SlideShare uma empresa Scribd logo
Projetos Investigativos na Escola
Prof. Valmir Heckler
Prof. Cezar Soares Motta
Prof. Willian Rubira da Silva
e-mail: prof.valmir@hotmail.com
e-mail: cezarsmott@gmail.com
e-mail: willianrubira@hotmail.com
Como significamos os projetos
investigativos na Escola
Projetos Investigativos na Escola
Escrever, falar...
Nosso Primeiro Desafio!
Etapas importantes de um projeto investigativo
Ideia do que fazer Área(s) do(s) conhecimento(s) envolvida(s)
determinar
Parceiros do Projeto Professor(es) orientador(es)
conversar e convidar
apresente as ideias
Momentos de aperfeiçoamentos...
Auxílioplanejar e escrever
AtividadenoProjeto
Leitura de materiais, livros, artigos, Internet, visitas...
Entrevistas, construção de protótipos, coleta de
informações...
Análise dos resultados, conclusões, possíveis melhorias....
Relatar....
Ideia do que fazer Área(s) do(s) conhecimento(s) envolvida(s)
determinar
Estrutura em 4 áreas do
conhecimento
 linguagens e suas
tecnologias;
 matemática e suas
tecnologias;
 ciências da natureza e
suas tecnologias;
 ciências humanas e suas
tecnologias;
Projetos Investigativos
Quais aspectos observamos no vídeo?
Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=9zgalpKV_P4
Parceiros do Projeto Professor(es) orientador(es)apresente as ideias
Centralidade??
Estudantes
Objeto AperfeiçoávelPesquisa
COMPREENSÕES
Experiência Construção do
conhecimento
Adaptado de “improvable object” (Wells, 2009, p.289)
Ampliar compreensões...
Desenvolver
coletivamente
Qual é a nossa aposta?
Construção de significados com
base na linguagem
Comunidade de Construção de Conhecimento
Knowledge Building Community
Trabalho similar à de uma Comunidade
Científica Colaborativa
(Scardamalia e Bereiter, 1980; 2003)
 Contribuir, trocar, indagar
informações e ideais;
 colaborar uns com os outros;
 construir progressivamente
uma base de conhecimentos
compartilhada.
Comunidade - Indagação dialógica
 cada sujeito envolvido ativamente na construção
coletiva de um objeto aperfeiçoável;
 postura frente às experiências e ideias;
 predisposição de se interessar pelas coisas e
indagar;
 significar ao colaborar com os outros.
(WELLS, 2001)
enfoque está no envolvimento do sujeito
na comunidade
Organização das atividades
Mas por onde começar?
- Compre um caderno (caderno de campo);
- Uma Pasta Específica para o projeto;
- Defina horário e local específico para
desenvolver o projeto;
- Combine com o seu(s) colegas,
estudantes forma de acompanhamento do
trabalho;
- Registre tudo ....o que foi discutido, erros,
pesquisas, fotos, etapas...
-Buscar materiais que falem sobre a temática escolhida;
- A difícil tarefa de escrever...;
-Cuidado com o Plágio... Fazer citações fortalece o
trabalho;
-Estudar formas de fazer citações diretas, indiretas...;
- Faça uma organização dos resultados estudados;
- Crie gráficos, vídeos, figuras, tabelas explicando os
resultados....
- Compare criticamente os resultados;
- Construir o resumo - como?
Comunicar resultados...
Ampliar argumentos...
O desafio do trabalho coletivo
Comunicar os resultados
Falar, escrever, fazer perguntas...
desafio coletivo...
Com os relatos de professores
Experimentação em Projetos
Investigativos
Prof. Valmir Heckler
Prof. Cezar Soares Motta
Prof. Willian Rubira da Silva
e-mail: prof.valmir@hotmail.com
e-mail: cezarsmott@gmail.com
e-mail: willianrubira@hotmail.com
Experimentação....O que nos dizem as
palavras?
Projetos Investigativos...
A roda foi inventada em
4000 a.C
Fonte: Museu Nacional de Teerão, no Irão
Ilustração de um escriba
3500 a.C
Construção de significados
com base na linguagem
Experimentos….
Quais aspectos observamos no vídeo?
Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=G9ZqqScXBJQ
Compreensão de Modelos
pela e com a linguagem
 O fenômeno da natureza pode ser mostrado - modelo não
está diretamente visível, é uma abstração...
 Modelos na Ciência - construção humana provisória com o
conjunto de signos das Ciências.
 Compreender os modelos dos fenômenos com a linguagem
dos artefatos.
 A linguagem nas interações dos sujeitos amplia a
construção de modelos.
================================
Comunicar significados...
Ampliar argumentos...
desafio coletivo...
Como utilizar “brinquedos" no ensino de
Ciências e Matemática?
CAMINHOS DA FORMAÇÃO ACADÊMICO-PROFISSIONAL
DO PROFESSOR/PESQUISADOR NA EDUCAÇÃO EM CIÊNCIAS
Experiência
acadêmico-profissional
4
CAMINHOS DA FORMAÇÃO ACADÊMICO-PROFISSIONAL
DO PROFESSOR/PESQUISADOR NA EDUCAÇÃO EM CIÊNCIAS
Experiência
acadêmico-profissional
Aspectos Históricos da
Experimentação em Ciências
Aprendizagem como processo ativo, dependente das interações dos
sujeitos com os objetos e outras pessoas, na sala de aula e fora dela.
Século XIX
1980
1990
2010
Natureza das
interações
Comunicação, colaboração,
comunidades
Experimentação em Ciências via web com artefatos científicos
Fonte: http://www.ises.info/index.php/en/laboratory
Experimentação em Ciências com artefatos científicos na Web
simulação como mediação distinta
Indagação online
com os professores em AVA
Compreensão de modelos pela e com
a linguagem
 “[...] potencializa problematizar modelos de partículas (átomos, moléculas, íons, fótons,
energia, radiação infravermelha)”.
 “[...] os modelos de partículas não são perceptíveis ao trabalhar apenas com a estufa, o
que dificultaria complexificar as explicações entre os sujeitos”.
Professor Pedro
Compreensão de modelos pela
e com a linguagem
O nosso Desafio é olhar pela janela com outra
perspectiva! “Observar um grande
Laboratório...”
Sugestões de Leituras
Nosso próximo desafio!
Qual será?

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Material_Curso_Projetos

Metodologias ativas no ensino de filosofia
Metodologias ativas no ensino de filosofiaMetodologias ativas no ensino de filosofia
Metodologias ativas no ensino de filosofia
Universidade Federal de Pernambuco
 
Desenvolvimento Profissional do Docente - Percursos da vida de um professor
Desenvolvimento Profissional do Docente - Percursos da vida de um professor Desenvolvimento Profissional do Docente - Percursos da vida de um professor
Desenvolvimento Profissional do Docente - Percursos da vida de um professor
Fernanda Ledesma
 
Educação 5.0 e Metodologias Ativas e Inovadoras
Educação 5.0 e Metodologias Ativas e InovadorasEducação 5.0 e Metodologias Ativas e Inovadoras
Educação 5.0 e Metodologias Ativas e Inovadoras
Universidade Federal de Pernambuco
 
Cartilhapesquisa
CartilhapesquisaCartilhapesquisa
Cartilhapesquisa
Vera Elenita Medeiros
 
Apresenta Final Ufrgs
Apresenta Final UfrgsApresenta Final Ufrgs
Apresenta Final Ufrgs
Gisele Lima
 
Elaboração de projetos
Elaboração de projetosElaboração de projetos
Elaboração de projetos
Elizete Maria Pivetta Camacho
 
Metodologias Ativas, Imersivas e Inovadoras
Metodologias Ativas, Imersivas e InovadorasMetodologias Ativas, Imersivas e Inovadoras
Metodologias Ativas, Imersivas e Inovadoras
Universidade Federal de Pernambuco
 
Apresentação RED#1
Apresentação RED#1Apresentação RED#1
Apresentação RED#1
Juliano Bittencourt
 
Tecnologias Digitais da Informação e Comunicação na Formação de Professores d...
Tecnologias Digitais da Informação e Comunicação na Formação de Professores d...Tecnologias Digitais da Informação e Comunicação na Formação de Professores d...
Tecnologias Digitais da Informação e Comunicação na Formação de Professores d...
Universidade Federal de Pernambuco
 
Palestra Sesi Metodologias Ativas
Palestra Sesi Metodologias AtivasPalestra Sesi Metodologias Ativas
Palestra Sesi Metodologias Ativas
Universidade Federal de Pernambuco
 
Cultura de Inovação em Escolas Integrais: novos Designs e Cenários para a Sal...
Cultura de Inovação em Escolas Integrais: novos Designs e Cenários para a Sal...Cultura de Inovação em Escolas Integrais: novos Designs e Cenários para a Sal...
Cultura de Inovação em Escolas Integrais: novos Designs e Cenários para a Sal...
Universidade Federal de Pernambuco
 
A Biblioteca Escolar e o Trabalho de Projecto
A Biblioteca Escolar e o Trabalho de ProjectoA Biblioteca Escolar e o Trabalho de Projecto
A Biblioteca Escolar e o Trabalho de Projecto
Carlos Pinheiro
 
560997.pptx
560997.pptx560997.pptx
560997.pptx
JaneteMachado9
 
Apresenta minicurso melp
Apresenta minicurso melpApresenta minicurso melp
Apresenta minicurso melp
Maria Helena Pereira
 
Plano de Aula
Plano de AulaPlano de Aula
Plano de Aula
Silvana Pavlak
 
Apresentação p as sapiranga1
Apresentação p as sapiranga1Apresentação p as sapiranga1
Apresentação p as sapiranga1
Nadie Christina Machado-Spence
 
Inquietações presentes nas vozes dos professores acerca dos
Inquietações presentes nas vozes dos professores acerca dosInquietações presentes nas vozes dos professores acerca dos
Inquietações presentes nas vozes dos professores acerca dos
escolaceconello
 
OFICINA PEDAGÓGICA II “ESTRATÉGIAS DE ENSINO E DE APRENDIZAGEM NO CURSO DE AD...
OFICINA PEDAGÓGICA II “ESTRATÉGIAS DE ENSINO E DE APRENDIZAGEM NO CURSO DE AD...OFICINA PEDAGÓGICA II “ESTRATÉGIAS DE ENSINO E DE APRENDIZAGEM NO CURSO DE AD...
OFICINA PEDAGÓGICA II “ESTRATÉGIAS DE ENSINO E DE APRENDIZAGEM NO CURSO DE AD...
ANGRAD
 
Projeto de pesquisa: problema, objetivo e justifivativa
Projeto de pesquisa: problema, objetivo e justifivativaProjeto de pesquisa: problema, objetivo e justifivativa
Projeto de pesquisa: problema, objetivo e justifivativa
Lúcia da Silveira
 
Projetos
ProjetosProjetos

Semelhante a Material_Curso_Projetos (20)

Metodologias ativas no ensino de filosofia
Metodologias ativas no ensino de filosofiaMetodologias ativas no ensino de filosofia
Metodologias ativas no ensino de filosofia
 
Desenvolvimento Profissional do Docente - Percursos da vida de um professor
Desenvolvimento Profissional do Docente - Percursos da vida de um professor Desenvolvimento Profissional do Docente - Percursos da vida de um professor
Desenvolvimento Profissional do Docente - Percursos da vida de um professor
 
Educação 5.0 e Metodologias Ativas e Inovadoras
Educação 5.0 e Metodologias Ativas e InovadorasEducação 5.0 e Metodologias Ativas e Inovadoras
Educação 5.0 e Metodologias Ativas e Inovadoras
 
Cartilhapesquisa
CartilhapesquisaCartilhapesquisa
Cartilhapesquisa
 
Apresenta Final Ufrgs
Apresenta Final UfrgsApresenta Final Ufrgs
Apresenta Final Ufrgs
 
Elaboração de projetos
Elaboração de projetosElaboração de projetos
Elaboração de projetos
 
Metodologias Ativas, Imersivas e Inovadoras
Metodologias Ativas, Imersivas e InovadorasMetodologias Ativas, Imersivas e Inovadoras
Metodologias Ativas, Imersivas e Inovadoras
 
Apresentação RED#1
Apresentação RED#1Apresentação RED#1
Apresentação RED#1
 
Tecnologias Digitais da Informação e Comunicação na Formação de Professores d...
Tecnologias Digitais da Informação e Comunicação na Formação de Professores d...Tecnologias Digitais da Informação e Comunicação na Formação de Professores d...
Tecnologias Digitais da Informação e Comunicação na Formação de Professores d...
 
Palestra Sesi Metodologias Ativas
Palestra Sesi Metodologias AtivasPalestra Sesi Metodologias Ativas
Palestra Sesi Metodologias Ativas
 
Cultura de Inovação em Escolas Integrais: novos Designs e Cenários para a Sal...
Cultura de Inovação em Escolas Integrais: novos Designs e Cenários para a Sal...Cultura de Inovação em Escolas Integrais: novos Designs e Cenários para a Sal...
Cultura de Inovação em Escolas Integrais: novos Designs e Cenários para a Sal...
 
A Biblioteca Escolar e o Trabalho de Projecto
A Biblioteca Escolar e o Trabalho de ProjectoA Biblioteca Escolar e o Trabalho de Projecto
A Biblioteca Escolar e o Trabalho de Projecto
 
560997.pptx
560997.pptx560997.pptx
560997.pptx
 
Apresenta minicurso melp
Apresenta minicurso melpApresenta minicurso melp
Apresenta minicurso melp
 
Plano de Aula
Plano de AulaPlano de Aula
Plano de Aula
 
Apresentação p as sapiranga1
Apresentação p as sapiranga1Apresentação p as sapiranga1
Apresentação p as sapiranga1
 
Inquietações presentes nas vozes dos professores acerca dos
Inquietações presentes nas vozes dos professores acerca dosInquietações presentes nas vozes dos professores acerca dos
Inquietações presentes nas vozes dos professores acerca dos
 
OFICINA PEDAGÓGICA II “ESTRATÉGIAS DE ENSINO E DE APRENDIZAGEM NO CURSO DE AD...
OFICINA PEDAGÓGICA II “ESTRATÉGIAS DE ENSINO E DE APRENDIZAGEM NO CURSO DE AD...OFICINA PEDAGÓGICA II “ESTRATÉGIAS DE ENSINO E DE APRENDIZAGEM NO CURSO DE AD...
OFICINA PEDAGÓGICA II “ESTRATÉGIAS DE ENSINO E DE APRENDIZAGEM NO CURSO DE AD...
 
Projeto de pesquisa: problema, objetivo e justifivativa
Projeto de pesquisa: problema, objetivo e justifivativaProjeto de pesquisa: problema, objetivo e justifivativa
Projeto de pesquisa: problema, objetivo e justifivativa
 
Projetos
ProjetosProjetos
Projetos
 

Mais de Valmir Heckler

PESQUISA-FORMAÇÃO ONLINE COM PROFESSORES DE CIÊNCIAS: UMA EXPERIÊNCIA NA PÓS-...
PESQUISA-FORMAÇÃO ONLINE COM PROFESSORES DE CIÊNCIAS: UMA EXPERIÊNCIA NA PÓS-...PESQUISA-FORMAÇÃO ONLINE COM PROFESSORES DE CIÊNCIAS: UMA EXPERIÊNCIA NA PÓS-...
PESQUISA-FORMAÇÃO ONLINE COM PROFESSORES DE CIÊNCIAS: UMA EXPERIÊNCIA NA PÓS-...
Valmir Heckler
 
A EXPERIMENTAÇÃO EM CIÊNCIAS CONSTITUÍDA NA INTERATIVIDADE ONLINE
A EXPERIMENTAÇÃO EM CIÊNCIAS CONSTITUÍDA NA INTERATIVIDADE ONLINEA EXPERIMENTAÇÃO EM CIÊNCIAS CONSTITUÍDA NA INTERATIVIDADE ONLINE
A EXPERIMENTAÇÃO EM CIÊNCIAS CONSTITUÍDA NA INTERATIVIDADE ONLINE
Valmir Heckler
 
A EXPERIMENTAÇÃO EM CIÊNCIAS CONSTITUÍDA NA INTERATIVIDADE ONLINE
A EXPERIMENTAÇÃO EM CIÊNCIAS CONSTITUÍDA NA INTERATIVIDADE ONLINEA EXPERIMENTAÇÃO EM CIÊNCIAS CONSTITUÍDA NA INTERATIVIDADE ONLINE
A EXPERIMENTAÇÃO EM CIÊNCIAS CONSTITUÍDA NA INTERATIVIDADE ONLINE
Valmir Heckler
 
Atividades Práticas sobre Luz e Física Moderna
Atividades Práticas sobre Luz e Física ModernaAtividades Práticas sobre Luz e Física Moderna
Atividades Práticas sobre Luz e Física Moderna
Valmir Heckler
 
Atividades_Experimentação_Mecânica
Atividades_Experimentação_MecânicaAtividades_Experimentação_Mecânica
Atividades_Experimentação_Mecânica
Valmir Heckler
 
Pesquisa Formação Online de Professores
Pesquisa Formação Online de ProfessoresPesquisa Formação Online de Professores
Pesquisa Formação Online de Professores
Valmir Heckler
 
Indagação Online Amplifica a Aprendizagem Colaborativa
Indagação Online Amplifica a Aprendizagem ColaborativaIndagação Online Amplifica a Aprendizagem Colaborativa
Indagação Online Amplifica a Aprendizagem Colaborativa
Valmir Heckler
 
EXPERIMENTAÇÃO EM CIÊNCIAS NA EAD: indagação online com os professores em AVA
EXPERIMENTAÇÃO EM CIÊNCIAS NA EAD: indagação online com os professores em AVAEXPERIMENTAÇÃO EM CIÊNCIAS NA EAD: indagação online com os professores em AVA
EXPERIMENTAÇÃO EM CIÊNCIAS NA EAD: indagação online com os professores em AVA
Valmir Heckler
 
PROPOSIÇÃO METODOLÓGICA PARA COMPREENDER A EXPERIMENTAÇÃO EM CIÊNCIAS NA EAD
PROPOSIÇÃO METODOLÓGICA PARA COMPREENDER A EXPERIMENTAÇÃO EM CIÊNCIAS NA EADPROPOSIÇÃO METODOLÓGICA PARA COMPREENDER A EXPERIMENTAÇÃO EM CIÊNCIAS NA EAD
PROPOSIÇÃO METODOLÓGICA PARA COMPREENDER A EXPERIMENTAÇÃO EM CIÊNCIAS NA EAD
Valmir Heckler
 
CONSTITUIÇÃO DA EXPERIMENTAÇÃO EM CIÊNCIAS NA MODALIDADE EAD
CONSTITUIÇÃO DA EXPERIMENTAÇÃO EM CIÊNCIAS NA MODALIDADE EADCONSTITUIÇÃO DA EXPERIMENTAÇÃO EM CIÊNCIAS NA MODALIDADE EAD
CONSTITUIÇÃO DA EXPERIMENTAÇÃO EM CIÊNCIAS NA MODALIDADE EAD
Valmir Heckler
 
Experimentação em Ciências na EaD
Experimentação em Ciências na EaDExperimentação em Ciências na EaD
Experimentação em Ciências na EaD
Valmir Heckler
 
Brincadeira com conversa_entre_pai e filho
Brincadeira com conversa_entre_pai e filhoBrincadeira com conversa_entre_pai e filho
Brincadeira com conversa_entre_pai e filho
Valmir Heckler
 
Caminho metodológico experimentação
Caminho metodológico experimentaçãoCaminho metodológico experimentação
Caminho metodológico experimentação
Valmir Heckler
 
“FORMAÇÃO SOB A ÓTICA DA ERA DIGITAL”
“FORMAÇÃO SOB A ÓTICA DA ERA DIGITAL”“FORMAÇÃO SOB A ÓTICA DA ERA DIGITAL”
“FORMAÇÃO SOB A ÓTICA DA ERA DIGITAL”
Valmir Heckler
 
Como Posso Desenvolver Projetos de Pesquisa na Escola?
Como Posso Desenvolver Projetos de Pesquisa na Escola?Como Posso Desenvolver Projetos de Pesquisa na Escola?
Como Posso Desenvolver Projetos de Pesquisa na Escola?
Valmir Heckler
 
ENSINO DE FÍSICA NA FORMAÇÃO DO PROFESSOR DE MATEMÁTICA: NECESSIDADE OU MAIS ...
ENSINO DE FÍSICA NA FORMAÇÃO DO PROFESSOR DE MATEMÁTICA: NECESSIDADE OU MAIS ...ENSINO DE FÍSICA NA FORMAÇÃO DO PROFESSOR DE MATEMÁTICA: NECESSIDADE OU MAIS ...
ENSINO DE FÍSICA NA FORMAÇÃO DO PROFESSOR DE MATEMÁTICA: NECESSIDADE OU MAIS ...
Valmir Heckler
 
Web ufpel 1
Web ufpel 1Web ufpel 1
Web ufpel 1
Valmir Heckler
 
Relato experiência
Relato experiênciaRelato experiência
Relato experiência
Valmir Heckler
 
Instruções Básicas para uso do Excel no Ensino de Física
Instruções Básicas para uso do Excel no Ensino de FísicaInstruções Básicas para uso do Excel no Ensino de Física
Instruções Básicas para uso do Excel no Ensino de Física
Valmir Heckler
 
Roteiro Tubo PVC e Placa de Som
Roteiro Tubo PVC e Placa de SomRoteiro Tubo PVC e Placa de Som
Roteiro Tubo PVC e Placa de Som
Valmir Heckler
 

Mais de Valmir Heckler (20)

PESQUISA-FORMAÇÃO ONLINE COM PROFESSORES DE CIÊNCIAS: UMA EXPERIÊNCIA NA PÓS-...
PESQUISA-FORMAÇÃO ONLINE COM PROFESSORES DE CIÊNCIAS: UMA EXPERIÊNCIA NA PÓS-...PESQUISA-FORMAÇÃO ONLINE COM PROFESSORES DE CIÊNCIAS: UMA EXPERIÊNCIA NA PÓS-...
PESQUISA-FORMAÇÃO ONLINE COM PROFESSORES DE CIÊNCIAS: UMA EXPERIÊNCIA NA PÓS-...
 
A EXPERIMENTAÇÃO EM CIÊNCIAS CONSTITUÍDA NA INTERATIVIDADE ONLINE
A EXPERIMENTAÇÃO EM CIÊNCIAS CONSTITUÍDA NA INTERATIVIDADE ONLINEA EXPERIMENTAÇÃO EM CIÊNCIAS CONSTITUÍDA NA INTERATIVIDADE ONLINE
A EXPERIMENTAÇÃO EM CIÊNCIAS CONSTITUÍDA NA INTERATIVIDADE ONLINE
 
A EXPERIMENTAÇÃO EM CIÊNCIAS CONSTITUÍDA NA INTERATIVIDADE ONLINE
A EXPERIMENTAÇÃO EM CIÊNCIAS CONSTITUÍDA NA INTERATIVIDADE ONLINEA EXPERIMENTAÇÃO EM CIÊNCIAS CONSTITUÍDA NA INTERATIVIDADE ONLINE
A EXPERIMENTAÇÃO EM CIÊNCIAS CONSTITUÍDA NA INTERATIVIDADE ONLINE
 
Atividades Práticas sobre Luz e Física Moderna
Atividades Práticas sobre Luz e Física ModernaAtividades Práticas sobre Luz e Física Moderna
Atividades Práticas sobre Luz e Física Moderna
 
Atividades_Experimentação_Mecânica
Atividades_Experimentação_MecânicaAtividades_Experimentação_Mecânica
Atividades_Experimentação_Mecânica
 
Pesquisa Formação Online de Professores
Pesquisa Formação Online de ProfessoresPesquisa Formação Online de Professores
Pesquisa Formação Online de Professores
 
Indagação Online Amplifica a Aprendizagem Colaborativa
Indagação Online Amplifica a Aprendizagem ColaborativaIndagação Online Amplifica a Aprendizagem Colaborativa
Indagação Online Amplifica a Aprendizagem Colaborativa
 
EXPERIMENTAÇÃO EM CIÊNCIAS NA EAD: indagação online com os professores em AVA
EXPERIMENTAÇÃO EM CIÊNCIAS NA EAD: indagação online com os professores em AVAEXPERIMENTAÇÃO EM CIÊNCIAS NA EAD: indagação online com os professores em AVA
EXPERIMENTAÇÃO EM CIÊNCIAS NA EAD: indagação online com os professores em AVA
 
PROPOSIÇÃO METODOLÓGICA PARA COMPREENDER A EXPERIMENTAÇÃO EM CIÊNCIAS NA EAD
PROPOSIÇÃO METODOLÓGICA PARA COMPREENDER A EXPERIMENTAÇÃO EM CIÊNCIAS NA EADPROPOSIÇÃO METODOLÓGICA PARA COMPREENDER A EXPERIMENTAÇÃO EM CIÊNCIAS NA EAD
PROPOSIÇÃO METODOLÓGICA PARA COMPREENDER A EXPERIMENTAÇÃO EM CIÊNCIAS NA EAD
 
CONSTITUIÇÃO DA EXPERIMENTAÇÃO EM CIÊNCIAS NA MODALIDADE EAD
CONSTITUIÇÃO DA EXPERIMENTAÇÃO EM CIÊNCIAS NA MODALIDADE EADCONSTITUIÇÃO DA EXPERIMENTAÇÃO EM CIÊNCIAS NA MODALIDADE EAD
CONSTITUIÇÃO DA EXPERIMENTAÇÃO EM CIÊNCIAS NA MODALIDADE EAD
 
Experimentação em Ciências na EaD
Experimentação em Ciências na EaDExperimentação em Ciências na EaD
Experimentação em Ciências na EaD
 
Brincadeira com conversa_entre_pai e filho
Brincadeira com conversa_entre_pai e filhoBrincadeira com conversa_entre_pai e filho
Brincadeira com conversa_entre_pai e filho
 
Caminho metodológico experimentação
Caminho metodológico experimentaçãoCaminho metodológico experimentação
Caminho metodológico experimentação
 
“FORMAÇÃO SOB A ÓTICA DA ERA DIGITAL”
“FORMAÇÃO SOB A ÓTICA DA ERA DIGITAL”“FORMAÇÃO SOB A ÓTICA DA ERA DIGITAL”
“FORMAÇÃO SOB A ÓTICA DA ERA DIGITAL”
 
Como Posso Desenvolver Projetos de Pesquisa na Escola?
Como Posso Desenvolver Projetos de Pesquisa na Escola?Como Posso Desenvolver Projetos de Pesquisa na Escola?
Como Posso Desenvolver Projetos de Pesquisa na Escola?
 
ENSINO DE FÍSICA NA FORMAÇÃO DO PROFESSOR DE MATEMÁTICA: NECESSIDADE OU MAIS ...
ENSINO DE FÍSICA NA FORMAÇÃO DO PROFESSOR DE MATEMÁTICA: NECESSIDADE OU MAIS ...ENSINO DE FÍSICA NA FORMAÇÃO DO PROFESSOR DE MATEMÁTICA: NECESSIDADE OU MAIS ...
ENSINO DE FÍSICA NA FORMAÇÃO DO PROFESSOR DE MATEMÁTICA: NECESSIDADE OU MAIS ...
 
Web ufpel 1
Web ufpel 1Web ufpel 1
Web ufpel 1
 
Relato experiência
Relato experiênciaRelato experiência
Relato experiência
 
Instruções Básicas para uso do Excel no Ensino de Física
Instruções Básicas para uso do Excel no Ensino de FísicaInstruções Básicas para uso do Excel no Ensino de Física
Instruções Básicas para uso do Excel no Ensino de Física
 
Roteiro Tubo PVC e Placa de Som
Roteiro Tubo PVC e Placa de SomRoteiro Tubo PVC e Placa de Som
Roteiro Tubo PVC e Placa de Som
 

Material_Curso_Projetos

  • 1. Projetos Investigativos na Escola Prof. Valmir Heckler Prof. Cezar Soares Motta Prof. Willian Rubira da Silva e-mail: prof.valmir@hotmail.com e-mail: cezarsmott@gmail.com e-mail: willianrubira@hotmail.com
  • 2. Como significamos os projetos investigativos na Escola
  • 3. Projetos Investigativos na Escola Escrever, falar... Nosso Primeiro Desafio!
  • 4. Etapas importantes de um projeto investigativo Ideia do que fazer Área(s) do(s) conhecimento(s) envolvida(s) determinar Parceiros do Projeto Professor(es) orientador(es) conversar e convidar apresente as ideias Momentos de aperfeiçoamentos... Auxílioplanejar e escrever AtividadenoProjeto Leitura de materiais, livros, artigos, Internet, visitas... Entrevistas, construção de protótipos, coleta de informações... Análise dos resultados, conclusões, possíveis melhorias.... Relatar....
  • 5. Ideia do que fazer Área(s) do(s) conhecimento(s) envolvida(s) determinar Estrutura em 4 áreas do conhecimento  linguagens e suas tecnologias;  matemática e suas tecnologias;  ciências da natureza e suas tecnologias;  ciências humanas e suas tecnologias;
  • 6. Projetos Investigativos Quais aspectos observamos no vídeo? Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=9zgalpKV_P4
  • 7. Parceiros do Projeto Professor(es) orientador(es)apresente as ideias Centralidade?? Estudantes
  • 8. Objeto AperfeiçoávelPesquisa COMPREENSÕES Experiência Construção do conhecimento Adaptado de “improvable object” (Wells, 2009, p.289) Ampliar compreensões... Desenvolver coletivamente Qual é a nossa aposta? Construção de significados com base na linguagem
  • 9. Comunidade de Construção de Conhecimento Knowledge Building Community Trabalho similar à de uma Comunidade Científica Colaborativa (Scardamalia e Bereiter, 1980; 2003)  Contribuir, trocar, indagar informações e ideais;  colaborar uns com os outros;  construir progressivamente uma base de conhecimentos compartilhada.
  • 10. Comunidade - Indagação dialógica  cada sujeito envolvido ativamente na construção coletiva de um objeto aperfeiçoável;  postura frente às experiências e ideias;  predisposição de se interessar pelas coisas e indagar;  significar ao colaborar com os outros. (WELLS, 2001) enfoque está no envolvimento do sujeito na comunidade
  • 11. Organização das atividades Mas por onde começar? - Compre um caderno (caderno de campo); - Uma Pasta Específica para o projeto; - Defina horário e local específico para desenvolver o projeto; - Combine com o seu(s) colegas, estudantes forma de acompanhamento do trabalho; - Registre tudo ....o que foi discutido, erros, pesquisas, fotos, etapas...
  • 12. -Buscar materiais que falem sobre a temática escolhida; - A difícil tarefa de escrever...; -Cuidado com o Plágio... Fazer citações fortalece o trabalho; -Estudar formas de fazer citações diretas, indiretas...;
  • 13. - Faça uma organização dos resultados estudados; - Crie gráficos, vídeos, figuras, tabelas explicando os resultados.... - Compare criticamente os resultados; - Construir o resumo - como?
  • 15. O desafio do trabalho coletivo Comunicar os resultados Falar, escrever, fazer perguntas...
  • 16. desafio coletivo... Com os relatos de professores
  • 17. Experimentação em Projetos Investigativos Prof. Valmir Heckler Prof. Cezar Soares Motta Prof. Willian Rubira da Silva e-mail: prof.valmir@hotmail.com e-mail: cezarsmott@gmail.com e-mail: willianrubira@hotmail.com
  • 18. Experimentação....O que nos dizem as palavras?
  • 19. Projetos Investigativos... A roda foi inventada em 4000 a.C Fonte: Museu Nacional de Teerão, no Irão Ilustração de um escriba 3500 a.C
  • 20. Construção de significados com base na linguagem
  • 21. Experimentos…. Quais aspectos observamos no vídeo? Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=G9ZqqScXBJQ
  • 22. Compreensão de Modelos pela e com a linguagem  O fenômeno da natureza pode ser mostrado - modelo não está diretamente visível, é uma abstração...  Modelos na Ciência - construção humana provisória com o conjunto de signos das Ciências.  Compreender os modelos dos fenômenos com a linguagem dos artefatos.  A linguagem nas interações dos sujeitos amplia a construção de modelos. ================================
  • 24. desafio coletivo... Como utilizar “brinquedos" no ensino de Ciências e Matemática?
  • 25. CAMINHOS DA FORMAÇÃO ACADÊMICO-PROFISSIONAL DO PROFESSOR/PESQUISADOR NA EDUCAÇÃO EM CIÊNCIAS Experiência acadêmico-profissional 4
  • 26. CAMINHOS DA FORMAÇÃO ACADÊMICO-PROFISSIONAL DO PROFESSOR/PESQUISADOR NA EDUCAÇÃO EM CIÊNCIAS Experiência acadêmico-profissional
  • 27. Aspectos Históricos da Experimentação em Ciências Aprendizagem como processo ativo, dependente das interações dos sujeitos com os objetos e outras pessoas, na sala de aula e fora dela. Século XIX 1980 1990 2010 Natureza das interações Comunicação, colaboração, comunidades
  • 28. Experimentação em Ciências via web com artefatos científicos Fonte: http://www.ises.info/index.php/en/laboratory
  • 29. Experimentação em Ciências com artefatos científicos na Web
  • 30. simulação como mediação distinta Indagação online com os professores em AVA Compreensão de modelos pela e com a linguagem  “[...] potencializa problematizar modelos de partículas (átomos, moléculas, íons, fótons, energia, radiação infravermelha)”.  “[...] os modelos de partículas não são perceptíveis ao trabalhar apenas com a estufa, o que dificultaria complexificar as explicações entre os sujeitos”. Professor Pedro Compreensão de modelos pela e com a linguagem
  • 31. O nosso Desafio é olhar pela janela com outra perspectiva! “Observar um grande Laboratório...”