SlideShare uma empresa Scribd logo
Brincadeiras tradicionais e
Tipos de Jogos
Profª Regiane Menezes (regis_van@hotmail.com)
Psicomotricidade
Disciplina:
Brincadeiras tradicionais
Expressa-se, principalmente, pela oralidade. Povos
distintos e antigos, como da Grécia e do Oriente,
brincaram de amarelinha, empinar papagaios, jogar
pedrinhas e até hoje as crianças o fazem quase da
mesma forma.
Muitas brincadeiras preservam sua estrutura inicial,
outras modificam-se, recebendo novos conteúdos.
Vamos resgatar nossas brincadeiras tradicionais?
Vamos brincar de elástico?
Tipos de jogos
Jogos de faz-de-conta
Jogos de construção
Jogos de regras
Jogos cooperativos
Jogos de faz-de-conta
Envolvem a representação e a elaboração de papéis (como, por
exemplo, médico, feirante, manicure...), brincadeiras de escolinha
ou de casinha quando a criança pode assumir diversos papéis;
brincadeiras de teatro, mímica, fantoches.
CONSIDERAR: Que este é o espaço para imitar, fantasiar e simular
acontecimentos.
DICAS: Estas brincadeiras são muito ricas e o adulto deve evitar
intervenções. Uma conversa com o grupo após a brincadeira,
deixando-os à vontade para descrever (ou não) os papéis e as
situações representados, tendem a ser experiências muito ricas.
Jogos de construção
Acontecem quando as crianças usam, transformam objetos e materiais variados
(blocos ou sucatas, por exemplo) e criam novos produtos (parque de diversões,
fazenda, engenhocas...)
CONSIDERAR: Nestes jogos as crianças começam a entrar em contato com o
mundo social e a desenvolver níveis mais complexos de inteligência através do
desenvolvimento de suas capacidades de antecipar situações, movimentos e
elaborar propostas e possibilidades que podem ou não se concretizar. Estes jogos
também possibilitam maiores oportunidades de cooperação entre as crianças.
DICAS: Para estes jogos devemos considerar a faixa etária aproximada da criança
e observar se ela consegue, a seu modo, participar da brincadeira. É necessário
que haja uma relação saudável entre o erro e o acerto, sem que a criança se sinta
desestimulada a brincar. Não devemos esperar que ela brinque por horas a fio
com estes materiais. Ela determina seu tempo. Fique atento para auxiliá-la com a
solução de problemas, mas não tenha expectativas pautadas no modelo adulto.
Jogos de regras
São aquelas brincadeiras que combinam aspectos motores-exploratórios
(movimento corporal e sensações) e/ou aspectos intelectuais, com
competição dos jogadores e regras pré-estabelecidas.
CONSIDERAR: Os jogos de regras começam a ser explorados pelas crianças,
geralmente, entre os 4 e 7 anos. Pega-pega, futebol, jogo do lenço-atrás são
alguns exemplos. O xadrez, dama, dominó e jogos de percurso são
exemplos da outra forma de combinação. Esses jogos também auxiliam no
desenvolvimento das regras sociais. Quando as crianças são submetidas às
regras do jogo, elas vivenciam tais regras transpondo-as para outras
situações e brincadeiras.
DICAS: É importante que as regras sejam apresentadas aos participantes
antes do início do jogo de forma clara. Elas devem ser mantidas, tornando-
se um desafio aos jogadores. Observar se todos entenderam as regras, se
sugerem variações deste mesmo jogo com novas regras e se desejam
batizar este novo jogo com nomes escolhidos pelo grupo.
Jogo da Viúva
Jogos cooperativos
O importante é... que todos participem, aproveitem , aprendam, deleitem-se.
CONSIDERAR: O individualismo e a riqueza material tornaram-se mais importantes para o
homem pós-moderno que valores como a união, a cooperação, a paz, a responsabilidade
e a organização.
A cultura da sociedade ocidental é baseada no consumo e orientada para a produtividade,
portanto dentro deste contexto, muitas vezes o único caminho que vemos é o da
competição. Se acreditarmos que a competição é o único e natural caminho, caímos numa
grande armadilha, afinal aquilo em que acreditamos é aquilo o que construiremos.
Com relação ao desempenho acadêmico, uma série de estudos demonstra que crianças de
várias classes sócio-econômicas têm maior sucesso em áreas como matemática,
desenvolvimento vocacional e leitura quando estão trabalhando junto com seus colegas
sob uma estrutura de objetivos cooperativos em vez de individualistas ou competitivos.
DICAS: A competição muito presente promove a comparação entre as pessoas e acaba por
favorecer a exclusão baseada em critérios não discutidos mas apropriados por todos. Um
ambiente competitivo aumenta a tensão e a frustração e pode desencadear
comportamentos agressivos.
História da Serpente

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Ciranda da educacao infantil
Ciranda da educacao infantil Ciranda da educacao infantil
Ciranda da educacao infantil
Escola Jovem
 
Esquema corporal atividades
Esquema corporal   atividadesEsquema corporal   atividades
Esquema corporal atividades
AlineGarotti
 
Atps educacao ludica (1)
Atps educacao ludica (1)Atps educacao ludica (1)
Atps educacao ludica (1)
priscila_itatiba
 
PLANO DE AULA-JOGOS,BRINQUEDOS E BRINCADEIRAS
PLANO DE AULA-JOGOS,BRINQUEDOS E BRINCADEIRASPLANO DE AULA-JOGOS,BRINQUEDOS E BRINCADEIRAS
PLANO DE AULA-JOGOS,BRINQUEDOS E BRINCADEIRAS
Aline_Lune
 
Brincadeiras, brinquedos e jogos podem ser facilitadores da aprendizagem... m...
Brincadeiras, brinquedos e jogos podem ser facilitadores da aprendizagem... m...Brincadeiras, brinquedos e jogos podem ser facilitadores da aprendizagem... m...
Brincadeiras, brinquedos e jogos podem ser facilitadores da aprendizagem... m...
Mira Benvenuto
 
Jogos educacao infantil
Jogos educacao infantilJogos educacao infantil
Jogos educacao infantil
Heles Souza
 
Resgatando Jogos e Brincadeiras na escola
Resgatando Jogos e Brincadeiras na escolaResgatando Jogos e Brincadeiras na escola
Resgatando Jogos e Brincadeiras na escola
Maria Vanderlan Rahal
 
O uso do lúdico na educação infantil
O uso do lúdico na educação infantilO uso do lúdico na educação infantil
O uso do lúdico na educação infantil
Capacitações Pedagógicas
 
Jogos na alfabetização
Jogos na alfabetizaçãoJogos na alfabetização
Jogos na alfabetização
Marcia Miranda
 
Disciplina jogos, recreação e lazer para o curso de pedagogia
Disciplina jogos, recreação e lazer para o curso de pedagogiaDisciplina jogos, recreação e lazer para o curso de pedagogia
Disciplina jogos, recreação e lazer para o curso de pedagogia
Giovanazava
 
Jogos e recreação na educação infantil
Jogos e recreação na educação infantilJogos e recreação na educação infantil
Jogos e recreação na educação infantil
Fábio Lucas da Cruz
 
Projeto anual jogos e brincadeiras
Projeto anual jogos e brincadeirasProjeto anual jogos e brincadeiras
Projeto anual jogos e brincadeiras
Shirley Costa
 
Apresentação slide
Apresentação slideApresentação slide
Apresentação slide
vitima
 
Brinquedos e Brincadeiras do Ontem
Brinquedos e Brincadeiras do OntemBrinquedos e Brincadeiras do Ontem
Brinquedos e Brincadeiras do Ontem
Profrochedo
 
Brinquedos antigos
Brinquedos antigosBrinquedos antigos
Brinquedos antigos
IsauradeCarli
 
Meu brinquedo
Meu brinquedoMeu brinquedo
Meu brinquedo
reginatrentini
 
Trabalho Maristela e Verenice
Trabalho Maristela e VereniceTrabalho Maristela e Verenice
Trabalho Maristela e Verenice
Emei Margaridinha
 
Educa+º+úo do campo unidade 4
Educa+º+úo do campo unidade 4Educa+º+úo do campo unidade 4
Educa+º+úo do campo unidade 4
Lakalondres
 
Ludicidade
LudicidadeLudicidade
Ludicidade
Heloiza Moura
 
Brincando E Aprendendo
Brincando E AprendendoBrincando E Aprendendo
Brincando E Aprendendo
Silvia Arrelaro
 

Mais procurados (20)

Ciranda da educacao infantil
Ciranda da educacao infantil Ciranda da educacao infantil
Ciranda da educacao infantil
 
Esquema corporal atividades
Esquema corporal   atividadesEsquema corporal   atividades
Esquema corporal atividades
 
Atps educacao ludica (1)
Atps educacao ludica (1)Atps educacao ludica (1)
Atps educacao ludica (1)
 
PLANO DE AULA-JOGOS,BRINQUEDOS E BRINCADEIRAS
PLANO DE AULA-JOGOS,BRINQUEDOS E BRINCADEIRASPLANO DE AULA-JOGOS,BRINQUEDOS E BRINCADEIRAS
PLANO DE AULA-JOGOS,BRINQUEDOS E BRINCADEIRAS
 
Brincadeiras, brinquedos e jogos podem ser facilitadores da aprendizagem... m...
Brincadeiras, brinquedos e jogos podem ser facilitadores da aprendizagem... m...Brincadeiras, brinquedos e jogos podem ser facilitadores da aprendizagem... m...
Brincadeiras, brinquedos e jogos podem ser facilitadores da aprendizagem... m...
 
Jogos educacao infantil
Jogos educacao infantilJogos educacao infantil
Jogos educacao infantil
 
Resgatando Jogos e Brincadeiras na escola
Resgatando Jogos e Brincadeiras na escolaResgatando Jogos e Brincadeiras na escola
Resgatando Jogos e Brincadeiras na escola
 
O uso do lúdico na educação infantil
O uso do lúdico na educação infantilO uso do lúdico na educação infantil
O uso do lúdico na educação infantil
 
Jogos na alfabetização
Jogos na alfabetizaçãoJogos na alfabetização
Jogos na alfabetização
 
Disciplina jogos, recreação e lazer para o curso de pedagogia
Disciplina jogos, recreação e lazer para o curso de pedagogiaDisciplina jogos, recreação e lazer para o curso de pedagogia
Disciplina jogos, recreação e lazer para o curso de pedagogia
 
Jogos e recreação na educação infantil
Jogos e recreação na educação infantilJogos e recreação na educação infantil
Jogos e recreação na educação infantil
 
Projeto anual jogos e brincadeiras
Projeto anual jogos e brincadeirasProjeto anual jogos e brincadeiras
Projeto anual jogos e brincadeiras
 
Apresentação slide
Apresentação slideApresentação slide
Apresentação slide
 
Brinquedos e Brincadeiras do Ontem
Brinquedos e Brincadeiras do OntemBrinquedos e Brincadeiras do Ontem
Brinquedos e Brincadeiras do Ontem
 
Brinquedos antigos
Brinquedos antigosBrinquedos antigos
Brinquedos antigos
 
Meu brinquedo
Meu brinquedoMeu brinquedo
Meu brinquedo
 
Trabalho Maristela e Verenice
Trabalho Maristela e VereniceTrabalho Maristela e Verenice
Trabalho Maristela e Verenice
 
Educa+º+úo do campo unidade 4
Educa+º+úo do campo unidade 4Educa+º+úo do campo unidade 4
Educa+º+úo do campo unidade 4
 
Ludicidade
LudicidadeLudicidade
Ludicidade
 
Brincando E Aprendendo
Brincando E AprendendoBrincando E Aprendendo
Brincando E Aprendendo
 

Destaque

Jogos para 1º dia de aulas
Jogos para 1º dia de aulasJogos para 1º dia de aulas
Jogos para 1º dia de aulas
Raquel Campos
 
Dia da Criança 2012 | Children's Day 2012
Dia da Criança 2012 | Children's Day 2012Dia da Criança 2012 | Children's Day 2012
Dia da Criança 2012 | Children's Day 2012
AEC-Inglês
 
Atividades Lúdico-Expressivas | 1.º Período
Atividades Lúdico-Expressivas | 1.º PeríodoAtividades Lúdico-Expressivas | 1.º Período
Atividades Lúdico-Expressivas | 1.º Período
AEC-Inglês
 
Expressões Artísticas - 2.º Período
Expressões Artísticas - 2.º PeríodoExpressões Artísticas - 2.º Período
Expressões Artísticas - 2.º Período
AEC-Inglês
 
AEC-Expressões - 3º Período
AEC-Expressões - 3º PeríodoAEC-Expressões - 3º Período
AEC-Expressões - 3º Período
AEC-Inglês
 
Expressões Artísticas 2010-2011
Expressões Artísticas 2010-2011Expressões Artísticas 2010-2011
Expressões Artísticas 2010-2011
AEC-Inglês
 
EB1 Boca do Monte - 2º ano - O Leao e o Rato
EB1 Boca do Monte - 2º ano - O Leao e o RatoEB1 Boca do Monte - 2º ano - O Leao e o Rato
EB1 Boca do Monte - 2º ano - O Leao e o Rato
AEC-Inglês
 
Atividades Lúdico Expressivas 2012-2013
Atividades Lúdico Expressivas 2012-2013Atividades Lúdico Expressivas 2012-2013
Atividades Lúdico Expressivas 2012-2013
AEC-Inglês
 
Jogos e brincadeiras
Jogos e brincadeirasJogos e brincadeiras
Jogos e brincadeiras
thiagozaca
 
Dinamicas para oi nicio das aulas atividades ludicas
Dinamicas para oi nicio das aulas atividades ludicasDinamicas para oi nicio das aulas atividades ludicas
Dinamicas para oi nicio das aulas atividades ludicas
Vinicius O Resiliente
 

Destaque (11)

Jogos para 1º dia de aulas
Jogos para 1º dia de aulasJogos para 1º dia de aulas
Jogos para 1º dia de aulas
 
Dia da Criança 2012 | Children's Day 2012
Dia da Criança 2012 | Children's Day 2012Dia da Criança 2012 | Children's Day 2012
Dia da Criança 2012 | Children's Day 2012
 
CARNAVAL 2012
CARNAVAL 2012CARNAVAL 2012
CARNAVAL 2012
 
Atividades Lúdico-Expressivas | 1.º Período
Atividades Lúdico-Expressivas | 1.º PeríodoAtividades Lúdico-Expressivas | 1.º Período
Atividades Lúdico-Expressivas | 1.º Período
 
Expressões Artísticas - 2.º Período
Expressões Artísticas - 2.º PeríodoExpressões Artísticas - 2.º Período
Expressões Artísticas - 2.º Período
 
AEC-Expressões - 3º Período
AEC-Expressões - 3º PeríodoAEC-Expressões - 3º Período
AEC-Expressões - 3º Período
 
Expressões Artísticas 2010-2011
Expressões Artísticas 2010-2011Expressões Artísticas 2010-2011
Expressões Artísticas 2010-2011
 
EB1 Boca do Monte - 2º ano - O Leao e o Rato
EB1 Boca do Monte - 2º ano - O Leao e o RatoEB1 Boca do Monte - 2º ano - O Leao e o Rato
EB1 Boca do Monte - 2º ano - O Leao e o Rato
 
Atividades Lúdico Expressivas 2012-2013
Atividades Lúdico Expressivas 2012-2013Atividades Lúdico Expressivas 2012-2013
Atividades Lúdico Expressivas 2012-2013
 
Jogos e brincadeiras
Jogos e brincadeirasJogos e brincadeiras
Jogos e brincadeiras
 
Dinamicas para oi nicio das aulas atividades ludicas
Dinamicas para oi nicio das aulas atividades ludicasDinamicas para oi nicio das aulas atividades ludicas
Dinamicas para oi nicio das aulas atividades ludicas
 

Semelhante a Brincadeiras tradicionais e tipos de jogos

Apostila ludica
Apostila ludicaApostila ludica
Apostila ludica
Ju Dias
 
Htpc a importância do brincar
Htpc  a importância do brincarHtpc  a importância do brincar
Htpc a importância do brincar
Luana Maria Ferreira Fernandes
 
O jogo como um fator positivo para a aprendizagem de crianças com TDAH
O jogo como um fator positivo para a aprendizagem de crianças com TDAHO jogo como um fator positivo para a aprendizagem de crianças com TDAH
O jogo como um fator positivo para a aprendizagem de crianças com TDAH
oficinadeaprendizagemace
 
Brincadeiras individuais e coletivas
Brincadeiras individuais e coletivasBrincadeiras individuais e coletivas
Brincadeiras individuais e coletivas
Ilza Ibelli
 
Atividades+lúdicas+no+cotidian
Atividades+lúdicas+no+cotidian Atividades+lúdicas+no+cotidian
Atividades+lúdicas+no+cotidian
pedagogia para licenciados
 
Brincar
BrincarBrincar
Brincar
Bruna Campos
 
Curso 2 - Alfabetização e Letramento
Curso 2 - Alfabetização e LetramentoCurso 2 - Alfabetização e Letramento
Curso 2 - Alfabetização e Letramento
alfaletra
 
Creche oficina/ Vila Bela
Creche oficina/ Vila BelaCreche oficina/ Vila Bela
Creche oficina/ Vila Bela
Andreá Perez Leinat
 
Estudos sobre Jogos, brincadeiras e brinquedos.pptx
Estudos sobre Jogos, brincadeiras e brinquedos.pptxEstudos sobre Jogos, brincadeiras e brinquedos.pptx
Estudos sobre Jogos, brincadeiras e brinquedos.pptx
RodrigodeOliveiraGom
 
Jogos
JogosJogos
Jogos
Mara Sueli
 
Manual de Ed Fisica e Recreacao[1]
Manual de Ed Fisica e Recreacao[1]Manual de Ed Fisica e Recreacao[1]
Manual de Ed Fisica e Recreacao[1]
Fernanda
 
Jogos no Ciclo da alfabetização
Jogos no Ciclo da alfabetizaçãoJogos no Ciclo da alfabetização
Jogos no Ciclo da alfabetização
Denise Oliveira
 
Jogos para sala de aula
Jogos para sala de aulaJogos para sala de aula
Jogos para sala de aula
Vinícius Chris
 
Slides Ludicidade - PNAIC
Slides Ludicidade - PNAICSlides Ludicidade - PNAIC
Slides Ludicidade - PNAIC
Vera Marlize Schröer
 
Alfabetização e jogos
Alfabetização e jogosAlfabetização e jogos
Alfabetização e jogos
Marlete Outeiro
 
Disciplina jogos, recreação e lazer
Disciplina jogos, recreação e lazerDisciplina jogos, recreação e lazer
Disciplina jogos, recreação e lazer
Giovanazava
 
Jogo E EducaçãO Infantil
Jogo E EducaçãO InfantilJogo E EducaçãO Infantil
Jogo E EducaçãO Infantil
marlene_herter
 
Educação ludica
Educação ludicaEducação ludica
Educação ludica
mkbariotto
 
Brincadeiras e jogos na educação infantil
Brincadeiras e jogos na educação infantilBrincadeiras e jogos na educação infantil
Brincadeiras e jogos na educação infantil
Simone Everton
 
Aline naiany erika
Aline naiany erikaAline naiany erika
Aline naiany erika
Fernando Pissuto
 

Semelhante a Brincadeiras tradicionais e tipos de jogos (20)

Apostila ludica
Apostila ludicaApostila ludica
Apostila ludica
 
Htpc a importância do brincar
Htpc  a importância do brincarHtpc  a importância do brincar
Htpc a importância do brincar
 
O jogo como um fator positivo para a aprendizagem de crianças com TDAH
O jogo como um fator positivo para a aprendizagem de crianças com TDAHO jogo como um fator positivo para a aprendizagem de crianças com TDAH
O jogo como um fator positivo para a aprendizagem de crianças com TDAH
 
Brincadeiras individuais e coletivas
Brincadeiras individuais e coletivasBrincadeiras individuais e coletivas
Brincadeiras individuais e coletivas
 
Atividades+lúdicas+no+cotidian
Atividades+lúdicas+no+cotidian Atividades+lúdicas+no+cotidian
Atividades+lúdicas+no+cotidian
 
Brincar
BrincarBrincar
Brincar
 
Curso 2 - Alfabetização e Letramento
Curso 2 - Alfabetização e LetramentoCurso 2 - Alfabetização e Letramento
Curso 2 - Alfabetização e Letramento
 
Creche oficina/ Vila Bela
Creche oficina/ Vila BelaCreche oficina/ Vila Bela
Creche oficina/ Vila Bela
 
Estudos sobre Jogos, brincadeiras e brinquedos.pptx
Estudos sobre Jogos, brincadeiras e brinquedos.pptxEstudos sobre Jogos, brincadeiras e brinquedos.pptx
Estudos sobre Jogos, brincadeiras e brinquedos.pptx
 
Jogos
JogosJogos
Jogos
 
Manual de Ed Fisica e Recreacao[1]
Manual de Ed Fisica e Recreacao[1]Manual de Ed Fisica e Recreacao[1]
Manual de Ed Fisica e Recreacao[1]
 
Jogos no Ciclo da alfabetização
Jogos no Ciclo da alfabetizaçãoJogos no Ciclo da alfabetização
Jogos no Ciclo da alfabetização
 
Jogos para sala de aula
Jogos para sala de aulaJogos para sala de aula
Jogos para sala de aula
 
Slides Ludicidade - PNAIC
Slides Ludicidade - PNAICSlides Ludicidade - PNAIC
Slides Ludicidade - PNAIC
 
Alfabetização e jogos
Alfabetização e jogosAlfabetização e jogos
Alfabetização e jogos
 
Disciplina jogos, recreação e lazer
Disciplina jogos, recreação e lazerDisciplina jogos, recreação e lazer
Disciplina jogos, recreação e lazer
 
Jogo E EducaçãO Infantil
Jogo E EducaçãO InfantilJogo E EducaçãO Infantil
Jogo E EducaçãO Infantil
 
Educação ludica
Educação ludicaEducação ludica
Educação ludica
 
Brincadeiras e jogos na educação infantil
Brincadeiras e jogos na educação infantilBrincadeiras e jogos na educação infantil
Brincadeiras e jogos na educação infantil
 
Aline naiany erika
Aline naiany erikaAline naiany erika
Aline naiany erika
 

Último

reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docxreconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
felipescherner
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
shirleisousa9166
 
apresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacionalapresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacional
shirleisousa9166
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Luzia Gabriele
 
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdfApostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
pattyhsilva271204
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
marcos oliveira
 
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
AngelicaCostaMeirele2
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
Sandra Pratas
 
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
Sandra Pratas
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
LeilaVilasboas
 
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. WeaverAs Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
C4io99
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mary Alvarenga
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
shirleisousa9166
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Mary Alvarenga
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Luzia Gabriele
 
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e CaminhosAprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Leonel Morgado
 
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
Sandra Pratas
 
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptxIV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
Ligia Galvão
 
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Caça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafosCaça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafos
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Mary Alvarenga
 

Último (20)

reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docxreconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
 
apresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacionalapresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacional
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
 
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdfApostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
 
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
 
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
 
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. WeaverAs Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
 
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e CaminhosAprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
 
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
 
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
 
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptxIV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
 
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Caça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafosCaça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafos
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
 

Brincadeiras tradicionais e tipos de jogos

  • 1. Brincadeiras tradicionais e Tipos de Jogos Profª Regiane Menezes (regis_van@hotmail.com) Psicomotricidade Disciplina:
  • 2. Brincadeiras tradicionais Expressa-se, principalmente, pela oralidade. Povos distintos e antigos, como da Grécia e do Oriente, brincaram de amarelinha, empinar papagaios, jogar pedrinhas e até hoje as crianças o fazem quase da mesma forma. Muitas brincadeiras preservam sua estrutura inicial, outras modificam-se, recebendo novos conteúdos. Vamos resgatar nossas brincadeiras tradicionais?
  • 3. Vamos brincar de elástico?
  • 4. Tipos de jogos Jogos de faz-de-conta Jogos de construção Jogos de regras Jogos cooperativos
  • 5. Jogos de faz-de-conta Envolvem a representação e a elaboração de papéis (como, por exemplo, médico, feirante, manicure...), brincadeiras de escolinha ou de casinha quando a criança pode assumir diversos papéis; brincadeiras de teatro, mímica, fantoches. CONSIDERAR: Que este é o espaço para imitar, fantasiar e simular acontecimentos. DICAS: Estas brincadeiras são muito ricas e o adulto deve evitar intervenções. Uma conversa com o grupo após a brincadeira, deixando-os à vontade para descrever (ou não) os papéis e as situações representados, tendem a ser experiências muito ricas.
  • 6. Jogos de construção Acontecem quando as crianças usam, transformam objetos e materiais variados (blocos ou sucatas, por exemplo) e criam novos produtos (parque de diversões, fazenda, engenhocas...) CONSIDERAR: Nestes jogos as crianças começam a entrar em contato com o mundo social e a desenvolver níveis mais complexos de inteligência através do desenvolvimento de suas capacidades de antecipar situações, movimentos e elaborar propostas e possibilidades que podem ou não se concretizar. Estes jogos também possibilitam maiores oportunidades de cooperação entre as crianças. DICAS: Para estes jogos devemos considerar a faixa etária aproximada da criança e observar se ela consegue, a seu modo, participar da brincadeira. É necessário que haja uma relação saudável entre o erro e o acerto, sem que a criança se sinta desestimulada a brincar. Não devemos esperar que ela brinque por horas a fio com estes materiais. Ela determina seu tempo. Fique atento para auxiliá-la com a solução de problemas, mas não tenha expectativas pautadas no modelo adulto.
  • 7. Jogos de regras São aquelas brincadeiras que combinam aspectos motores-exploratórios (movimento corporal e sensações) e/ou aspectos intelectuais, com competição dos jogadores e regras pré-estabelecidas. CONSIDERAR: Os jogos de regras começam a ser explorados pelas crianças, geralmente, entre os 4 e 7 anos. Pega-pega, futebol, jogo do lenço-atrás são alguns exemplos. O xadrez, dama, dominó e jogos de percurso são exemplos da outra forma de combinação. Esses jogos também auxiliam no desenvolvimento das regras sociais. Quando as crianças são submetidas às regras do jogo, elas vivenciam tais regras transpondo-as para outras situações e brincadeiras. DICAS: É importante que as regras sejam apresentadas aos participantes antes do início do jogo de forma clara. Elas devem ser mantidas, tornando- se um desafio aos jogadores. Observar se todos entenderam as regras, se sugerem variações deste mesmo jogo com novas regras e se desejam batizar este novo jogo com nomes escolhidos pelo grupo.
  • 9. Jogos cooperativos O importante é... que todos participem, aproveitem , aprendam, deleitem-se. CONSIDERAR: O individualismo e a riqueza material tornaram-se mais importantes para o homem pós-moderno que valores como a união, a cooperação, a paz, a responsabilidade e a organização. A cultura da sociedade ocidental é baseada no consumo e orientada para a produtividade, portanto dentro deste contexto, muitas vezes o único caminho que vemos é o da competição. Se acreditarmos que a competição é o único e natural caminho, caímos numa grande armadilha, afinal aquilo em que acreditamos é aquilo o que construiremos. Com relação ao desempenho acadêmico, uma série de estudos demonstra que crianças de várias classes sócio-econômicas têm maior sucesso em áreas como matemática, desenvolvimento vocacional e leitura quando estão trabalhando junto com seus colegas sob uma estrutura de objetivos cooperativos em vez de individualistas ou competitivos. DICAS: A competição muito presente promove a comparação entre as pessoas e acaba por favorecer a exclusão baseada em critérios não discutidos mas apropriados por todos. Um ambiente competitivo aumenta a tensão e a frustração e pode desencadear comportamentos agressivos.