SlideShare uma empresa Scribd logo
E MECANISMO DE DEFESA  PROJEÇÃO - visão JUNGUIANA
“ No inicio da vida, o EGO não esta
formado.
Quando chegamos ao mundo somos
pequenos, frágeis e indefesos.
Temos pouco ou nenhum controle
sobre nosso ambiente: apenas a
capacidade de chorar de dor ou de
inspirar amor e cuidados com a
nossa aparência, graciosa,
vulnerável e inocente.
(Carol Pearson)
Para Jung, o ego
é um dos
principais
arquétipos da
personalidade e
o centro da
consciência.
Ele fornece
direção às
nossas “vidas
conscientes” e
tenta nos
convencer de
que devemos
sempre planejar
e analisar
nossas
experiências
conscientemente.
CENTRO
CONSCIENCIA
O EGO é o centro da CONSCIENCIA, responsável pela organização da
psique CONSCIENTE, embora não seja idêntico à ele . Desempenha a função básica
de VIGIA/PORTEIRO da consciência. O que não é reconhecido por ele, seja uma
ideia, sentimento, lembrança ou uma percepção, não chega à consciência.
Como ponto de referência da consciência, ele é o sujeito de todas as nossas tentativas de
adaptação. É o EGO que SELECIONA todo material psíquico que ENTRA
na consciência, possibilitando-nos escolher alguns conteúdos e abrir mão de outros,
canalizando energia para nos modificarmos. Essa função não faz do ego o vilão , pelo
contrario, pois se fosse assim, ficaríamos assoberbados pela massa do material acumulado na
consciência.
EGO
EGO
Como centro do campo da
consciência, é apenas um
fragmento, uma parte da
psique, o responsável pela
conservação e continuidade
da personalidade.
É no EGO que percebemos o
contraste entre a consciência
e o inconsciente.
Ele pode ser confundido com
o centro da psique – o
centro da psique é o SELF
SELF
EGO
Como é formada a nossa psique? COMO
É FORMADA A ALMA?
O ser humano é formado por complexos
elementos que transcendem a uma
análise superficial exigindo seguro
aprofundamento nos seus complexos
elementos constitutivos.
(Em busca da verdade – J.de Angelis)
O espírito, períspirito e matéria se
relacionam e interagem na caminhada
evolutiva na qual despertamos para o
lado divino.
O ego só consegue ver parte da
realidade. Mas precisamos nos conhecer
em busca do aprimoramento.
Á medida que a Psicologia vem
aprofundando suas investigações nos
alicerces psíquicos do ser, mais se
agigantam as perspectivas do
conhecimento, permitindo viver com
mais dignidade a existência humana.
(O SER CONSCIENTE).
EGO – é parte de nossa
identidade (nome, família,
trabalho,... tudo o que me diz
respeito). É tudo aquilo que
percebo em minha consciência
que se refere a mim, é reflexo
do inconsciente.
O Ego é o centro da
consciência, mas o self é o
diretor geral.
O EGO é quem fornece a personalidade
identidade e continuidade.
É através da seleção e da eliminação do
material psíquicos, feitas pelo ego,que
mantemos uma qualidade continua de
coerência na personalidade individual.
Não fosse isso, perderíamos a sensação de
sermos hoje a mesma pessoa de ontem.
É desta forma, que desenvolvemos uma
personalidade distinta e persistente, o que nos
permite viver o processo de individuação.
Só podemos ter consciência de nós mesmos
se formos capazes de lembrar o que fizemos
ontem e planejar o que iremos fazer amanha.
Quanto mais as experiências se tornarem
conscientes, ou seja, forem aceitas pelo EGO,
maior a nossa capacidade de diferenciação.
Isso nos leva a compreensão de que para
encontrarmos o sentido existencial,
necessário se faz estarmos conscientes da
própria existência, e é por intermédio do EGO
que desenvolvemos o sentido de existir.
- Refletindo a Alma – Psicologia Espírita Joana de Angelis.
- Nosso EGO é o EU ,
- O centro do consciente pessoal
- É o que eu acho que sei sobre mim
mesmo,
- É composto por: percepções
conscientes, recordações, pensamentos e
sentimento que são conhecidos.
- É altamente SELETIVO.
Seleciona conteúdos que são
assimilados. Atenção seletiva.
- Esta relacionado a VONTADE
- Tem uma percepção geral do próprio
corpo e da própria existência.
O que é o mecanismo de
defesa de projeção e como
funciona
Muitos de nós ficamos na
defensiva quando somos
criticados.
Todos nós queremos ser
autoconscientes, mas alguns
de nós lutamos para manter a
compostura quando nos
sentimos vulneráveis.
A projeção é uma maneira
pela qual podemos reagir
inadvertidamente quando nos
sentimos ameaçados por uma
crítica.
O EGO & MECANISMOS DA PROJEÇÃO
O EGO & MECANISMOS DA PROJEÇÃO

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Carl gustav jung
Carl gustav jungCarl gustav jung
Carl gustav jung
Gabriela Moraes
 
Aula 105 EAE Regras para a educação. Conduta e aperfeiçoamento dos seres (III)
Aula 105 EAE Regras para a educação.  Conduta e aperfeiçoamento dos seres (III)Aula 105 EAE Regras para a educação.  Conduta e aperfeiçoamento dos seres (III)
Aula 105 EAE Regras para a educação. Conduta e aperfeiçoamento dos seres (III)
PatiSousa1
 
Conhece a ti mesmo
Conhece a ti mesmoConhece a ti mesmo
Conhece a ti mesmo
CEENA_SS
 
Doenças psicossomáticas
Doenças psicossomáticasDoenças psicossomáticas
Doenças psicossomáticas
Marcos Paterra
 
Libertação da sombra (Joanna de Ângelis)
Libertação da sombra (Joanna de Ângelis)Libertação da sombra (Joanna de Ângelis)
Libertação da sombra (Joanna de Ângelis)
Fatima Carvalho
 
Freud e os mecanismos de defesa
Freud e os mecanismos de defesaFreud e os mecanismos de defesa
Freud e os mecanismos de defesa
Fábio Vasconcelos
 
AUTOCONHECIMENTO X AUTOESTIMA
AUTOCONHECIMENTO X AUTOESTIMAAUTOCONHECIMENTO X AUTOESTIMA
AUTOCONHECIMENTO X AUTOESTIMA
ARMAZÉM DE ARTES TANIA PAUPITZ
 
Aula 11 A Psicologia espírita por Joanna de Angelis
Aula 11  A Psicologia espírita por Joanna de AngelisAula 11  A Psicologia espírita por Joanna de Angelis
Aula 11 A Psicologia espírita por Joanna de Angelis
Prof. Paulo Ratki
 
Bem aventurados os puros de coração
Bem aventurados os puros de coraçãoBem aventurados os puros de coração
Bem aventurados os puros de coração
Henrique Vieira
 
UMA JORNADA PARA DENTRO
UMA JORNADA PARA DENTROUMA JORNADA PARA DENTRO
UMA JORNADA PARA DENTRO
ARMAZÉM DE ARTES TANIA PAUPITZ
 
Valorização da vida - Wilma Badan CG
Valorização da vida - Wilma Badan CGValorização da vida - Wilma Badan CG
Valorização da vida - Wilma Badan CG
Mima Badan
 
A fé transporta montanhas
A fé transporta montanhasA fé transporta montanhas
A fé transporta montanhas
elanojose
 
Palestra Depress O E Melancolia
Palestra Depress O E MelancoliaPalestra Depress O E Melancolia
Palestra Depress O E Melancolia
guestaa6f1b
 
A psicologia analitica de jung parte 1
A psicologia analitica de jung parte 1A psicologia analitica de jung parte 1
A psicologia analitica de jung parte 1
Prof. Paulo Ratki
 
Conflitos existenciais e o atendimento no centro espírita(Leonardo Pereira).
Conflitos existenciais e o atendimento no centro espírita(Leonardo Pereira). Conflitos existenciais e o atendimento no centro espírita(Leonardo Pereira).
Conflitos existenciais e o atendimento no centro espírita(Leonardo Pereira).
Leonardo Pereira
 
João batista 1
João batista 1João batista 1
João batista 1
Sergio Menezes
 
O problema do ser do destino e da dor !
O problema do ser do destino e da dor !O problema do ser do destino e da dor !
O problema do ser do destino e da dor !
Leonardo Pereira
 
Humanismo Carl Rogers
Humanismo Carl RogersHumanismo Carl Rogers
Humanismo Carl Rogers
Elisabeth Lima de Oliveira
 
Palestra Semelhanças e diferenças entre Freud e Jung
Palestra Semelhanças e diferenças entre Freud e JungPalestra Semelhanças e diferenças entre Freud e Jung
Palestra Semelhanças e diferenças entre Freud e Jung
tacio111
 
CERIMÔNIA DE PASSAGEM GRAU DE SERVIDOR
CERIMÔNIA DE PASSAGEM GRAU DE SERVIDORCERIMÔNIA DE PASSAGEM GRAU DE SERVIDOR
CERIMÔNIA DE PASSAGEM GRAU DE SERVIDOR
Alex Silva
 

Mais procurados (20)

Carl gustav jung
Carl gustav jungCarl gustav jung
Carl gustav jung
 
Aula 105 EAE Regras para a educação. Conduta e aperfeiçoamento dos seres (III)
Aula 105 EAE Regras para a educação.  Conduta e aperfeiçoamento dos seres (III)Aula 105 EAE Regras para a educação.  Conduta e aperfeiçoamento dos seres (III)
Aula 105 EAE Regras para a educação. Conduta e aperfeiçoamento dos seres (III)
 
Conhece a ti mesmo
Conhece a ti mesmoConhece a ti mesmo
Conhece a ti mesmo
 
Doenças psicossomáticas
Doenças psicossomáticasDoenças psicossomáticas
Doenças psicossomáticas
 
Libertação da sombra (Joanna de Ângelis)
Libertação da sombra (Joanna de Ângelis)Libertação da sombra (Joanna de Ângelis)
Libertação da sombra (Joanna de Ângelis)
 
Freud e os mecanismos de defesa
Freud e os mecanismos de defesaFreud e os mecanismos de defesa
Freud e os mecanismos de defesa
 
AUTOCONHECIMENTO X AUTOESTIMA
AUTOCONHECIMENTO X AUTOESTIMAAUTOCONHECIMENTO X AUTOESTIMA
AUTOCONHECIMENTO X AUTOESTIMA
 
Aula 11 A Psicologia espírita por Joanna de Angelis
Aula 11  A Psicologia espírita por Joanna de AngelisAula 11  A Psicologia espírita por Joanna de Angelis
Aula 11 A Psicologia espírita por Joanna de Angelis
 
Bem aventurados os puros de coração
Bem aventurados os puros de coraçãoBem aventurados os puros de coração
Bem aventurados os puros de coração
 
UMA JORNADA PARA DENTRO
UMA JORNADA PARA DENTROUMA JORNADA PARA DENTRO
UMA JORNADA PARA DENTRO
 
Valorização da vida - Wilma Badan CG
Valorização da vida - Wilma Badan CGValorização da vida - Wilma Badan CG
Valorização da vida - Wilma Badan CG
 
A fé transporta montanhas
A fé transporta montanhasA fé transporta montanhas
A fé transporta montanhas
 
Palestra Depress O E Melancolia
Palestra Depress O E MelancoliaPalestra Depress O E Melancolia
Palestra Depress O E Melancolia
 
A psicologia analitica de jung parte 1
A psicologia analitica de jung parte 1A psicologia analitica de jung parte 1
A psicologia analitica de jung parte 1
 
Conflitos existenciais e o atendimento no centro espírita(Leonardo Pereira).
Conflitos existenciais e o atendimento no centro espírita(Leonardo Pereira). Conflitos existenciais e o atendimento no centro espírita(Leonardo Pereira).
Conflitos existenciais e o atendimento no centro espírita(Leonardo Pereira).
 
João batista 1
João batista 1João batista 1
João batista 1
 
O problema do ser do destino e da dor !
O problema do ser do destino e da dor !O problema do ser do destino e da dor !
O problema do ser do destino e da dor !
 
Humanismo Carl Rogers
Humanismo Carl RogersHumanismo Carl Rogers
Humanismo Carl Rogers
 
Palestra Semelhanças e diferenças entre Freud e Jung
Palestra Semelhanças e diferenças entre Freud e JungPalestra Semelhanças e diferenças entre Freud e Jung
Palestra Semelhanças e diferenças entre Freud e Jung
 
CERIMÔNIA DE PASSAGEM GRAU DE SERVIDOR
CERIMÔNIA DE PASSAGEM GRAU DE SERVIDORCERIMÔNIA DE PASSAGEM GRAU DE SERVIDOR
CERIMÔNIA DE PASSAGEM GRAU DE SERVIDOR
 

Semelhante a O EGO & MECANISMOS DA PROJEÇÃO

Ix encontro de psicopedagogia psicomotricidade e psicopedagogia
Ix encontro de psicopedagogia psicomotricidade e psicopedagogiaIx encontro de psicopedagogia psicomotricidade e psicopedagogia
Ix encontro de psicopedagogia psicomotricidade e psicopedagogia
Cristina Maria de S Miranda
 
O SELF EM EXPANSAO VISÃO JUNG e JOANA.pptx
O SELF EM EXPANSAO VISÃO  JUNG e  JOANA.pptxO SELF EM EXPANSAO VISÃO  JUNG e  JOANA.pptx
O SELF EM EXPANSAO VISÃO JUNG e JOANA.pptx
ARMAZÉM DE ARTES TANIA PAUPITZ
 
Fundamentos gnosticos-para-a-morte-do-ego
Fundamentos gnosticos-para-a-morte-do-egoFundamentos gnosticos-para-a-morte-do-ego
Fundamentos gnosticos-para-a-morte-do-ego
Paulo César Sanches
 
Reforma Íntima, Níveis de Consciência e 12 Propostas para o VIR A SER
Reforma Íntima, Níveis de Consciência e 12 Propostas para o VIR A SERReforma Íntima, Níveis de Consciência e 12 Propostas para o VIR A SER
Reforma Íntima, Níveis de Consciência e 12 Propostas para o VIR A SER
Prof. Paulo Ratki
 
O sono, sonhos, emancipação da alma, desdobramento
O sono, sonhos, emancipação da alma, desdobramentoO sono, sonhos, emancipação da alma, desdobramento
O sono, sonhos, emancipação da alma, desdobramento
Jose Luiz Maio
 
Consciência e evolução
Consciência e evolução Consciência e evolução
Consciência e evolução
Leonardo Pereira
 
NIVEIS DE CONSCIENCIA HUMANA pptx
NIVEIS DE CONSCIENCIA HUMANA pptxNIVEIS DE CONSCIENCIA HUMANA pptx
NIVEIS DE CONSCIENCIA HUMANA pptx
ARMAZÉM DE ARTES TANIA PAUPITZ
 
COMPLEXOS NA VISÃO JUNGUIANA
COMPLEXOS NA VISÃO JUNGUIANACOMPLEXOS NA VISÃO JUNGUIANA
COMPLEXOS NA VISÃO JUNGUIANA
ARMAZÉM DE ARTES TANIA PAUPITZ
 
Ebook-Os-Tipos-Psicológicos.pdf
Ebook-Os-Tipos-Psicológicos.pdfEbook-Os-Tipos-Psicológicos.pdf
Ebook-Os-Tipos-Psicológicos.pdf
paolacarvalho25
 
REFORMA INTIMA DE QUE FORMA FAZE-LA.pptx
REFORMA INTIMA DE QUE FORMA FAZE-LA.pptxREFORMA INTIMA DE QUE FORMA FAZE-LA.pptx
REFORMA INTIMA DE QUE FORMA FAZE-LA.pptx
ARMAZÉM DE ARTES TANIA PAUPITZ
 
Software Junguiano
Software JunguianoSoftware Junguiano
Software Junguiano
Antonio Morais
 
O INCONSCIENTE COLETIVO E PESSOAL SEGUNDO JUNG pptx
O INCONSCIENTE COLETIVO E PESSOAL SEGUNDO JUNG pptxO INCONSCIENTE COLETIVO E PESSOAL SEGUNDO JUNG pptx
O INCONSCIENTE COLETIVO E PESSOAL SEGUNDO JUNG pptx
ARMAZÉM DE ARTES TANIA PAUPITZ
 
Espiritismo E Nossos Desafios Pessoal E Interpessoal Slides Escolhidos
Espiritismo E Nossos Desafios Pessoal E Interpessoal Slides EscolhidosEspiritismo E Nossos Desafios Pessoal E Interpessoal Slides Escolhidos
Espiritismo E Nossos Desafios Pessoal E Interpessoal Slides Escolhidos
The Fraternity Spiritist Group
 
Transtorno dissociativo Material de Apoio
Transtorno dissociativo Material de ApoioTranstorno dissociativo Material de Apoio
Transtorno dissociativo Material de Apoio
Espaço da Mente
 
C. G. Jung
C. G. JungC. G. Jung
Eae 105 Regras para a educação. Conduta e aperfeiçoamento dos seres ( III )
Eae 105 Regras para a educação. Conduta e aperfeiçoamento dos seres ( III )Eae 105 Regras para a educação. Conduta e aperfeiçoamento dos seres ( III )
Eae 105 Regras para a educação. Conduta e aperfeiçoamento dos seres ( III )
PatiSousa1
 
Psicanalise freud
Psicanalise   freudPsicanalise   freud
Psicanalise freud
Dani Silva
 
EBOOK Intuição ou Ego
EBOOK Intuição ou EgoEBOOK Intuição ou Ego
EBOOK Intuição ou Ego
Casa Anjali Terapias Integrativas
 
Processos Psicológicos Básicos - Psicologia
Processos Psicológicos Básicos - PsicologiaProcessos Psicológicos Básicos - Psicologia
Processos Psicológicos Básicos - Psicologia
profdeniseismarsi
 
Yoga uma filosofia para a qualidade de vida
Yoga uma filosofia para a qualidade de vidaYoga uma filosofia para a qualidade de vida
Yoga uma filosofia para a qualidade de vida
Márcia Oliveira
 

Semelhante a O EGO & MECANISMOS DA PROJEÇÃO (20)

Ix encontro de psicopedagogia psicomotricidade e psicopedagogia
Ix encontro de psicopedagogia psicomotricidade e psicopedagogiaIx encontro de psicopedagogia psicomotricidade e psicopedagogia
Ix encontro de psicopedagogia psicomotricidade e psicopedagogia
 
O SELF EM EXPANSAO VISÃO JUNG e JOANA.pptx
O SELF EM EXPANSAO VISÃO  JUNG e  JOANA.pptxO SELF EM EXPANSAO VISÃO  JUNG e  JOANA.pptx
O SELF EM EXPANSAO VISÃO JUNG e JOANA.pptx
 
Fundamentos gnosticos-para-a-morte-do-ego
Fundamentos gnosticos-para-a-morte-do-egoFundamentos gnosticos-para-a-morte-do-ego
Fundamentos gnosticos-para-a-morte-do-ego
 
Reforma Íntima, Níveis de Consciência e 12 Propostas para o VIR A SER
Reforma Íntima, Níveis de Consciência e 12 Propostas para o VIR A SERReforma Íntima, Níveis de Consciência e 12 Propostas para o VIR A SER
Reforma Íntima, Níveis de Consciência e 12 Propostas para o VIR A SER
 
O sono, sonhos, emancipação da alma, desdobramento
O sono, sonhos, emancipação da alma, desdobramentoO sono, sonhos, emancipação da alma, desdobramento
O sono, sonhos, emancipação da alma, desdobramento
 
Consciência e evolução
Consciência e evolução Consciência e evolução
Consciência e evolução
 
NIVEIS DE CONSCIENCIA HUMANA pptx
NIVEIS DE CONSCIENCIA HUMANA pptxNIVEIS DE CONSCIENCIA HUMANA pptx
NIVEIS DE CONSCIENCIA HUMANA pptx
 
COMPLEXOS NA VISÃO JUNGUIANA
COMPLEXOS NA VISÃO JUNGUIANACOMPLEXOS NA VISÃO JUNGUIANA
COMPLEXOS NA VISÃO JUNGUIANA
 
Ebook-Os-Tipos-Psicológicos.pdf
Ebook-Os-Tipos-Psicológicos.pdfEbook-Os-Tipos-Psicológicos.pdf
Ebook-Os-Tipos-Psicológicos.pdf
 
REFORMA INTIMA DE QUE FORMA FAZE-LA.pptx
REFORMA INTIMA DE QUE FORMA FAZE-LA.pptxREFORMA INTIMA DE QUE FORMA FAZE-LA.pptx
REFORMA INTIMA DE QUE FORMA FAZE-LA.pptx
 
Software Junguiano
Software JunguianoSoftware Junguiano
Software Junguiano
 
O INCONSCIENTE COLETIVO E PESSOAL SEGUNDO JUNG pptx
O INCONSCIENTE COLETIVO E PESSOAL SEGUNDO JUNG pptxO INCONSCIENTE COLETIVO E PESSOAL SEGUNDO JUNG pptx
O INCONSCIENTE COLETIVO E PESSOAL SEGUNDO JUNG pptx
 
Espiritismo E Nossos Desafios Pessoal E Interpessoal Slides Escolhidos
Espiritismo E Nossos Desafios Pessoal E Interpessoal Slides EscolhidosEspiritismo E Nossos Desafios Pessoal E Interpessoal Slides Escolhidos
Espiritismo E Nossos Desafios Pessoal E Interpessoal Slides Escolhidos
 
Transtorno dissociativo Material de Apoio
Transtorno dissociativo Material de ApoioTranstorno dissociativo Material de Apoio
Transtorno dissociativo Material de Apoio
 
C. G. Jung
C. G. JungC. G. Jung
C. G. Jung
 
Eae 105 Regras para a educação. Conduta e aperfeiçoamento dos seres ( III )
Eae 105 Regras para a educação. Conduta e aperfeiçoamento dos seres ( III )Eae 105 Regras para a educação. Conduta e aperfeiçoamento dos seres ( III )
Eae 105 Regras para a educação. Conduta e aperfeiçoamento dos seres ( III )
 
Psicanalise freud
Psicanalise   freudPsicanalise   freud
Psicanalise freud
 
EBOOK Intuição ou Ego
EBOOK Intuição ou EgoEBOOK Intuição ou Ego
EBOOK Intuição ou Ego
 
Processos Psicológicos Básicos - Psicologia
Processos Psicológicos Básicos - PsicologiaProcessos Psicológicos Básicos - Psicologia
Processos Psicológicos Básicos - Psicologia
 
Yoga uma filosofia para a qualidade de vida
Yoga uma filosofia para a qualidade de vidaYoga uma filosofia para a qualidade de vida
Yoga uma filosofia para a qualidade de vida
 

Mais de ARMAZÉM DE ARTES TANIA PAUPITZ

VICIOS MORAIS E COMPORTAMENTAIS NA VISÃO ESPÍRITA
VICIOS MORAIS E COMPORTAMENTAIS  NA VISÃO ESPÍRITAVICIOS MORAIS E COMPORTAMENTAIS  NA VISÃO ESPÍRITA
VICIOS MORAIS E COMPORTAMENTAIS NA VISÃO ESPÍRITA
ARMAZÉM DE ARTES TANIA PAUPITZ
 
ESTUDAR A SI MESMO - A ARTE MAIS DIFICIL.
ESTUDAR A SI MESMO - A ARTE MAIS DIFICIL.ESTUDAR A SI MESMO - A ARTE MAIS DIFICIL.
ESTUDAR A SI MESMO - A ARTE MAIS DIFICIL.
ARMAZÉM DE ARTES TANIA PAUPITZ
 
DOENÇAS PSICOSSOMÁTICAS
DOENÇAS PSICOSSOMÁTICASDOENÇAS PSICOSSOMÁTICAS
DOENÇAS PSICOSSOMÁTICAS
ARMAZÉM DE ARTES TANIA PAUPITZ
 
AS DOENÇAS DA ALMA
AS DOENÇAS DA ALMAAS DOENÇAS DA ALMA
AS DOENÇAS DA ALMA
ARMAZÉM DE ARTES TANIA PAUPITZ
 
AUTOCONHECIMENTO - O CORPO FALA.pdf
AUTOCONHECIMENTO  - O CORPO FALA.pdfAUTOCONHECIMENTO  - O CORPO FALA.pdf
AUTOCONHECIMENTO - O CORPO FALA.pdf
ARMAZÉM DE ARTES TANIA PAUPITZ
 
A PAZ QUE VEM DE DENTRO.docx
A PAZ QUE VEM DE DENTRO.docxA PAZ QUE VEM DE DENTRO.docx
A PAZ QUE VEM DE DENTRO.docx
ARMAZÉM DE ARTES TANIA PAUPITZ
 
SONO E SONHOS VISÃO ESPIRITA
SONO E SONHOS VISÃO ESPIRITASONO E SONHOS VISÃO ESPIRITA
SONO E SONHOS VISÃO ESPIRITA
ARMAZÉM DE ARTES TANIA PAUPITZ
 
IMPORTANCIA DO SILENCIO JOANA DE ANGELIS.docx
IMPORTANCIA DO SILENCIO JOANA DE ANGELIS.docxIMPORTANCIA DO SILENCIO JOANA DE ANGELIS.docx
IMPORTANCIA DO SILENCIO JOANA DE ANGELIS.docx
ARMAZÉM DE ARTES TANIA PAUPITZ
 
DROGAS VISÃO ESPIRITA
DROGAS VISÃO ESPIRITADROGAS VISÃO ESPIRITA
DROGAS VISÃO ESPIRITA
ARMAZÉM DE ARTES TANIA PAUPITZ
 
BUDA - HERMANN HESSE.pptx
 BUDA  - HERMANN HESSE.pptx BUDA  - HERMANN HESSE.pptx
BUDA - HERMANN HESSE.pptx
ARMAZÉM DE ARTES TANIA PAUPITZ
 
O FENOMENO DA PROJEÇÃO
O FENOMENO DA PROJEÇÃOO FENOMENO DA PROJEÇÃO
O FENOMENO DA PROJEÇÃO
ARMAZÉM DE ARTES TANIA PAUPITZ
 
NOSSO DIAMANTE ADORMECIDO.docx
NOSSO DIAMANTE ADORMECIDO.docxNOSSO DIAMANTE ADORMECIDO.docx
NOSSO DIAMANTE ADORMECIDO.docx
ARMAZÉM DE ARTES TANIA PAUPITZ
 
PROJEÇÕES e a LEI DO ESPELHO .
PROJEÇÕES e a  LEI DO ESPELHO . PROJEÇÕES e a  LEI DO ESPELHO .
PROJEÇÕES e a LEI DO ESPELHO .
ARMAZÉM DE ARTES TANIA PAUPITZ
 
DEPRESSÃO - A DOENÇA DA ALMA
DEPRESSÃO -  A DOENÇA DA ALMADEPRESSÃO -  A DOENÇA DA ALMA
DEPRESSÃO - A DOENÇA DA ALMA
ARMAZÉM DE ARTES TANIA PAUPITZ
 
PP ESTUDA-TE A TI MESMO!
PP ESTUDA-TE A TI MESMO!PP ESTUDA-TE A TI MESMO!
PP ESTUDA-TE A TI MESMO!
ARMAZÉM DE ARTES TANIA PAUPITZ
 
AUTOCONSCIENCIA E AUTORRESPONSABILIDADE
AUTOCONSCIENCIA E AUTORRESPONSABILIDADEAUTOCONSCIENCIA E AUTORRESPONSABILIDADE
AUTOCONSCIENCIA E AUTORRESPONSABILIDADE
ARMAZÉM DE ARTES TANIA PAUPITZ
 
Somos como um uma pedra preciosa adormecida.
Somos como um  uma pedra preciosa adormecida. Somos como um  uma pedra preciosa adormecida.
Somos como um uma pedra preciosa adormecida.
ARMAZÉM DE ARTES TANIA PAUPITZ
 
REFORMA INTERIOR
REFORMA INTERIORREFORMA INTERIOR
DEPRESSAO X ATUALIDADE VISÃO ESPIRITUALISTA
DEPRESSAO X ATUALIDADE VISÃO ESPIRITUALISTADEPRESSAO X ATUALIDADE VISÃO ESPIRITUALISTA
DEPRESSAO X ATUALIDADE VISÃO ESPIRITUALISTA
ARMAZÉM DE ARTES TANIA PAUPITZ
 
COMO ANDA SUA AUTOESTIMA na visão Espiritualistalideshare.pptx
COMO ANDA SUA AUTOESTIMA  na visão Espiritualistalideshare.pptxCOMO ANDA SUA AUTOESTIMA  na visão Espiritualistalideshare.pptx
COMO ANDA SUA AUTOESTIMA na visão Espiritualistalideshare.pptx
ARMAZÉM DE ARTES TANIA PAUPITZ
 

Mais de ARMAZÉM DE ARTES TANIA PAUPITZ (20)

VICIOS MORAIS E COMPORTAMENTAIS NA VISÃO ESPÍRITA
VICIOS MORAIS E COMPORTAMENTAIS  NA VISÃO ESPÍRITAVICIOS MORAIS E COMPORTAMENTAIS  NA VISÃO ESPÍRITA
VICIOS MORAIS E COMPORTAMENTAIS NA VISÃO ESPÍRITA
 
ESTUDAR A SI MESMO - A ARTE MAIS DIFICIL.
ESTUDAR A SI MESMO - A ARTE MAIS DIFICIL.ESTUDAR A SI MESMO - A ARTE MAIS DIFICIL.
ESTUDAR A SI MESMO - A ARTE MAIS DIFICIL.
 
DOENÇAS PSICOSSOMÁTICAS
DOENÇAS PSICOSSOMÁTICASDOENÇAS PSICOSSOMÁTICAS
DOENÇAS PSICOSSOMÁTICAS
 
AS DOENÇAS DA ALMA
AS DOENÇAS DA ALMAAS DOENÇAS DA ALMA
AS DOENÇAS DA ALMA
 
AUTOCONHECIMENTO - O CORPO FALA.pdf
AUTOCONHECIMENTO  - O CORPO FALA.pdfAUTOCONHECIMENTO  - O CORPO FALA.pdf
AUTOCONHECIMENTO - O CORPO FALA.pdf
 
A PAZ QUE VEM DE DENTRO.docx
A PAZ QUE VEM DE DENTRO.docxA PAZ QUE VEM DE DENTRO.docx
A PAZ QUE VEM DE DENTRO.docx
 
SONO E SONHOS VISÃO ESPIRITA
SONO E SONHOS VISÃO ESPIRITASONO E SONHOS VISÃO ESPIRITA
SONO E SONHOS VISÃO ESPIRITA
 
IMPORTANCIA DO SILENCIO JOANA DE ANGELIS.docx
IMPORTANCIA DO SILENCIO JOANA DE ANGELIS.docxIMPORTANCIA DO SILENCIO JOANA DE ANGELIS.docx
IMPORTANCIA DO SILENCIO JOANA DE ANGELIS.docx
 
DROGAS VISÃO ESPIRITA
DROGAS VISÃO ESPIRITADROGAS VISÃO ESPIRITA
DROGAS VISÃO ESPIRITA
 
BUDA - HERMANN HESSE.pptx
 BUDA  - HERMANN HESSE.pptx BUDA  - HERMANN HESSE.pptx
BUDA - HERMANN HESSE.pptx
 
O FENOMENO DA PROJEÇÃO
O FENOMENO DA PROJEÇÃOO FENOMENO DA PROJEÇÃO
O FENOMENO DA PROJEÇÃO
 
NOSSO DIAMANTE ADORMECIDO.docx
NOSSO DIAMANTE ADORMECIDO.docxNOSSO DIAMANTE ADORMECIDO.docx
NOSSO DIAMANTE ADORMECIDO.docx
 
PROJEÇÕES e a LEI DO ESPELHO .
PROJEÇÕES e a  LEI DO ESPELHO . PROJEÇÕES e a  LEI DO ESPELHO .
PROJEÇÕES e a LEI DO ESPELHO .
 
DEPRESSÃO - A DOENÇA DA ALMA
DEPRESSÃO -  A DOENÇA DA ALMADEPRESSÃO -  A DOENÇA DA ALMA
DEPRESSÃO - A DOENÇA DA ALMA
 
PP ESTUDA-TE A TI MESMO!
PP ESTUDA-TE A TI MESMO!PP ESTUDA-TE A TI MESMO!
PP ESTUDA-TE A TI MESMO!
 
AUTOCONSCIENCIA E AUTORRESPONSABILIDADE
AUTOCONSCIENCIA E AUTORRESPONSABILIDADEAUTOCONSCIENCIA E AUTORRESPONSABILIDADE
AUTOCONSCIENCIA E AUTORRESPONSABILIDADE
 
Somos como um uma pedra preciosa adormecida.
Somos como um  uma pedra preciosa adormecida. Somos como um  uma pedra preciosa adormecida.
Somos como um uma pedra preciosa adormecida.
 
REFORMA INTERIOR
REFORMA INTERIORREFORMA INTERIOR
REFORMA INTERIOR
 
DEPRESSAO X ATUALIDADE VISÃO ESPIRITUALISTA
DEPRESSAO X ATUALIDADE VISÃO ESPIRITUALISTADEPRESSAO X ATUALIDADE VISÃO ESPIRITUALISTA
DEPRESSAO X ATUALIDADE VISÃO ESPIRITUALISTA
 
COMO ANDA SUA AUTOESTIMA na visão Espiritualistalideshare.pptx
COMO ANDA SUA AUTOESTIMA  na visão Espiritualistalideshare.pptxCOMO ANDA SUA AUTOESTIMA  na visão Espiritualistalideshare.pptx
COMO ANDA SUA AUTOESTIMA na visão Espiritualistalideshare.pptx
 

Último

1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
ESCRIBA DE CRISTO
 
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos AgricultoresOração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Nilson Almeida
 
Escola de A E Aula 96 Evolução Animica
Escola de A E Aula 96 Evolução AnimicaEscola de A E Aula 96 Evolução Animica
Escola de A E Aula 96 Evolução Animica
AlessandroSanches8
 
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptxLição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Celso Napoleon
 
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptxLição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Celso Napoleon
 
PONTOS PRINCIPAIS DA VIDA DE ZAQUEU O SERMÃO.docx
PONTOS PRINCIPAIS DA VIDA DE ZAQUEU O SERMÃO.docxPONTOS PRINCIPAIS DA VIDA DE ZAQUEU O SERMÃO.docx
PONTOS PRINCIPAIS DA VIDA DE ZAQUEU O SERMÃO.docx
ElijainaVelozoGonalv
 
Aula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdf
Aula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdfAula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdf
Aula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdf
SrgioLinsPessoa
 
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxasMalleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Lourhana
 
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimentoHabacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
ayronleonardo
 
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdfPROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
Nelson Pereira
 
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino FinalTornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
André Ricardo Marcondes
 
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOSDIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
ESCRIBA DE CRISTO
 
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptxA CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
JonasRibeiro61
 
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO [MUSEOLOGIA]
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO      [MUSEOLOGIA]MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO      [MUSEOLOGIA]
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO [MUSEOLOGIA]
ESCRIBA DE CRISTO
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Nilson Almeida
 
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptxBíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Igreja Jesus é o Verbo
 
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdfO-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
WELITONNOGUEIRA3
 
PEDRO NUNCA FOI PAPA [COM COMENTÁRIOS]
PEDRO NUNCA FOI PAPA   [COM COMENTÁRIOS]PEDRO NUNCA FOI PAPA   [COM COMENTÁRIOS]
PEDRO NUNCA FOI PAPA [COM COMENTÁRIOS]
ESCRIBA DE CRISTO
 

Último (18)

1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
 
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos AgricultoresOração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
 
Escola de A E Aula 96 Evolução Animica
Escola de A E Aula 96 Evolução AnimicaEscola de A E Aula 96 Evolução Animica
Escola de A E Aula 96 Evolução Animica
 
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptxLição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
 
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptxLição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
 
PONTOS PRINCIPAIS DA VIDA DE ZAQUEU O SERMÃO.docx
PONTOS PRINCIPAIS DA VIDA DE ZAQUEU O SERMÃO.docxPONTOS PRINCIPAIS DA VIDA DE ZAQUEU O SERMÃO.docx
PONTOS PRINCIPAIS DA VIDA DE ZAQUEU O SERMÃO.docx
 
Aula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdf
Aula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdfAula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdf
Aula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdf
 
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxasMalleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
 
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimentoHabacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
 
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdfPROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
 
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino FinalTornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
 
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOSDIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
 
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptxA CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
 
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO [MUSEOLOGIA]
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO      [MUSEOLOGIA]MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO      [MUSEOLOGIA]
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO [MUSEOLOGIA]
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
 
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptxBíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
 
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdfO-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
 
PEDRO NUNCA FOI PAPA [COM COMENTÁRIOS]
PEDRO NUNCA FOI PAPA   [COM COMENTÁRIOS]PEDRO NUNCA FOI PAPA   [COM COMENTÁRIOS]
PEDRO NUNCA FOI PAPA [COM COMENTÁRIOS]
 

O EGO & MECANISMOS DA PROJEÇÃO

  • 1. E MECANISMO DE DEFESA  PROJEÇÃO - visão JUNGUIANA
  • 2. “ No inicio da vida, o EGO não esta formado. Quando chegamos ao mundo somos pequenos, frágeis e indefesos. Temos pouco ou nenhum controle sobre nosso ambiente: apenas a capacidade de chorar de dor ou de inspirar amor e cuidados com a nossa aparência, graciosa, vulnerável e inocente. (Carol Pearson)
  • 3. Para Jung, o ego é um dos principais arquétipos da personalidade e o centro da consciência. Ele fornece direção às nossas “vidas conscientes” e tenta nos convencer de que devemos sempre planejar e analisar nossas experiências conscientemente. CENTRO CONSCIENCIA
  • 4. O EGO é o centro da CONSCIENCIA, responsável pela organização da psique CONSCIENTE, embora não seja idêntico à ele . Desempenha a função básica de VIGIA/PORTEIRO da consciência. O que não é reconhecido por ele, seja uma ideia, sentimento, lembrança ou uma percepção, não chega à consciência. Como ponto de referência da consciência, ele é o sujeito de todas as nossas tentativas de adaptação. É o EGO que SELECIONA todo material psíquico que ENTRA na consciência, possibilitando-nos escolher alguns conteúdos e abrir mão de outros, canalizando energia para nos modificarmos. Essa função não faz do ego o vilão , pelo contrario, pois se fosse assim, ficaríamos assoberbados pela massa do material acumulado na consciência. EGO
  • 5. EGO Como centro do campo da consciência, é apenas um fragmento, uma parte da psique, o responsável pela conservação e continuidade da personalidade. É no EGO que percebemos o contraste entre a consciência e o inconsciente. Ele pode ser confundido com o centro da psique – o centro da psique é o SELF SELF EGO
  • 6. Como é formada a nossa psique? COMO É FORMADA A ALMA? O ser humano é formado por complexos elementos que transcendem a uma análise superficial exigindo seguro aprofundamento nos seus complexos elementos constitutivos. (Em busca da verdade – J.de Angelis) O espírito, períspirito e matéria se relacionam e interagem na caminhada evolutiva na qual despertamos para o lado divino. O ego só consegue ver parte da realidade. Mas precisamos nos conhecer em busca do aprimoramento. Á medida que a Psicologia vem aprofundando suas investigações nos alicerces psíquicos do ser, mais se agigantam as perspectivas do conhecimento, permitindo viver com mais dignidade a existência humana. (O SER CONSCIENTE). EGO – é parte de nossa identidade (nome, família, trabalho,... tudo o que me diz respeito). É tudo aquilo que percebo em minha consciência que se refere a mim, é reflexo do inconsciente. O Ego é o centro da consciência, mas o self é o diretor geral.
  • 7. O EGO é quem fornece a personalidade identidade e continuidade. É através da seleção e da eliminação do material psíquicos, feitas pelo ego,que mantemos uma qualidade continua de coerência na personalidade individual. Não fosse isso, perderíamos a sensação de sermos hoje a mesma pessoa de ontem. É desta forma, que desenvolvemos uma personalidade distinta e persistente, o que nos permite viver o processo de individuação. Só podemos ter consciência de nós mesmos se formos capazes de lembrar o que fizemos ontem e planejar o que iremos fazer amanha. Quanto mais as experiências se tornarem conscientes, ou seja, forem aceitas pelo EGO, maior a nossa capacidade de diferenciação. Isso nos leva a compreensão de que para encontrarmos o sentido existencial, necessário se faz estarmos conscientes da própria existência, e é por intermédio do EGO que desenvolvemos o sentido de existir. - Refletindo a Alma – Psicologia Espírita Joana de Angelis.
  • 8. - Nosso EGO é o EU , - O centro do consciente pessoal - É o que eu acho que sei sobre mim mesmo, - É composto por: percepções conscientes, recordações, pensamentos e sentimento que são conhecidos. - É altamente SELETIVO. Seleciona conteúdos que são assimilados. Atenção seletiva. - Esta relacionado a VONTADE - Tem uma percepção geral do próprio corpo e da própria existência.
  • 9.
  • 10. O que é o mecanismo de defesa de projeção e como funciona Muitos de nós ficamos na defensiva quando somos criticados. Todos nós queremos ser autoconscientes, mas alguns de nós lutamos para manter a compostura quando nos sentimos vulneráveis. A projeção é uma maneira pela qual podemos reagir inadvertidamente quando nos sentimos ameaçados por uma crítica.