SlideShare uma empresa Scribd logo
Casa Espírita Paulo de Tarso – Juara –MT
Palestrante: Valéria Domingues 23/07/2018
Pensamento é Energia
O que diferencia os seres humanos é o tipo de pensamento
André Luiz fala que o pensamento
é uma corrente eletromagnética que tem características físicas,
químicas e que o pensamento adquire formas, conforme assim
o desejarmos.
Quando pensamos
estamos emitindo ondas
Todas as vezes que pensamos estamos movimentando energias.
De onde sai toda essa energia? Como ela se chama?
Allan Kardec no livro A Genese fala da formação do Universo e do fluido
Cósmico Universal, que é uma energia que envolve todo universo, todo
planeta e todos os seres, então essa energia, que saiu da mão do criador e
possibilitou a nós as formações que nos encontramos hoje.
Com ação do Espírito ele vai formando as suas realidades.
Influência do Pensamento Positivo- Espiritismo
Influência do Pensamento Positivo- Espiritismo
Mas será que os espíritos conseguem perceber os nossos pensamentos?
Sim, porque tudo que pensamos está no nosso campo mental e nas imagens que se
formam e por isso os espíritos nos localizam, pelo teor de nossa vibração, e
também pelas imagens que nós estamos plasmando e emitindo.
Atraímos a atenção
dos espíritos que se
identificam com os
nossos
pensamentos.
Influência do Pensamento Positivo- Espiritismo
Livro dos Espíritos
459. Os Espíritos influem sobre os nossos pensamentos e as nossas ações?
— Nesse sentido a sua influência é maior do que supondes,
porque muito frequentemente são eles que vos dirigem.
460. Temos pensamentos próprios e outros que nos são sugeridos?
— Vossa alma é um Espírito que pensa; não ignorais que
muitos pensamentos vos ocorrem, a um só tempo, sobre o mesmo assunto,
e frequentemente bastante contraditórios. Pois bem, nesse conjunto há
sempre os vossos e os nossos, e é isso o que vos deixa na incerteza, porque
tendes em vós duas ideias que se combatem.
467. Pode o homem se afastar da influência dos Espíritos que o incitam ao mal?
— Sim, porque eles só se ligam aos que os solicitam por seus desejos ou os
atraem por seus pensamentos.
469. Por que meio se pode neutralizar a influência dos maus Espíritos?
— Fazendo o bem e colocando toda a vossa confiança em Deus, repelis a
influência dos Espíritos inferiores e destruís o império que desejam ter sobre
vós. Guardai-vos de escutar as sugestões dos Espíritos que suscitem em vós os
maus pensamentos, que insuflam a discórdia e excitam em vós todas as más
paixões. Desconfiai sobretudo dos que exaltam o vosso orgulho, porque eles vos
atacam na vossa fraqueza. Eis porque Jesus vos faz dizer na oração dominical:
“Senhor, não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do mal!”.
Encarnados camuflam os pensamentos
O períspirito registra todas as ações ! O corpo físico reflete e conforme
o teor das vibrações que estamos emitindo e recebendo, podemos
desarmonizar todo nosso corpo físico.
Bons pensamentos curam
Maus pensamentos adoecem
Influência do Pensamento Positivo- Espiritismo
LIVRO DOS ESPÍRITOS
963. Deus se ocupa pessoalmente de cada homem?
Não é ele demasiadamente grande e nós muito pequenos, para que
cada indivíduo em particular tenha aos seus olhos alguma
importância?
— Deus se ocupa de todos os seres que criou, por menores que sejam;
nada é demasiado pequeno para a sua bondade.
Quando desejamos algo , movimentamos recursos dentro de nós,
então o pensamento ganha velocidade e de forma instantânea
solicitamos a Deus, que nos de energias e fluidos para que
possamos sustentar as lutas do dia-a-dia. É através da prece que
nos abastecemos para continuar.
- Temos que estar transitando em equilíbrio com a Lei Divina ou Natural,
ou seja, orientarmos nossa vida de relação com os semelhantes e com a
natureza de acordo com a Lei de Amor.
- Para termos saúde física e mental/espiritual, temos que ter energias
equilibradas e vice-versa.
- Ditado Greco-Latino "mente sã em corpo são"
- Para onde vai o pensamento, liga-se nosso componente energético. Se o nosso
pensamento está equilibrado, ligamo-nos, absorvemos e metabolizamos boas
energias.
Um fotografo Japonês sr. Masaru Emoto fez o experimento do arroz. Ele colocou
arroz cozido em três potes de vidro e depois os cobriu com água. Durante trinta dias,
ele proferiu diariamente as palavras “obrigado” para o primeiro pote e “você é um
idiota” para o segundo pote. Já o terceiro pote foi totalmente ignorado. O arroz que
recebia o agradecimento sofreu uma fermentação natural. O arroz que recebeu
a ofensa, apodreceu e o terceiro arroz que foi ignorado, mofou.
Universidade Harvard, nos EUA um grupo de médicos da instituição descobriu que
pensar positivamente pode fazer bem para os pulmões. Os pesquisadores avaliaram o
estado de saúde de 670 homens na faixa dos 60 anos de idade. Também aplicaram
testes de personalidade para identificar quem eram os otimistas e os pessimistas. Depois
de 8 anos, constatou-se que a turma do bom humor tinha um sistema imunológico mais
resistente a doenças pulmonares quando comparada ao grupo dos estressados. Até
mesmo os fumantes otimistas apresentaram resultados melhores que os adeptos do
tabagismo que eram, baixo-astral.
Experiências
O coração também bate melhor quando estamos com bom humor. Os pesquisadores do
Instituto Delfland de Saúde Mental, na Holanda, monitoraram homens com idade entre 64
e 84 anos durante 15 anos. A incidência de enfartes e derrames foi menor entre aqueles
que tinham uma atitude positiva. Os otimistas apresentaram ainda 55% menos risco de
ter doenças cardíacas.
O médico Régis Cavini também investigou o pensamento negativo. Ele avaliou a relação
entre a lembrança de acontecimentos traumáticos e o funcionamento do cérebro.
Descobriu que, ao evocarmos uma memória traumática, a secreção de hormônios
associados ao estresse aumenta como se estivéssemos revivendo aquela experiência.
“Ao lembrarmos de um trauma, o vivenciamos outra vez em sua plenitude metabólica e
emocional”, diz o pesquisador, que conduziu a investigação no Instituto de Psicologia da
USP. Aí pode estar a explicação científica para a antiga ideia de que remoer o passado
faz mal ou de que desejar o mal a alguém faz o feitiço virar contra o feiticeiro.
Influência do Pensamento Positivo- Espiritismo
Influência do Pensamento Positivo- Espiritismo

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Evangelho Segundo o Espiritismo Cap 28
Evangelho Segundo o Espiritismo Cap 28Evangelho Segundo o Espiritismo Cap 28
Evangelho Segundo o Espiritismo Cap 28
Patricia Farias
 
Missão do ser humano inteligente na terra
Missão do ser humano inteligente na terraMissão do ser humano inteligente na terra
Missão do ser humano inteligente na terra
Eduardo Ottonelli Pithan
 
Como Fazer Palestra Espirita
Como Fazer Palestra EspiritaComo Fazer Palestra Espirita
Como Fazer Palestra Espirita
Fórum Espírita
 
Não vim destruir a lei-Marcelo do N. Rodrigues-CEM
Não vim destruir a lei-Marcelo do N. Rodrigues-CEMNão vim destruir a lei-Marcelo do N. Rodrigues-CEM
Não vim destruir a lei-Marcelo do N. Rodrigues-CEM
Marcelo do Nascimento Rodrigues
 
Ingratidão dos Filhos e Laços de Família
Ingratidão dos Filhos e Laços de FamíliaIngratidão dos Filhos e Laços de Família
Ingratidão dos Filhos e Laços de Família
igmateus
 
A prece
A prece A prece
A prece
Graça Maciel
 
Parentela Corporal E Espiritual2
Parentela Corporal E Espiritual2Parentela Corporal E Espiritual2
Parentela Corporal E Espiritual2
Grupo Espírita Cristão
 
Da Lei de Sociedade
Da Lei de SociedadeDa Lei de Sociedade
Da Lei de Sociedade
home
 
Causas anteriores das aflições
Causas anteriores das afliçõesCausas anteriores das aflições
Causas anteriores das aflições
Marcos Antônio Alves
 
O centro espírita
O centro espíritaO centro espírita
O centro espírita
nelmarvoc
 
Da encarnação dos espíritos
Da encarnação dos espíritosDa encarnação dos espíritos
Da encarnação dos espíritos
Marcos Antônio Alves
 
ESQUECIMENTO DO PASSADO
ESQUECIMENTO DO PASSADOESQUECIMENTO DO PASSADO
ESQUECIMENTO DO PASSADO
Jorge Luiz dos Santos
 
07 propriedades do perespirito
07   propriedades do perespirito07   propriedades do perespirito
07 propriedades do perespirito
carlos freire
 
Princípios Básicos do Espiritismo
Princípios Básicos do EspiritismoPrincípios Básicos do Espiritismo
Princípios Básicos do Espiritismo
paikachambi
 
A importância da palestra espirita
A importância da palestra espiritaA importância da palestra espirita
A importância da palestra espirita
carlos freire
 
providência divina
providência divinaprovidência divina
providência divina
Denise Aguiar
 
MEDIUNIDADE E ESPIRITISMO
MEDIUNIDADE E ESPIRITISMOMEDIUNIDADE E ESPIRITISMO
MEDIUNIDADE E ESPIRITISMO
Jorge Luiz dos Santos
 
O Poder do Pensamento
O Poder do PensamentoO Poder do Pensamento
O Poder do Pensamento
Ricardo Azevedo
 
Pecado por pensamento e adultério
Pecado por pensamento e adultérioPecado por pensamento e adultério
Pecado por pensamento e adultério
Lorena Dias
 
Palestra Espírita - Ação da prece (transmissão do pensamento)
Palestra Espírita - Ação da prece (transmissão do pensamento)Palestra Espírita - Ação da prece (transmissão do pensamento)
Palestra Espírita - Ação da prece (transmissão do pensamento)
Divulgador do Espiritismo
 

Mais procurados (20)

Evangelho Segundo o Espiritismo Cap 28
Evangelho Segundo o Espiritismo Cap 28Evangelho Segundo o Espiritismo Cap 28
Evangelho Segundo o Espiritismo Cap 28
 
Missão do ser humano inteligente na terra
Missão do ser humano inteligente na terraMissão do ser humano inteligente na terra
Missão do ser humano inteligente na terra
 
Como Fazer Palestra Espirita
Como Fazer Palestra EspiritaComo Fazer Palestra Espirita
Como Fazer Palestra Espirita
 
Não vim destruir a lei-Marcelo do N. Rodrigues-CEM
Não vim destruir a lei-Marcelo do N. Rodrigues-CEMNão vim destruir a lei-Marcelo do N. Rodrigues-CEM
Não vim destruir a lei-Marcelo do N. Rodrigues-CEM
 
Ingratidão dos Filhos e Laços de Família
Ingratidão dos Filhos e Laços de FamíliaIngratidão dos Filhos e Laços de Família
Ingratidão dos Filhos e Laços de Família
 
A prece
A prece A prece
A prece
 
Parentela Corporal E Espiritual2
Parentela Corporal E Espiritual2Parentela Corporal E Espiritual2
Parentela Corporal E Espiritual2
 
Da Lei de Sociedade
Da Lei de SociedadeDa Lei de Sociedade
Da Lei de Sociedade
 
Causas anteriores das aflições
Causas anteriores das afliçõesCausas anteriores das aflições
Causas anteriores das aflições
 
O centro espírita
O centro espíritaO centro espírita
O centro espírita
 
Da encarnação dos espíritos
Da encarnação dos espíritosDa encarnação dos espíritos
Da encarnação dos espíritos
 
ESQUECIMENTO DO PASSADO
ESQUECIMENTO DO PASSADOESQUECIMENTO DO PASSADO
ESQUECIMENTO DO PASSADO
 
07 propriedades do perespirito
07   propriedades do perespirito07   propriedades do perespirito
07 propriedades do perespirito
 
Princípios Básicos do Espiritismo
Princípios Básicos do EspiritismoPrincípios Básicos do Espiritismo
Princípios Básicos do Espiritismo
 
A importância da palestra espirita
A importância da palestra espiritaA importância da palestra espirita
A importância da palestra espirita
 
providência divina
providência divinaprovidência divina
providência divina
 
MEDIUNIDADE E ESPIRITISMO
MEDIUNIDADE E ESPIRITISMOMEDIUNIDADE E ESPIRITISMO
MEDIUNIDADE E ESPIRITISMO
 
O Poder do Pensamento
O Poder do PensamentoO Poder do Pensamento
O Poder do Pensamento
 
Pecado por pensamento e adultério
Pecado por pensamento e adultérioPecado por pensamento e adultério
Pecado por pensamento e adultério
 
Palestra Espírita - Ação da prece (transmissão do pensamento)
Palestra Espírita - Ação da prece (transmissão do pensamento)Palestra Espírita - Ação da prece (transmissão do pensamento)
Palestra Espírita - Ação da prece (transmissão do pensamento)
 

Semelhante a Influência do Pensamento Positivo- Espiritismo

Mente ok
Mente okMente ok
Mente ok
Jorge Hessen
 
Mente
MenteMente
Prece
PrecePrece
Assistência espiritual, obsessão e desobsessão
Assistência espiritual, obsessão e desobsessãoAssistência espiritual, obsessão e desobsessão
Assistência espiritual, obsessão e desobsessão
Rivaldo Guedes Corrêa. Jr
 
Roteiro 1 influência dos espíritos
Roteiro 1   influência dos espíritosRoteiro 1   influência dos espíritos
Roteiro 1 influência dos espíritos
Bruno Cechinel Filho
 
Jornal Cáritas abril 2013
Jornal Cáritas abril 2013Jornal Cáritas abril 2013
Jornal Cáritas abril 2013
casaespiritachicoxavierijui
 
Afinidade e sintonia.pptx
Afinidade e sintonia.pptxAfinidade e sintonia.pptx
Afinidade e sintonia.pptx
M.R.L
 
PENSAR POSITIVAMENTE
PENSAR POSITIVAMENTEPENSAR POSITIVAMENTE
PENSAR POSITIVAMENTE
ARMAZÉM DE ARTES TANIA PAUPITZ
 
Universalismo crstico apostila - 007 - 2011 - lar
Universalismo crstico   apostila - 007 - 2011 - larUniversalismo crstico   apostila - 007 - 2011 - lar
Universalismo crstico apostila - 007 - 2011 - lar
Instituto de Psicobiofísica Rama Schain
 
Universalismo crstico apostila - 007 - 2011 - lar (1)
Universalismo crstico   apostila - 007 - 2011 - lar (1)Universalismo crstico   apostila - 007 - 2011 - lar (1)
Universalismo crstico apostila - 007 - 2011 - lar (1)
Instituto de Psicobiofísica Rama Schain
 
O_proposito_universal_da_existencia_Cura_Autocura.pdf
O_proposito_universal_da_existencia_Cura_Autocura.pdfO_proposito_universal_da_existencia_Cura_Autocura.pdf
O_proposito_universal_da_existencia_Cura_Autocura.pdf
VIEIRA RESENDE
 
A graça e o dever de ser espiritual - livro
A graça e o dever de ser espiritual - livroA graça e o dever de ser espiritual - livro
A graça e o dever de ser espiritual - livro
Silvio Dutra
 
A graça e o dever de ser espiritual
A graça e o dever de ser espiritualA graça e o dever de ser espiritual
A graça e o dever de ser espiritual
Silvio Dutra
 
Vícios e pensamentos.
Vícios e pensamentos.Vícios e pensamentos.
Vícios e pensamentos.
Dr. Walter Cury
 
Tratamento das Víciações
Tratamento das VíciaçõesTratamento das Víciações
Tratamento das Víciações
Dr. Walter Cury
 
A força do pensamento
A força do pensamentoA força do pensamento
A força do pensamento
Erik Gabriel Thomazi
 
7 0 1_despertamento_das_faculdades_mediunicas2
7 0 1_despertamento_das_faculdades_mediunicas27 0 1_despertamento_das_faculdades_mediunicas2
7 0 1_despertamento_das_faculdades_mediunicas2
Roserene Fernandes
 
Rastros de luz 10
Rastros de luz 10Rastros de luz 10
Rastros de luz 10
MRS
 
Estudo do livro Roteiro, lição 25
Estudo do livro Roteiro, lição 25Estudo do livro Roteiro, lição 25
Estudo do livro Roteiro, lição 25
Candice Gunther
 
As Leis.pdf
As Leis.pdfAs Leis.pdf

Semelhante a Influência do Pensamento Positivo- Espiritismo (20)

Mente ok
Mente okMente ok
Mente ok
 
Mente
MenteMente
Mente
 
Prece
PrecePrece
Prece
 
Assistência espiritual, obsessão e desobsessão
Assistência espiritual, obsessão e desobsessãoAssistência espiritual, obsessão e desobsessão
Assistência espiritual, obsessão e desobsessão
 
Roteiro 1 influência dos espíritos
Roteiro 1   influência dos espíritosRoteiro 1   influência dos espíritos
Roteiro 1 influência dos espíritos
 
Jornal Cáritas abril 2013
Jornal Cáritas abril 2013Jornal Cáritas abril 2013
Jornal Cáritas abril 2013
 
Afinidade e sintonia.pptx
Afinidade e sintonia.pptxAfinidade e sintonia.pptx
Afinidade e sintonia.pptx
 
PENSAR POSITIVAMENTE
PENSAR POSITIVAMENTEPENSAR POSITIVAMENTE
PENSAR POSITIVAMENTE
 
Universalismo crstico apostila - 007 - 2011 - lar
Universalismo crstico   apostila - 007 - 2011 - larUniversalismo crstico   apostila - 007 - 2011 - lar
Universalismo crstico apostila - 007 - 2011 - lar
 
Universalismo crstico apostila - 007 - 2011 - lar (1)
Universalismo crstico   apostila - 007 - 2011 - lar (1)Universalismo crstico   apostila - 007 - 2011 - lar (1)
Universalismo crstico apostila - 007 - 2011 - lar (1)
 
O_proposito_universal_da_existencia_Cura_Autocura.pdf
O_proposito_universal_da_existencia_Cura_Autocura.pdfO_proposito_universal_da_existencia_Cura_Autocura.pdf
O_proposito_universal_da_existencia_Cura_Autocura.pdf
 
A graça e o dever de ser espiritual - livro
A graça e o dever de ser espiritual - livroA graça e o dever de ser espiritual - livro
A graça e o dever de ser espiritual - livro
 
A graça e o dever de ser espiritual
A graça e o dever de ser espiritualA graça e o dever de ser espiritual
A graça e o dever de ser espiritual
 
Vícios e pensamentos.
Vícios e pensamentos.Vícios e pensamentos.
Vícios e pensamentos.
 
Tratamento das Víciações
Tratamento das VíciaçõesTratamento das Víciações
Tratamento das Víciações
 
A força do pensamento
A força do pensamentoA força do pensamento
A força do pensamento
 
7 0 1_despertamento_das_faculdades_mediunicas2
7 0 1_despertamento_das_faculdades_mediunicas27 0 1_despertamento_das_faculdades_mediunicas2
7 0 1_despertamento_das_faculdades_mediunicas2
 
Rastros de luz 10
Rastros de luz 10Rastros de luz 10
Rastros de luz 10
 
Estudo do livro Roteiro, lição 25
Estudo do livro Roteiro, lição 25Estudo do livro Roteiro, lição 25
Estudo do livro Roteiro, lição 25
 
As Leis.pdf
As Leis.pdfAs Leis.pdf
As Leis.pdf
 

Mais de Valéria Domingues

Bondade
BondadeBondade
Gratidao
GratidaoGratidao
O tempo de deus
O tempo de deusO tempo de deus
O tempo de deus
Valéria Domingues
 
A Prece
A PreceA Prece
O Perdão - Espirtismo
O Perdão - EspirtismoO Perdão - Espirtismo
O Perdão - Espirtismo
Valéria Domingues
 
O Auto Perdão - Espiritismo
O Auto Perdão - EspiritismoO Auto Perdão - Espiritismo
O Auto Perdão - Espiritismo
Valéria Domingues
 

Mais de Valéria Domingues (6)

Bondade
BondadeBondade
Bondade
 
Gratidao
GratidaoGratidao
Gratidao
 
O tempo de deus
O tempo de deusO tempo de deus
O tempo de deus
 
A Prece
A PreceA Prece
A Prece
 
O Perdão - Espirtismo
O Perdão - EspirtismoO Perdão - Espirtismo
O Perdão - Espirtismo
 
O Auto Perdão - Espiritismo
O Auto Perdão - EspiritismoO Auto Perdão - Espiritismo
O Auto Perdão - Espiritismo
 

Último

11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambi...
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambi...11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambi...
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambi...
PIB Penha
 
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar e...
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar  e...10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar  e...
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar e...
PIB Penha
 
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdfA VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
marcusviniciussabino1
 
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
PIB Penha
 
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambição ...
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambição ...12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambição ...
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambição ...
PIB Penha
 
Oração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A BondadeOração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A Bondade
Nilson Almeida
 
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptxLição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Celso Napoleon
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não TiranizesSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Ricardo Azevedo
 
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
AlailzaSoares1
 
Jardim de infância- A história de José 1
Jardim de infância- A história de José 1Jardim de infância- A história de José 1
Jardim de infância- A história de José 1
CleideTeles3
 
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
PIB Penha
 
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptxLição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Celso Napoleon
 
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdfBiblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
AndreyCamarini
 
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújoquem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
Rogério Augusto Ayres de Araujo
 
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
PIB Penha
 

Último (15)

11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambi...
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambi...11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambi...
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambi...
 
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar e...
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar  e...10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar  e...
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar e...
 
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdfA VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
 
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
 
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambição ...
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambição ...12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambição ...
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambição ...
 
Oração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A BondadeOração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A Bondade
 
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptxLição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não TiranizesSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
 
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
 
Jardim de infância- A história de José 1
Jardim de infância- A história de José 1Jardim de infância- A história de José 1
Jardim de infância- A história de José 1
 
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
 
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptxLição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
 
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdfBiblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
 
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújoquem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
 
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
 

Influência do Pensamento Positivo- Espiritismo

  • 1. Casa Espírita Paulo de Tarso – Juara –MT Palestrante: Valéria Domingues 23/07/2018
  • 2. Pensamento é Energia O que diferencia os seres humanos é o tipo de pensamento André Luiz fala que o pensamento é uma corrente eletromagnética que tem características físicas, químicas e que o pensamento adquire formas, conforme assim o desejarmos.
  • 4. Todas as vezes que pensamos estamos movimentando energias. De onde sai toda essa energia? Como ela se chama? Allan Kardec no livro A Genese fala da formação do Universo e do fluido Cósmico Universal, que é uma energia que envolve todo universo, todo planeta e todos os seres, então essa energia, que saiu da mão do criador e possibilitou a nós as formações que nos encontramos hoje. Com ação do Espírito ele vai formando as suas realidades.
  • 7. Mas será que os espíritos conseguem perceber os nossos pensamentos? Sim, porque tudo que pensamos está no nosso campo mental e nas imagens que se formam e por isso os espíritos nos localizam, pelo teor de nossa vibração, e também pelas imagens que nós estamos plasmando e emitindo. Atraímos a atenção dos espíritos que se identificam com os nossos pensamentos.
  • 9. Livro dos Espíritos 459. Os Espíritos influem sobre os nossos pensamentos e as nossas ações? — Nesse sentido a sua influência é maior do que supondes, porque muito frequentemente são eles que vos dirigem. 460. Temos pensamentos próprios e outros que nos são sugeridos? — Vossa alma é um Espírito que pensa; não ignorais que muitos pensamentos vos ocorrem, a um só tempo, sobre o mesmo assunto, e frequentemente bastante contraditórios. Pois bem, nesse conjunto há sempre os vossos e os nossos, e é isso o que vos deixa na incerteza, porque tendes em vós duas ideias que se combatem.
  • 10. 467. Pode o homem se afastar da influência dos Espíritos que o incitam ao mal? — Sim, porque eles só se ligam aos que os solicitam por seus desejos ou os atraem por seus pensamentos. 469. Por que meio se pode neutralizar a influência dos maus Espíritos? — Fazendo o bem e colocando toda a vossa confiança em Deus, repelis a influência dos Espíritos inferiores e destruís o império que desejam ter sobre vós. Guardai-vos de escutar as sugestões dos Espíritos que suscitem em vós os maus pensamentos, que insuflam a discórdia e excitam em vós todas as más paixões. Desconfiai sobretudo dos que exaltam o vosso orgulho, porque eles vos atacam na vossa fraqueza. Eis porque Jesus vos faz dizer na oração dominical: “Senhor, não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do mal!”.
  • 11. Encarnados camuflam os pensamentos O períspirito registra todas as ações ! O corpo físico reflete e conforme o teor das vibrações que estamos emitindo e recebendo, podemos desarmonizar todo nosso corpo físico. Bons pensamentos curam Maus pensamentos adoecem
  • 13. LIVRO DOS ESPÍRITOS 963. Deus se ocupa pessoalmente de cada homem? Não é ele demasiadamente grande e nós muito pequenos, para que cada indivíduo em particular tenha aos seus olhos alguma importância? — Deus se ocupa de todos os seres que criou, por menores que sejam; nada é demasiado pequeno para a sua bondade.
  • 14. Quando desejamos algo , movimentamos recursos dentro de nós, então o pensamento ganha velocidade e de forma instantânea solicitamos a Deus, que nos de energias e fluidos para que possamos sustentar as lutas do dia-a-dia. É através da prece que nos abastecemos para continuar.
  • 15. - Temos que estar transitando em equilíbrio com a Lei Divina ou Natural, ou seja, orientarmos nossa vida de relação com os semelhantes e com a natureza de acordo com a Lei de Amor. - Para termos saúde física e mental/espiritual, temos que ter energias equilibradas e vice-versa. - Ditado Greco-Latino "mente sã em corpo são" - Para onde vai o pensamento, liga-se nosso componente energético. Se o nosso pensamento está equilibrado, ligamo-nos, absorvemos e metabolizamos boas energias.
  • 16. Um fotografo Japonês sr. Masaru Emoto fez o experimento do arroz. Ele colocou arroz cozido em três potes de vidro e depois os cobriu com água. Durante trinta dias, ele proferiu diariamente as palavras “obrigado” para o primeiro pote e “você é um idiota” para o segundo pote. Já o terceiro pote foi totalmente ignorado. O arroz que recebia o agradecimento sofreu uma fermentação natural. O arroz que recebeu a ofensa, apodreceu e o terceiro arroz que foi ignorado, mofou.
  • 17. Universidade Harvard, nos EUA um grupo de médicos da instituição descobriu que pensar positivamente pode fazer bem para os pulmões. Os pesquisadores avaliaram o estado de saúde de 670 homens na faixa dos 60 anos de idade. Também aplicaram testes de personalidade para identificar quem eram os otimistas e os pessimistas. Depois de 8 anos, constatou-se que a turma do bom humor tinha um sistema imunológico mais resistente a doenças pulmonares quando comparada ao grupo dos estressados. Até mesmo os fumantes otimistas apresentaram resultados melhores que os adeptos do tabagismo que eram, baixo-astral. Experiências O coração também bate melhor quando estamos com bom humor. Os pesquisadores do Instituto Delfland de Saúde Mental, na Holanda, monitoraram homens com idade entre 64 e 84 anos durante 15 anos. A incidência de enfartes e derrames foi menor entre aqueles que tinham uma atitude positiva. Os otimistas apresentaram ainda 55% menos risco de ter doenças cardíacas.
  • 18. O médico Régis Cavini também investigou o pensamento negativo. Ele avaliou a relação entre a lembrança de acontecimentos traumáticos e o funcionamento do cérebro. Descobriu que, ao evocarmos uma memória traumática, a secreção de hormônios associados ao estresse aumenta como se estivéssemos revivendo aquela experiência. “Ao lembrarmos de um trauma, o vivenciamos outra vez em sua plenitude metabólica e emocional”, diz o pesquisador, que conduziu a investigação no Instituto de Psicologia da USP. Aí pode estar a explicação científica para a antiga ideia de que remoer o passado faz mal ou de que desejar o mal a alguém faz o feitiço virar contra o feiticeiro.