SlideShare uma empresa Scribd logo
FORMATAÇÃO: ANA BEATRIZ CARGNIN & GEYSON DA SILVA CASTRO
Animais com patas (Poda) articuladas (Arthros);
Possuem um Exoesqueleto feito de Quitina (terrestres e aéreos) ou
Carbonato de Cálcio (aquáticos);
Trocas Gasosas Através de Ductos: Sistemas TraqueaisTrocas Gasosas Através de Ductos: Sistemas Traqueais
InsetosInsetos, alguns artrópodesartrópodes terrestres
(centopéiascentopéias, miríapodesmiríapodes e algumas aranhasaranhas)
Sistema
ramificado
de tubos
(traquéiastraquéias)
que se
estendem
por todas
as partes
do corpo
A respiração de um
inseto é independente
do seu Sistema
circulatório
CRUSTÁCEA
ARACNIDA
INSECTA
QUILOPODA
DIPLOPODA
Artrópodes que possuem 5 ou mais pares de patas.
LAGOSTA
Artrópodes que possuem 4 pares de patas.
Lycosa – Aranha de jardim
Loxosceles - Aranha Marrom
Phoneutria - Aranha ArmadeiraLatrodectus – Aranha viúva-negra
Ordem Araneae: São popularmente conhecidas como aranhas. Os
gêneros mais perigosos para o ser humano são:
VÍDEO:
Aranha
Artrópodes que possuem 4 pares de patas.
Ordem Escorpiones: São popularmente conhecidos como
escorpiões. Em geral a picada dói muito, mas raramente é mortal.
Escorpião Vermelho – toxina moderada
Escorpião Amarelo – o mais tóxico
Escorpião Negro – o menos tóxico
Artrópodes que possuem 4 pares de patas.
Ordem Opiliones: São os Opiliões, popularmente conhecidos como
aranhas-frade, devido ao seu odor forte. Não são venenosos.
Artrópodes que possuem 4 pares de patas.
Ordem Acaridae: São os Ácaros e Carrapatos.
Ácaros
Carrapatos
Artrópodes que possuem 3 pares de patas.
Ordem Thysanura: thysan= franja; ura= cauda Ordem Odonata: odonata = dentes
Ordem Blattodea: blatta= barata Ordem Isoptera: iso= igual; ptera= asas
Artrópodes que possuem 3 pares de patas.
Ordem Heteroptera: hetero= diferente; ptera= asas
Ordem Orthoptera: ortho= retas; ptera= asasOrdem Orthoptera: ortho= retas; ptera= asas
Ordem Phasmida: phasma= fantasmaOrdem Phasmida: phasma= fantasma
Ordem Phthiraptera: phthirus= piolho; a= sem; ptera= asasOrdem Phthiraptera: phthirus= piolho; a= sem; ptera= asas
Artrópodes que possuem 3 pares de patas.
Ordem Díptera: di= duas; ptera= asasOrdem Hymenoptera: hymen= membrana; ptera= asas
Ordem Coleóptera: coleo= estojo; ptera= asas
Ordem Homóptera: homo= igual; ptera= asas
Artrópodes que possuem 3 pares de patas.
Ordem Lepidóptera: lepido= escama; ptera= asas
Ordem Siphonaptera: siphon= tubo; a= sem; ptera= asas
-Holometábolos (sofrem Metamorfose completa);
-Hemimetábolos (sofrem Metamorfose parcial);
-Ametábolos (não sofrem Metamorfose, desenvolvimento
direto)
Os insetos podem ter 3 formas de
desenvolvimento:
HOLOMETÁBOLOS
VÍDEOS:
Metamorfose da Borboleta
Bicho-da-seda
HEMIMETÁBOLOS
AMETÁBOLOS
Artrópodes que possuem o corpo dividido em vários
segmentos iguais e tem 1 par de pata por segmento.
São as Centopéias
Artrópodes que possuem o corpo dividido em vários
segmentos iguais e tem 2 pares de patas por segmento.
São os piolhos-de-cobra
Filo dos artrópodes

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

3 flor
3 flor3 flor
Monera
MoneraMonera
Diversidade Atual e Importância das Licófitas e Samambaias na Amazônia Brasil...
Diversidade Atual e Importância das Licófitas e Samambaias na Amazônia Brasil...Diversidade Atual e Importância das Licófitas e Samambaias na Amazônia Brasil...
Diversidade Atual e Importância das Licófitas e Samambaias na Amazônia Brasil...
Gisele Teixeira
 
Aula 5 Prof. Guth Berger
Aula 5 Prof. Guth BergerAula 5 Prof. Guth Berger
Aula 5 Prof. Guth Berger
Matheus Yuri
 
Aula nomenclatura botânica
Aula nomenclatura botânicaAula nomenclatura botânica
Aula nomenclatura botânica
Maria Betânia
 
Platelmintos
PlatelmintosPlatelmintos
Platelmintos
bioblocmb
 
Briófitas
BriófitasBriófitas
Briófitas
DeaaSouza
 
Raiz, Caule e Folha
Raiz, Caule e FolhaRaiz, Caule e Folha
Raiz, Caule e Folha
Rosa Pereira
 
Folha
FolhaFolha
Mamiferos
MamiferosMamiferos
Mamiferos
letyap
 
IV.5 mamíferos
IV.5 mamíferosIV.5 mamíferos
IV.5 mamíferos
Rebeca Vale
 
Crustaceos
CrustaceosCrustaceos
Crustaceos
Altair Hoepers
 
Órgãos Vegetativos
Órgãos VegetativosÓrgãos Vegetativos
Órgãos Vegetativos
Jézili Dias
 
Capítulo 05 - reino das plantas II
Capítulo 05 - reino das plantas IICapítulo 05 - reino das plantas II
Capítulo 05 - reino das plantas II
Igor Brant
 
Apresentação sobre mamíferos.
Apresentação sobre  mamíferos.Apresentação sobre  mamíferos.
Apresentação sobre mamíferos.
Victor Ygor
 
Briofitas
BriofitasBriofitas
Morfologia da folha
Morfologia da folha Morfologia da folha
Morfologia da folha
Andréa Vasconcelos
 
Introdução às algas
Introdução às algas Introdução às algas
Introdução às algas
Nome Sobrenome
 
Sistematica vegetal
Sistematica vegetal  Sistematica vegetal
Sistematica vegetal
Carlos Priante
 
Poriferos
PoriferosPoriferos
Poriferos
Altair Hoepers
 

Mais procurados (20)

3 flor
3 flor3 flor
3 flor
 
Monera
MoneraMonera
Monera
 
Diversidade Atual e Importância das Licófitas e Samambaias na Amazônia Brasil...
Diversidade Atual e Importância das Licófitas e Samambaias na Amazônia Brasil...Diversidade Atual e Importância das Licófitas e Samambaias na Amazônia Brasil...
Diversidade Atual e Importância das Licófitas e Samambaias na Amazônia Brasil...
 
Aula 5 Prof. Guth Berger
Aula 5 Prof. Guth BergerAula 5 Prof. Guth Berger
Aula 5 Prof. Guth Berger
 
Aula nomenclatura botânica
Aula nomenclatura botânicaAula nomenclatura botânica
Aula nomenclatura botânica
 
Platelmintos
PlatelmintosPlatelmintos
Platelmintos
 
Briófitas
BriófitasBriófitas
Briófitas
 
Raiz, Caule e Folha
Raiz, Caule e FolhaRaiz, Caule e Folha
Raiz, Caule e Folha
 
Folha
FolhaFolha
Folha
 
Mamiferos
MamiferosMamiferos
Mamiferos
 
IV.5 mamíferos
IV.5 mamíferosIV.5 mamíferos
IV.5 mamíferos
 
Crustaceos
CrustaceosCrustaceos
Crustaceos
 
Órgãos Vegetativos
Órgãos VegetativosÓrgãos Vegetativos
Órgãos Vegetativos
 
Capítulo 05 - reino das plantas II
Capítulo 05 - reino das plantas IICapítulo 05 - reino das plantas II
Capítulo 05 - reino das plantas II
 
Apresentação sobre mamíferos.
Apresentação sobre  mamíferos.Apresentação sobre  mamíferos.
Apresentação sobre mamíferos.
 
Briofitas
BriofitasBriofitas
Briofitas
 
Morfologia da folha
Morfologia da folha Morfologia da folha
Morfologia da folha
 
Introdução às algas
Introdução às algas Introdução às algas
Introdução às algas
 
Sistematica vegetal
Sistematica vegetal  Sistematica vegetal
Sistematica vegetal
 
Poriferos
PoriferosPoriferos
Poriferos
 

Destaque

Células e tecidos
Células e tecidosCélulas e tecidos
Células e tecidos
Ana Beatriz Cargnin
 
Sistema digestório
Sistema digestórioSistema digestório
Sistema digestório
Ana Beatriz Cargnin
 
O SOL
O SOLO SOL
Misturas
MisturasMisturas
Sistema linfático
Sistema linfáticoSistema linfático
Sistema linfático
Ana Beatriz Cargnin
 
UNIVERSO - SISTEMA SOLAR - MOVIMENTOS DA TERRA
UNIVERSO - SISTEMA SOLAR - MOVIMENTOS DA TERRAUNIVERSO - SISTEMA SOLAR - MOVIMENTOS DA TERRA
UNIVERSO - SISTEMA SOLAR - MOVIMENTOS DA TERRA
Ana Beatriz Cargnin
 
Sistema respiratório
Sistema respiratórioSistema respiratório
Sistema respiratório
Ana Beatriz Cargnin
 
Importância dos meios de cultura
Importância dos meios de culturaImportância dos meios de cultura
Importância dos meios de cultura
Ana Beatriz Cargnin
 
Sistema Locomotor - O esqueleto
Sistema Locomotor - O esqueletoSistema Locomotor - O esqueleto
Sistema Locomotor - O esqueleto
Ana Beatriz Cargnin
 
Estudo dos movimentos
Estudo dos movimentosEstudo dos movimentos
Estudo dos movimentos
Ana Beatriz Cargnin
 
Filo dos platelmintos
Filo dos platelmintosFilo dos platelmintos
Filo dos platelmintos
Ana Beatriz Cargnin
 
Cárie e outras doenças do tubo digestório
Cárie e outras doenças do tubo digestórioCárie e outras doenças do tubo digestório
Cárie e outras doenças do tubo digestório
Ana Beatriz Cargnin
 
Andreata Moraes, Ana Beatriz - Business Plan Brazil
Andreata Moraes, Ana Beatriz - Business Plan BrazilAndreata Moraes, Ana Beatriz - Business Plan Brazil
Andreata Moraes, Ana Beatriz - Business Plan Brazil
Ana Beatriz Andreata
 

Destaque (13)

Células e tecidos
Células e tecidosCélulas e tecidos
Células e tecidos
 
Sistema digestório
Sistema digestórioSistema digestório
Sistema digestório
 
O SOL
O SOLO SOL
O SOL
 
Misturas
MisturasMisturas
Misturas
 
Sistema linfático
Sistema linfáticoSistema linfático
Sistema linfático
 
UNIVERSO - SISTEMA SOLAR - MOVIMENTOS DA TERRA
UNIVERSO - SISTEMA SOLAR - MOVIMENTOS DA TERRAUNIVERSO - SISTEMA SOLAR - MOVIMENTOS DA TERRA
UNIVERSO - SISTEMA SOLAR - MOVIMENTOS DA TERRA
 
Sistema respiratório
Sistema respiratórioSistema respiratório
Sistema respiratório
 
Importância dos meios de cultura
Importância dos meios de culturaImportância dos meios de cultura
Importância dos meios de cultura
 
Sistema Locomotor - O esqueleto
Sistema Locomotor - O esqueletoSistema Locomotor - O esqueleto
Sistema Locomotor - O esqueleto
 
Estudo dos movimentos
Estudo dos movimentosEstudo dos movimentos
Estudo dos movimentos
 
Filo dos platelmintos
Filo dos platelmintosFilo dos platelmintos
Filo dos platelmintos
 
Cárie e outras doenças do tubo digestório
Cárie e outras doenças do tubo digestórioCárie e outras doenças do tubo digestório
Cárie e outras doenças do tubo digestório
 
Andreata Moraes, Ana Beatriz - Business Plan Brazil
Andreata Moraes, Ana Beatriz - Business Plan BrazilAndreata Moraes, Ana Beatriz - Business Plan Brazil
Andreata Moraes, Ana Beatriz - Business Plan Brazil
 

Semelhante a Filo dos artrópodes

Artrópodes
ArtrópodesArtrópodes
Artrópodes
Marcia Bantim
 
Reino animalia artrópodes,insetos ok
Reino animalia artrópodes,insetos okReino animalia artrópodes,insetos ok
Reino animalia artrópodes,insetos ok
IVORASSWEILER
 
Ap chelicerata
Ap chelicerataAp chelicerata
Ap chelicerata
henriqueneto
 
Características dos Artrópodes
Características dos ArtrópodesCaracterísticas dos Artrópodes
Características dos Artrópodes
Monaliza Silva
 
Apresentação orthoptera
Apresentação orthopteraApresentação orthoptera
Apresentação orthoptera
Anderson Santos
 
Arthropoda
ArthropodaArthropoda
Arthropoda
Alessandra Firmino
 
4 - morfologia e fisiologia animal
4 - morfologia e fisiologia animal4 - morfologia e fisiologia animal
4 - morfologia e fisiologia animal
Marcus Magarinho
 
Filo Artrópodes (subgrupos) e Equinodermos
Filo Artrópodes (subgrupos) e EquinodermosFilo Artrópodes (subgrupos) e Equinodermos
Filo Artrópodes (subgrupos) e Equinodermos
antonimelo
 
281 735 invertebrados
281 735 invertebrados281 735 invertebrados
281 735 invertebrados
Jeanne Jimenes
 
Caracteristicas do reino animal
Caracteristicas do reino animalCaracteristicas do reino animal
Caracteristicas do reino animal
Thainá Carvalho
 
Ordem dos insetos
Ordem dos insetosOrdem dos insetos
Ordem dos insetos
Miragaia
 
Artropodes
ArtropodesArtropodes
Artropodes
gracielabtonin
 
Sistema de Respiração dos Artrópodes
Sistema de Respiração dos ArtrópodesSistema de Respiração dos Artrópodes
Sistema de Respiração dos Artrópodes
Raissa Fontinelly
 
Artrópodes
ArtrópodesArtrópodes
Artrópodes
tenenteleu123
 
Aracnídeos (2)
Aracnídeos (2)Aracnídeos (2)
Aracnídeos (2)
Melissa Neiva
 
Artrópodes
ArtrópodesArtrópodes
Artrópodes
Laguat
 
Filo arthropoda (Uma visão geral, com enfoque médico)
Filo arthropoda (Uma visão geral, com enfoque médico)Filo arthropoda (Uma visão geral, com enfoque médico)
Filo arthropoda (Uma visão geral, com enfoque médico)
Víctor Manfrinni
 
Artropodes
ArtropodesArtropodes
Artropodes
Laercio Fernandes
 
aves 2.pdf
aves 2.pdfaves 2.pdf
aves 2.pdf
rickriordan
 
Aula 2° ano Ensino Médio: Invertebrados II (Artrópodes e Equinodermos)
Aula 2° ano Ensino Médio: Invertebrados II (Artrópodes e Equinodermos)Aula 2° ano Ensino Médio: Invertebrados II (Artrópodes e Equinodermos)
Aula 2° ano Ensino Médio: Invertebrados II (Artrópodes e Equinodermos)
Ronaldo Santana
 

Semelhante a Filo dos artrópodes (20)

Artrópodes
ArtrópodesArtrópodes
Artrópodes
 
Reino animalia artrópodes,insetos ok
Reino animalia artrópodes,insetos okReino animalia artrópodes,insetos ok
Reino animalia artrópodes,insetos ok
 
Ap chelicerata
Ap chelicerataAp chelicerata
Ap chelicerata
 
Características dos Artrópodes
Características dos ArtrópodesCaracterísticas dos Artrópodes
Características dos Artrópodes
 
Apresentação orthoptera
Apresentação orthopteraApresentação orthoptera
Apresentação orthoptera
 
Arthropoda
ArthropodaArthropoda
Arthropoda
 
4 - morfologia e fisiologia animal
4 - morfologia e fisiologia animal4 - morfologia e fisiologia animal
4 - morfologia e fisiologia animal
 
Filo Artrópodes (subgrupos) e Equinodermos
Filo Artrópodes (subgrupos) e EquinodermosFilo Artrópodes (subgrupos) e Equinodermos
Filo Artrópodes (subgrupos) e Equinodermos
 
281 735 invertebrados
281 735 invertebrados281 735 invertebrados
281 735 invertebrados
 
Caracteristicas do reino animal
Caracteristicas do reino animalCaracteristicas do reino animal
Caracteristicas do reino animal
 
Ordem dos insetos
Ordem dos insetosOrdem dos insetos
Ordem dos insetos
 
Artropodes
ArtropodesArtropodes
Artropodes
 
Sistema de Respiração dos Artrópodes
Sistema de Respiração dos ArtrópodesSistema de Respiração dos Artrópodes
Sistema de Respiração dos Artrópodes
 
Artrópodes
ArtrópodesArtrópodes
Artrópodes
 
Aracnídeos (2)
Aracnídeos (2)Aracnídeos (2)
Aracnídeos (2)
 
Artrópodes
ArtrópodesArtrópodes
Artrópodes
 
Filo arthropoda (Uma visão geral, com enfoque médico)
Filo arthropoda (Uma visão geral, com enfoque médico)Filo arthropoda (Uma visão geral, com enfoque médico)
Filo arthropoda (Uma visão geral, com enfoque médico)
 
Artropodes
ArtropodesArtropodes
Artropodes
 
aves 2.pdf
aves 2.pdfaves 2.pdf
aves 2.pdf
 
Aula 2° ano Ensino Médio: Invertebrados II (Artrópodes e Equinodermos)
Aula 2° ano Ensino Médio: Invertebrados II (Artrópodes e Equinodermos)Aula 2° ano Ensino Médio: Invertebrados II (Artrópodes e Equinodermos)
Aula 2° ano Ensino Médio: Invertebrados II (Artrópodes e Equinodermos)
 

Mais de Ana Beatriz Cargnin

Cultura catarinense
Cultura catarinenseCultura catarinense
Cultura catarinense
Ana Beatriz Cargnin
 
Arte em pinturas de grupos familiares
Arte em pinturas de grupos familiaresArte em pinturas de grupos familiares
Arte em pinturas de grupos familiares
Ana Beatriz Cargnin
 
Gravuras
GravurasGravuras
Dissecação de Anuro - Papercraft
Dissecação de Anuro - PapercraftDissecação de Anuro - Papercraft
Dissecação de Anuro - Papercraft
Ana Beatriz Cargnin
 
O Labirinto do Fauno e a Body art
O Labirinto do Fauno e a Body artO Labirinto do Fauno e a Body art
O Labirinto do Fauno e a Body art
Ana Beatriz Cargnin
 
Teatro de fantoches
Teatro de fantochesTeatro de fantoches
Teatro de fantoches
Ana Beatriz Cargnin
 
Átomo
ÁtomoÁtomo
Introdução a química matéria
Introdução a química matériaIntrodução a química matéria
Introdução a química matéria
Ana Beatriz Cargnin
 
Proriedades específicas da matéria
Proriedades específicas da matériaProriedades específicas da matéria
Proriedades específicas da matéria
Ana Beatriz Cargnin
 
Sistema cardiovascular
Sistema cardiovascularSistema cardiovascular
Sistema cardiovascular
Ana Beatriz Cargnin
 
Doenças e distúrbios dos sistema respiratório
Doenças e distúrbios dos sistema respiratórioDoenças e distúrbios dos sistema respiratório
Doenças e distúrbios dos sistema respiratório
Ana Beatriz Cargnin
 
Sexualidade - puberdade - reprodução humana - métodos contraceptivos - dst
Sexualidade -  puberdade - reprodução humana - métodos contraceptivos - dstSexualidade -  puberdade - reprodução humana - métodos contraceptivos - dst
Sexualidade - puberdade - reprodução humana - métodos contraceptivos - dst
Ana Beatriz Cargnin
 
Filo dos nematelmintos
Filo dos nematelmintosFilo dos nematelmintos
Filo dos nematelmintos
Ana Beatriz Cargnin
 
Vírus
VírusVírus
Instrumentos de laboratório
Instrumentos de laboratórioInstrumentos de laboratório
Instrumentos de laboratório
Ana Beatriz Cargnin
 
Arte na pré história
Arte na pré históriaArte na pré história
Arte na pré história
Ana Beatriz Cargnin
 
Os vários tipos de teatro
Os vários tipos de teatroOs vários tipos de teatro
Os vários tipos de teatro
Ana Beatriz Cargnin
 
Artes cênicas
Artes cênicasArtes cênicas
Artes cênicas
Ana Beatriz Cargnin
 

Mais de Ana Beatriz Cargnin (18)

Cultura catarinense
Cultura catarinenseCultura catarinense
Cultura catarinense
 
Arte em pinturas de grupos familiares
Arte em pinturas de grupos familiaresArte em pinturas de grupos familiares
Arte em pinturas de grupos familiares
 
Gravuras
GravurasGravuras
Gravuras
 
Dissecação de Anuro - Papercraft
Dissecação de Anuro - PapercraftDissecação de Anuro - Papercraft
Dissecação de Anuro - Papercraft
 
O Labirinto do Fauno e a Body art
O Labirinto do Fauno e a Body artO Labirinto do Fauno e a Body art
O Labirinto do Fauno e a Body art
 
Teatro de fantoches
Teatro de fantochesTeatro de fantoches
Teatro de fantoches
 
Átomo
ÁtomoÁtomo
Átomo
 
Introdução a química matéria
Introdução a química matériaIntrodução a química matéria
Introdução a química matéria
 
Proriedades específicas da matéria
Proriedades específicas da matériaProriedades específicas da matéria
Proriedades específicas da matéria
 
Sistema cardiovascular
Sistema cardiovascularSistema cardiovascular
Sistema cardiovascular
 
Doenças e distúrbios dos sistema respiratório
Doenças e distúrbios dos sistema respiratórioDoenças e distúrbios dos sistema respiratório
Doenças e distúrbios dos sistema respiratório
 
Sexualidade - puberdade - reprodução humana - métodos contraceptivos - dst
Sexualidade -  puberdade - reprodução humana - métodos contraceptivos - dstSexualidade -  puberdade - reprodução humana - métodos contraceptivos - dst
Sexualidade - puberdade - reprodução humana - métodos contraceptivos - dst
 
Filo dos nematelmintos
Filo dos nematelmintosFilo dos nematelmintos
Filo dos nematelmintos
 
Vírus
VírusVírus
Vírus
 
Instrumentos de laboratório
Instrumentos de laboratórioInstrumentos de laboratório
Instrumentos de laboratório
 
Arte na pré história
Arte na pré históriaArte na pré história
Arte na pré história
 
Os vários tipos de teatro
Os vários tipos de teatroOs vários tipos de teatro
Os vários tipos de teatro
 
Artes cênicas
Artes cênicasArtes cênicas
Artes cênicas
 

Último

1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
SILVIAREGINANAZARECA
 
Sinais de pontuação
Sinais de pontuaçãoSinais de pontuação
Sinais de pontuação
Mary Alvarenga
 
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
GÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptxGÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptx
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
Marlene Cunhada
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
Pastor Robson Colaço
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
joseanesouza36
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
mamaeieby
 
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdfPowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
1000a
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
DECIOMAURINARAMOS
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
lveiga112
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
AmiltonAparecido1
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
todorokillmepls
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Mary Alvarenga
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
livrosjovert
 
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
LucianaCristina58
 
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptxAula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
LILIANPRESTESSCUDELE
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
Manuais Formação
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Biblioteca UCS
 
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptxA dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
ReinaldoSouza57
 

Último (20)

1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
 
Sinais de pontuação
Sinais de pontuaçãoSinais de pontuação
Sinais de pontuação
 
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
GÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptxGÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptx
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
 
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdfPowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
 
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
 
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptxAula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
 
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptxA dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
 

Filo dos artrópodes

  • 1. FORMATAÇÃO: ANA BEATRIZ CARGNIN & GEYSON DA SILVA CASTRO
  • 2. Animais com patas (Poda) articuladas (Arthros); Possuem um Exoesqueleto feito de Quitina (terrestres e aéreos) ou Carbonato de Cálcio (aquáticos);
  • 3. Trocas Gasosas Através de Ductos: Sistemas TraqueaisTrocas Gasosas Através de Ductos: Sistemas Traqueais InsetosInsetos, alguns artrópodesartrópodes terrestres (centopéiascentopéias, miríapodesmiríapodes e algumas aranhasaranhas) Sistema ramificado de tubos (traquéiastraquéias) que se estendem por todas as partes do corpo A respiração de um inseto é independente do seu Sistema circulatório
  • 5. Artrópodes que possuem 5 ou mais pares de patas.
  • 6.
  • 8. Artrópodes que possuem 4 pares de patas. Lycosa – Aranha de jardim Loxosceles - Aranha Marrom Phoneutria - Aranha ArmadeiraLatrodectus – Aranha viúva-negra Ordem Araneae: São popularmente conhecidas como aranhas. Os gêneros mais perigosos para o ser humano são:
  • 9.
  • 11. Artrópodes que possuem 4 pares de patas. Ordem Escorpiones: São popularmente conhecidos como escorpiões. Em geral a picada dói muito, mas raramente é mortal. Escorpião Vermelho – toxina moderada Escorpião Amarelo – o mais tóxico Escorpião Negro – o menos tóxico
  • 12.
  • 13. Artrópodes que possuem 4 pares de patas. Ordem Opiliones: São os Opiliões, popularmente conhecidos como aranhas-frade, devido ao seu odor forte. Não são venenosos.
  • 14. Artrópodes que possuem 4 pares de patas. Ordem Acaridae: São os Ácaros e Carrapatos. Ácaros Carrapatos
  • 15. Artrópodes que possuem 3 pares de patas. Ordem Thysanura: thysan= franja; ura= cauda Ordem Odonata: odonata = dentes Ordem Blattodea: blatta= barata Ordem Isoptera: iso= igual; ptera= asas
  • 16. Artrópodes que possuem 3 pares de patas. Ordem Heteroptera: hetero= diferente; ptera= asas Ordem Orthoptera: ortho= retas; ptera= asasOrdem Orthoptera: ortho= retas; ptera= asas Ordem Phasmida: phasma= fantasmaOrdem Phasmida: phasma= fantasma Ordem Phthiraptera: phthirus= piolho; a= sem; ptera= asasOrdem Phthiraptera: phthirus= piolho; a= sem; ptera= asas
  • 17. Artrópodes que possuem 3 pares de patas. Ordem Díptera: di= duas; ptera= asasOrdem Hymenoptera: hymen= membrana; ptera= asas Ordem Coleóptera: coleo= estojo; ptera= asas Ordem Homóptera: homo= igual; ptera= asas
  • 18.
  • 19.
  • 20. Artrópodes que possuem 3 pares de patas. Ordem Lepidóptera: lepido= escama; ptera= asas Ordem Siphonaptera: siphon= tubo; a= sem; ptera= asas
  • 21.
  • 22.
  • 23.
  • 24. -Holometábolos (sofrem Metamorfose completa); -Hemimetábolos (sofrem Metamorfose parcial); -Ametábolos (não sofrem Metamorfose, desenvolvimento direto) Os insetos podem ter 3 formas de desenvolvimento:
  • 29.
  • 30.
  • 31.
  • 32.
  • 33. Artrópodes que possuem o corpo dividido em vários segmentos iguais e tem 1 par de pata por segmento. São as Centopéias
  • 34.
  • 35. Artrópodes que possuem o corpo dividido em vários segmentos iguais e tem 2 pares de patas por segmento. São os piolhos-de-cobra