SlideShare uma empresa Scribd logo
Escola Superior de Educação
                                               Instituto Politécnico de Santarém



Napoleão Bonaparte
Trabalho realizado por: Lubélia Duarte
UC História Social Contemporânea de Portugal
1ºAno do curso de Educação Social

Docente: João Maia Carmo

                                                           Novembro de 2011
Infância de Bonapar te

 Napoleão nasceu em Agosto de 1769 filho de Carlos Maria Bonaparte e de
Leticia Ramolino.

 Era uma criança que desde muito pequena gostava de brincar com
soldados e mostrava uma grande tendência para liderar.

 Nas suas brincadeiras era sempre o chefe e obrigava todos os outros a
obedecer-lhe.

 Era destemido e tinha muitas vezes comportamentos agressivos com os
seus colegas.
Napoleão na Escola

 Com cerca de cinco anos entrou para a escola.

 Era uma criança inteligente e depressa aprendeu Francês

 Entrou na escola de Brienne com nove anos, aprendeu grego, latim, e
adorava histórias de heróis gregos e romanos.

 Gostava de ocupar os seus tempos livres lendo livros de História.

 A trinta de Outubro de 1784 entra na Escola Militar.
Napoleão Oficial

 Ao     fim   de   um      ano   de    Fig.1. Napoleão e seu exército
permanência na escola militar recebe
um serviço como segundo tenente .

 Em Outubro de 1785 junta-se ao
seu regimento em Valença.
S i t u a ç ã o Po l í t i c a e S o c i a l d a Fr a n ç a

 Nesta altura a França vivia uma situação de extrema injustiça social

 O terceiro estado era formado por trabalhadores urbanos, camponeses e a
pequena burguesia.

 Os impostos eram altos e pagos apenas por estas três classes sociais

 A França era um país absolutista

 Todos aqueles que se oponham ao poder eram presos e condenados á
guilhotina
A Revolta do Povo

 A vida dos trabalhadores e dos camponense era de extrema miséria

 Desejavam assim uma melhor qualidade de vida e de trabalho

 A burguesia desejava ter uma melhor participação na vida política

 Devido a toda esta insatisfação o povo saiu às ruas com o objectivo de
tomar o poder e tirar o governo à monarquia comandada por Luis XVI
Tomada da Bastilha

 Em julho de 1789 deu-se a queda    Fig.2. A Bastilha
da Bastilha

 Este é o início do processo
revolucionário

 Que como lema tinham

 Liberdade, Igualdade e
Fraternidade
Robespier re, Danton eMarat

 Surgem os Gerondinos e os Jacobinos

 Em 1792 Robespierre, Danton e Marat assumem o poder das guardas
nacionais

 Ordenam matar todos aqueles que são contra ao governo

 Instala-se a violência

 Em 1795 os Gerondinos assumem o poder
As Conquistas de Napoleão

 Napoleão depois da conquista em Toulon contra os Ingleses é colocado no
poder com a finalidade de controlar a instabilidade social e implantar um
governo burguês

 Em 1796 casa com Josefina

 Neste mesmo ano invade Itália,

 Em 1797 vence em Áustria na Batalha de Rivoli

 Desejando ter o domínio de Inglaterra decide partir para o Egipto
No Egipto
 Napoleão vence nas Batalhas de Alexandria e Cairo

 Na Batalha do Nilo foram completamente esmagados pelos Ingleses.

 Com as suas tropas enfraquecidas decide partir para Síria

 Regressa a França e em 1804 declara-se Imperador em Paris
Novas Conquistas

 Parte para a Alemanha , Itália e depois para a Àustria

 Na Batalha de Trafalgar as tropas francesas foram destruidas

 O exército austriaco tinha sido esmagado pelas tropas francesas

 Parte ao encontro dos Russos e trava-se a Batalha dos três Imperadores
onde Napoleão vence mais uma vez

 Seguiu-se a Prússia
Bloqueio Continental

 Em 1806 Napoleão proibe todos os países de negociarem com a Inglaterra

 Portugal é contra o Bloqueio e França declara guerra a Portugal

 O Rei D.João V e a sua corte foge para o Brasil

 Junot à frente do exército françês entra em Lisboa e fica a ver os navios
partirem levando toda a realeza

 Os franceses tomam posse de Portugal e aumentam os impostos

 Não satisfeito invade Espanha e coloca seu irmão José como Rei
A Queda de Napoleão

 Regressa a Paris deixa sua esposa Josefina e casa com Maria Tereza filha do
Imperador da Àustria seu ùltimo inimigo

 Em 1811 nasce o seu primeiro filho

 Decide atacar o exército Russo , após várias batalhas apodera-se de
Moscovo

 Devido à falta de alimentos e condições de sobrevivência decide retirar-se
levando consigo ouro, prata e pedras preciosas.

 Regressa a Paris
A Fug a para Elba

 A Prússia encorajada com a derrota de Napoleão decide lutar pela sua
liberdade

 Os franceses são de novo derrotados e Napoleão foge para Elba

 O povo sauda-o e reina algum tempo

 Tenta de novo a sua sorte e invade Lyon

 Trava a ùltima Batalha nos campos de Waterloo tendo sido derrotado
deixando para trás morte e destruição foge de novo para Paris
A Mor te de Napoleão

 Foi incutido pelo seu povo a        Fig.3. Morte de Napoleão
abandonar Paris e feito prisioneiro
foi levado para a ilha Santa Helena
onde cinco anos depois morre em
1821.
 Napoleão acabou por instalar
uma ditadura em todo o seu
mandato pelo retorno da monarquia
Bibliog rafia
 A vida de Napoleão por H. E. Marshal, Edições Europa

 Napoleão de Jaques Godechot, Publicações Europa América

 Napoleão de Jaques Bainville, de Raul de Carvalho 2ª Edição, Editorial
Aster , Lisboa
FIM

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Revolução liberal portuguesa de1820
Revolução liberal portuguesa de1820Revolução liberal portuguesa de1820
Revolução liberal portuguesa de1820
Maria Gomes
 
Primeira Guerra Mundial (1914 1918)
Primeira Guerra Mundial (1914 1918)Primeira Guerra Mundial (1914 1918)
Primeira Guerra Mundial (1914 1918)
Valéria Shoujofan
 
Bloqueio de Berlim e Guerra da Coreia
Bloqueio de Berlim e Guerra da CoreiaBloqueio de Berlim e Guerra da Coreia
Bloqueio de Berlim e Guerra da Coreia
Aulas de História
 
A era napoleônica
A era napoleônicaA era napoleônica
A era napoleônica
Fatima Freitas
 
Revolução Francesa
Revolução FrancesaRevolução Francesa
Revolução Francesa
Susana Simões
 
A revolução liberal de 1820
A revolução liberal de 1820A revolução liberal de 1820
A revolução liberal de 1820
joanacunha9406
 
Guerra dos cem anos
Guerra dos cem anosGuerra dos cem anos
Guerra dos cem anos
Eduard Henry
 
O império napoleônico
O império napoleônicoO império napoleônico
O império napoleônico
Edenilson Morais
 
Guerra colonial (1)
Guerra colonial (1)Guerra colonial (1)
Guerra colonial (1)
Jorge Almeida
 
Portugal Estado Novo
Portugal   Estado NovoPortugal   Estado Novo
Portugal Estado Novo
Carlos Vieira
 
I vaga de descolonização
I vaga de descolonizaçãoI vaga de descolonização
I vaga de descolonização
Carlos Vieira
 
Revolucao francesa
Revolucao francesaRevolucao francesa
Revolucao francesa
cattonia
 
A vinda da família real para o brasil
A vinda da família real para o brasilA vinda da família real para o brasil
A vinda da família real para o brasil
Brunno Andrade
 
A intervenção de Portugal na 1ª Guerra Mundial
A intervenção de Portugal na 1ª Guerra Mundial   A intervenção de Portugal na 1ª Guerra Mundial
A intervenção de Portugal na 1ª Guerra Mundial
Susana Simões
 
A 1º República
A 1º RepúblicaA 1º República
A 1º República
Maria Gomes
 
Invasões Francesas
Invasões FrancesasInvasões Francesas
Invasões Francesas
Edite Bartissol
 
Resumos história (2º teste)
Resumos história (2º teste)Resumos história (2º teste)
Resumos história (2º teste)
Ana Beatriz Neiva
 
Guerra civil portuguesa
Guerra civil portuguesaGuerra civil portuguesa
Guerra civil portuguesa
13_ines_silva
 
Realizações da 1ª república
Realizações da 1ª repúblicaRealizações da 1ª república
Realizações da 1ª república
Gina Rodrigues
 
Guerra Colonial
Guerra ColonialGuerra Colonial
Guerra Colonial
Jorge Almeida
 

Mais procurados (20)

Revolução liberal portuguesa de1820
Revolução liberal portuguesa de1820Revolução liberal portuguesa de1820
Revolução liberal portuguesa de1820
 
Primeira Guerra Mundial (1914 1918)
Primeira Guerra Mundial (1914 1918)Primeira Guerra Mundial (1914 1918)
Primeira Guerra Mundial (1914 1918)
 
Bloqueio de Berlim e Guerra da Coreia
Bloqueio de Berlim e Guerra da CoreiaBloqueio de Berlim e Guerra da Coreia
Bloqueio de Berlim e Guerra da Coreia
 
A era napoleônica
A era napoleônicaA era napoleônica
A era napoleônica
 
Revolução Francesa
Revolução FrancesaRevolução Francesa
Revolução Francesa
 
A revolução liberal de 1820
A revolução liberal de 1820A revolução liberal de 1820
A revolução liberal de 1820
 
Guerra dos cem anos
Guerra dos cem anosGuerra dos cem anos
Guerra dos cem anos
 
O império napoleônico
O império napoleônicoO império napoleônico
O império napoleônico
 
Guerra colonial (1)
Guerra colonial (1)Guerra colonial (1)
Guerra colonial (1)
 
Portugal Estado Novo
Portugal   Estado NovoPortugal   Estado Novo
Portugal Estado Novo
 
I vaga de descolonização
I vaga de descolonizaçãoI vaga de descolonização
I vaga de descolonização
 
Revolucao francesa
Revolucao francesaRevolucao francesa
Revolucao francesa
 
A vinda da família real para o brasil
A vinda da família real para o brasilA vinda da família real para o brasil
A vinda da família real para o brasil
 
A intervenção de Portugal na 1ª Guerra Mundial
A intervenção de Portugal na 1ª Guerra Mundial   A intervenção de Portugal na 1ª Guerra Mundial
A intervenção de Portugal na 1ª Guerra Mundial
 
A 1º República
A 1º RepúblicaA 1º República
A 1º República
 
Invasões Francesas
Invasões FrancesasInvasões Francesas
Invasões Francesas
 
Resumos história (2º teste)
Resumos história (2º teste)Resumos história (2º teste)
Resumos história (2º teste)
 
Guerra civil portuguesa
Guerra civil portuguesaGuerra civil portuguesa
Guerra civil portuguesa
 
Realizações da 1ª república
Realizações da 1ª repúblicaRealizações da 1ª república
Realizações da 1ª república
 
Guerra Colonial
Guerra ColonialGuerra Colonial
Guerra Colonial
 

Semelhante a Napoleão Bonaparte

Napoleao
NapoleaoNapoleao
Napoleao
historianery
 
A era napoleônica
A era napoleônicaA era napoleônica
A era napoleônica
Wellersonln
 
França
FrançaFrança
Período napoleônico
Período napoleônicoPeríodo napoleônico
Período napoleônico
Daniel Monteiro
 
A ERA NAPOLEÔNICA (Professor Francisco Leite)
A ERA NAPOLEÔNICA (Professor Francisco Leite)A ERA NAPOLEÔNICA (Professor Francisco Leite)
A ERA NAPOLEÔNICA (Professor Francisco Leite)
profesfrancleite
 
A vida de napoleão
A vida de napoleãoA vida de napoleão
A vida de napoleão
tichasimao
 
2˚ napoleão ao congresso de viena
2˚ napoleão ao congresso de viena2˚ napoleão ao congresso de viena
2˚ napoleão ao congresso de viena
Kerol Brombal
 
Era napoleônica
Era napoleônicaEra napoleônica
Era napoleônica
Matheus Alves
 
Revolução Francesa
Revolução FrancesaRevolução Francesa
Revolução Francesa
Diego Silva
 
Periodo napoleonico
Periodo napoleonicoPeriodo napoleonico
Periodo napoleonico
profabiorodrigues
 
Amanda e gabriella rev. francesa e império napoleônico
Amanda e gabriella rev. francesa e império napoleônicoAmanda e gabriella rev. francesa e império napoleônico
Amanda e gabriella rev. francesa e império napoleônico
AmandaKikuti
 
Revoluofrancesa 090608171102-phpapp02-170603150541
Revoluofrancesa 090608171102-phpapp02-170603150541Revoluofrancesa 090608171102-phpapp02-170603150541
Revoluofrancesa 090608171102-phpapp02-170603150541
JUNIOR MADRUGA MADRUGA
 
revoluofrancesa-090608171102-phpapp02-170603150541.pdf
revoluofrancesa-090608171102-phpapp02-170603150541.pdfrevoluofrancesa-090608171102-phpapp02-170603150541.pdf
revoluofrancesa-090608171102-phpapp02-170603150541.pdf
JUNIOR MADRUGA MADRUGA
 
A revolução francesa ( 1789 à 1799 )
A revolução francesa ( 1789 à 1799 )A revolução francesa ( 1789 à 1799 )
A revolução francesa ( 1789 à 1799 )
Adauto Ferreira
 
A revolução francesa ( 1789 à 1799 )
A revolução francesa ( 1789 à 1799 )A revolução francesa ( 1789 à 1799 )
A revolução francesa ( 1789 à 1799 )
Adauto Ferreira
 
o domínio de napoleão na europa
o domínio de napoleão na europao domínio de napoleão na europa
o domínio de napoleão na europa
Matheus Henrique
 
Período napoleônico
Período napoleônicoPeríodo napoleônico
Período napoleônico
harlissoncarvalho
 
Período napoleônico
Período napoleônicoPeríodo napoleônico
Período napoleônico
harlissoncarvalho
 
A era napoleonica_1799_1814
A era napoleonica_1799_1814A era napoleonica_1799_1814
A era napoleonica_1799_1814
Marcelo Ferreira Boia
 
A revolução francesa
A revolução francesaA revolução francesa
A revolução francesa
ceufaias
 

Semelhante a Napoleão Bonaparte (20)

Napoleao
NapoleaoNapoleao
Napoleao
 
A era napoleônica
A era napoleônicaA era napoleônica
A era napoleônica
 
França
FrançaFrança
França
 
Período napoleônico
Período napoleônicoPeríodo napoleônico
Período napoleônico
 
A ERA NAPOLEÔNICA (Professor Francisco Leite)
A ERA NAPOLEÔNICA (Professor Francisco Leite)A ERA NAPOLEÔNICA (Professor Francisco Leite)
A ERA NAPOLEÔNICA (Professor Francisco Leite)
 
A vida de napoleão
A vida de napoleãoA vida de napoleão
A vida de napoleão
 
2˚ napoleão ao congresso de viena
2˚ napoleão ao congresso de viena2˚ napoleão ao congresso de viena
2˚ napoleão ao congresso de viena
 
Era napoleônica
Era napoleônicaEra napoleônica
Era napoleônica
 
Revolução Francesa
Revolução FrancesaRevolução Francesa
Revolução Francesa
 
Periodo napoleonico
Periodo napoleonicoPeriodo napoleonico
Periodo napoleonico
 
Amanda e gabriella rev. francesa e império napoleônico
Amanda e gabriella rev. francesa e império napoleônicoAmanda e gabriella rev. francesa e império napoleônico
Amanda e gabriella rev. francesa e império napoleônico
 
Revoluofrancesa 090608171102-phpapp02-170603150541
Revoluofrancesa 090608171102-phpapp02-170603150541Revoluofrancesa 090608171102-phpapp02-170603150541
Revoluofrancesa 090608171102-phpapp02-170603150541
 
revoluofrancesa-090608171102-phpapp02-170603150541.pdf
revoluofrancesa-090608171102-phpapp02-170603150541.pdfrevoluofrancesa-090608171102-phpapp02-170603150541.pdf
revoluofrancesa-090608171102-phpapp02-170603150541.pdf
 
A revolução francesa ( 1789 à 1799 )
A revolução francesa ( 1789 à 1799 )A revolução francesa ( 1789 à 1799 )
A revolução francesa ( 1789 à 1799 )
 
A revolução francesa ( 1789 à 1799 )
A revolução francesa ( 1789 à 1799 )A revolução francesa ( 1789 à 1799 )
A revolução francesa ( 1789 à 1799 )
 
o domínio de napoleão na europa
o domínio de napoleão na europao domínio de napoleão na europa
o domínio de napoleão na europa
 
Período napoleônico
Período napoleônicoPeríodo napoleônico
Período napoleônico
 
Período napoleônico
Período napoleônicoPeríodo napoleônico
Período napoleônico
 
A era napoleonica_1799_1814
A era napoleonica_1799_1814A era napoleonica_1799_1814
A era napoleonica_1799_1814
 
A revolução francesa
A revolução francesaA revolução francesa
A revolução francesa
 

Último

REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
Eró Cunha
 
7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx
7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx
7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx
LEANDROSPANHOL1
 
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
LucianaCristina58
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
todorokillmepls
 
slides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentarslides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentar
JoeteCarvalho
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
AmiltonAparecido1
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
MarcosPaulo777883
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
MateusTavares54
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
mamaeieby
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
profesfrancleite
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
Manuais Formação
 
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).pptepidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
MarceloMonteiro213738
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
Pastor Robson Colaço
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
Manuais Formação
 
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptxReino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
CarinaSantos916505
 
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vidakarl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
KleginaldoPaz2
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
fernandacosta37763
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
livrosjovert
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
DECIOMAURINARAMOS
 

Último (20)

REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
 
7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx
7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx
7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx
 
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
 
slides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentarslides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentar
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
 
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).pptepidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
 
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptxReino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
 
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vidakarl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
 

Napoleão Bonaparte

  • 1. Escola Superior de Educação Instituto Politécnico de Santarém Napoleão Bonaparte Trabalho realizado por: Lubélia Duarte UC História Social Contemporânea de Portugal 1ºAno do curso de Educação Social Docente: João Maia Carmo Novembro de 2011
  • 2. Infância de Bonapar te  Napoleão nasceu em Agosto de 1769 filho de Carlos Maria Bonaparte e de Leticia Ramolino.  Era uma criança que desde muito pequena gostava de brincar com soldados e mostrava uma grande tendência para liderar.  Nas suas brincadeiras era sempre o chefe e obrigava todos os outros a obedecer-lhe.  Era destemido e tinha muitas vezes comportamentos agressivos com os seus colegas.
  • 3. Napoleão na Escola  Com cerca de cinco anos entrou para a escola.  Era uma criança inteligente e depressa aprendeu Francês  Entrou na escola de Brienne com nove anos, aprendeu grego, latim, e adorava histórias de heróis gregos e romanos.  Gostava de ocupar os seus tempos livres lendo livros de História.  A trinta de Outubro de 1784 entra na Escola Militar.
  • 4. Napoleão Oficial  Ao fim de um ano de  Fig.1. Napoleão e seu exército permanência na escola militar recebe um serviço como segundo tenente .  Em Outubro de 1785 junta-se ao seu regimento em Valença.
  • 5. S i t u a ç ã o Po l í t i c a e S o c i a l d a Fr a n ç a  Nesta altura a França vivia uma situação de extrema injustiça social  O terceiro estado era formado por trabalhadores urbanos, camponeses e a pequena burguesia.  Os impostos eram altos e pagos apenas por estas três classes sociais  A França era um país absolutista  Todos aqueles que se oponham ao poder eram presos e condenados á guilhotina
  • 6. A Revolta do Povo  A vida dos trabalhadores e dos camponense era de extrema miséria  Desejavam assim uma melhor qualidade de vida e de trabalho  A burguesia desejava ter uma melhor participação na vida política  Devido a toda esta insatisfação o povo saiu às ruas com o objectivo de tomar o poder e tirar o governo à monarquia comandada por Luis XVI
  • 7. Tomada da Bastilha  Em julho de 1789 deu-se a queda  Fig.2. A Bastilha da Bastilha  Este é o início do processo revolucionário  Que como lema tinham  Liberdade, Igualdade e Fraternidade
  • 8. Robespier re, Danton eMarat  Surgem os Gerondinos e os Jacobinos  Em 1792 Robespierre, Danton e Marat assumem o poder das guardas nacionais  Ordenam matar todos aqueles que são contra ao governo  Instala-se a violência  Em 1795 os Gerondinos assumem o poder
  • 9. As Conquistas de Napoleão  Napoleão depois da conquista em Toulon contra os Ingleses é colocado no poder com a finalidade de controlar a instabilidade social e implantar um governo burguês  Em 1796 casa com Josefina  Neste mesmo ano invade Itália,  Em 1797 vence em Áustria na Batalha de Rivoli  Desejando ter o domínio de Inglaterra decide partir para o Egipto
  • 10. No Egipto  Napoleão vence nas Batalhas de Alexandria e Cairo  Na Batalha do Nilo foram completamente esmagados pelos Ingleses.  Com as suas tropas enfraquecidas decide partir para Síria  Regressa a França e em 1804 declara-se Imperador em Paris
  • 11. Novas Conquistas  Parte para a Alemanha , Itália e depois para a Àustria  Na Batalha de Trafalgar as tropas francesas foram destruidas  O exército austriaco tinha sido esmagado pelas tropas francesas  Parte ao encontro dos Russos e trava-se a Batalha dos três Imperadores onde Napoleão vence mais uma vez  Seguiu-se a Prússia
  • 12. Bloqueio Continental  Em 1806 Napoleão proibe todos os países de negociarem com a Inglaterra  Portugal é contra o Bloqueio e França declara guerra a Portugal  O Rei D.João V e a sua corte foge para o Brasil  Junot à frente do exército françês entra em Lisboa e fica a ver os navios partirem levando toda a realeza  Os franceses tomam posse de Portugal e aumentam os impostos  Não satisfeito invade Espanha e coloca seu irmão José como Rei
  • 13. A Queda de Napoleão  Regressa a Paris deixa sua esposa Josefina e casa com Maria Tereza filha do Imperador da Àustria seu ùltimo inimigo  Em 1811 nasce o seu primeiro filho  Decide atacar o exército Russo , após várias batalhas apodera-se de Moscovo  Devido à falta de alimentos e condições de sobrevivência decide retirar-se levando consigo ouro, prata e pedras preciosas.  Regressa a Paris
  • 14. A Fug a para Elba  A Prússia encorajada com a derrota de Napoleão decide lutar pela sua liberdade  Os franceses são de novo derrotados e Napoleão foge para Elba  O povo sauda-o e reina algum tempo  Tenta de novo a sua sorte e invade Lyon  Trava a ùltima Batalha nos campos de Waterloo tendo sido derrotado deixando para trás morte e destruição foge de novo para Paris
  • 15. A Mor te de Napoleão  Foi incutido pelo seu povo a Fig.3. Morte de Napoleão abandonar Paris e feito prisioneiro foi levado para a ilha Santa Helena onde cinco anos depois morre em 1821.  Napoleão acabou por instalar uma ditadura em todo o seu mandato pelo retorno da monarquia
  • 16. Bibliog rafia  A vida de Napoleão por H. E. Marshal, Edições Europa  Napoleão de Jaques Godechot, Publicações Europa América  Napoleão de Jaques Bainville, de Raul de Carvalho 2ª Edição, Editorial Aster , Lisboa
  • 17. FIM