SlideShare uma empresa Scribd logo
JESUS
Quem era mesmo este que parou o mundo e as
atenções voltaram para sua morte em uma cruz?
VyeyraSantos
SE CONSIDERARMOS A INEXISTÊNCIA DE UM JESUS E ATÉ
PODEMOS, MAS A INFLUÊNCIA DE SUA FALA NO ESPAÇO – TEMPO É
INEGÁVEL. SEUS ESCRITOS PERCORREM AS VEIAS DA SOCIEDADE
DISCERNINDO O FUTURO AO PREVER FATOS REAIS, AGINDO NO
PRESENTE. MUDANDO VIDAS, TRANSFORMANDO PESSOAS. A FÉ
EM CRISTO TEM LEVADO MULTIDÕES A VIVEREM (OU TENTAREM)
DE FORMA ÍNTEGRA. COMO, ENTÃO, PODEMOS NEGAR A
EXISTÊNCIA DESSE PERSONAGEM HISTÓRICO QUE É ATEMPORAL E,
A CADA DIA QUE PASSA, ESTÁ MAIS SÓLIDO. A FILOSOFIA, A
LÓGICA, A RAZÃO... NÃO PODEM COMPREENDER.
VYEYRA SANTOS
VyeyraSantos
INTRODUÇÃO
Procuraremos tratar JESUS sob o ponto de vista
Cristão, respeitando também a opinião de outras
religiões. Isto poderá nos trazer um pouco de
dúvidas, mas serão tratadas de forma cumulativa a
fim de estabelecermos uma ideia da identidade de
JESUS CRISTO, o meigo nazareno.
VyeyraSantos
QUEM ERA JESUS PARA OS JUDEUS?
Dentre os tantos falsos Messias que surgiram
JESUS é o mais perigoso. É fruto de contradições e
erros de tradução sendo originado de religiões pagãs
que defendiam a materialização de deuses. Vale
também retratar a unidade absoluta e singularidade
de DEUS que contraria a tricotomia defendida por
JESUS, quando se coloca como intercessor.
VyeyraSantos
QUEM ERA JESUS PARA OS MUÇULMANOS?
Para o Islã JESUS foi um
dos grandes mensageiros de
DEUS, sendo sua mãe Maria
cujo nascimento foi miraculoso.
JESUS não morreu, sendo que
seus inimigos intentaram contra
sua vida, mas este foi salvo por
DEUS. Sendo sua semelhança
colocado em outro homem que
foi crucificado.
Cap. 3 e 4 do Alcorão
Muçulmanos e cristãos
compartilham algumas das
crenças sobre JESUS. Ambos
acreditam que JESUS nasceu
da Virgem Maria e ambos
acreditam que JESUS foi o
Messias enviado para o povo
de Israel. Ambos também
acreditam que JESUS voltará a
terra nos últimos
dias. Entretanto, um detalhe
importante separa seus
mundos. Os muçulmanos
acreditam que certamente
JESUS não é Deus, não é o
filho de Deus e não é parte de
uma Trindade de Deus.
Fonte: Islamreligion.com
VyeyraSantos
QUEM É JESUS PARA OS ATEUS?
Ateu é uma palavra que junta outras,
etimologicamente, Theos significa Deus, do grego para o
português, e o prefixo a significa negação ou ausência.
Então ficaria ateu = sem deus. De forma bem direta os
ateus não acreditam na existência de um JESUS, alguns
até aceitam a ideia de um JESUS histórico, mas um deus,
jamais. Acreditam de forma absoluta nas teorias da
ciência e banalizam o Cristianismo. Dentre as posições
assumidas citam a falta de evidências para comprovar a
vida de JESUS, já que existem apenas os Evangelhos e
um trecho no livro de Flavio Josefo. Porém a de se
entender que Flavio escreveu seu livro no sec I e naquela
época o cristianismo era visto como uma ceita qualquer.
VyeyraSantos
O NASCIMENTO DE JESUS
Conta o livro de Mateus no capitulo 1 a partir do
versículo 18 que Maria estava noiva de José e pelo
Espírito Santo engravidou. Porém o livro de Lucas
traz mais detalhes sobre o assunto. Devido a um
recenseamento ordenado pelo imperador Augusto,
José partira para Belém, uma cidade que fica na
região da Judeia. Quando estavam em Belém
(cidade onde nasceu o rei Davi) Maria inicia os
trabalhos de parto e JESUS nasce.
VyeyraSantos
VyeyraSantos
ADOLESCÊNCIA DE JESUS
Não há relatos bíblicos que corrobora a adolescência
de JESUS, apenas livros apócrifos com historias
irreverentes. O que a bíblia nos traz são fragmentos e
algumas lacunas. JESUS cumpre todos os rituais judaicos
como o da apresentação e circuncisão (Lc 2:21-22)
seguindo os preceitos abraâmicos. No versículo 41 do
mesmo capitulo vemos quando JESUS ficou no tempo
após a festa da Páscoa. Seus pais o procuraram
loucamente até voltarem e encontrarem JESUS
debatendo com os mestres da lei, nesta época tinha doze
anos. A última menção da adolescência de JESUS está no
versículo 52, no qual relata o crescimento físico e mental.
Depois destes episódios temos uma lacuna de
aproximadamente 18 anos.
VyeyraSantos
JESUS X RELIGIÕES PAGÃS
Quem a todo custo comparar JESUS e o
Cristianismo a religiões pagãs como a dos egípcios,
gregos, romanos, indus, celtas, tiberianos, entre
outros. Confrontam principalmente o fato de JESUS
histórico ser concebido por uma virgem ao fato de
outras religiões trazerem a mesma historia.
Nos próximos slides será apresentado algumas
religiões e suas historias.
VyeyraSantos
HÓRUS - O SENHOR DO CÉU (EGITO)
Hórus é o Senhor do Céu na religião egípcia. Seu nome original é Heru-
as-Aset ou Her’ur. Seu nome significa Luz ou Iluminação. Essa alusão faz
menção à missão do Deus, visto que ele encarna na terra para salvar os
homens da ignorância. Como já foi visto antes, ele faz parte da trindade
egípcia composta por Osíris, Hórus e Ísis. Segundo a tradição egípcia,
Hórus nasceu em 3000 a.C. no Vale do Nilo. Tendo o seu nascimento
profetizado pelos deuses, Hórus nasceu de Ísis (simbolizada pela
constelação de Virgem). Entretanto este nascimento pela deusa é tido
como um simbolismo, visto que Ísis sendo comparada com o Espírito Santo
na tradição cristã temos uma bela simbologia, onde o Espírito Santo dá à
luz ao ser divino enquanto que uma mulher dá à luz a um ser terreno. Isto é
confirmado na biografia de Hórus, visto que o mesmo passa a ser criado
por Hathor, uma mulher que o aceita como filho (assim como Maria aceita
ser mãe de JESUS confirmada pelas suas palavras: Eis aqui a serva do
Senhor. Faça-se em mim segundo a Tua palavra. – João - 1:38), que mais
tarde foi elevada à condição de deusa (assim como Maria foi elevada à
condição de santa). Alguns autores sugerem que a história de JESUS pode
ter sido baseada em várias outras histórias de deuses mais antigos,
principalmente, Hórus. Em suas mãos Hórus carrega as chaves da vida da
morte e da fertilidade.
VyeyraSantos
HÓRUS - O SENHOR DO CÉU (EGITO)
É uma historia instigante, aliás vamos concordar
que o povo egípcio merece aplausos. Mas devemos
ainda manter nossa fé inabalável, pois são histórias
repassadas e trata-se de uma religião sucumbida. O
nosso Cristo deve ainda ser o ícone maior de nossa
fé, aliás a fé é o firme fundamento das coisas que
esperamos e a certeza que não vemos (Hb 11:01). O
intuito deste artigo não é abalar sua fé, no então
pretende-se deixá-lo mais convicto de Cristo JESUS
regresserá.
VyeyraSantos
TAMMUZ - A ENCARNAÇÃO DE EL
(SUMÉRIOS)
Tido como não só Filho de Deus, mas como o próprio Deus
encarnado, Tammuz foi tido como o Salvador para muitos Sumérios
e Babilônicos fazendo parte de uma trindade divina junto com El
(na Babilônia era chamado de Nimrod) e Semirames. A palavra
Tammuz significa “Luz Perfeita”. Ele nasceu por volta de 2000 a.C.
na Mesopotâmia da virgem Semirames, identificada como Ísis.
Quando adulto, o filho de El (Elohim?) vaga pelas cidades curando
e ensinando as pessoas a serem compassivos e humildes. Realiza
vários milagres como caminhar pelas águas e curar os doentes.
Entretanto sua missão é maior. Ele devia morrer para purgar os
pecados dos homens e salva-los da condenação. Mesmo depois
de morto, três dias depois ele ressuscita e sobe aos céus. Ele volta
à terra de tempos em tempos para cumprir sua missão novamente
visto que os homens precisam renovar a aliança que fizeram com
os deuses. Por isso ele sempre volta pra instituir uma “Nova
Aliança”. O símbolo de Tammuz é uma cruz, símbolo de sua morte!
Ele é chamado de “Salvador”, “Deus dos deuses” e “Deus da Luz”.
VyeyraSantos
KRISHNA (ÍNDIA)
A figura de Krishna é a que mais se confunde com a figura de JESUS, não só pela sua vida, mas
principalmente pelos ensinamentos que são idênticos. Mais a frente veremos isso. Como vimos Krishna
é a segunda pessoa da trindade hindu composta por Brahma, Vishnu e Shiva. O nome Krishna vem de
Krshna que significa em hindi “Negro” ou “Escuro” devido à cor da pele do Deus. Segundo a tradição,
Krishna nasceu por volta de 1500 a.C. na Índia. O nascimento de Krishna foi predito desde o início da
religião Védica. Vindo de uma linhagem real, o Filho de Deus era visto como uma ameaça para o rei
local, Kamsa. Numa noite, a virgem Devaki, em sonho teve uma revelação onde um Deva (Anjo) lhe
apareceu dizendo que ela daria à luz ao filho de Deus (Mahadeva). Kamsa ao saber dos sacerdotes
sobre o cumprimento da profecia que dizia que o Filho de Deus destronaria os maus governantes,
mandou matar o pequeno Krishna. Seu pai, Vasudeva, avisado em sono, pega a criança após acordar e
foge com Krishna para a cidade de Gokula, para evitar a perseguição de Kamsa.
Mais tarde Krishna já como um adulto é tentado várias vezes pelos demônios, que após cada
tentação fortalece seu poder. Ele começa sua peregrinação onde reúne muitos discípulos aos quais
ensina por meio de parábolas e metáforas. O discípulo mais amado de Krishna se chamava Arjuna. Ele
realiza muitos milagres como ressuscitar mortos, curar doentes e andar sobre as águas. Numa certa
ocasião, tendo se retirado para meditar, ele transfigura-se na frente de um dos discípulos mostrando a
sua glória. Para dar uma lição de humildade, Krishna lavou os pés de um de seus discípulos, Sudhama.
Ele diz que não ficará entre seus discípulos, pois seu reino não é deste mundo, por isso rejeita ser rei na
Terra.
A historia conta que seus inimigos o perseguiram e ele foi morto sendo fechado, com uma certeira
em seu coração.
VyeyraSantos
OUTROS CASOS
Existem outros casos também como o dos celtas
(Hesus), o Buda, o Indra (Tibet), Bali (Deus indiano),
Mithra (Tradição Zoroastra), Apolônio (conteporêneo
de JESUS) entre outros.
Porque muitos vão aparecer fingindo ser eu e
dizendo: “Eu sou o Messias (Deus conosco)!” E
enganarão a muitos (Mt 24:05). Somos advertidos
pela Bíblia Sagrada o aparecimento desses falsos
deuses da atualidade e antiguidade. Devemos tomar
cuidado e apegar – nos a Cristo.
Bom, continuemos falando de nosso Mestre...
VyeyraSantos
MINISTÉRIO DE JESUS: JOÃO BATISTA –
SEU NASCIMENTO
João Batista era filho de Isabel e Zacarias, um dos
sacerdotes de Abias. Lucas afirma, em seu livro, que
eram um casal íntegro, mas que não tinha tido filho.
No transcorrer do capítulo 1 de Lucas narra a historia
do nascimento de João, que aconteceu no tempo que
Herodes era rei (a mensagem do anjo a Zacarias). O
sacerdote, por sorteio, entrou no templo para
queimar incenso no altar e lá o anjo do Senhor
(Gabriel) lhe apareceu e deu a noticia do filho e
orientações de como deveria ser criado, o nome e
sua missão. (Lucas cap. 1)
VyeyraSantos
MINISTÉRIO DE JESUS: JOÃO BATISTA
Vemos uma referencia direta a João Batista quando
lemos o capitulo 40 do livro de Isaías que apresentou
subsídios para o primeiro advento de Cristo. No livro do
profeta Malaquias também é possível extrair referencia à
João e também à JESUS. Tinha trajes diferenciados:
Usava uma roupa feita de pelos de camelo e um cinto de
couro e comia gafanhotos e mel do mato (Mt 3: 4). Com
uma pregação grossa instigava os judeus ao um
arrependimento (do grego metanoeo, que junta as
palavras meta, “depois”, e noeo, “pensar”. Um
arrependimento que gerasse transformação. No versículo
11 do mesmo capitulo ele já prenuncia JESUS a qual
havia de batizar com o Espírito e Fogo. João, mais tarde,
batizaria Cristo.
VyeyraSantos
MINISTÉRIO DE JESUS: JOÃO BATISTA, O
POSSÍVEL CRISTO
Como já tratamos do nascimento de Cristo, neste
tópico trataremos do encontro.
Lucas é o evangelistas que traz mais detalhes
históricos sobre a época e trajeto de João Batista. Este
pregava a mensagem de arrependimento e advento do
Cristo. Também batizava por imersão nas águas. Durante
as suas pregações ele respondia perguntas orientando os
presentes como se devia proceder - Lucas 3: 7-18. Por
isso foi confundido com Cristo, mas ele rebate no
versículo 16: (...) mas está chegando alguém que é mais
importante do que eu, (...). No livro de João capitulo 1 e
versículo 22-27, vemos João respondendo sobre sua
pessoa, o objetivo de sua missão.
VyeyraSantos
MINISTÉRIO DE JESUS: JOÃO BATISTA E
JESUS CRISTO
O encontro de JESUS e JOÃO deve ter ocorrido
em Betânia, onde batizava e fala de Cristo. O
batismo ocorreu no versículo 29 do capítulo 1 de
João presenciou o Espírito Santo na forma corpórea
e uma voz vinda do céu falando a respeito de
JESUS. João deu testemunho de JESUS, afirmando
que era o Cristo esperado.
Bom, continuaremos os estudo depois...
VyeyraSantos
BIBLIOGRAFIA
 http://oiluminador.blogspot.com.br/2009/10/ciclica-
saga-do-deus-encarnado.html
 http://www.respostasaoateismo.com/2012/02/10-
bons-motivos-para-nao-acreditar-em.html
 https://noticias.gospelprime.com.br/falsos-cristos-
famosos/
 https://wikipedia.com
VyeyraSantos

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Cristologia
CristologiaCristologia
Cristologia
Marco Sousa
 
Aula 5 filipenses e colossenses
Aula 5   filipenses e colossensesAula 5   filipenses e colossenses
Aula 5 filipenses e colossenses
Pastor W. Costa
 
Porque rejeitar o JC
Porque rejeitar o JCPorque rejeitar o JC
Porque rejeitar o JC
Efraim Ben Tzion
 
Apostila cristologia
Apostila cristologiaApostila cristologia
Apostila cristologia
miguel coimbra
 
Contra o arianismo moderno
Contra o arianismo modernoContra o arianismo moderno
Contra o arianismo moderno
Willian Orlandi
 
Cristologia aula03
Cristologia aula03Cristologia aula03
Cristologia aula03
Pastor W. Costa
 
A bíblia e o espiritismo
A bíblia e o espiritismoA bíblia e o espiritismo
A bíblia e o espiritismo
grupodepaisceb
 
Conhecendo a biblia lição 2 - 14-05-17
Conhecendo a biblia   lição 2 - 14-05-17Conhecendo a biblia   lição 2 - 14-05-17
Conhecendo a biblia lição 2 - 14-05-17
PIB Penha
 
Teologia do at_texto2
Teologia do at_texto2Teologia do at_texto2
Teologia do at_texto2
Vinicio Pacifico
 
Perguntas E Respostas Apologéticas
Perguntas E Respostas ApologéticasPerguntas E Respostas Apologéticas
Perguntas E Respostas Apologéticas
Alexandre Santos
 
Aula 18 a interpretação dos evangelhos
Aula 18   a interpretação dos evangelhosAula 18   a interpretação dos evangelhos
Aula 18 a interpretação dos evangelhos
Jose Ventura
 
Cristologia aula05
Cristologia aula05Cristologia aula05
Cristologia aula05
Pastor W. Costa
 
A reforma de saúde numa perspectiva espiritual
A reforma de saúde numa perspectiva espiritualA reforma de saúde numa perspectiva espiritual
A reforma de saúde numa perspectiva espiritual
LIBENI7
 
Panorama do NT - João
Panorama do NT - JoãoPanorama do NT - João
Panorama do NT - João
Respirando Deus
 
Serafins
SerafinsSerafins
Serafins
Ivan Milmann
 
SEITAS E HERESIAS - CATOLICISMO ROMANO
SEITAS E HERESIAS - CATOLICISMO ROMANOSEITAS E HERESIAS - CATOLICISMO ROMANO
SEITAS E HERESIAS - CATOLICISMO ROMANO
Leonam dos Santos
 
Lição 1 o evangelho segundo lucas
Lição 1   o evangelho segundo lucasLição 1   o evangelho segundo lucas
Lição 1 o evangelho segundo lucas
Wander Sousa
 
Conhecendo a biblia lição 5 - 04-06-17
Conhecendo a biblia   lição 5 - 04-06-17Conhecendo a biblia   lição 5 - 04-06-17
Conhecendo a biblia lição 5 - 04-06-17
PIB Penha
 
O Evangelho Segundo Lucas
O Evangelho Segundo LucasO Evangelho Segundo Lucas
O Evangelho Segundo Lucas
pralucianaevangelista
 
Evangelho de marcos lição 2
Evangelho de marcos lição 2Evangelho de marcos lição 2
Evangelho de marcos lição 2
Natalino das Neves Neves
 

Mais procurados (20)

Cristologia
CristologiaCristologia
Cristologia
 
Aula 5 filipenses e colossenses
Aula 5   filipenses e colossensesAula 5   filipenses e colossenses
Aula 5 filipenses e colossenses
 
Porque rejeitar o JC
Porque rejeitar o JCPorque rejeitar o JC
Porque rejeitar o JC
 
Apostila cristologia
Apostila cristologiaApostila cristologia
Apostila cristologia
 
Contra o arianismo moderno
Contra o arianismo modernoContra o arianismo moderno
Contra o arianismo moderno
 
Cristologia aula03
Cristologia aula03Cristologia aula03
Cristologia aula03
 
A bíblia e o espiritismo
A bíblia e o espiritismoA bíblia e o espiritismo
A bíblia e o espiritismo
 
Conhecendo a biblia lição 2 - 14-05-17
Conhecendo a biblia   lição 2 - 14-05-17Conhecendo a biblia   lição 2 - 14-05-17
Conhecendo a biblia lição 2 - 14-05-17
 
Teologia do at_texto2
Teologia do at_texto2Teologia do at_texto2
Teologia do at_texto2
 
Perguntas E Respostas Apologéticas
Perguntas E Respostas ApologéticasPerguntas E Respostas Apologéticas
Perguntas E Respostas Apologéticas
 
Aula 18 a interpretação dos evangelhos
Aula 18   a interpretação dos evangelhosAula 18   a interpretação dos evangelhos
Aula 18 a interpretação dos evangelhos
 
Cristologia aula05
Cristologia aula05Cristologia aula05
Cristologia aula05
 
A reforma de saúde numa perspectiva espiritual
A reforma de saúde numa perspectiva espiritualA reforma de saúde numa perspectiva espiritual
A reforma de saúde numa perspectiva espiritual
 
Panorama do NT - João
Panorama do NT - JoãoPanorama do NT - João
Panorama do NT - João
 
Serafins
SerafinsSerafins
Serafins
 
SEITAS E HERESIAS - CATOLICISMO ROMANO
SEITAS E HERESIAS - CATOLICISMO ROMANOSEITAS E HERESIAS - CATOLICISMO ROMANO
SEITAS E HERESIAS - CATOLICISMO ROMANO
 
Lição 1 o evangelho segundo lucas
Lição 1   o evangelho segundo lucasLição 1   o evangelho segundo lucas
Lição 1 o evangelho segundo lucas
 
Conhecendo a biblia lição 5 - 04-06-17
Conhecendo a biblia   lição 5 - 04-06-17Conhecendo a biblia   lição 5 - 04-06-17
Conhecendo a biblia lição 5 - 04-06-17
 
O Evangelho Segundo Lucas
O Evangelho Segundo LucasO Evangelho Segundo Lucas
O Evangelho Segundo Lucas
 
Evangelho de marcos lição 2
Evangelho de marcos lição 2Evangelho de marcos lição 2
Evangelho de marcos lição 2
 

Destaque

liçao 8 O poder de Jesus sobre a natureza e os demonios
liçao 8  O poder de Jesus sobre a natureza e os demoniosliçao 8  O poder de Jesus sobre a natureza e os demonios
liçao 8 O poder de Jesus sobre a natureza e os demonios
Ev.Antonio Vieira
 
LIÇÃO 08 - O PODER DE JESUS SOBRE A NATUREZA E OS DEMÔNIOS
LIÇÃO 08 - O PODER DE JESUS SOBRE A NATUREZA E OS DEMÔNIOSLIÇÃO 08 - O PODER DE JESUS SOBRE A NATUREZA E OS DEMÔNIOS
LIÇÃO 08 - O PODER DE JESUS SOBRE A NATUREZA E OS DEMÔNIOS
Lourinaldo Serafim
 
LIÇÃO 10 - MILÊNIO - UM TEMPO GLORIOSO PARA A TERRA
LIÇÃO 10 - MILÊNIO - UM TEMPO GLORIOSO PARA A TERRALIÇÃO 10 - MILÊNIO - UM TEMPO GLORIOSO PARA A TERRA
LIÇÃO 10 - MILÊNIO - UM TEMPO GLORIOSO PARA A TERRA
Lourinaldo Serafim
 
LIÇÃO 08 - O PODER DE JESUS SOBRE A NATUREZA E OS DEMÔNIOS
LIÇÃO 08 - O PODER DE JESUS SOBRE A NATUREZA E OS DEMÔNIOSLIÇÃO 08 - O PODER DE JESUS SOBRE A NATUREZA E OS DEMÔNIOS
LIÇÃO 08 - O PODER DE JESUS SOBRE A NATUREZA E OS DEMÔNIOS
Polícia Militar do Estado do Tocantins
 
Desafios missiológicos de nosso tempo
Desafios missiológicos de nosso tempoDesafios missiológicos de nosso tempo
Desafios missiológicos de nosso tempo
Antonio Filho
 
A obra do espirito santo na igreja
A obra do espirito santo na igrejaA obra do espirito santo na igreja
A obra do espirito santo na igreja
Marconi Pacheco
 
Mílênio um tempo glorioso para terra
Mílênio  um tempo glorioso para terraMílênio  um tempo glorioso para terra
Mílênio um tempo glorioso para terra
Márcio Martins
 
O espirito santo de deus
O  espirito  santo  de  deusO  espirito  santo  de  deus
O espirito santo de deus
Edilson Jose Barbosa Barbosa
 
Presença e Atuação do Espírito Santo no Novo Testamento
Presença e Atuação do Espírito Santo no Novo TestamentoPresença e Atuação do Espírito Santo no Novo Testamento
Presença e Atuação do Espírito Santo no Novo Testamento
Rogério Nunes
 
O nascimento de Jesus
O nascimento de JesusO nascimento de Jesus
O nascimento de Jesus
Moisés Sampaio
 
Seitas e Heresias
Seitas e HeresiasSeitas e Heresias
Seitas e Heresias
Ricardo Gondim
 
LIÇÃO 12 - QUEM AMA CUMPRE PLENAMENTE A LEI DIVINA
LIÇÃO 12 - QUEM AMA CUMPRE PLENAMENTE A LEI DIVINALIÇÃO 12 - QUEM AMA CUMPRE PLENAMENTE A LEI DIVINA
LIÇÃO 12 - QUEM AMA CUMPRE PLENAMENTE A LEI DIVINA
Polícia Militar do Estado do Tocantins
 

Destaque (12)

liçao 8 O poder de Jesus sobre a natureza e os demonios
liçao 8  O poder de Jesus sobre a natureza e os demoniosliçao 8  O poder de Jesus sobre a natureza e os demonios
liçao 8 O poder de Jesus sobre a natureza e os demonios
 
LIÇÃO 08 - O PODER DE JESUS SOBRE A NATUREZA E OS DEMÔNIOS
LIÇÃO 08 - O PODER DE JESUS SOBRE A NATUREZA E OS DEMÔNIOSLIÇÃO 08 - O PODER DE JESUS SOBRE A NATUREZA E OS DEMÔNIOS
LIÇÃO 08 - O PODER DE JESUS SOBRE A NATUREZA E OS DEMÔNIOS
 
LIÇÃO 10 - MILÊNIO - UM TEMPO GLORIOSO PARA A TERRA
LIÇÃO 10 - MILÊNIO - UM TEMPO GLORIOSO PARA A TERRALIÇÃO 10 - MILÊNIO - UM TEMPO GLORIOSO PARA A TERRA
LIÇÃO 10 - MILÊNIO - UM TEMPO GLORIOSO PARA A TERRA
 
LIÇÃO 08 - O PODER DE JESUS SOBRE A NATUREZA E OS DEMÔNIOS
LIÇÃO 08 - O PODER DE JESUS SOBRE A NATUREZA E OS DEMÔNIOSLIÇÃO 08 - O PODER DE JESUS SOBRE A NATUREZA E OS DEMÔNIOS
LIÇÃO 08 - O PODER DE JESUS SOBRE A NATUREZA E OS DEMÔNIOS
 
Desafios missiológicos de nosso tempo
Desafios missiológicos de nosso tempoDesafios missiológicos de nosso tempo
Desafios missiológicos de nosso tempo
 
A obra do espirito santo na igreja
A obra do espirito santo na igrejaA obra do espirito santo na igreja
A obra do espirito santo na igreja
 
Mílênio um tempo glorioso para terra
Mílênio  um tempo glorioso para terraMílênio  um tempo glorioso para terra
Mílênio um tempo glorioso para terra
 
O espirito santo de deus
O  espirito  santo  de  deusO  espirito  santo  de  deus
O espirito santo de deus
 
Presença e Atuação do Espírito Santo no Novo Testamento
Presença e Atuação do Espírito Santo no Novo TestamentoPresença e Atuação do Espírito Santo no Novo Testamento
Presença e Atuação do Espírito Santo no Novo Testamento
 
O nascimento de Jesus
O nascimento de JesusO nascimento de Jesus
O nascimento de Jesus
 
Seitas e Heresias
Seitas e HeresiasSeitas e Heresias
Seitas e Heresias
 
LIÇÃO 12 - QUEM AMA CUMPRE PLENAMENTE A LEI DIVINA
LIÇÃO 12 - QUEM AMA CUMPRE PLENAMENTE A LEI DIVINALIÇÃO 12 - QUEM AMA CUMPRE PLENAMENTE A LEI DIVINA
LIÇÃO 12 - QUEM AMA CUMPRE PLENAMENTE A LEI DIVINA
 

Semelhante a QUEM ERA REALMENTE JESUS CRISTO

Religiao De Jesus
Religiao De JesusReligiao De Jesus
Religiao De Jesus
ockotber
 
Livro jesus-dos-13-aos-30-anos
Livro jesus-dos-13-aos-30-anosLivro jesus-dos-13-aos-30-anos
Livro jesus-dos-13-aos-30-anos
Giselle Bueno
 
Livro jesus-dos-13-aos-30-anos
Livro jesus-dos-13-aos-30-anosLivro jesus-dos-13-aos-30-anos
Livro jesus-dos-13-aos-30-anos
Giselle Bueno
 
IBADEP BÁSICO - HERESIOLOGIA - CAPITULO 4.pptx
IBADEP BÁSICO - HERESIOLOGIA - CAPITULO 4.pptxIBADEP BÁSICO - HERESIOLOGIA - CAPITULO 4.pptx
IBADEP BÁSICO - HERESIOLOGIA - CAPITULO 4.pptx
Rubens Sohn
 
Bi de jesus
Bi de jesusBi de jesus
44 1, 2 e 3 joão
44  1, 2 e 3 joão44  1, 2 e 3 joão
44 1, 2 e 3 joão
PIB Penha
 
Jesus cristo
Jesus cristoJesus cristo
Jesus cristo
Francisco Baptista
 
Aprendendo com o evangelho
Aprendendo com o evangelhoAprendendo com o evangelho
Aprendendo com o evangelho
Helio Cruz
 
09 nocoes basicas_de_cristologia_pe_antonio_pontes
09 nocoes basicas_de_cristologia_pe_antonio_pontes09 nocoes basicas_de_cristologia_pe_antonio_pontes
09 nocoes basicas_de_cristologia_pe_antonio_pontes
Sérgio Ira
 
Jesus o homem (alcione moreno)
Jesus o homem (alcione moreno)Jesus o homem (alcione moreno)
Jesus o homem (alcione moreno)
Jônata Barbosa
 
Lição 05 - Não tomarás o nome do Senhor em vão
Lição 05 - Não tomarás o nome do Senhor em vãoLição 05 - Não tomarás o nome do Senhor em vão
Lição 05 - Não tomarás o nome do Senhor em vão
Pr. Andre Luiz
 
4- A igreja primitiva.pptx
4- A igreja primitiva.pptx4- A igreja primitiva.pptx
4- A igreja primitiva.pptx
PIB Penha - SP
 
A_procura_do_Jesushistorico.pdf...........
A_procura_do_Jesushistorico.pdf...........A_procura_do_Jesushistorico.pdf...........
A_procura_do_Jesushistorico.pdf...........
paulacristinaconteud
 
Cristologia- INSTRODUÇÃO TEOLOGICA.pdf
Cristologia- INSTRODUÇÃO TEOLOGICA.pdfCristologia- INSTRODUÇÃO TEOLOGICA.pdf
Cristologia- INSTRODUÇÃO TEOLOGICA.pdf
joabedasilvasouza1
 
409
409409
Você é espírita ou cristão?
Você é espírita ou cristão?Você é espírita ou cristão?
Você é espírita ou cristão?
11091961
 
Jesus regressara. portuguese
Jesus regressara. portugueseJesus regressara. portuguese
Jesus regressara. portuguese
HarunyahyaPortuguese
 
407
407407
Filosofia: pós socráticos, cristianismo e idade Média
Filosofia: pós socráticos, cristianismo e idade MédiaFilosofia: pós socráticos, cristianismo e idade Média
Filosofia: pós socráticos, cristianismo e idade Média
Luci Bonini
 
Aula de Cristologia - A Pessoa de Cristo
Aula de Cristologia - A Pessoa de CristoAula de Cristologia - A Pessoa de Cristo
Aula de Cristologia - A Pessoa de Cristo
Samuel A. Nunes
 

Semelhante a QUEM ERA REALMENTE JESUS CRISTO (20)

Religiao De Jesus
Religiao De JesusReligiao De Jesus
Religiao De Jesus
 
Livro jesus-dos-13-aos-30-anos
Livro jesus-dos-13-aos-30-anosLivro jesus-dos-13-aos-30-anos
Livro jesus-dos-13-aos-30-anos
 
Livro jesus-dos-13-aos-30-anos
Livro jesus-dos-13-aos-30-anosLivro jesus-dos-13-aos-30-anos
Livro jesus-dos-13-aos-30-anos
 
IBADEP BÁSICO - HERESIOLOGIA - CAPITULO 4.pptx
IBADEP BÁSICO - HERESIOLOGIA - CAPITULO 4.pptxIBADEP BÁSICO - HERESIOLOGIA - CAPITULO 4.pptx
IBADEP BÁSICO - HERESIOLOGIA - CAPITULO 4.pptx
 
Bi de jesus
Bi de jesusBi de jesus
Bi de jesus
 
44 1, 2 e 3 joão
44  1, 2 e 3 joão44  1, 2 e 3 joão
44 1, 2 e 3 joão
 
Jesus cristo
Jesus cristoJesus cristo
Jesus cristo
 
Aprendendo com o evangelho
Aprendendo com o evangelhoAprendendo com o evangelho
Aprendendo com o evangelho
 
09 nocoes basicas_de_cristologia_pe_antonio_pontes
09 nocoes basicas_de_cristologia_pe_antonio_pontes09 nocoes basicas_de_cristologia_pe_antonio_pontes
09 nocoes basicas_de_cristologia_pe_antonio_pontes
 
Jesus o homem (alcione moreno)
Jesus o homem (alcione moreno)Jesus o homem (alcione moreno)
Jesus o homem (alcione moreno)
 
Lição 05 - Não tomarás o nome do Senhor em vão
Lição 05 - Não tomarás o nome do Senhor em vãoLição 05 - Não tomarás o nome do Senhor em vão
Lição 05 - Não tomarás o nome do Senhor em vão
 
4- A igreja primitiva.pptx
4- A igreja primitiva.pptx4- A igreja primitiva.pptx
4- A igreja primitiva.pptx
 
A_procura_do_Jesushistorico.pdf...........
A_procura_do_Jesushistorico.pdf...........A_procura_do_Jesushistorico.pdf...........
A_procura_do_Jesushistorico.pdf...........
 
Cristologia- INSTRODUÇÃO TEOLOGICA.pdf
Cristologia- INSTRODUÇÃO TEOLOGICA.pdfCristologia- INSTRODUÇÃO TEOLOGICA.pdf
Cristologia- INSTRODUÇÃO TEOLOGICA.pdf
 
409
409409
409
 
Você é espírita ou cristão?
Você é espírita ou cristão?Você é espírita ou cristão?
Você é espírita ou cristão?
 
Jesus regressara. portuguese
Jesus regressara. portugueseJesus regressara. portuguese
Jesus regressara. portuguese
 
407
407407
407
 
Filosofia: pós socráticos, cristianismo e idade Média
Filosofia: pós socráticos, cristianismo e idade MédiaFilosofia: pós socráticos, cristianismo e idade Média
Filosofia: pós socráticos, cristianismo e idade Média
 
Aula de Cristologia - A Pessoa de Cristo
Aula de Cristologia - A Pessoa de CristoAula de Cristologia - A Pessoa de Cristo
Aula de Cristologia - A Pessoa de Cristo
 

Mais de Vyeyra Santos

ATIVIDADE CONJUNTOS NUMÉRICOS
ATIVIDADE CONJUNTOS NUMÉRICOS ATIVIDADE CONJUNTOS NUMÉRICOS
ATIVIDADE CONJUNTOS NUMÉRICOS
Vyeyra Santos
 
Teorema de Pitágoras e relaçoes trigonométricas
Teorema de Pitágoras e relaçoes trigonométricasTeorema de Pitágoras e relaçoes trigonométricas
Teorema de Pitágoras e relaçoes trigonométricas
Vyeyra Santos
 
AVALIAÇÃO DE MATEMATICA 1 ANO CONJUNTOS
AVALIAÇÃO DE MATEMATICA 1 ANO CONJUNTOSAVALIAÇÃO DE MATEMATICA 1 ANO CONJUNTOS
AVALIAÇÃO DE MATEMATICA 1 ANO CONJUNTOS
Vyeyra Santos
 
TEORIA DOS CONJUNTOS 1º ANO ENS MEDIO (UNIÃO, INTERSECÇÃO, ESTÁ CONTIDO)
TEORIA DOS CONJUNTOS 1º ANO ENS MEDIO (UNIÃO, INTERSECÇÃO, ESTÁ CONTIDO)TEORIA DOS CONJUNTOS 1º ANO ENS MEDIO (UNIÃO, INTERSECÇÃO, ESTÁ CONTIDO)
TEORIA DOS CONJUNTOS 1º ANO ENS MEDIO (UNIÃO, INTERSECÇÃO, ESTÁ CONTIDO)
Vyeyra Santos
 
AVALIAÇÃO EDUCACIONAL: PESPECTIVIAS
AVALIAÇÃO EDUCACIONAL: PESPECTIVIASAVALIAÇÃO EDUCACIONAL: PESPECTIVIAS
AVALIAÇÃO EDUCACIONAL: PESPECTIVIAS
Vyeyra Santos
 
AVALIAÇÃO 6º ANO ANGULOS E RETAS
AVALIAÇÃO 6º ANO ANGULOS E RETASAVALIAÇÃO 6º ANO ANGULOS E RETAS
AVALIAÇÃO 6º ANO ANGULOS E RETAS
Vyeyra Santos
 
Relatório de Estágio Supervisionado IV em Matemática
Relatório de Estágio Supervisionado IV em Matemática Relatório de Estágio Supervisionado IV em Matemática
Relatório de Estágio Supervisionado IV em Matemática
Vyeyra Santos
 
Baixando e instalando o notepad ++
Baixando e instalando o notepad ++Baixando e instalando o notepad ++
Baixando e instalando o notepad ++
Vyeyra Santos
 
Lucely uchoa o ceu vai se abrir
Lucely uchoa o ceu vai se abrirLucely uchoa o ceu vai se abrir
Lucely uchoa o ceu vai se abrir
Vyeyra Santos
 
Lucely Uchôa - O céu vai se abrir
Lucely Uchôa - O céu vai se abrirLucely Uchôa - O céu vai se abrir
Lucely Uchôa - O céu vai se abrir
Vyeyra Santos
 
Os desafios de ensinar matemática nos dias de hoje
Os desafios de ensinar matemática nos dias de hojeOs desafios de ensinar matemática nos dias de hoje
Os desafios de ensinar matemática nos dias de hoje
Vyeyra Santos
 

Mais de Vyeyra Santos (11)

ATIVIDADE CONJUNTOS NUMÉRICOS
ATIVIDADE CONJUNTOS NUMÉRICOS ATIVIDADE CONJUNTOS NUMÉRICOS
ATIVIDADE CONJUNTOS NUMÉRICOS
 
Teorema de Pitágoras e relaçoes trigonométricas
Teorema de Pitágoras e relaçoes trigonométricasTeorema de Pitágoras e relaçoes trigonométricas
Teorema de Pitágoras e relaçoes trigonométricas
 
AVALIAÇÃO DE MATEMATICA 1 ANO CONJUNTOS
AVALIAÇÃO DE MATEMATICA 1 ANO CONJUNTOSAVALIAÇÃO DE MATEMATICA 1 ANO CONJUNTOS
AVALIAÇÃO DE MATEMATICA 1 ANO CONJUNTOS
 
TEORIA DOS CONJUNTOS 1º ANO ENS MEDIO (UNIÃO, INTERSECÇÃO, ESTÁ CONTIDO)
TEORIA DOS CONJUNTOS 1º ANO ENS MEDIO (UNIÃO, INTERSECÇÃO, ESTÁ CONTIDO)TEORIA DOS CONJUNTOS 1º ANO ENS MEDIO (UNIÃO, INTERSECÇÃO, ESTÁ CONTIDO)
TEORIA DOS CONJUNTOS 1º ANO ENS MEDIO (UNIÃO, INTERSECÇÃO, ESTÁ CONTIDO)
 
AVALIAÇÃO EDUCACIONAL: PESPECTIVIAS
AVALIAÇÃO EDUCACIONAL: PESPECTIVIASAVALIAÇÃO EDUCACIONAL: PESPECTIVIAS
AVALIAÇÃO EDUCACIONAL: PESPECTIVIAS
 
AVALIAÇÃO 6º ANO ANGULOS E RETAS
AVALIAÇÃO 6º ANO ANGULOS E RETASAVALIAÇÃO 6º ANO ANGULOS E RETAS
AVALIAÇÃO 6º ANO ANGULOS E RETAS
 
Relatório de Estágio Supervisionado IV em Matemática
Relatório de Estágio Supervisionado IV em Matemática Relatório de Estágio Supervisionado IV em Matemática
Relatório de Estágio Supervisionado IV em Matemática
 
Baixando e instalando o notepad ++
Baixando e instalando o notepad ++Baixando e instalando o notepad ++
Baixando e instalando o notepad ++
 
Lucely uchoa o ceu vai se abrir
Lucely uchoa o ceu vai se abrirLucely uchoa o ceu vai se abrir
Lucely uchoa o ceu vai se abrir
 
Lucely Uchôa - O céu vai se abrir
Lucely Uchôa - O céu vai se abrirLucely Uchôa - O céu vai se abrir
Lucely Uchôa - O céu vai se abrir
 
Os desafios de ensinar matemática nos dias de hoje
Os desafios de ensinar matemática nos dias de hojeOs desafios de ensinar matemática nos dias de hoje
Os desafios de ensinar matemática nos dias de hoje
 

Último

Aula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdf
Aula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdfAula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdf
Aula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdf
SrgioLinsPessoa
 
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptxLição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Celso Napoleon
 
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
ESCRIBA DE CRISTO
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Nilson Almeida
 
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptxLição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Celso Napoleon
 
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOSDIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
ESCRIBA DE CRISTO
 
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptxLição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Celso Napoleon
 
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO [MUSEOLOGIA]
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO      [MUSEOLOGIA]MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO      [MUSEOLOGIA]
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO [MUSEOLOGIA]
ESCRIBA DE CRISTO
 
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdfO-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
WELITONNOGUEIRA3
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Nilson Almeida
 
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdfPROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
Nelson Pereira
 
Escola de A E Aula 96 Evolução Animica
Escola de A E Aula 96 Evolução AnimicaEscola de A E Aula 96 Evolução Animica
Escola de A E Aula 96 Evolução Animica
AlessandroSanches8
 
Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024
Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024
Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024
HerverthRibeiro1
 
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimentoHabacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
ayronleonardo
 
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptxBíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Igreja Jesus é o Verbo
 
PEDRO NUNCA FOI PAPA [COM COMENTÁRIOS]
PEDRO NUNCA FOI PAPA   [COM COMENTÁRIOS]PEDRO NUNCA FOI PAPA   [COM COMENTÁRIOS]
PEDRO NUNCA FOI PAPA [COM COMENTÁRIOS]
ESCRIBA DE CRISTO
 
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxasMalleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Lourhana
 
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino FinalTornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
André Ricardo Marcondes
 

Último (18)

Aula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdf
Aula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdfAula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdf
Aula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdf
 
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptxLição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
 
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
 
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptxLição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
 
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOSDIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
 
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptxLição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
 
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO [MUSEOLOGIA]
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO      [MUSEOLOGIA]MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO      [MUSEOLOGIA]
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO [MUSEOLOGIA]
 
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdfO-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
 
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdfPROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
 
Escola de A E Aula 96 Evolução Animica
Escola de A E Aula 96 Evolução AnimicaEscola de A E Aula 96 Evolução Animica
Escola de A E Aula 96 Evolução Animica
 
Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024
Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024
Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024
 
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimentoHabacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
 
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptxBíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
 
PEDRO NUNCA FOI PAPA [COM COMENTÁRIOS]
PEDRO NUNCA FOI PAPA   [COM COMENTÁRIOS]PEDRO NUNCA FOI PAPA   [COM COMENTÁRIOS]
PEDRO NUNCA FOI PAPA [COM COMENTÁRIOS]
 
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxasMalleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
 
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino FinalTornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
 

QUEM ERA REALMENTE JESUS CRISTO

  • 1. JESUS Quem era mesmo este que parou o mundo e as atenções voltaram para sua morte em uma cruz? VyeyraSantos
  • 2. SE CONSIDERARMOS A INEXISTÊNCIA DE UM JESUS E ATÉ PODEMOS, MAS A INFLUÊNCIA DE SUA FALA NO ESPAÇO – TEMPO É INEGÁVEL. SEUS ESCRITOS PERCORREM AS VEIAS DA SOCIEDADE DISCERNINDO O FUTURO AO PREVER FATOS REAIS, AGINDO NO PRESENTE. MUDANDO VIDAS, TRANSFORMANDO PESSOAS. A FÉ EM CRISTO TEM LEVADO MULTIDÕES A VIVEREM (OU TENTAREM) DE FORMA ÍNTEGRA. COMO, ENTÃO, PODEMOS NEGAR A EXISTÊNCIA DESSE PERSONAGEM HISTÓRICO QUE É ATEMPORAL E, A CADA DIA QUE PASSA, ESTÁ MAIS SÓLIDO. A FILOSOFIA, A LÓGICA, A RAZÃO... NÃO PODEM COMPREENDER. VYEYRA SANTOS VyeyraSantos
  • 3. INTRODUÇÃO Procuraremos tratar JESUS sob o ponto de vista Cristão, respeitando também a opinião de outras religiões. Isto poderá nos trazer um pouco de dúvidas, mas serão tratadas de forma cumulativa a fim de estabelecermos uma ideia da identidade de JESUS CRISTO, o meigo nazareno. VyeyraSantos
  • 4. QUEM ERA JESUS PARA OS JUDEUS? Dentre os tantos falsos Messias que surgiram JESUS é o mais perigoso. É fruto de contradições e erros de tradução sendo originado de religiões pagãs que defendiam a materialização de deuses. Vale também retratar a unidade absoluta e singularidade de DEUS que contraria a tricotomia defendida por JESUS, quando se coloca como intercessor. VyeyraSantos
  • 5. QUEM ERA JESUS PARA OS MUÇULMANOS? Para o Islã JESUS foi um dos grandes mensageiros de DEUS, sendo sua mãe Maria cujo nascimento foi miraculoso. JESUS não morreu, sendo que seus inimigos intentaram contra sua vida, mas este foi salvo por DEUS. Sendo sua semelhança colocado em outro homem que foi crucificado. Cap. 3 e 4 do Alcorão Muçulmanos e cristãos compartilham algumas das crenças sobre JESUS. Ambos acreditam que JESUS nasceu da Virgem Maria e ambos acreditam que JESUS foi o Messias enviado para o povo de Israel. Ambos também acreditam que JESUS voltará a terra nos últimos dias. Entretanto, um detalhe importante separa seus mundos. Os muçulmanos acreditam que certamente JESUS não é Deus, não é o filho de Deus e não é parte de uma Trindade de Deus. Fonte: Islamreligion.com VyeyraSantos
  • 6. QUEM É JESUS PARA OS ATEUS? Ateu é uma palavra que junta outras, etimologicamente, Theos significa Deus, do grego para o português, e o prefixo a significa negação ou ausência. Então ficaria ateu = sem deus. De forma bem direta os ateus não acreditam na existência de um JESUS, alguns até aceitam a ideia de um JESUS histórico, mas um deus, jamais. Acreditam de forma absoluta nas teorias da ciência e banalizam o Cristianismo. Dentre as posições assumidas citam a falta de evidências para comprovar a vida de JESUS, já que existem apenas os Evangelhos e um trecho no livro de Flavio Josefo. Porém a de se entender que Flavio escreveu seu livro no sec I e naquela época o cristianismo era visto como uma ceita qualquer. VyeyraSantos
  • 7. O NASCIMENTO DE JESUS Conta o livro de Mateus no capitulo 1 a partir do versículo 18 que Maria estava noiva de José e pelo Espírito Santo engravidou. Porém o livro de Lucas traz mais detalhes sobre o assunto. Devido a um recenseamento ordenado pelo imperador Augusto, José partira para Belém, uma cidade que fica na região da Judeia. Quando estavam em Belém (cidade onde nasceu o rei Davi) Maria inicia os trabalhos de parto e JESUS nasce. VyeyraSantos
  • 9. ADOLESCÊNCIA DE JESUS Não há relatos bíblicos que corrobora a adolescência de JESUS, apenas livros apócrifos com historias irreverentes. O que a bíblia nos traz são fragmentos e algumas lacunas. JESUS cumpre todos os rituais judaicos como o da apresentação e circuncisão (Lc 2:21-22) seguindo os preceitos abraâmicos. No versículo 41 do mesmo capitulo vemos quando JESUS ficou no tempo após a festa da Páscoa. Seus pais o procuraram loucamente até voltarem e encontrarem JESUS debatendo com os mestres da lei, nesta época tinha doze anos. A última menção da adolescência de JESUS está no versículo 52, no qual relata o crescimento físico e mental. Depois destes episódios temos uma lacuna de aproximadamente 18 anos. VyeyraSantos
  • 10. JESUS X RELIGIÕES PAGÃS Quem a todo custo comparar JESUS e o Cristianismo a religiões pagãs como a dos egípcios, gregos, romanos, indus, celtas, tiberianos, entre outros. Confrontam principalmente o fato de JESUS histórico ser concebido por uma virgem ao fato de outras religiões trazerem a mesma historia. Nos próximos slides será apresentado algumas religiões e suas historias. VyeyraSantos
  • 11. HÓRUS - O SENHOR DO CÉU (EGITO) Hórus é o Senhor do Céu na religião egípcia. Seu nome original é Heru- as-Aset ou Her’ur. Seu nome significa Luz ou Iluminação. Essa alusão faz menção à missão do Deus, visto que ele encarna na terra para salvar os homens da ignorância. Como já foi visto antes, ele faz parte da trindade egípcia composta por Osíris, Hórus e Ísis. Segundo a tradição egípcia, Hórus nasceu em 3000 a.C. no Vale do Nilo. Tendo o seu nascimento profetizado pelos deuses, Hórus nasceu de Ísis (simbolizada pela constelação de Virgem). Entretanto este nascimento pela deusa é tido como um simbolismo, visto que Ísis sendo comparada com o Espírito Santo na tradição cristã temos uma bela simbologia, onde o Espírito Santo dá à luz ao ser divino enquanto que uma mulher dá à luz a um ser terreno. Isto é confirmado na biografia de Hórus, visto que o mesmo passa a ser criado por Hathor, uma mulher que o aceita como filho (assim como Maria aceita ser mãe de JESUS confirmada pelas suas palavras: Eis aqui a serva do Senhor. Faça-se em mim segundo a Tua palavra. – João - 1:38), que mais tarde foi elevada à condição de deusa (assim como Maria foi elevada à condição de santa). Alguns autores sugerem que a história de JESUS pode ter sido baseada em várias outras histórias de deuses mais antigos, principalmente, Hórus. Em suas mãos Hórus carrega as chaves da vida da morte e da fertilidade. VyeyraSantos
  • 12. HÓRUS - O SENHOR DO CÉU (EGITO) É uma historia instigante, aliás vamos concordar que o povo egípcio merece aplausos. Mas devemos ainda manter nossa fé inabalável, pois são histórias repassadas e trata-se de uma religião sucumbida. O nosso Cristo deve ainda ser o ícone maior de nossa fé, aliás a fé é o firme fundamento das coisas que esperamos e a certeza que não vemos (Hb 11:01). O intuito deste artigo não é abalar sua fé, no então pretende-se deixá-lo mais convicto de Cristo JESUS regresserá. VyeyraSantos
  • 13. TAMMUZ - A ENCARNAÇÃO DE EL (SUMÉRIOS) Tido como não só Filho de Deus, mas como o próprio Deus encarnado, Tammuz foi tido como o Salvador para muitos Sumérios e Babilônicos fazendo parte de uma trindade divina junto com El (na Babilônia era chamado de Nimrod) e Semirames. A palavra Tammuz significa “Luz Perfeita”. Ele nasceu por volta de 2000 a.C. na Mesopotâmia da virgem Semirames, identificada como Ísis. Quando adulto, o filho de El (Elohim?) vaga pelas cidades curando e ensinando as pessoas a serem compassivos e humildes. Realiza vários milagres como caminhar pelas águas e curar os doentes. Entretanto sua missão é maior. Ele devia morrer para purgar os pecados dos homens e salva-los da condenação. Mesmo depois de morto, três dias depois ele ressuscita e sobe aos céus. Ele volta à terra de tempos em tempos para cumprir sua missão novamente visto que os homens precisam renovar a aliança que fizeram com os deuses. Por isso ele sempre volta pra instituir uma “Nova Aliança”. O símbolo de Tammuz é uma cruz, símbolo de sua morte! Ele é chamado de “Salvador”, “Deus dos deuses” e “Deus da Luz”. VyeyraSantos
  • 14. KRISHNA (ÍNDIA) A figura de Krishna é a que mais se confunde com a figura de JESUS, não só pela sua vida, mas principalmente pelos ensinamentos que são idênticos. Mais a frente veremos isso. Como vimos Krishna é a segunda pessoa da trindade hindu composta por Brahma, Vishnu e Shiva. O nome Krishna vem de Krshna que significa em hindi “Negro” ou “Escuro” devido à cor da pele do Deus. Segundo a tradição, Krishna nasceu por volta de 1500 a.C. na Índia. O nascimento de Krishna foi predito desde o início da religião Védica. Vindo de uma linhagem real, o Filho de Deus era visto como uma ameaça para o rei local, Kamsa. Numa noite, a virgem Devaki, em sonho teve uma revelação onde um Deva (Anjo) lhe apareceu dizendo que ela daria à luz ao filho de Deus (Mahadeva). Kamsa ao saber dos sacerdotes sobre o cumprimento da profecia que dizia que o Filho de Deus destronaria os maus governantes, mandou matar o pequeno Krishna. Seu pai, Vasudeva, avisado em sono, pega a criança após acordar e foge com Krishna para a cidade de Gokula, para evitar a perseguição de Kamsa. Mais tarde Krishna já como um adulto é tentado várias vezes pelos demônios, que após cada tentação fortalece seu poder. Ele começa sua peregrinação onde reúne muitos discípulos aos quais ensina por meio de parábolas e metáforas. O discípulo mais amado de Krishna se chamava Arjuna. Ele realiza muitos milagres como ressuscitar mortos, curar doentes e andar sobre as águas. Numa certa ocasião, tendo se retirado para meditar, ele transfigura-se na frente de um dos discípulos mostrando a sua glória. Para dar uma lição de humildade, Krishna lavou os pés de um de seus discípulos, Sudhama. Ele diz que não ficará entre seus discípulos, pois seu reino não é deste mundo, por isso rejeita ser rei na Terra. A historia conta que seus inimigos o perseguiram e ele foi morto sendo fechado, com uma certeira em seu coração. VyeyraSantos
  • 15. OUTROS CASOS Existem outros casos também como o dos celtas (Hesus), o Buda, o Indra (Tibet), Bali (Deus indiano), Mithra (Tradição Zoroastra), Apolônio (conteporêneo de JESUS) entre outros. Porque muitos vão aparecer fingindo ser eu e dizendo: “Eu sou o Messias (Deus conosco)!” E enganarão a muitos (Mt 24:05). Somos advertidos pela Bíblia Sagrada o aparecimento desses falsos deuses da atualidade e antiguidade. Devemos tomar cuidado e apegar – nos a Cristo. Bom, continuemos falando de nosso Mestre... VyeyraSantos
  • 16. MINISTÉRIO DE JESUS: JOÃO BATISTA – SEU NASCIMENTO João Batista era filho de Isabel e Zacarias, um dos sacerdotes de Abias. Lucas afirma, em seu livro, que eram um casal íntegro, mas que não tinha tido filho. No transcorrer do capítulo 1 de Lucas narra a historia do nascimento de João, que aconteceu no tempo que Herodes era rei (a mensagem do anjo a Zacarias). O sacerdote, por sorteio, entrou no templo para queimar incenso no altar e lá o anjo do Senhor (Gabriel) lhe apareceu e deu a noticia do filho e orientações de como deveria ser criado, o nome e sua missão. (Lucas cap. 1) VyeyraSantos
  • 17. MINISTÉRIO DE JESUS: JOÃO BATISTA Vemos uma referencia direta a João Batista quando lemos o capitulo 40 do livro de Isaías que apresentou subsídios para o primeiro advento de Cristo. No livro do profeta Malaquias também é possível extrair referencia à João e também à JESUS. Tinha trajes diferenciados: Usava uma roupa feita de pelos de camelo e um cinto de couro e comia gafanhotos e mel do mato (Mt 3: 4). Com uma pregação grossa instigava os judeus ao um arrependimento (do grego metanoeo, que junta as palavras meta, “depois”, e noeo, “pensar”. Um arrependimento que gerasse transformação. No versículo 11 do mesmo capitulo ele já prenuncia JESUS a qual havia de batizar com o Espírito e Fogo. João, mais tarde, batizaria Cristo. VyeyraSantos
  • 18. MINISTÉRIO DE JESUS: JOÃO BATISTA, O POSSÍVEL CRISTO Como já tratamos do nascimento de Cristo, neste tópico trataremos do encontro. Lucas é o evangelistas que traz mais detalhes históricos sobre a época e trajeto de João Batista. Este pregava a mensagem de arrependimento e advento do Cristo. Também batizava por imersão nas águas. Durante as suas pregações ele respondia perguntas orientando os presentes como se devia proceder - Lucas 3: 7-18. Por isso foi confundido com Cristo, mas ele rebate no versículo 16: (...) mas está chegando alguém que é mais importante do que eu, (...). No livro de João capitulo 1 e versículo 22-27, vemos João respondendo sobre sua pessoa, o objetivo de sua missão. VyeyraSantos
  • 19. MINISTÉRIO DE JESUS: JOÃO BATISTA E JESUS CRISTO O encontro de JESUS e JOÃO deve ter ocorrido em Betânia, onde batizava e fala de Cristo. O batismo ocorreu no versículo 29 do capítulo 1 de João presenciou o Espírito Santo na forma corpórea e uma voz vinda do céu falando a respeito de JESUS. João deu testemunho de JESUS, afirmando que era o Cristo esperado. Bom, continuaremos os estudo depois... VyeyraSantos