SlideShare uma empresa Scribd logo
Um centro de Treinamento Esportivo para a
juventude vulnerável em comunidades
carentes: protegendo os jovens através do
esporte, nutrição e redes sociais saudáveis.

Dra. Marília Coutinho
1.
2.
3.

4.
5.
6.

introduzir princípios de estilos de vida saudáveis nos
jovens através de estímulos positivos;
Engaja-los em atividades disciplinadas e orientadas
por objetivos;
melhorar a auto-estima dos jovens através do apoio do
técnico e colegas de equipe, bem como através da
recompensa competitiva;
Afastar os jovens de ambientes perigosos;
construir redes sociais de apoio;
estimular o comprometimento com a continuação da
educação formal.
Metas – auto-estima – recompensa tardia – afastamento de
situações de risco
Orientação por
TAREFA ou META

Orientação por
RELACIONAMENTO

Comunidades
de aprendizado
Redes de
afinidade

Comunidades de
projeto
Comunidades
de prática
Alimentação saudável

Melhora da performance esportiva e
intelectual

Disciplina

Treinamento requer planejamento
de longo prazo e adesão a um
programa organizado
(periodização)

Restrição à utilização de drogas
recreativas

Interferem na performance
esportiva

Atividade física organizada

O treinamento requer
condicionamento físico geral (GPC)





Estabelecendo metas
Resistência à frustração
Adesão a programas com recompensa tardia
Priorização de atividades em função de
objetivos hierarquizados










Efeito negativo dos valores dominantes da sociedade
majoritária (baixa auto-estima por exclusão social)
Pressão do entorno, especialmente sobre as jovens
mulheres (preconceitos de raça e gênero)
Melhora da auto-estima num ambiente impermeável a
preconceitos de raça e gênero
Construção de uma auto-imagem positiva pelo mérito
esportivo
Construção de uma auto-imagem positiva pelo papel
no grupo (funções de apoio técnico e organizativo)
A disciplina do treinamento requer períodos de
repouso que conflitam com a presença dos
jovens em ambientes de risco no período
noturno;
A rede social e vínculos entre os atletas
enfraquecem as relações com a delinquência e a
exposição dos jovens aos ambientes de risco de
vitimização e envolvimento com atividades
ilícitas


Conceito de EQUIPE esportiva





Apoio entre “irmãos” de equipe
Papel e compromisso dos irmãos
Hierarquia e disciplina na relação com o técnico
Envolvimento das famílias







Compromisso exigido no engajamento ao
programa
Necessidade estimulada pelas explicações de
natureza técnica (fisiologia do exercício,
conceitos em nutrição, exposição a textos,
formação de árbitros)
Necessidade de dominar cálculos mentais
rápidos para elaboração de estratégias
competitivas
Expansão do conceito de mérito (efeito de
transferência)




Maior incidência de vitimização por crime
entre jovens de 15 a 25 anos, homens e
negros/mestiços
Crime organizado nas favela
Conjuntura criminal - tudo sobre crime e
violência – Gláucio A.D. Soares






Estudos apontam o papel determinante das
redes sociais nas favelas na proteção contra os
riscos de vitimização, desemprego e outras
situações de vulnerabilidade social
Estudos até agora feitos com redes sociais
formadas por igrejas
Ausência de estudos com redes de outras
naturezas
1.
2.
3.
4.
5.
6.

Sistema de identificação de talentos
Monitoramento e controle da adesão
Compromissos dos atletas
Sistema de treinamento
Educação para hábitos de vida saudáveis
Efeito multiplicativo das ações para a saúde
sobre a comunidade







Atração de jovens para o centro de treinamento
e monitoramento precoce do potencial
esportivo;
Testes sistemáticos de desempenho
Avaliação física periódica
Recrutamento precoce para competições
regionais para verificação de desempenho (o
calendário competitivo do powerlifting é
denso)
EQUIPE

Campeonatos de maior
alcance

Treino

Reserva da Equipe

Campeonatos de maior
alcance

Treino

Reserva de Talentos Selecionada

Teste de adaptação:
campeonatos regionais

Prospecção:
observação em treino,
testes

PRATICANTES EM OBSERVAÇÃO




Atletas são cadastrados detalhadamente
A frequência aos treinos é controlada
A evolução no treinamento é registrada e
documentada





Frequência aos treinos
Obediência ao programa prescrito
Frequência à escola e desempenho acadêmico
Alimentação adequada no limite do possível
para cada família






Cada atleta é detalhadamente avaliado e um
programa geral de condicionamento é
prescrito;
Conforme aptidões identificadas, um
calendário individual de competições é
estabelecido;
Um treinamento periodizado para as
competições é elaborado e prescrito



Instrução informal no dia-a-dia
Reuniões periódicas com toda a equipe para
discussão de questões relativas a treinamento,
repouso e dieta
1.

2.

3.

Produção de material impresso sobre nutrição
e atividade física para as famílias expandidas
dos atletas;
Palestras e atividades organizadas pelo
programa para a comunidade, através de
parceria com a escola pública vizinha
Contato permanente e orientação aos pais dos
atletas quanto à nutrição e disciplina dos
mesmos, o que se reproduz na dinâmica
familiar
Efeito multiplicativo





Alimentação dos atletas
Suplementação esportiva
Infra-estrutura: aquisição de instalação física
Equipamentos




Necessidades e estratégias de obtenção de
informação sobre atividade física e nutrição nas
comunidades entre praticantes e nãopraticantes de atividade física – identificação
de demandas e produtos
Perfil do consumidor de serviços em atividade
física nas comunidades






Bolsas para auxiliares de pesquisa (estudantes
de graduação)
Verba para aquisição de equipamentos (dois
notebooks, um gravador e uma câmera digital)
Verba para transcrição de entrevistas



Suplementação proteica – whey protein
Reposição de carboidrato de alto índice
glicêmico
Número de
atletas
10

Gramas de
whey por dia
90

Total mensal

10

60

12000

10

30

6000

18000

36000
Número de
atletas
10

Gramas por dia Total mensal

120

24000

10

90

18000

10

45

9000
51000







Os suplementos do Programa ficam estocados
na sede;
Cada atleta receberá tickets para consumo de
doses de cada suplemento conforme o
estipulado para suas necessidades;
Com estes tickets, o atleta receberá o
suplemento DENTRO da sede do programa,
para ser consumido imediatamente.
Isso dá à organização do Programa um controle
maior da suplementação efetiva dos atletas
pela, bem como garante aos patrocinadores que
suas doações não serão comercializadas.
Programa Social "Comunidade Power"

Mais conteúdo relacionado

Destaque

Treinamento e aperfeiçoamento das capacidades físicas
Treinamento e aperfeiçoamento das capacidades físicasTreinamento e aperfeiçoamento das capacidades físicas
Treinamento e aperfeiçoamento das capacidades físicas
Rafael Laurindo
 
Apresentação iniciação esportiva pablo novo - bartholo
Apresentação   iniciação esportiva pablo novo - bartholoApresentação   iniciação esportiva pablo novo - bartholo
Apresentação iniciação esportiva pablo novo - bartholo
pstec25
 
Avaliação física
Avaliação físicaAvaliação física
Avaliação física
Washington Vieira
 
Protocolo de avaliação da resistência muscular localizada de membros superiores
Protocolo de avaliação da resistência muscular localizada de membros superioresProtocolo de avaliação da resistência muscular localizada de membros superiores
Protocolo de avaliação da resistência muscular localizada de membros superiores
Fernando Valentim
 
Adaptações musculares ao treinamento
Adaptações musculares ao treinamentoAdaptações musculares ao treinamento
Adaptações musculares ao treinamento
washington carlos vieira
 
As inteligências múltiplas
As inteligências múltiplasAs inteligências múltiplas
As inteligências múltiplas
Miguel Loureiro
 
A importancia da_tecnica_de_corrida
A importancia da_tecnica_de_corridaA importancia da_tecnica_de_corrida
A importancia da_tecnica_de_corrida
Danielly Santos
 
Organograma do departamento de futebol
Organograma do departamento de futebolOrganograma do departamento de futebol
Organograma do departamento de futebol
Rodrigo Saffi Mello
 
Noções de Atividade Física e Treinamento para Grupos Especiais
Noções de Atividade Física e Treinamento para Grupos Especiais Noções de Atividade Física e Treinamento para Grupos Especiais
Noções de Atividade Física e Treinamento para Grupos Especiais
Evelyn Feitosa
 
Pedro Ferrer - Metodologia para o treino de guarda-redes.
Pedro Ferrer - Metodologia para o treino de guarda-redes.Pedro Ferrer - Metodologia para o treino de guarda-redes.
Pedro Ferrer - Metodologia para o treino de guarda-redes.
Pedro Ferrer
 
Avaliação da resistência lática
Avaliação da resistência láticaAvaliação da resistência lática
Avaliação da resistência lática
Paulo Pinheiro
 
Comportamento das Capacidades Físicas
Comportamento das Capacidades FísicasComportamento das Capacidades Físicas
Comportamento das Capacidades Físicas
Rodrigo Saffi Mello
 
Avaliação neuromotora
Avaliação  neuromotoraAvaliação  neuromotora
Avaliação neuromotora
Sandra Cristina Ramos
 
Hipertrofia muscular alimentos e suplementos
Hipertrofia muscular   alimentos e suplementosHipertrofia muscular   alimentos e suplementos
Hipertrofia muscular alimentos e suplementos
Aricia Motta Arantes Lustosa
 
O sistema muscular (1)
O sistema muscular (1)O sistema muscular (1)
O sistema muscular (1)
Alexsandro Ribeiro
 
E-book - Futebol: Bases Científicas da Preparação de Força (ISBN: 978-85-9203...
E-book - Futebol: Bases Científicas da Preparação de Força (ISBN: 978-85-9203...E-book - Futebol: Bases Científicas da Preparação de Força (ISBN: 978-85-9203...
E-book - Futebol: Bases Científicas da Preparação de Força (ISBN: 978-85-9203...
Adriano Vretaros
 
Adaptações musculares esqueléticas ao treinamento de força
Adaptações musculares esqueléticas ao treinamento de forçaAdaptações musculares esqueléticas ao treinamento de força
Adaptações musculares esqueléticas ao treinamento de força
Aline Villa Nova Bacurau
 
148203083 musculacao-biomecanica-e-treinamento
148203083 musculacao-biomecanica-e-treinamento148203083 musculacao-biomecanica-e-treinamento
148203083 musculacao-biomecanica-e-treinamento
Edivaldo Santos Lima
 
Alfabetização Tática do jovem futebolista
Alfabetização Tática do jovem futebolistaAlfabetização Tática do jovem futebolista
Alfabetização Tática do jovem futebolista
Paulo Sousa
 
treinamento neuromuscular
treinamento neuromusculartreinamento neuromuscular
treinamento neuromuscular
Claudio Pereira
 

Destaque (20)

Treinamento e aperfeiçoamento das capacidades físicas
Treinamento e aperfeiçoamento das capacidades físicasTreinamento e aperfeiçoamento das capacidades físicas
Treinamento e aperfeiçoamento das capacidades físicas
 
Apresentação iniciação esportiva pablo novo - bartholo
Apresentação   iniciação esportiva pablo novo - bartholoApresentação   iniciação esportiva pablo novo - bartholo
Apresentação iniciação esportiva pablo novo - bartholo
 
Avaliação física
Avaliação físicaAvaliação física
Avaliação física
 
Protocolo de avaliação da resistência muscular localizada de membros superiores
Protocolo de avaliação da resistência muscular localizada de membros superioresProtocolo de avaliação da resistência muscular localizada de membros superiores
Protocolo de avaliação da resistência muscular localizada de membros superiores
 
Adaptações musculares ao treinamento
Adaptações musculares ao treinamentoAdaptações musculares ao treinamento
Adaptações musculares ao treinamento
 
As inteligências múltiplas
As inteligências múltiplasAs inteligências múltiplas
As inteligências múltiplas
 
A importancia da_tecnica_de_corrida
A importancia da_tecnica_de_corridaA importancia da_tecnica_de_corrida
A importancia da_tecnica_de_corrida
 
Organograma do departamento de futebol
Organograma do departamento de futebolOrganograma do departamento de futebol
Organograma do departamento de futebol
 
Noções de Atividade Física e Treinamento para Grupos Especiais
Noções de Atividade Física e Treinamento para Grupos Especiais Noções de Atividade Física e Treinamento para Grupos Especiais
Noções de Atividade Física e Treinamento para Grupos Especiais
 
Pedro Ferrer - Metodologia para o treino de guarda-redes.
Pedro Ferrer - Metodologia para o treino de guarda-redes.Pedro Ferrer - Metodologia para o treino de guarda-redes.
Pedro Ferrer - Metodologia para o treino de guarda-redes.
 
Avaliação da resistência lática
Avaliação da resistência láticaAvaliação da resistência lática
Avaliação da resistência lática
 
Comportamento das Capacidades Físicas
Comportamento das Capacidades FísicasComportamento das Capacidades Físicas
Comportamento das Capacidades Físicas
 
Avaliação neuromotora
Avaliação  neuromotoraAvaliação  neuromotora
Avaliação neuromotora
 
Hipertrofia muscular alimentos e suplementos
Hipertrofia muscular   alimentos e suplementosHipertrofia muscular   alimentos e suplementos
Hipertrofia muscular alimentos e suplementos
 
O sistema muscular (1)
O sistema muscular (1)O sistema muscular (1)
O sistema muscular (1)
 
E-book - Futebol: Bases Científicas da Preparação de Força (ISBN: 978-85-9203...
E-book - Futebol: Bases Científicas da Preparação de Força (ISBN: 978-85-9203...E-book - Futebol: Bases Científicas da Preparação de Força (ISBN: 978-85-9203...
E-book - Futebol: Bases Científicas da Preparação de Força (ISBN: 978-85-9203...
 
Adaptações musculares esqueléticas ao treinamento de força
Adaptações musculares esqueléticas ao treinamento de forçaAdaptações musculares esqueléticas ao treinamento de força
Adaptações musculares esqueléticas ao treinamento de força
 
148203083 musculacao-biomecanica-e-treinamento
148203083 musculacao-biomecanica-e-treinamento148203083 musculacao-biomecanica-e-treinamento
148203083 musculacao-biomecanica-e-treinamento
 
Alfabetização Tática do jovem futebolista
Alfabetização Tática do jovem futebolistaAlfabetização Tática do jovem futebolista
Alfabetização Tática do jovem futebolista
 
treinamento neuromuscular
treinamento neuromusculartreinamento neuromuscular
treinamento neuromuscular
 

Semelhante a Programa Social "Comunidade Power"

2º ano a fátima-artes-2ºsemestre
2º ano a fátima-artes-2ºsemestre2º ano a fátima-artes-2ºsemestre
2º ano a fátima-artes-2ºsemestre
Fatima Moraes
 
Treinador de jovens
Treinador de jovensTreinador de jovens
Treinador de jovens
Joao Silvano
 
1º anos a, b fátima-ef-2ºsemestre
1º anos a, b fátima-ef-2ºsemestre1º anos a, b fátima-ef-2ºsemestre
1º anos a, b fátima-ef-2ºsemestre
Fatima Moraes
 
Projeto politicas(2)
Projeto politicas(2)Projeto politicas(2)
Projeto politicas(2)
LJeu
 
BI do projeto pessoal em SIJ
BI do projeto pessoal em SIJBI do projeto pessoal em SIJ
BI do projeto pessoal em SIJ
darlima
 
Samuel_Programa_atividade_fisica
Samuel_Programa_atividade_fisicaSamuel_Programa_atividade_fisica
Samuel_Programa_atividade_fisica
comunidadedepraticas
 
Importância da tecnologia no acompanhamento das atividades dos alunos de acad...
Importância da tecnologia no acompanhamento das atividades dos alunos de acad...Importância da tecnologia no acompanhamento das atividades dos alunos de acad...
Importância da tecnologia no acompanhamento das atividades dos alunos de acad...
Alexandre Bento
 
8º ano a fátima-ef-2ºsemestre
8º ano a fátima-ef-2ºsemestre8º ano a fátima-ef-2ºsemestre
8º ano a fátima-ef-2ºsemestre
Fatima Moraes
 
Saude13 atividade fisica-para_idosos
Saude13 atividade fisica-para_idososSaude13 atividade fisica-para_idosos
Saude13 atividade fisica-para_idosos
Joaõ Martinho
 
Livro recomendacoes confef atenção básica
Livro recomendacoes confef atenção básicaLivro recomendacoes confef atenção básica
Livro recomendacoes confef atenção básica
jorge luiz dos santos de souza
 
2696d57c6963cd2f1861fb2842785596
2696d57c6963cd2f1861fb28427855962696d57c6963cd2f1861fb2842785596
2696d57c6963cd2f1861fb2842785596
Eva Jakubovisc
 
Dos questionários de atividade física ao método da escuta: para além da críti...
Dos questionários de atividade física ao método da escuta: para além da críti...Dos questionários de atividade física ao método da escuta: para além da críti...
Dos questionários de atividade física ao método da escuta: para além da críti...
Rodrigo Hisgail de Almeida Nogueira
 

Semelhante a Programa Social "Comunidade Power" (12)

2º ano a fátima-artes-2ºsemestre
2º ano a fátima-artes-2ºsemestre2º ano a fátima-artes-2ºsemestre
2º ano a fátima-artes-2ºsemestre
 
Treinador de jovens
Treinador de jovensTreinador de jovens
Treinador de jovens
 
1º anos a, b fátima-ef-2ºsemestre
1º anos a, b fátima-ef-2ºsemestre1º anos a, b fátima-ef-2ºsemestre
1º anos a, b fátima-ef-2ºsemestre
 
Projeto politicas(2)
Projeto politicas(2)Projeto politicas(2)
Projeto politicas(2)
 
BI do projeto pessoal em SIJ
BI do projeto pessoal em SIJBI do projeto pessoal em SIJ
BI do projeto pessoal em SIJ
 
Samuel_Programa_atividade_fisica
Samuel_Programa_atividade_fisicaSamuel_Programa_atividade_fisica
Samuel_Programa_atividade_fisica
 
Importância da tecnologia no acompanhamento das atividades dos alunos de acad...
Importância da tecnologia no acompanhamento das atividades dos alunos de acad...Importância da tecnologia no acompanhamento das atividades dos alunos de acad...
Importância da tecnologia no acompanhamento das atividades dos alunos de acad...
 
8º ano a fátima-ef-2ºsemestre
8º ano a fátima-ef-2ºsemestre8º ano a fátima-ef-2ºsemestre
8º ano a fátima-ef-2ºsemestre
 
Saude13 atividade fisica-para_idosos
Saude13 atividade fisica-para_idososSaude13 atividade fisica-para_idosos
Saude13 atividade fisica-para_idosos
 
Livro recomendacoes confef atenção básica
Livro recomendacoes confef atenção básicaLivro recomendacoes confef atenção básica
Livro recomendacoes confef atenção básica
 
2696d57c6963cd2f1861fb2842785596
2696d57c6963cd2f1861fb28427855962696d57c6963cd2f1861fb2842785596
2696d57c6963cd2f1861fb2842785596
 
Dos questionários de atividade física ao método da escuta: para além da críti...
Dos questionários de atividade física ao método da escuta: para além da críti...Dos questionários de atividade física ao método da escuta: para além da críti...
Dos questionários de atividade física ao método da escuta: para além da críti...
 

Mais de Marilia Coutinho

Comunicacion y bien estar
Comunicacion y bien estarComunicacion y bien estar
Comunicacion y bien estar
Marilia Coutinho
 
Gratitud
GratitudGratitud
Sufrimiento mental
Sufrimiento mentalSufrimiento mental
Sufrimiento mental
Marilia Coutinho
 
Los ciclos viciosos y virtuosos
Los ciclos viciosos y virtuososLos ciclos viciosos y virtuosos
Los ciclos viciosos y virtuosos
Marilia Coutinho
 
Veterans Space
Veterans SpaceVeterans Space
Veterans Space
Marilia Coutinho
 
Stress and Physical Activity
Stress and Physical ActivityStress and Physical Activity
Stress and Physical Activity
Marilia Coutinho
 
RUM Sponsorship Project
RUM Sponsorship ProjectRUM Sponsorship Project
RUM Sponsorship Project
Marilia Coutinho
 
RUM 9 roster - November 10, 2015
RUM 9 roster - November 10, 2015RUM 9 roster - November 10, 2015
RUM 9 roster - November 10, 2015
Marilia Coutinho
 
Coaching your kCoaching your kid: how to manage being a parent and a coach id
Coaching your kCoaching your kid: how to manage being a parent and a coach idCoaching your kCoaching your kid: how to manage being a parent and a coach id
Coaching your kCoaching your kid: how to manage being a parent and a coach id
Marilia Coutinho
 
Coaching your spouse: is it possible?
Coaching your spouse: is it possible?Coaching your spouse: is it possible?
Coaching your spouse: is it possible?
Marilia Coutinho
 
Coaching mom and dad
Coaching mom and dadCoaching mom and dad
Coaching mom and dad
Marilia Coutinho
 
A brainstorm with strong women - docx version
A brainstorm with strong women - docx versionA brainstorm with strong women - docx version
A brainstorm with strong women - docx version
Marilia Coutinho
 
Marilia Coutinho - academic CV
Marilia Coutinho - academic CVMarilia Coutinho - academic CV
Marilia Coutinho - academic CV
Marilia Coutinho
 
Lecture and course subjects - Dr. Marilia Coutinho
Lecture and course subjects - Dr. Marilia CoutinhoLecture and course subjects - Dr. Marilia Coutinho
Lecture and course subjects - Dr. Marilia Coutinho
Marilia Coutinho
 
Marilia Coutinho's sports cv
Marilia Coutinho's sports cvMarilia Coutinho's sports cv
Marilia Coutinho's sports cv
Marilia Coutinho
 
Palestras corporativas - temas e conteúdo
Palestras corporativas - temas e conteúdoPalestras corporativas - temas e conteúdo
Palestras corporativas - temas e conteúdo
Marilia Coutinho
 
Portfolio de atleta: Marilia Coutinho
Portfolio de atleta: Marilia CoutinhoPortfolio de atleta: Marilia Coutinho
Portfolio de atleta: Marilia Coutinho
Marilia Coutinho
 
Formolatria
FormolatriaFormolatria
Formolatria
Marilia Coutinho
 
IPL sanction certificate for the Brazilian National Championship
IPL sanction certificate for the Brazilian National ChampionshipIPL sanction certificate for the Brazilian National Championship
IPL sanction certificate for the Brazilian National Championship
Marilia Coutinho
 
The controversial role of the lifting belt
The controversial role of the lifting beltThe controversial role of the lifting belt
The controversial role of the lifting belt
Marilia Coutinho
 

Mais de Marilia Coutinho (20)

Comunicacion y bien estar
Comunicacion y bien estarComunicacion y bien estar
Comunicacion y bien estar
 
Gratitud
GratitudGratitud
Gratitud
 
Sufrimiento mental
Sufrimiento mentalSufrimiento mental
Sufrimiento mental
 
Los ciclos viciosos y virtuosos
Los ciclos viciosos y virtuososLos ciclos viciosos y virtuosos
Los ciclos viciosos y virtuosos
 
Veterans Space
Veterans SpaceVeterans Space
Veterans Space
 
Stress and Physical Activity
Stress and Physical ActivityStress and Physical Activity
Stress and Physical Activity
 
RUM Sponsorship Project
RUM Sponsorship ProjectRUM Sponsorship Project
RUM Sponsorship Project
 
RUM 9 roster - November 10, 2015
RUM 9 roster - November 10, 2015RUM 9 roster - November 10, 2015
RUM 9 roster - November 10, 2015
 
Coaching your kCoaching your kid: how to manage being a parent and a coach id
Coaching your kCoaching your kid: how to manage being a parent and a coach idCoaching your kCoaching your kid: how to manage being a parent and a coach id
Coaching your kCoaching your kid: how to manage being a parent and a coach id
 
Coaching your spouse: is it possible?
Coaching your spouse: is it possible?Coaching your spouse: is it possible?
Coaching your spouse: is it possible?
 
Coaching mom and dad
Coaching mom and dadCoaching mom and dad
Coaching mom and dad
 
A brainstorm with strong women - docx version
A brainstorm with strong women - docx versionA brainstorm with strong women - docx version
A brainstorm with strong women - docx version
 
Marilia Coutinho - academic CV
Marilia Coutinho - academic CVMarilia Coutinho - academic CV
Marilia Coutinho - academic CV
 
Lecture and course subjects - Dr. Marilia Coutinho
Lecture and course subjects - Dr. Marilia CoutinhoLecture and course subjects - Dr. Marilia Coutinho
Lecture and course subjects - Dr. Marilia Coutinho
 
Marilia Coutinho's sports cv
Marilia Coutinho's sports cvMarilia Coutinho's sports cv
Marilia Coutinho's sports cv
 
Palestras corporativas - temas e conteúdo
Palestras corporativas - temas e conteúdoPalestras corporativas - temas e conteúdo
Palestras corporativas - temas e conteúdo
 
Portfolio de atleta: Marilia Coutinho
Portfolio de atleta: Marilia CoutinhoPortfolio de atleta: Marilia Coutinho
Portfolio de atleta: Marilia Coutinho
 
Formolatria
FormolatriaFormolatria
Formolatria
 
IPL sanction certificate for the Brazilian National Championship
IPL sanction certificate for the Brazilian National ChampionshipIPL sanction certificate for the Brazilian National Championship
IPL sanction certificate for the Brazilian National Championship
 
The controversial role of the lifting belt
The controversial role of the lifting beltThe controversial role of the lifting belt
The controversial role of the lifting belt
 

Programa Social "Comunidade Power"

  • 1. Um centro de Treinamento Esportivo para a juventude vulnerável em comunidades carentes: protegendo os jovens através do esporte, nutrição e redes sociais saudáveis. Dra. Marília Coutinho
  • 2. 1. 2. 3. 4. 5. 6. introduzir princípios de estilos de vida saudáveis nos jovens através de estímulos positivos; Engaja-los em atividades disciplinadas e orientadas por objetivos; melhorar a auto-estima dos jovens através do apoio do técnico e colegas de equipe, bem como através da recompensa competitiva; Afastar os jovens de ambientes perigosos; construir redes sociais de apoio; estimular o comprometimento com a continuação da educação formal.
  • 3. Metas – auto-estima – recompensa tardia – afastamento de situações de risco
  • 4. Orientação por TAREFA ou META Orientação por RELACIONAMENTO Comunidades de aprendizado Redes de afinidade Comunidades de projeto Comunidades de prática
  • 5. Alimentação saudável Melhora da performance esportiva e intelectual Disciplina Treinamento requer planejamento de longo prazo e adesão a um programa organizado (periodização) Restrição à utilização de drogas recreativas Interferem na performance esportiva Atividade física organizada O treinamento requer condicionamento físico geral (GPC)
  • 6.
  • 7.     Estabelecendo metas Resistência à frustração Adesão a programas com recompensa tardia Priorização de atividades em função de objetivos hierarquizados
  • 8.      Efeito negativo dos valores dominantes da sociedade majoritária (baixa auto-estima por exclusão social) Pressão do entorno, especialmente sobre as jovens mulheres (preconceitos de raça e gênero) Melhora da auto-estima num ambiente impermeável a preconceitos de raça e gênero Construção de uma auto-imagem positiva pelo mérito esportivo Construção de uma auto-imagem positiva pelo papel no grupo (funções de apoio técnico e organizativo)
  • 9.
  • 10. A disciplina do treinamento requer períodos de repouso que conflitam com a presença dos jovens em ambientes de risco no período noturno; A rede social e vínculos entre os atletas enfraquecem as relações com a delinquência e a exposição dos jovens aos ambientes de risco de vitimização e envolvimento com atividades ilícitas
  • 11.  Conceito de EQUIPE esportiva     Apoio entre “irmãos” de equipe Papel e compromisso dos irmãos Hierarquia e disciplina na relação com o técnico Envolvimento das famílias
  • 12.
  • 13.     Compromisso exigido no engajamento ao programa Necessidade estimulada pelas explicações de natureza técnica (fisiologia do exercício, conceitos em nutrição, exposição a textos, formação de árbitros) Necessidade de dominar cálculos mentais rápidos para elaboração de estratégias competitivas Expansão do conceito de mérito (efeito de transferência)
  • 14.
  • 15.   Maior incidência de vitimização por crime entre jovens de 15 a 25 anos, homens e negros/mestiços Crime organizado nas favela
  • 16. Conjuntura criminal - tudo sobre crime e violência – Gláucio A.D. Soares
  • 17.    Estudos apontam o papel determinante das redes sociais nas favelas na proteção contra os riscos de vitimização, desemprego e outras situações de vulnerabilidade social Estudos até agora feitos com redes sociais formadas por igrejas Ausência de estudos com redes de outras naturezas
  • 18. 1. 2. 3. 4. 5. 6. Sistema de identificação de talentos Monitoramento e controle da adesão Compromissos dos atletas Sistema de treinamento Educação para hábitos de vida saudáveis Efeito multiplicativo das ações para a saúde sobre a comunidade
  • 19.     Atração de jovens para o centro de treinamento e monitoramento precoce do potencial esportivo; Testes sistemáticos de desempenho Avaliação física periódica Recrutamento precoce para competições regionais para verificação de desempenho (o calendário competitivo do powerlifting é denso)
  • 20. EQUIPE Campeonatos de maior alcance Treino Reserva da Equipe Campeonatos de maior alcance Treino Reserva de Talentos Selecionada Teste de adaptação: campeonatos regionais Prospecção: observação em treino, testes PRATICANTES EM OBSERVAÇÃO
  • 21.    Atletas são cadastrados detalhadamente A frequência aos treinos é controlada A evolução no treinamento é registrada e documentada
  • 22.     Frequência aos treinos Obediência ao programa prescrito Frequência à escola e desempenho acadêmico Alimentação adequada no limite do possível para cada família
  • 23.    Cada atleta é detalhadamente avaliado e um programa geral de condicionamento é prescrito; Conforme aptidões identificadas, um calendário individual de competições é estabelecido; Um treinamento periodizado para as competições é elaborado e prescrito
  • 24.   Instrução informal no dia-a-dia Reuniões periódicas com toda a equipe para discussão de questões relativas a treinamento, repouso e dieta
  • 25. 1. 2. 3. Produção de material impresso sobre nutrição e atividade física para as famílias expandidas dos atletas; Palestras e atividades organizadas pelo programa para a comunidade, através de parceria com a escola pública vizinha Contato permanente e orientação aos pais dos atletas quanto à nutrição e disciplina dos mesmos, o que se reproduz na dinâmica familiar
  • 27.     Alimentação dos atletas Suplementação esportiva Infra-estrutura: aquisição de instalação física Equipamentos
  • 28.   Necessidades e estratégias de obtenção de informação sobre atividade física e nutrição nas comunidades entre praticantes e nãopraticantes de atividade física – identificação de demandas e produtos Perfil do consumidor de serviços em atividade física nas comunidades
  • 29.    Bolsas para auxiliares de pesquisa (estudantes de graduação) Verba para aquisição de equipamentos (dois notebooks, um gravador e uma câmera digital) Verba para transcrição de entrevistas
  • 30.   Suplementação proteica – whey protein Reposição de carboidrato de alto índice glicêmico
  • 31. Número de atletas 10 Gramas de whey por dia 90 Total mensal 10 60 12000 10 30 6000 18000 36000
  • 32. Número de atletas 10 Gramas por dia Total mensal 120 24000 10 90 18000 10 45 9000 51000
  • 33.     Os suplementos do Programa ficam estocados na sede; Cada atleta receberá tickets para consumo de doses de cada suplemento conforme o estipulado para suas necessidades; Com estes tickets, o atleta receberá o suplemento DENTRO da sede do programa, para ser consumido imediatamente. Isso dá à organização do Programa um controle maior da suplementação efetiva dos atletas pela, bem como garante aos patrocinadores que suas doações não serão comercializadas.