SlideShare uma empresa Scribd logo
1
PLANO ANUAL DE ATIVIDADES DAS BIBLIOTECAS ESCOLARES DO AGRUPAMENTO JOSÉ SILVESTRE RIBEIRO, IDANHA-A-NOVA
ANO LETIVO 2017/2018
MABE
DOMÍNIOS
INDICADORES
OBJETIVOS ATIVIDADE/AÇÃO
INTERVENIENTES
DATA VERBADINAMIZADORES PÚBLICO-ALVO
A.Currículo,literaciaseaprendizagem
A.1 Apoio ao
currículo e
formação para as
literacias da
informação e dos
media.
- Promover a articulação
da BE com os curriculos.
- Fomentar o trabalho
colaborativo.
- Articular as atividades dos
diferentes departamentos
e ciclos de ensino com as
atividades da BE.
- Conceber e realizar
atividades formativas
tendo em vista o
enriquecimento do
trabalho curricular
e o desenvolvimento
das literacias.
- Articulação com a direção; participação nos núcleos de decisão
pedagógica;
- Trabalho colaborativo – planeamento, realização e avaliação das
atividades desenvolvidas entre a biblioteca e a sala de aula;
- Dinamização de atividades, em parceria com as diversas
estruturas pedagógicas, otimizando os recursos existentes;
- Implementação do referencial: Aprender com a biblioteca escolar,
divulgando-o e formando para o seu uso integrado e cooperativo;
- Divulgação dos recursos documentais da BE, nomeadamente as
novas aquisições;
- Exposição de trabalhos realizados pelos alunos, no âmbito das
diferentes disciplinas;
Direção
PB
Equipa BECRE
Coordenador
interconcelhio
Coordenadores
Departamentos
Coordenadores
de grupo
Comunidade
escolar
Ao longo
do ano
2
A.2. Uso das
tecnologias digitais
e da Internet como
ferramentas de
acesso, produção e
comunicação de
informação e
como recurso de
aprendizagem.
-Promover o
desenvolvimento da
literacia da informação e
dos média;
- Formar utilizadores
autónomos no uso da
informação.
- Identificar riscos e
aplicar normas
associadas à utilização
dos media e à
comunicação online
(netiqueta, proteção de
dados pessoais, respeito
pela privacidade dos
outros, consumo
excessivo de media,...)
- Contribuir para que os
alunos se tornem
descodificadores críticos
de mensagens media e
produtores reflexivos de
mensagens media;
-Divulgar o fundo
documental da BE;
- Incentivar a utilização
dos diferentes recursos
da BE.
Formação de utilizadores:
- Disponibilização de guiões no âmbito da literacia da informação e
dos média;
- Produção de materiais informativos e de apoio à utilização
adequada da Internet: guiões de pesquisa, grelhas de avaliação de
sítios,…
- Desenvolvimento de atividades de formação de utilizadores com
turmas/grupos/alunos/docentes.
Aprender com a biblioteca escolar – aplicação do referencial
da RBE:
- Disponibilização, em formato impresso, no blogue ou no sítio da
biblioteca de:
- Tutoriais escritos, áudio (podcasts) ou vídeo (screencasts) para a
utilização de diversas funcionalidades como, por exemplo: como
usar o catálogo da biblioteca; como fazer uma citação; como
elaborar uma bibliografia; como apresentar um trabalho escrito ou
uma apresentação multimédia; como pesquisar na Internet; como
criar uma conta de e-mail; outros de diversas funcionalidades
utilizando Códigos QR, Voki ( para contar histórias ou dizer um
poema), puzzles , questionários no Kahoot
Outubro: Mês Internacional das Bibliotecas Escolares
“Ligando comunidades e culturas”
- Receção às novas turmas da escola:
- Apresentação, modo de funcionamento da biblioteca, recursos
disponíveis e sensibilização para a importância da biblioteca;
- Produção de um cartaz e marcadores;
- Lançamento de um concurso mostrando uma visão da biblioteca;
- Exposição sobre o tema;
- Elaboração de um Quiz sobre o tema do MIBE;
Professora
bibliotecária
Equipa BECRE
Professora
Teresa
Fernandes
Assistente
Operacional
Coordenador
interconcelhio
da RBE
Grupos
disciplinares
Prof Mª João
Rocha
Prof. António
Rocha
Equipa BECRE
Comunidade
escolar
Equipa
BECRE
Alunos 2º e
3º ciclos
Ao longo
do ano
-Elaborar e adaptar
materiais inclusivos em
formatos variados;
 símbolos e versões
simplificadas
 áudio
 3D
Candidatura à RBE – “Todos juntos podemos ler”
- Elaboração e adaptação de materiais inclusivos para leitura
(ebooks, jogos interativos, formatos áudio, formatos adaptados
com utilização dos símbolos arasaac: Autor pictogramas: Sergio
Palao Procedencia: ARASAAC
(http://catedu.es/arasaac/) Licença: CC (BY-NC-SA), imagens 3D;
Docentes
Grupo 910
Professora
Bibliotecária
Terapeuta da
fala
prof. Grupo
Todos os
alunos
Ao longo
do ano
3
 e-books
-Dinamizar ações de
leitura inclusiva;
-Instalar o programa
ARAWORD em todos os
computadores da
biblioteca.
500
-Identificar todos os
Guias de referência;
-Escolher o símbolo que
melhor se adapta;
-Imprimir e colocar no
espaço correto.
- Implementação de uma sinalética para acesso aos materiais nas
Guias de referência, com apoio dos símbolos ARASAAC.
Docentes
Grupo 910
Professora
Bibliotecária
Todos os
alunos
Ao longo
do ano
- Sensibilizar para a
causa do daltonismo;
-Catalogar com o
sistema ColorADD as
lombadas dos livros;
-Permitir à comunidade
educativa com
dificuldades de visão a
acessibilidade à Cor nas
Bibliotecas e Salas de
Aula.
-Catalogação das lombadas dos livros com o sistema ColorADD com
a implementação do Programa ColorADD. Social nas Escolas.
PB
grupo 910
Assistente
operacional
equipa BECRE
Comunidade
educativa
Ao longo
do ano
-Criação de
questões/problemas,
utilizando smartphones.
- Jogos de diferentes áreas Equipa BECRE
PB
Alunos
Docentes
Ao longo
do ano
B.Leiturae
literacia
B.1 Criação e
promoção da
competência
leitora e dos
hábitos de leitura
-Promover a leitura
domiciliária e
empréstimo de títulos;
-Promover a
responsabilidade e o
espírito crítico, entre os
-Ambiente acolhedor e rico em livros e outros recursos de leitura;
-Definição de um plano de aquisições de recursos de leitura
atualizados que respondam aos interesses e necessidades
curriculares dos utilizadores;
-Fornecimento de livros e outros recursos para uso nas salas de
PB
Equipa BECRE
Assistente
Operacional
Alunos
Docentes
Ao longo
do ano
4
alunos;
-Promover e incutir
hábitos de leitura;
-Promover ações que
permitam aos alunos
descobrir os vários
caminhos na leitura,
bem como o prazer e a
importância da mesma
no seu crescimento
como leitores e como
cidadãos;
- -Analisar biografias e
excertos de obras, com
vista à construção de
conhecimento sobre a
literatura e a cultura
portuguesas;
aula/outros espaços (lazer/estudo);
- Orientação dos alunos nas escolhas de leitura recreativa e
escolar;
- Conhecimento e difusão das novidades editoriais e organização
dos recursos para os diferentes públicos;
- Promoção da leitura presencial e do empréstimo dos recursos da
BE;
- Promoção da leitura mediada por dispositivos eletrónicos;
exploração de possibilidades de leitura/escrita e produção de
conteúdos facultadas pela Internet;
- Autor do Mês - exposições bibliográficas alusivas a autores s, com
vista à divulgação e à promoção da leitura e das requisições
domiciliárias. Enigmas para os alunos.
- Sessões: “A biblioteca vai à aula de Português apresentar um
escritor”;
- Concursos/passatempos.
- Feira do livro;
PB
Equipa BECRE
Prof. Cíntia e
Professores de
Português
Assistente
operacional
Ao longo
do ano
2º
período
B.2 Atividades e
projetos de treino
e melhoria das
capacidades
associadas à
leitura
- Criar hábitos de leitura e
escrita, veiculados por
laços afetivos e sociais
no prazer de ler e
escrever;
- Envolver a família em
rotinas de leitura na
escola;
-Contribuir para o
desenvolvimento do
gosto e interesse pela
“MOMENTOS LITERÁRIOS”
-Promoção da leitura e do gosto pelos livros com:
 dinamização da biblioteca escolar;
 semana da leitura;
 ler dá gozo;
- Realização de atividades sugeridas no PNL “Conta-me histórias”
- Integração dos pais/famílias nas atividades de incentivo à leitura;
- Encontro com a escritora Celeste Gonçalves.
- Encontro com a ilustradora Paula Varandas e com a escritora
PB
Assistente
operacional
Comunidade
escolar
Pais e/ou
Encarregados
de educação
1º ciclo
Data a
definir
1º Per.
2º Per.
5
leitura;
-Desenvolver nos alunos
a competência de leitura;
-Colaborar com os
docentes na planificação
de atividades que se
enquadram no
desenvolvimento
curricular;
- - Promover a articulação
das BE com as escolas;
-Promover a
responsabilidade e o
espírito crítico, entre os
alunos.
- Ida 1x/mês às escolas
EB1. Conhecer as regras
de conduta no
espaço/equipamentos
Alexandra Ribeiro.
-Introdução, divulgação e trabalho no âmbito do referencial
Aprender com a biblioteca escolar.
-Motivar para a
participação em
concursos;
- Promover os concursos
de leitura CNL:
-Dinamizar a 1ª Fase
através da realização de
provas por ciclo;
-Agendar e proporcionar
a 2ªFase (distrital);
-Angariar e atribuir
prémios;
- Difusão das orientações do Plano Nacional de Leitura e
participação nas suas atividades e projetos.
Concurso nacional de Leitura
- Dinamização da 1ª Fase do CNL através da realização de provas
para o 3º ciclo e secundário
- Preparação dos questionários; Revisão dos mesmos
- Correção das provas
- Preparação da 2ªFase (distrital);
- Angariação e atribuição de prémios e certificados .
Obra/s seleccionada/s:
7º ano- A Inaudita Guerra da Avenida Gago Coutinho de
Mário de Carvalho
8ºano- Ulisses de Maria Alberta Menéres
9ºano- O Meu Pé de Laranja Lima de José Mauro de
Prof.
Bibliotecária
Coordenador
Interconcelhio
Prof. Albina
Alves
Prof. Dores
Pinto
Alunos
Docentes
Ao longo
do ano
100,00 euros
(aquisição de
títulos para a
2ª fase)
6
- Utilizar o blogue da BE
para divulgar, de forma
regular, com sugestões
de leitura aos alunos,
excertos de textos de
literatura juvenil,
novidades editoriais,
últimas aquisições nesta
área;
Vasconcelos
10ºano- Robinson Crusoé de Daniel Defoe
11º ano- Os Maias de Eça de Queirós
12º ano- a definir
- Dar grande relevo à
leitura na escola;
-Melhorar os resultados
escolares dos alunos;
-Colaborar com a BECRE
nas atividades de
divulgação e motivação
para a leitura;
-Divulgar os trabalhos
dos alunos;
-Informar, fazer os
regulamentos e divulgar;
- Enfatizar o ato de
leitura e escrita.
12ª edição da Semana da Leitura «O Prazer de Ler»
- Realização do Cartaz para a Semana da leitura, com base nas
ilustrações dos alunos;
Concurso Literário Ler Dá Gozo
- Cooperar com o grupo de Português: Promover o gosto pela
aprendizagem, através de atividades de leitura na sala de aula.
Cada turma faz 15 perguntas. Treina entre si e escolhe os 4
melhores leitores que irão representar a turma. Entrega na BE as
questões feitas, com as soluções e as páginas onde se encontram;
4 alunos de cada turma representam a turma a defrontar as
restantes do mesmo ano, na semana da leitura;
- Receção e revisão das questões realizadas na sala de aula para
selecionar 15 perguntas em cartões ou em aplicação informática;
- Calendarização dos vários concursos:
4º ano – a definir
5º ano - A fada Oriana
6º ano – Ulisses
Prof. Bibliot.
Professora de
EV
alunos do 6º
ano
Equipa BECRE
Prof. Teresa
Brito
Comunidade
educativa
4º ano
5ºano
6ºano
2º
período
50 euros
prémios
-Incentivar à leitura; Jornal Escolar“ Entrepalavras” Professor Comunidade 1X
7
aperfeiçoar a escrita e
favorecer o entrecruzar
de saberes de diversos
domínios.
Especificamente no
domínio da leitura e da
escrita, o processo de
ensino e aprendizagem
pode ser
substancialmente
enriquecido com o
envolvimento dos
alunos na elaboração do
jornal.
-Constituição de equipas responsáveis pelas diversas seções do
jornal;
-Receção dos materiais enviados;
-Redação;
-Recolha e tratamento da informação proveniente das respetivas
estruturas, nomeadamente de atividades e projetos em que
estão envolvidas;
-Envio da informação (já tratada) para a Coordenação (BECRE).
-Grafismo;
-Divulgação na web.
bibliotecário
Teresa
Fernandes
Cíntia
Dores Pinto
Cristina
Lourenço
Comunidade
escolar
educativa período
C.Projetoseparcerias
C.1
Desenvolvimento
de atividades e
serviços
colaborativos com
outras
escolas/bibliotecas
-Promover o sucesso
escolar;
- Promover a igualdade
de oportunidades de
acesso e sucesso
escolares;
-Dar a conhecer a
biblioteca ao máximo de
alunos pertencentes ao
Agrupamento;
- Promover a interação
interciclos;
- Desenvolvimento de atividades e projetos com outras escolas
/bibliotecas;
- Partilha de infraestuturas; apoio técnico e serviços em rede
(racionalização/rentabilização dos meios disponíveis);
- Estabelecimento de parcerias com a BM – promoção de
projetos/atividades que sirvam interesses e objetivos comuns;
- Criação de redes de trabalho e de formação; participação, com
carácter regular, em reuniões (inter)concelhias promovidas pela
RBE, BM/SABE, …
- Práticas de partilha e de trabalho em rede adequadas às
necessidades da escola;
- Oportunidades de formação;
- Encontros e seminários para partilha de experiências.
Direção
PB
Equipa BE
Docentes
Docentes
Alunos
C.2 Participação
em projetos e
parcerias com
entidades
exteriores à escola
-Apoiar a concretização
dos diferentes projetos
escolares e
extraescolares.
-Dinamizar projetos
-Desenvolvimento de programas/atividades em parceria com o
Projeto Afirma-te, Centro Municipal de Cultura e Desenvolvimento:
- Workshop ”liderança”;
- Workshop ”Como comunicar em público”
Técnicos do
Projeto Afirma-
te
PB 12º ano
12º ano
14 nov
12 dez
8
ligados à promoção da
leitura e literacias;
- Dar a conhecer a toda
a comunidade as
atividades dinamizadas
na/pela BE.
-Sensibilizar para a
cultura/literacia
científica;
- Comemorar algumas
datas relevantes para as
diferentes disciplinas do
currículo;
-Dinamizar projetos
ligados à promoção da
leitura e literacias.
- Sessões de planetário;
- Sessão: “Ciências experimentais”.
-Comemoração de efemérides e dias internacionais:
 Dia Mundial da Paz;
 Dia Mundial da Alimentação (16 de outubro);
 Halloween (31 de outubro);
 Dia de S. Martinho (11 Novembro);
 Dia Internacional das pessoas com deficiência (canção- A fada
da asa torta; Elaboração de um livro interativo sobre o mesmo
tema)
 Natal
 São Valentim (14 de fevereiro);
 Dia da Língua Materna (20 de fevereiro);;
 Dia Mundial da saúde oral (20 de Março)
 Dia mundial do livro e dos direitos de autor (23 de abril);
 Dia do autor português (22 de maio)etc…
-Realização de exposições temáticas, integradas nas diversas
comemorações;
- Concursos;
- Hora do conto;
- Manutenção, na página eletrónica do agrupamento, de um espaço
dedicado à difusão do trabalho desenvolvido nas Bibliotecas
Escolares.…)
Realização do Workshop “Ideias, escrita criativa” com Ivo Rocha da
PB
grupo520
grupo 910 e
prof. música
Equipa BE
Grupos
disciplinares
Associação de
estudantes
grupo 100 e110
1º ciclo
2º e 3º ciclo
Comunidade
escolar
1º ciclo e
pré-escolar
Alunos 9ºano
17 jan
19 abril
Ao longo
do ano
letivo
14/12
22/03
26/04
Prémios 15
euros
9
-Desenvolver a
orientação e a
aprendizagem de alguns
conceitos de higiene
oral, de forma criativa e
lúdica;
Silva;
“A farsa de Inês Pereira”- Espetáculo pela Companhia de Teatro
AtrapalhArte;
- Implementação do projeto de Saúde Oral e Bibliotecas Escolares
(SOBE), um projeto da RBE em parceria com o Ministério da Saúde.
Grupo 520
Enfermeiras do
Centro de
saúde
Alunos
secundário
Pré-escolar
1º e 2ºciclo
16 jan
Ao longo
do ano
letivo
3
euros/aluno
C.3 Envolvimento
e mobilização dos
pais, encarregados
de educação e
famílias
- Sensibilizar os pais para
participarem na vida
escolar;
- Acolhimento de pais/E.E. e famílias;
- Exploração das redes sociais no contacto e comunicação com as
famílias;
- Colaboração com os pais/EE/famílias em ocasiões especiais.
Equipa BECRE
Docentes
Comunidade
educativa
Ao longo
do ano
D.Gestãodabibliotecaescolar
D.1 Recursos
humanos,
materiais e
financeiros
adequados às
necessidades de
gestão,
funcionamento e
dinamização da
biblioteca escolar
-Constituir equipas que
garantam o
funcionamento da
biblioteca;
- Definir, de acordo com
as necessidades, um
plano de formação para
os elementos da
Equipa;
- actualizar Base de
dados;
- Realização de reuniões com a Direção do Agrupamento e com os
elementos das equipas da BE;
- Definição de áreas de intervenção para os diferentes membros da
equipa;
- Formação creditada de curta duração: “Como usar os dispositivos
móveis na biblioteca”;
- Preenchimento Base dados 2018 (BD 2018);
- Preenchimento do inquérito sobre Recursos humanos 2018;
- (Re)organização do espaço das bibliotecas escolares, sempre que
se torne necessário, de forma a garantir uma utilização eficaz de
todas as zonas funcionais;
PB
Direção
Equipa BE
Formador
Assistente
Operacional
PB
Comunidade
educativa
Ao longo
do ano
22 set a
20 out
2 a 27 out
D.2 Integração e
valorização da
biblioteca escolar
-Reconhecer a BE/CRE
como pólo difusor de
cultura e de saberes que
promova o
desenvolvimento
integral dos seus
utilizadores.;
Inclusão da BE no Projeto Educativo, Regulamento Interno e PAA:
-Acompanhamento dos projetos/atividades educativas e
curriculares, respondendo às necessidades da escola/população
escolar;
-Implementação de uma política de qualidade e um sistema de
avaliação contínuo - aplicação do MABE;
Direção
Equipa BE
PB
Coordenador
interconcelhio
Comunidade
educativa
Ao longo
do ano
10
-Cumprir os normativos
da RBE;
-Institucionalizar a BE
através da sua inclusão
em documentos
estruturantes;
-Cumprir todas as
prerrogativas exigidas
pela Rede de Bibliotecas
Escolares dentro dos
prazos estabelecidos.
-Inclusão da avaliação da BE na avaliação interna/externa da
escola;
-Colaboração com os departamentos curriculares, Conselhos de
Turma e outras estruturas pedagógicas intermédias, integrando as
suas planificações e intervindo na respetiva operacionalização com
as turmas;
-Cooperação com os serviços no apoio, recuperação e integração
de alunos alvo de medidas corretivas/disciplinares (salas de
estudo, tutoriais, gabinetes de psicologia/orientação, outros
serviços especializados);
- Articulação com os docentes de atividades de enriquecimento
curricular e de animação e de apoio à família (espaço da BE ou
tendo por base os seus recursos);
-Divulgação dos resultados obtidos na avaliação da BE;
-Identificação de ações de melhoria e sua integração no processo
de planeamento;
D.3
Desenvolvimento,
organização,
difusão e uso da
coleção
- Organizar/Otimizar os
recursos existentes;
-Gerir a coleção,
partindo do
levantamento das
necessidades
curriculares, dos
interesses dos
utilizadores e de uma
revisão anual para
aquisição e desbaste.
- Difundir informação, e
atividades;
-Organizar e desenvolver
a BE
- Existência e disponibilização de uma coleção impressa e digital
diversificada consentâneas com os interesses e necessidades
curriculares e formativas;
.
- Acesso local ou remoto a um conjunto de recursos digitais ou
digitalizados (recursos próprios, adquiridos, licenciados ou
subscritos comercialmente e de acesso livre e gratuito);
- Recolha de pedidos e sugestões de aquisição de documentos
junto da comunidade;
- Manutenção do sistema de gestão bibliográfica automatizado;
- Prática do empréstimo domiciliário;
- Promoção de ações de divulgação do fundo documental existente
e das aquisições, nomeadamente:
 no placard de informações da BE;
PB
Assistente
Operacional
Equipa BECRE
Comunidade
educativa
Ao longo
do ano
11
Idanha-a-Nova, outubro de 2017
A Professora Bibliotecária: Carla Duarte Ribeiro
como estrutura de
orientação educativa;
 no placard de informações da sala dos professores;
 na página eletrónica do Agrupamento (espaço da Biblioteca).
 no Blogue;
 no Jornal;
 na Newsletter…
-Deteção dos pontos fracos da coleção e reforço das áreas
carenciadas;
-Condições de acesso e empréstimo a todo o agrupamento;
-Realização do Plano Anual de Atividades da BE, do Plano de
Melhoria, e atualização do Regimento da Biblioteca;
- Atualização de bases de dados;
- Participação no Conselho Pedagógico e nos restantes órgãos de
planificação/decisão pedagógica (PB Coordenador);
- Organização dos dossiês com documentação da BE;
- Atualizar o Guia do Leitor;
- Produção de relatórios a exploração dos dados de utilização
fornecidos pelo programa de gestão bibliográfica;

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Plano Anual de Atividades da Biblioteca Escolar
Plano Anual de Atividades da Biblioteca Escolar Plano Anual de Atividades da Biblioteca Escolar
Plano Anual de Atividades da Biblioteca Escolar 2013/2014
Plano Anual de Atividades da Biblioteca Escolar 2013/2014Plano Anual de Atividades da Biblioteca Escolar 2013/2014
Aula 2 biblioteca escolar
Aula 2 biblioteca escolarAula 2 biblioteca escolar
Aula 2 biblioteca escolar
Biblio 2010
 
Plano Anual de Atividades da Biblioteca Escolar 2015-16
Plano Anual de Atividades da Biblioteca Escolar 2015-16Plano Anual de Atividades da Biblioteca Escolar 2015-16
Plano Anual de Atividades da Biblioteca Escolar 2015-16
Biblioteca Infanta D. Mafalda
 
Projeto Sala de Leitura PPT
Projeto Sala de Leitura PPTProjeto Sala de Leitura PPT
Projeto Sala de Leitura PPT
LUCIA JANDER
 
Atividades da Biblioteca
Atividades da BibliotecaAtividades da Biblioteca
Atividades da Biblioteca
Mônica Inácio
 
Grelha paa be
Grelha paa beGrelha paa be
Planejamento 2015 - proposta de trabalho para sala de leitura
Planejamento 2015 - proposta de trabalho para sala de leituraPlanejamento 2015 - proposta de trabalho para sala de leitura
Planejamento 2015 - proposta de trabalho para sala de leitura
Luciane tonete
 
PABE - Plano de Ação da Biblioteca da Escola D. João II - ano letivo 13 14
PABE - Plano de Ação da Biblioteca da Escola D. João II - ano letivo 13 14PABE - Plano de Ação da Biblioteca da Escola D. João II - ano letivo 13 14
PABE - Plano de Ação da Biblioteca da Escola D. João II - ano letivo 13 14
bedjoaoii
 
Regras da biblioteca
Regras da bibliotecaRegras da biblioteca
Regras da biblioteca
Silvia Maschio
 
PROJETO DE LEITURA: UM PALCO PARA A LINGUAGEM ORAL E ESCRITA
PROJETO DE LEITURA: UM PALCO PARA A LINGUAGEM ORAL E ESCRITAPROJETO DE LEITURA: UM PALCO PARA A LINGUAGEM ORAL E ESCRITA
PROJETO DE LEITURA: UM PALCO PARA A LINGUAGEM ORAL E ESCRITA
Jane Santos
 
Planejamento da biblioteca
Planejamento da bibliotecaPlanejamento da biblioteca
Planejamento da biblioteca
Marcos Vasconcelos
 
Projeto sala de leitura 2014 eliane aparecida geraldo
Projeto sala de leitura 2014 eliane aparecida geraldoProjeto sala de leitura 2014 eliane aparecida geraldo
Projeto sala de leitura 2014 eliane aparecida geraldo
elianegeraldo
 
Plano de trabalho de um professor bibliotecário para apoio à distância
Plano de trabalho de um professor bibliotecário para apoio à distânciaPlano de trabalho de um professor bibliotecário para apoio à distância
Plano de trabalho de um professor bibliotecário para apoio à distância
Ana Ferreira
 
Bibliotecas públicas vs bibliotecas escolares
Bibliotecas públicas vs bibliotecas escolaresBibliotecas públicas vs bibliotecas escolares
Bibliotecas públicas vs bibliotecas escolares
nataliacarias
 
Projetos sala de leitura E. E. Professor Messias Freire 2017
Projetos sala de leitura E. E. Professor Messias Freire 2017Projetos sala de leitura E. E. Professor Messias Freire 2017
Projetos sala de leitura E. E. Professor Messias Freire 2017
Cirlei Santos
 
Incentivacão a leitura e a escrita
Incentivacão a leitura e a escritaIncentivacão a leitura e a escrita
Incentivacão a leitura e a escrita
nancecosta
 
Sala de leitura slide
Sala de leitura slideSala de leitura slide
Sala de leitura slide
Miquéias Lima
 
Relatorio de Execução de Atividades e do Plano de Melhoria da biblioteca 13-14
Relatorio de Execução de Atividades e do Plano de Melhoria da biblioteca 13-14Relatorio de Execução de Atividades e do Plano de Melhoria da biblioteca 13-14
Relatorio de Execução de Atividades e do Plano de Melhoria da biblioteca 13-14
bedjoaoii
 
Aula 2 biblioteca escolar
Aula 2 biblioteca escolarAula 2 biblioteca escolar
Aula 2 biblioteca escolar
Biblio 2010
 

Mais procurados (20)

Plano Anual de Atividades da Biblioteca Escolar
Plano Anual de Atividades da Biblioteca Escolar Plano Anual de Atividades da Biblioteca Escolar
Plano Anual de Atividades da Biblioteca Escolar
 
Plano Anual de Atividades da Biblioteca Escolar 2013/2014
Plano Anual de Atividades da Biblioteca Escolar 2013/2014Plano Anual de Atividades da Biblioteca Escolar 2013/2014
Plano Anual de Atividades da Biblioteca Escolar 2013/2014
 
Aula 2 biblioteca escolar
Aula 2 biblioteca escolarAula 2 biblioteca escolar
Aula 2 biblioteca escolar
 
Plano Anual de Atividades da Biblioteca Escolar 2015-16
Plano Anual de Atividades da Biblioteca Escolar 2015-16Plano Anual de Atividades da Biblioteca Escolar 2015-16
Plano Anual de Atividades da Biblioteca Escolar 2015-16
 
Projeto Sala de Leitura PPT
Projeto Sala de Leitura PPTProjeto Sala de Leitura PPT
Projeto Sala de Leitura PPT
 
Atividades da Biblioteca
Atividades da BibliotecaAtividades da Biblioteca
Atividades da Biblioteca
 
Grelha paa be
Grelha paa beGrelha paa be
Grelha paa be
 
Planejamento 2015 - proposta de trabalho para sala de leitura
Planejamento 2015 - proposta de trabalho para sala de leituraPlanejamento 2015 - proposta de trabalho para sala de leitura
Planejamento 2015 - proposta de trabalho para sala de leitura
 
PABE - Plano de Ação da Biblioteca da Escola D. João II - ano letivo 13 14
PABE - Plano de Ação da Biblioteca da Escola D. João II - ano letivo 13 14PABE - Plano de Ação da Biblioteca da Escola D. João II - ano letivo 13 14
PABE - Plano de Ação da Biblioteca da Escola D. João II - ano letivo 13 14
 
Regras da biblioteca
Regras da bibliotecaRegras da biblioteca
Regras da biblioteca
 
PROJETO DE LEITURA: UM PALCO PARA A LINGUAGEM ORAL E ESCRITA
PROJETO DE LEITURA: UM PALCO PARA A LINGUAGEM ORAL E ESCRITAPROJETO DE LEITURA: UM PALCO PARA A LINGUAGEM ORAL E ESCRITA
PROJETO DE LEITURA: UM PALCO PARA A LINGUAGEM ORAL E ESCRITA
 
Planejamento da biblioteca
Planejamento da bibliotecaPlanejamento da biblioteca
Planejamento da biblioteca
 
Projeto sala de leitura 2014 eliane aparecida geraldo
Projeto sala de leitura 2014 eliane aparecida geraldoProjeto sala de leitura 2014 eliane aparecida geraldo
Projeto sala de leitura 2014 eliane aparecida geraldo
 
Plano de trabalho de um professor bibliotecário para apoio à distância
Plano de trabalho de um professor bibliotecário para apoio à distânciaPlano de trabalho de um professor bibliotecário para apoio à distância
Plano de trabalho de um professor bibliotecário para apoio à distância
 
Bibliotecas públicas vs bibliotecas escolares
Bibliotecas públicas vs bibliotecas escolaresBibliotecas públicas vs bibliotecas escolares
Bibliotecas públicas vs bibliotecas escolares
 
Projetos sala de leitura E. E. Professor Messias Freire 2017
Projetos sala de leitura E. E. Professor Messias Freire 2017Projetos sala de leitura E. E. Professor Messias Freire 2017
Projetos sala de leitura E. E. Professor Messias Freire 2017
 
Incentivacão a leitura e a escrita
Incentivacão a leitura e a escritaIncentivacão a leitura e a escrita
Incentivacão a leitura e a escrita
 
Sala de leitura slide
Sala de leitura slideSala de leitura slide
Sala de leitura slide
 
Relatorio de Execução de Atividades e do Plano de Melhoria da biblioteca 13-14
Relatorio de Execução de Atividades e do Plano de Melhoria da biblioteca 13-14Relatorio de Execução de Atividades e do Plano de Melhoria da biblioteca 13-14
Relatorio de Execução de Atividades e do Plano de Melhoria da biblioteca 13-14
 
Aula 2 biblioteca escolar
Aula 2 biblioteca escolarAula 2 biblioteca escolar
Aula 2 biblioteca escolar
 

Semelhante a Paa be 20172018

Biblioteca institutonun'alvres projecto de actividades 2011-12
Biblioteca institutonun'alvres projecto de actividades 2011-12Biblioteca institutonun'alvres projecto de actividades 2011-12
Biblioteca institutonun'alvres projecto de actividades 2011-12
INAbiblioteca
 
Biblioteca Geral.PlanodeAtividades 12.13
Biblioteca Geral.PlanodeAtividades 12.13Biblioteca Geral.PlanodeAtividades 12.13
Biblioteca Geral.PlanodeAtividades 12.13
INAbiblioteca
 
Biblioteca Geral. PlanodeAtividades.11.12
Biblioteca Geral. PlanodeAtividades.11.12Biblioteca Geral. PlanodeAtividades.11.12
Biblioteca Geral. PlanodeAtividades.11.12
INAbiblioteca
 
Projecto de acçao be
Projecto de acçao beProjecto de acçao be
Projecto de acçao be
Ally
 
Paa be 2012 2013(geral)
Paa be 2012 2013(geral)Paa be 2012 2013(geral)
Paa be 2012 2013(geral)
cristinaplaza
 
Paa be final
Paa be finalPaa be final
Paa be final
florinda almeida
 
Plano anual de atividades 12 13
Plano anual de atividades 12 13Plano anual de atividades 12 13
Plano anual de atividades 12 13
Elisabete Guedes
 
Paa 2014 2015-bibliotecas_escolares
Paa 2014 2015-bibliotecas_escolaresPaa 2014 2015-bibliotecas_escolares
Paa 2014 2015-bibliotecas_escolares
Risoleta Montez
 
Actividade 3
Actividade 3Actividade 3
Actividade 3
guestb1dea3
 
1 relatorio-de-avaliacao2016-2017
1 relatorio-de-avaliacao2016-20171 relatorio-de-avaliacao2016-2017
1 relatorio-de-avaliacao2016-2017
antoniojosetavares
 
PAA BE AEMS 17.18
PAA BE AEMS 17.18PAA BE AEMS 17.18
Apresentação final mac
Apresentação final macApresentação final mac
Apresentação final mac
papacas
 
4 relatorio-de-avaliacao2018-2019
4 relatorio-de-avaliacao2018-20194 relatorio-de-avaliacao2018-2019
4 relatorio-de-avaliacao2018-2019
antoniojosetavares
 
Biblioteca Geral. Plano de Atividades.2021.22
Biblioteca Geral. Plano de Atividades.2021.22Biblioteca Geral. Plano de Atividades.2021.22
Biblioteca Geral. Plano de Atividades.2021.22
INABiblioteca1
 
Plano de acção ave leça-santa cruz do bispo
Plano de acção ave leça-santa cruz do bispoPlano de acção ave leça-santa cruz do bispo
Plano de acção ave leça-santa cruz do bispo
Biblioleca
 
Trabalho
TrabalhoTrabalho
Trabalho
eb23am
 
14 relatório bibliotecas_escolares_2ºperíodo
14 relatório bibliotecas_escolares_2ºperíodo14 relatório bibliotecas_escolares_2ºperíodo
14 relatório bibliotecas_escolares_2ºperíodo
Risoleta Montez
 
Regulamento das bibliotecas
Regulamento das bibliotecasRegulamento das bibliotecas
Regulamento das bibliotecas
Biblioteca Vila d'Este
 
Modelo de auto-avaliacao_das_bibliotecas_escolares_metodologias_de_operaciona...
Modelo de auto-avaliacao_das_bibliotecas_escolares_metodologias_de_operaciona...Modelo de auto-avaliacao_das_bibliotecas_escolares_metodologias_de_operaciona...
Modelo de auto-avaliacao_das_bibliotecas_escolares_metodologias_de_operaciona...
anabelavalentim
 
Documento apresentado no Conselho Pedagogico
Documento apresentado no Conselho PedagogicoDocumento apresentado no Conselho Pedagogico
Documento apresentado no Conselho Pedagogico
culturalmente
 

Semelhante a Paa be 20172018 (20)

Biblioteca institutonun'alvres projecto de actividades 2011-12
Biblioteca institutonun'alvres projecto de actividades 2011-12Biblioteca institutonun'alvres projecto de actividades 2011-12
Biblioteca institutonun'alvres projecto de actividades 2011-12
 
Biblioteca Geral.PlanodeAtividades 12.13
Biblioteca Geral.PlanodeAtividades 12.13Biblioteca Geral.PlanodeAtividades 12.13
Biblioteca Geral.PlanodeAtividades 12.13
 
Biblioteca Geral. PlanodeAtividades.11.12
Biblioteca Geral. PlanodeAtividades.11.12Biblioteca Geral. PlanodeAtividades.11.12
Biblioteca Geral. PlanodeAtividades.11.12
 
Projecto de acçao be
Projecto de acçao beProjecto de acçao be
Projecto de acçao be
 
Paa be 2012 2013(geral)
Paa be 2012 2013(geral)Paa be 2012 2013(geral)
Paa be 2012 2013(geral)
 
Paa be final
Paa be finalPaa be final
Paa be final
 
Plano anual de atividades 12 13
Plano anual de atividades 12 13Plano anual de atividades 12 13
Plano anual de atividades 12 13
 
Paa 2014 2015-bibliotecas_escolares
Paa 2014 2015-bibliotecas_escolaresPaa 2014 2015-bibliotecas_escolares
Paa 2014 2015-bibliotecas_escolares
 
Actividade 3
Actividade 3Actividade 3
Actividade 3
 
1 relatorio-de-avaliacao2016-2017
1 relatorio-de-avaliacao2016-20171 relatorio-de-avaliacao2016-2017
1 relatorio-de-avaliacao2016-2017
 
PAA BE AEMS 17.18
PAA BE AEMS 17.18PAA BE AEMS 17.18
PAA BE AEMS 17.18
 
Apresentação final mac
Apresentação final macApresentação final mac
Apresentação final mac
 
4 relatorio-de-avaliacao2018-2019
4 relatorio-de-avaliacao2018-20194 relatorio-de-avaliacao2018-2019
4 relatorio-de-avaliacao2018-2019
 
Biblioteca Geral. Plano de Atividades.2021.22
Biblioteca Geral. Plano de Atividades.2021.22Biblioteca Geral. Plano de Atividades.2021.22
Biblioteca Geral. Plano de Atividades.2021.22
 
Plano de acção ave leça-santa cruz do bispo
Plano de acção ave leça-santa cruz do bispoPlano de acção ave leça-santa cruz do bispo
Plano de acção ave leça-santa cruz do bispo
 
Trabalho
TrabalhoTrabalho
Trabalho
 
14 relatório bibliotecas_escolares_2ºperíodo
14 relatório bibliotecas_escolares_2ºperíodo14 relatório bibliotecas_escolares_2ºperíodo
14 relatório bibliotecas_escolares_2ºperíodo
 
Regulamento das bibliotecas
Regulamento das bibliotecasRegulamento das bibliotecas
Regulamento das bibliotecas
 
Modelo de auto-avaliacao_das_bibliotecas_escolares_metodologias_de_operaciona...
Modelo de auto-avaliacao_das_bibliotecas_escolares_metodologias_de_operaciona...Modelo de auto-avaliacao_das_bibliotecas_escolares_metodologias_de_operaciona...
Modelo de auto-avaliacao_das_bibliotecas_escolares_metodologias_de_operaciona...
 
Documento apresentado no Conselho Pedagogico
Documento apresentado no Conselho PedagogicoDocumento apresentado no Conselho Pedagogico
Documento apresentado no Conselho Pedagogico
 

Último

Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
TomasSousa7
 
Sinais de pontuação
Sinais de pontuaçãoSinais de pontuação
Sinais de pontuação
Mary Alvarenga
 
“A classe operária vai ao paraíso os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
“A classe operária vai ao paraíso  os modos de produzir e trabalhar ao longo ...“A classe operária vai ao paraíso  os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
“A classe operária vai ao paraíso os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
AdrianoMontagna1
 
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
MessiasMarianoG
 
apresentação sobre Clarice Lispector .pptx
apresentação sobre Clarice Lispector .pptxapresentação sobre Clarice Lispector .pptx
apresentação sobre Clarice Lispector .pptx
JuliaMachado73
 
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdfCaderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
enpfilosofiaufu
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
SILVIAREGINANAZARECA
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
AurelianoFerreirades2
 
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdflivro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
cmeioctaciliabetesch
 
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
Manuais Formação
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
AmiltonAparecido1
 
Forças e leis de Newton 2024 - parte 1.pptx
Forças e leis de Newton 2024 - parte 1.pptxForças e leis de Newton 2024 - parte 1.pptx
Forças e leis de Newton 2024 - parte 1.pptx
Danielle Fernandes Amaro dos Santos
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
fernandacosta37763
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Biblioteca UCS
 
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Centro Jacques Delors
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
TomasSousa7
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
DECIOMAURINARAMOS
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
profesfrancleite
 

Último (20)

Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
 
Sinais de pontuação
Sinais de pontuaçãoSinais de pontuação
Sinais de pontuação
 
“A classe operária vai ao paraíso os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
“A classe operária vai ao paraíso  os modos de produzir e trabalhar ao longo ...“A classe operária vai ao paraíso  os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
“A classe operária vai ao paraíso os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
 
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
 
apresentação sobre Clarice Lispector .pptx
apresentação sobre Clarice Lispector .pptxapresentação sobre Clarice Lispector .pptx
apresentação sobre Clarice Lispector .pptx
 
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdfCaderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
 
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdflivro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
 
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
 
Forças e leis de Newton 2024 - parte 1.pptx
Forças e leis de Newton 2024 - parte 1.pptxForças e leis de Newton 2024 - parte 1.pptx
Forças e leis de Newton 2024 - parte 1.pptx
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
 
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
 

Paa be 20172018

  • 1. 1 PLANO ANUAL DE ATIVIDADES DAS BIBLIOTECAS ESCOLARES DO AGRUPAMENTO JOSÉ SILVESTRE RIBEIRO, IDANHA-A-NOVA ANO LETIVO 2017/2018 MABE DOMÍNIOS INDICADORES OBJETIVOS ATIVIDADE/AÇÃO INTERVENIENTES DATA VERBADINAMIZADORES PÚBLICO-ALVO A.Currículo,literaciaseaprendizagem A.1 Apoio ao currículo e formação para as literacias da informação e dos media. - Promover a articulação da BE com os curriculos. - Fomentar o trabalho colaborativo. - Articular as atividades dos diferentes departamentos e ciclos de ensino com as atividades da BE. - Conceber e realizar atividades formativas tendo em vista o enriquecimento do trabalho curricular e o desenvolvimento das literacias. - Articulação com a direção; participação nos núcleos de decisão pedagógica; - Trabalho colaborativo – planeamento, realização e avaliação das atividades desenvolvidas entre a biblioteca e a sala de aula; - Dinamização de atividades, em parceria com as diversas estruturas pedagógicas, otimizando os recursos existentes; - Implementação do referencial: Aprender com a biblioteca escolar, divulgando-o e formando para o seu uso integrado e cooperativo; - Divulgação dos recursos documentais da BE, nomeadamente as novas aquisições; - Exposição de trabalhos realizados pelos alunos, no âmbito das diferentes disciplinas; Direção PB Equipa BECRE Coordenador interconcelhio Coordenadores Departamentos Coordenadores de grupo Comunidade escolar Ao longo do ano
  • 2. 2 A.2. Uso das tecnologias digitais e da Internet como ferramentas de acesso, produção e comunicação de informação e como recurso de aprendizagem. -Promover o desenvolvimento da literacia da informação e dos média; - Formar utilizadores autónomos no uso da informação. - Identificar riscos e aplicar normas associadas à utilização dos media e à comunicação online (netiqueta, proteção de dados pessoais, respeito pela privacidade dos outros, consumo excessivo de media,...) - Contribuir para que os alunos se tornem descodificadores críticos de mensagens media e produtores reflexivos de mensagens media; -Divulgar o fundo documental da BE; - Incentivar a utilização dos diferentes recursos da BE. Formação de utilizadores: - Disponibilização de guiões no âmbito da literacia da informação e dos média; - Produção de materiais informativos e de apoio à utilização adequada da Internet: guiões de pesquisa, grelhas de avaliação de sítios,… - Desenvolvimento de atividades de formação de utilizadores com turmas/grupos/alunos/docentes. Aprender com a biblioteca escolar – aplicação do referencial da RBE: - Disponibilização, em formato impresso, no blogue ou no sítio da biblioteca de: - Tutoriais escritos, áudio (podcasts) ou vídeo (screencasts) para a utilização de diversas funcionalidades como, por exemplo: como usar o catálogo da biblioteca; como fazer uma citação; como elaborar uma bibliografia; como apresentar um trabalho escrito ou uma apresentação multimédia; como pesquisar na Internet; como criar uma conta de e-mail; outros de diversas funcionalidades utilizando Códigos QR, Voki ( para contar histórias ou dizer um poema), puzzles , questionários no Kahoot Outubro: Mês Internacional das Bibliotecas Escolares “Ligando comunidades e culturas” - Receção às novas turmas da escola: - Apresentação, modo de funcionamento da biblioteca, recursos disponíveis e sensibilização para a importância da biblioteca; - Produção de um cartaz e marcadores; - Lançamento de um concurso mostrando uma visão da biblioteca; - Exposição sobre o tema; - Elaboração de um Quiz sobre o tema do MIBE; Professora bibliotecária Equipa BECRE Professora Teresa Fernandes Assistente Operacional Coordenador interconcelhio da RBE Grupos disciplinares Prof Mª João Rocha Prof. António Rocha Equipa BECRE Comunidade escolar Equipa BECRE Alunos 2º e 3º ciclos Ao longo do ano -Elaborar e adaptar materiais inclusivos em formatos variados;  símbolos e versões simplificadas  áudio  3D Candidatura à RBE – “Todos juntos podemos ler” - Elaboração e adaptação de materiais inclusivos para leitura (ebooks, jogos interativos, formatos áudio, formatos adaptados com utilização dos símbolos arasaac: Autor pictogramas: Sergio Palao Procedencia: ARASAAC (http://catedu.es/arasaac/) Licença: CC (BY-NC-SA), imagens 3D; Docentes Grupo 910 Professora Bibliotecária Terapeuta da fala prof. Grupo Todos os alunos Ao longo do ano
  • 3. 3  e-books -Dinamizar ações de leitura inclusiva; -Instalar o programa ARAWORD em todos os computadores da biblioteca. 500 -Identificar todos os Guias de referência; -Escolher o símbolo que melhor se adapta; -Imprimir e colocar no espaço correto. - Implementação de uma sinalética para acesso aos materiais nas Guias de referência, com apoio dos símbolos ARASAAC. Docentes Grupo 910 Professora Bibliotecária Todos os alunos Ao longo do ano - Sensibilizar para a causa do daltonismo; -Catalogar com o sistema ColorADD as lombadas dos livros; -Permitir à comunidade educativa com dificuldades de visão a acessibilidade à Cor nas Bibliotecas e Salas de Aula. -Catalogação das lombadas dos livros com o sistema ColorADD com a implementação do Programa ColorADD. Social nas Escolas. PB grupo 910 Assistente operacional equipa BECRE Comunidade educativa Ao longo do ano -Criação de questões/problemas, utilizando smartphones. - Jogos de diferentes áreas Equipa BECRE PB Alunos Docentes Ao longo do ano B.Leiturae literacia B.1 Criação e promoção da competência leitora e dos hábitos de leitura -Promover a leitura domiciliária e empréstimo de títulos; -Promover a responsabilidade e o espírito crítico, entre os -Ambiente acolhedor e rico em livros e outros recursos de leitura; -Definição de um plano de aquisições de recursos de leitura atualizados que respondam aos interesses e necessidades curriculares dos utilizadores; -Fornecimento de livros e outros recursos para uso nas salas de PB Equipa BECRE Assistente Operacional Alunos Docentes Ao longo do ano
  • 4. 4 alunos; -Promover e incutir hábitos de leitura; -Promover ações que permitam aos alunos descobrir os vários caminhos na leitura, bem como o prazer e a importância da mesma no seu crescimento como leitores e como cidadãos; - -Analisar biografias e excertos de obras, com vista à construção de conhecimento sobre a literatura e a cultura portuguesas; aula/outros espaços (lazer/estudo); - Orientação dos alunos nas escolhas de leitura recreativa e escolar; - Conhecimento e difusão das novidades editoriais e organização dos recursos para os diferentes públicos; - Promoção da leitura presencial e do empréstimo dos recursos da BE; - Promoção da leitura mediada por dispositivos eletrónicos; exploração de possibilidades de leitura/escrita e produção de conteúdos facultadas pela Internet; - Autor do Mês - exposições bibliográficas alusivas a autores s, com vista à divulgação e à promoção da leitura e das requisições domiciliárias. Enigmas para os alunos. - Sessões: “A biblioteca vai à aula de Português apresentar um escritor”; - Concursos/passatempos. - Feira do livro; PB Equipa BECRE Prof. Cíntia e Professores de Português Assistente operacional Ao longo do ano 2º período B.2 Atividades e projetos de treino e melhoria das capacidades associadas à leitura - Criar hábitos de leitura e escrita, veiculados por laços afetivos e sociais no prazer de ler e escrever; - Envolver a família em rotinas de leitura na escola; -Contribuir para o desenvolvimento do gosto e interesse pela “MOMENTOS LITERÁRIOS” -Promoção da leitura e do gosto pelos livros com:  dinamização da biblioteca escolar;  semana da leitura;  ler dá gozo; - Realização de atividades sugeridas no PNL “Conta-me histórias” - Integração dos pais/famílias nas atividades de incentivo à leitura; - Encontro com a escritora Celeste Gonçalves. - Encontro com a ilustradora Paula Varandas e com a escritora PB Assistente operacional Comunidade escolar Pais e/ou Encarregados de educação 1º ciclo Data a definir 1º Per. 2º Per.
  • 5. 5 leitura; -Desenvolver nos alunos a competência de leitura; -Colaborar com os docentes na planificação de atividades que se enquadram no desenvolvimento curricular; - - Promover a articulação das BE com as escolas; -Promover a responsabilidade e o espírito crítico, entre os alunos. - Ida 1x/mês às escolas EB1. Conhecer as regras de conduta no espaço/equipamentos Alexandra Ribeiro. -Introdução, divulgação e trabalho no âmbito do referencial Aprender com a biblioteca escolar. -Motivar para a participação em concursos; - Promover os concursos de leitura CNL: -Dinamizar a 1ª Fase através da realização de provas por ciclo; -Agendar e proporcionar a 2ªFase (distrital); -Angariar e atribuir prémios; - Difusão das orientações do Plano Nacional de Leitura e participação nas suas atividades e projetos. Concurso nacional de Leitura - Dinamização da 1ª Fase do CNL através da realização de provas para o 3º ciclo e secundário - Preparação dos questionários; Revisão dos mesmos - Correção das provas - Preparação da 2ªFase (distrital); - Angariação e atribuição de prémios e certificados . Obra/s seleccionada/s: 7º ano- A Inaudita Guerra da Avenida Gago Coutinho de Mário de Carvalho 8ºano- Ulisses de Maria Alberta Menéres 9ºano- O Meu Pé de Laranja Lima de José Mauro de Prof. Bibliotecária Coordenador Interconcelhio Prof. Albina Alves Prof. Dores Pinto Alunos Docentes Ao longo do ano 100,00 euros (aquisição de títulos para a 2ª fase)
  • 6. 6 - Utilizar o blogue da BE para divulgar, de forma regular, com sugestões de leitura aos alunos, excertos de textos de literatura juvenil, novidades editoriais, últimas aquisições nesta área; Vasconcelos 10ºano- Robinson Crusoé de Daniel Defoe 11º ano- Os Maias de Eça de Queirós 12º ano- a definir - Dar grande relevo à leitura na escola; -Melhorar os resultados escolares dos alunos; -Colaborar com a BECRE nas atividades de divulgação e motivação para a leitura; -Divulgar os trabalhos dos alunos; -Informar, fazer os regulamentos e divulgar; - Enfatizar o ato de leitura e escrita. 12ª edição da Semana da Leitura «O Prazer de Ler» - Realização do Cartaz para a Semana da leitura, com base nas ilustrações dos alunos; Concurso Literário Ler Dá Gozo - Cooperar com o grupo de Português: Promover o gosto pela aprendizagem, através de atividades de leitura na sala de aula. Cada turma faz 15 perguntas. Treina entre si e escolhe os 4 melhores leitores que irão representar a turma. Entrega na BE as questões feitas, com as soluções e as páginas onde se encontram; 4 alunos de cada turma representam a turma a defrontar as restantes do mesmo ano, na semana da leitura; - Receção e revisão das questões realizadas na sala de aula para selecionar 15 perguntas em cartões ou em aplicação informática; - Calendarização dos vários concursos: 4º ano – a definir 5º ano - A fada Oriana 6º ano – Ulisses Prof. Bibliot. Professora de EV alunos do 6º ano Equipa BECRE Prof. Teresa Brito Comunidade educativa 4º ano 5ºano 6ºano 2º período 50 euros prémios -Incentivar à leitura; Jornal Escolar“ Entrepalavras” Professor Comunidade 1X
  • 7. 7 aperfeiçoar a escrita e favorecer o entrecruzar de saberes de diversos domínios. Especificamente no domínio da leitura e da escrita, o processo de ensino e aprendizagem pode ser substancialmente enriquecido com o envolvimento dos alunos na elaboração do jornal. -Constituição de equipas responsáveis pelas diversas seções do jornal; -Receção dos materiais enviados; -Redação; -Recolha e tratamento da informação proveniente das respetivas estruturas, nomeadamente de atividades e projetos em que estão envolvidas; -Envio da informação (já tratada) para a Coordenação (BECRE). -Grafismo; -Divulgação na web. bibliotecário Teresa Fernandes Cíntia Dores Pinto Cristina Lourenço Comunidade escolar educativa período C.Projetoseparcerias C.1 Desenvolvimento de atividades e serviços colaborativos com outras escolas/bibliotecas -Promover o sucesso escolar; - Promover a igualdade de oportunidades de acesso e sucesso escolares; -Dar a conhecer a biblioteca ao máximo de alunos pertencentes ao Agrupamento; - Promover a interação interciclos; - Desenvolvimento de atividades e projetos com outras escolas /bibliotecas; - Partilha de infraestuturas; apoio técnico e serviços em rede (racionalização/rentabilização dos meios disponíveis); - Estabelecimento de parcerias com a BM – promoção de projetos/atividades que sirvam interesses e objetivos comuns; - Criação de redes de trabalho e de formação; participação, com carácter regular, em reuniões (inter)concelhias promovidas pela RBE, BM/SABE, … - Práticas de partilha e de trabalho em rede adequadas às necessidades da escola; - Oportunidades de formação; - Encontros e seminários para partilha de experiências. Direção PB Equipa BE Docentes Docentes Alunos C.2 Participação em projetos e parcerias com entidades exteriores à escola -Apoiar a concretização dos diferentes projetos escolares e extraescolares. -Dinamizar projetos -Desenvolvimento de programas/atividades em parceria com o Projeto Afirma-te, Centro Municipal de Cultura e Desenvolvimento: - Workshop ”liderança”; - Workshop ”Como comunicar em público” Técnicos do Projeto Afirma- te PB 12º ano 12º ano 14 nov 12 dez
  • 8. 8 ligados à promoção da leitura e literacias; - Dar a conhecer a toda a comunidade as atividades dinamizadas na/pela BE. -Sensibilizar para a cultura/literacia científica; - Comemorar algumas datas relevantes para as diferentes disciplinas do currículo; -Dinamizar projetos ligados à promoção da leitura e literacias. - Sessões de planetário; - Sessão: “Ciências experimentais”. -Comemoração de efemérides e dias internacionais:  Dia Mundial da Paz;  Dia Mundial da Alimentação (16 de outubro);  Halloween (31 de outubro);  Dia de S. Martinho (11 Novembro);  Dia Internacional das pessoas com deficiência (canção- A fada da asa torta; Elaboração de um livro interativo sobre o mesmo tema)  Natal  São Valentim (14 de fevereiro);  Dia da Língua Materna (20 de fevereiro);;  Dia Mundial da saúde oral (20 de Março)  Dia mundial do livro e dos direitos de autor (23 de abril);  Dia do autor português (22 de maio)etc… -Realização de exposições temáticas, integradas nas diversas comemorações; - Concursos; - Hora do conto; - Manutenção, na página eletrónica do agrupamento, de um espaço dedicado à difusão do trabalho desenvolvido nas Bibliotecas Escolares.…) Realização do Workshop “Ideias, escrita criativa” com Ivo Rocha da PB grupo520 grupo 910 e prof. música Equipa BE Grupos disciplinares Associação de estudantes grupo 100 e110 1º ciclo 2º e 3º ciclo Comunidade escolar 1º ciclo e pré-escolar Alunos 9ºano 17 jan 19 abril Ao longo do ano letivo 14/12 22/03 26/04 Prémios 15 euros
  • 9. 9 -Desenvolver a orientação e a aprendizagem de alguns conceitos de higiene oral, de forma criativa e lúdica; Silva; “A farsa de Inês Pereira”- Espetáculo pela Companhia de Teatro AtrapalhArte; - Implementação do projeto de Saúde Oral e Bibliotecas Escolares (SOBE), um projeto da RBE em parceria com o Ministério da Saúde. Grupo 520 Enfermeiras do Centro de saúde Alunos secundário Pré-escolar 1º e 2ºciclo 16 jan Ao longo do ano letivo 3 euros/aluno C.3 Envolvimento e mobilização dos pais, encarregados de educação e famílias - Sensibilizar os pais para participarem na vida escolar; - Acolhimento de pais/E.E. e famílias; - Exploração das redes sociais no contacto e comunicação com as famílias; - Colaboração com os pais/EE/famílias em ocasiões especiais. Equipa BECRE Docentes Comunidade educativa Ao longo do ano D.Gestãodabibliotecaescolar D.1 Recursos humanos, materiais e financeiros adequados às necessidades de gestão, funcionamento e dinamização da biblioteca escolar -Constituir equipas que garantam o funcionamento da biblioteca; - Definir, de acordo com as necessidades, um plano de formação para os elementos da Equipa; - actualizar Base de dados; - Realização de reuniões com a Direção do Agrupamento e com os elementos das equipas da BE; - Definição de áreas de intervenção para os diferentes membros da equipa; - Formação creditada de curta duração: “Como usar os dispositivos móveis na biblioteca”; - Preenchimento Base dados 2018 (BD 2018); - Preenchimento do inquérito sobre Recursos humanos 2018; - (Re)organização do espaço das bibliotecas escolares, sempre que se torne necessário, de forma a garantir uma utilização eficaz de todas as zonas funcionais; PB Direção Equipa BE Formador Assistente Operacional PB Comunidade educativa Ao longo do ano 22 set a 20 out 2 a 27 out D.2 Integração e valorização da biblioteca escolar -Reconhecer a BE/CRE como pólo difusor de cultura e de saberes que promova o desenvolvimento integral dos seus utilizadores.; Inclusão da BE no Projeto Educativo, Regulamento Interno e PAA: -Acompanhamento dos projetos/atividades educativas e curriculares, respondendo às necessidades da escola/população escolar; -Implementação de uma política de qualidade e um sistema de avaliação contínuo - aplicação do MABE; Direção Equipa BE PB Coordenador interconcelhio Comunidade educativa Ao longo do ano
  • 10. 10 -Cumprir os normativos da RBE; -Institucionalizar a BE através da sua inclusão em documentos estruturantes; -Cumprir todas as prerrogativas exigidas pela Rede de Bibliotecas Escolares dentro dos prazos estabelecidos. -Inclusão da avaliação da BE na avaliação interna/externa da escola; -Colaboração com os departamentos curriculares, Conselhos de Turma e outras estruturas pedagógicas intermédias, integrando as suas planificações e intervindo na respetiva operacionalização com as turmas; -Cooperação com os serviços no apoio, recuperação e integração de alunos alvo de medidas corretivas/disciplinares (salas de estudo, tutoriais, gabinetes de psicologia/orientação, outros serviços especializados); - Articulação com os docentes de atividades de enriquecimento curricular e de animação e de apoio à família (espaço da BE ou tendo por base os seus recursos); -Divulgação dos resultados obtidos na avaliação da BE; -Identificação de ações de melhoria e sua integração no processo de planeamento; D.3 Desenvolvimento, organização, difusão e uso da coleção - Organizar/Otimizar os recursos existentes; -Gerir a coleção, partindo do levantamento das necessidades curriculares, dos interesses dos utilizadores e de uma revisão anual para aquisição e desbaste. - Difundir informação, e atividades; -Organizar e desenvolver a BE - Existência e disponibilização de uma coleção impressa e digital diversificada consentâneas com os interesses e necessidades curriculares e formativas; . - Acesso local ou remoto a um conjunto de recursos digitais ou digitalizados (recursos próprios, adquiridos, licenciados ou subscritos comercialmente e de acesso livre e gratuito); - Recolha de pedidos e sugestões de aquisição de documentos junto da comunidade; - Manutenção do sistema de gestão bibliográfica automatizado; - Prática do empréstimo domiciliário; - Promoção de ações de divulgação do fundo documental existente e das aquisições, nomeadamente:  no placard de informações da BE; PB Assistente Operacional Equipa BECRE Comunidade educativa Ao longo do ano
  • 11. 11 Idanha-a-Nova, outubro de 2017 A Professora Bibliotecária: Carla Duarte Ribeiro como estrutura de orientação educativa;  no placard de informações da sala dos professores;  na página eletrónica do Agrupamento (espaço da Biblioteca).  no Blogue;  no Jornal;  na Newsletter… -Deteção dos pontos fracos da coleção e reforço das áreas carenciadas; -Condições de acesso e empréstimo a todo o agrupamento; -Realização do Plano Anual de Atividades da BE, do Plano de Melhoria, e atualização do Regimento da Biblioteca; - Atualização de bases de dados; - Participação no Conselho Pedagógico e nos restantes órgãos de planificação/decisão pedagógica (PB Coordenador); - Organização dos dossiês com documentação da BE; - Atualizar o Guia do Leitor; - Produção de relatórios a exploração dos dados de utilização fornecidos pelo programa de gestão bibliográfica;