SlideShare uma empresa Scribd logo
1ª RepúblicaCarlos Jorge Canto Vieira
Crise da MonarquiaFactores que contribuíram para o a crise da monarquia:Ultimato de 1890;Revolta de 31 de Janeiro de 1891;Crise económica e política;Regicídio. 2
Crise da MonarquiaUltimato 1890Portugal foi obrigado a ceder à Inglaterra os territórios que esta pretendia. Esta cedência provocou uma onda de nacionalismo contra a Inglaterra e um reforço do descrédito da monarquia. 3
Crise da MonarquiaRevolta de 1891No dia 31 de Janeiro de 1891, na cidade do Porto, registou-se um levantamento militar contra as cedências do Governo (e da Coroa) ao ultimato britânico de 18904
Crise da MonarquiaCrise políticaO rei D. Carlos enveredou por uma via autoritária, autorizando João Franco, chefe do Governo, a dirigir o país em ditadura (1907-1908).5
Crise da MonarquiaRegicídio1 de Fevereiro de 1908;O rei D. Carlos e o príncipe herdeiro D. Luís Filipe foram assassinados no Rossio por membros da Carbonária (sociedade secreta que defende a tomada de poder pela força). 6
Crise da MonarquiaNovo MonarcaD. Manuel II, filho mais novo de D. Carlos sobe ao trono.7
Crise da MonarquiaImplantação da República.De 3 para 4 de Outubro de 1910, em Lisboa, membros do Partido Republicano, da Maçonaria e da Carbonária derrubam a monarquia. O rei D. Manuel sai de Portugal e exila-se em Inglaterra.8
9
10
11
Implantação da RepúblicaA 5 de Outubro de 1910Constituição de um governo provisório, presidido por Teófilo Braga. Em 1911, é eleita a Assembleia Nacional Constituinte, que elabora e aprova a Constituição Republicana, e elege o 1º presidente da República, Manuel de Arriaga.12
RepúblicaMedidas Laicas.Lei da separação da Igreja e do Estado;Expulsão das ordens religiosas e nacionalização dos seus bens;Registo civil obrigatório;Legalização do divórcio.13
RepúblicaMedidas  Sociais:Autorização e regulamentação da greve;Instituição do descanso semanal;Limitação dos horários de trabalho;Seguro social obrigatório.14
RepúblicaMedidas  EducativasInstrução obrigatória e gratuita (dos 7 aos 12 anos);Fundação das Universidades de Lisboa e Porto;Fundação de escolas normais para professores;Criação de escolas primárias e liceus.15
RepúblicaMedidas  Políticas:Constituição de 1911;Divisão dos poderes:Poder legislativo – Congresso ou parlamento;Poder executivo – Presidente e Governo;Poder judicial – Tribunais.Criação da Guarda Nacional Republicana;Novo Hino Nacional;Nova Bandeira Nacional.16
RepúblicaParticipação na I Guerra MundialMotivos:Aliança Luso-Britânica;Protecção dos territórios africanos;Reconhecimento internacional do novo regime.17
RepúblicaParticipação na I Guerra MundialFrentes:Africana:Fronteiras de Angola e Moçambique.Europeia:Criação do CEP – Corpo Expedicionário Português;Frente Ocidental;Batalha de LaLys.18
Manuel de Arriaga1911-1915Teófilo Braga1915Bernardino Machado1915-1917 e 1925-1926Sidónio Pais1917-1918Os PR’s19António José de Almeida1919-1923Manuel Teixeira Gomes1923-1925Canto e Castro1918-1919
RepúblicaDificuldades da acção governativaInstabilidade PolíticaCurta duração dos governos1910-1917 – 14 governos1917-1918 – 1 governo1918-1926 – 30 governosPeríodos de ditaduraSidónio Pais (1917-1918)Conspirações Armadas20
RepúblicaDificuldades da acção governativaLei da Separação da Igreja do EstadoOposição do CleroClima de descontentamentoTentativas de restauração da MonarquiaAgravamento das dificuldades económicas e financeiras:Fome;Desemprego InflaçãoDesvalorização da moeda21
Ditadura MilitarA reacção autoritária e a ditadura militarA 28 de Maio de 1926, um golpe militar dirigido pelo general Gomes da Costa derruba o regime republicanoDá-se início ao período da ditadura militar.22
Ditadura MilitarMedidasSuspensão de LiberdadesDissolução do ParlamentoEstabelecimento da censuraDissolução da Confederação Geral do TrabalhoReadmissão das ordens religiosas23
Ditadura MilitarAntónio de Oliveira SalazarÉ convidado para ministro das Finanças;Consegue solucionar a crise económica, mas rapidamente estendeu a sua influência a outros sectores. Em 1932, torna-se presidente do Ministério Em 1933 torna-se presidente do Conselho, fazendo aprovar um nova Constituição que serviria de base a um novo regime ditatorial - o Estado Novo.24

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Salazar e o Estado Novo
Salazar e o Estado NovoSalazar e o Estado Novo
Salazar e o Estado Novo
Jorge Almeida
 
Realizações da 1ª república
Realizações da 1ª repúblicaRealizações da 1ª república
Realizações da 1ª república
Gina Rodrigues
 
RevoluçãO Russa
RevoluçãO RussaRevoluçãO Russa
RevoluçãO Russa
Maria Flora Sousa Douteiro
 
1ª RepúBlica
1ª RepúBlica1ª RepúBlica
1ª RepúBlica
crie_historia9
 
Da queda da Monarquia à Implantação da República
Da queda da Monarquia à Implantação da RepúblicaDa queda da Monarquia à Implantação da República
Da queda da Monarquia à Implantação da República
Inês e Beatriz
 
Portugal. naturalismo e vanguardas
Portugal. naturalismo e vanguardasPortugal. naturalismo e vanguardas
Portugal. naturalismo e vanguardas
home
 
Teste modulo 7
Teste modulo 7Teste modulo 7
Teste modulo 7
Sérgio Machado
 
A queda da monarquia e a 1ª república
A queda da monarquia e a 1ª repúblicaA queda da monarquia e a 1ª república
A queda da monarquia e a 1ª república
Becre Celorico de Basto
 
O Fontismo
O FontismoO Fontismo
O Fontismo
Jorge Almeida
 
A 1ªRepúBlica
A 1ªRepúBlicaA 1ªRepúBlica
A 1ªRepúBlica
Ana Barreiros
 
A 1ª república portuguesa
A 1ª república portuguesaA 1ª república portuguesa
A 1ª república portuguesa
BibliotecaAroes
 
A história da 1ª republica
A história da 1ª republicaA história da 1ª republica
A história da 1ª republica
anabelasilvasobral
 
A crise financeira de 1880-90
A crise financeira de 1880-90A crise financeira de 1880-90
A crise financeira de 1880-90
BarbaraSilveira9
 
Do Golpe Militar Ao Estado Novo
Do Golpe Militar Ao Estado NovoDo Golpe Militar Ao Estado Novo
Do Golpe Militar Ao Estado Novo
jdlimaaear
 
Crise E Queda Da Monarquia
Crise E Queda Da MonarquiaCrise E Queda Da Monarquia
Crise E Queda Da Monarquia
Sílvia Mendonça
 
O Estado Novo
O Estado NovoO Estado Novo
O Estado Novo
Rainha Maga
 
Mocidade Portuguesa
Mocidade PortuguesaMocidade Portuguesa
Mocidade Portuguesa
Carlos Vieira
 
Portugal no primeiro pós-guerra.
Portugal no primeiro pós-guerra.Portugal no primeiro pós-guerra.
Portugal no primeiro pós-guerra.
home
 
Historia a-12-ano-resumo
Historia a-12-ano-resumoHistoria a-12-ano-resumo
Historia a-12-ano-resumo
Escoladocs
 
7 01 as transformações das primeiras décadas do século xx blogue
7 01 as transformações das primeiras décadas do século xx blogue7 01 as transformações das primeiras décadas do século xx blogue
7 01 as transformações das primeiras décadas do século xx blogue
Vítor Santos
 

Mais procurados (20)

Salazar e o Estado Novo
Salazar e o Estado NovoSalazar e o Estado Novo
Salazar e o Estado Novo
 
Realizações da 1ª república
Realizações da 1ª repúblicaRealizações da 1ª república
Realizações da 1ª república
 
RevoluçãO Russa
RevoluçãO RussaRevoluçãO Russa
RevoluçãO Russa
 
1ª RepúBlica
1ª RepúBlica1ª RepúBlica
1ª RepúBlica
 
Da queda da Monarquia à Implantação da República
Da queda da Monarquia à Implantação da RepúblicaDa queda da Monarquia à Implantação da República
Da queda da Monarquia à Implantação da República
 
Portugal. naturalismo e vanguardas
Portugal. naturalismo e vanguardasPortugal. naturalismo e vanguardas
Portugal. naturalismo e vanguardas
 
Teste modulo 7
Teste modulo 7Teste modulo 7
Teste modulo 7
 
A queda da monarquia e a 1ª república
A queda da monarquia e a 1ª repúblicaA queda da monarquia e a 1ª república
A queda da monarquia e a 1ª república
 
O Fontismo
O FontismoO Fontismo
O Fontismo
 
A 1ªRepúBlica
A 1ªRepúBlicaA 1ªRepúBlica
A 1ªRepúBlica
 
A 1ª república portuguesa
A 1ª república portuguesaA 1ª república portuguesa
A 1ª república portuguesa
 
A história da 1ª republica
A história da 1ª republicaA história da 1ª republica
A história da 1ª republica
 
A crise financeira de 1880-90
A crise financeira de 1880-90A crise financeira de 1880-90
A crise financeira de 1880-90
 
Do Golpe Militar Ao Estado Novo
Do Golpe Militar Ao Estado NovoDo Golpe Militar Ao Estado Novo
Do Golpe Militar Ao Estado Novo
 
Crise E Queda Da Monarquia
Crise E Queda Da MonarquiaCrise E Queda Da Monarquia
Crise E Queda Da Monarquia
 
O Estado Novo
O Estado NovoO Estado Novo
O Estado Novo
 
Mocidade Portuguesa
Mocidade PortuguesaMocidade Portuguesa
Mocidade Portuguesa
 
Portugal no primeiro pós-guerra.
Portugal no primeiro pós-guerra.Portugal no primeiro pós-guerra.
Portugal no primeiro pós-guerra.
 
Historia a-12-ano-resumo
Historia a-12-ano-resumoHistoria a-12-ano-resumo
Historia a-12-ano-resumo
 
7 01 as transformações das primeiras décadas do século xx blogue
7 01 as transformações das primeiras décadas do século xx blogue7 01 as transformações das primeiras décadas do século xx blogue
7 01 as transformações das primeiras décadas do século xx blogue
 

Destaque

Arte Século XX
Arte Século XXArte Século XX
Arte Século XX
Carlos Vieira
 
Eua década de 1920 - Dos "Golden Years" à Grande Depressão
Eua década de 1920 - Dos "Golden Years" à Grande DepressãoEua década de 1920 - Dos "Golden Years" à Grande Depressão
Eua década de 1920 - Dos "Golden Years" à Grande Depressão
Valéria Shoujofan
 
A Grande Depressao dos anos 30
A Grande Depressao dos anos 30A Grande Depressao dos anos 30
A Grande Depressao dos anos 30
Maria Barroso
 
A expansão urbana e suas consequências
A expansão urbana e suas consequênciasA expansão urbana e suas consequências
A expansão urbana e suas consequências
Carla Teixeira
 
Sociedade Medieval
Sociedade MedievalSociedade Medieval
Sociedade Medieval
Carlos Vieira
 
Iluminismo
IluminismoIluminismo
Iluminismo
cidalialuis
 
O mundo industrializado no
O mundo industrializado noO mundo industrializado no
O mundo industrializado no
maria40
 
A Contra-Reforma Católica
A Contra-Reforma CatólicaA Contra-Reforma Católica
A Contra-Reforma Católica
profhistoria
 
As trocas intercontinentais[1]
As trocas intercontinentais[1]As trocas intercontinentais[1]
As trocas intercontinentais[1]
António Luís Catarino
 
CorrecçãO Ficha
CorrecçãO FichaCorrecçãO Ficha
CorrecçãO Ficha
Hist8
 
Liberalismo económico powerpoint
Liberalismo económico powerpointLiberalismo económico powerpoint
Liberalismo económico powerpoint
maria40
 
Revisao 9 D Sb
Revisao 9 D SbRevisao 9 D Sb
Revisao 9 D Sb
Sérgio Bernardo
 
Especiarias
EspeciariasEspeciarias
Especiarias
fernandaataide55
 
A Sociedade Europeia nos séculos IX a XII
A Sociedade Europeia nos séculos IX a XIIA Sociedade Europeia nos séculos IX a XII
A Sociedade Europeia nos séculos IX a XII
Jorge Almeida
 
A expansao portuguesa 01
A expansao portuguesa 01A expansao portuguesa 01
A expansao portuguesa 01
Álvaro Maurício
 
Anos 20
Anos 20Anos 20
Anos 20
cattonia
 
A Reforma
A ReformaA Reforma
A Reforma
Rui Neto
 
O renascimento e a formação da mentalidade moderna
O renascimento e a formação da mentalidade modernaO renascimento e a formação da mentalidade moderna
O renascimento e a formação da mentalidade moderna
Rainha Maga
 
As Reformas Religiosas
As Reformas ReligiosasAs Reformas Religiosas
As Reformas Religiosas
Carlos Vieira
 
A antiga civilização egípcia
A antiga civilização egípciaA antiga civilização egípcia
A antiga civilização egípcia
Rainha Maga
 

Destaque (20)

Arte Século XX
Arte Século XXArte Século XX
Arte Século XX
 
Eua década de 1920 - Dos "Golden Years" à Grande Depressão
Eua década de 1920 - Dos "Golden Years" à Grande DepressãoEua década de 1920 - Dos "Golden Years" à Grande Depressão
Eua década de 1920 - Dos "Golden Years" à Grande Depressão
 
A Grande Depressao dos anos 30
A Grande Depressao dos anos 30A Grande Depressao dos anos 30
A Grande Depressao dos anos 30
 
A expansão urbana e suas consequências
A expansão urbana e suas consequênciasA expansão urbana e suas consequências
A expansão urbana e suas consequências
 
Sociedade Medieval
Sociedade MedievalSociedade Medieval
Sociedade Medieval
 
Iluminismo
IluminismoIluminismo
Iluminismo
 
O mundo industrializado no
O mundo industrializado noO mundo industrializado no
O mundo industrializado no
 
A Contra-Reforma Católica
A Contra-Reforma CatólicaA Contra-Reforma Católica
A Contra-Reforma Católica
 
As trocas intercontinentais[1]
As trocas intercontinentais[1]As trocas intercontinentais[1]
As trocas intercontinentais[1]
 
CorrecçãO Ficha
CorrecçãO FichaCorrecçãO Ficha
CorrecçãO Ficha
 
Liberalismo económico powerpoint
Liberalismo económico powerpointLiberalismo económico powerpoint
Liberalismo económico powerpoint
 
Revisao 9 D Sb
Revisao 9 D SbRevisao 9 D Sb
Revisao 9 D Sb
 
Especiarias
EspeciariasEspeciarias
Especiarias
 
A Sociedade Europeia nos séculos IX a XII
A Sociedade Europeia nos séculos IX a XIIA Sociedade Europeia nos séculos IX a XII
A Sociedade Europeia nos séculos IX a XII
 
A expansao portuguesa 01
A expansao portuguesa 01A expansao portuguesa 01
A expansao portuguesa 01
 
Anos 20
Anos 20Anos 20
Anos 20
 
A Reforma
A ReformaA Reforma
A Reforma
 
O renascimento e a formação da mentalidade moderna
O renascimento e a formação da mentalidade modernaO renascimento e a formação da mentalidade moderna
O renascimento e a formação da mentalidade moderna
 
As Reformas Religiosas
As Reformas ReligiosasAs Reformas Religiosas
As Reformas Religiosas
 
A antiga civilização egípcia
A antiga civilização egípciaA antiga civilização egípcia
A antiga civilização egípcia
 

Semelhante a 1ª Republica

Dificuldade Da 1ªRepublica
Dificuldade Da 1ªRepublicaDificuldade Da 1ªRepublica
Dificuldade Da 1ªRepublica
Sílvia Mendonça
 
Da queda da Monarquia à Implantação da República
Da queda da Monarquia à Implantação da RepúblicaDa queda da Monarquia à Implantação da República
Da queda da Monarquia à Implantação da República
filipafonso
 
Da queda da Monarquia à Implantação da República
Da queda da Monarquia à Implantação da RepúblicaDa queda da Monarquia à Implantação da República
Da queda da Monarquia à Implantação da República
filipafonso
 
Portugal: da 1º republica a ditadura militar
Portugal: da 1º republica a ditadura militarPortugal: da 1º republica a ditadura militar
Portugal: da 1º republica a ditadura militar
Joao Bernardo Santos
 
Trabalho De Historia
Trabalho De HistoriaTrabalho De Historia
Trabalho De Historia
guest600ffe1
 
A revolução repúblicana
A revolução repúblicanaA revolução repúblicana
A revolução repúblicana
eb23ja
 
1.ppt
1.ppt1.ppt
1ªRepublica Portuguesa
1ªRepublica Portuguesa1ªRepublica Portuguesa
1ªRepublica Portuguesa
crie_historia9
 
1republica
1republica1republica
1republica
aprendizes
 
1republica
1republica1republica
1republica
Álvaro Maurício
 
Aquedadamonarquia 1ªrepublica hgp2015
Aquedadamonarquia 1ªrepublica hgp2015Aquedadamonarquia 1ªrepublica hgp2015
Aquedadamonarquia 1ªrepublica hgp2015
João Alves Dos Reis
 
A 1º República
A 1º RepúblicaA 1º República
A 1º República
Maria Gomes
 
HIS - REVOLUÇÃO REPUBLICANA
HIS - REVOLUÇÃO REPUBLICANAHIS - REVOLUÇÃO REPUBLICANA
HIS - REVOLUÇÃO REPUBLICANA
Luís Ferreira
 
1ª república
1ª república1ª república
1ª república
cruchinho
 
Instauração da república
Instauração da repúblicaInstauração da república
Instauração da república
malex86
 
ImplantaçãO Da RepúBlica
ImplantaçãO Da RepúBlicaImplantaçãO Da RepúBlica
ImplantaçãO Da RepúBlica
guest49e5eea
 
Da Queda Da Monarquia à ImplantaçãO Da RepúBlica
Da Queda Da Monarquia à ImplantaçãO Da RepúBlicaDa Queda Da Monarquia à ImplantaçãO Da RepúBlica
Da Queda Da Monarquia à ImplantaçãO Da RepúBlica
Minokitas 1
 
Centenário da República - ESDMM 2010
Centenário da República - ESDMM 2010Centenário da República - ESDMM 2010
Centenário da República - ESDMM 2010
esdmm
 
ae_sh9_ppt_i3.pptx powerpoint sobre primeira república...
ae_sh9_ppt_i3.pptx powerpoint  sobre primeira república...ae_sh9_ppt_i3.pptx powerpoint  sobre primeira república...
ae_sh9_ppt_i3.pptx powerpoint sobre primeira república...
mariagrave
 
Síntese Implantacão da República
Síntese Implantacão da RepúblicaSíntese Implantacão da República
Síntese Implantacão da República
Sérgio Bernardo
 

Semelhante a 1ª Republica (20)

Dificuldade Da 1ªRepublica
Dificuldade Da 1ªRepublicaDificuldade Da 1ªRepublica
Dificuldade Da 1ªRepublica
 
Da queda da Monarquia à Implantação da República
Da queda da Monarquia à Implantação da RepúblicaDa queda da Monarquia à Implantação da República
Da queda da Monarquia à Implantação da República
 
Da queda da Monarquia à Implantação da República
Da queda da Monarquia à Implantação da RepúblicaDa queda da Monarquia à Implantação da República
Da queda da Monarquia à Implantação da República
 
Portugal: da 1º republica a ditadura militar
Portugal: da 1º republica a ditadura militarPortugal: da 1º republica a ditadura militar
Portugal: da 1º republica a ditadura militar
 
Trabalho De Historia
Trabalho De HistoriaTrabalho De Historia
Trabalho De Historia
 
A revolução repúblicana
A revolução repúblicanaA revolução repúblicana
A revolução repúblicana
 
1.ppt
1.ppt1.ppt
1.ppt
 
1ªRepublica Portuguesa
1ªRepublica Portuguesa1ªRepublica Portuguesa
1ªRepublica Portuguesa
 
1republica
1republica1republica
1republica
 
1republica
1republica1republica
1republica
 
Aquedadamonarquia 1ªrepublica hgp2015
Aquedadamonarquia 1ªrepublica hgp2015Aquedadamonarquia 1ªrepublica hgp2015
Aquedadamonarquia 1ªrepublica hgp2015
 
A 1º República
A 1º RepúblicaA 1º República
A 1º República
 
HIS - REVOLUÇÃO REPUBLICANA
HIS - REVOLUÇÃO REPUBLICANAHIS - REVOLUÇÃO REPUBLICANA
HIS - REVOLUÇÃO REPUBLICANA
 
1ª república
1ª república1ª república
1ª república
 
Instauração da república
Instauração da repúblicaInstauração da república
Instauração da república
 
ImplantaçãO Da RepúBlica
ImplantaçãO Da RepúBlicaImplantaçãO Da RepúBlica
ImplantaçãO Da RepúBlica
 
Da Queda Da Monarquia à ImplantaçãO Da RepúBlica
Da Queda Da Monarquia à ImplantaçãO Da RepúBlicaDa Queda Da Monarquia à ImplantaçãO Da RepúBlica
Da Queda Da Monarquia à ImplantaçãO Da RepúBlica
 
Centenário da República - ESDMM 2010
Centenário da República - ESDMM 2010Centenário da República - ESDMM 2010
Centenário da República - ESDMM 2010
 
ae_sh9_ppt_i3.pptx powerpoint sobre primeira república...
ae_sh9_ppt_i3.pptx powerpoint  sobre primeira república...ae_sh9_ppt_i3.pptx powerpoint  sobre primeira república...
ae_sh9_ppt_i3.pptx powerpoint sobre primeira república...
 
Síntese Implantacão da República
Síntese Implantacão da RepúblicaSíntese Implantacão da República
Síntese Implantacão da República
 

Mais de Carlos Vieira

Cubismo
CubismoCubismo
Cubismo
Carlos Vieira
 
Abstracionismo
AbstracionismoAbstracionismo
Abstracionismo
Carlos Vieira
 
O Patriota
O PatriotaO Patriota
O Patriota
Carlos Vieira
 
As sufragistas
As sufragistasAs sufragistas
As sufragistas
Carlos Vieira
 
Madame bovary
Madame bovaryMadame bovary
Madame bovary
Carlos Vieira
 
Cavalo de guerra
Cavalo de guerraCavalo de guerra
Cavalo de guerra
Carlos Vieira
 
Danton
DantonDanton
Cultura do Salão – Lisboa pombalina
Cultura do Salão – Lisboa pombalinaCultura do Salão – Lisboa pombalina
Cultura do Salão – Lisboa pombalina
Carlos Vieira
 
Cultura do Salão – Introdução ao Neoclassico
Cultura do Salão – Introdução ao NeoclassicoCultura do Salão – Introdução ao Neoclassico
Cultura do Salão – Introdução ao Neoclassico
Carlos Vieira
 
Cultura do Salão – Pintura do rococó
Cultura do Salão – Pintura do rococóCultura do Salão – Pintura do rococó
Cultura do Salão – Pintura do rococó
Carlos Vieira
 
Cultura do Salão – Rococo internacional
Cultura do Salão – Rococo internacionalCultura do Salão – Rococo internacional
Cultura do Salão – Rococo internacional
Carlos Vieira
 
Cultura do Salão – Escultura do rococo
Cultura do Salão – Escultura do rococoCultura do Salão – Escultura do rococo
Cultura do Salão – Escultura do rococo
Carlos Vieira
 
Cultura do Salão - Origens do rococo
Cultura do Salão - Origens do rococoCultura do Salão - Origens do rococo
Cultura do Salão - Origens do rococo
Carlos Vieira
 
Cultura do Palco - Barroco em Portugal
Cultura do Palco - Barroco em Portugal Cultura do Palco - Barroco em Portugal
Cultura do Palco - Barroco em Portugal
Carlos Vieira
 
Cultura do Palco - Pintura barroca internacional
Cultura do Palco - Pintura barroca internacional Cultura do Palco - Pintura barroca internacional
Cultura do Palco - Pintura barroca internacional
Carlos Vieira
 
Cultura do Palco - Pintura Barroca
Cultura do Palco - Pintura BarrocaCultura do Palco - Pintura Barroca
Cultura do Palco - Pintura Barroca
Carlos Vieira
 
Cultura do Palco - Escultura Barroca
Cultura do Palco - Escultura BarrocaCultura do Palco - Escultura Barroca
Cultura do Palco - Escultura Barroca
Carlos Vieira
 
Cultura do Palco - Arquitectura Barroca
Cultura do Palco - Arquitectura BarrocaCultura do Palco - Arquitectura Barroca
Cultura do Palco - Arquitectura Barroca
Carlos Vieira
 
Cultura do Barroco - Palácio de Versalhes
Cultura do Barroco - Palácio de VersalhesCultura do Barroco - Palácio de Versalhes
Cultura do Barroco - Palácio de Versalhes
Carlos Vieira
 
Cultura do Palácio - Renascimento e Maneirismo em Portugal
Cultura do Palácio - Renascimento e Maneirismo em PortugalCultura do Palácio - Renascimento e Maneirismo em Portugal
Cultura do Palácio - Renascimento e Maneirismo em Portugal
Carlos Vieira
 

Mais de Carlos Vieira (20)

Cubismo
CubismoCubismo
Cubismo
 
Abstracionismo
AbstracionismoAbstracionismo
Abstracionismo
 
O Patriota
O PatriotaO Patriota
O Patriota
 
As sufragistas
As sufragistasAs sufragistas
As sufragistas
 
Madame bovary
Madame bovaryMadame bovary
Madame bovary
 
Cavalo de guerra
Cavalo de guerraCavalo de guerra
Cavalo de guerra
 
Danton
DantonDanton
Danton
 
Cultura do Salão – Lisboa pombalina
Cultura do Salão – Lisboa pombalinaCultura do Salão – Lisboa pombalina
Cultura do Salão – Lisboa pombalina
 
Cultura do Salão – Introdução ao Neoclassico
Cultura do Salão – Introdução ao NeoclassicoCultura do Salão – Introdução ao Neoclassico
Cultura do Salão – Introdução ao Neoclassico
 
Cultura do Salão – Pintura do rococó
Cultura do Salão – Pintura do rococóCultura do Salão – Pintura do rococó
Cultura do Salão – Pintura do rococó
 
Cultura do Salão – Rococo internacional
Cultura do Salão – Rococo internacionalCultura do Salão – Rococo internacional
Cultura do Salão – Rococo internacional
 
Cultura do Salão – Escultura do rococo
Cultura do Salão – Escultura do rococoCultura do Salão – Escultura do rococo
Cultura do Salão – Escultura do rococo
 
Cultura do Salão - Origens do rococo
Cultura do Salão - Origens do rococoCultura do Salão - Origens do rococo
Cultura do Salão - Origens do rococo
 
Cultura do Palco - Barroco em Portugal
Cultura do Palco - Barroco em Portugal Cultura do Palco - Barroco em Portugal
Cultura do Palco - Barroco em Portugal
 
Cultura do Palco - Pintura barroca internacional
Cultura do Palco - Pintura barroca internacional Cultura do Palco - Pintura barroca internacional
Cultura do Palco - Pintura barroca internacional
 
Cultura do Palco - Pintura Barroca
Cultura do Palco - Pintura BarrocaCultura do Palco - Pintura Barroca
Cultura do Palco - Pintura Barroca
 
Cultura do Palco - Escultura Barroca
Cultura do Palco - Escultura BarrocaCultura do Palco - Escultura Barroca
Cultura do Palco - Escultura Barroca
 
Cultura do Palco - Arquitectura Barroca
Cultura do Palco - Arquitectura BarrocaCultura do Palco - Arquitectura Barroca
Cultura do Palco - Arquitectura Barroca
 
Cultura do Barroco - Palácio de Versalhes
Cultura do Barroco - Palácio de VersalhesCultura do Barroco - Palácio de Versalhes
Cultura do Barroco - Palácio de Versalhes
 
Cultura do Palácio - Renascimento e Maneirismo em Portugal
Cultura do Palácio - Renascimento e Maneirismo em PortugalCultura do Palácio - Renascimento e Maneirismo em Portugal
Cultura do Palácio - Renascimento e Maneirismo em Portugal
 

Último

EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
Sandra Pratas
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
Falcão Brasil
 
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
Sandra Pratas
 
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdfCaderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
SupervisoEMAC
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
felipescherner
 
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdfAviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Falcão Brasil
 
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docxreconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
felipescherner
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Falcão Brasil
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
principeandregalli
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Centro Jacques Delors
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
marcos oliveira
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
Sandra Pratas
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Mary Alvarenga
 
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdfUFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
Manuais Formação
 
apresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacionalapresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacional
shirleisousa9166
 
Atividade Análise literária O GUARANI.pdf
Atividade Análise literária O GUARANI.pdfAtividade Análise literária O GUARANI.pdf
Atividade Análise literária O GUARANI.pdf
sesiomzezao
 
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
AntHropológicas Visual PPGA-UFPE
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
Sandra Pratas
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
LeideLauraCenturionL
 

Último (20)

EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
 
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
 
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdfCaderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
 
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdfAviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
 
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docxreconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
 
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdfUFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
 
apresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacionalapresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacional
 
Atividade Análise literária O GUARANI.pdf
Atividade Análise literária O GUARANI.pdfAtividade Análise literária O GUARANI.pdf
Atividade Análise literária O GUARANI.pdf
 
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
 

1ª Republica

  • 2. Crise da MonarquiaFactores que contribuíram para o a crise da monarquia:Ultimato de 1890;Revolta de 31 de Janeiro de 1891;Crise económica e política;Regicídio. 2
  • 3. Crise da MonarquiaUltimato 1890Portugal foi obrigado a ceder à Inglaterra os territórios que esta pretendia. Esta cedência provocou uma onda de nacionalismo contra a Inglaterra e um reforço do descrédito da monarquia. 3
  • 4. Crise da MonarquiaRevolta de 1891No dia 31 de Janeiro de 1891, na cidade do Porto, registou-se um levantamento militar contra as cedências do Governo (e da Coroa) ao ultimato britânico de 18904
  • 5. Crise da MonarquiaCrise políticaO rei D. Carlos enveredou por uma via autoritária, autorizando João Franco, chefe do Governo, a dirigir o país em ditadura (1907-1908).5
  • 6. Crise da MonarquiaRegicídio1 de Fevereiro de 1908;O rei D. Carlos e o príncipe herdeiro D. Luís Filipe foram assassinados no Rossio por membros da Carbonária (sociedade secreta que defende a tomada de poder pela força). 6
  • 7. Crise da MonarquiaNovo MonarcaD. Manuel II, filho mais novo de D. Carlos sobe ao trono.7
  • 8. Crise da MonarquiaImplantação da República.De 3 para 4 de Outubro de 1910, em Lisboa, membros do Partido Republicano, da Maçonaria e da Carbonária derrubam a monarquia. O rei D. Manuel sai de Portugal e exila-se em Inglaterra.8
  • 9. 9
  • 10. 10
  • 11. 11
  • 12. Implantação da RepúblicaA 5 de Outubro de 1910Constituição de um governo provisório, presidido por Teófilo Braga. Em 1911, é eleita a Assembleia Nacional Constituinte, que elabora e aprova a Constituição Republicana, e elege o 1º presidente da República, Manuel de Arriaga.12
  • 13. RepúblicaMedidas Laicas.Lei da separação da Igreja e do Estado;Expulsão das ordens religiosas e nacionalização dos seus bens;Registo civil obrigatório;Legalização do divórcio.13
  • 14. RepúblicaMedidas Sociais:Autorização e regulamentação da greve;Instituição do descanso semanal;Limitação dos horários de trabalho;Seguro social obrigatório.14
  • 15. RepúblicaMedidas EducativasInstrução obrigatória e gratuita (dos 7 aos 12 anos);Fundação das Universidades de Lisboa e Porto;Fundação de escolas normais para professores;Criação de escolas primárias e liceus.15
  • 16. RepúblicaMedidas Políticas:Constituição de 1911;Divisão dos poderes:Poder legislativo – Congresso ou parlamento;Poder executivo – Presidente e Governo;Poder judicial – Tribunais.Criação da Guarda Nacional Republicana;Novo Hino Nacional;Nova Bandeira Nacional.16
  • 17. RepúblicaParticipação na I Guerra MundialMotivos:Aliança Luso-Britânica;Protecção dos territórios africanos;Reconhecimento internacional do novo regime.17
  • 18. RepúblicaParticipação na I Guerra MundialFrentes:Africana:Fronteiras de Angola e Moçambique.Europeia:Criação do CEP – Corpo Expedicionário Português;Frente Ocidental;Batalha de LaLys.18
  • 19. Manuel de Arriaga1911-1915Teófilo Braga1915Bernardino Machado1915-1917 e 1925-1926Sidónio Pais1917-1918Os PR’s19António José de Almeida1919-1923Manuel Teixeira Gomes1923-1925Canto e Castro1918-1919
  • 20. RepúblicaDificuldades da acção governativaInstabilidade PolíticaCurta duração dos governos1910-1917 – 14 governos1917-1918 – 1 governo1918-1926 – 30 governosPeríodos de ditaduraSidónio Pais (1917-1918)Conspirações Armadas20
  • 21. RepúblicaDificuldades da acção governativaLei da Separação da Igreja do EstadoOposição do CleroClima de descontentamentoTentativas de restauração da MonarquiaAgravamento das dificuldades económicas e financeiras:Fome;Desemprego InflaçãoDesvalorização da moeda21
  • 22. Ditadura MilitarA reacção autoritária e a ditadura militarA 28 de Maio de 1926, um golpe militar dirigido pelo general Gomes da Costa derruba o regime republicanoDá-se início ao período da ditadura militar.22
  • 23. Ditadura MilitarMedidasSuspensão de LiberdadesDissolução do ParlamentoEstabelecimento da censuraDissolução da Confederação Geral do TrabalhoReadmissão das ordens religiosas23
  • 24. Ditadura MilitarAntónio de Oliveira SalazarÉ convidado para ministro das Finanças;Consegue solucionar a crise económica, mas rapidamente estendeu a sua influência a outros sectores. Em 1932, torna-se presidente do Ministério Em 1933 torna-se presidente do Conselho, fazendo aprovar um nova Constituição que serviria de base a um novo regime ditatorial - o Estado Novo.24