SlideShare uma empresa Scribd logo
CURSO DE FORMAÇÃO
Modalidade – Oficina
Ler e escrever na era 2.0 - Contributos das
ferramentas digitais
Casa do Professor - Braga
19 de Novembro de 2010
FORMADORES
Ádila Faria
adifaria@sapo.pt
Paulo Faria
pauloprofe@gmail.com
Ler e escrever na Web 2.0 - Contributos das
ferramentas digitais
Sumário
• 1 Apresentação dos formandos e formadores
• 2 Calendarização da Oficina de Formação
• 3 Critérios de Avaliação
• 4 Razões justificativas
• 5 Efeitos a produzir
• 6 Conteúdos a abordar
• 7 Metodologias
• 8 Apresentação do blogue de apoio à formação
2. Calendarização
Mês Dia
Horário
Obs.
Novembro
19
19:00 – 22:00
26
18:30 – 22:00
27
09:00 - 13:00
Dezembro
03
19:00 – 22:00
04 09:00 – 13:00
17
18:30 – 22:00
18
09:00 – 13:00
3. Critérios de Avaliação
(25 horas de trabalho presencial e 25 horas de trabalho autónomo)
Participação
Realização das Tarefas nas Sessões
Assiduidade/Pontualidade
25%
Investigação
Aplicação dos conhecimentos adquiridos
Produção de materiais e/ou sequências didácticas
50%
Reflexão Crítica
Apresentação do Trabalho Final
25%
3.1. Regime de Avaliação dos Formandos
Excelente – de 9 a 10 valores
Muito Bom – de 8 a 8,9 valores
Bom – de 6,5 a 7,9 valores
Regular – de 5 a 6,4 valores
Insuficiente – de 1 a 4,9 valores
Decreto-Lei n.º 15/2007
Umas das marcas da sociedade actual é a
rapidez com que se assiste às alterações
científicas e tecnológicas.
Estas conquistas tecnológicas fazem cada vez
mais parte dos gestos mais insignificantes do
dia-a-dia.
4. Razões justificativas
Os suportes de leitura e escrita são
tendencialmente digitais
(msn, chat, fórum, Internet, SMS,
e-mail, e-book…).
Estamos perante um novo tipo de
interacção social.
A escola não pode viver alheada destes
fenómenos à escala mundial.
A escola é formada pelo que hoje se designa
“nativos digitais”.
Os professores têm de conhecer novas
linguagem de comunicação de forma a
responder às exigência da Sociedade da
Informação e do Conhecimento.
O professor terá de se apropriar de novos artefactos, que
implicam alteração de paradigmas no processo ensino e
aprendizagem – há uma nova relação o saber.
Hoje falamos em Web 2.0, ciberleitura, hipermédia,
e-book, biblioteca virtual, Netescrita.
“As escolas - e os sistemas educativos no seu todo -
enfrentam o fantástico desafio de reinventar os
currículos de modo a dar resposta às necessidades de
um novo mundo e à formação de estruturas humanas
com competências multidisciplinares.
Complexidade, diversidade, mobilidade,
conectividade são palavras-chave do processo”.
TRANSFORMAR A
PRÁTICA
TRANSFORMAR A
PRÁTICA
4.1. Referenciais normativos
• Currículo Nacional para o Ensino Básico;
• Programa de Português para o Ensino Básico
(2009);
• Plano Tecnológico da Educação (PTE).
Programa Nacional de Português
para o Ensino Básico (2009)
"O ensino do Português desenrola-se hoje num cenário que apresenta
diferenças substanciais, relativamente ao início dos anos 90 do século
passado.
Exemplo flagrante disso: a projecção, no processo de aprendizagem
do idioma, das ferramentas e das linguagens facultadas pelas
chamadas tecnologias da informação e comunicação, associadas a
procedimentos de escrita e de leitura de textos electrónicos e à
disseminação da Internet e das comunicações em rede".
4.2. Referenciais Pedagógicos
(modelos e correntes)
• Construtivista (Piaget,Vigotsky)
O conhecimento constrói-se pelo diálogo e pela crítica, e é
colectivo. O professor é mediador para o conhecimento. Por
sua vez o conhecimento constrói-se.
• Conectivista (George Siemens)
Aprendizagem é um processo que ocorre num ambiente onde
os elementos centrais estão em mudança – a aprendizagem
pode residir fora de nós mesmos e as conexões que nos
capacitam aprender mais, são mais importantes que o nosso
actual estado de conhecimento).
4.2. Referenciais Científicos
Em Portugal e em todo mundo estuda-se
cada vez mais a integração das tecnologias na
sala de aula (ver bibliografia.)
Exemplo: Educação, Formação & Tecnologias
4.3. Referenciais para a monitorização/avaliação
• todos os processos que permitem aferir e avaliar o
desenvolvimento das competências dos alunos;
• avaliação dos pares nos órgãos intermédios e na
externa.
5. OBJECTIVOS
• Conhecer estratégias de promoção e motivação para a leitura
e escrita em vários suportes digitais.
• Tomar conhecimento das capacidades necessárias ao
desenvolvimento da (ciber) leitura e da escrita .
• Experimentar métodos facilitadores para a aprendizagem da
leitura/escrita ligados à Web 2.0.
• Planificar e aplicar medidas adequadas na promoção da leitura
e escrita nos contextos educativos.
• Saber adequar a intervenção pedagógica às necessidades e
características individuais dos alunos.
6. EFEITOS A PRODUZIR
• Explorar estratégias pedagógicas promotoras de
metodologias inovadoras;
• Promover a produção de conteúdos (narrativas digitais,
podcasting, vídeo, blogue…);
• Desenvolver nos professores hábitos de partilha, reflexão e
cooperação, através da participação em comunidades de
aprendizagem e projectos comuns (ex. :blogue);
• Adopção de práticas que levem ao envolvimento dos
alunos na construção novas literacias.
• Desenvolvimentos de novas competências
nos domínios das leitura e da escrita, com
base na integração de novas ferramentas de
comunicação e interacção à distância.
• Prolongar os momentos de aprendizagem no
tempo e no espaço, fomentando a
disponibilização on-line de recursos educativos
BLOGUE DE APOIO À OFICINA DE FORMAÇÃO
http://lerescrevernaweb.blogspot.com/
Proposta de Actividade
1. Veja este filme.
Depois de o visualizar, considera que a integração das TIC
no ensino podem trazer alterações significativas na
aprendizagem? Justifque a sua posição.
2. Deixe o seu testemunho na caixa de comentários
do blogue.
Formação cdp nov.2010

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Design da aprendizagem: documentação e compartilhamento de atividades de apre...
Design da aprendizagem: documentação e compartilhamento de atividades de apre...Design da aprendizagem: documentação e compartilhamento de atividades de apre...
Design da aprendizagem: documentação e compartilhamento de atividades de apre...
Patrícia Scherer Bassani
 
Uniderpolodourados Interativa
Uniderpolodourados InterativaUniderpolodourados Interativa
Uniderpolodourados Interativa
nubea xavier
 
Conhecimento à mão - Cidadania.com TIC
Conhecimento à mão - Cidadania.com TICConhecimento à mão - Cidadania.com TIC
Conhecimento à mão - Cidadania.com TIC
Márcio Santos
 
Plano de Aula
Plano de AulaPlano de Aula
Plano de Aula
ireneviana
 
Lerescrever1
Lerescrever1Lerescrever1
Lerescrever1
Ádila Faria
 
Polo uab sapucaia
Polo uab sapucaiaPolo uab sapucaia
Polo uab sapucaia
PoloUniversitario
 
Educação à distância
Educação à distânciaEducação à distância
Educação à distância
Polo UAB Sapucaia do Sul
 
Pilares de sustentação do Projeto UCA
Pilares de sustentação do Projeto UCAPilares de sustentação do Projeto UCA
Pilares de sustentação do Projeto UCA
ismaelfurtado
 
Educação à distância
Educação à distânciaEducação à distância
Educação à distância
PoloUniversitario
 
Plano de Ação - Laboratório de Informática - Ensino Fundamental II
Plano de Ação - Laboratório de Informática - Ensino Fundamental IIPlano de Ação - Laboratório de Informática - Ensino Fundamental II
Plano de Ação - Laboratório de Informática - Ensino Fundamental II
Moisés Ferreira Barreto
 
Apresentação artigo - 2012 ana-salete
Apresentação   artigo - 2012 ana-saleteApresentação   artigo - 2012 ana-salete
Apresentação artigo - 2012 ana-salete
Ana Cristina Farias
 
Slide Introdução a Educação Digital
Slide Introdução a Educação DigitalSlide Introdução a Educação Digital
Slide Introdução a Educação Digital
magres
 
Introdução a Educação Digital
Introdução a Educação DigitalIntrodução a Educação Digital
Introdução a Educação Digital
margadacunha
 
Introdução
IntroduçãoIntrodução
Introdução
Cleide Muñoz
 
Apresent Curso
Apresent CursoApresent Curso
Apresent Curso
Maria Do Carmo Souza
 
Inovar na rede
Inovar na redeInovar na rede
Inovar na rede
Cacia2013
 
Inovar na rede
Inovar na redeInovar na rede
Inovar na rede
marcia2013
 
Introdução
IntroduçãoIntrodução
Introdução
Cleide Muñoz
 
Apresentacao Proinfo Reuniao Tecnica 17 03
Apresentacao Proinfo Reuniao Tecnica 17 03Apresentacao Proinfo Reuniao Tecnica 17 03
Apresentacao Proinfo Reuniao Tecnica 17 03
gueste13600
 

Mais procurados (19)

Design da aprendizagem: documentação e compartilhamento de atividades de apre...
Design da aprendizagem: documentação e compartilhamento de atividades de apre...Design da aprendizagem: documentação e compartilhamento de atividades de apre...
Design da aprendizagem: documentação e compartilhamento de atividades de apre...
 
Uniderpolodourados Interativa
Uniderpolodourados InterativaUniderpolodourados Interativa
Uniderpolodourados Interativa
 
Conhecimento à mão - Cidadania.com TIC
Conhecimento à mão - Cidadania.com TICConhecimento à mão - Cidadania.com TIC
Conhecimento à mão - Cidadania.com TIC
 
Plano de Aula
Plano de AulaPlano de Aula
Plano de Aula
 
Lerescrever1
Lerescrever1Lerescrever1
Lerescrever1
 
Polo uab sapucaia
Polo uab sapucaiaPolo uab sapucaia
Polo uab sapucaia
 
Educação à distância
Educação à distânciaEducação à distância
Educação à distância
 
Pilares de sustentação do Projeto UCA
Pilares de sustentação do Projeto UCAPilares de sustentação do Projeto UCA
Pilares de sustentação do Projeto UCA
 
Educação à distância
Educação à distânciaEducação à distância
Educação à distância
 
Plano de Ação - Laboratório de Informática - Ensino Fundamental II
Plano de Ação - Laboratório de Informática - Ensino Fundamental IIPlano de Ação - Laboratório de Informática - Ensino Fundamental II
Plano de Ação - Laboratório de Informática - Ensino Fundamental II
 
Apresentação artigo - 2012 ana-salete
Apresentação   artigo - 2012 ana-saleteApresentação   artigo - 2012 ana-salete
Apresentação artigo - 2012 ana-salete
 
Slide Introdução a Educação Digital
Slide Introdução a Educação DigitalSlide Introdução a Educação Digital
Slide Introdução a Educação Digital
 
Introdução a Educação Digital
Introdução a Educação DigitalIntrodução a Educação Digital
Introdução a Educação Digital
 
Introdução
IntroduçãoIntrodução
Introdução
 
Apresent Curso
Apresent CursoApresent Curso
Apresent Curso
 
Inovar na rede
Inovar na redeInovar na rede
Inovar na rede
 
Inovar na rede
Inovar na redeInovar na rede
Inovar na rede
 
Introdução
IntroduçãoIntrodução
Introdução
 
Apresentacao Proinfo Reuniao Tecnica 17 03
Apresentacao Proinfo Reuniao Tecnica 17 03Apresentacao Proinfo Reuniao Tecnica 17 03
Apresentacao Proinfo Reuniao Tecnica 17 03
 

Destaque

Ler escrever sessão ii 26 de nov.
Ler escrever sessão ii 26 de nov.Ler escrever sessão ii 26 de nov.
Ler escrever sessão ii 26 de nov.
Ádila Faria
 
As Tic no Jardim De InfâNcia
As Tic no Jardim De InfâNciaAs Tic no Jardim De InfâNcia
As Tic no Jardim De InfâNcia
Ádila Faria
 
Lieracia, media, cidadania
Lieracia, media, cidadaniaLieracia, media, cidadania
Lieracia, media, cidadania
Ádila Faria
 
A figura humana, a pintura
A figura humana, a pinturaA figura humana, a pintura
A figura humana, a pintura
Ádila Faria
 
Apresentação ádila faria
Apresentação ádila fariaApresentação ádila faria
Apresentação ádila faria
Ádila Faria
 
2 sessão formação cdp abril2011
2 sessão formação cdp abril20112 sessão formação cdp abril2011
2 sessão formação cdp abril2011
Ádila Faria
 

Destaque (6)

Ler escrever sessão ii 26 de nov.
Ler escrever sessão ii 26 de nov.Ler escrever sessão ii 26 de nov.
Ler escrever sessão ii 26 de nov.
 
As Tic no Jardim De InfâNcia
As Tic no Jardim De InfâNciaAs Tic no Jardim De InfâNcia
As Tic no Jardim De InfâNcia
 
Lieracia, media, cidadania
Lieracia, media, cidadaniaLieracia, media, cidadania
Lieracia, media, cidadania
 
A figura humana, a pintura
A figura humana, a pinturaA figura humana, a pintura
A figura humana, a pintura
 
Apresentação ádila faria
Apresentação ádila fariaApresentação ádila faria
Apresentação ádila faria
 
2 sessão formação cdp abril2011
2 sessão formação cdp abril20112 sessão formação cdp abril2011
2 sessão formação cdp abril2011
 

Semelhante a Formação cdp nov.2010

Formação cdp março2011
Formação cdp março2011Formação cdp março2011
Formação cdp março2011
Paulo Faria
 
Apresentaçãocurso
ApresentaçãocursoApresentaçãocurso
Apresentaçãocurso
Florise Abreu Seabra
 
Programa Aprender em Parceria - saiba mais
Programa Aprender em Parceria - saiba maisPrograma Aprender em Parceria - saiba mais
Programa Aprender em Parceria - saiba mais
Instituto Crescer
 
A Pratica Pedagógica e as ferramentas da WEB 2.0
A Pratica Pedagógica e as ferramentas da WEB 2.0A Pratica Pedagógica e as ferramentas da WEB 2.0
A Pratica Pedagógica e as ferramentas da WEB 2.0
marciardaia
 
Plano de trabalho pape 2012
Plano de trabalho pape 2012 Plano de trabalho pape 2012
Plano de trabalho pape 2012
dalvanice
 
Accao de formacao
Accao de formacaoAccao de formacao
Accao de formacao
João Silva Pereira
 
Formação uca sp por beth almeida
Formação uca sp por beth almeidaFormação uca sp por beth almeida
Formação uca sp por beth almeida
Web Currículo PUC-SP
 
Apresentação do Curso Introdução a Educação Digital
Apresentação do Curso Introdução a Educação DigitalApresentação do Curso Introdução a Educação Digital
Apresentação do Curso Introdução a Educação Digital
JoseCicero
 
Padde be
Padde bePadde be
Apresentacao iv forum_pedagogia
Apresentacao iv forum_pedagogiaApresentacao iv forum_pedagogia
Apresentacao iv forum_pedagogia
André Silva
 
Impacto das tic na formação de educadores brasileiros
Impacto das tic na formação de educadores brasileirosImpacto das tic na formação de educadores brasileiros
Impacto das tic na formação de educadores brasileiros
rositalima
 
Slideintroduoaeducaodigital
SlideintroduoaeducaodigitalSlideintroduoaeducaodigital
Slideintroduoaeducaodigital
marciom26
 
Slideintroduoaeducaodigital
SlideintroduoaeducaodigitalSlideintroduoaeducaodigital
Slideintroduoaeducaodigital
Andrea DE Brito
 
Síntese dos processos (formação & avaliação)
Síntese dos processos (formação & avaliação)Síntese dos processos (formação & avaliação)
Síntese dos processos (formação & avaliação)
Universidade de Brasília - UnB (University of Brasilia - UnB)
 
Ic 2016 apresentação_cresceremrede_11_21
Ic 2016 apresentação_cresceremrede_11_21Ic 2016 apresentação_cresceremrede_11_21
Ic 2016 apresentação_cresceremrede_11_21
Instituto Crescer
 
Slides Seminário com Gestores das escolas ProUCA de Fortaleza 10julho2014
Slides Seminário com Gestores das escolas ProUCA de Fortaleza 10julho2014Slides Seminário com Gestores das escolas ProUCA de Fortaleza 10julho2014
Slides Seminário com Gestores das escolas ProUCA de Fortaleza 10julho2014
Marcia Duarte
 
Projeto oficina
Projeto oficinaProjeto oficina
Projeto oficina
sanrose18
 
Projeto lei 2014
Projeto lei   2014Projeto lei   2014
Projeto lei 2014
Roberto Jesus
 
Curso elaboração de _projetos
Curso elaboração  de _projetosCurso elaboração  de _projetos
Curso elaboração de _projetos
SECRETARIA DA EDUCAÇÃO DA BAHIA
 
1203078170 an2 qimfc_profs
1203078170 an2 qimfc_profs1203078170 an2 qimfc_profs
1203078170 an2 qimfc_profs
Abel Antunes
 

Semelhante a Formação cdp nov.2010 (20)

Formação cdp março2011
Formação cdp março2011Formação cdp março2011
Formação cdp março2011
 
Apresentaçãocurso
ApresentaçãocursoApresentaçãocurso
Apresentaçãocurso
 
Programa Aprender em Parceria - saiba mais
Programa Aprender em Parceria - saiba maisPrograma Aprender em Parceria - saiba mais
Programa Aprender em Parceria - saiba mais
 
A Pratica Pedagógica e as ferramentas da WEB 2.0
A Pratica Pedagógica e as ferramentas da WEB 2.0A Pratica Pedagógica e as ferramentas da WEB 2.0
A Pratica Pedagógica e as ferramentas da WEB 2.0
 
Plano de trabalho pape 2012
Plano de trabalho pape 2012 Plano de trabalho pape 2012
Plano de trabalho pape 2012
 
Accao de formacao
Accao de formacaoAccao de formacao
Accao de formacao
 
Formação uca sp por beth almeida
Formação uca sp por beth almeidaFormação uca sp por beth almeida
Formação uca sp por beth almeida
 
Apresentação do Curso Introdução a Educação Digital
Apresentação do Curso Introdução a Educação DigitalApresentação do Curso Introdução a Educação Digital
Apresentação do Curso Introdução a Educação Digital
 
Padde be
Padde bePadde be
Padde be
 
Apresentacao iv forum_pedagogia
Apresentacao iv forum_pedagogiaApresentacao iv forum_pedagogia
Apresentacao iv forum_pedagogia
 
Impacto das tic na formação de educadores brasileiros
Impacto das tic na formação de educadores brasileirosImpacto das tic na formação de educadores brasileiros
Impacto das tic na formação de educadores brasileiros
 
Slideintroduoaeducaodigital
SlideintroduoaeducaodigitalSlideintroduoaeducaodigital
Slideintroduoaeducaodigital
 
Slideintroduoaeducaodigital
SlideintroduoaeducaodigitalSlideintroduoaeducaodigital
Slideintroduoaeducaodigital
 
Síntese dos processos (formação & avaliação)
Síntese dos processos (formação & avaliação)Síntese dos processos (formação & avaliação)
Síntese dos processos (formação & avaliação)
 
Ic 2016 apresentação_cresceremrede_11_21
Ic 2016 apresentação_cresceremrede_11_21Ic 2016 apresentação_cresceremrede_11_21
Ic 2016 apresentação_cresceremrede_11_21
 
Slides Seminário com Gestores das escolas ProUCA de Fortaleza 10julho2014
Slides Seminário com Gestores das escolas ProUCA de Fortaleza 10julho2014Slides Seminário com Gestores das escolas ProUCA de Fortaleza 10julho2014
Slides Seminário com Gestores das escolas ProUCA de Fortaleza 10julho2014
 
Projeto oficina
Projeto oficinaProjeto oficina
Projeto oficina
 
Projeto lei 2014
Projeto lei   2014Projeto lei   2014
Projeto lei 2014
 
Curso elaboração de _projetos
Curso elaboração  de _projetosCurso elaboração  de _projetos
Curso elaboração de _projetos
 
1203078170 an2 qimfc_profs
1203078170 an2 qimfc_profs1203078170 an2 qimfc_profs
1203078170 an2 qimfc_profs
 

Mais de Ádila Faria

Accao formacao pte2
Accao formacao pte2Accao formacao pte2
Accao formacao pte2
Ádila Faria
 
Acção formação pte1
Acção formação pte1Acção formação pte1
Acção formação pte1
Ádila Faria
 
Sessão nº 6e 7
Sessão nº 6e 7Sessão nº 6e 7
Sessão nº 6e 7
Ádila Faria
 
Sessão3
Sessão3Sessão3
Sessão3
Ádila Faria
 
Sessão3
Sessão3Sessão3
Sessão3
Ádila Faria
 
Ler e escrever na web 2.0 (ii)
Ler e escrever na web 2.0 (ii)Ler e escrever na web 2.0 (ii)
Ler e escrever na web 2.0 (ii)
Ádila Faria
 
Ler e escrever na web 2.0 (ii)
Ler e escrever na web 2.0 (ii)Ler e escrever na web 2.0 (ii)
Ler e escrever na web 2.0 (ii)
Ádila Faria
 
SessãO Nº 7
SessãO Nº 7SessãO Nº 7
SessãO Nº 7
Ádila Faria
 
SessãO3
SessãO3SessãO3
SessãO3
Ádila Faria
 
Compostagem 17 11 2008
Compostagem 17 11 2008Compostagem 17 11 2008
Compostagem 17 11 2008
Ádila Faria
 

Mais de Ádila Faria (10)

Accao formacao pte2
Accao formacao pte2Accao formacao pte2
Accao formacao pte2
 
Acção formação pte1
Acção formação pte1Acção formação pte1
Acção formação pte1
 
Sessão nº 6e 7
Sessão nº 6e 7Sessão nº 6e 7
Sessão nº 6e 7
 
Sessão3
Sessão3Sessão3
Sessão3
 
Sessão3
Sessão3Sessão3
Sessão3
 
Ler e escrever na web 2.0 (ii)
Ler e escrever na web 2.0 (ii)Ler e escrever na web 2.0 (ii)
Ler e escrever na web 2.0 (ii)
 
Ler e escrever na web 2.0 (ii)
Ler e escrever na web 2.0 (ii)Ler e escrever na web 2.0 (ii)
Ler e escrever na web 2.0 (ii)
 
SessãO Nº 7
SessãO Nº 7SessãO Nº 7
SessãO Nº 7
 
SessãO3
SessãO3SessãO3
SessãO3
 
Compostagem 17 11 2008
Compostagem 17 11 2008Compostagem 17 11 2008
Compostagem 17 11 2008
 

Formação cdp nov.2010

  • 1. CURSO DE FORMAÇÃO Modalidade – Oficina Ler e escrever na era 2.0 - Contributos das ferramentas digitais Casa do Professor - Braga 19 de Novembro de 2010
  • 2. FORMADORES Ádila Faria adifaria@sapo.pt Paulo Faria pauloprofe@gmail.com Ler e escrever na Web 2.0 - Contributos das ferramentas digitais
  • 3. Sumário • 1 Apresentação dos formandos e formadores • 2 Calendarização da Oficina de Formação • 3 Critérios de Avaliação • 4 Razões justificativas • 5 Efeitos a produzir • 6 Conteúdos a abordar • 7 Metodologias • 8 Apresentação do blogue de apoio à formação
  • 4. 2. Calendarização Mês Dia Horário Obs. Novembro 19 19:00 – 22:00 26 18:30 – 22:00 27 09:00 - 13:00 Dezembro 03 19:00 – 22:00 04 09:00 – 13:00 17 18:30 – 22:00 18 09:00 – 13:00
  • 5. 3. Critérios de Avaliação (25 horas de trabalho presencial e 25 horas de trabalho autónomo) Participação Realização das Tarefas nas Sessões Assiduidade/Pontualidade 25% Investigação Aplicação dos conhecimentos adquiridos Produção de materiais e/ou sequências didácticas 50% Reflexão Crítica Apresentação do Trabalho Final 25%
  • 6. 3.1. Regime de Avaliação dos Formandos Excelente – de 9 a 10 valores Muito Bom – de 8 a 8,9 valores Bom – de 6,5 a 7,9 valores Regular – de 5 a 6,4 valores Insuficiente – de 1 a 4,9 valores Decreto-Lei n.º 15/2007
  • 7. Umas das marcas da sociedade actual é a rapidez com que se assiste às alterações científicas e tecnológicas. Estas conquistas tecnológicas fazem cada vez mais parte dos gestos mais insignificantes do dia-a-dia. 4. Razões justificativas
  • 8. Os suportes de leitura e escrita são tendencialmente digitais (msn, chat, fórum, Internet, SMS, e-mail, e-book…). Estamos perante um novo tipo de interacção social.
  • 9. A escola não pode viver alheada destes fenómenos à escala mundial. A escola é formada pelo que hoje se designa “nativos digitais”. Os professores têm de conhecer novas linguagem de comunicação de forma a responder às exigência da Sociedade da Informação e do Conhecimento.
  • 10. O professor terá de se apropriar de novos artefactos, que implicam alteração de paradigmas no processo ensino e aprendizagem – há uma nova relação o saber. Hoje falamos em Web 2.0, ciberleitura, hipermédia, e-book, biblioteca virtual, Netescrita.
  • 11. “As escolas - e os sistemas educativos no seu todo - enfrentam o fantástico desafio de reinventar os currículos de modo a dar resposta às necessidades de um novo mundo e à formação de estruturas humanas com competências multidisciplinares. Complexidade, diversidade, mobilidade, conectividade são palavras-chave do processo”.
  • 13. 4.1. Referenciais normativos • Currículo Nacional para o Ensino Básico; • Programa de Português para o Ensino Básico (2009); • Plano Tecnológico da Educação (PTE).
  • 14. Programa Nacional de Português para o Ensino Básico (2009) "O ensino do Português desenrola-se hoje num cenário que apresenta diferenças substanciais, relativamente ao início dos anos 90 do século passado. Exemplo flagrante disso: a projecção, no processo de aprendizagem do idioma, das ferramentas e das linguagens facultadas pelas chamadas tecnologias da informação e comunicação, associadas a procedimentos de escrita e de leitura de textos electrónicos e à disseminação da Internet e das comunicações em rede".
  • 15. 4.2. Referenciais Pedagógicos (modelos e correntes) • Construtivista (Piaget,Vigotsky) O conhecimento constrói-se pelo diálogo e pela crítica, e é colectivo. O professor é mediador para o conhecimento. Por sua vez o conhecimento constrói-se. • Conectivista (George Siemens) Aprendizagem é um processo que ocorre num ambiente onde os elementos centrais estão em mudança – a aprendizagem pode residir fora de nós mesmos e as conexões que nos capacitam aprender mais, são mais importantes que o nosso actual estado de conhecimento).
  • 16. 4.2. Referenciais Científicos Em Portugal e em todo mundo estuda-se cada vez mais a integração das tecnologias na sala de aula (ver bibliografia.) Exemplo: Educação, Formação & Tecnologias
  • 17. 4.3. Referenciais para a monitorização/avaliação • todos os processos que permitem aferir e avaliar o desenvolvimento das competências dos alunos; • avaliação dos pares nos órgãos intermédios e na externa.
  • 18. 5. OBJECTIVOS • Conhecer estratégias de promoção e motivação para a leitura e escrita em vários suportes digitais. • Tomar conhecimento das capacidades necessárias ao desenvolvimento da (ciber) leitura e da escrita . • Experimentar métodos facilitadores para a aprendizagem da leitura/escrita ligados à Web 2.0. • Planificar e aplicar medidas adequadas na promoção da leitura e escrita nos contextos educativos. • Saber adequar a intervenção pedagógica às necessidades e características individuais dos alunos.
  • 19. 6. EFEITOS A PRODUZIR • Explorar estratégias pedagógicas promotoras de metodologias inovadoras; • Promover a produção de conteúdos (narrativas digitais, podcasting, vídeo, blogue…); • Desenvolver nos professores hábitos de partilha, reflexão e cooperação, através da participação em comunidades de aprendizagem e projectos comuns (ex. :blogue); • Adopção de práticas que levem ao envolvimento dos alunos na construção novas literacias.
  • 20. • Desenvolvimentos de novas competências nos domínios das leitura e da escrita, com base na integração de novas ferramentas de comunicação e interacção à distância. • Prolongar os momentos de aprendizagem no tempo e no espaço, fomentando a disponibilização on-line de recursos educativos
  • 21. BLOGUE DE APOIO À OFICINA DE FORMAÇÃO http://lerescrevernaweb.blogspot.com/ Proposta de Actividade 1. Veja este filme. Depois de o visualizar, considera que a integração das TIC no ensino podem trazer alterações significativas na aprendizagem? Justifque a sua posição. 2. Deixe o seu testemunho na caixa de comentários do blogue.