Relatório de Regências Ensino Fundamental Relatório de Regências Ensino Fundamental
Relatório de Regências Ensino Fundamental
URCA - Universidade Regional do Cariri
 
Pareceres do 1º ano 2º semestre
Pareceres do 1º ano    2º semestrePareceres do 1º ano    2º semestre
Pareceres do 1º ano 2º semestre
Araceli Kleemann
 

Destaque (11)

PNAIC - Ano 3 unidade 8
PNAIC - Ano 3 unidade 8 PNAIC - Ano 3 unidade 8
PNAIC - Ano 3 unidade 8
 
Relatório de observação
Relatório de observaçãoRelatório de observação
Relatório de observação
 
Relatório anual das atividades no pibid 2012
Relatório anual das atividades no pibid 2012Relatório anual das atividades no pibid 2012
Relatório anual das atividades no pibid 2012
 
Reunião de Pais - 6º ano - 3º Bimestre
Reunião de Pais - 6º ano - 3º BimestreReunião de Pais - 6º ano - 3º Bimestre
Reunião de Pais - 6º ano - 3º Bimestre
 
Diagnóstico 6º e 7º ano
Diagnóstico 6º e 7º anoDiagnóstico 6º e 7º ano
Diagnóstico 6º e 7º ano
 
Alfabeto e números
Alfabeto e númerosAlfabeto e números
Alfabeto e números
 
Dicionário Ilustrado
Dicionário IlustradoDicionário Ilustrado
Dicionário Ilustrado
 
Maleta+de+leitura
Maleta+de+leituraMaleta+de+leitura
Maleta+de+leitura
 
Relatório do Primeiro Bimestre - Março/Abril 2012.
Relatório do Primeiro Bimestre - Março/Abril 2012. Relatório do Primeiro Bimestre - Março/Abril 2012.
Relatório do Primeiro Bimestre - Março/Abril 2012.
 
Relatório de Regências Ensino Fundamental
Relatório de Regências Ensino Fundamental Relatório de Regências Ensino Fundamental
Relatório de Regências Ensino Fundamental
 
Pareceres do 1º ano 2º semestre
Pareceres do 1º ano    2º semestrePareceres do 1º ano    2º semestre
Pareceres do 1º ano 2º semestre
 

Semelhante a Relatório

OT Recuperação Intensiva 2013 - parte1
OT Recuperação Intensiva 2013 - parte1OT Recuperação Intensiva 2013 - parte1
OT Recuperação Intensiva 2013 - parte1
Claudia Elisabete Silva
 
slide dos especialistas 2.0.pptxhjfhfgdg
slide dos especialistas 2.0.pptxhjfhfgdgslide dos especialistas 2.0.pptxhjfhfgdg
slide dos especialistas 2.0.pptxhjfhfgdg
SilenioElvesSteel
 
Apresentaçao AFIRSE- GILMARA.pptx
Apresentaçao AFIRSE- GILMARA.pptxApresentaçao AFIRSE- GILMARA.pptx
Apresentaçao AFIRSE- GILMARA.pptx
GihOliveira4
 
Recuperação Intensiva 2013 - Historia
Recuperação Intensiva 2013 - HistoriaRecuperação Intensiva 2013 - Historia
Recuperação Intensiva 2013 - Historia
Claudia Elisabete Silva
 
Ano 3 unidade_7_miolo
Ano 3 unidade_7_mioloAno 3 unidade_7_miolo
Ano 3 unidade_7_miolo
Fabiana Barbom Mendes
 
Ano 3 unidade_7
Ano 3 unidade_7Ano 3 unidade_7
Ano 3 unidade_7
Daniela Menezes
 
Para aprender matematica
Para aprender matematicaPara aprender matematica
Para aprender matematica
Cibele Fonseca
 
Crianças com problemas de aprendizagem constancia.pptx
Crianças com problemas de aprendizagem constancia.pptxCrianças com problemas de aprendizagem constancia.pptx
Crianças com problemas de aprendizagem constancia.pptx
GAFARJOAOChapazica
 
52820 6190
52820 619052820 6190
52820 6190
Cleíze Nascimento
 
A Prática Pedagógica do Professor
A Prática Pedagógica do ProfessorA Prática Pedagógica do Professor
A Prática Pedagógica do Professor
cefaprodematupa
 
PNAIC - Ano 03 unidade 7
PNAIC - Ano  03 unidade 7PNAIC - Ano  03 unidade 7
PNAIC - Ano 03 unidade 7
ElieneDias
 
PNAIC - Matemática - Caderno de Apresentaçao
PNAIC - Matemática - Caderno de ApresentaçaoPNAIC - Matemática - Caderno de Apresentaçao
PNAIC - Matemática - Caderno de Apresentaçao
ElieneDias
 
Presença Da Aluna Surda Em Classe De Ouvintes
Presença Da Aluna Surda Em Classe De OuvintesPresença Da Aluna Surda Em Classe De Ouvintes
Presença Da Aluna Surda Em Classe De Ouvintes
asustecnologia
 
Pnaic 2º encontro unidade 1 e 2 ano 2 - 2013-1
Pnaic 2º encontro unidade 1 e 2   ano 2 - 2013-1Pnaic 2º encontro unidade 1 e 2   ano 2 - 2013-1
Pnaic 2º encontro unidade 1 e 2 ano 2 - 2013-1
miesbella
 
Ensino de problemas multiplicativos para surdos
Ensino de problemas multiplicativos para surdosEnsino de problemas multiplicativos para surdos
Ensino de problemas multiplicativos para surdos
Eliane Maciel
 
Projeto interdisciplinar alfabetização -
Projeto interdisciplinar alfabetização - Projeto interdisciplinar alfabetização -
Projeto interdisciplinar alfabetização -
Edione Zelenka
 
Ano 2 unidade_8_miolo
Ano 2 unidade_8_mioloAno 2 unidade_8_miolo
Ano 2 unidade_8_miolo
Fabiana Barbom Mendes
 
PNAIC - Ano 2 unidade 8
PNAIC - Ano 2  unidade 8PNAIC - Ano 2  unidade 8
PNAIC - Ano 2 unidade 8
ElieneDias
 
interdisciplinaridade
interdisciplinaridadeinterdisciplinaridade
interdisciplinaridade
Rhaykaisa
 
Lana de Souza Cavalcanti - Realidade Escolar
Lana de Souza Cavalcanti - Realidade EscolarLana de Souza Cavalcanti - Realidade Escolar
Lana de Souza Cavalcanti - Realidade Escolar
Priscilla Abrantes
 

Semelhante a Relatório (20)

OT Recuperação Intensiva 2013 - parte1
OT Recuperação Intensiva 2013 - parte1OT Recuperação Intensiva 2013 - parte1
OT Recuperação Intensiva 2013 - parte1
 
slide dos especialistas 2.0.pptxhjfhfgdg
slide dos especialistas 2.0.pptxhjfhfgdgslide dos especialistas 2.0.pptxhjfhfgdg
slide dos especialistas 2.0.pptxhjfhfgdg
 
Apresentaçao AFIRSE- GILMARA.pptx
Apresentaçao AFIRSE- GILMARA.pptxApresentaçao AFIRSE- GILMARA.pptx
Apresentaçao AFIRSE- GILMARA.pptx
 
Recuperação Intensiva 2013 - Historia
Recuperação Intensiva 2013 - HistoriaRecuperação Intensiva 2013 - Historia
Recuperação Intensiva 2013 - Historia
 
Ano 3 unidade_7_miolo
Ano 3 unidade_7_mioloAno 3 unidade_7_miolo
Ano 3 unidade_7_miolo
 
Ano 3 unidade_7
Ano 3 unidade_7Ano 3 unidade_7
Ano 3 unidade_7
 
Para aprender matematica
Para aprender matematicaPara aprender matematica
Para aprender matematica
 
Crianças com problemas de aprendizagem constancia.pptx
Crianças com problemas de aprendizagem constancia.pptxCrianças com problemas de aprendizagem constancia.pptx
Crianças com problemas de aprendizagem constancia.pptx
 
52820 6190
52820 619052820 6190
52820 6190
 
A Prática Pedagógica do Professor
A Prática Pedagógica do ProfessorA Prática Pedagógica do Professor
A Prática Pedagógica do Professor
 
PNAIC - Ano 03 unidade 7
PNAIC - Ano  03 unidade 7PNAIC - Ano  03 unidade 7
PNAIC - Ano 03 unidade 7
 
PNAIC - Matemática - Caderno de Apresentaçao
PNAIC - Matemática - Caderno de ApresentaçaoPNAIC - Matemática - Caderno de Apresentaçao
PNAIC - Matemática - Caderno de Apresentaçao
 
Presença Da Aluna Surda Em Classe De Ouvintes
Presença Da Aluna Surda Em Classe De OuvintesPresença Da Aluna Surda Em Classe De Ouvintes
Presença Da Aluna Surda Em Classe De Ouvintes
 
Pnaic 2º encontro unidade 1 e 2 ano 2 - 2013-1
Pnaic 2º encontro unidade 1 e 2   ano 2 - 2013-1Pnaic 2º encontro unidade 1 e 2   ano 2 - 2013-1
Pnaic 2º encontro unidade 1 e 2 ano 2 - 2013-1
 
Ensino de problemas multiplicativos para surdos
Ensino de problemas multiplicativos para surdosEnsino de problemas multiplicativos para surdos
Ensino de problemas multiplicativos para surdos
 
Projeto interdisciplinar alfabetização -
Projeto interdisciplinar alfabetização - Projeto interdisciplinar alfabetização -
Projeto interdisciplinar alfabetização -
 
Ano 2 unidade_8_miolo
Ano 2 unidade_8_mioloAno 2 unidade_8_miolo
Ano 2 unidade_8_miolo
 
PNAIC - Ano 2 unidade 8
PNAIC - Ano 2  unidade 8PNAIC - Ano 2  unidade 8
PNAIC - Ano 2 unidade 8
 
interdisciplinaridade
interdisciplinaridadeinterdisciplinaridade
interdisciplinaridade
 
Lana de Souza Cavalcanti - Realidade Escolar
Lana de Souza Cavalcanti - Realidade EscolarLana de Souza Cavalcanti - Realidade Escolar
Lana de Souza Cavalcanti - Realidade Escolar
 

Último

Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
WelberMerlinCardoso
 
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptxReino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
CarinaSantos916505
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
Manuais Formação
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
TomasSousa7
 
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdfUFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
Manuais Formação
 
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).pptepidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
MarceloMonteiro213738
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
Eró Cunha
 
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
wagnermorais28
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
Pastor Robson Colaço
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
Manuais Formação
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
MarcosPaulo777883
 
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdfCRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
soaresdesouzaamanda8
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
eaiprofpolly
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
livrosjovert
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
lveiga112
 
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptxAula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
LILIANPRESTESSCUDELE
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
TomasSousa7
 
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptxAVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AntonioVieira539017
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
TomasSousa7
 

Último (20)

Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
 
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptxReino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
 
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdfUFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
 
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).pptepidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
 
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
 
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdfCRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
 
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptxAula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
 
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptxAVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
 

Relatório

  • 1. RELATÓRIO Perfil da turma - 3º Ano Professora: Keli Aparecida Pereira Lima Escola: Escola Estadual Senhoria Muniz A turma a que leciono, é de terceiro ano, com 13 alunos, quatro meninos e nove meninas. Uma aluna está no nível de escrita silábica alfabética e doze alunos estão no nível alfabético. A turma é muito comprometida e quase todos fazem deveres e trazem pesquisas solicitadas. O grupo escreve pequenos textos em dupla ou individualmente. Apresenta os trabalhos oralmente é apontam sugestões às atividades propostas. Em geral a turma toda deve ser estimulada a refletir dentro dos textos a compreensão de convenções ortográficas regulares diretas e contextuais. No quesito leitura e produção de textos deve-se ampliar o repertório de suportes e gêneros textuais, alguns que devem ser consolidada e outros introduzidos. Na área de matemática eles compreendem bem a sequência de números até o milhar, o valor posicional do algarismo, pares e ímpares, número maior e menor, sucessor e antecessor, números decrescente e crescente, medidas de comprimento, números ordinais, contas e problemas de adição e subtração. Alguns apresentam dificuldades em probleminhas e conta de multiplicação e divisão, medida de tempo e algarismo romanos. Dentre os treze alunos diagnosticados, uma aluna apresenta muita dificuldade de aprendizagem, tanto na leitura e escrita, sendo trabalhado com ela atividades diferenciadas com assistência individual, ainda não lê e nem escreve palavras com sílabas complexa. Em matemática lê e registra números de 0 á 50 e faz cálculo da adição de números menores que 10. Mas como sabemos que, a avaliação dos objetivos traçados, dos conteúdos trabalhados, dos métodos desenvolvido e do envolvimento e crescimento dos alunos precisa ser algo natural, contínuo, com a finalidade de verificar o que não vai bem no processo ensino aprendizagem, para reorientá-lo continuamente, dando o apoio devido á cada situação.
  • 2. Nº 3: Currículo de Formação Currículo na perspectiva de inclusão e da diversidade: as Diretrizes Nacionais da Educação Básica e o Ciclo de Alfabetização. Sabendo que os currículos não são conteúdos prontos a serem passados aos alunos, contudo, fazem parte de uma seleção de conhecimentos e práticas produzidas em contexto concreto e em dinâmicas sociais, políticas, culturais, intelectuais e pedagógicas. Conhecimentos estes que devem ser reinterpretados em cada contexto histórico, e que é imprescindível que o educador o adapte às possibilidades de aprendizagem dos educandos. Neste sentido, faz-se necessário não se limitar as aparências cotidianas das crianças, mas apresentar novas metodologias, conhecimentos, uma vez que o foco é a inclusão social, com estratégias diferenciadas para possibilitar o acesso e a participação dos alunos, procedimentos fundamentais para o desenvolvimento das atividades, para a interação social no dia a dia. Para tanto, é conveniente o uso de jogos materiais manipuláveis e diversificados, trabalho em equipe, entre outros. É preciso salientar que os alunos aprendem de maneiras diferentes, que deve se envolver todos os profissionais e garantir o direito de aprendizagem dos alunos desenvolvendo práticas inclusivas, no relacionamento entre si e com as demais pessoas. Portanto, o educador, no cotidiano escolar deve orientar os alunos a buscarem informações, não só possibilitando uma aprendizagem significativa, mas estimulando uma postura investigativa, pois o trabalho pedagógico da linguagem oral e escrita deve ser analisado sob o prisma da língua em uso, reforçando a proposta de que o ensino da leitura e da escrita não podem ser vivenciado fora dos contextos de letramento.