SlideShare uma empresa Scribd logo
Projeto cartografia   ceesub
Cartografia - é a arte, a ciência e
a técnica de se construir mapas e
outras representações da
superfície terrestre.
Para representar a superfície
terrestre podemos utilizar diversos
     processos, entre os quais:
    Imagens de Satélites
Fotografias aéreas
Globo:
Mapas:
Elementos essenciais num
              mapa:
 Título;
 Orientação;
 Escala;
 Legenda.
Título: Indica o assunto tratado no
               mapa.
        PLANISFÉRIO: CONTINENTES
Orientação: Indica o Norte
       Geográfico




       SO       SE
Escala:Indica o número de vezes
  que a realidade foi reduzida.
    mapas de grande escala - representam
    pequenas áreas, realidade pouco reduzida,
          com bastantes pormenores;

 mapas de pequena escala - representam a
 realidade muito reduzida, grandes superfícies,
               sem pormenores.
Legenda: Dá o significado de todos
os sinais representados nos mapas
                Brasil: Energia




  Legenda
Podemos classificar os Mapas de
       acordo com vários critérios.
Mapas:
 físicos – representam fenômenos naturais, como
  formas de relevo e formações vegetais da Terra.
        Planisfério: Clima
Brasil: Relevo
  Mapas Físicos:


Brasil: Bacias Hidrográficas
Mapas Políticos - representam países e suas
fronteiras, regiões administrativas, como estados,
cidades.
       Brasil: Político
                                  São Paulo: Político
Mapas temáticos
Mapas Econômicos - registram fenômenos
     relacionados com a Economia
              Brasil: Indústrias
Brasil: Energia
Mapa
Econômico
Brasil: Uso da terra


  Mapa
Econômico
Mapas Demográficos - representam
fenômenos relacionados com a população,
       como a sua distribuição.
          Brasil: Densidade Demográfica
Há, ainda, plantas que
representam pequenas
     áreas da superfície
  terrestre, é o caso da
  planta de uma cidade
     ou de um dos seus
       bairros, com uma
        cartografia muito
         pormenorizada.
Pontos de
Orientação
Pontos de orientação:
Sol: surge num determinado ponto do
 horizonte, e desaparece num outro ponto.
 Estes pontos correspondem ao seu
 nascimento e aoseu poente, indicando-
 nos os pontos cardeais Leste (L) e oeste
 (O). Se, perpendicularmente a esta,
 considerarmos outra linha, definimos os
 pontos cardeais norte(N) e sul (S).
ROSA-DOS-VENTOS: A utilização
dos diversos rumos da rosa-dos-
ventos permite localizar qualquer
lugar em função daquele em que
nos encontramos, e também de
relacionar entre si diversos lugares
na superfície terrestre.
Rosa-dos-ventos:
A rosa-dos-ventos é constituída
       por quatro pontos cardeais,
      quatro pontos colaterais e por
         oito pontos intermédios.
                            
                                             Pontos Intermédios 
Pontos Cardeais            Pontos            NNE - Nor-Nordeste
N - Norte ou Setentrião   Colaterais         ENE -És-Nordeste
S - Sul ou Meridião        NE - Nordeste ou ESE - És-Sudeste
E – Este ou Oriente; Leste; Noreste          SSE - Su-Sudeste
Nascente                   SE - Sudeste ou   SSO -Su-Sudoeste
O - Oeste ou Poente;      Sueste             OSO -Oés-Sudoeste
Ocidente; Ocaso            SO - Sudoeste     ONO -Oés-Noroeste
                           NO - Noroeste     NNO - Nor-Noroeste
 
                            
A Ursa Maior é uma
das constelações que
mais facilmente se
identifica no céu. Se
traçarmos uma linha
imaginária que passe
pelas duas «Guardas»
da Ursa Maior, e a
prolongarmos 5 vezes a
distância entre elas,
iremos encontrar a
Estrela Polar, que nos
indica o Norte.
Estrela Polar
BÚSSOLA: possui uma agulha magnética
   que nos indica o Norte Magnético.
A direção do norte magnético e do
 norte geográfico fazem um ângulo
denominado declinação magnética.
Como localizar com precisão um
   lugar na superfície terrestre?
Através do SISTEMA INTERNACIONAL DE REFERÊNCIA

 Rede geográfica constituída por paralelos e meridianos.

  E linhas de referência, o Equador e o Meridiano de
                       Greenwich.

 Com a rede cartográfica, podemos então determinar as
           COORDENADAS GEOGRÁFICAS
COORDENADAS GEOGRÁFICAS
   Latitude:

Distância angular
entre o Equador e
     o lugar.

Varia entre 0º no
equador e 90ºN e
 90ºS nos pólos.
Latitude
COORDENADAS GEOGRÁFICAS
   Longitude:
Distância angular
 entre o meridiano
 de Greenwich e o
       lugar.
 Varia entre oº e
180º para Este ou
  para Oeste do
semi-meridiano de
    referência.
Longitude
Com as coordenadas geográficas
     podemos localizar todos os
  lugares no mundo com exatidão!

É o sistema usado pelo GPS (Global
    Position System), que cruza a
       latitude com a longitude.
Planisfério: Coordenadas Geográficas




Linha do Equador




                   Meridiano de Greenwich
Coordenadas Geográficas
Coordenadas Geográficas: Outras
         Aplicações

  A latitude ajuda a explicar as
  diferenças de temperatura na
  Terra, Embora outros fatores
        também interfiram.
 De modo geral as temperaturas
  aumentam dos pólos para o
          Equador.
Os paralelos delimitam as zonas
climáticas da Terra:
• Tropical ou Intertropical: entre os
trópicos de Câncer (23º27’N) e de
Capricórnio (23º27’S). Zona mais
quente e mais iluminada da Terra.         (
• Temperadas : entre o trópico de
Câncer e o círculo polar Ártico e entre
o trópico de Capricórnio e o círculo
polar Antártico.
• Polares ou Glaciais: ao norte do
círculo polar Ártico (66º33’N) e ao sul
do círculo polar Antártico (66º33’S).
Zonas mais frias e mais escuras da
Terra.
E a longitude é essencial
para saber as diferenças de
 horário de um lugar para
    outro na Terra. Essas
  diferenças dependem da
  localização do lugar em
  relação ao meridiano de
  Greenwich, são os fusos
          horários.
Fusos Horários
Cada fuso horário corresponde a 15
  meridianos (15º equivalem a 1
               hora).

  A hora oficial do mundo, é a do
 Meridiano de Greenwich (longitude
    0º), que passa por Londres.

A hora aumenta no sentido leste e
     diminui no sentido oeste.
Fusos Horários Mundiais
Fusos Horários do Brasil
   Em virtude da sua grande extensão
longitudinal (leste-oeste), o Brasil possuía
quatro fusos horários, até abril deste ano,
             agora são só três.
Fusos Horários Brasileiros
   Atividades:

1- Se em São Paulo são 8h que horas
  serão em Nova York?

2- Saindo do Rio de Janeiro às 6h da
  manhã que horas chegaremos à Paris,
  sabendo que o vôo demora 12h?
África do Sul – Copa 2010




Quando nenhum dos dois países está com horário de verão em vigor, a
África do Sul está cinco horas à frente do horário brasileiro. Levando-se
em conta Brasília e Pretória, capital administrativa sul-africana, quando
no Brasil são 9h, lá são 14h.
Atividade – Jogos da Copa
Observe a tabela com o jogos do Grupo G:
           Horário dos
 Datas     jogos (Horário Os Jogos
           de Brasília)
 15/06/2010 11h00        Costa do Marfim x Portugal
 15/06/2010 15h30        Brasil x Coreia do Norte
 20/06/2010 15h30        Brasil x Costa do Marfim
 21/06/2010 8h30         Portugal x Coreia do Norte
 25/06/2010 11h00        Brasil x Portugal
 25/06/2010 11h00        Coreia do Norte x Costa do Marfim

 Sabendo que os horários dos jogos na tabela,
 estão pelo Horário de Brasília, calcule qual
 serão os horários dos jogos na África do Sul.
FI M

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Aula 2 - perceber, localizar, representar
Aula 2 - perceber, localizar, representarAula 2 - perceber, localizar, representar
Aula 2 - perceber, localizar, representar
Gerson Coppes
 
Coordenadasgeograficas
CoordenadasgeograficasCoordenadasgeograficas
Coordenadasgeograficas
eunamahcado
 
Latitude
LatitudeLatitude
Latitude
bruno rangel
 
Noções espaciais
Noções espaciaisNoções espaciais
Noções espaciais
Andre Gardini
 
Apresentaçao cartografia
Apresentaçao cartografiaApresentaçao cartografia
Apresentaçao cartografia
Lucas pk'
 
Geografia cartografia
Geografia cartografiaGeografia cartografia
Geografia cartografia
NAC Informatica
 
Cartografia OrientaçãO E LocalizaçãO
Cartografia   OrientaçãO E LocalizaçãOCartografia   OrientaçãO E LocalizaçãO
Cartografia OrientaçãO E LocalizaçãO
Mateus Silva
 
Atividades de-geo-5c2ba-ano-2010-1-2-3-4
Atividades de-geo-5c2ba-ano-2010-1-2-3-4Atividades de-geo-5c2ba-ano-2010-1-2-3-4
Atividades de-geo-5c2ba-ano-2010-1-2-3-4
marcos carlos
 
Geografia fuso horário
Geografia   fuso horárioGeografia   fuso horário
Geografia fuso horário
André Luiz Marques
 
Cartografia aula 2 - rede geográfica fuso horário
Cartografia   aula 2 - rede geográfica fuso horárioCartografia   aula 2 - rede geográfica fuso horário
Cartografia aula 2 - rede geográfica fuso horário
Kenia Diógenes
 
Coordenadas geograficas
Coordenadas geograficasCoordenadas geograficas
Coordenadas geograficas
robertobraz
 
Orientação no Espaço Geografico
Orientação no Espaço GeograficoOrientação no Espaço Geografico
Orientação no Espaço Geografico
Prefeitura de Santana de Parnaíba
 
A orientação no espaço terrestre
A orientação no espaço terrestreA orientação no espaço terrestre
A orientação no espaço terrestre
paulotmo
 
Orientação no espaço
Orientação no espaçoOrientação no espaço
Orientação no espaço
COSMO ALVES
 
Orientação e localização
Orientação e localizaçãoOrientação e localização
Orientação e localização
Uilson Pereira da Silva
 
Coordenadas Geograficas
Coordenadas GeograficasCoordenadas Geograficas
Coordenadas Geograficas
Luciano Pessanha
 
Elementos básicos de cartografia aula
Elementos básicos de cartografia   aulaElementos básicos de cartografia   aula
Elementos básicos de cartografia aula
Silmara Vedoveli
 
IECJ - Capítulo 5 – Coordenadas geográficas - 6º ano do EFII
IECJ - Capítulo 5 – Coordenadas geográficas - 6º ano do EFIIIECJ - Capítulo 5 – Coordenadas geográficas - 6º ano do EFII
IECJ - Capítulo 5 – Coordenadas geográficas - 6º ano do EFII
profrodrigoribeiro
 
Orientação no espaço localização
Orientação no espaço   localizaçãoOrientação no espaço   localização
Orientação no espaço localização
Luciano Pessanha
 
Os meios de orientação - 6º Ano (2016)
Os meios de orientação - 6º Ano (2016)Os meios de orientação - 6º Ano (2016)
Os meios de orientação - 6º Ano (2016)
Nefer19
 

Mais procurados (20)

Aula 2 - perceber, localizar, representar
Aula 2 - perceber, localizar, representarAula 2 - perceber, localizar, representar
Aula 2 - perceber, localizar, representar
 
Coordenadasgeograficas
CoordenadasgeograficasCoordenadasgeograficas
Coordenadasgeograficas
 
Latitude
LatitudeLatitude
Latitude
 
Noções espaciais
Noções espaciaisNoções espaciais
Noções espaciais
 
Apresentaçao cartografia
Apresentaçao cartografiaApresentaçao cartografia
Apresentaçao cartografia
 
Geografia cartografia
Geografia cartografiaGeografia cartografia
Geografia cartografia
 
Cartografia OrientaçãO E LocalizaçãO
Cartografia   OrientaçãO E LocalizaçãOCartografia   OrientaçãO E LocalizaçãO
Cartografia OrientaçãO E LocalizaçãO
 
Atividades de-geo-5c2ba-ano-2010-1-2-3-4
Atividades de-geo-5c2ba-ano-2010-1-2-3-4Atividades de-geo-5c2ba-ano-2010-1-2-3-4
Atividades de-geo-5c2ba-ano-2010-1-2-3-4
 
Geografia fuso horário
Geografia   fuso horárioGeografia   fuso horário
Geografia fuso horário
 
Cartografia aula 2 - rede geográfica fuso horário
Cartografia   aula 2 - rede geográfica fuso horárioCartografia   aula 2 - rede geográfica fuso horário
Cartografia aula 2 - rede geográfica fuso horário
 
Coordenadas geograficas
Coordenadas geograficasCoordenadas geograficas
Coordenadas geograficas
 
Orientação no Espaço Geografico
Orientação no Espaço GeograficoOrientação no Espaço Geografico
Orientação no Espaço Geografico
 
A orientação no espaço terrestre
A orientação no espaço terrestreA orientação no espaço terrestre
A orientação no espaço terrestre
 
Orientação no espaço
Orientação no espaçoOrientação no espaço
Orientação no espaço
 
Orientação e localização
Orientação e localizaçãoOrientação e localização
Orientação e localização
 
Coordenadas Geograficas
Coordenadas GeograficasCoordenadas Geograficas
Coordenadas Geograficas
 
Elementos básicos de cartografia aula
Elementos básicos de cartografia   aulaElementos básicos de cartografia   aula
Elementos básicos de cartografia aula
 
IECJ - Capítulo 5 – Coordenadas geográficas - 6º ano do EFII
IECJ - Capítulo 5 – Coordenadas geográficas - 6º ano do EFIIIECJ - Capítulo 5 – Coordenadas geográficas - 6º ano do EFII
IECJ - Capítulo 5 – Coordenadas geográficas - 6º ano do EFII
 
Orientação no espaço localização
Orientação no espaço   localizaçãoOrientação no espaço   localização
Orientação no espaço localização
 
Os meios de orientação - 6º Ano (2016)
Os meios de orientação - 6º Ano (2016)Os meios de orientação - 6º Ano (2016)
Os meios de orientação - 6º Ano (2016)
 

Destaque

Metodologia e prática do ensino de geografia nas séries iniciais Fundamental
Metodologia e prática do ensino de geografia nas séries iniciais FundamentalMetodologia e prática do ensino de geografia nas séries iniciais Fundamental
Metodologia e prática do ensino de geografia nas séries iniciais Fundamental
Silmara Vedoveli
 
Projeto De InformáTica
Projeto De InformáTicaProjeto De InformáTica
Projeto De InformáTica
guest8e8f2c
 
Projeto Aulas De Campo E InterpretaçAo Ambiental
Projeto Aulas De Campo E InterpretaçAo AmbientalProjeto Aulas De Campo E InterpretaçAo Ambiental
Projeto Aulas De Campo E InterpretaçAo Ambiental
Cecilia andrade
 
Projeto anual jogos e brincadeiras
Projeto anual jogos e brincadeirasProjeto anual jogos e brincadeiras
Projeto anual jogos e brincadeiras
Shirley Costa
 
Zona rural e Zona urbana
Zona rural e Zona urbanaZona rural e Zona urbana
Zona rural e Zona urbana
Franmury
 
1ºANO: ESCALA CARTOGRÁFICA
1ºANO: ESCALA CARTOGRÁFICA1ºANO: ESCALA CARTOGRÁFICA
1ºANO: ESCALA CARTOGRÁFICA
Ana Lucia Rodrigues
 
17 hipóteses e variáveis
17 hipóteses e variáveis17 hipóteses e variáveis
17 hipóteses e variáveis
Joao Balbi
 
Espaço rural e urbano
Espaço rural e urbanoEspaço rural e urbano
Espaço rural e urbano
Portal do Vestibulando
 
Plano de Aula de Geografia para turma de 4º e 5º Ano - Ensino Fundamental | T...
Plano de Aula de Geografia para turma de 4º e 5º Ano - Ensino Fundamental | T...Plano de Aula de Geografia para turma de 4º e 5º Ano - Ensino Fundamental | T...
Plano de Aula de Geografia para turma de 4º e 5º Ano - Ensino Fundamental | T...
Alcicleide Alexandre
 
Escalas
EscalasEscalas
Oficina Pedagógica Cmap Tools
Oficina Pedagógica Cmap ToolsOficina Pedagógica Cmap Tools
Oficina Pedagógica Cmap Tools
Fernando Pimentel
 
Prova.pb.ciencias.4ano.manha.1bim
Prova.pb.ciencias.4ano.manha.1bimProva.pb.ciencias.4ano.manha.1bim
Prova.pb.ciencias.4ano.manha.1bim
Cláudia Cacal
 
Como trabalhar a geografia nas séries iniciais?
Como trabalhar a geografia nas séries iniciais?Como trabalhar a geografia nas séries iniciais?
Como trabalhar a geografia nas séries iniciais?
Fabiola Sampaio
 
DESENHO TÉCNICO ESCALA
DESENHO TÉCNICO ESCALADESENHO TÉCNICO ESCALA
DESENHO TÉCNICO ESCALA
ordenaelbass
 
Grade curricular educação ensino fundamental: 6º ao 9º ano
Grade curricular educação ensino fundamental: 6º ao 9º anoGrade curricular educação ensino fundamental: 6º ao 9º ano
Grade curricular educação ensino fundamental: 6º ao 9º ano
Adilson P Motta Motta
 
PNAIC-Tabelas com os Direitos de aprendizagem
PNAIC-Tabelas com os Direitos de aprendizagem PNAIC-Tabelas com os Direitos de aprendizagem
PNAIC-Tabelas com os Direitos de aprendizagem
Graça Sousa
 
Avaliação de Ciência Helena Andrade
Avaliação de Ciência Helena AndradeAvaliação de Ciência Helena Andrade
Avaliação de Ciência Helena Andrade
Angela Maria
 
DIREITOS DE APRENDIZAGEM DE LÍNGUA PORTUGUESA
DIREITOS DE APRENDIZAGEM DE LÍNGUA PORTUGUESADIREITOS DE APRENDIZAGEM DE LÍNGUA PORTUGUESA
DIREITOS DE APRENDIZAGEM DE LÍNGUA PORTUGUESA
Aprender com prazer
 
Direitos de aprendizagem de língua portuguesa 1º ao 3º ano
Direitos de aprendizagem de língua portuguesa 1º ao 3º anoDireitos de aprendizagem de língua portuguesa 1º ao 3º ano
Direitos de aprendizagem de língua portuguesa 1º ao 3º ano
pnaicdertsis
 

Destaque (19)

Metodologia e prática do ensino de geografia nas séries iniciais Fundamental
Metodologia e prática do ensino de geografia nas séries iniciais FundamentalMetodologia e prática do ensino de geografia nas séries iniciais Fundamental
Metodologia e prática do ensino de geografia nas séries iniciais Fundamental
 
Projeto De InformáTica
Projeto De InformáTicaProjeto De InformáTica
Projeto De InformáTica
 
Projeto Aulas De Campo E InterpretaçAo Ambiental
Projeto Aulas De Campo E InterpretaçAo AmbientalProjeto Aulas De Campo E InterpretaçAo Ambiental
Projeto Aulas De Campo E InterpretaçAo Ambiental
 
Projeto anual jogos e brincadeiras
Projeto anual jogos e brincadeirasProjeto anual jogos e brincadeiras
Projeto anual jogos e brincadeiras
 
Zona rural e Zona urbana
Zona rural e Zona urbanaZona rural e Zona urbana
Zona rural e Zona urbana
 
1ºANO: ESCALA CARTOGRÁFICA
1ºANO: ESCALA CARTOGRÁFICA1ºANO: ESCALA CARTOGRÁFICA
1ºANO: ESCALA CARTOGRÁFICA
 
17 hipóteses e variáveis
17 hipóteses e variáveis17 hipóteses e variáveis
17 hipóteses e variáveis
 
Espaço rural e urbano
Espaço rural e urbanoEspaço rural e urbano
Espaço rural e urbano
 
Plano de Aula de Geografia para turma de 4º e 5º Ano - Ensino Fundamental | T...
Plano de Aula de Geografia para turma de 4º e 5º Ano - Ensino Fundamental | T...Plano de Aula de Geografia para turma de 4º e 5º Ano - Ensino Fundamental | T...
Plano de Aula de Geografia para turma de 4º e 5º Ano - Ensino Fundamental | T...
 
Escalas
EscalasEscalas
Escalas
 
Oficina Pedagógica Cmap Tools
Oficina Pedagógica Cmap ToolsOficina Pedagógica Cmap Tools
Oficina Pedagógica Cmap Tools
 
Prova.pb.ciencias.4ano.manha.1bim
Prova.pb.ciencias.4ano.manha.1bimProva.pb.ciencias.4ano.manha.1bim
Prova.pb.ciencias.4ano.manha.1bim
 
Como trabalhar a geografia nas séries iniciais?
Como trabalhar a geografia nas séries iniciais?Como trabalhar a geografia nas séries iniciais?
Como trabalhar a geografia nas séries iniciais?
 
DESENHO TÉCNICO ESCALA
DESENHO TÉCNICO ESCALADESENHO TÉCNICO ESCALA
DESENHO TÉCNICO ESCALA
 
Grade curricular educação ensino fundamental: 6º ao 9º ano
Grade curricular educação ensino fundamental: 6º ao 9º anoGrade curricular educação ensino fundamental: 6º ao 9º ano
Grade curricular educação ensino fundamental: 6º ao 9º ano
 
PNAIC-Tabelas com os Direitos de aprendizagem
PNAIC-Tabelas com os Direitos de aprendizagem PNAIC-Tabelas com os Direitos de aprendizagem
PNAIC-Tabelas com os Direitos de aprendizagem
 
Avaliação de Ciência Helena Andrade
Avaliação de Ciência Helena AndradeAvaliação de Ciência Helena Andrade
Avaliação de Ciência Helena Andrade
 
DIREITOS DE APRENDIZAGEM DE LÍNGUA PORTUGUESA
DIREITOS DE APRENDIZAGEM DE LÍNGUA PORTUGUESADIREITOS DE APRENDIZAGEM DE LÍNGUA PORTUGUESA
DIREITOS DE APRENDIZAGEM DE LÍNGUA PORTUGUESA
 
Direitos de aprendizagem de língua portuguesa 1º ao 3º ano
Direitos de aprendizagem de língua portuguesa 1º ao 3º anoDireitos de aprendizagem de língua portuguesa 1º ao 3º ano
Direitos de aprendizagem de língua portuguesa 1º ao 3º ano
 

Semelhante a Projeto cartografia ceesub

Cartografia Primeiros Anos
Cartografia Primeiros AnosCartografia Primeiros Anos
Cartografia Primeiros Anos
ProfMario De Mori
 
Geofísica
GeofísicaGeofísica
Geofísica
UFES
 
Noções de cartografia.docx apostila de geografia
Noções de cartografia.docx apostila de geografiaNoções de cartografia.docx apostila de geografia
Noções de cartografia.docx apostila de geografia
Felipe Alecrim Alecrim
 
Trimestral cap 7 e 8
Trimestral cap 7 e 8Trimestral cap 7 e 8
Trimestral cap 7 e 8
Christie Freitas
 
1º ano eja medio humanas
1º ano eja medio   humanas1º ano eja medio   humanas
1º ano eja medio humanas
VantuirPereira2
 
CARTOGRAFIA - 1º ANOS
CARTOGRAFIA - 1º ANOS CARTOGRAFIA - 1º ANOS
CARTOGRAFIA - 1º ANOS
ProfMario De Mori
 
Aula introdução cartografia
Aula   introdução cartografiaAula   introdução cartografia
Aula introdução cartografia
Omar Fürst
 
Cartografia completa
Cartografia completaCartografia completa
Cartografia completa
Artur Lara
 
cartografia completo.pptx
cartografia completo.pptxcartografia completo.pptx
cartografia completo.pptx
Fernanda Castello
 
CARTOGRAFIA.pptx
CARTOGRAFIA.pptxCARTOGRAFIA.pptx
CARTOGRAFIA.pptx
Fernanda Castello
 
geografia-6oanos-umepedroii-15_a_26-marco-2021.pdf
geografia-6oanos-umepedroii-15_a_26-marco-2021.pdfgeografia-6oanos-umepedroii-15_a_26-marco-2021.pdf
geografia-6oanos-umepedroii-15_a_26-marco-2021.pdf
ceir26
 
terra.ppt
terra.pptterra.ppt
terra.ppt
Junior Oliveira
 
aula 1 - linhas imaginários e coordenadas-120304072443-phpapp01.ppt
aula 1 - linhas imaginários e coordenadas-120304072443-phpapp01.pptaula 1 - linhas imaginários e coordenadas-120304072443-phpapp01.ppt
aula 1 - linhas imaginários e coordenadas-120304072443-phpapp01.ppt
nomeinspirado
 
Cartografia
CartografiaCartografia
Cartografia
NAPNE
 
6º ano (caps. 4 e 5)
6º ano (caps. 4 e 5)6º ano (caps. 4 e 5)
6º ano (caps. 4 e 5)
Alexandre Alves
 
aula 1 - paralelosmeridianosemovimentosdaterra-120304072443-phpapp01.pdf
aula 1 - paralelosmeridianosemovimentosdaterra-120304072443-phpapp01.pdfaula 1 - paralelosmeridianosemovimentosdaterra-120304072443-phpapp01.pdf
aula 1 - paralelosmeridianosemovimentosdaterra-120304072443-phpapp01.pdf
nomeinspirado
 
Cartografia, latitudes, longitudes, Movimentos da Terra
Cartografia, latitudes, longitudes, Movimentos da TerraCartografia, latitudes, longitudes, Movimentos da Terra
Cartografia, latitudes, longitudes, Movimentos da Terra
ronierefeitosa
 
Cartografia 2013
Cartografia 2013Cartografia 2013
Cartografia 2013
alfredo1ssa
 
Navegação aérea vfr
Navegação aérea vfrNavegação aérea vfr
Navegação aérea vfr
Pedro Barros Neto
 
Ser geografo
Ser geografoSer geografo
Ser geografo
Pessoal
 

Semelhante a Projeto cartografia ceesub (20)

Cartografia Primeiros Anos
Cartografia Primeiros AnosCartografia Primeiros Anos
Cartografia Primeiros Anos
 
Geofísica
GeofísicaGeofísica
Geofísica
 
Noções de cartografia.docx apostila de geografia
Noções de cartografia.docx apostila de geografiaNoções de cartografia.docx apostila de geografia
Noções de cartografia.docx apostila de geografia
 
Trimestral cap 7 e 8
Trimestral cap 7 e 8Trimestral cap 7 e 8
Trimestral cap 7 e 8
 
1º ano eja medio humanas
1º ano eja medio   humanas1º ano eja medio   humanas
1º ano eja medio humanas
 
CARTOGRAFIA - 1º ANOS
CARTOGRAFIA - 1º ANOS CARTOGRAFIA - 1º ANOS
CARTOGRAFIA - 1º ANOS
 
Aula introdução cartografia
Aula   introdução cartografiaAula   introdução cartografia
Aula introdução cartografia
 
Cartografia completa
Cartografia completaCartografia completa
Cartografia completa
 
cartografia completo.pptx
cartografia completo.pptxcartografia completo.pptx
cartografia completo.pptx
 
CARTOGRAFIA.pptx
CARTOGRAFIA.pptxCARTOGRAFIA.pptx
CARTOGRAFIA.pptx
 
geografia-6oanos-umepedroii-15_a_26-marco-2021.pdf
geografia-6oanos-umepedroii-15_a_26-marco-2021.pdfgeografia-6oanos-umepedroii-15_a_26-marco-2021.pdf
geografia-6oanos-umepedroii-15_a_26-marco-2021.pdf
 
terra.ppt
terra.pptterra.ppt
terra.ppt
 
aula 1 - linhas imaginários e coordenadas-120304072443-phpapp01.ppt
aula 1 - linhas imaginários e coordenadas-120304072443-phpapp01.pptaula 1 - linhas imaginários e coordenadas-120304072443-phpapp01.ppt
aula 1 - linhas imaginários e coordenadas-120304072443-phpapp01.ppt
 
Cartografia
CartografiaCartografia
Cartografia
 
6º ano (caps. 4 e 5)
6º ano (caps. 4 e 5)6º ano (caps. 4 e 5)
6º ano (caps. 4 e 5)
 
aula 1 - paralelosmeridianosemovimentosdaterra-120304072443-phpapp01.pdf
aula 1 - paralelosmeridianosemovimentosdaterra-120304072443-phpapp01.pdfaula 1 - paralelosmeridianosemovimentosdaterra-120304072443-phpapp01.pdf
aula 1 - paralelosmeridianosemovimentosdaterra-120304072443-phpapp01.pdf
 
Cartografia, latitudes, longitudes, Movimentos da Terra
Cartografia, latitudes, longitudes, Movimentos da TerraCartografia, latitudes, longitudes, Movimentos da Terra
Cartografia, latitudes, longitudes, Movimentos da Terra
 
Cartografia 2013
Cartografia 2013Cartografia 2013
Cartografia 2013
 
Navegação aérea vfr
Navegação aérea vfrNavegação aérea vfr
Navegação aérea vfr
 
Ser geografo
Ser geografoSer geografo
Ser geografo
 

Mais de ricardoeval

Plano de ação
Plano de açãoPlano de ação
Plano de ação
ricardoeval
 
Módulo 12 plano de ação
Módulo 12  plano de açãoMódulo 12  plano de ação
Módulo 12 plano de ação
ricardoeval
 
Módulo 12 plano de ação
Módulo 12  plano de açãoMódulo 12  plano de ação
Módulo 12 plano de ação
ricardoeval
 
Módulo 7 atividade eletiva - aula expositiva multimídia
Módulo 7   atividade eletiva - aula expositiva multimídiaMódulo 7   atividade eletiva - aula expositiva multimídia
Módulo 7 atividade eletiva - aula expositiva multimídia
ricardoeval
 
Módulo 7 atividade eletiva - aula expositiva multimídia
Módulo 7   atividade eletiva - aula expositiva multimídiaMódulo 7   atividade eletiva - aula expositiva multimídia
Módulo 7 atividade eletiva - aula expositiva multimídia
ricardoeval
 
Módulo 7 atividade eletiva - aula expositiva multimídia
Módulo 7   atividade eletiva - aula expositiva multimídiaMódulo 7   atividade eletiva - aula expositiva multimídia
Módulo 7 atividade eletiva - aula expositiva multimídia
ricardoeval
 
Módulo 7 atividade eletiva - aula expositiva multimídia
Módulo 7   atividade eletiva - aula expositiva multimídiaMódulo 7   atividade eletiva - aula expositiva multimídia
Módulo 7 atividade eletiva - aula expositiva multimídia
ricardoeval
 
Módulo 7 apresentação do programa anual
Módulo 7  apresentação do programa anualMódulo 7  apresentação do programa anual
Módulo 7 apresentação do programa anual
ricardoeval
 

Mais de ricardoeval (8)

Plano de ação
Plano de açãoPlano de ação
Plano de ação
 
Módulo 12 plano de ação
Módulo 12  plano de açãoMódulo 12  plano de ação
Módulo 12 plano de ação
 
Módulo 12 plano de ação
Módulo 12  plano de açãoMódulo 12  plano de ação
Módulo 12 plano de ação
 
Módulo 7 atividade eletiva - aula expositiva multimídia
Módulo 7   atividade eletiva - aula expositiva multimídiaMódulo 7   atividade eletiva - aula expositiva multimídia
Módulo 7 atividade eletiva - aula expositiva multimídia
 
Módulo 7 atividade eletiva - aula expositiva multimídia
Módulo 7   atividade eletiva - aula expositiva multimídiaMódulo 7   atividade eletiva - aula expositiva multimídia
Módulo 7 atividade eletiva - aula expositiva multimídia
 
Módulo 7 atividade eletiva - aula expositiva multimídia
Módulo 7   atividade eletiva - aula expositiva multimídiaMódulo 7   atividade eletiva - aula expositiva multimídia
Módulo 7 atividade eletiva - aula expositiva multimídia
 
Módulo 7 atividade eletiva - aula expositiva multimídia
Módulo 7   atividade eletiva - aula expositiva multimídiaMódulo 7   atividade eletiva - aula expositiva multimídia
Módulo 7 atividade eletiva - aula expositiva multimídia
 
Módulo 7 apresentação do programa anual
Módulo 7  apresentação do programa anualMódulo 7  apresentação do programa anual
Módulo 7 apresentação do programa anual
 

Projeto cartografia ceesub

  • 2. Cartografia - é a arte, a ciência e a técnica de se construir mapas e outras representações da superfície terrestre.
  • 3. Para representar a superfície terrestre podemos utilizar diversos processos, entre os quais: Imagens de Satélites
  • 7. Elementos essenciais num mapa:  Título;  Orientação;  Escala;  Legenda.
  • 8. Título: Indica o assunto tratado no mapa. PLANISFÉRIO: CONTINENTES
  • 9. Orientação: Indica o Norte Geográfico SO SE
  • 10. Escala:Indica o número de vezes que a realidade foi reduzida. mapas de grande escala - representam pequenas áreas, realidade pouco reduzida, com bastantes pormenores;  mapas de pequena escala - representam a realidade muito reduzida, grandes superfícies, sem pormenores.
  • 11. Legenda: Dá o significado de todos os sinais representados nos mapas Brasil: Energia Legenda
  • 12. Podemos classificar os Mapas de acordo com vários critérios. Mapas:  físicos – representam fenômenos naturais, como formas de relevo e formações vegetais da Terra. Planisfério: Clima
  • 13. Brasil: Relevo Mapas Físicos: Brasil: Bacias Hidrográficas
  • 14. Mapas Políticos - representam países e suas fronteiras, regiões administrativas, como estados, cidades. Brasil: Político São Paulo: Político
  • 15. Mapas temáticos Mapas Econômicos - registram fenômenos relacionados com a Economia Brasil: Indústrias
  • 17. Brasil: Uso da terra Mapa Econômico
  • 18. Mapas Demográficos - representam fenômenos relacionados com a população, como a sua distribuição. Brasil: Densidade Demográfica
  • 19. Há, ainda, plantas que representam pequenas áreas da superfície terrestre, é o caso da planta de uma cidade ou de um dos seus bairros, com uma cartografia muito pormenorizada.
  • 21. Pontos de orientação: Sol: surge num determinado ponto do horizonte, e desaparece num outro ponto. Estes pontos correspondem ao seu nascimento e aoseu poente, indicando- nos os pontos cardeais Leste (L) e oeste (O). Se, perpendicularmente a esta, considerarmos outra linha, definimos os pontos cardeais norte(N) e sul (S).
  • 22. ROSA-DOS-VENTOS: A utilização dos diversos rumos da rosa-dos- ventos permite localizar qualquer lugar em função daquele em que nos encontramos, e também de relacionar entre si diversos lugares na superfície terrestre.
  • 24. A rosa-dos-ventos é constituída por quatro pontos cardeais, quatro pontos colaterais e por oito pontos intermédios.         Pontos Intermédios  Pontos Cardeais Pontos NNE - Nor-Nordeste N - Norte ou Setentrião Colaterais ENE -És-Nordeste S - Sul ou Meridião NE - Nordeste ou ESE - És-Sudeste E – Este ou Oriente; Leste; Noreste SSE - Su-Sudeste Nascente SE - Sudeste ou SSO -Su-Sudoeste O - Oeste ou Poente; Sueste OSO -Oés-Sudoeste Ocidente; Ocaso SO - Sudoeste ONO -Oés-Noroeste   NO - Noroeste NNO - Nor-Noroeste      
  • 25. A Ursa Maior é uma das constelações que mais facilmente se identifica no céu. Se traçarmos uma linha imaginária que passe pelas duas «Guardas» da Ursa Maior, e a prolongarmos 5 vezes a distância entre elas, iremos encontrar a Estrela Polar, que nos indica o Norte.
  • 27. BÚSSOLA: possui uma agulha magnética que nos indica o Norte Magnético.
  • 28. A direção do norte magnético e do norte geográfico fazem um ângulo denominado declinação magnética.
  • 29. Como localizar com precisão um lugar na superfície terrestre? Através do SISTEMA INTERNACIONAL DE REFERÊNCIA Rede geográfica constituída por paralelos e meridianos. E linhas de referência, o Equador e o Meridiano de Greenwich. Com a rede cartográfica, podemos então determinar as COORDENADAS GEOGRÁFICAS
  • 30. COORDENADAS GEOGRÁFICAS Latitude: Distância angular entre o Equador e o lugar. Varia entre 0º no equador e 90ºN e 90ºS nos pólos.
  • 32. COORDENADAS GEOGRÁFICAS Longitude: Distância angular entre o meridiano de Greenwich e o lugar. Varia entre oº e 180º para Este ou para Oeste do semi-meridiano de referência.
  • 34. Com as coordenadas geográficas podemos localizar todos os lugares no mundo com exatidão! É o sistema usado pelo GPS (Global Position System), que cruza a latitude com a longitude.
  • 35. Planisfério: Coordenadas Geográficas Linha do Equador Meridiano de Greenwich
  • 37. Coordenadas Geográficas: Outras Aplicações A latitude ajuda a explicar as diferenças de temperatura na Terra, Embora outros fatores também interfiram. De modo geral as temperaturas aumentam dos pólos para o Equador.
  • 38. Os paralelos delimitam as zonas climáticas da Terra: • Tropical ou Intertropical: entre os trópicos de Câncer (23º27’N) e de Capricórnio (23º27’S). Zona mais quente e mais iluminada da Terra. ( • Temperadas : entre o trópico de Câncer e o círculo polar Ártico e entre o trópico de Capricórnio e o círculo polar Antártico. • Polares ou Glaciais: ao norte do círculo polar Ártico (66º33’N) e ao sul do círculo polar Antártico (66º33’S). Zonas mais frias e mais escuras da Terra.
  • 39. E a longitude é essencial para saber as diferenças de horário de um lugar para outro na Terra. Essas diferenças dependem da localização do lugar em relação ao meridiano de Greenwich, são os fusos horários.
  • 40. Fusos Horários Cada fuso horário corresponde a 15 meridianos (15º equivalem a 1 hora). A hora oficial do mundo, é a do Meridiano de Greenwich (longitude 0º), que passa por Londres. A hora aumenta no sentido leste e diminui no sentido oeste.
  • 42. Fusos Horários do Brasil Em virtude da sua grande extensão longitudinal (leste-oeste), o Brasil possuía quatro fusos horários, até abril deste ano, agora são só três.
  • 44. Atividades: 1- Se em São Paulo são 8h que horas serão em Nova York? 2- Saindo do Rio de Janeiro às 6h da manhã que horas chegaremos à Paris, sabendo que o vôo demora 12h?
  • 45. África do Sul – Copa 2010 Quando nenhum dos dois países está com horário de verão em vigor, a África do Sul está cinco horas à frente do horário brasileiro. Levando-se em conta Brasília e Pretória, capital administrativa sul-africana, quando no Brasil são 9h, lá são 14h.
  • 46. Atividade – Jogos da Copa Observe a tabela com o jogos do Grupo G: Horário dos Datas jogos (Horário Os Jogos de Brasília) 15/06/2010 11h00 Costa do Marfim x Portugal 15/06/2010 15h30 Brasil x Coreia do Norte 20/06/2010 15h30 Brasil x Costa do Marfim 21/06/2010 8h30 Portugal x Coreia do Norte 25/06/2010 11h00 Brasil x Portugal 25/06/2010 11h00 Coreia do Norte x Costa do Marfim Sabendo que os horários dos jogos na tabela, estão pelo Horário de Brasília, calcule qual serão os horários dos jogos na África do Sul.
  • 47. FI M