SlideShare uma empresa Scribd logo
EDLEUDA
FAMÍLIA  E ESCOLA: UM SÓ SEGMENTO EDILEUDA MARIA COSTA SOUSA BACABAL/MARANHÃO 19/10/2011
JUSTIFICATIVA Uma escola para ser democrática, tem que propiciar uma estrutura prazerosa para receber tanto o aluno quanto aos pais destes, ela tem antes de tudo constituírem-se numa extensão da casa desses  alunos, mas uma extensão que ofereça, além de conhecimento, um ambiente de paz , respeito e aconchego, que valorize seus anseios, direitos e capacidade de aprendizagem. Mas, só se pode ter uma escola-extensão se os pais desses alunos fizerem parte desse contexto. Há uma necessidade urgente de se trazer esses pais para o seio da escola, mas para que tal processo se desenvolva, precisa-se de um planejamento prévio e que se mude o conteúdo das reuniões de pais e mestre. Em vez de chamá-los para só reclamar dos seus filhos, que estes sejam convocados para um dia de lazer na escola do seu filho, com dinâmicas que os insira de verdade na vida escolar de suas crianças, que se conquistem esses pais, que ganhemos suas confianças, só assim, nos mostrando sem amarras é que talvez os tragam para a escola. O que se percebe em reuniões de pais, e um número insignificante de suas presenças e os poucos que vão, chegam apressados, mais preocupados com a roupa que ficou para lavar, com o almoço, preocupados com tudo, menos com os filhos. Mas, será que essa é mesmo a realidade desses pais, desinteresse pela educação de seus filhos? Será que  por trás dessa presa  não se esconde o medo de só ouvir reclamações do seu filho, medo de que seus vizinhos tomem conhecimento do comportamento do seu filho na escola e tudo se espalhe pelo bairro, o que é muito comum em bairros? Precisamos mudar a prática dessas reuniões e nos tornar aliados dos pais de nossos clientes ( alunos).
OBJETIVOS 2.1.GERAL: INSERIR OS PAIS NO COTIDIANO ESCOLAR DE SEUS FILHOS PARA QUE ESTES SINTAM O QUANTO O SEU FUTURO E IMPORTANTE PARA ELES. 2.2. ESPECÍFICOS: IDENTIFICAR OS MOTIVOS QUE AFASTAM OS PAIS DA ESCOLA; COMPREENDER E RESPEITAR A INDIVIDUALIDADE DE CADA  PAIS; DISCUTIR COM ELES A MELHOR FORMA DE LIDAR COM SEUS FILHOS; PERMITIR QUE OS MESMOS SE MANIFESTEM CONTRA OU A FAVOR DE ALGUMA MEDIDA TOMADA PELA ESCOLA; FAZER COM QUE OS PAIS PERCEBAM QUÃO IMPORTANTES É A SUA PRESENÇA NA ESCOLA; PROMOVER MOMENTOS DE LAZER COM ELES; DEIXAR QUE ELES OPINASSEM QUAL HORÁRIO LHES É APROPRIADO PARA AS REUNIÕES DE PAIS E MESTRE; PARTILHAR COM ELES OS PPROBLEMAS DE APRENDIZAGEM DE SEUS FILHOS.
3.FUNDAMENTOS TEÓRICO-METODOLÓGICO O PRINCIPAL E PRIMEIRO OBJETIVO DE UMA ESCOLA É SERVIR A CAMUNIDADE EM QUE ELA ESTÁ INSERIDA E COM TAL, OBRIGA-SE A PRESTAR CONTA DE SEUS PASSOS À SUA CLIENTELA. UMA ESCOLA DEMOCRÁTICA TRÁS EM SEU BOJO CURRICULAR A CONFIANÇA EXTREMADA DOS PAIS EM RELAÇOES ÀS SUAS DECISÕE PEDAGÓGICAS. PARTINDO DESSE PRESSUPOSTO TORNA-SE INDISPENSÁVEL À PARTICIPAÇÃO DOS PAIS NA ESCOLA E CONSEQUENTEMENTE NO ENSINO-APRENDIZAGEM DE SEUS FILHOS. ESCOLA E PAIS TÊEM QUE DAR-SE AS MÃOS, ESSA PARCERIA É IMPRESCINDÍVEL. A LEI DE DIRETRIZES E BASES DA EDUCAÇÃO NACIONAL DEIXA CLARO QUE É OBRIGAÇÃO DA ESCOLA CRIAR ESTÍMULOS PARA APROXIMAR OS FAMILIARES DE SEUS ALUNOS DO AMBIENTE ESCOLAR, FAZER COM QUE ELES TENHAM ACESSO AO REGIMENTO DA ESCOLA, À SUA GRADE CURRICULAR, QUE DECIDA SOBRE A MERENDA OFERECIDA PELA ESCOLA. A FAMÍLIA TEM UMA PARTICIPAÇÃO ÍNFIMA  NAS DECISÕES TOMADAS PELOS GESTORES, A INCLUSÃO DE UMA PEQUENA PARCELA DOS PAIS NO PROGRAMA DA CAIXA ESCOLAR E NAS ELEIÇÕES PARA O COLEGIADO É POUCO, ISSO NÃO OS TORNA DE FATO INSERIDOS NO PROCESSO ADMINISTRATIVO-SOCIAL DA ESCOLA.  PAIS E ESCOLAS TÊEM DE SER PARCEIROS, A ESCOLA TEM POR OBRIGAÇÃO DE SER TRANSPARENTE EM SEUS ATOS. A PRESTAÇÃO DE CONTA TEM QUE SER EXTENSIVA À COMUNIDADE PARA QUE NÃO HAJA DESCONFIANÇA.
MUITO SE ESCUTA, PAIS FALAREM MAL DA ESCOLA PÚBLICA E ESCOLA CULPAR OS MESMOS PELO DESCASO DA EDUCAÇÃO DE SEUS FILHOS. É CHEGADA A HORA DE REVERTER ESSE IMPASSE, DE DESCOBRIR POR QUE A ESCOLA PÚBLICA REPRESENTA TÃO POUCO PARA ESSES PAIS, AO PONTO DE NÃO ACOMPANHAR A VIDA ESCOLAR DOS FILHOS, COMO O FAZEM NA PARTICULAR,  OS PROFESSORES DA REDE PRIVADA, QUASE QUE NA SUA TOTALIDADE, SÃO TAMBÉM PROFESSORES DA REDE PÚBLICA, PORTANTO ESTÃO NO MESMO PATAMAR DE CONHECIMENTOS, DE MÉTODOS E ESTRATÉGIAS, EMBORA NESSAS ENTIDADES, HAJA UM SUPORTE MAIOR.ESTÁ NA HORA DA ESCOLA DESCOBRIR SE ELA NÃO SENDO OMISSA COM ESSES PAIS. ESCOLA TAMBÉM AFASTA OS PAIS. NECESSARIAMENTE OS PAIS PRECISAM INSERIR-SE NO HABITAT ESCOLAR DE SEUS FILHOS, COM CERTEZA A PRESENÇA DELES IRÁ CONTRIBUIR, NÃO SÓ PARA MELHORAR O SEU APRENDIZADO, MAS, SOBRETUDO IRÁ INFLUIR EM SEUS COMPORTAMENTOS, DIMINUINDO ASSIM A VIOLÊNCIA ESCOLAR QUE VEM DIA-A-DIA SE ALASTRANDO.
FRENTE À ATUAL CONJUNTURA SOCIAL, ONDE A VIOLÊNCIA É UMA PRÁTICA QUASE QUE CONSTANTE NAS ESCOLAS, PAI E MÃE TEM UM PAPEL MUITO IMPORTANTE NA FORMAÇÃO DE VALORES DE SEUS FILHOS. NO SEIO DA FAMÍLIA É ONDE OCORREM AS PRIMEIRAS NOÇÕES DE RESPEITO AO PRÓXIMO, DE VALORAR AS DIFERENÇAS, DE SOCIABILIDADE. OS PAIS SÃO REFERNCIAIS E EM MUITOS CASOS, ESSES REFERNCIAIS SÃO CONTROVERSOS, POR ISSO CADA VEZ MAIS SE PRIMA PELA PRESENÇA DA FAMÍLIA NA ESCOLA. OS GESTORES TÊM POR OBRIGAÇÃO CATIVAR ESSES FAMILIARES, CONHECER O SEU UNIVERSO, PARA PODER DETECTAR, O PORQUÊ DE DETERMINADO ALUNO ASSUMIR UM COMPORTAMENTO ANTISOCIAL, DE REBELDIA. CONHECENDO O COTIDIANO DOS FAMILIARES FICA MAIS FÁCIL ENTENDER E PROCURAR, JUNTO À FAMÍLIA, MOLDAR OS ALUNOS PROBLEMAS .
Segundo Sonia das Graças Oliveira Silva, “ Hoje em dia há a necessidade de a escola estar em perfeita sintonia com a família. A escola é uma instituição que complementa a família e juntas tornam-se lugares agradáveis para a convivência de nossos filhos e alunos. A escola não deveria viver sem a família e nem a família deveria viver sem a escola. Uma depende da outra na tentativa de alcançar o maior objetivo, qual seja, o melhor futuro para o filho e educando e, automaticamente, para toda a sociedade. Um ponto que faz a maior diferença nos resultados da educação nas escolas é a proximidade dos pais no esforço diário dos professores. Infelizmente, são poucas as escolas que podem se orgulhar de ter uma aproximação maior com os pais, ou de realizarem algumas ações neste sentido. “Entretanto, estas ações concretas, visando atrair os pais para a escola, podem ser uma ótima saída para formar melhor os alunos dentro dos padrões de estudos esperados e no sentido da cidadania.”
JÁ ESTÁ COMPROVADO QUE QUANDO OS FAMÍLIARES ACOMPANHAM A VIDA ESCOLAR DE SEUS FILHOS, ESTES ABSORVEM MAIS CONHECIMENTOS, SÃO MAIS SOCIÁVEIS. NÃO PODEMOS DESPREZAR A PRESENÇA E A AJUDA DOS RESPONSÁVEIS POR NOSSOS ALUNOS.TEMOS QUE TORNÁ-LOS EM NOSSOS ALIADOS. COM CERTEZA, TRAZENDO ESSES FAMILIARES PARA JUNTO DA ESCOLA, EVITAREMOS UM NÚMERO MAIOR DE REPETÊNCIA, DE EVASÃO E ATÉ MESMO DE VIOLÊNCIA.
Aí entra a parceria família/escola. Uma conversa franca dos professores com os pais, em reuniões simples, organizadas, onde é permitido aos pais falarem e opinarem sobre todos os assuntos, será de grande valia na tentativa de entender melhor os filhos/alunos. A construção desta parceria deveria partir dos professores, visando, com a proximidade dos pais na escola, que a família esteja cada vez mais preparada para ajudar seus filhos.  COM ESSE PROJETO PRETENDE-SE QUE PAIS E ESCOLA TORNEM PARCEIROS, PARA JUNTOS CONSTRUIREM UM CIDADÃO MELHOR, IMBUÍDOS DE VALORES ACEITÁVEIS PELA SOCIEDADE.
4.PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS Para o desenvolvimento do presente projeto poderão ser utilizados os procedimentos abaixo citados: Realização de convites destinados aos familiares; Pesquisa acerca do cotidiano dos familiares dos alunos da escola; Dramatização, vídeos interativos, dinâmicas de grupo; Realização de videoconferência, envolvendo outras realidades.
5. CONTEÚDOS E ÁREAS CURRICULARES ENVOLVIDAS ARTE:  responsável pelas dinâmicas e dramatização; HISTÓRIA: pesquisa do modo de vida dos familiares envolvidos; GEOGRAFIA:  localização residencial dos familiares; PORTUGUÊS: produção textual e análise lingüística; MATEMÁTICA: estatística BIOLOGIA: árvore genealógica ED. FÍSICA: jogos e dinâmicas
6. CULMINÂNCIA DO PROJETO: As atividades envolvendo os familiares dar-se-iam em 3 etapas: No primeiro, os pais serão convocados para um momento de lazer na escola, segundo, os irão interagir juntamente com seus filhos e professores e num terceiro momento, os familiares encontrar-se-ão com o corpo docente da escola, afim de selarem confianças e parcerias. 7. AVALIAÇÃO Será feita durantes todos os eventos. 8. CRONOGRAMA Durante todo o período letivo

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

A Família e a Escola
A Família e a EscolaA Família e a Escola
A Família e a Escola
ALTAIR GERMANO
 
Reflexões sobre a relação família escola
Reflexões sobre a relação família escolaReflexões sobre a relação família escola
Reflexões sobre a relação família escola
Sonia Piaya
 
TCC - RELAÇÃO FAMÍLIA E ESCOLA
TCC - RELAÇÃO FAMÍLIA E ESCOLATCC - RELAÇÃO FAMÍLIA E ESCOLA
TCC - RELAÇÃO FAMÍLIA E ESCOLA
JJOAOPAULO7
 
A família e a escola na formação integral
A família e a escola na formação integralA família e a escola na formação integral
A família e a escola na formação integral
Dianaricardo28
 
O papel da família na educação dos filhos
O papel da família na educação dos filhosO papel da família na educação dos filhos
O papel da família na educação dos filhos
Marta Lemos
 
Reunião de pais
Reunião de paisReunião de pais
Reunião de pais
Rosangela Moreira
 
Reunião de pais educação infantil
Reunião de pais educação infantilReunião de pais educação infantil
Reunião de pais educação infantil
Jeovany Anjos
 
Projeto escola de pais primeiro encontro - disciplina, limites e rotina
Projeto escola de pais primeiro encontro - disciplina, limites e rotinaProjeto escola de pais primeiro encontro - disciplina, limites e rotina
Projeto escola de pais primeiro encontro - disciplina, limites e rotina
Anaí Peña
 
Escola e família
Escola e famíliaEscola e família
Escola e família
Arethusa Dantas
 
Palestra EC46 - Limites em casa e na escola
Palestra   EC46 - Limites em casa e na escolaPalestra   EC46 - Limites em casa e na escola
Palestra EC46 - Limites em casa e na escola
Anaí Peña
 
A relação família-escola
A relação família-escolaA relação família-escola
A relação família-escola
Thiago de Almeida
 
1 apresentação reunião de pais
1 apresentação reunião de pais1 apresentação reunião de pais
1 apresentação reunião de pais
Colmanetti
 
Apresentacão para Reuniao de pais em powerpoint
Apresentacão para Reuniao de pais em powerpointApresentacão para Reuniao de pais em powerpoint
Apresentacão para Reuniao de pais em powerpoint
Natalia Pina
 
Reunião de pais
Reunião de paisReunião de pais
Reunião de pais
Roseli Tejo
 
Reunião de pais
Reunião de paisReunião de pais
Reunião de pais
Daniela Marckevitz
 
Amar é acolher 1ª reunião
Amar é acolher 1ª reuniãoAmar é acolher 1ª reunião
Amar é acolher 1ª reunião
Simone Liberato CupcakeKids
 
Reunião de pais e mestres : Alguns segredos da arte de educar!
Reunião de pais e mestres : Alguns segredos da arte de educar!Reunião de pais e mestres : Alguns segredos da arte de educar!
Reunião de pais e mestres : Alguns segredos da arte de educar!
Alzeni Araújo
 
Importância da parceria família/escola no desenvolvimento e aprendizagem das ...
Importância da parceria família/escola no desenvolvimento e aprendizagem das ...Importância da parceria família/escola no desenvolvimento e aprendizagem das ...
Importância da parceria família/escola no desenvolvimento e aprendizagem das ...
Elisandra Manfroi
 
Reunião de pais
Reunião de paisReunião de pais
Reunião de pais
marcioprette
 
Folder REUNIÃO DE PAIS
Folder REUNIÃO DE PAISFolder REUNIÃO DE PAIS
Folder REUNIÃO DE PAIS
QUEDMA SILVA
 

Mais procurados (20)

A Família e a Escola
A Família e a EscolaA Família e a Escola
A Família e a Escola
 
Reflexões sobre a relação família escola
Reflexões sobre a relação família escolaReflexões sobre a relação família escola
Reflexões sobre a relação família escola
 
TCC - RELAÇÃO FAMÍLIA E ESCOLA
TCC - RELAÇÃO FAMÍLIA E ESCOLATCC - RELAÇÃO FAMÍLIA E ESCOLA
TCC - RELAÇÃO FAMÍLIA E ESCOLA
 
A família e a escola na formação integral
A família e a escola na formação integralA família e a escola na formação integral
A família e a escola na formação integral
 
O papel da família na educação dos filhos
O papel da família na educação dos filhosO papel da família na educação dos filhos
O papel da família na educação dos filhos
 
Reunião de pais
Reunião de paisReunião de pais
Reunião de pais
 
Reunião de pais educação infantil
Reunião de pais educação infantilReunião de pais educação infantil
Reunião de pais educação infantil
 
Projeto escola de pais primeiro encontro - disciplina, limites e rotina
Projeto escola de pais primeiro encontro - disciplina, limites e rotinaProjeto escola de pais primeiro encontro - disciplina, limites e rotina
Projeto escola de pais primeiro encontro - disciplina, limites e rotina
 
Escola e família
Escola e famíliaEscola e família
Escola e família
 
Palestra EC46 - Limites em casa e na escola
Palestra   EC46 - Limites em casa e na escolaPalestra   EC46 - Limites em casa e na escola
Palestra EC46 - Limites em casa e na escola
 
A relação família-escola
A relação família-escolaA relação família-escola
A relação família-escola
 
1 apresentação reunião de pais
1 apresentação reunião de pais1 apresentação reunião de pais
1 apresentação reunião de pais
 
Apresentacão para Reuniao de pais em powerpoint
Apresentacão para Reuniao de pais em powerpointApresentacão para Reuniao de pais em powerpoint
Apresentacão para Reuniao de pais em powerpoint
 
Reunião de pais
Reunião de paisReunião de pais
Reunião de pais
 
Reunião de pais
Reunião de paisReunião de pais
Reunião de pais
 
Amar é acolher 1ª reunião
Amar é acolher 1ª reuniãoAmar é acolher 1ª reunião
Amar é acolher 1ª reunião
 
Reunião de pais e mestres : Alguns segredos da arte de educar!
Reunião de pais e mestres : Alguns segredos da arte de educar!Reunião de pais e mestres : Alguns segredos da arte de educar!
Reunião de pais e mestres : Alguns segredos da arte de educar!
 
Importância da parceria família/escola no desenvolvimento e aprendizagem das ...
Importância da parceria família/escola no desenvolvimento e aprendizagem das ...Importância da parceria família/escola no desenvolvimento e aprendizagem das ...
Importância da parceria família/escola no desenvolvimento e aprendizagem das ...
 
Reunião de pais
Reunião de paisReunião de pais
Reunião de pais
 
Folder REUNIÃO DE PAIS
Folder REUNIÃO DE PAISFolder REUNIÃO DE PAIS
Folder REUNIÃO DE PAIS
 

Destaque

ReuniãO De Pais 2009
ReuniãO De Pais 2009ReuniãO De Pais 2009
ReuniãO De Pais 2009
Governo de Rondônia
 
Preleção família e escola
Preleção família e escolaPreleção família e escola
Preleção família e escola
Lucas dos Santos Carvalho
 
Pais Filhos Escola
Pais Filhos EscolaPais Filhos Escola
Deveres dos pais em relação á educação dos
Deveres dos pais em relação á educação dosDeveres dos pais em relação á educação dos
Deveres dos pais em relação á educação dos
Leonarda Macedo
 
Família e escola
Família e escolaFamília e escola
Família e escola
Braz Paulo
 
Mensagem Reunião Pública 12/05/2010
Mensagem Reunião Pública 12/05/2010Mensagem Reunião Pública 12/05/2010
Mensagem Reunião Pública 12/05/2010
AEAK São José do Rio Preto
 
Mensagem Reunião Pública 17/11/2010
Mensagem Reunião Pública 17/11/2010Mensagem Reunião Pública 17/11/2010
Mensagem Reunião Pública 17/11/2010
AEAK São José do Rio Preto
 
Familia e escola
Familia e escolaFamilia e escola
Familia e escola
Claudio Santos
 
Drogas e descrimanção
Drogas e descrimançãoDrogas e descrimanção
Drogas e descrimanção
Edleuda Maria Costa
 
OS PAIS E A ESCOLA PARA TODOS (FORMOSINHO)
OS PAIS E A ESCOLA PARA TODOS (FORMOSINHO)OS PAIS E A ESCOLA PARA TODOS (FORMOSINHO)
OS PAIS E A ESCOLA PARA TODOS (FORMOSINHO)
eduardosequeira
 
02 a educação e a escola
02 a educação e a escola02 a educação e a escola
02 a educação e a escola
GLEYDSON ROCHA
 
A familia e a escola
A familia e a escolaA familia e a escola
A familia e a escola
Tania Alexandra Martins
 
Normas da-apa
Normas da-apaNormas da-apa
Normas da-apa
Paula Maia
 
III REUNIÃO PEDAGÓGICA Ciep 230 Retorno EJA
III REUNIÃO PEDAGÓGICA Ciep 230  Retorno EJAIII REUNIÃO PEDAGÓGICA Ciep 230  Retorno EJA
III REUNIÃO PEDAGÓGICA Ciep 230 Retorno EJA
ANA CRISTINA
 
Familia_Escola
Familia_EscolaFamilia_Escola
Familia_Escola
simpala
 
Slaid eliete
Slaid elieteSlaid eliete
Slaid eliete
elietenunesgordiano
 
Reuniao de pais_-_projeto_a_paz_ao_alcance_de_todos
Reuniao de pais_-_projeto_a_paz_ao_alcance_de_todosReuniao de pais_-_projeto_a_paz_ao_alcance_de_todos
Reuniao de pais_-_projeto_a_paz_ao_alcance_de_todos
cepmaio
 
Reuniao de pais do pre-escolar e creche
Reuniao de pais do pre-escolar e crecheReuniao de pais do pre-escolar e creche
Reuniao de pais do pre-escolar e creche
Sara Marques
 
Educação dos Filhos.pps
Educação dos Filhos.ppsEducação dos Filhos.pps
Educação dos Filhos.pps
Herbert de Carvalho
 
Mensagem Reunião Pública 28/03/2012
Mensagem Reunião Pública 28/03/2012Mensagem Reunião Pública 28/03/2012
Mensagem Reunião Pública 28/03/2012
Associação Espírita Allan Kardec
 

Destaque (20)

ReuniãO De Pais 2009
ReuniãO De Pais 2009ReuniãO De Pais 2009
ReuniãO De Pais 2009
 
Preleção família e escola
Preleção família e escolaPreleção família e escola
Preleção família e escola
 
Pais Filhos Escola
Pais Filhos EscolaPais Filhos Escola
Pais Filhos Escola
 
Deveres dos pais em relação á educação dos
Deveres dos pais em relação á educação dosDeveres dos pais em relação á educação dos
Deveres dos pais em relação á educação dos
 
Família e escola
Família e escolaFamília e escola
Família e escola
 
Mensagem Reunião Pública 12/05/2010
Mensagem Reunião Pública 12/05/2010Mensagem Reunião Pública 12/05/2010
Mensagem Reunião Pública 12/05/2010
 
Mensagem Reunião Pública 17/11/2010
Mensagem Reunião Pública 17/11/2010Mensagem Reunião Pública 17/11/2010
Mensagem Reunião Pública 17/11/2010
 
Familia e escola
Familia e escolaFamilia e escola
Familia e escola
 
Drogas e descrimanção
Drogas e descrimançãoDrogas e descrimanção
Drogas e descrimanção
 
OS PAIS E A ESCOLA PARA TODOS (FORMOSINHO)
OS PAIS E A ESCOLA PARA TODOS (FORMOSINHO)OS PAIS E A ESCOLA PARA TODOS (FORMOSINHO)
OS PAIS E A ESCOLA PARA TODOS (FORMOSINHO)
 
02 a educação e a escola
02 a educação e a escola02 a educação e a escola
02 a educação e a escola
 
A familia e a escola
A familia e a escolaA familia e a escola
A familia e a escola
 
Normas da-apa
Normas da-apaNormas da-apa
Normas da-apa
 
III REUNIÃO PEDAGÓGICA Ciep 230 Retorno EJA
III REUNIÃO PEDAGÓGICA Ciep 230  Retorno EJAIII REUNIÃO PEDAGÓGICA Ciep 230  Retorno EJA
III REUNIÃO PEDAGÓGICA Ciep 230 Retorno EJA
 
Familia_Escola
Familia_EscolaFamilia_Escola
Familia_Escola
 
Slaid eliete
Slaid elieteSlaid eliete
Slaid eliete
 
Reuniao de pais_-_projeto_a_paz_ao_alcance_de_todos
Reuniao de pais_-_projeto_a_paz_ao_alcance_de_todosReuniao de pais_-_projeto_a_paz_ao_alcance_de_todos
Reuniao de pais_-_projeto_a_paz_ao_alcance_de_todos
 
Reuniao de pais do pre-escolar e creche
Reuniao de pais do pre-escolar e crecheReuniao de pais do pre-escolar e creche
Reuniao de pais do pre-escolar e creche
 
Educação dos Filhos.pps
Educação dos Filhos.ppsEducação dos Filhos.pps
Educação dos Filhos.pps
 
Mensagem Reunião Pública 28/03/2012
Mensagem Reunião Pública 28/03/2012Mensagem Reunião Pública 28/03/2012
Mensagem Reunião Pública 28/03/2012
 

Semelhante a Família e escola

Cartilha1
Cartilha1Cartilha1
Cartilha1
daiane123456
 
Cartilha1
Cartilha1Cartilha1
Cartilha1
daiane123456
 
Cartilha1
Cartilha1Cartilha1
Cartilha1
daiane123456
 
Cartilha1
Cartilha1Cartilha1
Cartilha1
daiane123456
 
Cartilha1
Cartilha1Cartilha1
Cartilha1
daiane123456
 
Cartilha1
Cartilha1Cartilha1
Cartilha1
daiane123456
 
A importância da construção de valores na família e na escola
A importância da construção de valores na família e na escolaA importância da construção de valores na família e na escola
A importância da construção de valores na família e na escola
Maria Deuza dos Santos
 
Cartilha nova baixa_resoluo138x210
Cartilha nova baixa_resoluo138x210Cartilha nova baixa_resoluo138x210
Cartilha nova baixa_resoluo138x210
Pinotticias
 
Que alternativas poderiam promover a integração da família na escola?
Que alternativas poderiam promover a integração da família na escola?Que alternativas poderiam promover a integração da família na escola?
Que alternativas poderiam promover a integração da família na escola?
Elisandra Manfroi
 
303cartilha zir alta_resolucao_santa_catarina
303cartilha zir alta_resolucao_santa_catarina303cartilha zir alta_resolucao_santa_catarina
303cartilha zir alta_resolucao_santa_catarina
EEBElzaGranzottoFerraz
 
9519_e6d6a7f684e83522576f345076ccfe74.pdf
9519_e6d6a7f684e83522576f345076ccfe74.pdf9519_e6d6a7f684e83522576f345076ccfe74.pdf
9519_e6d6a7f684e83522576f345076ccfe74.pdf
lucianolima928764
 
Entrepalavras3 julho 2014 final - JORNAL DO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS JOSÉ SILV...
Entrepalavras3  julho 2014 final - JORNAL DO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS JOSÉ SILV...Entrepalavras3  julho 2014 final - JORNAL DO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS JOSÉ SILV...
Entrepalavras3 julho 2014 final - JORNAL DO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS JOSÉ SILV...
Dores Pinto
 
melhores-praticas-para-aproximar-os-pais-do-aprendizado-dos-alunos.pdf
melhores-praticas-para-aproximar-os-pais-do-aprendizado-dos-alunos.pdfmelhores-praticas-para-aproximar-os-pais-do-aprendizado-dos-alunos.pdf
melhores-praticas-para-aproximar-os-pais-do-aprendizado-dos-alunos.pdf
JOSELITOFELIXBARBOSA
 
Escola e família em parceria palestra norma
Escola e família em parceria palestra normaEscola e família em parceria palestra norma
Escola e família em parceria palestra norma
veraelaine
 
Escola e Família
Escola e FamíliaEscola e Família
Escola e Família
Gecianne Lima
 
A parceria escola e família e as possibilidades para a aprendizagem
A parceria escola e família e as possibilidades para a aprendizagemA parceria escola e família e as possibilidades para a aprendizagem
A parceria escola e família e as possibilidades para a aprendizagem
UNEB
 
A IMPORTÂNCIA DO CONVÍVIO FAMILIAR ENTRE PAIS E FILHOS DE 0 A 4 ANOS
A IMPORTÂNCIA DO CONVÍVIO FAMILIAR ENTRE PAIS E FILHOS DE 0 A 4 ANOSA IMPORTÂNCIA DO CONVÍVIO FAMILIAR ENTRE PAIS E FILHOS DE 0 A 4 ANOS
A IMPORTÂNCIA DO CONVÍVIO FAMILIAR ENTRE PAIS E FILHOS DE 0 A 4 ANOS
flaviaalessio
 
Jornal maio
Jornal maioJornal maio
Comunidade Escolar e Pais, parceiros na aprendizagem
Comunidade Escolar e Pais, parceiros na aprendizagemComunidade Escolar e Pais, parceiros na aprendizagem
Comunidade Escolar e Pais, parceiros na aprendizagem
celiaregiane
 
Progestão 1
Progestão 1Progestão 1
Progestão 1
progestaoanguera
 

Semelhante a Família e escola (20)

Cartilha1
Cartilha1Cartilha1
Cartilha1
 
Cartilha1
Cartilha1Cartilha1
Cartilha1
 
Cartilha1
Cartilha1Cartilha1
Cartilha1
 
Cartilha1
Cartilha1Cartilha1
Cartilha1
 
Cartilha1
Cartilha1Cartilha1
Cartilha1
 
Cartilha1
Cartilha1Cartilha1
Cartilha1
 
A importância da construção de valores na família e na escola
A importância da construção de valores na família e na escolaA importância da construção de valores na família e na escola
A importância da construção de valores na família e na escola
 
Cartilha nova baixa_resoluo138x210
Cartilha nova baixa_resoluo138x210Cartilha nova baixa_resoluo138x210
Cartilha nova baixa_resoluo138x210
 
Que alternativas poderiam promover a integração da família na escola?
Que alternativas poderiam promover a integração da família na escola?Que alternativas poderiam promover a integração da família na escola?
Que alternativas poderiam promover a integração da família na escola?
 
303cartilha zir alta_resolucao_santa_catarina
303cartilha zir alta_resolucao_santa_catarina303cartilha zir alta_resolucao_santa_catarina
303cartilha zir alta_resolucao_santa_catarina
 
9519_e6d6a7f684e83522576f345076ccfe74.pdf
9519_e6d6a7f684e83522576f345076ccfe74.pdf9519_e6d6a7f684e83522576f345076ccfe74.pdf
9519_e6d6a7f684e83522576f345076ccfe74.pdf
 
Entrepalavras3 julho 2014 final - JORNAL DO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS JOSÉ SILV...
Entrepalavras3  julho 2014 final - JORNAL DO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS JOSÉ SILV...Entrepalavras3  julho 2014 final - JORNAL DO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS JOSÉ SILV...
Entrepalavras3 julho 2014 final - JORNAL DO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS JOSÉ SILV...
 
melhores-praticas-para-aproximar-os-pais-do-aprendizado-dos-alunos.pdf
melhores-praticas-para-aproximar-os-pais-do-aprendizado-dos-alunos.pdfmelhores-praticas-para-aproximar-os-pais-do-aprendizado-dos-alunos.pdf
melhores-praticas-para-aproximar-os-pais-do-aprendizado-dos-alunos.pdf
 
Escola e família em parceria palestra norma
Escola e família em parceria palestra normaEscola e família em parceria palestra norma
Escola e família em parceria palestra norma
 
Escola e Família
Escola e FamíliaEscola e Família
Escola e Família
 
A parceria escola e família e as possibilidades para a aprendizagem
A parceria escola e família e as possibilidades para a aprendizagemA parceria escola e família e as possibilidades para a aprendizagem
A parceria escola e família e as possibilidades para a aprendizagem
 
A IMPORTÂNCIA DO CONVÍVIO FAMILIAR ENTRE PAIS E FILHOS DE 0 A 4 ANOS
A IMPORTÂNCIA DO CONVÍVIO FAMILIAR ENTRE PAIS E FILHOS DE 0 A 4 ANOSA IMPORTÂNCIA DO CONVÍVIO FAMILIAR ENTRE PAIS E FILHOS DE 0 A 4 ANOS
A IMPORTÂNCIA DO CONVÍVIO FAMILIAR ENTRE PAIS E FILHOS DE 0 A 4 ANOS
 
Jornal maio
Jornal maioJornal maio
Jornal maio
 
Comunidade Escolar e Pais, parceiros na aprendizagem
Comunidade Escolar e Pais, parceiros na aprendizagemComunidade Escolar e Pais, parceiros na aprendizagem
Comunidade Escolar e Pais, parceiros na aprendizagem
 
Progestão 1
Progestão 1Progestão 1
Progestão 1
 

Mais de Edleuda Maria Costa

Minhas montagens
Minhas montagensMinhas montagens
Minhas montagens
Edleuda Maria Costa
 
Arte
ArteArte
Maravilhoso momento
Maravilhoso momentoMaravilhoso momento
Maravilhoso momento
Edleuda Maria Costa
 
Lindas imagens
Lindas imagensLindas imagens
Lindas imagens
Edleuda Maria Costa
 
A natureza
A naturezaA natureza
Dadaísmo trabalho de artes2
Dadaísmo trabalho de artes2Dadaísmo trabalho de artes2
Dadaísmo trabalho de artes2
Edleuda Maria Costa
 

Mais de Edleuda Maria Costa (7)

Minhas montagens
Minhas montagensMinhas montagens
Minhas montagens
 
Arte
ArteArte
Arte
 
Maravilhoso momento
Maravilhoso momentoMaravilhoso momento
Maravilhoso momento
 
Lindas imagens
Lindas imagensLindas imagens
Lindas imagens
 
A natureza
A naturezaA natureza
A natureza
 
Dadaísmo trabalho de artes2
Dadaísmo trabalho de artes2Dadaísmo trabalho de artes2
Dadaísmo trabalho de artes2
 
Documento
DocumentoDocumento
Documento
 

Família e escola

  • 2. FAMÍLIA E ESCOLA: UM SÓ SEGMENTO EDILEUDA MARIA COSTA SOUSA BACABAL/MARANHÃO 19/10/2011
  • 3. JUSTIFICATIVA Uma escola para ser democrática, tem que propiciar uma estrutura prazerosa para receber tanto o aluno quanto aos pais destes, ela tem antes de tudo constituírem-se numa extensão da casa desses alunos, mas uma extensão que ofereça, além de conhecimento, um ambiente de paz , respeito e aconchego, que valorize seus anseios, direitos e capacidade de aprendizagem. Mas, só se pode ter uma escola-extensão se os pais desses alunos fizerem parte desse contexto. Há uma necessidade urgente de se trazer esses pais para o seio da escola, mas para que tal processo se desenvolva, precisa-se de um planejamento prévio e que se mude o conteúdo das reuniões de pais e mestre. Em vez de chamá-los para só reclamar dos seus filhos, que estes sejam convocados para um dia de lazer na escola do seu filho, com dinâmicas que os insira de verdade na vida escolar de suas crianças, que se conquistem esses pais, que ganhemos suas confianças, só assim, nos mostrando sem amarras é que talvez os tragam para a escola. O que se percebe em reuniões de pais, e um número insignificante de suas presenças e os poucos que vão, chegam apressados, mais preocupados com a roupa que ficou para lavar, com o almoço, preocupados com tudo, menos com os filhos. Mas, será que essa é mesmo a realidade desses pais, desinteresse pela educação de seus filhos? Será que por trás dessa presa não se esconde o medo de só ouvir reclamações do seu filho, medo de que seus vizinhos tomem conhecimento do comportamento do seu filho na escola e tudo se espalhe pelo bairro, o que é muito comum em bairros? Precisamos mudar a prática dessas reuniões e nos tornar aliados dos pais de nossos clientes ( alunos).
  • 4. OBJETIVOS 2.1.GERAL: INSERIR OS PAIS NO COTIDIANO ESCOLAR DE SEUS FILHOS PARA QUE ESTES SINTAM O QUANTO O SEU FUTURO E IMPORTANTE PARA ELES. 2.2. ESPECÍFICOS: IDENTIFICAR OS MOTIVOS QUE AFASTAM OS PAIS DA ESCOLA; COMPREENDER E RESPEITAR A INDIVIDUALIDADE DE CADA PAIS; DISCUTIR COM ELES A MELHOR FORMA DE LIDAR COM SEUS FILHOS; PERMITIR QUE OS MESMOS SE MANIFESTEM CONTRA OU A FAVOR DE ALGUMA MEDIDA TOMADA PELA ESCOLA; FAZER COM QUE OS PAIS PERCEBAM QUÃO IMPORTANTES É A SUA PRESENÇA NA ESCOLA; PROMOVER MOMENTOS DE LAZER COM ELES; DEIXAR QUE ELES OPINASSEM QUAL HORÁRIO LHES É APROPRIADO PARA AS REUNIÕES DE PAIS E MESTRE; PARTILHAR COM ELES OS PPROBLEMAS DE APRENDIZAGEM DE SEUS FILHOS.
  • 5. 3.FUNDAMENTOS TEÓRICO-METODOLÓGICO O PRINCIPAL E PRIMEIRO OBJETIVO DE UMA ESCOLA É SERVIR A CAMUNIDADE EM QUE ELA ESTÁ INSERIDA E COM TAL, OBRIGA-SE A PRESTAR CONTA DE SEUS PASSOS À SUA CLIENTELA. UMA ESCOLA DEMOCRÁTICA TRÁS EM SEU BOJO CURRICULAR A CONFIANÇA EXTREMADA DOS PAIS EM RELAÇOES ÀS SUAS DECISÕE PEDAGÓGICAS. PARTINDO DESSE PRESSUPOSTO TORNA-SE INDISPENSÁVEL À PARTICIPAÇÃO DOS PAIS NA ESCOLA E CONSEQUENTEMENTE NO ENSINO-APRENDIZAGEM DE SEUS FILHOS. ESCOLA E PAIS TÊEM QUE DAR-SE AS MÃOS, ESSA PARCERIA É IMPRESCINDÍVEL. A LEI DE DIRETRIZES E BASES DA EDUCAÇÃO NACIONAL DEIXA CLARO QUE É OBRIGAÇÃO DA ESCOLA CRIAR ESTÍMULOS PARA APROXIMAR OS FAMILIARES DE SEUS ALUNOS DO AMBIENTE ESCOLAR, FAZER COM QUE ELES TENHAM ACESSO AO REGIMENTO DA ESCOLA, À SUA GRADE CURRICULAR, QUE DECIDA SOBRE A MERENDA OFERECIDA PELA ESCOLA. A FAMÍLIA TEM UMA PARTICIPAÇÃO ÍNFIMA NAS DECISÕES TOMADAS PELOS GESTORES, A INCLUSÃO DE UMA PEQUENA PARCELA DOS PAIS NO PROGRAMA DA CAIXA ESCOLAR E NAS ELEIÇÕES PARA O COLEGIADO É POUCO, ISSO NÃO OS TORNA DE FATO INSERIDOS NO PROCESSO ADMINISTRATIVO-SOCIAL DA ESCOLA. PAIS E ESCOLAS TÊEM DE SER PARCEIROS, A ESCOLA TEM POR OBRIGAÇÃO DE SER TRANSPARENTE EM SEUS ATOS. A PRESTAÇÃO DE CONTA TEM QUE SER EXTENSIVA À COMUNIDADE PARA QUE NÃO HAJA DESCONFIANÇA.
  • 6. MUITO SE ESCUTA, PAIS FALAREM MAL DA ESCOLA PÚBLICA E ESCOLA CULPAR OS MESMOS PELO DESCASO DA EDUCAÇÃO DE SEUS FILHOS. É CHEGADA A HORA DE REVERTER ESSE IMPASSE, DE DESCOBRIR POR QUE A ESCOLA PÚBLICA REPRESENTA TÃO POUCO PARA ESSES PAIS, AO PONTO DE NÃO ACOMPANHAR A VIDA ESCOLAR DOS FILHOS, COMO O FAZEM NA PARTICULAR, OS PROFESSORES DA REDE PRIVADA, QUASE QUE NA SUA TOTALIDADE, SÃO TAMBÉM PROFESSORES DA REDE PÚBLICA, PORTANTO ESTÃO NO MESMO PATAMAR DE CONHECIMENTOS, DE MÉTODOS E ESTRATÉGIAS, EMBORA NESSAS ENTIDADES, HAJA UM SUPORTE MAIOR.ESTÁ NA HORA DA ESCOLA DESCOBRIR SE ELA NÃO SENDO OMISSA COM ESSES PAIS. ESCOLA TAMBÉM AFASTA OS PAIS. NECESSARIAMENTE OS PAIS PRECISAM INSERIR-SE NO HABITAT ESCOLAR DE SEUS FILHOS, COM CERTEZA A PRESENÇA DELES IRÁ CONTRIBUIR, NÃO SÓ PARA MELHORAR O SEU APRENDIZADO, MAS, SOBRETUDO IRÁ INFLUIR EM SEUS COMPORTAMENTOS, DIMINUINDO ASSIM A VIOLÊNCIA ESCOLAR QUE VEM DIA-A-DIA SE ALASTRANDO.
  • 7. FRENTE À ATUAL CONJUNTURA SOCIAL, ONDE A VIOLÊNCIA É UMA PRÁTICA QUASE QUE CONSTANTE NAS ESCOLAS, PAI E MÃE TEM UM PAPEL MUITO IMPORTANTE NA FORMAÇÃO DE VALORES DE SEUS FILHOS. NO SEIO DA FAMÍLIA É ONDE OCORREM AS PRIMEIRAS NOÇÕES DE RESPEITO AO PRÓXIMO, DE VALORAR AS DIFERENÇAS, DE SOCIABILIDADE. OS PAIS SÃO REFERNCIAIS E EM MUITOS CASOS, ESSES REFERNCIAIS SÃO CONTROVERSOS, POR ISSO CADA VEZ MAIS SE PRIMA PELA PRESENÇA DA FAMÍLIA NA ESCOLA. OS GESTORES TÊM POR OBRIGAÇÃO CATIVAR ESSES FAMILIARES, CONHECER O SEU UNIVERSO, PARA PODER DETECTAR, O PORQUÊ DE DETERMINADO ALUNO ASSUMIR UM COMPORTAMENTO ANTISOCIAL, DE REBELDIA. CONHECENDO O COTIDIANO DOS FAMILIARES FICA MAIS FÁCIL ENTENDER E PROCURAR, JUNTO À FAMÍLIA, MOLDAR OS ALUNOS PROBLEMAS .
  • 8. Segundo Sonia das Graças Oliveira Silva, “ Hoje em dia há a necessidade de a escola estar em perfeita sintonia com a família. A escola é uma instituição que complementa a família e juntas tornam-se lugares agradáveis para a convivência de nossos filhos e alunos. A escola não deveria viver sem a família e nem a família deveria viver sem a escola. Uma depende da outra na tentativa de alcançar o maior objetivo, qual seja, o melhor futuro para o filho e educando e, automaticamente, para toda a sociedade. Um ponto que faz a maior diferença nos resultados da educação nas escolas é a proximidade dos pais no esforço diário dos professores. Infelizmente, são poucas as escolas que podem se orgulhar de ter uma aproximação maior com os pais, ou de realizarem algumas ações neste sentido. “Entretanto, estas ações concretas, visando atrair os pais para a escola, podem ser uma ótima saída para formar melhor os alunos dentro dos padrões de estudos esperados e no sentido da cidadania.”
  • 9. JÁ ESTÁ COMPROVADO QUE QUANDO OS FAMÍLIARES ACOMPANHAM A VIDA ESCOLAR DE SEUS FILHOS, ESTES ABSORVEM MAIS CONHECIMENTOS, SÃO MAIS SOCIÁVEIS. NÃO PODEMOS DESPREZAR A PRESENÇA E A AJUDA DOS RESPONSÁVEIS POR NOSSOS ALUNOS.TEMOS QUE TORNÁ-LOS EM NOSSOS ALIADOS. COM CERTEZA, TRAZENDO ESSES FAMILIARES PARA JUNTO DA ESCOLA, EVITAREMOS UM NÚMERO MAIOR DE REPETÊNCIA, DE EVASÃO E ATÉ MESMO DE VIOLÊNCIA.
  • 10. Aí entra a parceria família/escola. Uma conversa franca dos professores com os pais, em reuniões simples, organizadas, onde é permitido aos pais falarem e opinarem sobre todos os assuntos, será de grande valia na tentativa de entender melhor os filhos/alunos. A construção desta parceria deveria partir dos professores, visando, com a proximidade dos pais na escola, que a família esteja cada vez mais preparada para ajudar seus filhos. COM ESSE PROJETO PRETENDE-SE QUE PAIS E ESCOLA TORNEM PARCEIROS, PARA JUNTOS CONSTRUIREM UM CIDADÃO MELHOR, IMBUÍDOS DE VALORES ACEITÁVEIS PELA SOCIEDADE.
  • 11. 4.PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS Para o desenvolvimento do presente projeto poderão ser utilizados os procedimentos abaixo citados: Realização de convites destinados aos familiares; Pesquisa acerca do cotidiano dos familiares dos alunos da escola; Dramatização, vídeos interativos, dinâmicas de grupo; Realização de videoconferência, envolvendo outras realidades.
  • 12. 5. CONTEÚDOS E ÁREAS CURRICULARES ENVOLVIDAS ARTE: responsável pelas dinâmicas e dramatização; HISTÓRIA: pesquisa do modo de vida dos familiares envolvidos; GEOGRAFIA: localização residencial dos familiares; PORTUGUÊS: produção textual e análise lingüística; MATEMÁTICA: estatística BIOLOGIA: árvore genealógica ED. FÍSICA: jogos e dinâmicas
  • 13. 6. CULMINÂNCIA DO PROJETO: As atividades envolvendo os familiares dar-se-iam em 3 etapas: No primeiro, os pais serão convocados para um momento de lazer na escola, segundo, os irão interagir juntamente com seus filhos e professores e num terceiro momento, os familiares encontrar-se-ão com o corpo docente da escola, afim de selarem confianças e parcerias. 7. AVALIAÇÃO Será feita durantes todos os eventos. 8. CRONOGRAMA Durante todo o período letivo