SlideShare uma empresa Scribd logo
INCLUSÃO NAS ESCOLAS Por:  Patricia Almada
"Na verdade, o que o homem vê e teme é a sua própria fragilidade perante a vida, a sua própria finitude. O conflito originado do confronto do que ele é com o que ele pode vir a ser provoca no homem toda repulsa em relação à diferença." Marques in MANTOAN (1997, p. 19).
PERSPECTIVA HISTÓRICA Segregação Endemoniados Doentes Loucos Integração Inclusão
Necessidades Educativas Especiais x Necessidades Educacionais Especiais Integrada  x  Integradora  x  Inclusiva TERMINOLOGIA
LEGISLAÇÃO LDBEN 9394/96 Art. 58. Entende-se por educação especial, para os efeitos desta Lei, a modalidade de educação escolar, oferecida preferencialmente na rede regular de ensino, para educandos portadores de necessidades especiais .  ECA  Art. 11 § 1º A criança e o adolescente portadores de deficiência receberão atendimento especializado.
Lei 6571/08 Art. 1 o   A União prestará apoio técnico e financeiro aos sistemas públicos de ensino dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios, com a finalidade de ampliar a oferta do atendimento educacional especializado aos alunos com deficiência, transtornos globais do desenvolvimento e altas habilidades ou superdotação, matriculados na rede pública de ensino regular.  “ § 1º  Considera-se atendimento educacional especializado o conjunto de atividades, recursos de acessibilidade e pedagógicos organizados institucionalmente, prestado de forma complementar ou suplementar à formação dos alunos no ensino regular. § 2 o   O atendimento educacional especializado deve integrar a proposta pedagógica da escola, envolver a participação da família e ser realizado em articulação com as demais políticas públicas.”
FLEXIBILIDADE Art. 2 o    “ São objetivos do atendimento educacional especializado: I - prover condições de acesso, participação e aprendizagem no ensino regular aos alunos referidos no art. 1º; II - garantir a transversalidade das ações da educação especial no ensino regular; III - fomentar o desenvolvimento de recursos didáticos e pedagógicos que eliminem as barreiras no processo de ensino e aprendizagem; e IV - assegurar condições para a continuidade de estudos nos demais níveis de ensino.”
ART. 3 § 1 o   As salas de recursos multifuncionais são ambientes dotados de equipamentos, mobiliários e materiais didáticos e pedagógicos para a oferta do atendimento educacional especializado. § 2 o   A produção e distribuição de recursos educacionais para a acessibilidade incluem  livros didáticos e paradidáticos em braile, áudio e Língua Brasileira de Sinais - LIBRAS, laptops com sintetizador de voz, softwares para comunicação alternativa e outras ajudas técnicas que possibilitam o  acesso ao currículo. § 3 o   Os núcleos de acessibilidade nas instituições federais de educação superior visam eliminar barreiras físicas, de comunicação e de informação que restringem a participação e o desenvolvimento acadêmico e social de alunos com deficiência.
A chegada do aluno na UE Adaptação Observação/sondagem Atendimento Intervenções
As modalidades da Ed. Especial Classe Especial Sala de Recursos Ensino Domiciliar Classe Hospitalar Escola profissionalizante
ASPECTO PEDAGÓGICO Todos os alunos, em determinado momento de sua vida escolar, podem apresentar necessidades educacionais, e seus professores, em geral, conhecem diferentes estratégias para dar respostas a elas. No entanto, existem necessidades educacionais que requerem, da escola, uma série de recursos e apoios de caráter mais especializado, que proporcionem ao aluno meios para acesso ao currículo. Essas são as chamadas  necessidades educacionais especiai s.
"Se uma pessoa não pode aprender da maneira que lhe é ensinada, é melhor ensiná-la da maneira que possa aprender.”    Mario Welchmann
Alexander Graham Bell Bell é conhecido e considerado historicamente como o inventor do telefone.
Lou Ferrigno  Ator  estadunidense e um fisiculturista. Ficou mundialmente famoso por participar da série de TV O Incrível Hulk.
Nelson Ned d'Ávila Pinto   Cantor e compositor de apenas 1,12m de altura, ele superou todas as limitações e alcançou uma posição no show business internacional que poucos seres humanos, com condições físicas normais, conseguiram atingir.
Ludwig Van Beethoven  O fato foi que nem mesmo a surdez impediu Beethoven  de se tornar um dos maiores compositores consagrados da história.
Thomas Edison   Entre as suas contribuições mais universais para o desenvolvimento tecnológico e científico encontra-se a lâmpada elétrica incandescente.
ALEJADINHO Antônio Francisco Lisboa, tinha esse apelido devido a uma doença degenerativa que provoca a perda dos membros – discute-se se sífilis, lepra, tromboangeíte obliterante ou ulceração gangrenosa das mãos e dos pés.
ROBERTO CARLOS BRAGA Aos seis anos de idade foi atropelado por uma locomotiva a vapor e sua perna direita teve de ser amputada até pouco abaixo do joelho .
Georgette Vidor  Treinadora de ginástica olímpica e ex-deputada federal, sofreu um acidente que a tornou paraplégica.
Andrea Bocelli  Tenor, compositor e produtor musical italiano. Ganhador de cinco BRIT Awards, três GRAMMYS e gravou quatro óperas completas (La bohéme, ll trovatore, Werther, Tosca), além de vários álbuns clássicos e populares.
SALA DE RECURSOS
ACESSIBILIDADE
INFORMÁTICA EDUCATIVA
PARCERIA
AFETIVIDADE
PATRICIA ALMADA  [email_address] Tel.21 9943-8843

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Inclusão na Educação Infantil
Inclusão na Educação InfantilInclusão na Educação Infantil
Inclusão na Educação Infantil
Lucas Silva
 
Educação Inclusiva
Educação Inclusiva Educação Inclusiva
Educação Inclusiva
Heilane Santos
 
AEE - ATENDIMENTO EDUCACIONAL ESPECIALIZADO
AEE - ATENDIMENTO EDUCACIONAL ESPECIALIZADOAEE - ATENDIMENTO EDUCACIONAL ESPECIALIZADO
AEE - ATENDIMENTO EDUCACIONAL ESPECIALIZADO
Danielle Souza
 
Slides educacao inclusiva-e_educacao_especial
Slides educacao inclusiva-e_educacao_especialSlides educacao inclusiva-e_educacao_especial
Slides educacao inclusiva-e_educacao_especial
Dirce Cristiane Camilotti
 
A Escola na Perspectiva da Educação Inclusiva construção do projeto pedagógic...
A Escola na Perspectiva da Educação Inclusiva construção do projeto pedagógic...A Escola na Perspectiva da Educação Inclusiva construção do projeto pedagógic...
A Escola na Perspectiva da Educação Inclusiva construção do projeto pedagógic...
Instituto Consciência GO
 
O papel do professor frente à inclusão de crianças com autismo
O papel do professor frente à inclusão de crianças com autismoO papel do professor frente à inclusão de crianças com autismo
O papel do professor frente à inclusão de crianças com autismo
Amanda Barbosa
 
Educação inclusiva
Educação inclusivaEducação inclusiva
Educação inclusiva
Almeida Emilene Santos
 
1 - Escola inclusiva
1 - Escola inclusiva1 - Escola inclusiva
1 - Escola inclusiva
psicologiaestoi
 
Histórico da Educação Especial
Histórico da Educação EspecialHistórico da Educação Especial
Histórico da Educação Especial
Vera Zacharias
 
Palestra emanoele inclusão ou integração
Palestra emanoele   inclusão ou integraçãoPalestra emanoele   inclusão ou integração
Palestra emanoele inclusão ou integração
Emanoele freitas
 
Educação Especial em uma perspectiva inclusiva.
Educação Especial em uma perspectiva inclusiva.Educação Especial em uma perspectiva inclusiva.
Educação Especial em uma perspectiva inclusiva.
katiaregyna
 
Capacitação de educadores e cuidadores Educação Inclusiva
Capacitação de educadores e cuidadores Educação InclusivaCapacitação de educadores e cuidadores Educação Inclusiva
Capacitação de educadores e cuidadores Educação Inclusiva
Secretaria de Educação e Cultura - SEMEC aAcari
 
Política nacional de educação especial na perspectiva da educação inclusiva
Política nacional  de educação especial  na perspectiva da educação inclusivaPolítica nacional  de educação especial  na perspectiva da educação inclusiva
Política nacional de educação especial na perspectiva da educação inclusiva
ceciliaconserva
 
Aula 2 e 3
Aula 2 e 3Aula 2 e 3
Aula 2 e 3
Gleisser
 
Palestra sobre diversidade e educação
Palestra sobre diversidade e educaçãoPalestra sobre diversidade e educação
Palestra sobre diversidade e educação
Junior Lima
 
Inclusão escolar fundamentos
Inclusão escolar fundamentosInclusão escolar fundamentos
Inclusão escolar fundamentos
Thiago Tavares
 
Slides Semana do Deficiênte intelectual e múltiplo
Slides Semana do Deficiênte intelectual e múltiploSlides Semana do Deficiênte intelectual e múltiplo
Slides Semana do Deficiênte intelectual e múltiplo
Compede
 
Princípios da educação inclusiva
Princípios da educação inclusivaPrincípios da educação inclusiva
Princípios da educação inclusiva
mainamgar
 
O Papel do Profissional de apoio.mediador na sala comum.pptx
O Papel do Profissional de apoio.mediador na sala comum.pptxO Papel do Profissional de apoio.mediador na sala comum.pptx
O Papel do Profissional de apoio.mediador na sala comum.pptx
paInformatica
 
Autismo inclusão
Autismo inclusãoAutismo inclusão
Autismo inclusão
nuno2305
 

Mais procurados (20)

Inclusão na Educação Infantil
Inclusão na Educação InfantilInclusão na Educação Infantil
Inclusão na Educação Infantil
 
Educação Inclusiva
Educação Inclusiva Educação Inclusiva
Educação Inclusiva
 
AEE - ATENDIMENTO EDUCACIONAL ESPECIALIZADO
AEE - ATENDIMENTO EDUCACIONAL ESPECIALIZADOAEE - ATENDIMENTO EDUCACIONAL ESPECIALIZADO
AEE - ATENDIMENTO EDUCACIONAL ESPECIALIZADO
 
Slides educacao inclusiva-e_educacao_especial
Slides educacao inclusiva-e_educacao_especialSlides educacao inclusiva-e_educacao_especial
Slides educacao inclusiva-e_educacao_especial
 
A Escola na Perspectiva da Educação Inclusiva construção do projeto pedagógic...
A Escola na Perspectiva da Educação Inclusiva construção do projeto pedagógic...A Escola na Perspectiva da Educação Inclusiva construção do projeto pedagógic...
A Escola na Perspectiva da Educação Inclusiva construção do projeto pedagógic...
 
O papel do professor frente à inclusão de crianças com autismo
O papel do professor frente à inclusão de crianças com autismoO papel do professor frente à inclusão de crianças com autismo
O papel do professor frente à inclusão de crianças com autismo
 
Educação inclusiva
Educação inclusivaEducação inclusiva
Educação inclusiva
 
1 - Escola inclusiva
1 - Escola inclusiva1 - Escola inclusiva
1 - Escola inclusiva
 
Histórico da Educação Especial
Histórico da Educação EspecialHistórico da Educação Especial
Histórico da Educação Especial
 
Palestra emanoele inclusão ou integração
Palestra emanoele   inclusão ou integraçãoPalestra emanoele   inclusão ou integração
Palestra emanoele inclusão ou integração
 
Educação Especial em uma perspectiva inclusiva.
Educação Especial em uma perspectiva inclusiva.Educação Especial em uma perspectiva inclusiva.
Educação Especial em uma perspectiva inclusiva.
 
Capacitação de educadores e cuidadores Educação Inclusiva
Capacitação de educadores e cuidadores Educação InclusivaCapacitação de educadores e cuidadores Educação Inclusiva
Capacitação de educadores e cuidadores Educação Inclusiva
 
Política nacional de educação especial na perspectiva da educação inclusiva
Política nacional  de educação especial  na perspectiva da educação inclusivaPolítica nacional  de educação especial  na perspectiva da educação inclusiva
Política nacional de educação especial na perspectiva da educação inclusiva
 
Aula 2 e 3
Aula 2 e 3Aula 2 e 3
Aula 2 e 3
 
Palestra sobre diversidade e educação
Palestra sobre diversidade e educaçãoPalestra sobre diversidade e educação
Palestra sobre diversidade e educação
 
Inclusão escolar fundamentos
Inclusão escolar fundamentosInclusão escolar fundamentos
Inclusão escolar fundamentos
 
Slides Semana do Deficiênte intelectual e múltiplo
Slides Semana do Deficiênte intelectual e múltiploSlides Semana do Deficiênte intelectual e múltiplo
Slides Semana do Deficiênte intelectual e múltiplo
 
Princípios da educação inclusiva
Princípios da educação inclusivaPrincípios da educação inclusiva
Princípios da educação inclusiva
 
O Papel do Profissional de apoio.mediador na sala comum.pptx
O Papel do Profissional de apoio.mediador na sala comum.pptxO Papel do Profissional de apoio.mediador na sala comum.pptx
O Papel do Profissional de apoio.mediador na sala comum.pptx
 
Autismo inclusão
Autismo inclusãoAutismo inclusão
Autismo inclusão
 

Destaque

Pessoas com deficiencia no trabalho
Pessoas com deficiencia no trabalhoPessoas com deficiencia no trabalho
Pessoas com deficiencia no trabalho
guest5d5237
 
Avape e Centro Paula Souza - A Inclusão da Pessoa com Deficiência
Avape e Centro Paula Souza - A Inclusão da Pessoa com Deficiência Avape e Centro Paula Souza - A Inclusão da Pessoa com Deficiência
Avape e Centro Paula Souza - A Inclusão da Pessoa com Deficiência
Centro Paula Souza
 
Cartilha recursos humanos (1)
Cartilha recursos humanos (1)Cartilha recursos humanos (1)
Cartilha recursos humanos (1)
Marli Dionisia da Silva
 
Cartilha de inclusão no trabalho
Cartilha de inclusão no trabalhoCartilha de inclusão no trabalho
Cartilha de inclusão no trabalho
Morela del Valle Alfonzo Arrivillaga
 
Inclusao social
Inclusao socialInclusao social
Inclusao social
MarcoMichels
 
INCLUSÃO ESCOLAR DE PESSOAS COM NECESSIDADES ESPECIAIS
INCLUSÃO ESCOLAR DE PESSOAS COM NECESSIDADES ESPECIAISINCLUSÃO ESCOLAR DE PESSOAS COM NECESSIDADES ESPECIAIS
INCLUSÃO ESCOLAR DE PESSOAS COM NECESSIDADES ESPECIAIS
GlauciaAS
 
Inclusão de pessoas com Deficiência no mercado de trabalho
Inclusão de pessoas com Deficiência no mercado de trabalhoInclusão de pessoas com Deficiência no mercado de trabalho
Inclusão de pessoas com Deficiência no mercado de trabalho
Hudson Augusto
 
Como lidar com as pessoas com deficiência
Como lidar com as pessoas com deficiênciaComo lidar com as pessoas com deficiência
Como lidar com as pessoas com deficiência
ALEXANDRA RECH
 
Como lidar conosco
Como lidar conoscoComo lidar conosco
Como lidar conosco
Gessica Michelle
 
Palestra do vereador paulo frange inclusão social- deficiente
Palestra do vereador paulo frange   inclusão social- deficientePalestra do vereador paulo frange   inclusão social- deficiente
Palestra do vereador paulo frange inclusão social- deficiente
Rafaela Gomes
 
Síndrome de Down
Síndrome de Down Síndrome de Down
Síndrome de Down
Bruno Djvan Ramos Barbosa
 
Deficiência Física 1
Deficiência Física 1Deficiência Física 1
Deficiência Física 1
marlaa
 
Tcc completo e A INCLUSÃO DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA NO MERCADO DE TRABALHOrev...
Tcc completo e A INCLUSÃO DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA NO MERCADO DE TRABALHOrev...Tcc completo e A INCLUSÃO DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA NO MERCADO DE TRABALHOrev...
Tcc completo e A INCLUSÃO DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA NO MERCADO DE TRABALHOrev...
GlauciaAS
 
Trabalho sindrome de down
Trabalho sindrome de downTrabalho sindrome de down
Trabalho sindrome de down
Cintia Sena
 
Pessoas com Deficiência - Direitos e Deveres
Pessoas com Deficiência - Direitos e DeveresPessoas com Deficiência - Direitos e Deveres
Pessoas com Deficiência - Direitos e Deveres
Carlos Junior
 
Síndrome de down
Síndrome de down Síndrome de down
Síndrome de down
nereo_o
 
Síndrome de Down
Síndrome de DownSíndrome de Down
Síndrome de Down
cintia2803
 
Inclusao de pessoas com deficiência
Inclusao de pessoas com deficiênciaInclusao de pessoas com deficiência
Inclusao de pessoas com deficiência
Universidade Unisinos
 
Síndrome de down power point
Síndrome de down power pointSíndrome de down power point
Síndrome de down power point
Sme Otacílio Costa
 
Sindrome de Down
Sindrome de DownSindrome de Down
Sindrome de Down
Diego Chavez Fernandez
 

Destaque (20)

Pessoas com deficiencia no trabalho
Pessoas com deficiencia no trabalhoPessoas com deficiencia no trabalho
Pessoas com deficiencia no trabalho
 
Avape e Centro Paula Souza - A Inclusão da Pessoa com Deficiência
Avape e Centro Paula Souza - A Inclusão da Pessoa com Deficiência Avape e Centro Paula Souza - A Inclusão da Pessoa com Deficiência
Avape e Centro Paula Souza - A Inclusão da Pessoa com Deficiência
 
Cartilha recursos humanos (1)
Cartilha recursos humanos (1)Cartilha recursos humanos (1)
Cartilha recursos humanos (1)
 
Cartilha de inclusão no trabalho
Cartilha de inclusão no trabalhoCartilha de inclusão no trabalho
Cartilha de inclusão no trabalho
 
Inclusao social
Inclusao socialInclusao social
Inclusao social
 
INCLUSÃO ESCOLAR DE PESSOAS COM NECESSIDADES ESPECIAIS
INCLUSÃO ESCOLAR DE PESSOAS COM NECESSIDADES ESPECIAISINCLUSÃO ESCOLAR DE PESSOAS COM NECESSIDADES ESPECIAIS
INCLUSÃO ESCOLAR DE PESSOAS COM NECESSIDADES ESPECIAIS
 
Inclusão de pessoas com Deficiência no mercado de trabalho
Inclusão de pessoas com Deficiência no mercado de trabalhoInclusão de pessoas com Deficiência no mercado de trabalho
Inclusão de pessoas com Deficiência no mercado de trabalho
 
Como lidar com as pessoas com deficiência
Como lidar com as pessoas com deficiênciaComo lidar com as pessoas com deficiência
Como lidar com as pessoas com deficiência
 
Como lidar conosco
Como lidar conoscoComo lidar conosco
Como lidar conosco
 
Palestra do vereador paulo frange inclusão social- deficiente
Palestra do vereador paulo frange   inclusão social- deficientePalestra do vereador paulo frange   inclusão social- deficiente
Palestra do vereador paulo frange inclusão social- deficiente
 
Síndrome de Down
Síndrome de Down Síndrome de Down
Síndrome de Down
 
Deficiência Física 1
Deficiência Física 1Deficiência Física 1
Deficiência Física 1
 
Tcc completo e A INCLUSÃO DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA NO MERCADO DE TRABALHOrev...
Tcc completo e A INCLUSÃO DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA NO MERCADO DE TRABALHOrev...Tcc completo e A INCLUSÃO DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA NO MERCADO DE TRABALHOrev...
Tcc completo e A INCLUSÃO DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA NO MERCADO DE TRABALHOrev...
 
Trabalho sindrome de down
Trabalho sindrome de downTrabalho sindrome de down
Trabalho sindrome de down
 
Pessoas com Deficiência - Direitos e Deveres
Pessoas com Deficiência - Direitos e DeveresPessoas com Deficiência - Direitos e Deveres
Pessoas com Deficiência - Direitos e Deveres
 
Síndrome de down
Síndrome de down Síndrome de down
Síndrome de down
 
Síndrome de Down
Síndrome de DownSíndrome de Down
Síndrome de Down
 
Inclusao de pessoas com deficiência
Inclusao de pessoas com deficiênciaInclusao de pessoas com deficiência
Inclusao de pessoas com deficiência
 
Síndrome de down power point
Síndrome de down power pointSíndrome de down power point
Síndrome de down power point
 
Sindrome de Down
Sindrome de DownSindrome de Down
Sindrome de Down
 

Semelhante a Palestra Inclusão

Educacaoadistancia
EducacaoadistanciaEducacaoadistancia
Educacaoadistancia
Renato Cardoso
 
Educacaoadistancia
EducacaoadistanciaEducacaoadistancia
Educacaoadistancia
Renato Cardoso
 
EVOLUÇÃO DA EDUCAÇÃO ESPECIAL E INCLUSIVA NO BRASIL
EVOLUÇÃO DA EDUCAÇÃO ESPECIAL E INCLUSIVA NO BRASILEVOLUÇÃO DA EDUCAÇÃO ESPECIAL E INCLUSIVA NO BRASIL
EVOLUÇÃO DA EDUCAÇÃO ESPECIAL E INCLUSIVA NO BRASIL
Danielle Mariam
 
Aprendizagem:explicação para as dificuldades
Aprendizagem:explicação para as dificuldades Aprendizagem:explicação para as dificuldades
Aprendizagem:explicação para as dificuldades
Fernanda Carneiro Leão Goncalves
 
Tornar a educação inclusiva
Tornar a educação inclusivaTornar a educação inclusiva
Tornar a educação inclusiva
allanrdamasceno
 
Unesco tornar a_educação_inclusiva
Unesco tornar a_educação_inclusivaUnesco tornar a_educação_inclusiva
Unesco tornar a_educação_inclusiva
Amorim Albert
 
184683 por
184683 por184683 por
184683 por
Maureen Coité
 
Educacao especial
Educacao especial Educacao especial
Educacao especial
Itana Silva
 
Libras Inclusão
Libras InclusãoLibras Inclusão
Breve histórico dos usos de terminologias integração, inclusão, pessoas com d...
Breve histórico dos usos de terminologias integração, inclusão, pessoas com d...Breve histórico dos usos de terminologias integração, inclusão, pessoas com d...
Breve histórico dos usos de terminologias integração, inclusão, pessoas com d...
Grupo Educação, Mídias e Comunidade Surda
 
História da ed. especial e legislação no brasil
História da ed. especial e legislação no brasilHistória da ed. especial e legislação no brasil
História da ed. especial e legislação no brasil
Faculdade Metropolitanas Unidas - FMU
 
Disciplina Educação Especial no Brasil.pptx
Disciplina Educação Especial no Brasil.pptxDisciplina Educação Especial no Brasil.pptx
Disciplina Educação Especial no Brasil.pptx
ClaudiaStefaniadeAlm
 
eba2466ca12db2eddb229ca8c1b777a03b7c7e10cb858ff8f972a4968514790f5caa52e2da569...
eba2466ca12db2eddb229ca8c1b777a03b7c7e10cb858ff8f972a4968514790f5caa52e2da569...eba2466ca12db2eddb229ca8c1b777a03b7c7e10cb858ff8f972a4968514790f5caa52e2da569...
eba2466ca12db2eddb229ca8c1b777a03b7c7e10cb858ff8f972a4968514790f5caa52e2da569...
passageiroclandestin
 
Inclusão_Integração_AEE_Ed Especial.ppt
Inclusão_Integração_AEE_Ed Especial.pptInclusão_Integração_AEE_Ed Especial.ppt
Inclusão_Integração_AEE_Ed Especial.ppt
ThaisJussara
 
Marcos legais da educacao especial no Brasil.pptx
Marcos legais da educacao especial no Brasil.pptxMarcos legais da educacao especial no Brasil.pptx
Marcos legais da educacao especial no Brasil.pptx
Andrea491870
 
Texto educação inclusiva e língua brasileira de sinais - libras
Texto   educação inclusiva e língua brasileira de sinais - librasTexto   educação inclusiva e língua brasileira de sinais - libras
Texto educação inclusiva e língua brasileira de sinais - libras
Márcia Dos Santos
 
Aula 3 - inclusão.pptx
Aula 3 - inclusão.pptxAula 3 - inclusão.pptx
Aula 3 - inclusão.pptx
DeniMuzi1
 
A inclusão-da-pessoa-surda-especificidades-no-âmbito-educacional
A inclusão-da-pessoa-surda-especificidades-no-âmbito-educacionalA inclusão-da-pessoa-surda-especificidades-no-âmbito-educacional
A inclusão-da-pessoa-surda-especificidades-no-âmbito-educacional
Junior Sales
 
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmenteeducação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
DeuzinhaAzevedo
 
Apostila educacao especial
Apostila educacao especialApostila educacao especial
Apostila educacao especial
Anderson Carlos
 

Semelhante a Palestra Inclusão (20)

Educacaoadistancia
EducacaoadistanciaEducacaoadistancia
Educacaoadistancia
 
Educacaoadistancia
EducacaoadistanciaEducacaoadistancia
Educacaoadistancia
 
EVOLUÇÃO DA EDUCAÇÃO ESPECIAL E INCLUSIVA NO BRASIL
EVOLUÇÃO DA EDUCAÇÃO ESPECIAL E INCLUSIVA NO BRASILEVOLUÇÃO DA EDUCAÇÃO ESPECIAL E INCLUSIVA NO BRASIL
EVOLUÇÃO DA EDUCAÇÃO ESPECIAL E INCLUSIVA NO BRASIL
 
Aprendizagem:explicação para as dificuldades
Aprendizagem:explicação para as dificuldades Aprendizagem:explicação para as dificuldades
Aprendizagem:explicação para as dificuldades
 
Tornar a educação inclusiva
Tornar a educação inclusivaTornar a educação inclusiva
Tornar a educação inclusiva
 
Unesco tornar a_educação_inclusiva
Unesco tornar a_educação_inclusivaUnesco tornar a_educação_inclusiva
Unesco tornar a_educação_inclusiva
 
184683 por
184683 por184683 por
184683 por
 
Educacao especial
Educacao especial Educacao especial
Educacao especial
 
Libras Inclusão
Libras InclusãoLibras Inclusão
Libras Inclusão
 
Breve histórico dos usos de terminologias integração, inclusão, pessoas com d...
Breve histórico dos usos de terminologias integração, inclusão, pessoas com d...Breve histórico dos usos de terminologias integração, inclusão, pessoas com d...
Breve histórico dos usos de terminologias integração, inclusão, pessoas com d...
 
História da ed. especial e legislação no brasil
História da ed. especial e legislação no brasilHistória da ed. especial e legislação no brasil
História da ed. especial e legislação no brasil
 
Disciplina Educação Especial no Brasil.pptx
Disciplina Educação Especial no Brasil.pptxDisciplina Educação Especial no Brasil.pptx
Disciplina Educação Especial no Brasil.pptx
 
eba2466ca12db2eddb229ca8c1b777a03b7c7e10cb858ff8f972a4968514790f5caa52e2da569...
eba2466ca12db2eddb229ca8c1b777a03b7c7e10cb858ff8f972a4968514790f5caa52e2da569...eba2466ca12db2eddb229ca8c1b777a03b7c7e10cb858ff8f972a4968514790f5caa52e2da569...
eba2466ca12db2eddb229ca8c1b777a03b7c7e10cb858ff8f972a4968514790f5caa52e2da569...
 
Inclusão_Integração_AEE_Ed Especial.ppt
Inclusão_Integração_AEE_Ed Especial.pptInclusão_Integração_AEE_Ed Especial.ppt
Inclusão_Integração_AEE_Ed Especial.ppt
 
Marcos legais da educacao especial no Brasil.pptx
Marcos legais da educacao especial no Brasil.pptxMarcos legais da educacao especial no Brasil.pptx
Marcos legais da educacao especial no Brasil.pptx
 
Texto educação inclusiva e língua brasileira de sinais - libras
Texto   educação inclusiva e língua brasileira de sinais - librasTexto   educação inclusiva e língua brasileira de sinais - libras
Texto educação inclusiva e língua brasileira de sinais - libras
 
Aula 3 - inclusão.pptx
Aula 3 - inclusão.pptxAula 3 - inclusão.pptx
Aula 3 - inclusão.pptx
 
A inclusão-da-pessoa-surda-especificidades-no-âmbito-educacional
A inclusão-da-pessoa-surda-especificidades-no-âmbito-educacionalA inclusão-da-pessoa-surda-especificidades-no-âmbito-educacional
A inclusão-da-pessoa-surda-especificidades-no-âmbito-educacional
 
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmenteeducação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
 
Apostila educacao especial
Apostila educacao especialApostila educacao especial
Apostila educacao especial
 

Último

Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Mary Alvarenga
 
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
Sandra Pratas
 
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Falcão Brasil
 
Alfabetização de adultos.pdf
Alfabetização de             adultos.pdfAlfabetização de             adultos.pdf
Alfabetização de adultos.pdf
arodatos81
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Falcão Brasil
 
apresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacionalapresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacional
shirleisousa9166
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
shirleisousa9166
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
Sandra Pratas
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
principeandregalli
 
Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
Mary Alvarenga
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Luzia Gabriele
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
Sandra Pratas
 
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTAEstudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
deboracorrea21
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
Falcão Brasil
 
PERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO PDF.pdf
PERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO PDF.pdfPERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO PDF.pdf
PERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO PDF.pdf
EsterGabriiela1
 
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdfAviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Falcão Brasil
 
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamasConhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
edusegtrab
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
felipescherner
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
marcos oliveira
 

Último (20)

Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
 
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
 
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
 
Alfabetização de adultos.pdf
Alfabetização de             adultos.pdfAlfabetização de             adultos.pdf
Alfabetização de adultos.pdf
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
 
apresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacionalapresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacional
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
 
Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
 
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTAEstudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
 
PERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO PDF.pdf
PERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO PDF.pdfPERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO PDF.pdf
PERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO PDF.pdf
 
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdfAviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
 
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamasConhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
 

Palestra Inclusão

  • 1. INCLUSÃO NAS ESCOLAS Por: Patricia Almada
  • 2. "Na verdade, o que o homem vê e teme é a sua própria fragilidade perante a vida, a sua própria finitude. O conflito originado do confronto do que ele é com o que ele pode vir a ser provoca no homem toda repulsa em relação à diferença." Marques in MANTOAN (1997, p. 19).
  • 3. PERSPECTIVA HISTÓRICA Segregação Endemoniados Doentes Loucos Integração Inclusão
  • 4. Necessidades Educativas Especiais x Necessidades Educacionais Especiais Integrada x Integradora x Inclusiva TERMINOLOGIA
  • 5. LEGISLAÇÃO LDBEN 9394/96 Art. 58. Entende-se por educação especial, para os efeitos desta Lei, a modalidade de educação escolar, oferecida preferencialmente na rede regular de ensino, para educandos portadores de necessidades especiais . ECA Art. 11 § 1º A criança e o adolescente portadores de deficiência receberão atendimento especializado.
  • 6. Lei 6571/08 Art. 1 o   A União prestará apoio técnico e financeiro aos sistemas públicos de ensino dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios, com a finalidade de ampliar a oferta do atendimento educacional especializado aos alunos com deficiência, transtornos globais do desenvolvimento e altas habilidades ou superdotação, matriculados na rede pública de ensino regular. “ § 1º  Considera-se atendimento educacional especializado o conjunto de atividades, recursos de acessibilidade e pedagógicos organizados institucionalmente, prestado de forma complementar ou suplementar à formação dos alunos no ensino regular. § 2 o   O atendimento educacional especializado deve integrar a proposta pedagógica da escola, envolver a participação da família e ser realizado em articulação com as demais políticas públicas.”
  • 7. FLEXIBILIDADE Art. 2 o   “ São objetivos do atendimento educacional especializado: I - prover condições de acesso, participação e aprendizagem no ensino regular aos alunos referidos no art. 1º; II - garantir a transversalidade das ações da educação especial no ensino regular; III - fomentar o desenvolvimento de recursos didáticos e pedagógicos que eliminem as barreiras no processo de ensino e aprendizagem; e IV - assegurar condições para a continuidade de estudos nos demais níveis de ensino.”
  • 8. ART. 3 § 1 o   As salas de recursos multifuncionais são ambientes dotados de equipamentos, mobiliários e materiais didáticos e pedagógicos para a oferta do atendimento educacional especializado. § 2 o   A produção e distribuição de recursos educacionais para a acessibilidade incluem livros didáticos e paradidáticos em braile, áudio e Língua Brasileira de Sinais - LIBRAS, laptops com sintetizador de voz, softwares para comunicação alternativa e outras ajudas técnicas que possibilitam o acesso ao currículo. § 3 o   Os núcleos de acessibilidade nas instituições federais de educação superior visam eliminar barreiras físicas, de comunicação e de informação que restringem a participação e o desenvolvimento acadêmico e social de alunos com deficiência.
  • 9. A chegada do aluno na UE Adaptação Observação/sondagem Atendimento Intervenções
  • 10. As modalidades da Ed. Especial Classe Especial Sala de Recursos Ensino Domiciliar Classe Hospitalar Escola profissionalizante
  • 11. ASPECTO PEDAGÓGICO Todos os alunos, em determinado momento de sua vida escolar, podem apresentar necessidades educacionais, e seus professores, em geral, conhecem diferentes estratégias para dar respostas a elas. No entanto, existem necessidades educacionais que requerem, da escola, uma série de recursos e apoios de caráter mais especializado, que proporcionem ao aluno meios para acesso ao currículo. Essas são as chamadas necessidades educacionais especiai s.
  • 12. "Se uma pessoa não pode aprender da maneira que lhe é ensinada, é melhor ensiná-la da maneira que possa aprender.” Mario Welchmann
  • 13. Alexander Graham Bell Bell é conhecido e considerado historicamente como o inventor do telefone.
  • 14. Lou Ferrigno Ator  estadunidense e um fisiculturista. Ficou mundialmente famoso por participar da série de TV O Incrível Hulk.
  • 15. Nelson Ned d'Ávila Pinto Cantor e compositor de apenas 1,12m de altura, ele superou todas as limitações e alcançou uma posição no show business internacional que poucos seres humanos, com condições físicas normais, conseguiram atingir.
  • 16. Ludwig Van Beethoven O fato foi que nem mesmo a surdez impediu Beethoven de se tornar um dos maiores compositores consagrados da história.
  • 17. Thomas Edison Entre as suas contribuições mais universais para o desenvolvimento tecnológico e científico encontra-se a lâmpada elétrica incandescente.
  • 18. ALEJADINHO Antônio Francisco Lisboa, tinha esse apelido devido a uma doença degenerativa que provoca a perda dos membros – discute-se se sífilis, lepra, tromboangeíte obliterante ou ulceração gangrenosa das mãos e dos pés.
  • 19. ROBERTO CARLOS BRAGA Aos seis anos de idade foi atropelado por uma locomotiva a vapor e sua perna direita teve de ser amputada até pouco abaixo do joelho .
  • 20. Georgette Vidor Treinadora de ginástica olímpica e ex-deputada federal, sofreu um acidente que a tornou paraplégica.
  • 21. Andrea Bocelli Tenor, compositor e produtor musical italiano. Ganhador de cinco BRIT Awards, três GRAMMYS e gravou quatro óperas completas (La bohéme, ll trovatore, Werther, Tosca), além de vários álbuns clássicos e populares.
  • 27. PATRICIA ALMADA [email_address] Tel.21 9943-8843