Web ufpel 1

693 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
693
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
23
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
13
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Web ufpel 1

  1. 1. Adobe Connect: Sistema de Webconferência potencializando ações pedagógicas no Ensino a Distância Valmir Heckler1, Márcio Vieira Oliveira2 Abstract. This article describes about the pedagogical potential that existed when the use of Web conferencing tools in the process of distance education, proposing a research tool use Adobe Connect Web Conferencing in monitoring by teachers of the institution involved in the process of distance education/FURG. There are positives in virtual meetings between managers, teachers, tutors, students from different places, geographically distant, they can explore many hypermedia resources (text, sound, images, simulations, videos, presentations, chat), encouraging interaction between the actors involved and the stimulus for creating a collaborative environment for teaching and learning in Distance Education. Resumo. Este artigo descreve sobre as potencialidades pedagógicas existentes quando do uso das ferramentas de Webconferência no processo de Educação a Distância, propondo-se uma investigação sobre uso da ferramenta Adobe Connect no acompanhamento de Webconferências por professores da Instituição envolvidos em curso de EaD/FURG. Verificou-se pontos positivos em encontros virtuais entre, gestores, docentes, tutores, estudantes de diferentes locais, distantes geograficamente, podendo estes explorar diversos recursos hipermídicos (texto, som, imagem, simulações, vídeos, apresentações, chat), fomentando a interatividade entre os atores envolvidos e o estimulo para a criação de um ambiente colaborativo de ensino e aprendizagem na EaD. Palavras-Chave: Webconferência, Recurso Pedagógico, Ensino Eixo: Novas Tecnologias da Informação e da Comunicação (NTICs) 1. Introdução As instituições de ensino em conjunto com os seus docentes estão frenteao desafio de reconhecer que as Tecnologias de Comunicação e Informação(TIC), suas ferramentas e as linguagens atuais, presentes na sociedade nesteinicio de século XXI, podem fazer parte da sala de aula, não em função deequipamentos ou tecnologias que estampam aspectos modernos ao ensino, massim pelas possíveis mudanças nos processos de ensino e de aprendizagem. Faz-se necessário conhecer as contribuições que as TIC podem trazer aoensino como potencialidade pedagógica e o fortalecimento de ambiente deaprendizagem no ensino a distância. Este estudo é resultado de investigações efetuadas pelos autores,quando do desenvolvimento do uso da Ferramenta Adobe Connect como 1. Mestre, Professor Assistente da Universidade Federal do Rio Grande – FURG, Secretaria de Educação a Distância- SEAD, prof.valmir@hotmail.com 2. Estudante do Programa de Pós-graduação Educação em Ciências – PPGEC – FURG. Mestre, Técnico em Educação da Universidade Federal do Rio Grande – FURG, Secretaria de Educação a Distância SEAD, marciovoliveira2000@yahoo.com.br
  2. 2. Ferramenta Pedagógica no desenvolvimento de Webconferências realizadas porprofessores da Universidade Federal do Rio Grande ligados a Secretaria deEducação a Distância - SEaD. Observou-se que no inicio das atividades da EaD na universidade eramutilizados, basicamente, recursos hipertextuais como links para sites e textos deapoio nos formatos .doc e .pdf e algumas apresentações em Power Point e ainterlocução dos estudantes com os professores e tutores era feita através defóruns e chats. Em síntese o processo de ensino e aprendizagem ficava centradoà plataforma virtual, pautadas na leitura e na escrita. O surgimento e a apropriação das ferramentas da Web 2.0 estimulam ecriam a demanda da associação de mídias, combinando texto, imagem, som,animação, vídeo (formando material hipermidiático). Partindo-se da necessidade de qualificação do ensino a distanciapromovido pela FURG, com a incorporação e implementação de diferentes mídiasem sua produção de material digital e do processo de ensino-aprendizagem,começamos em 2009, o acompanhamento de Webconferências realizadas porprofessores e tutores envolvidos na EaD da Instituição. Nessa perspectiva surge a possibilidade de estudos focados naspotencialidades pedagógicas do uso da Webconferência, buscando conceituar osistema webconferência, a incorporação de recursos além de áudio e imagem deseus participantes, as possibilidades de compartilhamento de diferentes mídias ea analise preliminar sobre quais recursos são explorados pelos envolvidos nesseprocesso de EaD na FURG. 2. Tecnologias Computacionais no Ensino A realidade da evolução das TIC apontada pelos autores Campos, Rochae Campos (2010), nos remete a observar que esta aceleração da tecnologia nocampo da informação e comunicação pressiona as instituições de ensino pormudanças nas relações que envolvem o processo de ensino/aprendizagem. Na visão de Moran (2000) a informática na educação coloca osestudantes e professores frente a um novo processo educativo, onde podem
  3. 3. prosseguir, frear, voltar, re-estudar ou aprimorar conceitos vistos em sala de aula,aprofundar e criar suas investigações e interpretações sobre o assunto, baseadosem outras informações pesquisadas ou discutidas com diferentes autores oucolegas, via Internet. Para Petitto (2003), o computador é um poderoso instrumento deaprendizagem, que pode ser usado como uma ferramenta de auxílio nodesenvolvimento cognitivo do estudante, desde que se consiga disponibilizar umambiente de trabalho, onde os alunos e o professor possam desenvolveraprendizagens colaborativas, ativas, facilitadas, que propiciem ao aprendizconstruir a sua própria interpretação em torno de um assunto, interiorizando asinformações e transformando-as de forma organizada, ou seja, sistematizando-aspara construir determinado conhecimento. Ambiente de aprendizagem conforme Allegretti (2003) “é aquele quepropicia ou potencializa a aprendizagem, tendo como elementos constitutivos: aestrutura física (concreta ou virtual); as metodologias empregadas, possibilitadaspelo ambiente; bem como as condições de socialização; todos esses elementosdevem estar articulados e não justapostos como se fossem aspectos isolados.”(p.67) 2.1. A Webconferência como recurso pedagógico Com o avanço tecnológico e a ampliação das ferramentas computacionaisprovindas com a Web 2.0, experienciamos nestes últimos anos de maneira maisconcreta a inteligência e a construção coletiva. Frente a soluções de informáticasocialmente acessíveis, gratuitas e de acesso livre, estimularam-se os fenômenosculturais como as redes sociais mediadas por e com estas ferramentas, comoexemplos os blogs, das Wikis, Orkut, MSN, Skype e dos ambientes online deaprendizagem. Neste contexto, educadores e educandos deparam-se com estastecnologias que podem ser aproveitadas para o processo de ensino eaprendizagem colaborativas, possibilitando a construção coletiva deconhecimentos, por exemplo, wikis, blogs, listas de discussão, ambientes virtuais
  4. 4. de aprendizagem, aplicativos de mapeamento, webconferência e software deautoria de livre acesso. Frente a esta perspectiva surgem questionamentos sobre quais são asdiferentes potencialidades das ferramentas de webconferência e como estasestão sendo exploradas pelos atores envolvidos na Educação a Distância daFURG? Nesse sentido, inicialmente faz-se necessário situar o conceito deWebconferência. Para Cruz e Barcia (2000) a Webconferência é uma tecnologia quepermite que grupos em locais diferentes, situados geograficamente distantes,comuniquem-se "face a face", através de sinais de vídeo e áudio, recriando, adistância, as condições de um encontro presencial. A transmissão pode acontecertanto por envio dos sinais comprimidos de áudio e vídeo, como por satélite. As experiências de ensino a distância mostram que o uso dawebconferência motiva positivamente tanto alunos quanto professores. Osquestionamentos que se colocam para quem busca desenvolver o processo deensino/aprendizagem por webconferência são: como utilizar essa novatecnologia? Quais são as competências que precisam ser adquiridas peloseducadores? Salientamos algumas das competências necessárias que o professorprecisa desenvolver para executar o processo de EaD através da webconferência:organização e planejamento dos cursos; Capacidade de apresentação verbais enão verbais; Saber como incentivar o fazer colaborativo em grupo; dominarestratégias de questionamento; ter domínio completo sobre o conteúdo dadisciplina; envolver os estudantes e ter a coordenação total das atividades adistância nos diferentes locais; ter o conhecimento básico necessário das teoriasde aprendizagem; promover um raciocínio gráfico e refletir visualmente. 3. Adobe Connect e as Ferramentas disponibilizadas Webconferência é uma ferramenta de comunicação e colaboraçãosíncrona e assíncrona que pode ser utilizada como uma estratégia pedagógica,um recurso complementar na Educação a Distância, promovendo a interatividade,
  5. 5. a participação ativa e o trabalho colaborativo dos sujeitos envolvidos no processode ensino e aprendizagem. O programa utilizado para desenvolver as Webconferências de curso deEaD da FURG é o Adobe Connect (figura 2), o qual possibilita promoverencontros virtuais entre, gestores, docentes, tutores, estudantes de diferenteslocais, distantes geograficamente, podendo estes explorar diversos recursos,entre eles: texto, apresentações, imagens, áudio, vídeo, compartilhamento dearquivos, a tela do computador, chat entre outros. Figura 2. Tela principal da sala de videoconferência Cada participante poderá interagir com a Webconferência a partir de seucomputador, onde este acessa um endereço e se conecta ao sistema, sem anecessidade de instalação de softwares. 4. Potencialidades Pedagógicas com o Adobe Connect Entre as potencialidades pedagógicas, podemos evidenciar o aumento deinteratividade entre educadores, tutores e estudante da EaD, através daWebconferência. Verifica-se que os estudantes ficam motivados ao terem ocontato face a face com seus professores, muitos deles fazem questionamentosoralmente e ou via chat do sistema, ampliando as discussões e aprofundamentodas temáticas desenvolvidas. Observa-se que no momento atual, o sistema de Webconferência é muitoutilizado para transmitir áudio e vídeo, limitando o uso dos diferentes recursosdisponibilizados pela ferramenta. Neste aspecto fica evidente que a práticapedagógica dos professores está fortemente pautada na oralidade, abrindo mão
  6. 6. de explorar em suas aulas e contato com estudantes, os materiais hipermidiáticos(vídeos, apresentações, simulações, páginas na Internet). Quanto ao uso do sistema de Webconferência da SEaD/FURG, verifica-se que este é utilizado para a socialização de trabalhos de conclusão de cursos,orientações de estágios, seleções de tutores, transmissão em tempo real deeventos da universidade para os Polos e reuniões de trabalho de grupos depesquisa. Entre os aspectos positivos podemos destacar a possibilidade daaproximação dos estudantes localizados nos diferentes Polos com os eventos queacontecem na Universidade, exemplificando a realização da Semana deProfissões do Instituto de Matemática, Estatística e Física – IMEF, estetransmitido em tempo real aos Polos de Três de Maio, Sobradinho, Sapiranga,Santo Antônio da Patrulha e Santa Vitória do Palmar. Em um dos depoimentosnos Polos percebe-se que há a necessidade de ampliação e uso da ferramenta:Destaca-se que a transmissão foi perfeita, com som e imagens dos palestrantesrecebidos perfeitamente pelos Polos, bem como o compartilhamento simultâneodas apresentações em (ppt), conforme figura 3.Figura 3 – Imagem de transmissão de Palestra do Dia das Profissões (IMEF via Webconferência e compartilhamento de arquivo ppt. Importante destacar a avaliação positiva registrada no bate papo doambiente da Webconferência, feita pelos participantes de um dos Polos:“Achamos muito positivo e proveitoso. Gostaríamos de sermos lembrados sempree podermos ter mais vezes oportunidades como estas de participar dos eventosque só vem a acrescentar em nossa formação e reflexão profissional”
  7. 7. Nesse sentido percebemos a importância da ferramenta como apoiopedagógico, principalmente no que diz respeito ao encurtamento das distânciasentre os estudantes no pólo e a universidade. Também percebemos, na avaliação dos estudantes, o quanto a utilizaçãoda Webconferência é importante para a socialização de conteúdos através dosrecursos como áudio, imagem e texto, pois o professor utilizou o chat para secomunicar com os estudantes no pólo, esses por sua vez enviaram as perguntaspara o mesmo. Nessa situação o professor transmitiu os arquivos daapresentação que utilizou na palestra presencial e os estudantes no pólo puderamter acesso a todas as informações, como por exemplo, fotografias, vídeos entreoutros recursos utilizados. Outra afirmação feita por um estudante do pólo foi de que a qualidade datransmissão tinha ótima qualidade. “só para lembrar e destacar: a transmissão foiperfeita.” Numa transmissão por Webconferência deve-se levar em consideraçãoa conexão da internet, pois como a transmissão de dados é feita através da rede,se essa estiver lenta irá gerar um desconforto 5. Considerações Finais Observações da realidade quando do uso da ferramenta Adobe Connect,demonstram a necessidade de melhorias na qualidade do serviço de Internet elargura de banda disponibilizada nos Polos e na Universidade, os quais sãoaspectos fundamentais para dar suporte ao tráfico de áudio e vídeo em temporeal, podendo evitar constrangimentos como o do sistema transmissão parar nomeio da Webconferência. Ao olharmos para o víeis da “transposição didática dos saberes"(CHEVALLARD, 1997), observa-se que estamos frente a mudanças da práticadocente, decorrentes da transição do ambiente presencial (tradicional) para oambiente com conexão em tempo real, onde educadores e estudantes interagemface a face, de modo síncrono a distância, mediados pelas TIC. Verifica-se que os saberes (informações) ainda são compartilhados, emsua grande maioria, de forma expositiva (oralidade), evidenciando que existenecessidade de avanço nos estudos e da formação continuada dos atoresenvolvidos na EaD da FURG, no que concede a apropriação do “fenômeno da
  8. 8. Transposição Midiática” (GARONCE, 2009) e das potencialidades pedagógicasdas ferramentas de Webconferência. 6. Referências ALLEGRETTI, Sonia. Diversificando os ambientes de aprendizagem naFormação de professores para o desenvolvimento de uma nova cultura. Tese dedoutoramento, PUC/SP,2003. BEHERENS, M. A. Projetos de aprendizagem colaborativa numparadigma emergente. In: MORAN, J. M. Novas tecnologias e mediaçãopedagógica. Campinas: Papirus, 2000. CAMPOS, F.C.A., ROCHA, A.R.C., CAMPOS, G.H.B., Design Instrucionale Construtivismo: em busca de modelos para o desenvolvimento de software.Disponível em http://lsm.dei.uc.pt/ribie_old/cong_1998/trabalhos/250m.pdf.Acesso em 15 de fevereiro de 2010. CHEVALLARD, Y. La trasnposición didáctica. Del saber sabio al saberenseñado. 2. Ed. Treadução Mario Carretero. Buenos Aires: Aique Grupo Editor,1997. CRUZ, D.M., BARCIA, R.M. "Educação a distância por videoconferência".Tecnologia Educacional, ano XXVIII, n. 150/151, julho/dezembro, 2000, p. 3-10. MORAN, J. M. Novas tecnologias e mediação pedagógica. Campinas:Papirus, 2000. GARONCE, Francisco Vieira. Os papéis docentes nas situações dewebconferência um estudo de caso acerca da ação educativa presencialconectada. 2009. 225 f. Tese (Doutorado em Educação)-Universidade de Brasília,Brasília, 2009. PETITTO, S. Projetos de trabalho em informática: desenvolvendocompetências. Campinas: Papirus, 2003.

×