SlideShare uma empresa Scribd logo
Bibliografia Anotada 1 (Personal Learning Environments)

Leite, Bruno (18/10/2011). Ensino Tec (Ensino e Tecnologias) - Personal Learning Environments.
[site Online]. Disponível em:
http://ensinotec.com/index.php?option=com_content&view=article&id=14&Itemid=58&show
all=1



Descrição:
O site, de nome EnsinoTec (Ensino e Tecnologias) tem como objetivo divulgar as tecnologias no
ensino. No Menu Principal, situado ao lado esquerdo do site, podemos encontrar o tema PLE.
Este tema no site está dividido em três tópicos descritivos, que são eles, Personal Learning
Environment; O PLE deve conter?; Teorias para um PLE. Encontrando-se este último ainda em
construção.
No tópico, Personal Learning Environment, o autor, Bruno Leite começa por falar do conceito
de PLE, dizendo que “Da noção de PLE, regista-se uma diversidade de perspetivas e enfoques
que tornam difícil chegar a uma única definição”, e logo de seguida apresenta algumas
definições de PLE citadas por diferentes autores, tais como, Ron Lubensky (2006), George
Siemens (2007), Attwell (2007), Wilson (2008) e Anderson (2007). Depois das definições
apresentadas por vários autores, Bruno Leites acrescenta “as definições de PLE variam entre os
autores, alguns sugerem que os princípios dos PLE podem ser apresentados através de um
software, enquanto outros sugerem que um PLE deve ser entendido enquanto conceito e não
como uma ferramenta específica.”
De seguida o autor continua a falar do PLE como conceito e mostra onde se baseia o PLE,
explica o que são, o que incluí e o que compõe o PLE. Descreve através de uma fase do autor
(Simões, 2010), o que é possível promover e para que serve o PLE na aprendizagem informal. O
autor fala do desenvolvimento dos PLE como uma resposta às várias mudanças sociais e à
forma como as pessoas olham para o desenvolvimento da aprendizagem e do conhecimento,
logo existe um crescimento e uma mudança nos ambientes pessoais de aprendizagem assim
como nas pessoas. Continuando o tópico, é feita uma descrição que explica como os
utilizadores podem utilizar os PLE relacionando-os com a sua aprendizagem pois estes são
vistos e descritos como recursos que ajudam o utilizador a gerir, a controlar a definir objetivos
e a comunicar com outros participantes no seu processo de aprendizagem. Para terminar este
tópico, o autor descreve os PLE como ferramenta específica, definindo-os como uma aplicação,
ou conjunto de aplicações utilizadas para organizar um processo de aprendizagem e realça que
alguns autores defendem que os PLE devem utilizar ferramentas da Web 2.0 mas também
relações interpessoais entre aluno – aluno, aluno – professor.
No tópico, O PLE deve conter?, o autor começa por apresentar alguns pontos, seguido de
opiniões de diferentes autores sobre o que os PLE devem conter. De seguida, destaca três
princípios referentes à aprendizagem e ao desenvolvimento pessoal: a Interação, a Usabilidade
e a Relevância, descrevendo cada um deles. Depois é possível vermos um vídeo de Jordi Adell
que descreve e divide um PLE em três partes principais e fala de algumas ferramentas e
serviços de um PLE. No fim do tópico são identificadas, por Jordi Adell, algumas vantagens de
um PLE.
O tópico Teorias para um PLE, encontra-se ainda em construção.
Para finalizar o tema o autor criou um tópico onde colocou todas as referências utilizadas para
a criação e desenvolvimento do tema PLE.


Comentário:
Bruno Leite, ao longo deste site, mais precisamente no tema PLE faz uma abordagem e
descrição bastante completa sobre os PLE, utilizando em grande parte dos seus comentários
citações de diferentes autores mas nunca deixando de mostrar as suas próprias conclusões.
A forma como estruturou o tema, dividindo-o em três tópicos, dá uma maior usabilidade ao
site e ao tema em questão, pois não prolonga demasiado a informação ao longo da página. O
utilizador pode ler o tema por tópicos ou se preferir pode ler o documento seguido. A
linguagem utilizada é simples e direta facilitando a sua compreensão.
Este tema, foi desenvolvido no site, a pouco mais de um ano, sendo que ainda se encontra
com tópicos em construção e com o autor a fazer atualizações, sendo que a última foi
registada a 28 de Fevereiro de 2012, logo podemos dizer que as informações colocadas no
tema são atuais.
Em termos gráficos, o site tem uma navegação bastante simples e direta, pois tem todos os
menus, sempre visíveis, em cima e ao lado esquerdo, podendo o utilizador mudar de menus
sempre que quiser e nunca se “perder” ao longo da navegação pelo site.
Bibliografia Anotada 2 (Personal Learning Environments)
Almeida, Mst Celina (27/04/2010). Meu Ambiente Pessoal de Aprendizagem. [Vídeo no
Youtube]. Disponível em: http://www.youtube.com/watch?v=VQg9iepcO7A



Descrição:
Este item é um vídeo, titulado de, Meu Ambiente Pessoal de Aprendizagem, com 5:09 minutos
que se encontra alojado no youtube, e foi realizado por Celina Almeida para o Mestrado em
Tecnologia e Informática da Universidade de Vigo.
A autora inicia a sua apresentação mostrando o tema que vai abordar, que é, Personal
Learning Environment e traduz para Ambiente de Aprendizagem Pessoal.
Ao longo da apresentação, Celina Almeida, utiliza várias perguntas e respostas para abordar o
tema, sendo que a primeira pergunta é Personal Learning Environment, o que é? Depois
apresenta a sua resposta através de um slide. Em seguida aparece uma nova pergunta. Para
que serve? A resposta a esta pergunta é apresentada por tópicos em diferentes slides. Para
descrever a Definição de PLE, a autora utiliza a seguinte frase: “O Conceito de Personal
Learning Environment, representa o mais recente passo evolucionário para uma aprendizagem
centrada nos alunos.” Continuando com a apresentação, a autora justifica o porquê do
surgimento dos PLE e a sua Evolução. Seguidamente, mostra a importância dos PLE na
Aprendizagem ao longo da vida e na Aprendizagem informal. Aos 2:44/ 5:09 minutos da
apresentação a autora mostra um exemplo de um PLE, seguido da Importância de ter um PLE,
destacando, a responsabilidade, a aprendizagem contínua.
A apresentação termina com alguns concelhos aos utilizadores de PLE, que podemos ver ao
longo de diversos slides, tais como: “Explora tudo o que conseguires”, “Usa apenas o que
precisares”, “Sê criativo”, “Coloca o teu PLE na rede”. “Mas não te esqueça…” “Foca-te na
aprendizagem”. “Podemos questionar tudo”… “e refletir”. “Colabore”… “Investigue”.”
Enfim…APRENDA” A autora conclui, defendendo que todo o tipo de aprendizagem, precisa de
uma organização pessoal e podemos encontrá-la presente num PLE.
Ao longo da apresentação, alguns dos slides são acompanhados por imagens representativas
dos tópicos e podemos ouvir música a longo de toda a apresentação.


Comentário:
Este vídeo sobre os Personal Learning Environment, está muito simples e direto. A autora
tenta “jogar” com as perguntas e respostas, sendo muito objetiva e clara nas suas descrições.
O tipo de letra utilizado e as frases curtas facilita a compreensão da informação e não torna a
apresentação aborrecida. A duração, sendo que é de 5 minutos e 9 segundos não é
considerada uma apresentação muito longa o que, num primeiro contato, suscita interesse.
Apesar do tempo, poder ser considerado, reduzido a autora, consegue mostrar e apresentar
uma boa definição para PLE. O fundo azul utilizado na apresentação, foi muito bem pensado,
pois é simples e não desvia a atenção e o leitor foca-se naquilo que realmente interessa que é
o texto. Por outro lado acho que a escolha de uma música com letra, poderá não ser uma boa
opção pois pode levar o leitor a dispersar, sendo mais indicado utilizar-se uma música apenas
instrumental.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Atividades I E D Livro
Atividades I E D LivroAtividades I E D Livro
Atividades I E D Livro
proinfoundimeparaiba
 
Análise de alguns materias didáticos ead
Análise de alguns materias didáticos eadAnálise de alguns materias didáticos ead
Análise de alguns materias didáticos ead
EAD UNIRIO
 
Feedback em e learning torne-o num verdadeiro momento de aprendizagem - selm...
Feedback em e learning  torne-o num verdadeiro momento de aprendizagem - selm...Feedback em e learning  torne-o num verdadeiro momento de aprendizagem - selm...
Feedback em e learning torne-o num verdadeiro momento de aprendizagem - selm...
LUIZ FERNANDO TAVARES MEIRELLES
 
Curso de Moodle Tutorial Moodle Parte 1 de 5
Curso de Moodle Tutorial Moodle Parte 1 de 5Curso de Moodle Tutorial Moodle Parte 1 de 5
Curso de Moodle Tutorial Moodle Parte 1 de 5
EAD Amazon
 
Coding-Dojo: Uma forma rápida, eficiente e divertida de ensinar e aprender
Coding-Dojo: Uma forma rápida, eficiente e divertida de ensinar e aprenderCoding-Dojo: Uma forma rápida, eficiente e divertida de ensinar e aprender
Coding-Dojo: Uma forma rápida, eficiente e divertida de ensinar e aprender
Serge Rehem
 
Introdução ao uso do Moodle para Professores e Tutores Versão 2.4
Introdução ao uso do Moodle  para Professores e Tutores Versão 2.4Introdução ao uso do Moodle  para Professores e Tutores Versão 2.4
Introdução ao uso do Moodle para Professores e Tutores Versão 2.4
Vanessa Nogueira
 
Blogs como ferramentas na educação artigo roberto
Blogs como ferramentas na educação artigo robertoBlogs como ferramentas na educação artigo roberto
Blogs como ferramentas na educação artigo roberto
Tô Atoa blog
 

Mais procurados (7)

Atividades I E D Livro
Atividades I E D LivroAtividades I E D Livro
Atividades I E D Livro
 
Análise de alguns materias didáticos ead
Análise de alguns materias didáticos eadAnálise de alguns materias didáticos ead
Análise de alguns materias didáticos ead
 
Feedback em e learning torne-o num verdadeiro momento de aprendizagem - selm...
Feedback em e learning  torne-o num verdadeiro momento de aprendizagem - selm...Feedback em e learning  torne-o num verdadeiro momento de aprendizagem - selm...
Feedback em e learning torne-o num verdadeiro momento de aprendizagem - selm...
 
Curso de Moodle Tutorial Moodle Parte 1 de 5
Curso de Moodle Tutorial Moodle Parte 1 de 5Curso de Moodle Tutorial Moodle Parte 1 de 5
Curso de Moodle Tutorial Moodle Parte 1 de 5
 
Coding-Dojo: Uma forma rápida, eficiente e divertida de ensinar e aprender
Coding-Dojo: Uma forma rápida, eficiente e divertida de ensinar e aprenderCoding-Dojo: Uma forma rápida, eficiente e divertida de ensinar e aprender
Coding-Dojo: Uma forma rápida, eficiente e divertida de ensinar e aprender
 
Introdução ao uso do Moodle para Professores e Tutores Versão 2.4
Introdução ao uso do Moodle  para Professores e Tutores Versão 2.4Introdução ao uso do Moodle  para Professores e Tutores Versão 2.4
Introdução ao uso do Moodle para Professores e Tutores Versão 2.4
 
Blogs como ferramentas na educação artigo roberto
Blogs como ferramentas na educação artigo robertoBlogs como ferramentas na educação artigo roberto
Blogs como ferramentas na educação artigo roberto
 

Destaque

Programa distrito genil_junio_2013 Granada
Programa distrito genil_junio_2013 GranadaPrograma distrito genil_junio_2013 Granada
Programa distrito genil_junio_2013 Granada
Marcos Gutierrez
 
Sopa de-letras-130327160455-phpapp01
Sopa de-letras-130327160455-phpapp01Sopa de-letras-130327160455-phpapp01
Sopa de-letras-130327160455-phpapp01
Julian Posada
 
Arduino+android+bluetooth
Arduino+android+bluetoothArduino+android+bluetooth
Arduino+android+bluetooth
gishilene
 
Plano de gestão
Plano de gestãoPlano de gestão
Plano de gestão
Joathan Robério
 
Почему не работают корпоративные социальные сети?
Почему не работают корпоративные социальные сети?Почему не работают корпоративные социальные сети?
Почему не работают корпоративные социальные сети?
Anna Nesmeeva
 
Muabanraovat domain gov
Muabanraovat domain govMuabanraovat domain gov
Muabanraovat domain gov
muabanraovat.com Rao Vặt
 
Portfólio Talita
Portfólio TalitaPortfólio Talita
Portfólio Talita
Talita Martins Jorge
 

Destaque (8)

Programa distrito genil_junio_2013 Granada
Programa distrito genil_junio_2013 GranadaPrograma distrito genil_junio_2013 Granada
Programa distrito genil_junio_2013 Granada
 
Sopa de-letras-130327160455-phpapp01
Sopa de-letras-130327160455-phpapp01Sopa de-letras-130327160455-phpapp01
Sopa de-letras-130327160455-phpapp01
 
Arduino+android+bluetooth
Arduino+android+bluetoothArduino+android+bluetooth
Arduino+android+bluetooth
 
Nat Diploma
Nat DiplomaNat Diploma
Nat Diploma
 
Plano de gestão
Plano de gestãoPlano de gestão
Plano de gestão
 
Почему не работают корпоративные социальные сети?
Почему не работают корпоративные социальные сети?Почему не работают корпоративные социальные сети?
Почему не работают корпоративные социальные сети?
 
Muabanraovat domain gov
Muabanraovat domain govMuabanraovat domain gov
Muabanraovat domain gov
 
Portfólio Talita
Portfólio TalitaPortfólio Talita
Portfólio Talita
 

Semelhante a Bibliografia anotada_PLE

Guia do aluno formacao 7
Guia do aluno formacao 7Guia do aluno formacao 7
Guia do aluno formacao 7
Renata Vettoretti
 
Avmc tarefa semana 5 e 6 Tarefa das Semanas 5 e 6 criando um curso no ambient...
Avmc tarefa semana 5 e 6 Tarefa das Semanas 5 e 6 criando um curso no ambient...Avmc tarefa semana 5 e 6 Tarefa das Semanas 5 e 6 criando um curso no ambient...
Avmc tarefa semana 5 e 6 Tarefa das Semanas 5 e 6 criando um curso no ambient...
Jovert Freire
 
Portfólio leni inêz
Portfólio leni inêzPortfólio leni inêz
Portfólio leni inêz
leniproinfo
 
Portfólio leni inêz
Portfólio leni inêzPortfólio leni inêz
Portfólio leni inêz
leniproinfo
 
Di e mterial didático etapa2 verônica gonzaga
Di e mterial didático etapa2 verônica gonzagaDi e mterial didático etapa2 verônica gonzaga
Di e mterial didático etapa2 verônica gonzaga
Verônica R
 
Reflexão formação be 2.0
Reflexão formação be  2.0Reflexão formação be  2.0
Reflexão formação be 2.0
Lina Fonseca
 
Temática 2- Bibliografia Anotada Eliane G Ciolfi
Temática 2- Bibliografia Anotada Eliane G CiolfiTemática 2- Bibliografia Anotada Eliane G Ciolfi
Temática 2- Bibliografia Anotada Eliane G Ciolfi
Eliane Ciolfi
 
Representação visual ple_1006475_tema2__23_07_17_v3
Representação visual ple_1006475_tema2__23_07_17_v3Representação visual ple_1006475_tema2__23_07_17_v3
Representação visual ple_1006475_tema2__23_07_17_v3
malmeidaUAB
 
Tarefa 7 - Roteiro de dinamizacao blogue - dicas.pdf
Tarefa 7 - Roteiro de dinamizacao blogue - dicas.pdfTarefa 7 - Roteiro de dinamizacao blogue - dicas.pdf
Tarefa 7 - Roteiro de dinamizacao blogue - dicas.pdf
José Ferreira
 
Ambientação_Atividade com Corpus - Lexical Approach
Ambientação_Atividade com Corpus  - Lexical ApproachAmbientação_Atividade com Corpus  - Lexical Approach
Sem título 1
Sem título 1Sem título 1
Sem título 1
Lidiemi
 
Sem título 1
Sem título 1Sem título 1
Sem título 1
Lidiemi
 
Tarefa 7 - Roteiro de dinamizacao blogue - dicas.pdf
Tarefa 7 - Roteiro de dinamizacao blogue - dicas.pdfTarefa 7 - Roteiro de dinamizacao blogue - dicas.pdf
Tarefa 7 - Roteiro de dinamizacao blogue - dicas.pdf
José Ferreira
 
Reinaldo mayer aulainterativavideo
Reinaldo mayer aulainterativavideoReinaldo mayer aulainterativavideo
Reinaldo mayer aulainterativavideo
Reinaldo Afonso Mayer
 
Simulando ações da_tutoria_06_a_pvou114_ravel_gimenes
Simulando ações da_tutoria_06_a_pvou114_ravel_gimenes Simulando ações da_tutoria_06_a_pvou114_ravel_gimenes
Simulando ações da_tutoria_06_a_pvou114_ravel_gimenes
Ravel Gimenes
 
Blog e Educação 1 Epeal2009
Blog e Educação 1 Epeal2009Blog e Educação 1 Epeal2009
Blog e Educação 1 Epeal2009
Fernando Pimentel
 
Guia moodle
Guia moodleGuia moodle
Blog - autores de produtos multimídia
Blog - autores de produtos multimídiaBlog - autores de produtos multimídia
Blog - autores de produtos multimídia
mariassis2003
 
Blog - autores de produtos multimídia
Blog - autores de produtos multimídiaBlog - autores de produtos multimídia
Blog - autores de produtos multimídia
mariassis2003
 
Proinfo ll (portifolio digital)
Proinfo ll (portifolio digital)Proinfo ll (portifolio digital)
Proinfo ll (portifolio digital)
LuhFaz7
 

Semelhante a Bibliografia anotada_PLE (20)

Guia do aluno formacao 7
Guia do aluno formacao 7Guia do aluno formacao 7
Guia do aluno formacao 7
 
Avmc tarefa semana 5 e 6 Tarefa das Semanas 5 e 6 criando um curso no ambient...
Avmc tarefa semana 5 e 6 Tarefa das Semanas 5 e 6 criando um curso no ambient...Avmc tarefa semana 5 e 6 Tarefa das Semanas 5 e 6 criando um curso no ambient...
Avmc tarefa semana 5 e 6 Tarefa das Semanas 5 e 6 criando um curso no ambient...
 
Portfólio leni inêz
Portfólio leni inêzPortfólio leni inêz
Portfólio leni inêz
 
Portfólio leni inêz
Portfólio leni inêzPortfólio leni inêz
Portfólio leni inêz
 
Di e mterial didático etapa2 verônica gonzaga
Di e mterial didático etapa2 verônica gonzagaDi e mterial didático etapa2 verônica gonzaga
Di e mterial didático etapa2 verônica gonzaga
 
Reflexão formação be 2.0
Reflexão formação be  2.0Reflexão formação be  2.0
Reflexão formação be 2.0
 
Temática 2- Bibliografia Anotada Eliane G Ciolfi
Temática 2- Bibliografia Anotada Eliane G CiolfiTemática 2- Bibliografia Anotada Eliane G Ciolfi
Temática 2- Bibliografia Anotada Eliane G Ciolfi
 
Representação visual ple_1006475_tema2__23_07_17_v3
Representação visual ple_1006475_tema2__23_07_17_v3Representação visual ple_1006475_tema2__23_07_17_v3
Representação visual ple_1006475_tema2__23_07_17_v3
 
Tarefa 7 - Roteiro de dinamizacao blogue - dicas.pdf
Tarefa 7 - Roteiro de dinamizacao blogue - dicas.pdfTarefa 7 - Roteiro de dinamizacao blogue - dicas.pdf
Tarefa 7 - Roteiro de dinamizacao blogue - dicas.pdf
 
Ambientação_Atividade com Corpus - Lexical Approach
Ambientação_Atividade com Corpus  - Lexical ApproachAmbientação_Atividade com Corpus  - Lexical Approach
Ambientação_Atividade com Corpus - Lexical Approach
 
Sem título 1
Sem título 1Sem título 1
Sem título 1
 
Sem título 1
Sem título 1Sem título 1
Sem título 1
 
Tarefa 7 - Roteiro de dinamizacao blogue - dicas.pdf
Tarefa 7 - Roteiro de dinamizacao blogue - dicas.pdfTarefa 7 - Roteiro de dinamizacao blogue - dicas.pdf
Tarefa 7 - Roteiro de dinamizacao blogue - dicas.pdf
 
Reinaldo mayer aulainterativavideo
Reinaldo mayer aulainterativavideoReinaldo mayer aulainterativavideo
Reinaldo mayer aulainterativavideo
 
Simulando ações da_tutoria_06_a_pvou114_ravel_gimenes
Simulando ações da_tutoria_06_a_pvou114_ravel_gimenes Simulando ações da_tutoria_06_a_pvou114_ravel_gimenes
Simulando ações da_tutoria_06_a_pvou114_ravel_gimenes
 
Blog e Educação 1 Epeal2009
Blog e Educação 1 Epeal2009Blog e Educação 1 Epeal2009
Blog e Educação 1 Epeal2009
 
Guia moodle
Guia moodleGuia moodle
Guia moodle
 
Blog - autores de produtos multimídia
Blog - autores de produtos multimídiaBlog - autores de produtos multimídia
Blog - autores de produtos multimídia
 
Blog - autores de produtos multimídia
Blog - autores de produtos multimídiaBlog - autores de produtos multimídia
Blog - autores de produtos multimídia
 
Proinfo ll (portifolio digital)
Proinfo ll (portifolio digital)Proinfo ll (portifolio digital)
Proinfo ll (portifolio digital)
 

Mais de Adelaide Dias

Proposta de design_final_de_avaliacao_mpeleanos6
Proposta de design_final_de_avaliacao_mpeleanos6Proposta de design_final_de_avaliacao_mpeleanos6
Proposta de design_final_de_avaliacao_mpeleanos6
Adelaide Dias
 
Wikis - Instrumento de avaliação em contexto de eLearning
Wikis - Instrumento de avaliação em contexto de eLearningWikis - Instrumento de avaliação em contexto de eLearning
Wikis - Instrumento de avaliação em contexto de eLearning
Adelaide Dias
 
Artigo - estudo sobre a adesão, frequência e vantagens dos moocs
Artigo - estudo sobre a adesão, frequência e vantagens dos moocsArtigo - estudo sobre a adesão, frequência e vantagens dos moocs
Artigo - estudo sobre a adesão, frequência e vantagens dos moocs
Adelaide Dias
 
Desenho da atividade online
Desenho da atividade onlineDesenho da atividade online
Desenho da atividade online
Adelaide Dias
 
Esboço do desenho da aprendizagem online
Esboço do desenho da aprendizagem onlineEsboço do desenho da aprendizagem online
Esboço do desenho da aprendizagem online
Adelaide Dias
 
Aspetos relevantes no desenho da aprendizagem e das atividades online
Aspetos relevantes no desenho da aprendizagem e das atividades onlineAspetos relevantes no desenho da aprendizagem e das atividades online
Aspetos relevantes no desenho da aprendizagem e das atividades online
Adelaide Dias
 
Abordagens pedagógicas e atividades
Abordagens pedagógicas e atividadesAbordagens pedagógicas e atividades
Abordagens pedagógicas e atividades
Adelaide Dias
 
Recensao critica dos videos de Michael Wesch_Equipa Teta
Recensao critica dos videos de Michael Wesch_Equipa TetaRecensao critica dos videos de Michael Wesch_Equipa Teta
Recensao critica dos videos de Michael Wesch_Equipa Teta
Adelaide Dias
 
Definição de sociedade em rede
Definição de sociedade em redeDefinição de sociedade em rede
Definição de sociedade em rede
Adelaide Dias
 
Storyboard
StoryboardStoryboard
Storyboard
Adelaide Dias
 
Noção de cibercultura
Noção de ciberculturaNoção de cibercultura
Noção de cibercultura
Adelaide Dias
 
O meu PLE
O meu PLEO meu PLE
O meu PLE
Adelaide Dias
 

Mais de Adelaide Dias (12)

Proposta de design_final_de_avaliacao_mpeleanos6
Proposta de design_final_de_avaliacao_mpeleanos6Proposta de design_final_de_avaliacao_mpeleanos6
Proposta de design_final_de_avaliacao_mpeleanos6
 
Wikis - Instrumento de avaliação em contexto de eLearning
Wikis - Instrumento de avaliação em contexto de eLearningWikis - Instrumento de avaliação em contexto de eLearning
Wikis - Instrumento de avaliação em contexto de eLearning
 
Artigo - estudo sobre a adesão, frequência e vantagens dos moocs
Artigo - estudo sobre a adesão, frequência e vantagens dos moocsArtigo - estudo sobre a adesão, frequência e vantagens dos moocs
Artigo - estudo sobre a adesão, frequência e vantagens dos moocs
 
Desenho da atividade online
Desenho da atividade onlineDesenho da atividade online
Desenho da atividade online
 
Esboço do desenho da aprendizagem online
Esboço do desenho da aprendizagem onlineEsboço do desenho da aprendizagem online
Esboço do desenho da aprendizagem online
 
Aspetos relevantes no desenho da aprendizagem e das atividades online
Aspetos relevantes no desenho da aprendizagem e das atividades onlineAspetos relevantes no desenho da aprendizagem e das atividades online
Aspetos relevantes no desenho da aprendizagem e das atividades online
 
Abordagens pedagógicas e atividades
Abordagens pedagógicas e atividadesAbordagens pedagógicas e atividades
Abordagens pedagógicas e atividades
 
Recensao critica dos videos de Michael Wesch_Equipa Teta
Recensao critica dos videos de Michael Wesch_Equipa TetaRecensao critica dos videos de Michael Wesch_Equipa Teta
Recensao critica dos videos de Michael Wesch_Equipa Teta
 
Definição de sociedade em rede
Definição de sociedade em redeDefinição de sociedade em rede
Definição de sociedade em rede
 
Storyboard
StoryboardStoryboard
Storyboard
 
Noção de cibercultura
Noção de ciberculturaNoção de cibercultura
Noção de cibercultura
 
O meu PLE
O meu PLEO meu PLE
O meu PLE
 

Último

A EDUCAÇÃO COM A INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL E AS DEFICIÊNCIAS DE SUA APLICAÇÃO N...
A EDUCAÇÃO COM A INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL E AS DEFICIÊNCIAS DE SUA APLICAÇÃO N...A EDUCAÇÃO COM A INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL E AS DEFICIÊNCIAS DE SUA APLICAÇÃO N...
A EDUCAÇÃO COM A INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL E AS DEFICIÊNCIAS DE SUA APLICAÇÃO N...
Faga1939
 
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsxSe A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Luzia Gabriele
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
Espanhol Online
 
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdfIdeais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
Anesio2
 
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
mozalgebrista
 
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptxIV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
Ligia Galvão
 
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e CaminhosAprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Leonel Morgado
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Centro Jacques Delors
 
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
LEMBRANCINHA Para-MENSAGEM de -FERIAS.pdf
LEMBRANCINHA Para-MENSAGEM de -FERIAS.pdfLEMBRANCINHA Para-MENSAGEM de -FERIAS.pdf
LEMBRANCINHA Para-MENSAGEM de -FERIAS.pdf
LucliaMartins5
 
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Manejo de plantas daninhas
Manejo de plantas daninhasManejo de plantas daninhas
Manejo de plantas daninhas
Geagra UFG
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
felipescherner
 
SEQUÊNCIA NÃO ME TOCA, SEU BOBOCA, Violência sexual infantilil
SEQUÊNCIA NÃO ME TOCA, SEU BOBOCA, Violência sexual infantililSEQUÊNCIA NÃO ME TOCA, SEU BOBOCA, Violência sexual infantilil
SEQUÊNCIA NÃO ME TOCA, SEU BOBOCA, Violência sexual infantilil
menesabi
 
Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!
Mary Alvarenga
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
Sandra Pratas
 
Texto e atividade - Fontes alternativas de energia
Texto e atividade -  Fontes alternativas de energiaTexto e atividade -  Fontes alternativas de energia
Texto e atividade - Fontes alternativas de energia
Mary Alvarenga
 
Guia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdf
Guia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdfGuia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdf
Guia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdf
FLAVIOROBERTOGOUVEA
 
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da químicaTEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
VictorEmanoel37
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Mary Alvarenga
 

Último (20)

A EDUCAÇÃO COM A INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL E AS DEFICIÊNCIAS DE SUA APLICAÇÃO N...
A EDUCAÇÃO COM A INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL E AS DEFICIÊNCIAS DE SUA APLICAÇÃO N...A EDUCAÇÃO COM A INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL E AS DEFICIÊNCIAS DE SUA APLICAÇÃO N...
A EDUCAÇÃO COM A INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL E AS DEFICIÊNCIAS DE SUA APLICAÇÃO N...
 
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsxSe A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
 
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdfIdeais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
 
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
 
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptxIV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
 
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e CaminhosAprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
 
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
 
LEMBRANCINHA Para-MENSAGEM de -FERIAS.pdf
LEMBRANCINHA Para-MENSAGEM de -FERIAS.pdfLEMBRANCINHA Para-MENSAGEM de -FERIAS.pdf
LEMBRANCINHA Para-MENSAGEM de -FERIAS.pdf
 
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
 
Manejo de plantas daninhas
Manejo de plantas daninhasManejo de plantas daninhas
Manejo de plantas daninhas
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
 
SEQUÊNCIA NÃO ME TOCA, SEU BOBOCA, Violência sexual infantilil
SEQUÊNCIA NÃO ME TOCA, SEU BOBOCA, Violência sexual infantililSEQUÊNCIA NÃO ME TOCA, SEU BOBOCA, Violência sexual infantilil
SEQUÊNCIA NÃO ME TOCA, SEU BOBOCA, Violência sexual infantilil
 
Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
 
Texto e atividade - Fontes alternativas de energia
Texto e atividade -  Fontes alternativas de energiaTexto e atividade -  Fontes alternativas de energia
Texto e atividade - Fontes alternativas de energia
 
Guia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdf
Guia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdfGuia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdf
Guia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdf
 
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da químicaTEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
 

Bibliografia anotada_PLE

  • 1. Bibliografia Anotada 1 (Personal Learning Environments) Leite, Bruno (18/10/2011). Ensino Tec (Ensino e Tecnologias) - Personal Learning Environments. [site Online]. Disponível em: http://ensinotec.com/index.php?option=com_content&view=article&id=14&Itemid=58&show all=1 Descrição: O site, de nome EnsinoTec (Ensino e Tecnologias) tem como objetivo divulgar as tecnologias no ensino. No Menu Principal, situado ao lado esquerdo do site, podemos encontrar o tema PLE. Este tema no site está dividido em três tópicos descritivos, que são eles, Personal Learning Environment; O PLE deve conter?; Teorias para um PLE. Encontrando-se este último ainda em construção. No tópico, Personal Learning Environment, o autor, Bruno Leite começa por falar do conceito de PLE, dizendo que “Da noção de PLE, regista-se uma diversidade de perspetivas e enfoques que tornam difícil chegar a uma única definição”, e logo de seguida apresenta algumas definições de PLE citadas por diferentes autores, tais como, Ron Lubensky (2006), George Siemens (2007), Attwell (2007), Wilson (2008) e Anderson (2007). Depois das definições apresentadas por vários autores, Bruno Leites acrescenta “as definições de PLE variam entre os autores, alguns sugerem que os princípios dos PLE podem ser apresentados através de um software, enquanto outros sugerem que um PLE deve ser entendido enquanto conceito e não como uma ferramenta específica.” De seguida o autor continua a falar do PLE como conceito e mostra onde se baseia o PLE, explica o que são, o que incluí e o que compõe o PLE. Descreve através de uma fase do autor (Simões, 2010), o que é possível promover e para que serve o PLE na aprendizagem informal. O autor fala do desenvolvimento dos PLE como uma resposta às várias mudanças sociais e à forma como as pessoas olham para o desenvolvimento da aprendizagem e do conhecimento, logo existe um crescimento e uma mudança nos ambientes pessoais de aprendizagem assim como nas pessoas. Continuando o tópico, é feita uma descrição que explica como os utilizadores podem utilizar os PLE relacionando-os com a sua aprendizagem pois estes são vistos e descritos como recursos que ajudam o utilizador a gerir, a controlar a definir objetivos e a comunicar com outros participantes no seu processo de aprendizagem. Para terminar este tópico, o autor descreve os PLE como ferramenta específica, definindo-os como uma aplicação, ou conjunto de aplicações utilizadas para organizar um processo de aprendizagem e realça que alguns autores defendem que os PLE devem utilizar ferramentas da Web 2.0 mas também relações interpessoais entre aluno – aluno, aluno – professor.
  • 2. No tópico, O PLE deve conter?, o autor começa por apresentar alguns pontos, seguido de opiniões de diferentes autores sobre o que os PLE devem conter. De seguida, destaca três princípios referentes à aprendizagem e ao desenvolvimento pessoal: a Interação, a Usabilidade e a Relevância, descrevendo cada um deles. Depois é possível vermos um vídeo de Jordi Adell que descreve e divide um PLE em três partes principais e fala de algumas ferramentas e serviços de um PLE. No fim do tópico são identificadas, por Jordi Adell, algumas vantagens de um PLE. O tópico Teorias para um PLE, encontra-se ainda em construção. Para finalizar o tema o autor criou um tópico onde colocou todas as referências utilizadas para a criação e desenvolvimento do tema PLE. Comentário: Bruno Leite, ao longo deste site, mais precisamente no tema PLE faz uma abordagem e descrição bastante completa sobre os PLE, utilizando em grande parte dos seus comentários citações de diferentes autores mas nunca deixando de mostrar as suas próprias conclusões. A forma como estruturou o tema, dividindo-o em três tópicos, dá uma maior usabilidade ao site e ao tema em questão, pois não prolonga demasiado a informação ao longo da página. O utilizador pode ler o tema por tópicos ou se preferir pode ler o documento seguido. A linguagem utilizada é simples e direta facilitando a sua compreensão. Este tema, foi desenvolvido no site, a pouco mais de um ano, sendo que ainda se encontra com tópicos em construção e com o autor a fazer atualizações, sendo que a última foi registada a 28 de Fevereiro de 2012, logo podemos dizer que as informações colocadas no tema são atuais. Em termos gráficos, o site tem uma navegação bastante simples e direta, pois tem todos os menus, sempre visíveis, em cima e ao lado esquerdo, podendo o utilizador mudar de menus sempre que quiser e nunca se “perder” ao longo da navegação pelo site.
  • 3. Bibliografia Anotada 2 (Personal Learning Environments) Almeida, Mst Celina (27/04/2010). Meu Ambiente Pessoal de Aprendizagem. [Vídeo no Youtube]. Disponível em: http://www.youtube.com/watch?v=VQg9iepcO7A Descrição: Este item é um vídeo, titulado de, Meu Ambiente Pessoal de Aprendizagem, com 5:09 minutos que se encontra alojado no youtube, e foi realizado por Celina Almeida para o Mestrado em Tecnologia e Informática da Universidade de Vigo. A autora inicia a sua apresentação mostrando o tema que vai abordar, que é, Personal Learning Environment e traduz para Ambiente de Aprendizagem Pessoal. Ao longo da apresentação, Celina Almeida, utiliza várias perguntas e respostas para abordar o tema, sendo que a primeira pergunta é Personal Learning Environment, o que é? Depois apresenta a sua resposta através de um slide. Em seguida aparece uma nova pergunta. Para que serve? A resposta a esta pergunta é apresentada por tópicos em diferentes slides. Para descrever a Definição de PLE, a autora utiliza a seguinte frase: “O Conceito de Personal Learning Environment, representa o mais recente passo evolucionário para uma aprendizagem centrada nos alunos.” Continuando com a apresentação, a autora justifica o porquê do surgimento dos PLE e a sua Evolução. Seguidamente, mostra a importância dos PLE na Aprendizagem ao longo da vida e na Aprendizagem informal. Aos 2:44/ 5:09 minutos da apresentação a autora mostra um exemplo de um PLE, seguido da Importância de ter um PLE, destacando, a responsabilidade, a aprendizagem contínua. A apresentação termina com alguns concelhos aos utilizadores de PLE, que podemos ver ao longo de diversos slides, tais como: “Explora tudo o que conseguires”, “Usa apenas o que precisares”, “Sê criativo”, “Coloca o teu PLE na rede”. “Mas não te esqueça…” “Foca-te na aprendizagem”. “Podemos questionar tudo”… “e refletir”. “Colabore”… “Investigue”.” Enfim…APRENDA” A autora conclui, defendendo que todo o tipo de aprendizagem, precisa de uma organização pessoal e podemos encontrá-la presente num PLE. Ao longo da apresentação, alguns dos slides são acompanhados por imagens representativas dos tópicos e podemos ouvir música a longo de toda a apresentação. Comentário: Este vídeo sobre os Personal Learning Environment, está muito simples e direto. A autora tenta “jogar” com as perguntas e respostas, sendo muito objetiva e clara nas suas descrições. O tipo de letra utilizado e as frases curtas facilita a compreensão da informação e não torna a
  • 4. apresentação aborrecida. A duração, sendo que é de 5 minutos e 9 segundos não é considerada uma apresentação muito longa o que, num primeiro contato, suscita interesse. Apesar do tempo, poder ser considerado, reduzido a autora, consegue mostrar e apresentar uma boa definição para PLE. O fundo azul utilizado na apresentação, foi muito bem pensado, pois é simples e não desvia a atenção e o leitor foca-se naquilo que realmente interessa que é o texto. Por outro lado acho que a escolha de uma música com letra, poderá não ser uma boa opção pois pode levar o leitor a dispersar, sendo mais indicado utilizar-se uma música apenas instrumental.