SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 23
Baixar para ler offline
ERGONOMIA & GINÁSTICA LABORAL




        Claudio Nogueira
          Fisioterapeuta
ERGONOMIA
Definição: Adaptação do trabalho ao homem

 Ergo = trabalho nomos = regras (grego)

“Ergonomia é o estudo do relacionamento
  entre o homem e seu trabalho,
  equipamento e ambiente,e particularmente
  a aplicação dos conhecimentos de
  anatomia, fisiologia e psicologia na
  solução dos problemas surgidos desse
  relacionamento”(Ergonomics Research
  Society)
ERGONOMIA
Histórico: 1857 – Polonês Wojciech
Jastrzebowski “Ensaios de ergonomia ou
ciências do trabalho baseado nas leis objetivas
da ciência sobre a natureza”

1915 - aplicada apenas no setor industrial e
militar.

1949 – Criação da Ergonomics Research
Society
ERGONOMIA

NR-17 – 1990 – parâmetros que
"permitam a adaptação das
condições de trabalho às
características psicofisiológicas dos
trabalhadores, de modo a
proporcionar um máximo de
conforto, segurança e desempenho
eficiente"
ERGONOMIA
Condições de trabalho:

Aspectos Ambientais – ruído, temperatura,
luminosidade, vibração, qualidade do ar.

Aspectos Técnicos – máquinas, mobiliário,
layout.

Aspectos Organizacionais – divisão do
trabalho, o número e duração das pausas,
trabalhos em turnos, ritmo de trabalho.
D.O.R.T.
Doença Ocupacional Relacionada ao Trabalho

LER – Índice de afastamento acima de 10%

Degeneração de tecidos – tendões, músculos,
 ligamentos, mais comum em membros
 superiores

Maior incidência em mulheres na fase
 profissional produtiva
D.O.R.T.
Estágio 1 - Dor e cansaço nos membros
  superiores durante o turno de trabalho, com
  melhora nos fins de semana, sem alterações
  no exame físico e com desempenho normal.

Estágio 2 - Dores recorrentes, sensação de
  cansaço persistente e distúrbio do sono, com
  incapacidade para o trabalho repetitivo.
D.O.R.T.
Estágio 3 - Sensação de dor, fadiga e fraqueza
  persistentes, mesmo com repouso. Distúrbios
  do sono e presença de sinais objetivos ao
  exame físico.

Estágio 4 – dor forte e contínua mesmo com o
  membro imobilizado. Incapacidade
  profissional e dificuldade nas atividades de
  vida diária. Invalidez.
D.O.R.T.
Causas - Postura inadequada
       - Uso repetitivo de grupos musculares
       - Estresse
       - Mobiliário inadequado
       - Urgência em executar tarefas
       - Repouso insuficiente
       - Dupla jornada de trabalho
       - Sedentarismo
             O que podemos fazer?
D.O.R.T.
Causas - Postura inadequada
       - Uso repetitivo de grupos musculares
       - Estresse
       - Mobiliário inadequado
       - Urgência em executar tarefas
       - Repouso insuficiente
       - Dupla jornada de trabalho
       - Sedentarismo
             O que podemos fazer?
Postura inadequada
Postura adequada
D.O.R.T.
Causas - Postura inadequada
       - Uso repetitivo de grupos musculares
       - Estresse
       - Mobiliário inadequado
       - Urgência em executar tarefas
       - Repouso insuficiente
       - Dupla jornada de trabalho
       - Sedentarismo
             O que podemos fazer?
GINÁSTICA LABORAL
Histórico
Origem – Japão (1928)
Promovida pelos correios deste país com o
  intuito de descontrair e cultivar a saúde
  entre os carteiros.

No Brasil - foi introduzida por executivos
 nipônicos em 1969, na empresa
 Ishikawajima do Brasil Estaleiros S.A.
 localizada no Rio de Janeiro.
GINÁSTICA LABORAL

- Melhoria da condição de saúde geral de
  todos os funcionários
- Melhor adaptação ao posto de trabalho
- Melhoria na produção (qualitativamente e
  quantitativamente)
- Melhora no clima organizacional
- Diminuição de queixas relativas à dor;
GINÁSTICA LABORAL

- Diminuição na procura ambulatorial
- Diminuição nos acidentes de trabalho
- Diminuição no afastamento por D.O.R.T.
  (LER)
- Melhoria do atendimento ao cliente
  externo.
GINÁSTICA LABORAL
Ginástica preparatória
Realizada antes da jornada de trabalho

Objetivo: preparar o individuo para o inicio
 das atividades laborais

Aquecer os grupos musculares que serão
 solicitados nas suas tarefas
GINÁSTICA LABORAL
Ginástica compensatória
Praticada durante o expediente
Objetivo: aliviar as tensões
          fortalecer os músculos
          interromper a repetitividade
          compensar os esforços evitando a
  fadiga excessiva e conseqüentes
  distúrbios.
GINÁSTICA LABORAL
Ginástica de relaxamento

No final ou após o expediente de trabalho

Objetivo: proporcionar o relaxamento
 muscular e mental dos trabalhadores.
GINÁSTICA LABORAL
Recursos: Música, Bola, Bastão, Dinâmicas...
ALONGAMENTOS
Objetivos
Reduzir o risco de lesões de músculos e
 tendões (tendinites)

Ativa a circulação

Preparar os músculos para o exercício

Facilitar o relaxamento muscular
ALONGAMENTOS
Como realizar:
Respirar suavemente

Movimentos lentos e suaves

Respeite seus limites (sensação de tensão)

Manter na posição por 15 a 30 segundos
OBRIGADO

  claudionogueirafisio@hotmail.com

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Ergonomia -aula
Ergonomia  -aulaErgonomia  -aula
Ergonomia -aula
pamcolbano
 
Modulo4 ergonomia
Modulo4 ergonomiaModulo4 ergonomia
Modulo4 ergonomia
Lucy Jesus
 
Correntes de Ergonomia
Correntes de ErgonomiaCorrentes de Ergonomia
Correntes de Ergonomia
Gabriela Bruno
 

Mais procurados (20)

Ginástica laboral
Ginástica laboralGinástica laboral
Ginástica laboral
 
Ergonomia -aula
Ergonomia  -aulaErgonomia  -aula
Ergonomia -aula
 
Fisioterapia na Saúde do Trabalhador - Ergonomia e Ginástica Laboral
Fisioterapia na Saúde do Trabalhador - Ergonomia e Ginástica LaboralFisioterapia na Saúde do Trabalhador - Ergonomia e Ginástica Laboral
Fisioterapia na Saúde do Trabalhador - Ergonomia e Ginástica Laboral
 
Ergonomia
ErgonomiaErgonomia
Ergonomia
 
Modulo4 ergonomia
Modulo4 ergonomiaModulo4 ergonomia
Modulo4 ergonomia
 
Ergonomia
ErgonomiaErgonomia
Ergonomia
 
Correntes de Ergonomia
Correntes de ErgonomiaCorrentes de Ergonomia
Correntes de Ergonomia
 
Aspectos basicos da ergonomia
Aspectos basicos da ergonomiaAspectos basicos da ergonomia
Aspectos basicos da ergonomia
 
Fisioterapia no trabalho
Fisioterapia no trabalhoFisioterapia no trabalho
Fisioterapia no trabalho
 
Palestra de ergonomia Nr -17
Palestra de ergonomia Nr -17Palestra de ergonomia Nr -17
Palestra de ergonomia Nr -17
 
Aula 5 ler e dort
Aula 5   ler e dortAula 5   ler e dort
Aula 5 ler e dort
 
Ergonomia (40h)
Ergonomia (40h)Ergonomia (40h)
Ergonomia (40h)
 
Ergonomia 2013....
Ergonomia 2013....Ergonomia 2013....
Ergonomia 2013....
 
POWER POINT - ERGONOMIA DO TRABALHO.ppt
POWER POINT - ERGONOMIA DO TRABALHO.pptPOWER POINT - ERGONOMIA DO TRABALHO.ppt
POWER POINT - ERGONOMIA DO TRABALHO.ppt
 
ERGONOMIA
ERGONOMIA  ERGONOMIA
ERGONOMIA
 
NR 17
NR 17NR 17
NR 17
 
Orientação postural no trabalho
Orientação postural no trabalhoOrientação postural no trabalho
Orientação postural no trabalho
 
Ergonomia
ErgonomiaErgonomia
Ergonomia
 
Ergonomia no Trabalho, em Casa e na Vida!
Ergonomia no Trabalho, em Casa e na Vida!Ergonomia no Trabalho, em Casa e na Vida!
Ergonomia no Trabalho, em Casa e na Vida!
 
Ler dort
Ler dortLer dort
Ler dort
 

Semelhante a Ergonomia ginástica laboral

treinamentonr17-230223205200-8eb1d117.pdf
treinamentonr17-230223205200-8eb1d117.pdftreinamentonr17-230223205200-8eb1d117.pdf
treinamentonr17-230223205200-8eb1d117.pdf
Roberto Luna Jr
 
Trabalho sentado riscos ergonomicos para profissionais de bibliotecas arquivo...
Trabalho sentado riscos ergonomicos para profissionais de bibliotecas arquivo...Trabalho sentado riscos ergonomicos para profissionais de bibliotecas arquivo...
Trabalho sentado riscos ergonomicos para profissionais de bibliotecas arquivo...
Diego Proton
 
1188255227 384.medidas de_proteccaoo_e_prevencao
1188255227 384.medidas de_proteccaoo_e_prevencao1188255227 384.medidas de_proteccaoo_e_prevencao
1188255227 384.medidas de_proteccaoo_e_prevencao
Pelo Siro
 
Cartilha curso - orientacao postural - posicao sentada - modulo ii - word
Cartilha   curso - orientacao postural - posicao sentada - modulo ii - wordCartilha   curso - orientacao postural - posicao sentada - modulo ii - word
Cartilha curso - orientacao postural - posicao sentada - modulo ii - word
Fernanda Anderle
 
Asma ocupacional
Asma ocupacionalAsma ocupacional
Asma ocupacional
João (Mg)
 

Semelhante a Ergonomia ginástica laboral (20)

Sht ergonomia
Sht  ergonomiaSht  ergonomia
Sht ergonomia
 
Ergonomia
ErgonomiaErgonomia
Ergonomia
 
Trabalho HST - Riscos Ergonomicos
Trabalho HST - Riscos ErgonomicosTrabalho HST - Riscos Ergonomicos
Trabalho HST - Riscos Ergonomicos
 
Apostila Curso ERGOGL.ppt
Apostila Curso ERGOGL.pptApostila Curso ERGOGL.ppt
Apostila Curso ERGOGL.ppt
 
Aula ergonomia
Aula ergonomiaAula ergonomia
Aula ergonomia
 
Slide de ergonomia
Slide de ergonomiaSlide de ergonomia
Slide de ergonomia
 
treinamentonr17-230223205200-8eb1d117.pdf
treinamentonr17-230223205200-8eb1d117.pdftreinamentonr17-230223205200-8eb1d117.pdf
treinamentonr17-230223205200-8eb1d117.pdf
 
Treinamento NR 17.pptx
Treinamento NR 17.pptxTreinamento NR 17.pptx
Treinamento NR 17.pptx
 
Ginástica Laboral, LER e DORT
Ginástica Laboral, LER e DORTGinástica Laboral, LER e DORT
Ginástica Laboral, LER e DORT
 
Palestra Ergonomia MUITO BOM.pdf
Palestra Ergonomia  MUITO BOM.pdfPalestra Ergonomia  MUITO BOM.pdf
Palestra Ergonomia MUITO BOM.pdf
 
Ergonomia
ErgonomiaErgonomia
Ergonomia
 
Aula ergonomia 1
Aula ergonomia 1Aula ergonomia 1
Aula ergonomia 1
 
ERGONOMIA.pptx
ERGONOMIA.pptxERGONOMIA.pptx
ERGONOMIA.pptx
 
Trabalho sentado riscos ergonomicos para profissionais de bibliotecas arquivo...
Trabalho sentado riscos ergonomicos para profissionais de bibliotecas arquivo...Trabalho sentado riscos ergonomicos para profissionais de bibliotecas arquivo...
Trabalho sentado riscos ergonomicos para profissionais de bibliotecas arquivo...
 
Ginástica Laboral JAYORO.pptx
Ginástica Laboral JAYORO.pptxGinástica Laboral JAYORO.pptx
Ginástica Laboral JAYORO.pptx
 
Aula sobre ergonomia em enfermagem, riscos
Aula sobre ergonomia em enfermagem, riscosAula sobre ergonomia em enfermagem, riscos
Aula sobre ergonomia em enfermagem, riscos
 
1188255227 384.medidas de_proteccaoo_e_prevencao
1188255227 384.medidas de_proteccaoo_e_prevencao1188255227 384.medidas de_proteccaoo_e_prevencao
1188255227 384.medidas de_proteccaoo_e_prevencao
 
Cartilha curso - orientacao postural - posicao sentada - modulo ii - word
Cartilha   curso - orientacao postural - posicao sentada - modulo ii - wordCartilha   curso - orientacao postural - posicao sentada - modulo ii - word
Cartilha curso - orientacao postural - posicao sentada - modulo ii - word
 
ginástica laboral
ginástica laboralginástica laboral
ginástica laboral
 
Asma ocupacional
Asma ocupacionalAsma ocupacional
Asma ocupacional
 

Ergonomia ginástica laboral

  • 1. ERGONOMIA & GINÁSTICA LABORAL Claudio Nogueira Fisioterapeuta
  • 2. ERGONOMIA Definição: Adaptação do trabalho ao homem Ergo = trabalho nomos = regras (grego) “Ergonomia é o estudo do relacionamento entre o homem e seu trabalho, equipamento e ambiente,e particularmente a aplicação dos conhecimentos de anatomia, fisiologia e psicologia na solução dos problemas surgidos desse relacionamento”(Ergonomics Research Society)
  • 3. ERGONOMIA Histórico: 1857 – Polonês Wojciech Jastrzebowski “Ensaios de ergonomia ou ciências do trabalho baseado nas leis objetivas da ciência sobre a natureza” 1915 - aplicada apenas no setor industrial e militar. 1949 – Criação da Ergonomics Research Society
  • 4. ERGONOMIA NR-17 – 1990 – parâmetros que "permitam a adaptação das condições de trabalho às características psicofisiológicas dos trabalhadores, de modo a proporcionar um máximo de conforto, segurança e desempenho eficiente"
  • 5. ERGONOMIA Condições de trabalho: Aspectos Ambientais – ruído, temperatura, luminosidade, vibração, qualidade do ar. Aspectos Técnicos – máquinas, mobiliário, layout. Aspectos Organizacionais – divisão do trabalho, o número e duração das pausas, trabalhos em turnos, ritmo de trabalho.
  • 6. D.O.R.T. Doença Ocupacional Relacionada ao Trabalho LER – Índice de afastamento acima de 10% Degeneração de tecidos – tendões, músculos, ligamentos, mais comum em membros superiores Maior incidência em mulheres na fase profissional produtiva
  • 7. D.O.R.T. Estágio 1 - Dor e cansaço nos membros superiores durante o turno de trabalho, com melhora nos fins de semana, sem alterações no exame físico e com desempenho normal. Estágio 2 - Dores recorrentes, sensação de cansaço persistente e distúrbio do sono, com incapacidade para o trabalho repetitivo.
  • 8. D.O.R.T. Estágio 3 - Sensação de dor, fadiga e fraqueza persistentes, mesmo com repouso. Distúrbios do sono e presença de sinais objetivos ao exame físico. Estágio 4 – dor forte e contínua mesmo com o membro imobilizado. Incapacidade profissional e dificuldade nas atividades de vida diária. Invalidez.
  • 9. D.O.R.T. Causas - Postura inadequada - Uso repetitivo de grupos musculares - Estresse - Mobiliário inadequado - Urgência em executar tarefas - Repouso insuficiente - Dupla jornada de trabalho - Sedentarismo O que podemos fazer?
  • 10. D.O.R.T. Causas - Postura inadequada - Uso repetitivo de grupos musculares - Estresse - Mobiliário inadequado - Urgência em executar tarefas - Repouso insuficiente - Dupla jornada de trabalho - Sedentarismo O que podemos fazer?
  • 13. D.O.R.T. Causas - Postura inadequada - Uso repetitivo de grupos musculares - Estresse - Mobiliário inadequado - Urgência em executar tarefas - Repouso insuficiente - Dupla jornada de trabalho - Sedentarismo O que podemos fazer?
  • 14. GINÁSTICA LABORAL Histórico Origem – Japão (1928) Promovida pelos correios deste país com o intuito de descontrair e cultivar a saúde entre os carteiros. No Brasil - foi introduzida por executivos nipônicos em 1969, na empresa Ishikawajima do Brasil Estaleiros S.A. localizada no Rio de Janeiro.
  • 15. GINÁSTICA LABORAL - Melhoria da condição de saúde geral de todos os funcionários - Melhor adaptação ao posto de trabalho - Melhoria na produção (qualitativamente e quantitativamente) - Melhora no clima organizacional - Diminuição de queixas relativas à dor;
  • 16. GINÁSTICA LABORAL - Diminuição na procura ambulatorial - Diminuição nos acidentes de trabalho - Diminuição no afastamento por D.O.R.T. (LER) - Melhoria do atendimento ao cliente externo.
  • 17. GINÁSTICA LABORAL Ginástica preparatória Realizada antes da jornada de trabalho Objetivo: preparar o individuo para o inicio das atividades laborais Aquecer os grupos musculares que serão solicitados nas suas tarefas
  • 18. GINÁSTICA LABORAL Ginástica compensatória Praticada durante o expediente Objetivo: aliviar as tensões fortalecer os músculos interromper a repetitividade compensar os esforços evitando a fadiga excessiva e conseqüentes distúrbios.
  • 19. GINÁSTICA LABORAL Ginástica de relaxamento No final ou após o expediente de trabalho Objetivo: proporcionar o relaxamento muscular e mental dos trabalhadores.
  • 20. GINÁSTICA LABORAL Recursos: Música, Bola, Bastão, Dinâmicas...
  • 21. ALONGAMENTOS Objetivos Reduzir o risco de lesões de músculos e tendões (tendinites) Ativa a circulação Preparar os músculos para o exercício Facilitar o relaxamento muscular
  • 22. ALONGAMENTOS Como realizar: Respirar suavemente Movimentos lentos e suaves Respeite seus limites (sensação de tensão) Manter na posição por 15 a 30 segundos