SlideShare uma empresa Scribd logo
leonoramello@bichosonline.vet.br
1
O BRASIL, A HOMEOPATIA É CONSIDERADA ESPECIALIDADE MÉDICA PARA MÉDICOS, MÉDICOS VETERINÁRIOS,
FARMACÊUTICOS, ODONTOLOGISTAS, E AGRÔNOMOS TÊM TAMBÉM BUSCADO A ESPECIALIZAÇÃO. NÃO PODE SER EXERCIDA
POR LEIGOS.
É muito interessante e enriquecedor participar dos Congressos
de Homeopatia, quando os especialistas de todas a áreas
trocam informações, em meio a um ambiente de harmonia e
respeito mútuo.
2
leonoramello@bichosonline.vet.br
3
leonoramello@bichosonline.vet.br
A partir de agora, vamos acompanhar como a Homeopatia pode
acrescentar aos vários viéses fornecidos pela Medicina Veterinária:
Mercado Pet
149,6 milhões de cães e gatos no Brasil
(IPB de 2021).
Pelo menos 70% da população tem um
pet em casa .
Estima-se que movimentou mais de
R$ 59,2 bilhões (2022) (Forbes Money)
/
Importância do animal homeopatizado
4
leonoramello@bichosonline.vet.br
Agronegócios
Mercado em acelerado
desenvolvimento
Voltado para a proteção ambiental
Voltado para a agricultura orgânica
Homeopatia na agricultura e grandes
animais
Empresas Real H , Sigo e Arenales
Flora e Fauna 5
leonoramello@bichosonline.vet.br
leonoramello@bichosonline.vet.br
6
Homeopatia Populacional
O novo método de tratamento coletivo, desenvolvido pelo Médico
veterinário homeopata Dr. Cláudio Real, com medicamentos homeopáticos
adicionados aos suplementos minerais, rações ou proteinados, recebeu o
nome de HOMEOPATIA POPULACIONAL. Por seu custo reduzido, eficácia,
ausência total de toxidez e por serem os princípios ativos homeopáticos
extremamente diluídos com impossibilidade absoluta de deixar resíduos na
carne ou no leite capaz e de prejudicar a saúde humana, a homeopatia
tornou-se a medicina ideal em rebanhos.
leonoramello@bichosonline.vet.br
7
leonoramello@bichosonline.vet.br
8
leonoramello@bichosonline.vet.br
9
A HOMEOPATIA SE ADEQUA PERFEITAMENTE AOS
FUNDAMENTOS ALMEJADOS PELA SAÚDE ÚNICA.
ELA CAMINHA PARALELAMENTE A UM MODO DE VIVER
RESPEITOSA E PACIFICAMENTE.
Importância do Pet homeopatizado
Zooterapia – o animal em equilíbrio mantém sua saúde e imunidade e
está apto para ajudar eficientemente por sua vez, como terapeuta.
Equoterapia – Já praticada em vários estados do Brasil,
onde o animal deve estar perfeitamente equilibrado para
interagir com o paciente
Zooterapia – inicialmente com o grupo “ Smile”- Dra.
Hannelore Fuchs. Animais adestrados, como cãezinhos,
gatos, cágados, coelhos e aves, tratados em geral com a
Homeopatia
Guia de cegos – animais especialmente treinados , no
Estado do Rio temos George Harisson, precursor do
adestramento destes cães por aqui, é adepto de terapias
vitalistas para os mesmos
Companhia para doentes graves, idosos, recuperação de
presos e doentes psiquiátricos(Dra. Nise da Silveira) 10
leonoramello@bichosonline.vet.br
A Homeopatia Veterinária
através do tempo
A Homeopatia Veterinária foi
inaugurada pelo próprio
Hahnemann (1796), que disse:
“se as leis que eu proclamo são
as da Natureza, elas serão
válidas para todo ser vivo”. Seu
cavalo sofria de uma oftalmia, e
tratou-o com Natrum muriaticum. 11
leonoramello@bichosonline.vet.br
Ética
Outro viés da interdisciplinaridade fornecida pela Homeopatia e Terapias
Integrativas e Complementares
O exercício destas terapias
combina perfeitamente com a
atualidade, uma vez que ao
chegarmos no 3o Milênio
finalmente damo-nos conta, ou
pelo menos há mais pessoas
preocupadas, com o aspecto da
Proteção Ambiental e Preservação
dos Ecossistemas . 12
leonoramello@bichosonline.vet.br
Bioética
Está de acordo com uma ciência criada a partir de
1970 pelo médico oncologista Dr. Van Remslaer
Potter, a Bioética, que trata das relações das ciências
biológicas e os valores morais. Significa dizer da
necessidade de melhorar as condições de criação,
tratamento e manutenção dos animais, não só para
um aumento da produtividade, mas pela compreensão
que os animais também são habitantes vivos de nosso
planeta, são importantes para o equilíbrio dos
ecossistemas, e no caso dos pequenos animais,
ajudam o ser humano a conviver com seus problemas,
amenizando o estress e solidão urbanos. Hoje isto
tudo vem sendo difundido nos dentro dos fundamentos
do Bem Estar Animal. 13
leonoramello@bichosonline.vet.br
Aspectos Éticos
É importante também ter noção da
responsabilidade do tratamento
homeopático. Segundo o Regulamento da
profissão de Médico Veterinário, Cap. V-
RESPONSABILIDADE PROFISSIONAL,
art. 24. "É de exclusiva responsabilidade do
médico veterinário a escolha do tratamento
para seus pacientes".
14
leonoramello@bichosonline.vet.br
Bem Estar Animal
O tratamento mais humanitário facultado pela homeopatia e
outras terapias vitalistas, a compreensão do equilíbrio entre
animais e meio ambiente, tem possibilitado a instalação de
fazendas onde há as criações orgânicas, os bovinos, equinos,
caprinos e aves, através de novas técnicas de manejo, com
instalação de pastos resistentes a pragas e mais ricos em
nutrientes, resultando em animais equilibrados e dispensando o
uso de agrotóxicos, anabolizantes, antibióticos, inseticidas.
Animais criados por pessoas que aprenderam a respeitá-los e
assim se desenvolvem mais e melhor, chegam ao peso ideal
com maior facilidade, produzem com mais eficiência, e neste
ambiente de respeito seu abate é também mais humanitário,
amparado pelas leis atuais.
15
leonoramello@bichosonline.vet.br
SAMUEL HAHNEMANN
1755-1843
FUNDADOR DA HOMEOPATIA
“Seguir passo a passo o caminho
desbravado por HAHNEMANN,
ter consciência das dificuldades
encontradas, viver o
acontecimento com ele é um
enriquecimento incomparável”.
Jean Tétau-homeopata francês
contemporâneo – 1901-1972
A Prática da Homeopatia está
baseada em leis e princípios
• Lei dos semelhantes
• Experimentação no homem são
• Doses mínimas
• Medicamento único
SIMILITUDE –
SIMILIA SIMILIBUS CURENTUR
Este é o primeiro princípio da
Homeopatia.
A idéia de tratar os semelhantes pelos
semelhantes é antiga na história da
Medicina.
Hipócrates refere que similia similibus
curantur é uma norma tão boa como o
contraria contrariis.
Experimentação em homem são:
As patogenesias
• A técnica da patogenesia está descrita nos §§ 105 a 142
do Organon da Arte de Curar
Patogenesias
• Organon §105 - O segundo ponto do trabalho de
um verdadeiro médico é adquirir o conhecimento
dos instrumentos destinados à cura das doenças
naturais, investigando o poder patogenético dos
medicamentos, a fim de, quando precisar curar,
possa escolher, entre eles, um cujas manifestações
sintomáticas possam constituir uma moléstia
artificial, tão semelhante quanto possível à
totalidade dos sintomas principais da doença natural
a ser curada
Doses mínimas
•No início de sua prática
homeopática Hahnemann utilizava
doses materiais dos medicamentos
Doses mínimas
• Hahnemann foi diminuindo o tamanho das doses
(diluindo) que empregava com o objetivo de evitar as
agravações, que ele inicialmente atribuiu ao
tamanho da dose empregada. Lembrar que os
medicamentos utilizados eram bastante tóxicos,
como o arsênico e o mercúrio e inicialmente ele
procurou medicar com o mesmo efeito em doses
menores.
• No processo de diluição para diminuir as doses.
Hahnemann utilizou o recurso de agitar
vigorosamente cada solução (q isso foi denominado
sucussão), despertando assim, de maneira mais
eficaz seu poder curativo.
• É o processo que chamamos hoje de dinamização
ou potenciação dos medicamentos
Diluição+ Sucussão= Dinamização
A dinamização é o ato de triturar
ou diluir e sucussionar um
medicamento homeopático. È a
transformação da matéria pelo
aumento de seu poder de
informação.
O medicamento-substância
transforma-se em medicamento
–informação. Hahnemann
afirmou: “essa mudança notável
nas quantidades dos corpos
naturais desenvolvem os
poderes dinâmicos latentes, até
agora despercebidos, como se
estivessem adormecidos,
ocultos”...
diluição
trituração( para depois diluir)
Paraoprocessoforamsesofisticandoosaparelhos
defluxocontínuo
ESCALA CENTESIMAL
ESCALA LM
FormasdeApresentaçãodomedicamento
homeopático
Hahnemann defendeu até o fim seu fundamento do
remédio único para a cura. No entanto, outros homeopatas
desenvolveram outros métodos, como o plurarismo e o
complexismo. A meta ainda é o Unicismo, mas buscamos
sempre os caminhos que melhor dêem conforto aos
pacientes, enquanto não achamos o remédio ideal
Remédio único
Medicamentos selecionados:
Phosphorus; Arsenicum album; Lycopodium;
Calcarea carbonica; Natrum muriaticum; Nux vomica
Medicamentos selecionados:
Phosphorus; Arsenicum album; Lycopodium;
Calcarea carbonica; Natrum muriaticum; Nux vomica
Literatura consultada
DIAS, A.F. Fundamentos da Homeopatia. Editora
cultura médica.Rj.2001.580p.
KOSSAK-ROMANACH, A. Homeopatia em 1000
conceitos.Ed. Elcid. 1984. 606p.
MELLO, M.L.V. Amando a Homeopatia e os animais.
Clube dos Autores.RJ. 2015. 399p.
36
leonoramello@bichosonline.vet.br
E-mail: leonoramello@bichosonline.vet.br
Instagran : @leonora.bichosonline
Site : http//bichosonline.vet.br
Facebook: https://www.facebook.com/bichosonline

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Farmacocinetica aula 18.09.21
Farmacocinetica aula 18.09.21Farmacocinetica aula 18.09.21
Farmacocinetica aula 18.09.21
JooPedroCamposDeMora
 
Farmacologia farmacocinética
Farmacologia farmacocinéticaFarmacologia farmacocinética
Farmacologia farmacocinética
Leonardo Souza
 
ENFERMAGEM - MÓDULO I - NOCOES DE FARMACOLOGIA.pptx
ENFERMAGEM - MÓDULO I - NOCOES DE FARMACOLOGIA.pptxENFERMAGEM - MÓDULO I - NOCOES DE FARMACOLOGIA.pptx
ENFERMAGEM - MÓDULO I - NOCOES DE FARMACOLOGIA.pptx
LanaMonteiro8
 
Matriciamento fitoterapicos .ppt
Matriciamento fitoterapicos .ppt Matriciamento fitoterapicos .ppt
Matriciamento fitoterapicos .ppt
apemfc
 
Dossie farmacotécnica homeopática
Dossie farmacotécnica homeopáticaDossie farmacotécnica homeopática
Dossie farmacotécnica homeopática
Nemésio Carlos Silva
 
Drogas que atuam no sistema nervoso central
Drogas que atuam no sistema nervoso centralDrogas que atuam no sistema nervoso central
Drogas que atuam no sistema nervoso central
Lorena Albuquerque Vieira
 
Farmacologia da depressão + anticonvulsivantes.
Farmacologia da depressão + anticonvulsivantes.Farmacologia da depressão + anticonvulsivantes.
Farmacologia da depressão + anticonvulsivantes.
MAIQUELE SANTANA
 
Antidepressivos
AntidepressivosAntidepressivos
Antidepressivos
Cliomar Santos
 
aula 8 - CF2
aula 8 - CF2aula 8 - CF2
aula 8 - CF2
Caio Maximino
 
Formas farmacêuticas
Formas farmacêuticasFormas farmacêuticas
Formas farmacêuticas
Venturini Cláudio Luís
 
Anticoncepcionais
Anticoncepcionais Anticoncepcionais
Anticoncepcionais
Cláudia Hellena Ribeiro
 
Sulfas
SulfasSulfas
Sulfas
Safia Naser
 
Aula - SNA - Farmacologia Colinérgica - Bloqueadores Neuromusculares
Aula - SNA - Farmacologia Colinérgica - Bloqueadores NeuromuscularesAula - SNA - Farmacologia Colinérgica - Bloqueadores Neuromusculares
Aula - SNA - Farmacologia Colinérgica - Bloqueadores Neuromusculares
Mauro Cunha Xavier Pinto
 
Farmaco adrenergica
Farmaco adrenergicaFarmaco adrenergica
Farmaco adrenergica
bruninhogaldino
 
07 atendente de farmácia (descrição de medicamentos)
07   atendente de farmácia (descrição de medicamentos)07   atendente de farmácia (descrição de medicamentos)
07 atendente de farmácia (descrição de medicamentos)
Elizeu Ferro
 
Sistema nervoso Central e Periférico
Sistema nervoso Central e PeriféricoSistema nervoso Central e Periférico
Sistema nervoso Central e Periférico
miguelcmartins
 
Neuroses
NeurosesNeuroses
Neuroses
UNICEP
 
Antibióticos
AntibióticosAntibióticos
Antibióticos
Dr.João Calais.:
 
Homeopatia 1 teórica
Homeopatia   1 teóricaHomeopatia   1 teórica
Homeopatia 1 teórica
ilanaseixasladeia
 
Abuso de medicamentos
Abuso de medicamentosAbuso de medicamentos
Abuso de medicamentos
Adriana Heloisa
 

Mais procurados (20)

Farmacocinetica aula 18.09.21
Farmacocinetica aula 18.09.21Farmacocinetica aula 18.09.21
Farmacocinetica aula 18.09.21
 
Farmacologia farmacocinética
Farmacologia farmacocinéticaFarmacologia farmacocinética
Farmacologia farmacocinética
 
ENFERMAGEM - MÓDULO I - NOCOES DE FARMACOLOGIA.pptx
ENFERMAGEM - MÓDULO I - NOCOES DE FARMACOLOGIA.pptxENFERMAGEM - MÓDULO I - NOCOES DE FARMACOLOGIA.pptx
ENFERMAGEM - MÓDULO I - NOCOES DE FARMACOLOGIA.pptx
 
Matriciamento fitoterapicos .ppt
Matriciamento fitoterapicos .ppt Matriciamento fitoterapicos .ppt
Matriciamento fitoterapicos .ppt
 
Dossie farmacotécnica homeopática
Dossie farmacotécnica homeopáticaDossie farmacotécnica homeopática
Dossie farmacotécnica homeopática
 
Drogas que atuam no sistema nervoso central
Drogas que atuam no sistema nervoso centralDrogas que atuam no sistema nervoso central
Drogas que atuam no sistema nervoso central
 
Farmacologia da depressão + anticonvulsivantes.
Farmacologia da depressão + anticonvulsivantes.Farmacologia da depressão + anticonvulsivantes.
Farmacologia da depressão + anticonvulsivantes.
 
Antidepressivos
AntidepressivosAntidepressivos
Antidepressivos
 
aula 8 - CF2
aula 8 - CF2aula 8 - CF2
aula 8 - CF2
 
Formas farmacêuticas
Formas farmacêuticasFormas farmacêuticas
Formas farmacêuticas
 
Anticoncepcionais
Anticoncepcionais Anticoncepcionais
Anticoncepcionais
 
Sulfas
SulfasSulfas
Sulfas
 
Aula - SNA - Farmacologia Colinérgica - Bloqueadores Neuromusculares
Aula - SNA - Farmacologia Colinérgica - Bloqueadores NeuromuscularesAula - SNA - Farmacologia Colinérgica - Bloqueadores Neuromusculares
Aula - SNA - Farmacologia Colinérgica - Bloqueadores Neuromusculares
 
Farmaco adrenergica
Farmaco adrenergicaFarmaco adrenergica
Farmaco adrenergica
 
07 atendente de farmácia (descrição de medicamentos)
07   atendente de farmácia (descrição de medicamentos)07   atendente de farmácia (descrição de medicamentos)
07 atendente de farmácia (descrição de medicamentos)
 
Sistema nervoso Central e Periférico
Sistema nervoso Central e PeriféricoSistema nervoso Central e Periférico
Sistema nervoso Central e Periférico
 
Neuroses
NeurosesNeuroses
Neuroses
 
Antibióticos
AntibióticosAntibióticos
Antibióticos
 
Homeopatia 1 teórica
Homeopatia   1 teóricaHomeopatia   1 teórica
Homeopatia 1 teórica
 
Abuso de medicamentos
Abuso de medicamentosAbuso de medicamentos
Abuso de medicamentos
 

Semelhante a Introdução à Homeopatia Veterinária

Homeopatia veterinária
Homeopatia veterináriaHomeopatia veterinária
Homeopatia veterinária
Leonora Mello
 
Cartilha homeopatia 2008
Cartilha homeopatia 2008Cartilha homeopatia 2008
Cartilha homeopatia 2008
Ricardo Maximo
 
Homeopatia
HomeopatiaHomeopatia
Homeopatia
Tainara Lira
 
Homeopatia simples
Homeopatia simplesHomeopatia simples
Homeopatia simples
Alexandre Panerai
 
CADERNO DE HOMEOPATIA.pdf
CADERNO DE HOMEOPATIA.pdfCADERNO DE HOMEOPATIA.pdf
CADERNO DE HOMEOPATIA.pdf
GiseleTemoteodosSant
 
Apostila de-homeopatia-ufv
Apostila de-homeopatia-ufvApostila de-homeopatia-ufv
Apostila de-homeopatia-ufv
Stéfane Faria
 
Apostila de-homeopatia-ufv
Apostila de-homeopatia-ufvApostila de-homeopatia-ufv
Apostila de-homeopatia-ufv
Daniele Martins
 
Apostila de homeopatia
Apostila de homeopatiaApostila de homeopatia
Apostila de homeopatia
rfoltran
 
Homeopatia VeterináRia (Slides)
Homeopatia VeterináRia (Slides)Homeopatia VeterináRia (Slides)
Homeopatia VeterináRia (Slides)
equipeveterinariafv
 
Homeopatia veterinária (slides)
Homeopatia veterinária (slides)Homeopatia veterinária (slides)
Homeopatia veterinária (slides)
equipeveterinariafv
 
Homeopatia veterinária (slides)
Homeopatia veterinária (slides)Homeopatia veterinária (slides)
Homeopatia veterinária (slides)
equipeveterinariafv
 
Ppt etapa 1 emprego_de_plantas_medicinais_nos_sistemas_medicos_v16_10042017
Ppt etapa 1 emprego_de_plantas_medicinais_nos_sistemas_medicos_v16_10042017Ppt etapa 1 emprego_de_plantas_medicinais_nos_sistemas_medicos_v16_10042017
Ppt etapa 1 emprego_de_plantas_medicinais_nos_sistemas_medicos_v16_10042017
sedis-suporte
 
C1 e1 ppt_emprego_de_plantas_medicinais (1)
C1 e1 ppt_emprego_de_plantas_medicinais (1)C1 e1 ppt_emprego_de_plantas_medicinais (1)
C1 e1 ppt_emprego_de_plantas_medicinais (1)
sedis-suporte
 
Homeopatia x antibiótico
Homeopatia x antibióticoHomeopatia x antibiótico
Homeopatia x antibiótico
Nit Portal Social
 
Estado
Estado Estado
Estado
Estado Estado
Homeopatia 2 teórica
Homeopatia   2 teóricaHomeopatia   2 teórica
Homeopatia 2 teórica
ilanaseixasladeia
 
5
55
aula 3 farmacia e profissão.pptx
aula 3 farmacia e profissão.pptxaula 3 farmacia e profissão.pptx
aula 3 farmacia e profissão.pptx
BeneditoMarcioJuninh
 
Fundamentos da Homeopatia
Fundamentos da HomeopatiaFundamentos da Homeopatia
Fundamentos da Homeopatia
PauloEdson22
 

Semelhante a Introdução à Homeopatia Veterinária (20)

Homeopatia veterinária
Homeopatia veterináriaHomeopatia veterinária
Homeopatia veterinária
 
Cartilha homeopatia 2008
Cartilha homeopatia 2008Cartilha homeopatia 2008
Cartilha homeopatia 2008
 
Homeopatia
HomeopatiaHomeopatia
Homeopatia
 
Homeopatia simples
Homeopatia simplesHomeopatia simples
Homeopatia simples
 
CADERNO DE HOMEOPATIA.pdf
CADERNO DE HOMEOPATIA.pdfCADERNO DE HOMEOPATIA.pdf
CADERNO DE HOMEOPATIA.pdf
 
Apostila de-homeopatia-ufv
Apostila de-homeopatia-ufvApostila de-homeopatia-ufv
Apostila de-homeopatia-ufv
 
Apostila de-homeopatia-ufv
Apostila de-homeopatia-ufvApostila de-homeopatia-ufv
Apostila de-homeopatia-ufv
 
Apostila de homeopatia
Apostila de homeopatiaApostila de homeopatia
Apostila de homeopatia
 
Homeopatia VeterináRia (Slides)
Homeopatia VeterináRia (Slides)Homeopatia VeterináRia (Slides)
Homeopatia VeterináRia (Slides)
 
Homeopatia veterinária (slides)
Homeopatia veterinária (slides)Homeopatia veterinária (slides)
Homeopatia veterinária (slides)
 
Homeopatia veterinária (slides)
Homeopatia veterinária (slides)Homeopatia veterinária (slides)
Homeopatia veterinária (slides)
 
Ppt etapa 1 emprego_de_plantas_medicinais_nos_sistemas_medicos_v16_10042017
Ppt etapa 1 emprego_de_plantas_medicinais_nos_sistemas_medicos_v16_10042017Ppt etapa 1 emprego_de_plantas_medicinais_nos_sistemas_medicos_v16_10042017
Ppt etapa 1 emprego_de_plantas_medicinais_nos_sistemas_medicos_v16_10042017
 
C1 e1 ppt_emprego_de_plantas_medicinais (1)
C1 e1 ppt_emprego_de_plantas_medicinais (1)C1 e1 ppt_emprego_de_plantas_medicinais (1)
C1 e1 ppt_emprego_de_plantas_medicinais (1)
 
Homeopatia x antibiótico
Homeopatia x antibióticoHomeopatia x antibiótico
Homeopatia x antibiótico
 
Estado
Estado Estado
Estado
 
Estado
Estado Estado
Estado
 
Homeopatia 2 teórica
Homeopatia   2 teóricaHomeopatia   2 teórica
Homeopatia 2 teórica
 
5
55
5
 
aula 3 farmacia e profissão.pptx
aula 3 farmacia e profissão.pptxaula 3 farmacia e profissão.pptx
aula 3 farmacia e profissão.pptx
 
Fundamentos da Homeopatia
Fundamentos da HomeopatiaFundamentos da Homeopatia
Fundamentos da Homeopatia
 

Mais de Leonora Mello

Wing chun
Wing chun Wing chun
Wing chun
Leonora Mello
 
Conhecendo os florais brasileiros em Medicina Veterinária
Conhecendo os florais brasileiros em Medicina Veterinária  Conhecendo os florais brasileiros em Medicina Veterinária
Conhecendo os florais brasileiros em Medicina Veterinária
Leonora Mello
 
Cartilha - "Os bichinhos da cidade"
Cartilha - "Os bichinhos da cidade"Cartilha - "Os bichinhos da cidade"
Cartilha - "Os bichinhos da cidade"
Leonora Mello
 
Desvio portossistêmico em cão, auxiliado por tratamento homeopático
Desvio portossistêmico em cão, auxiliado por tratamento homeopáticoDesvio portossistêmico em cão, auxiliado por tratamento homeopático
Desvio portossistêmico em cão, auxiliado por tratamento homeopático
Leonora Mello
 
Tratamento homeopático de pênfigo foliáceo em cão doméstico
Tratamento homeopático de pênfigo foliáceo em cão doméstico Tratamento homeopático de pênfigo foliáceo em cão doméstico
Tratamento homeopático de pênfigo foliáceo em cão doméstico
Leonora Mello
 
EDUCAÇÃO EM SAÚDE NA PREVENÇÃO DE ZOONOSES DE CÃES E GATOS DAS COMUNIDADES NO...
EDUCAÇÃO EM SAÚDE NA PREVENÇÃO DE ZOONOSES DE CÃES E GATOS DAS COMUNIDADES NO...EDUCAÇÃO EM SAÚDE NA PREVENÇÃO DE ZOONOSES DE CÃES E GATOS DAS COMUNIDADES NO...
EDUCAÇÃO EM SAÚDE NA PREVENÇÃO DE ZOONOSES DE CÃES E GATOS DAS COMUNIDADES NO...
Leonora Mello
 
Protocolos de Vacinação e Vermifugação em Cães e Gatos
Protocolos de Vacinação e Vermifugação em Cães e GatosProtocolos de Vacinação e Vermifugação em Cães e Gatos
Protocolos de Vacinação e Vermifugação em Cães e Gatos
Leonora Mello
 
Multidisciplinaridade no vitalismo
Multidisciplinaridade no vitalismoMultidisciplinaridade no vitalismo
Multidisciplinaridade no vitalismo
Leonora Mello
 
Palestra meditação
Palestra meditaçãoPalestra meditação
Palestra meditação
Leonora Mello
 
Pôster picpe 2014 oficial revisado andré i
Pôster picpe 2014 oficial revisado andré iPôster picpe 2014 oficial revisado andré i
Pôster picpe 2014 oficial revisado andré i
Leonora Mello
 
Palestra antinflamatórios em Veterinária
Palestra antinflamatórios em VeterináriaPalestra antinflamatórios em Veterinária
Palestra antinflamatórios em Veterinária
Leonora Mello
 
Penfigo foliaceo em cão
Penfigo foliaceo em cãoPenfigo foliaceo em cão
Penfigo foliaceo em cão
Leonora Mello
 
Palestra feso antibióticos 2014
Palestra feso antibióticos 2014Palestra feso antibióticos 2014
Palestra feso antibióticos 2014
Leonora Mello
 
Aos médicos veterinários
Aos médicos veterináriosAos médicos veterinários
Aos médicos veterinários
Leonora Mello
 
Palestra Homeopatia Veterinária parte I
Palestra Homeopatia Veterinária parte IPalestra Homeopatia Veterinária parte I
Palestra Homeopatia Veterinária parte I
Leonora Mello
 
Acupuntura veterinaria
Acupuntura veterinariaAcupuntura veterinaria
Acupuntura veterinaria
Leonora Mello
 
Crueldade com os animais
Crueldade com os animaisCrueldade com os animais
Crueldade com os animais
Leonora Mello
 
Palestra homeopatia
Palestra homeopatiaPalestra homeopatia
Palestra homeopatia
Leonora Mello
 
Estudos de geriatria em cães
Estudos de geriatria em cãesEstudos de geriatria em cães
Estudos de geriatria em cães
Leonora Mello
 
Hiperadreno e homeopatia
Hiperadreno e homeopatiaHiperadreno e homeopatia
Hiperadreno e homeopatia
Leonora Mello
 

Mais de Leonora Mello (20)

Wing chun
Wing chun Wing chun
Wing chun
 
Conhecendo os florais brasileiros em Medicina Veterinária
Conhecendo os florais brasileiros em Medicina Veterinária  Conhecendo os florais brasileiros em Medicina Veterinária
Conhecendo os florais brasileiros em Medicina Veterinária
 
Cartilha - "Os bichinhos da cidade"
Cartilha - "Os bichinhos da cidade"Cartilha - "Os bichinhos da cidade"
Cartilha - "Os bichinhos da cidade"
 
Desvio portossistêmico em cão, auxiliado por tratamento homeopático
Desvio portossistêmico em cão, auxiliado por tratamento homeopáticoDesvio portossistêmico em cão, auxiliado por tratamento homeopático
Desvio portossistêmico em cão, auxiliado por tratamento homeopático
 
Tratamento homeopático de pênfigo foliáceo em cão doméstico
Tratamento homeopático de pênfigo foliáceo em cão doméstico Tratamento homeopático de pênfigo foliáceo em cão doméstico
Tratamento homeopático de pênfigo foliáceo em cão doméstico
 
EDUCAÇÃO EM SAÚDE NA PREVENÇÃO DE ZOONOSES DE CÃES E GATOS DAS COMUNIDADES NO...
EDUCAÇÃO EM SAÚDE NA PREVENÇÃO DE ZOONOSES DE CÃES E GATOS DAS COMUNIDADES NO...EDUCAÇÃO EM SAÚDE NA PREVENÇÃO DE ZOONOSES DE CÃES E GATOS DAS COMUNIDADES NO...
EDUCAÇÃO EM SAÚDE NA PREVENÇÃO DE ZOONOSES DE CÃES E GATOS DAS COMUNIDADES NO...
 
Protocolos de Vacinação e Vermifugação em Cães e Gatos
Protocolos de Vacinação e Vermifugação em Cães e GatosProtocolos de Vacinação e Vermifugação em Cães e Gatos
Protocolos de Vacinação e Vermifugação em Cães e Gatos
 
Multidisciplinaridade no vitalismo
Multidisciplinaridade no vitalismoMultidisciplinaridade no vitalismo
Multidisciplinaridade no vitalismo
 
Palestra meditação
Palestra meditaçãoPalestra meditação
Palestra meditação
 
Pôster picpe 2014 oficial revisado andré i
Pôster picpe 2014 oficial revisado andré iPôster picpe 2014 oficial revisado andré i
Pôster picpe 2014 oficial revisado andré i
 
Palestra antinflamatórios em Veterinária
Palestra antinflamatórios em VeterináriaPalestra antinflamatórios em Veterinária
Palestra antinflamatórios em Veterinária
 
Penfigo foliaceo em cão
Penfigo foliaceo em cãoPenfigo foliaceo em cão
Penfigo foliaceo em cão
 
Palestra feso antibióticos 2014
Palestra feso antibióticos 2014Palestra feso antibióticos 2014
Palestra feso antibióticos 2014
 
Aos médicos veterinários
Aos médicos veterináriosAos médicos veterinários
Aos médicos veterinários
 
Palestra Homeopatia Veterinária parte I
Palestra Homeopatia Veterinária parte IPalestra Homeopatia Veterinária parte I
Palestra Homeopatia Veterinária parte I
 
Acupuntura veterinaria
Acupuntura veterinariaAcupuntura veterinaria
Acupuntura veterinaria
 
Crueldade com os animais
Crueldade com os animaisCrueldade com os animais
Crueldade com os animais
 
Palestra homeopatia
Palestra homeopatiaPalestra homeopatia
Palestra homeopatia
 
Estudos de geriatria em cães
Estudos de geriatria em cãesEstudos de geriatria em cães
Estudos de geriatria em cães
 
Hiperadreno e homeopatia
Hiperadreno e homeopatiaHiperadreno e homeopatia
Hiperadreno e homeopatia
 

Último

4.Tecidos Excitáveis - Tecido Nervoso.pptx
4.Tecidos Excitáveis - Tecido Nervoso.pptx4.Tecidos Excitáveis - Tecido Nervoso.pptx
4.Tecidos Excitáveis - Tecido Nervoso.pptx
AmaroAlmeidaChimbala
 
Apostila Gerência de Riscos PDF voltado para Segurança do Trabalho
Apostila Gerência de Riscos PDF   voltado para Segurança do TrabalhoApostila Gerência de Riscos PDF   voltado para Segurança do Trabalho
Apostila Gerência de Riscos PDF voltado para Segurança do Trabalho
CatieleAlmeida1
 
Programa de Saúde do Adolescente( PROSAD)
Programa de Saúde do Adolescente( PROSAD)Programa de Saúde do Adolescente( PROSAD)
Programa de Saúde do Adolescente( PROSAD)
sula31
 
Livro do Instituto da Saúde: amplia visões e direitos no ciclo gravídico-puer...
Livro do Instituto da Saúde: amplia visões e direitos no ciclo gravídico-puer...Livro do Instituto da Saúde: amplia visões e direitos no ciclo gravídico-puer...
Livro do Instituto da Saúde: amplia visões e direitos no ciclo gravídico-puer...
Prof. Marcus Renato de Carvalho
 
DESVIOS POSTURAIS DA COLUNA VERTEBRAL 0001.pptx
DESVIOS POSTURAIS DA COLUNA VERTEBRAL 0001.pptxDESVIOS POSTURAIS DA COLUNA VERTEBRAL 0001.pptx
DESVIOS POSTURAIS DA COLUNA VERTEBRAL 0001.pptx
Klaisn
 
Síndrome do Desconforto Respiratório do Recém-Nascido (SDR).pptx
Síndrome do Desconforto Respiratório do Recém-Nascido (SDR).pptxSíndrome do Desconforto Respiratório do Recém-Nascido (SDR).pptx
Síndrome do Desconforto Respiratório do Recém-Nascido (SDR).pptx
marjoguedes1
 
A DISSOLUÇÃO DO COMPLEXO DE ÉDIPO (1924)
A DISSOLUÇÃO DO COMPLEXO DE ÉDIPO (1924)A DISSOLUÇÃO DO COMPLEXO DE ÉDIPO (1924)
A DISSOLUÇÃO DO COMPLEXO DE ÉDIPO (1924)
Luiz Henrique Pimentel Novais Silva
 
História da Enfermagem-Enfermagem 2024.pdf
História da Enfermagem-Enfermagem 2024.pdfHistória da Enfermagem-Enfermagem 2024.pdf
História da Enfermagem-Enfermagem 2024.pdf
JandersonGeorgeGuima
 

Último (8)

4.Tecidos Excitáveis - Tecido Nervoso.pptx
4.Tecidos Excitáveis - Tecido Nervoso.pptx4.Tecidos Excitáveis - Tecido Nervoso.pptx
4.Tecidos Excitáveis - Tecido Nervoso.pptx
 
Apostila Gerência de Riscos PDF voltado para Segurança do Trabalho
Apostila Gerência de Riscos PDF   voltado para Segurança do TrabalhoApostila Gerência de Riscos PDF   voltado para Segurança do Trabalho
Apostila Gerência de Riscos PDF voltado para Segurança do Trabalho
 
Programa de Saúde do Adolescente( PROSAD)
Programa de Saúde do Adolescente( PROSAD)Programa de Saúde do Adolescente( PROSAD)
Programa de Saúde do Adolescente( PROSAD)
 
Livro do Instituto da Saúde: amplia visões e direitos no ciclo gravídico-puer...
Livro do Instituto da Saúde: amplia visões e direitos no ciclo gravídico-puer...Livro do Instituto da Saúde: amplia visões e direitos no ciclo gravídico-puer...
Livro do Instituto da Saúde: amplia visões e direitos no ciclo gravídico-puer...
 
DESVIOS POSTURAIS DA COLUNA VERTEBRAL 0001.pptx
DESVIOS POSTURAIS DA COLUNA VERTEBRAL 0001.pptxDESVIOS POSTURAIS DA COLUNA VERTEBRAL 0001.pptx
DESVIOS POSTURAIS DA COLUNA VERTEBRAL 0001.pptx
 
Síndrome do Desconforto Respiratório do Recém-Nascido (SDR).pptx
Síndrome do Desconforto Respiratório do Recém-Nascido (SDR).pptxSíndrome do Desconforto Respiratório do Recém-Nascido (SDR).pptx
Síndrome do Desconforto Respiratório do Recém-Nascido (SDR).pptx
 
A DISSOLUÇÃO DO COMPLEXO DE ÉDIPO (1924)
A DISSOLUÇÃO DO COMPLEXO DE ÉDIPO (1924)A DISSOLUÇÃO DO COMPLEXO DE ÉDIPO (1924)
A DISSOLUÇÃO DO COMPLEXO DE ÉDIPO (1924)
 
História da Enfermagem-Enfermagem 2024.pdf
História da Enfermagem-Enfermagem 2024.pdfHistória da Enfermagem-Enfermagem 2024.pdf
História da Enfermagem-Enfermagem 2024.pdf
 

Introdução à Homeopatia Veterinária

  • 2. O BRASIL, A HOMEOPATIA É CONSIDERADA ESPECIALIDADE MÉDICA PARA MÉDICOS, MÉDICOS VETERINÁRIOS, FARMACÊUTICOS, ODONTOLOGISTAS, E AGRÔNOMOS TÊM TAMBÉM BUSCADO A ESPECIALIZAÇÃO. NÃO PODE SER EXERCIDA POR LEIGOS. É muito interessante e enriquecedor participar dos Congressos de Homeopatia, quando os especialistas de todas a áreas trocam informações, em meio a um ambiente de harmonia e respeito mútuo. 2 leonoramello@bichosonline.vet.br
  • 4. A partir de agora, vamos acompanhar como a Homeopatia pode acrescentar aos vários viéses fornecidos pela Medicina Veterinária: Mercado Pet 149,6 milhões de cães e gatos no Brasil (IPB de 2021). Pelo menos 70% da população tem um pet em casa . Estima-se que movimentou mais de R$ 59,2 bilhões (2022) (Forbes Money) / Importância do animal homeopatizado 4 leonoramello@bichosonline.vet.br
  • 5. Agronegócios Mercado em acelerado desenvolvimento Voltado para a proteção ambiental Voltado para a agricultura orgânica Homeopatia na agricultura e grandes animais Empresas Real H , Sigo e Arenales Flora e Fauna 5 leonoramello@bichosonline.vet.br
  • 6. leonoramello@bichosonline.vet.br 6 Homeopatia Populacional O novo método de tratamento coletivo, desenvolvido pelo Médico veterinário homeopata Dr. Cláudio Real, com medicamentos homeopáticos adicionados aos suplementos minerais, rações ou proteinados, recebeu o nome de HOMEOPATIA POPULACIONAL. Por seu custo reduzido, eficácia, ausência total de toxidez e por serem os princípios ativos homeopáticos extremamente diluídos com impossibilidade absoluta de deixar resíduos na carne ou no leite capaz e de prejudicar a saúde humana, a homeopatia tornou-se a medicina ideal em rebanhos.
  • 9. leonoramello@bichosonline.vet.br 9 A HOMEOPATIA SE ADEQUA PERFEITAMENTE AOS FUNDAMENTOS ALMEJADOS PELA SAÚDE ÚNICA. ELA CAMINHA PARALELAMENTE A UM MODO DE VIVER RESPEITOSA E PACIFICAMENTE.
  • 10. Importância do Pet homeopatizado Zooterapia – o animal em equilíbrio mantém sua saúde e imunidade e está apto para ajudar eficientemente por sua vez, como terapeuta. Equoterapia – Já praticada em vários estados do Brasil, onde o animal deve estar perfeitamente equilibrado para interagir com o paciente Zooterapia – inicialmente com o grupo “ Smile”- Dra. Hannelore Fuchs. Animais adestrados, como cãezinhos, gatos, cágados, coelhos e aves, tratados em geral com a Homeopatia Guia de cegos – animais especialmente treinados , no Estado do Rio temos George Harisson, precursor do adestramento destes cães por aqui, é adepto de terapias vitalistas para os mesmos Companhia para doentes graves, idosos, recuperação de presos e doentes psiquiátricos(Dra. Nise da Silveira) 10 leonoramello@bichosonline.vet.br
  • 11. A Homeopatia Veterinária através do tempo A Homeopatia Veterinária foi inaugurada pelo próprio Hahnemann (1796), que disse: “se as leis que eu proclamo são as da Natureza, elas serão válidas para todo ser vivo”. Seu cavalo sofria de uma oftalmia, e tratou-o com Natrum muriaticum. 11 leonoramello@bichosonline.vet.br
  • 12. Ética Outro viés da interdisciplinaridade fornecida pela Homeopatia e Terapias Integrativas e Complementares O exercício destas terapias combina perfeitamente com a atualidade, uma vez que ao chegarmos no 3o Milênio finalmente damo-nos conta, ou pelo menos há mais pessoas preocupadas, com o aspecto da Proteção Ambiental e Preservação dos Ecossistemas . 12 leonoramello@bichosonline.vet.br
  • 13. Bioética Está de acordo com uma ciência criada a partir de 1970 pelo médico oncologista Dr. Van Remslaer Potter, a Bioética, que trata das relações das ciências biológicas e os valores morais. Significa dizer da necessidade de melhorar as condições de criação, tratamento e manutenção dos animais, não só para um aumento da produtividade, mas pela compreensão que os animais também são habitantes vivos de nosso planeta, são importantes para o equilíbrio dos ecossistemas, e no caso dos pequenos animais, ajudam o ser humano a conviver com seus problemas, amenizando o estress e solidão urbanos. Hoje isto tudo vem sendo difundido nos dentro dos fundamentos do Bem Estar Animal. 13 leonoramello@bichosonline.vet.br
  • 14. Aspectos Éticos É importante também ter noção da responsabilidade do tratamento homeopático. Segundo o Regulamento da profissão de Médico Veterinário, Cap. V- RESPONSABILIDADE PROFISSIONAL, art. 24. "É de exclusiva responsabilidade do médico veterinário a escolha do tratamento para seus pacientes". 14 leonoramello@bichosonline.vet.br
  • 15. Bem Estar Animal O tratamento mais humanitário facultado pela homeopatia e outras terapias vitalistas, a compreensão do equilíbrio entre animais e meio ambiente, tem possibilitado a instalação de fazendas onde há as criações orgânicas, os bovinos, equinos, caprinos e aves, através de novas técnicas de manejo, com instalação de pastos resistentes a pragas e mais ricos em nutrientes, resultando em animais equilibrados e dispensando o uso de agrotóxicos, anabolizantes, antibióticos, inseticidas. Animais criados por pessoas que aprenderam a respeitá-los e assim se desenvolvem mais e melhor, chegam ao peso ideal com maior facilidade, produzem com mais eficiência, e neste ambiente de respeito seu abate é também mais humanitário, amparado pelas leis atuais. 15 leonoramello@bichosonline.vet.br
  • 17. “Seguir passo a passo o caminho desbravado por HAHNEMANN, ter consciência das dificuldades encontradas, viver o acontecimento com ele é um enriquecimento incomparável”. Jean Tétau-homeopata francês contemporâneo – 1901-1972
  • 18. A Prática da Homeopatia está baseada em leis e princípios • Lei dos semelhantes • Experimentação no homem são • Doses mínimas • Medicamento único
  • 19. SIMILITUDE – SIMILIA SIMILIBUS CURENTUR Este é o primeiro princípio da Homeopatia. A idéia de tratar os semelhantes pelos semelhantes é antiga na história da Medicina. Hipócrates refere que similia similibus curantur é uma norma tão boa como o contraria contrariis.
  • 20. Experimentação em homem são: As patogenesias • A técnica da patogenesia está descrita nos §§ 105 a 142 do Organon da Arte de Curar
  • 21. Patogenesias • Organon §105 - O segundo ponto do trabalho de um verdadeiro médico é adquirir o conhecimento dos instrumentos destinados à cura das doenças naturais, investigando o poder patogenético dos medicamentos, a fim de, quando precisar curar, possa escolher, entre eles, um cujas manifestações sintomáticas possam constituir uma moléstia artificial, tão semelhante quanto possível à totalidade dos sintomas principais da doença natural a ser curada
  • 22. Doses mínimas •No início de sua prática homeopática Hahnemann utilizava doses materiais dos medicamentos
  • 23. Doses mínimas • Hahnemann foi diminuindo o tamanho das doses (diluindo) que empregava com o objetivo de evitar as agravações, que ele inicialmente atribuiu ao tamanho da dose empregada. Lembrar que os medicamentos utilizados eram bastante tóxicos, como o arsênico e o mercúrio e inicialmente ele procurou medicar com o mesmo efeito em doses menores. • No processo de diluição para diminuir as doses. Hahnemann utilizou o recurso de agitar vigorosamente cada solução (q isso foi denominado sucussão), despertando assim, de maneira mais eficaz seu poder curativo. • É o processo que chamamos hoje de dinamização ou potenciação dos medicamentos
  • 24. Diluição+ Sucussão= Dinamização A dinamização é o ato de triturar ou diluir e sucussionar um medicamento homeopático. È a transformação da matéria pelo aumento de seu poder de informação. O medicamento-substância transforma-se em medicamento –informação. Hahnemann afirmou: “essa mudança notável nas quantidades dos corpos naturais desenvolvem os poderes dinâmicos latentes, até agora despercebidos, como se estivessem adormecidos, ocultos”...
  • 27.
  • 30. Hahnemann defendeu até o fim seu fundamento do remédio único para a cura. No entanto, outros homeopatas desenvolveram outros métodos, como o plurarismo e o complexismo. A meta ainda é o Unicismo, mas buscamos sempre os caminhos que melhor dêem conforto aos pacientes, enquanto não achamos o remédio ideal Remédio único
  • 31.
  • 32.
  • 33. Medicamentos selecionados: Phosphorus; Arsenicum album; Lycopodium; Calcarea carbonica; Natrum muriaticum; Nux vomica
  • 34. Medicamentos selecionados: Phosphorus; Arsenicum album; Lycopodium; Calcarea carbonica; Natrum muriaticum; Nux vomica
  • 35. Literatura consultada DIAS, A.F. Fundamentos da Homeopatia. Editora cultura médica.Rj.2001.580p. KOSSAK-ROMANACH, A. Homeopatia em 1000 conceitos.Ed. Elcid. 1984. 606p. MELLO, M.L.V. Amando a Homeopatia e os animais. Clube dos Autores.RJ. 2015. 399p.
  • 36. 36 leonoramello@bichosonline.vet.br E-mail: leonoramello@bichosonline.vet.br Instagran : @leonora.bichosonline Site : http//bichosonline.vet.br Facebook: https://www.facebook.com/bichosonline