SlideShare uma empresa Scribd logo
Instituto Estadual de Educação Deputado Ruy Ramos
Rosário do Sul – RS
Seminário Integrado – 2013 – 2º ano do Ensino Médio – Curso Normal
Projeto de pesquisa
Título
Construtivismo na alfabetização: teoria, limites e potencialidades.
Integrantes do grupo
Nomes E-mails
Tema
Caracterização do construtivismo na alfabetização.
Justificativa
A relevância deste projeto insere-se na importância de compreender os métodos
historicamente constituídos para a alfabetização de crianças no Brasil – particularmente a
teoria construtivista – e seus limites e possibilidades na prática pedagógica.
Não há formação sem tomada de consciência. Na formação pedagógica dos estudantes
do Curso Normal, é de salutar importância conhecer os métodos de alfabetização, as
contribuições de cada um, como desenvolve-se a prática de cada um, bem como a
organização do espaço escolar e os resultados alcançados. Assim, em contraponto às
pesquisas de outros grupos, os estudantes do Curso Normal poderão fazer uma
abordagem mais consciente nas suas práticas pedagógicas.
Problema identificado e sua formulação
Quais os pressupostos teóricos do Construtivismo e suas implicações no processo de
Alfabetização.
Objetivos
Geral:
Conhecer a teoria construtivista, suas características e implicações no processo de
alfabetização.
Específicos:
Sintetizar os pressupostos teóricos, práticas pedagógicas, limites e possibilidades
da teoria construtivista – particularmente no processo de alfabetização.
Materiais e métodos
Realização de pesquisa bibliográfica, caracterizando a teoria construtivista,
listando características, práticas, exemplos, limites e resultados;
Entrevistas, questionários, análise da realidade, estudo de caso, etc.
Cronograma da pesquisa
Criação dos grupos de pesquisa1
: 11/07
1
Os grupos de pesquisa serão organizados por afinidade sendo compostos de, no mínimo dois e, no
máximo, três estudantes.
Entrega dos projetos aos grupos: 11/07
Feedback do projeto de pesquisa2
: 01/08
Organização do grupo, escolha de lideranças, materiais e métodos de pesquisa: 11/07 a
08/08
Ciclo de pesquisas, entrevistas, leituras e análise de dados3
: 11/07 a 15/08
Elaboração de relatório: 15/08 a 22/08
Entrega do relatório de pesquisa4
: 22/08
Montagem de slides: 22/08 a 29/08
Orientações de apresentação5
: a combinar
Apresentação do Seminário Integrado6
: a combinar
Referências bibliográficas
2
Os grupos devem enviar por e-mail para pedro.alberto.rangel@gmail.com este projeto de pesquisa
devidamente preenchido com os campos que estão em aberto. Até esta data (01/08), os grupos podem
trocar de projetos entre si. O modelo do projeto, em formato digital, estará disponível para download em
www.profpedrorangel.blogspot.com
3
É salutar, em todo o processo de pesquisa, buscar a orientação dos professores. É importante
registrar estes auxílios para poder fazer menção a eles no relatório de pesquisa.
4
O relatório de pesquisa deve ser entregue digitado, por e-mail, conforme o modelo que estará
disponível em www.profpedrorangel.blogspot.com Enviar para pedro.alberto.rangel@gmail.com e
solicitar confirmação de recebimento.
5
As orientações para apresentação do Seminário Integrado serão dadas em sala de aula, no período de
Seminário Integrado. Dúvidas podem ser sanadas também via e-mail ou comunicação por rede social.
6
A data da apresentação do Seminário Integrado será agendada conforme calendário da instituição.
Somente serão considerados aptos a apresentar seus resultados os grupos que tiverem realizado as etapas
anteriores da pesquisa.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Maria montessori
Maria montessoriMaria montessori
Maria montessori
jesuton
 
Desenvolvimento da linguagem
Desenvolvimento da linguagemDesenvolvimento da linguagem
Desenvolvimento da linguagem
Fabricio Batistoni
 
O que era a humanitas
O que era a humanitasO que era a humanitas
O que era a humanitas
Clayton Bezerra
 
Neurociências e aprendizagem
Neurociências e aprendizagem   Neurociências e aprendizagem
Neurociências e aprendizagem
Faculdade Metropolitanas Unidas - FMU
 
MPEHG AULA 6: Eixos geradores do conhecimento / Metodologia do ensino de Hist...
MPEHG AULA 6: Eixos geradores do conhecimento / Metodologia do ensino de Hist...MPEHG AULA 6: Eixos geradores do conhecimento / Metodologia do ensino de Hist...
MPEHG AULA 6: Eixos geradores do conhecimento / Metodologia do ensino de Hist...
profamiriamnavarro
 
O desenho da figura humana e seu uso na avaliação
O desenho da figura humana e seu uso na avaliaçãoO desenho da figura humana e seu uso na avaliação
O desenho da figura humana e seu uso na avaliação
Résia Morais
 
Construtivismo
ConstrutivismoConstrutivismo
Construtivismo
Greicy Kely
 
Trajetória histórica da didática
Trajetória histórica da didáticaTrajetória histórica da didática
Trajetória histórica da didática
Universidade Salgado de Oliveira
 
Biografia de Lev Vygotsky
Biografia de Lev VygotskyBiografia de Lev Vygotsky
Biografia de Lev Vygotsky
Kleber Saraiva
 
Psicomotricidade e Aprendizagem
Psicomotricidade e AprendizagemPsicomotricidade e Aprendizagem
Psicomotricidade e Aprendizagem
fulviafosco
 
Epistemologia genética de jean piaget primeira parte
Epistemologia genética de jean piaget primeira parteEpistemologia genética de jean piaget primeira parte
Epistemologia genética de jean piaget primeira parte
Anaí Peña
 
A Teoria Sociocultural de Vygotsky
A Teoria Sociocultural de VygotskyA Teoria Sociocultural de Vygotsky
A Teoria Sociocultural de Vygotsky
Thaíse Marcião
 
Trabalho prático pe
Trabalho prático peTrabalho prático pe
Trabalho prático pe
Glória Pimenta
 
Histórico Ed Infantil
Histórico Ed InfantilHistórico Ed Infantil
Histórico Ed Infantil
Maria Bárbara Floriano
 
Avaliação mediadora -_jussara_hoffmann
Avaliação mediadora -_jussara_hoffmannAvaliação mediadora -_jussara_hoffmann
Avaliação mediadora -_jussara_hoffmann
Docência "in loco"
 
Teoria Humanista
Teoria HumanistaTeoria Humanista
Teoria Humanista
Silvia Marina Anaruma
 
Didática dinâmica: componente para a aprendizagem ativa
Didática dinâmica: componente para a aprendizagem ativaDidática dinâmica: componente para a aprendizagem ativa
Didática dinâmica: componente para a aprendizagem ativa
Rosária Nakashima
 
Pedagogia montessoriana - Características e curiosidades.
Pedagogia montessoriana - Características e curiosidades.Pedagogia montessoriana - Características e curiosidades.
Pedagogia montessoriana - Características e curiosidades.
thayseehausen
 
Historia da Educação dos Surdos.
Historia da Educação dos Surdos. Historia da Educação dos Surdos.
Historia da Educação dos Surdos.
dilaina maria araujo maria
 
Aquisição da Linguagem
Aquisição da LinguagemAquisição da Linguagem
Aquisição da Linguagem
Edson Sousa Jr.
 

Mais procurados (20)

Maria montessori
Maria montessoriMaria montessori
Maria montessori
 
Desenvolvimento da linguagem
Desenvolvimento da linguagemDesenvolvimento da linguagem
Desenvolvimento da linguagem
 
O que era a humanitas
O que era a humanitasO que era a humanitas
O que era a humanitas
 
Neurociências e aprendizagem
Neurociências e aprendizagem   Neurociências e aprendizagem
Neurociências e aprendizagem
 
MPEHG AULA 6: Eixos geradores do conhecimento / Metodologia do ensino de Hist...
MPEHG AULA 6: Eixos geradores do conhecimento / Metodologia do ensino de Hist...MPEHG AULA 6: Eixos geradores do conhecimento / Metodologia do ensino de Hist...
MPEHG AULA 6: Eixos geradores do conhecimento / Metodologia do ensino de Hist...
 
O desenho da figura humana e seu uso na avaliação
O desenho da figura humana e seu uso na avaliaçãoO desenho da figura humana e seu uso na avaliação
O desenho da figura humana e seu uso na avaliação
 
Construtivismo
ConstrutivismoConstrutivismo
Construtivismo
 
Trajetória histórica da didática
Trajetória histórica da didáticaTrajetória histórica da didática
Trajetória histórica da didática
 
Biografia de Lev Vygotsky
Biografia de Lev VygotskyBiografia de Lev Vygotsky
Biografia de Lev Vygotsky
 
Psicomotricidade e Aprendizagem
Psicomotricidade e AprendizagemPsicomotricidade e Aprendizagem
Psicomotricidade e Aprendizagem
 
Epistemologia genética de jean piaget primeira parte
Epistemologia genética de jean piaget primeira parteEpistemologia genética de jean piaget primeira parte
Epistemologia genética de jean piaget primeira parte
 
A Teoria Sociocultural de Vygotsky
A Teoria Sociocultural de VygotskyA Teoria Sociocultural de Vygotsky
A Teoria Sociocultural de Vygotsky
 
Trabalho prático pe
Trabalho prático peTrabalho prático pe
Trabalho prático pe
 
Histórico Ed Infantil
Histórico Ed InfantilHistórico Ed Infantil
Histórico Ed Infantil
 
Avaliação mediadora -_jussara_hoffmann
Avaliação mediadora -_jussara_hoffmannAvaliação mediadora -_jussara_hoffmann
Avaliação mediadora -_jussara_hoffmann
 
Teoria Humanista
Teoria HumanistaTeoria Humanista
Teoria Humanista
 
Didática dinâmica: componente para a aprendizagem ativa
Didática dinâmica: componente para a aprendizagem ativaDidática dinâmica: componente para a aprendizagem ativa
Didática dinâmica: componente para a aprendizagem ativa
 
Pedagogia montessoriana - Características e curiosidades.
Pedagogia montessoriana - Características e curiosidades.Pedagogia montessoriana - Características e curiosidades.
Pedagogia montessoriana - Características e curiosidades.
 
Historia da Educação dos Surdos.
Historia da Educação dos Surdos. Historia da Educação dos Surdos.
Historia da Educação dos Surdos.
 
Aquisição da Linguagem
Aquisição da LinguagemAquisição da Linguagem
Aquisição da Linguagem
 

Semelhante a Projeto construtivismo

Projeto métodos analíticos de alfabetização
Projeto métodos analíticos de alfabetizaçãoProjeto métodos analíticos de alfabetização
Projeto métodos analíticos de alfabetização
Impactto Cursos
 
Projeto métodos sintéticos de alfabetização
Projeto métodos sintéticos de alfabetizaçãoProjeto métodos sintéticos de alfabetização
Projeto métodos sintéticos de alfabetização
Impactto Cursos
 
Projeto disgrafia
Projeto disgrafiaProjeto disgrafia
Projeto disgrafia
Impactto Cursos
 
Projeto dislexia
Projeto dislexiaProjeto dislexia
Projeto dislexia
Impactto Cursos
 
Projeto história da alfabetização no brasil
Projeto história da alfabetização no brasilProjeto história da alfabetização no brasil
Projeto história da alfabetização no brasil
Impactto Cursos
 
Projeto deficiência física
Projeto deficiência físicaProjeto deficiência física
Projeto deficiência física
Impactto Cursos
 
Projeto caracterização IEE Dep Ruy Ramos
Projeto caracterização IEE Dep Ruy RamosProjeto caracterização IEE Dep Ruy Ramos
Projeto caracterização IEE Dep Ruy Ramos
Impactto Cursos
 
Projeto tdah
Projeto tdahProjeto tdah
Projeto tdah
Impactto Cursos
 
Projeto deficiência auditiva
Projeto deficiência auditivaProjeto deficiência auditiva
Projeto deficiência auditiva
Impactto Cursos
 
Projeto deficiência visual
Projeto deficiência visualProjeto deficiência visual
Projeto deficiência visual
Impactto Cursos
 
Projeto deficiência mental
Projeto deficiência mentalProjeto deficiência mental
Projeto deficiência mental
Impactto Cursos
 
Apresentação Bragança
Apresentação BragançaApresentação Bragança
Apresentação Bragança
Biblioteca Amares
 
GDE
GDEGDE
GDE
cplp
 
IC_Disciplina Positiva na escola_2022.2.pptx
IC_Disciplina Positiva na escola_2022.2.pptxIC_Disciplina Positiva na escola_2022.2.pptx
IC_Disciplina Positiva na escola_2022.2.pptx
Prfª Flávia
 
IniciacaoProjetoArquitetura_Carvalho_2016.pdf
IniciacaoProjetoArquitetura_Carvalho_2016.pdfIniciacaoProjetoArquitetura_Carvalho_2016.pdf
IniciacaoProjetoArquitetura_Carvalho_2016.pdf
Fábio Vasconcellos
 
9064-Texto do artigo-28160-1-10-20170912.pdf
9064-Texto do artigo-28160-1-10-20170912.pdf9064-Texto do artigo-28160-1-10-20170912.pdf
9064-Texto do artigo-28160-1-10-20170912.pdf
DirceGrein
 
Pesquisa E Uso Da Informacao Grupo1
Pesquisa E Uso Da Informacao Grupo1Pesquisa E Uso Da Informacao Grupo1
Pesquisa E Uso Da Informacao Grupo1
guest6f8de4
 
7) Resultados esperados.
7) Resultados esperados. 7) Resultados esperados.
7) Resultados esperados.
Unicesumar
 
Projeto Carta do Leitor
Projeto Carta do LeitorProjeto Carta do Leitor
Projeto Carta do Leitor
Ana Luiza Lima
 
2) Introdução.
2) Introdução. 2) Introdução.
2) Introdução.
Unicesumar
 

Semelhante a Projeto construtivismo (20)

Projeto métodos analíticos de alfabetização
Projeto métodos analíticos de alfabetizaçãoProjeto métodos analíticos de alfabetização
Projeto métodos analíticos de alfabetização
 
Projeto métodos sintéticos de alfabetização
Projeto métodos sintéticos de alfabetizaçãoProjeto métodos sintéticos de alfabetização
Projeto métodos sintéticos de alfabetização
 
Projeto disgrafia
Projeto disgrafiaProjeto disgrafia
Projeto disgrafia
 
Projeto dislexia
Projeto dislexiaProjeto dislexia
Projeto dislexia
 
Projeto história da alfabetização no brasil
Projeto história da alfabetização no brasilProjeto história da alfabetização no brasil
Projeto história da alfabetização no brasil
 
Projeto deficiência física
Projeto deficiência físicaProjeto deficiência física
Projeto deficiência física
 
Projeto caracterização IEE Dep Ruy Ramos
Projeto caracterização IEE Dep Ruy RamosProjeto caracterização IEE Dep Ruy Ramos
Projeto caracterização IEE Dep Ruy Ramos
 
Projeto tdah
Projeto tdahProjeto tdah
Projeto tdah
 
Projeto deficiência auditiva
Projeto deficiência auditivaProjeto deficiência auditiva
Projeto deficiência auditiva
 
Projeto deficiência visual
Projeto deficiência visualProjeto deficiência visual
Projeto deficiência visual
 
Projeto deficiência mental
Projeto deficiência mentalProjeto deficiência mental
Projeto deficiência mental
 
Apresentação Bragança
Apresentação BragançaApresentação Bragança
Apresentação Bragança
 
GDE
GDEGDE
GDE
 
IC_Disciplina Positiva na escola_2022.2.pptx
IC_Disciplina Positiva na escola_2022.2.pptxIC_Disciplina Positiva na escola_2022.2.pptx
IC_Disciplina Positiva na escola_2022.2.pptx
 
IniciacaoProjetoArquitetura_Carvalho_2016.pdf
IniciacaoProjetoArquitetura_Carvalho_2016.pdfIniciacaoProjetoArquitetura_Carvalho_2016.pdf
IniciacaoProjetoArquitetura_Carvalho_2016.pdf
 
9064-Texto do artigo-28160-1-10-20170912.pdf
9064-Texto do artigo-28160-1-10-20170912.pdf9064-Texto do artigo-28160-1-10-20170912.pdf
9064-Texto do artigo-28160-1-10-20170912.pdf
 
Pesquisa E Uso Da Informacao Grupo1
Pesquisa E Uso Da Informacao Grupo1Pesquisa E Uso Da Informacao Grupo1
Pesquisa E Uso Da Informacao Grupo1
 
7) Resultados esperados.
7) Resultados esperados. 7) Resultados esperados.
7) Resultados esperados.
 
Projeto Carta do Leitor
Projeto Carta do LeitorProjeto Carta do Leitor
Projeto Carta do Leitor
 
2) Introdução.
2) Introdução. 2) Introdução.
2) Introdução.
 

Mais de Impactto Cursos

Oportunidades e escolhas
Oportunidades e escolhasOportunidades e escolhas
Oportunidades e escolhas
Impactto Cursos
 
Palestra Conselho Tutelar - aspectos legais
Palestra Conselho Tutelar - aspectos legaisPalestra Conselho Tutelar - aspectos legais
Palestra Conselho Tutelar - aspectos legais
Impactto Cursos
 
Material auto avaliação ct
Material auto avaliação ctMaterial auto avaliação ct
Material auto avaliação ct
Impactto Cursos
 
Guia completo do ct abrinq
Guia completo do ct   abrinqGuia completo do ct   abrinq
Guia completo do ct abrinq
Impactto Cursos
 
Funcionamento adequado dos conselhos previstos no eca e loas
Funcionamento adequado dos conselhos previstos no eca e loasFuncionamento adequado dos conselhos previstos no eca e loas
Funcionamento adequado dos conselhos previstos no eca e loas
Impactto Cursos
 
Crianças e adolescentes vulneráveis capítulo 1
Crianças e adolescentes vulneráveis   capítulo 1Crianças e adolescentes vulneráveis   capítulo 1
Crianças e adolescentes vulneráveis capítulo 1
Impactto Cursos
 
Cartilha conselho tutelar
Cartilha conselho tutelarCartilha conselho tutelar
Cartilha conselho tutelar
Impactto Cursos
 
Cartilha COMDICA e FUNDO
Cartilha COMDICA e FUNDOCartilha COMDICA e FUNDO
Cartilha COMDICA e FUNDO
Impactto Cursos
 
Planejando um futuro melhor crianças e adolescentes
Planejando um futuro melhor crianças e adolescentesPlanejando um futuro melhor crianças e adolescentes
Planejando um futuro melhor crianças e adolescentes
Impactto Cursos
 
Resolução CNE CEB 002 - Diretrizes Curriculares Ensino Médio
Resolução CNE CEB  002 - Diretrizes Curriculares Ensino MédioResolução CNE CEB  002 - Diretrizes Curriculares Ensino Médio
Resolução CNE CEB 002 - Diretrizes Curriculares Ensino Médio
Impactto Cursos
 
EDUCAÇÃO PARA VALORES: UMA ALTERNATIVA PARA A CONVIVÊNCIA HUMANA
EDUCAÇÃO PARA VALORES: UMA ALTERNATIVA PARA A CONVIVÊNCIA HUMANAEDUCAÇÃO PARA VALORES: UMA ALTERNATIVA PARA A CONVIVÊNCIA HUMANA
EDUCAÇÃO PARA VALORES: UMA ALTERNATIVA PARA A CONVIVÊNCIA HUMANA
Impactto Cursos
 
Relatorio UNESCO
Relatorio UNESCORelatorio UNESCO
Relatorio UNESCO
Impactto Cursos
 
Plano nacional de educação
Plano nacional de educaçãoPlano nacional de educação
Plano nacional de educação
Impactto Cursos
 
Palestra - prevençao ao uso de drogas
Palestra - prevençao ao uso de drogasPalestra - prevençao ao uso de drogas
Palestra - prevençao ao uso de drogas
Impactto Cursos
 
Ingresso no Ensino Fundamental com cinco anos
Ingresso no Ensino Fundamental com cinco anosIngresso no Ensino Fundamental com cinco anos
Ingresso no Ensino Fundamental com cinco anos
Impactto Cursos
 
Conferência municipal de saúde
Conferência municipal de saúdeConferência municipal de saúde
Conferência municipal de saúde
Impactto Cursos
 
Calendário 2012
Calendário 2012Calendário 2012
Calendário 2012
Impactto Cursos
 

Mais de Impactto Cursos (17)

Oportunidades e escolhas
Oportunidades e escolhasOportunidades e escolhas
Oportunidades e escolhas
 
Palestra Conselho Tutelar - aspectos legais
Palestra Conselho Tutelar - aspectos legaisPalestra Conselho Tutelar - aspectos legais
Palestra Conselho Tutelar - aspectos legais
 
Material auto avaliação ct
Material auto avaliação ctMaterial auto avaliação ct
Material auto avaliação ct
 
Guia completo do ct abrinq
Guia completo do ct   abrinqGuia completo do ct   abrinq
Guia completo do ct abrinq
 
Funcionamento adequado dos conselhos previstos no eca e loas
Funcionamento adequado dos conselhos previstos no eca e loasFuncionamento adequado dos conselhos previstos no eca e loas
Funcionamento adequado dos conselhos previstos no eca e loas
 
Crianças e adolescentes vulneráveis capítulo 1
Crianças e adolescentes vulneráveis   capítulo 1Crianças e adolescentes vulneráveis   capítulo 1
Crianças e adolescentes vulneráveis capítulo 1
 
Cartilha conselho tutelar
Cartilha conselho tutelarCartilha conselho tutelar
Cartilha conselho tutelar
 
Cartilha COMDICA e FUNDO
Cartilha COMDICA e FUNDOCartilha COMDICA e FUNDO
Cartilha COMDICA e FUNDO
 
Planejando um futuro melhor crianças e adolescentes
Planejando um futuro melhor crianças e adolescentesPlanejando um futuro melhor crianças e adolescentes
Planejando um futuro melhor crianças e adolescentes
 
Resolução CNE CEB 002 - Diretrizes Curriculares Ensino Médio
Resolução CNE CEB  002 - Diretrizes Curriculares Ensino MédioResolução CNE CEB  002 - Diretrizes Curriculares Ensino Médio
Resolução CNE CEB 002 - Diretrizes Curriculares Ensino Médio
 
EDUCAÇÃO PARA VALORES: UMA ALTERNATIVA PARA A CONVIVÊNCIA HUMANA
EDUCAÇÃO PARA VALORES: UMA ALTERNATIVA PARA A CONVIVÊNCIA HUMANAEDUCAÇÃO PARA VALORES: UMA ALTERNATIVA PARA A CONVIVÊNCIA HUMANA
EDUCAÇÃO PARA VALORES: UMA ALTERNATIVA PARA A CONVIVÊNCIA HUMANA
 
Relatorio UNESCO
Relatorio UNESCORelatorio UNESCO
Relatorio UNESCO
 
Plano nacional de educação
Plano nacional de educaçãoPlano nacional de educação
Plano nacional de educação
 
Palestra - prevençao ao uso de drogas
Palestra - prevençao ao uso de drogasPalestra - prevençao ao uso de drogas
Palestra - prevençao ao uso de drogas
 
Ingresso no Ensino Fundamental com cinco anos
Ingresso no Ensino Fundamental com cinco anosIngresso no Ensino Fundamental com cinco anos
Ingresso no Ensino Fundamental com cinco anos
 
Conferência municipal de saúde
Conferência municipal de saúdeConferência municipal de saúde
Conferência municipal de saúde
 
Calendário 2012
Calendário 2012Calendário 2012
Calendário 2012
 

Projeto construtivismo

  • 1. Instituto Estadual de Educação Deputado Ruy Ramos Rosário do Sul – RS Seminário Integrado – 2013 – 2º ano do Ensino Médio – Curso Normal Projeto de pesquisa Título Construtivismo na alfabetização: teoria, limites e potencialidades. Integrantes do grupo Nomes E-mails Tema Caracterização do construtivismo na alfabetização. Justificativa A relevância deste projeto insere-se na importância de compreender os métodos historicamente constituídos para a alfabetização de crianças no Brasil – particularmente a teoria construtivista – e seus limites e possibilidades na prática pedagógica. Não há formação sem tomada de consciência. Na formação pedagógica dos estudantes do Curso Normal, é de salutar importância conhecer os métodos de alfabetização, as contribuições de cada um, como desenvolve-se a prática de cada um, bem como a organização do espaço escolar e os resultados alcançados. Assim, em contraponto às pesquisas de outros grupos, os estudantes do Curso Normal poderão fazer uma abordagem mais consciente nas suas práticas pedagógicas. Problema identificado e sua formulação Quais os pressupostos teóricos do Construtivismo e suas implicações no processo de Alfabetização. Objetivos Geral: Conhecer a teoria construtivista, suas características e implicações no processo de alfabetização. Específicos: Sintetizar os pressupostos teóricos, práticas pedagógicas, limites e possibilidades da teoria construtivista – particularmente no processo de alfabetização. Materiais e métodos Realização de pesquisa bibliográfica, caracterizando a teoria construtivista, listando características, práticas, exemplos, limites e resultados; Entrevistas, questionários, análise da realidade, estudo de caso, etc. Cronograma da pesquisa Criação dos grupos de pesquisa1 : 11/07 1 Os grupos de pesquisa serão organizados por afinidade sendo compostos de, no mínimo dois e, no máximo, três estudantes.
  • 2. Entrega dos projetos aos grupos: 11/07 Feedback do projeto de pesquisa2 : 01/08 Organização do grupo, escolha de lideranças, materiais e métodos de pesquisa: 11/07 a 08/08 Ciclo de pesquisas, entrevistas, leituras e análise de dados3 : 11/07 a 15/08 Elaboração de relatório: 15/08 a 22/08 Entrega do relatório de pesquisa4 : 22/08 Montagem de slides: 22/08 a 29/08 Orientações de apresentação5 : a combinar Apresentação do Seminário Integrado6 : a combinar Referências bibliográficas 2 Os grupos devem enviar por e-mail para pedro.alberto.rangel@gmail.com este projeto de pesquisa devidamente preenchido com os campos que estão em aberto. Até esta data (01/08), os grupos podem trocar de projetos entre si. O modelo do projeto, em formato digital, estará disponível para download em www.profpedrorangel.blogspot.com 3 É salutar, em todo o processo de pesquisa, buscar a orientação dos professores. É importante registrar estes auxílios para poder fazer menção a eles no relatório de pesquisa. 4 O relatório de pesquisa deve ser entregue digitado, por e-mail, conforme o modelo que estará disponível em www.profpedrorangel.blogspot.com Enviar para pedro.alberto.rangel@gmail.com e solicitar confirmação de recebimento. 5 As orientações para apresentação do Seminário Integrado serão dadas em sala de aula, no período de Seminário Integrado. Dúvidas podem ser sanadas também via e-mail ou comunicação por rede social. 6 A data da apresentação do Seminário Integrado será agendada conforme calendário da instituição. Somente serão considerados aptos a apresentar seus resultados os grupos que tiverem realizado as etapas anteriores da pesquisa.