SlideShare uma empresa Scribd logo
IV Jornada de Pesquisa e Iniciação Científica (JOPIC): Ciência e Desenvolvimento Social – UNIFESO/FAPERJ 
AÇÕES DA MEDICINA VETERINÁRIA EM EPIDEMIOLOGIA 
E VIGILÂNCIA AMBIENTAL VISANDO A EDUCAÇÃO E 
PROTEÇÃO EM SAÚDE 
Beatriz Miloski Scharfy 1; Ana Clara da Silva 1; Marília de Souza Pestana1; Felipe Pereira de Souza 1; 
Maria Leonora Veras de Mello 2 
1 Discentes - Medicina Veterinária /Unifeso; 2 Docente - Medicina Veterinária / Unifeso (bia_miloski@hotmail.com) 
INTRODUÇÃO: O aumento dos vetores de doenças de importância zoonótica junto ao homem vem ocorrendo por uma série de desequilíbrios, 
quer seja pelo desmatamento, trazendo para o seu convívio artrópodes como os carrapatos, insetos e roedores que antes ficavam nas matas e 
que aos poucos tornaram-se sinantrópicos, quer seja por deficiência de medidas educativas e sanitárias frente à população, e em especial nas 
regiões economicamente carentes e densamente urbanizadas e com infraestrutura básica precária. 
MATERIAIS E MÉTODOS: Foram elaboradas estratégias de coleta de dados que se basearam nos estudos e enumeração das zoonoses 
vinculadas direta ou indiretamente aos animais de companhia e seus vetores. Conjuntamente foram traçadas estratégias de tratamento e 
análise como a elaboração de medidas preventivas na infestação de carrapatos, com cunho higiênico e de manejo ambiental; a construção de 
armadilhas para captura e diminuição do número de moscas e mosquitos; o desenvolvimento de soluções com plantas que tenham bioatividade 
sobre verminoses intestinais; o desenvolvimento de métodos de extermínio dos ratos, educação ambiental, controle do lixo, e utilização de 
substâncias não tóxicas para seres humanos e animais; a confecção de cartilha voltada para alunos de ensino fundamental, caracterizando as 
zoonoses, os vetores e as soluções de modo a ser um instrumento útil, de fácil compreensão e rápida divulgação. 
Figura 2 - As zoonoses e seus vetores, direta ou indiretamente vinculadas 
aos animais de companhia (Mello, 2014). 
Figura 1 – Palestra Apresentada na Escola Municipal Manoel Medeiros 
RESULTADOS E DISCUSSÃO: Os estudos das zoonoses e pesquisa sobre técnicas para captura e eliminação de insetos, ecto e endoparasitas, 
confecção e aplicação de artefatos simples e baratos para captura e eliminação dos mesmos, medidas de reciclagem, utilização de plantas 
medicinais e educação ambiental vendo sendo realizados. Também foram realizadas palestras na Escola Municipal Manoel Medeiros (figura 1), 
no município de Teresópolis e divulgadas informações e questionários para a avaliação de conhecimentos em zoonose no evento “Em dia com a 
Saúde” numa praça no bairro do Alto. No momento, vem sendo confeccionada a cartilha de divulgação sobre educação ambiental, 
epidemiologia das zoonoses e dos métodos práticos de controle, de fácil compreensão e com o maior poder de divulgação possível. 
Legenda: 
1.Os animais de estimação vivem em área externa? 
2.Aplicam todas as vacinas éticas ? 
3.Vacinam apenas em campanha (antirrábica)? 
4.Tem consciência que a castração também é um 
controle de zoonoses? 
5.Faz controle de ectoparasitas ? 
6.Faz controle de endoparasitas ? 
7.Sabe o que é zoonose ? 
8.Sabe como a Leptospirose é transmitida? 
9.Sabe como a Raiva é transmitida ? 
CONCLUSÃO: Os questionários aplicados durante as palestras na Escola Municipal Manoel Medeiros e no dia da 
ação social “Em dia com a Saúde”, revelaram um grau mediano de conhecimento das noções básicas em 
Epidemiologia e Saúde Pública,onde os escores 2, 3 e 7 foram baixos. O mais aconselhável é ampliar este 
conhecimento, visando a educação sobre a proteção em saúde e meio ambiente nas escolas e comunidades, 
melhorando assim a convivência entre humanos, animais e o meio em que vivemos. Os testes realizados com 
diferentes tipos de repelentes naturais revelaram ser o Neem (Azadirachta indica) o que melhor agiu no controle de 
ectoparasitas, com 100% de efetividade na aplicação no meio ambiente e nos animais que foram testados. 
Cartilha em processo de construção, 
abordando educação ambiental, 
epidemiologia das zoonoses e os 
métodos práticos de controle. 
Legenda: 
1.Os animais de estimação vivem em área externa? 
2.Aplicam todas as vacinas éticas ? 
3.Vacinam apenas em campanha (antirrábica)? 
4.Tem consciência que a castração também é um 
controle de zoonoses? 
5.Faz controle de ectoparasitas ? 
6.Faz controle de endoparasitas ? 
7.Sabe o que é zoonose ? 
8.Sabe como a Leptospirose é transmitida? 
9.Sabe como a Raiva é transmitida ? 
Gráfico: Resultados do questionário aplicado com 53 adultos e crianças:

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Artigo bioterra v15_n1_01
Artigo bioterra v15_n1_01Artigo bioterra v15_n1_01
Artigo bioterra v15_n1_01
Universidade Federal de Sergipe - UFS
 
Apostila+de+fitopatologia
Apostila+de+fitopatologiaApostila+de+fitopatologia
Apostila+de+fitopatologia
Willian Passos
 
Saúde Pública - História Natural da Doença
Saúde Pública - História Natural da DoençaSaúde Pública - História Natural da Doença
Saúde Pública - História Natural da Doença
Welisson Porto
 
Doenças_orientações para trabalho 1s
Doenças_orientações para trabalho 1sDoenças_orientações para trabalho 1s
Doenças_orientações para trabalho 1s
Marcia Regina
 
ARTIGO DE PARASITOSES INTESTINAIS EM IDOSO
ARTIGO DE PARASITOSES INTESTINAIS EM IDOSOARTIGO DE PARASITOSES INTESTINAIS EM IDOSO
ARTIGO DE PARASITOSES INTESTINAIS EM IDOSO
Lucia Tome
 
Ativ7 6 gislaine
Ativ7 6 gislaineAtiv7 6 gislaine
Ativ7 6 gislaine
Gislaine da Silva
 
Apresentacao campanha-de-geohelmintiases
Apresentacao campanha-de-geohelmintiasesApresentacao campanha-de-geohelmintiases
Apresentacao campanha-de-geohelmintiases
andreinaabs
 
3 2 o paradigma epidemiologico-populacao
3 2  o paradigma epidemiologico-populacao3 2  o paradigma epidemiologico-populacao
3 2 o paradigma epidemiologico-populacao
SINAVEF_LAB
 
Historia natural da doença
Historia natural da doençaHistoria natural da doença
Historia natural da doença
Francielle Cunha Moreira
 
Doenças infecciosas e parasitarias relacionadas ao trabalho
Doenças infecciosas e parasitarias relacionadas ao trabalhoDoenças infecciosas e parasitarias relacionadas ao trabalho
Doenças infecciosas e parasitarias relacionadas ao trabalho
joselene beatriz
 
Historia natural da doença final
Historia natural da doença finalHistoria natural da doença final
Historia natural da doença final
Lucas Almeida Sá
 
Apresentação johansen igor_01-07-2011_11h
Apresentação johansen igor_01-07-2011_11hApresentação johansen igor_01-07-2011_11h
Apresentação johansen igor_01-07-2011_11h
Igor Johansen
 
Processo saúde doença
Processo saúde doençaProcesso saúde doença
Processo saúde doença
José Luis Müller
 
Plantas medicinais
Plantas medicinaisPlantas medicinais
Plantas medicinais
Viviane Vasconcelos
 
Aula 3 história natural das doenças
Aula 3 história natural das doençasAula 3 história natural das doenças
Aula 3 história natural das doenças
Jesiele Spindler
 

Mais procurados (15)

Artigo bioterra v15_n1_01
Artigo bioterra v15_n1_01Artigo bioterra v15_n1_01
Artigo bioterra v15_n1_01
 
Apostila+de+fitopatologia
Apostila+de+fitopatologiaApostila+de+fitopatologia
Apostila+de+fitopatologia
 
Saúde Pública - História Natural da Doença
Saúde Pública - História Natural da DoençaSaúde Pública - História Natural da Doença
Saúde Pública - História Natural da Doença
 
Doenças_orientações para trabalho 1s
Doenças_orientações para trabalho 1sDoenças_orientações para trabalho 1s
Doenças_orientações para trabalho 1s
 
ARTIGO DE PARASITOSES INTESTINAIS EM IDOSO
ARTIGO DE PARASITOSES INTESTINAIS EM IDOSOARTIGO DE PARASITOSES INTESTINAIS EM IDOSO
ARTIGO DE PARASITOSES INTESTINAIS EM IDOSO
 
Ativ7 6 gislaine
Ativ7 6 gislaineAtiv7 6 gislaine
Ativ7 6 gislaine
 
Apresentacao campanha-de-geohelmintiases
Apresentacao campanha-de-geohelmintiasesApresentacao campanha-de-geohelmintiases
Apresentacao campanha-de-geohelmintiases
 
3 2 o paradigma epidemiologico-populacao
3 2  o paradigma epidemiologico-populacao3 2  o paradigma epidemiologico-populacao
3 2 o paradigma epidemiologico-populacao
 
Historia natural da doença
Historia natural da doençaHistoria natural da doença
Historia natural da doença
 
Doenças infecciosas e parasitarias relacionadas ao trabalho
Doenças infecciosas e parasitarias relacionadas ao trabalhoDoenças infecciosas e parasitarias relacionadas ao trabalho
Doenças infecciosas e parasitarias relacionadas ao trabalho
 
Historia natural da doença final
Historia natural da doença finalHistoria natural da doença final
Historia natural da doença final
 
Apresentação johansen igor_01-07-2011_11h
Apresentação johansen igor_01-07-2011_11hApresentação johansen igor_01-07-2011_11h
Apresentação johansen igor_01-07-2011_11h
 
Processo saúde doença
Processo saúde doençaProcesso saúde doença
Processo saúde doença
 
Plantas medicinais
Plantas medicinaisPlantas medicinais
Plantas medicinais
 
Aula 3 história natural das doenças
Aula 3 história natural das doençasAula 3 história natural das doenças
Aula 3 história natural das doenças
 

Semelhante a Pôster picpe 2014 oficial revisado andré i

8 projeto saúde, nosso bem maior
8 projeto saúde, nosso bem maior8 projeto saúde, nosso bem maior
8 projeto saúde, nosso bem maior
juniorfuleragem
 
8 projeto saúde, nosso bem maior
8 projeto saúde, nosso bem maior8 projeto saúde, nosso bem maior
8 projeto saúde, nosso bem maior
juniorfuleragem
 
Ciência Equatorial - ISSN 2179-9563 - V1N1 2011
Ciência Equatorial - ISSN 2179-9563 - V1N1 2011Ciência Equatorial - ISSN 2179-9563 - V1N1 2011
Ciência Equatorial - ISSN 2179-9563 - V1N1 2011
Flávio Henrique Ferreira Barbosa
 
Análise do conhecimento dos alunos da escola de ensino fundamental joão rocha...
Análise do conhecimento dos alunos da escola de ensino fundamental joão rocha...Análise do conhecimento dos alunos da escola de ensino fundamental joão rocha...
Análise do conhecimento dos alunos da escola de ensino fundamental joão rocha...
bio_fecli
 
Plantas medicinais o conhecimento dos alunos do 7° ano do centro educacional ...
Plantas medicinais o conhecimento dos alunos do 7° ano do centro educacional ...Plantas medicinais o conhecimento dos alunos do 7° ano do centro educacional ...
Plantas medicinais o conhecimento dos alunos do 7° ano do centro educacional ...
bio_fecli
 
Webquest doenças tropicais
Webquest doenças tropicaisWebquest doenças tropicais
Webquest doenças tropicais
Helder Neves de Albuquerque
 
Faculdade de ciências da saúde de unaí
Faculdade de ciências da saúde de unaíFaculdade de ciências da saúde de unaí
Faculdade de ciências da saúde de unaí
Luiz Gustavo Oliveira
 
Dengue mgme prof. maria teresa i. grego - slideshare 1
Dengue  mgme  prof. maria teresa i. grego - slideshare 1Dengue  mgme  prof. maria teresa i. grego - slideshare 1
Dengue mgme prof. maria teresa i. grego - slideshare 1
Maria Teresa Iannaco Grego
 
Artigo bioterra v20_n2_10
Artigo bioterra v20_n2_10Artigo bioterra v20_n2_10
Artigo bioterra v20_n2_10
Universidade Federal de Sergipe - UFS
 
Epidemologia atoxicologia st
Epidemologia atoxicologia stEpidemologia atoxicologia st
Epidemologia atoxicologia st
roaugustus2010
 
Dengue mgme prof. maria teresa i. grego - slideshare 2
Dengue  mgme  prof. maria teresa i. grego - slideshare 2Dengue  mgme  prof. maria teresa i. grego - slideshare 2
Dengue mgme prof. maria teresa i. grego - slideshare 2
Maria Teresa Iannaco Grego
 
Artigo bioterra v21_n2_06
Artigo bioterra v21_n2_06Artigo bioterra v21_n2_06
Artigo bioterra v21_n2_06
Universidade Federal de Sergipe - UFS
 
Anais do-Iv-Simpósio-de-Entomologia
Anais do-Iv-Simpósio-de-EntomologiaAnais do-Iv-Simpósio-de-Entomologia
Anais do-Iv-Simpósio-de-Entomologia
Carlos Alberto Monteiro
 
Artigo bioterra v21_n2_10
Artigo bioterra v21_n2_10Artigo bioterra v21_n2_10
Artigo bioterra v21_n2_10
Universidade Federal de Sergipe - UFS
 
Ciência Equatorial - ISSN 2179-9563 - V3N1 2013
Ciência Equatorial - ISSN 2179-9563 - V3N1 2013Ciência Equatorial - ISSN 2179-9563 - V3N1 2013
Ciência Equatorial - ISSN 2179-9563 - V3N1 2013
Flávio Henrique Ferreira Barbosa
 
Projeto H1 N1
Projeto H1 N1Projeto H1 N1
Projeto H1 N1
Governo de Rondônia
 
Aula 2 determinantes_sociais_processo_saúde-doença
Aula 2 determinantes_sociais_processo_saúde-doençaAula 2 determinantes_sociais_processo_saúde-doença
Aula 2 determinantes_sociais_processo_saúde-doença
Camila Lopes
 
Aula 2 determinantes_sociais_processo_saúde-doença
Aula 2 determinantes_sociais_processo_saúde-doençaAula 2 determinantes_sociais_processo_saúde-doença
Aula 2 determinantes_sociais_processo_saúde-doença
Camila Lopes
 
doenças
  doenças  doenças
Seminário MGME Ciências - LINS
Seminário MGME Ciências - LINSSeminário MGME Ciências - LINS
Seminário MGME Ciências - LINS
Centro de Estudos e Tecnologias Educacionais
 

Semelhante a Pôster picpe 2014 oficial revisado andré i (20)

8 projeto saúde, nosso bem maior
8 projeto saúde, nosso bem maior8 projeto saúde, nosso bem maior
8 projeto saúde, nosso bem maior
 
8 projeto saúde, nosso bem maior
8 projeto saúde, nosso bem maior8 projeto saúde, nosso bem maior
8 projeto saúde, nosso bem maior
 
Ciência Equatorial - ISSN 2179-9563 - V1N1 2011
Ciência Equatorial - ISSN 2179-9563 - V1N1 2011Ciência Equatorial - ISSN 2179-9563 - V1N1 2011
Ciência Equatorial - ISSN 2179-9563 - V1N1 2011
 
Análise do conhecimento dos alunos da escola de ensino fundamental joão rocha...
Análise do conhecimento dos alunos da escola de ensino fundamental joão rocha...Análise do conhecimento dos alunos da escola de ensino fundamental joão rocha...
Análise do conhecimento dos alunos da escola de ensino fundamental joão rocha...
 
Plantas medicinais o conhecimento dos alunos do 7° ano do centro educacional ...
Plantas medicinais o conhecimento dos alunos do 7° ano do centro educacional ...Plantas medicinais o conhecimento dos alunos do 7° ano do centro educacional ...
Plantas medicinais o conhecimento dos alunos do 7° ano do centro educacional ...
 
Webquest doenças tropicais
Webquest doenças tropicaisWebquest doenças tropicais
Webquest doenças tropicais
 
Faculdade de ciências da saúde de unaí
Faculdade de ciências da saúde de unaíFaculdade de ciências da saúde de unaí
Faculdade de ciências da saúde de unaí
 
Dengue mgme prof. maria teresa i. grego - slideshare 1
Dengue  mgme  prof. maria teresa i. grego - slideshare 1Dengue  mgme  prof. maria teresa i. grego - slideshare 1
Dengue mgme prof. maria teresa i. grego - slideshare 1
 
Artigo bioterra v20_n2_10
Artigo bioterra v20_n2_10Artigo bioterra v20_n2_10
Artigo bioterra v20_n2_10
 
Epidemologia atoxicologia st
Epidemologia atoxicologia stEpidemologia atoxicologia st
Epidemologia atoxicologia st
 
Dengue mgme prof. maria teresa i. grego - slideshare 2
Dengue  mgme  prof. maria teresa i. grego - slideshare 2Dengue  mgme  prof. maria teresa i. grego - slideshare 2
Dengue mgme prof. maria teresa i. grego - slideshare 2
 
Artigo bioterra v21_n2_06
Artigo bioterra v21_n2_06Artigo bioterra v21_n2_06
Artigo bioterra v21_n2_06
 
Anais do-Iv-Simpósio-de-Entomologia
Anais do-Iv-Simpósio-de-EntomologiaAnais do-Iv-Simpósio-de-Entomologia
Anais do-Iv-Simpósio-de-Entomologia
 
Artigo bioterra v21_n2_10
Artigo bioterra v21_n2_10Artigo bioterra v21_n2_10
Artigo bioterra v21_n2_10
 
Ciência Equatorial - ISSN 2179-9563 - V3N1 2013
Ciência Equatorial - ISSN 2179-9563 - V3N1 2013Ciência Equatorial - ISSN 2179-9563 - V3N1 2013
Ciência Equatorial - ISSN 2179-9563 - V3N1 2013
 
Projeto H1 N1
Projeto H1 N1Projeto H1 N1
Projeto H1 N1
 
Aula 2 determinantes_sociais_processo_saúde-doença
Aula 2 determinantes_sociais_processo_saúde-doençaAula 2 determinantes_sociais_processo_saúde-doença
Aula 2 determinantes_sociais_processo_saúde-doença
 
Aula 2 determinantes_sociais_processo_saúde-doença
Aula 2 determinantes_sociais_processo_saúde-doençaAula 2 determinantes_sociais_processo_saúde-doença
Aula 2 determinantes_sociais_processo_saúde-doença
 
doenças
  doenças  doenças
doenças
 
Seminário MGME Ciências - LINS
Seminário MGME Ciências - LINSSeminário MGME Ciências - LINS
Seminário MGME Ciências - LINS
 

Mais de Leonora Mello

Introdução à Homeopatia Veterinária
Introdução à Homeopatia VeterináriaIntrodução à Homeopatia Veterinária
Introdução à Homeopatia Veterinária
Leonora Mello
 
Wing chun
Wing chun Wing chun
Wing chun
Leonora Mello
 
Conhecendo os florais brasileiros em Medicina Veterinária
Conhecendo os florais brasileiros em Medicina Veterinária  Conhecendo os florais brasileiros em Medicina Veterinária
Conhecendo os florais brasileiros em Medicina Veterinária
Leonora Mello
 
Cartilha - "Os bichinhos da cidade"
Cartilha - "Os bichinhos da cidade"Cartilha - "Os bichinhos da cidade"
Cartilha - "Os bichinhos da cidade"
Leonora Mello
 
Desvio portossistêmico em cão, auxiliado por tratamento homeopático
Desvio portossistêmico em cão, auxiliado por tratamento homeopáticoDesvio portossistêmico em cão, auxiliado por tratamento homeopático
Desvio portossistêmico em cão, auxiliado por tratamento homeopático
Leonora Mello
 
Protocolos de Vacinação e Vermifugação em Cães e Gatos
Protocolos de Vacinação e Vermifugação em Cães e GatosProtocolos de Vacinação e Vermifugação em Cães e Gatos
Protocolos de Vacinação e Vermifugação em Cães e Gatos
Leonora Mello
 
Multidisciplinaridade no vitalismo
Multidisciplinaridade no vitalismoMultidisciplinaridade no vitalismo
Multidisciplinaridade no vitalismo
Leonora Mello
 
Palestra meditação
Palestra meditaçãoPalestra meditação
Palestra meditação
Leonora Mello
 
Palestra antinflamatórios em Veterinária
Palestra antinflamatórios em VeterináriaPalestra antinflamatórios em Veterinária
Palestra antinflamatórios em Veterinária
Leonora Mello
 
Penfigo foliaceo em cão
Penfigo foliaceo em cãoPenfigo foliaceo em cão
Penfigo foliaceo em cão
Leonora Mello
 
Palestra feso antibióticos 2014
Palestra feso antibióticos 2014Palestra feso antibióticos 2014
Palestra feso antibióticos 2014
Leonora Mello
 
Aos médicos veterinários
Aos médicos veterináriosAos médicos veterinários
Aos médicos veterinários
Leonora Mello
 
Palestra Homeopatia Veterinária parte I
Palestra Homeopatia Veterinária parte IPalestra Homeopatia Veterinária parte I
Palestra Homeopatia Veterinária parte I
Leonora Mello
 
Acupuntura veterinaria
Acupuntura veterinariaAcupuntura veterinaria
Acupuntura veterinaria
Leonora Mello
 
Crueldade com os animais
Crueldade com os animaisCrueldade com os animais
Crueldade com os animais
Leonora Mello
 
Homeopatia veterinária
Homeopatia veterináriaHomeopatia veterinária
Homeopatia veterinária
Leonora Mello
 
Palestra homeopatia
Palestra homeopatiaPalestra homeopatia
Palestra homeopatia
Leonora Mello
 
Estudos de geriatria em cães
Estudos de geriatria em cãesEstudos de geriatria em cães
Estudos de geriatria em cães
Leonora Mello
 
Hiperadreno e homeopatia
Hiperadreno e homeopatiaHiperadreno e homeopatia
Hiperadreno e homeopatia
Leonora Mello
 
Raças de Cãos
Raças de CãosRaças de Cãos
Raças de Cãos
Leonora Mello
 

Mais de Leonora Mello (20)

Introdução à Homeopatia Veterinária
Introdução à Homeopatia VeterináriaIntrodução à Homeopatia Veterinária
Introdução à Homeopatia Veterinária
 
Wing chun
Wing chun Wing chun
Wing chun
 
Conhecendo os florais brasileiros em Medicina Veterinária
Conhecendo os florais brasileiros em Medicina Veterinária  Conhecendo os florais brasileiros em Medicina Veterinária
Conhecendo os florais brasileiros em Medicina Veterinária
 
Cartilha - "Os bichinhos da cidade"
Cartilha - "Os bichinhos da cidade"Cartilha - "Os bichinhos da cidade"
Cartilha - "Os bichinhos da cidade"
 
Desvio portossistêmico em cão, auxiliado por tratamento homeopático
Desvio portossistêmico em cão, auxiliado por tratamento homeopáticoDesvio portossistêmico em cão, auxiliado por tratamento homeopático
Desvio portossistêmico em cão, auxiliado por tratamento homeopático
 
Protocolos de Vacinação e Vermifugação em Cães e Gatos
Protocolos de Vacinação e Vermifugação em Cães e GatosProtocolos de Vacinação e Vermifugação em Cães e Gatos
Protocolos de Vacinação e Vermifugação em Cães e Gatos
 
Multidisciplinaridade no vitalismo
Multidisciplinaridade no vitalismoMultidisciplinaridade no vitalismo
Multidisciplinaridade no vitalismo
 
Palestra meditação
Palestra meditaçãoPalestra meditação
Palestra meditação
 
Palestra antinflamatórios em Veterinária
Palestra antinflamatórios em VeterináriaPalestra antinflamatórios em Veterinária
Palestra antinflamatórios em Veterinária
 
Penfigo foliaceo em cão
Penfigo foliaceo em cãoPenfigo foliaceo em cão
Penfigo foliaceo em cão
 
Palestra feso antibióticos 2014
Palestra feso antibióticos 2014Palestra feso antibióticos 2014
Palestra feso antibióticos 2014
 
Aos médicos veterinários
Aos médicos veterináriosAos médicos veterinários
Aos médicos veterinários
 
Palestra Homeopatia Veterinária parte I
Palestra Homeopatia Veterinária parte IPalestra Homeopatia Veterinária parte I
Palestra Homeopatia Veterinária parte I
 
Acupuntura veterinaria
Acupuntura veterinariaAcupuntura veterinaria
Acupuntura veterinaria
 
Crueldade com os animais
Crueldade com os animaisCrueldade com os animais
Crueldade com os animais
 
Homeopatia veterinária
Homeopatia veterináriaHomeopatia veterinária
Homeopatia veterinária
 
Palestra homeopatia
Palestra homeopatiaPalestra homeopatia
Palestra homeopatia
 
Estudos de geriatria em cães
Estudos de geriatria em cãesEstudos de geriatria em cães
Estudos de geriatria em cães
 
Hiperadreno e homeopatia
Hiperadreno e homeopatiaHiperadreno e homeopatia
Hiperadreno e homeopatia
 
Raças de Cãos
Raças de CãosRaças de Cãos
Raças de Cãos
 

Pôster picpe 2014 oficial revisado andré i

  • 1. IV Jornada de Pesquisa e Iniciação Científica (JOPIC): Ciência e Desenvolvimento Social – UNIFESO/FAPERJ AÇÕES DA MEDICINA VETERINÁRIA EM EPIDEMIOLOGIA E VIGILÂNCIA AMBIENTAL VISANDO A EDUCAÇÃO E PROTEÇÃO EM SAÚDE Beatriz Miloski Scharfy 1; Ana Clara da Silva 1; Marília de Souza Pestana1; Felipe Pereira de Souza 1; Maria Leonora Veras de Mello 2 1 Discentes - Medicina Veterinária /Unifeso; 2 Docente - Medicina Veterinária / Unifeso (bia_miloski@hotmail.com) INTRODUÇÃO: O aumento dos vetores de doenças de importância zoonótica junto ao homem vem ocorrendo por uma série de desequilíbrios, quer seja pelo desmatamento, trazendo para o seu convívio artrópodes como os carrapatos, insetos e roedores que antes ficavam nas matas e que aos poucos tornaram-se sinantrópicos, quer seja por deficiência de medidas educativas e sanitárias frente à população, e em especial nas regiões economicamente carentes e densamente urbanizadas e com infraestrutura básica precária. MATERIAIS E MÉTODOS: Foram elaboradas estratégias de coleta de dados que se basearam nos estudos e enumeração das zoonoses vinculadas direta ou indiretamente aos animais de companhia e seus vetores. Conjuntamente foram traçadas estratégias de tratamento e análise como a elaboração de medidas preventivas na infestação de carrapatos, com cunho higiênico e de manejo ambiental; a construção de armadilhas para captura e diminuição do número de moscas e mosquitos; o desenvolvimento de soluções com plantas que tenham bioatividade sobre verminoses intestinais; o desenvolvimento de métodos de extermínio dos ratos, educação ambiental, controle do lixo, e utilização de substâncias não tóxicas para seres humanos e animais; a confecção de cartilha voltada para alunos de ensino fundamental, caracterizando as zoonoses, os vetores e as soluções de modo a ser um instrumento útil, de fácil compreensão e rápida divulgação. Figura 2 - As zoonoses e seus vetores, direta ou indiretamente vinculadas aos animais de companhia (Mello, 2014). Figura 1 – Palestra Apresentada na Escola Municipal Manoel Medeiros RESULTADOS E DISCUSSÃO: Os estudos das zoonoses e pesquisa sobre técnicas para captura e eliminação de insetos, ecto e endoparasitas, confecção e aplicação de artefatos simples e baratos para captura e eliminação dos mesmos, medidas de reciclagem, utilização de plantas medicinais e educação ambiental vendo sendo realizados. Também foram realizadas palestras na Escola Municipal Manoel Medeiros (figura 1), no município de Teresópolis e divulgadas informações e questionários para a avaliação de conhecimentos em zoonose no evento “Em dia com a Saúde” numa praça no bairro do Alto. No momento, vem sendo confeccionada a cartilha de divulgação sobre educação ambiental, epidemiologia das zoonoses e dos métodos práticos de controle, de fácil compreensão e com o maior poder de divulgação possível. Legenda: 1.Os animais de estimação vivem em área externa? 2.Aplicam todas as vacinas éticas ? 3.Vacinam apenas em campanha (antirrábica)? 4.Tem consciência que a castração também é um controle de zoonoses? 5.Faz controle de ectoparasitas ? 6.Faz controle de endoparasitas ? 7.Sabe o que é zoonose ? 8.Sabe como a Leptospirose é transmitida? 9.Sabe como a Raiva é transmitida ? CONCLUSÃO: Os questionários aplicados durante as palestras na Escola Municipal Manoel Medeiros e no dia da ação social “Em dia com a Saúde”, revelaram um grau mediano de conhecimento das noções básicas em Epidemiologia e Saúde Pública,onde os escores 2, 3 e 7 foram baixos. O mais aconselhável é ampliar este conhecimento, visando a educação sobre a proteção em saúde e meio ambiente nas escolas e comunidades, melhorando assim a convivência entre humanos, animais e o meio em que vivemos. Os testes realizados com diferentes tipos de repelentes naturais revelaram ser o Neem (Azadirachta indica) o que melhor agiu no controle de ectoparasitas, com 100% de efetividade na aplicação no meio ambiente e nos animais que foram testados. Cartilha em processo de construção, abordando educação ambiental, epidemiologia das zoonoses e os métodos práticos de controle. Legenda: 1.Os animais de estimação vivem em área externa? 2.Aplicam todas as vacinas éticas ? 3.Vacinam apenas em campanha (antirrábica)? 4.Tem consciência que a castração também é um controle de zoonoses? 5.Faz controle de ectoparasitas ? 6.Faz controle de endoparasitas ? 7.Sabe o que é zoonose ? 8.Sabe como a Leptospirose é transmitida? 9.Sabe como a Raiva é transmitida ? Gráfico: Resultados do questionário aplicado com 53 adultos e crianças: