SlideShare uma empresa Scribd logo
UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA
CENTRO DE CIÊNCIAS APLICADAS E EDUCAÇÃO
DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS EXATAS
CIÊNCIAS DA COMPUTAÇÃO (LIC.)
AVALIAÇÃO DE APRENDIZAGEM 2015.1
JOSEVAL MIRANDA
RAFAELLY SANTANA
THAMIRES NEVES
AVALIAÇÃO DO ALUNO: A FAVOR
OU CONTRAA DEMOCRATIZAÇÃO
DO ENSINO?
Democratização do ensino e a avaliação do aluno
Democratização do acesso à educação escolar;
Elementos essenciais da democratização:
- Acesso universal ao ensino;
- Permanência do educando na escola e a consequente terminalidade escolar;
- Questão da qualidade do ensino.
A avaliação escolar, hoje, manifesta-se como uma prática social antidemocrática.
A atual prática da avaliação e democratização do
ensino
 Uso de instrumentos avaliativos para fazer a avaliação da
aprendizagem escolar;
 O professor aplica esses instrumentos perto das finais de cada unidade, onde
após a correção e análise das respostas o professor registra as notas em uma
caderneta;
 Pode-se ainda utilizar vários instrumentos avaliativos antes das provas finais de
cada unidade para compor a média, que decide o nível de aprendizagem do
aluno;
O que é a avaliação?
 Juízo de qualidade;
 Dados relevantes da realidade;
 Tomada de decisão;
Satisfatória ou insatisfatória;
Juízo de qualidade
 Variável em função do padrão;
 Julgamento;
 Estado de humor;
 Avaliação arbitrária;
 Professores exercem conduta não democrática;
Dados relevantes da realidade
 É necessário tomar dados relevantes aos objetivos que temos;
 Professores tomam dados irrelevantes como se fossem relevantes;
 Os professores também tornam os instrumentos de avaliação mais difíceis;
 Definição dos assuntos:
- Relevante e irrelevante;
- Evita o arbítrio do professor no instante de construção e utilização dos instrumentos;
- Evita o arbítrio na qualificação do aluno;
Tomada de decisão
 Classificar o aluno;
 Utilização da avaliação pelo professor;
 Avaliação antidemocrática;
 Contrabando entre quantidade e qualidade:
- Impossibilita ao professor diagnosticar a real situação do aluno;
Proposição de um encaminhamento:
a avaliação diagnóstica
A atual prática de avaliação da escola não viabiliza a democratização do ensino;
 Classificatória  Diagnóstica;
Decisões suficientes e satisfatórias;
 Concepção pedagógica;
Princípios que os instrumentos de avaliação
devem seguir:
 Medir resultados de aprendizagem claramente definidos, que estivessem em
harmonia com os objetivos instrucionais;
 Medir uma amostra adequada dos resultados de aprendizagem e o conteúdo da
matéria incluída na instrução;
 Conter os tipos de itens que são mais adequados para medir os resultados de
aprendizagem desejados;
 Ser planejados para se ajustar aos usos particulares a serem feitos dos resultados;
 Ser construídos tão fidedignos quanto possível e, em consequência, ser
interpretados com cautela;
 Ser utilizados para melhorar a aprendizagem do estudante e do sistema de ensino;
Referência Bibliográfica
LUCKESI, Cipriano Carlos. Avaliação do aluno: a favor ou contra a
democratização do ensino? In: LUCKESI, Cipriano Carlos. Avaliação da
aprendizagem escolar: estudos e proposições. 22. Ed. São Paulo: Cortez, 2011, p.
95-118.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Avaliacao em ea d
Avaliacao em ea dAvaliacao em ea d
Avaliacao em ea d
Rangelia2013
 
3
33
S2 4
S2 4S2 4
Avaliação no ensino superior
Avaliação no ensino superiorAvaliação no ensino superior
Avaliação no ensino superior
Ana Claudia Dalcin
 
S2 6
S2 6S2 6
Avaliação no ensino superior
Avaliação no ensino superiorAvaliação no ensino superior
Avaliação no ensino superior
mariannapintodelemos
 
Refletindo sobre Avaliação
Refletindo sobre AvaliaçãoRefletindo sobre Avaliação
Refletindo sobre Avaliação
VidaRevista Consultoria e Treinamento
 
luciola, a vulgaridade e pureza de sua alma
luciola, a vulgaridade e pureza de sua almaluciola, a vulgaridade e pureza de sua alma
luciola, a vulgaridade e pureza de sua alma
Wallace Pantoja
 
Avaliação
AvaliaçãoAvaliação
Avaliação
Ana Claudia Dalcin
 
Formas De Avaliação
Formas De AvaliaçãoFormas De Avaliação
Formas De Avaliação
Julio Siqueira
 
Planejamento durval 2014 3dia 3 momento app
Planejamento durval 2014 3dia   3 momento appPlanejamento durval 2014 3dia   3 momento app
Planejamento durval 2014 3dia 3 momento app
Wilson Barbieri
 

Mais procurados (11)

Avaliacao em ea d
Avaliacao em ea dAvaliacao em ea d
Avaliacao em ea d
 
3
33
3
 
S2 4
S2 4S2 4
S2 4
 
Avaliação no ensino superior
Avaliação no ensino superiorAvaliação no ensino superior
Avaliação no ensino superior
 
S2 6
S2 6S2 6
S2 6
 
Avaliação no ensino superior
Avaliação no ensino superiorAvaliação no ensino superior
Avaliação no ensino superior
 
Refletindo sobre Avaliação
Refletindo sobre AvaliaçãoRefletindo sobre Avaliação
Refletindo sobre Avaliação
 
luciola, a vulgaridade e pureza de sua alma
luciola, a vulgaridade e pureza de sua almaluciola, a vulgaridade e pureza de sua alma
luciola, a vulgaridade e pureza de sua alma
 
Avaliação
AvaliaçãoAvaliação
Avaliação
 
Formas De Avaliação
Formas De AvaliaçãoFormas De Avaliação
Formas De Avaliação
 
Planejamento durval 2014 3dia 3 momento app
Planejamento durval 2014 3dia   3 momento appPlanejamento durval 2014 3dia   3 momento app
Planejamento durval 2014 3dia 3 momento app
 

Destaque

Recursos expre ficha_informat-2010-11
Recursos expre ficha_informat-2010-11Recursos expre ficha_informat-2010-11
Recursos expre ficha_informat-2010-11
Teresa Rocha
 
Xornada semanal 3-4 eso
Xornada semanal   3-4 esoXornada semanal   3-4 eso
Xornada semanal 3-4 eso
iesoteropedrayoef
 
ZANSTA 7 Traders Portuguese Presentation
ZANSTA 7 Traders Portuguese PresentationZANSTA 7 Traders Portuguese Presentation
ZANSTA 7 Traders Portuguese Presentation
Zansta7 Traders
 
Violencia infantil
Violencia infantil Violencia infantil
Violencia infantil
Sabrina Sum
 
caderno de normas MEIBAD
caderno de normas MEIBADcaderno de normas MEIBAD
caderno de normas MEIBAD
Ana Ramalho Rosa
 
Alimentaã‡ãƒo e obesidade
Alimentaã‡ãƒo e obesidadeAlimentaã‡ãƒo e obesidade
Alimentaã‡ãƒo e obesidade
Claudia Cravo
 
APRESENTAÇÃO DAMTECH ENGENHARIA
APRESENTAÇÃO DAMTECH ENGENHARIAAPRESENTAÇÃO DAMTECH ENGENHARIA
APRESENTAÇÃO DAMTECH ENGENHARIA
Damtech Engenharia
 
31 de Outubro de 2010
31 de Outubro de 201031 de Outubro de 2010
31 de Outubro de 2010George Franz
 
Webquest, miniquest y caza del tesoro
Webquest, miniquest y caza del tesoroWebquest, miniquest y caza del tesoro
Webquest, miniquest y caza del tesoro
Ayleen Vargas
 
Outubro
OutubroOutubro
Eap
EapEap
Análisis Intrabucal
Análisis Intrabucal Análisis Intrabucal
Análisis Intrabucal
Jonathan Rodríguez
 
Ideias de rato
Ideias de ratoIdeias de rato
October test results 1
October test results 1October test results 1
October test results 1
birdtownenglish
 
Pécda
PécdaPécda
Tradução juramentada de documentos
Tradução juramentada de documentosTradução juramentada de documentos
Tradução juramentada de documentos
juramentado05
 
Cabeça de touro goleia e acaba com invencibilidade do tigre
Cabeça de touro goleia e acaba com invencibilidade do tigreCabeça de touro goleia e acaba com invencibilidade do tigre
Cabeça de touro goleia e acaba com invencibilidade do tigre
Hugo Cavalcanti
 
Pagina 4
Pagina 4Pagina 4
Pagina 4
wilson firmo
 
Súmula jogo 9 ituitaba x cruzeiro
Súmula jogo 9 ituitaba x cruzeiroSúmula jogo 9 ituitaba x cruzeiro
Súmula jogo 9 ituitaba x cruzeiro
Semente Estratégica Consultoria Ltda
 
Projeto bombeiros
Projeto bombeirosProjeto bombeiros
Projeto bombeiros
Ana Kelly Brustolin
 

Destaque (20)

Recursos expre ficha_informat-2010-11
Recursos expre ficha_informat-2010-11Recursos expre ficha_informat-2010-11
Recursos expre ficha_informat-2010-11
 
Xornada semanal 3-4 eso
Xornada semanal   3-4 esoXornada semanal   3-4 eso
Xornada semanal 3-4 eso
 
ZANSTA 7 Traders Portuguese Presentation
ZANSTA 7 Traders Portuguese PresentationZANSTA 7 Traders Portuguese Presentation
ZANSTA 7 Traders Portuguese Presentation
 
Violencia infantil
Violencia infantil Violencia infantil
Violencia infantil
 
caderno de normas MEIBAD
caderno de normas MEIBADcaderno de normas MEIBAD
caderno de normas MEIBAD
 
Alimentaã‡ãƒo e obesidade
Alimentaã‡ãƒo e obesidadeAlimentaã‡ãƒo e obesidade
Alimentaã‡ãƒo e obesidade
 
APRESENTAÇÃO DAMTECH ENGENHARIA
APRESENTAÇÃO DAMTECH ENGENHARIAAPRESENTAÇÃO DAMTECH ENGENHARIA
APRESENTAÇÃO DAMTECH ENGENHARIA
 
31 de Outubro de 2010
31 de Outubro de 201031 de Outubro de 2010
31 de Outubro de 2010
 
Webquest, miniquest y caza del tesoro
Webquest, miniquest y caza del tesoroWebquest, miniquest y caza del tesoro
Webquest, miniquest y caza del tesoro
 
Outubro
OutubroOutubro
Outubro
 
Eap
EapEap
Eap
 
Análisis Intrabucal
Análisis Intrabucal Análisis Intrabucal
Análisis Intrabucal
 
Ideias de rato
Ideias de ratoIdeias de rato
Ideias de rato
 
October test results 1
October test results 1October test results 1
October test results 1
 
Pécda
PécdaPécda
Pécda
 
Tradução juramentada de documentos
Tradução juramentada de documentosTradução juramentada de documentos
Tradução juramentada de documentos
 
Cabeça de touro goleia e acaba com invencibilidade do tigre
Cabeça de touro goleia e acaba com invencibilidade do tigreCabeça de touro goleia e acaba com invencibilidade do tigre
Cabeça de touro goleia e acaba com invencibilidade do tigre
 
Pagina 4
Pagina 4Pagina 4
Pagina 4
 
Súmula jogo 9 ituitaba x cruzeiro
Súmula jogo 9 ituitaba x cruzeiroSúmula jogo 9 ituitaba x cruzeiro
Súmula jogo 9 ituitaba x cruzeiro
 
Projeto bombeiros
Projeto bombeirosProjeto bombeiros
Projeto bombeiros
 

Semelhante a Avaliação do aluno a favor ou contra a democratização do ensino

TéCnicas E Instrumentos De AvaliaçãO
TéCnicas E Instrumentos De AvaliaçãOTéCnicas E Instrumentos De AvaliaçãO
TéCnicas E Instrumentos De AvaliaçãO
Messias Matusse
 
Didática do ensino superior videoaula 6
Didática do ensino superior videoaula 6Didática do ensino superior videoaula 6
Didática do ensino superior videoaula 6
Karlla Costa
 
08 avaliacao-e-registro
08 avaliacao-e-registro08 avaliacao-e-registro
08 avaliacao-e-registro
Joao Balbi
 
_dia1_momento2 mão na massa!.pdf
_dia1_momento2 mão na massa!.pdf_dia1_momento2 mão na massa!.pdf
_dia1_momento2 mão na massa!.pdf
SOLANGEBOROSKISCHOCK
 
Ideias 22 p089-090_c
Ideias 22 p089-090_cIdeias 22 p089-090_c
Ideias 22 p089-090_c
Selmy Araujo
 
ATPC Como Espaço de Formação - Avaliação
ATPC Como Espaço de Formação - AvaliaçãoATPC Como Espaço de Formação - Avaliação
ATPC Como Espaço de Formação - Avaliação
Claudia Elisabete Silva
 
Nono --avaliacao-e-registro
Nono --avaliacao-e-registroNono --avaliacao-e-registro
Nono --avaliacao-e-registro
samuelbi1
 
Progestão x
Progestão xProgestão x
Progestão x
progestaoanguera
 
Aula 2 - Avaliação em Educacional atual.pptx
Aula 2 - Avaliação em Educacional atual.pptxAula 2 - Avaliação em Educacional atual.pptx
Aula 2 - Avaliação em Educacional atual.pptx
MaelDaSilvaNegreiros
 
Limites
LimitesLimites
Projeto
ProjetoProjeto
Avaliação escolar
Avaliação escolarAvaliação escolar
Avaliação escolar
fatima amitaflustosa
 
AVALIACAO DOPEA
AVALIACAO DOPEAAVALIACAO DOPEA
AVALIACAO DOPEA
maloa
 
Critérios gerais de avaliação 2014 2015 visto ped1
Critérios gerais de avaliação 2014 2015 visto ped1Critérios gerais de avaliação 2014 2015 visto ped1
Critérios gerais de avaliação 2014 2015 visto ped1
Cesé Bragança
 
Apresentação_detalhada_e_aberta__Acomp._Aprendizagens.pptx
Apresentação_detalhada_e_aberta__Acomp._Aprendizagens.pptxApresentação_detalhada_e_aberta__Acomp._Aprendizagens.pptx
Apresentação_detalhada_e_aberta__Acomp._Aprendizagens.pptx
SupervisoEMAC
 
Avaliação no ensino superior
Avaliação no ensino superiorAvaliação no ensino superior
Avaliação no ensino superior
mariamoura1788lulu
 
Avaliação no ensino superior
Avaliação no ensino superiorAvaliação no ensino superior
Avaliação no ensino superior
mariamoura1788lulu
 
Supervisão
SupervisãoSupervisão
Supervisão
Helena Zanotto
 
Simulado concurso professor de educacao fisica questoes concurso pedagogia ...
Simulado concurso professor de educacao fisica questoes concurso pedagogia   ...Simulado concurso professor de educacao fisica questoes concurso pedagogia   ...
Simulado concurso professor de educacao fisica questoes concurso pedagogia ...
vinicius_lyma
 
A avaliação no processo de ensino aprendizagem - rea
A avaliação no processo de ensino aprendizagem - reaA avaliação no processo de ensino aprendizagem - rea
A avaliação no processo de ensino aprendizagem - rea
Elizeu Gomes de Faria
 

Semelhante a Avaliação do aluno a favor ou contra a democratização do ensino (20)

TéCnicas E Instrumentos De AvaliaçãO
TéCnicas E Instrumentos De AvaliaçãOTéCnicas E Instrumentos De AvaliaçãO
TéCnicas E Instrumentos De AvaliaçãO
 
Didática do ensino superior videoaula 6
Didática do ensino superior videoaula 6Didática do ensino superior videoaula 6
Didática do ensino superior videoaula 6
 
08 avaliacao-e-registro
08 avaliacao-e-registro08 avaliacao-e-registro
08 avaliacao-e-registro
 
_dia1_momento2 mão na massa!.pdf
_dia1_momento2 mão na massa!.pdf_dia1_momento2 mão na massa!.pdf
_dia1_momento2 mão na massa!.pdf
 
Ideias 22 p089-090_c
Ideias 22 p089-090_cIdeias 22 p089-090_c
Ideias 22 p089-090_c
 
ATPC Como Espaço de Formação - Avaliação
ATPC Como Espaço de Formação - AvaliaçãoATPC Como Espaço de Formação - Avaliação
ATPC Como Espaço de Formação - Avaliação
 
Nono --avaliacao-e-registro
Nono --avaliacao-e-registroNono --avaliacao-e-registro
Nono --avaliacao-e-registro
 
Progestão x
Progestão xProgestão x
Progestão x
 
Aula 2 - Avaliação em Educacional atual.pptx
Aula 2 - Avaliação em Educacional atual.pptxAula 2 - Avaliação em Educacional atual.pptx
Aula 2 - Avaliação em Educacional atual.pptx
 
Limites
LimitesLimites
Limites
 
Projeto
ProjetoProjeto
Projeto
 
Avaliação escolar
Avaliação escolarAvaliação escolar
Avaliação escolar
 
AVALIACAO DOPEA
AVALIACAO DOPEAAVALIACAO DOPEA
AVALIACAO DOPEA
 
Critérios gerais de avaliação 2014 2015 visto ped1
Critérios gerais de avaliação 2014 2015 visto ped1Critérios gerais de avaliação 2014 2015 visto ped1
Critérios gerais de avaliação 2014 2015 visto ped1
 
Apresentação_detalhada_e_aberta__Acomp._Aprendizagens.pptx
Apresentação_detalhada_e_aberta__Acomp._Aprendizagens.pptxApresentação_detalhada_e_aberta__Acomp._Aprendizagens.pptx
Apresentação_detalhada_e_aberta__Acomp._Aprendizagens.pptx
 
Avaliação no ensino superior
Avaliação no ensino superiorAvaliação no ensino superior
Avaliação no ensino superior
 
Avaliação no ensino superior
Avaliação no ensino superiorAvaliação no ensino superior
Avaliação no ensino superior
 
Supervisão
SupervisãoSupervisão
Supervisão
 
Simulado concurso professor de educacao fisica questoes concurso pedagogia ...
Simulado concurso professor de educacao fisica questoes concurso pedagogia   ...Simulado concurso professor de educacao fisica questoes concurso pedagogia   ...
Simulado concurso professor de educacao fisica questoes concurso pedagogia ...
 
A avaliação no processo de ensino aprendizagem - rea
A avaliação no processo de ensino aprendizagem - reaA avaliação no processo de ensino aprendizagem - rea
A avaliação no processo de ensino aprendizagem - rea
 

Último

LITERATURA INDÍGENA BRASILEIRA: elementos constitutivos.ppt
LITERATURA INDÍGENA BRASILEIRA: elementos constitutivos.pptLITERATURA INDÍGENA BRASILEIRA: elementos constitutivos.ppt
LITERATURA INDÍGENA BRASILEIRA: elementos constitutivos.ppt
EdimaresSilvestre
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
DouglasMoraes54
 
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
SLIDE LIÇÃO 10 - DESENVOLVENDO UMA CONSCIÊNCIA DE SANTIDADE - TEXTO ÁUREO...
SLIDE LIÇÃO 10 - DESENVOLVENDO UMA CONSCIÊNCIA DE SANTIDADE - TEXTO ÁUREO...SLIDE LIÇÃO 10 - DESENVOLVENDO UMA CONSCIÊNCIA DE SANTIDADE - TEXTO ÁUREO...
SLIDE LIÇÃO 10 - DESENVOLVENDO UMA CONSCIÊNCIA DE SANTIDADE - TEXTO ÁUREO...
y6zh7bvphf
 
CLASSIFICAÇÃO DAS ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS 9º ANO.pptx
CLASSIFICAÇÃO DAS ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS 9º ANO.pptxCLASSIFICAÇÃO DAS ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS 9º ANO.pptx
CLASSIFICAÇÃO DAS ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS 9º ANO.pptx
Deiciane Chaves
 
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf eplanejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
HelenStefany
 
Loteria - Adição, subtração, multiplicação e divisão.
Loteria - Adição,  subtração,  multiplicação e divisão.Loteria - Adição,  subtração,  multiplicação e divisão.
Loteria - Adição, subtração, multiplicação e divisão.
Mary Alvarenga
 
said edward w - orientalismo. livro de história pdf
said edward w - orientalismo. livro de história pdfsaid edward w - orientalismo. livro de história pdf
said edward w - orientalismo. livro de história pdf
ThiagoRORISDASILVA1
 
FICHA DE APOIO DE ESCOLA SECUNDÁRIA 2024
FICHA DE APOIO DE ESCOLA SECUNDÁRIA 2024FICHA DE APOIO DE ESCOLA SECUNDÁRIA 2024
FICHA DE APOIO DE ESCOLA SECUNDÁRIA 2024
FredFringeFringeDola
 
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasnTabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
CarlosJean21
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Mary Alvarenga
 
(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE
(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE
(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE
Pr Davi Passos - Estudos Bíblicos
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
fran0410
 
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdfRazonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Demetrio Ccesa Rayme
 
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologiaPedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
Nertan Dias
 
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptxSlides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junhoATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
Crisnaiara
 
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento EuropeuEurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
Centro Jacques Delors
 
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdfAula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
vitorreissouzasilva
 
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdfUFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
Manuais Formação
 

Último (20)

LITERATURA INDÍGENA BRASILEIRA: elementos constitutivos.ppt
LITERATURA INDÍGENA BRASILEIRA: elementos constitutivos.pptLITERATURA INDÍGENA BRASILEIRA: elementos constitutivos.ppt
LITERATURA INDÍGENA BRASILEIRA: elementos constitutivos.ppt
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
 
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
 
SLIDE LIÇÃO 10 - DESENVOLVENDO UMA CONSCIÊNCIA DE SANTIDADE - TEXTO ÁUREO...
SLIDE LIÇÃO 10 - DESENVOLVENDO UMA CONSCIÊNCIA DE SANTIDADE - TEXTO ÁUREO...SLIDE LIÇÃO 10 - DESENVOLVENDO UMA CONSCIÊNCIA DE SANTIDADE - TEXTO ÁUREO...
SLIDE LIÇÃO 10 - DESENVOLVENDO UMA CONSCIÊNCIA DE SANTIDADE - TEXTO ÁUREO...
 
CLASSIFICAÇÃO DAS ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS 9º ANO.pptx
CLASSIFICAÇÃO DAS ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS 9º ANO.pptxCLASSIFICAÇÃO DAS ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS 9º ANO.pptx
CLASSIFICAÇÃO DAS ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS 9º ANO.pptx
 
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf eplanejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
 
Loteria - Adição, subtração, multiplicação e divisão.
Loteria - Adição,  subtração,  multiplicação e divisão.Loteria - Adição,  subtração,  multiplicação e divisão.
Loteria - Adição, subtração, multiplicação e divisão.
 
said edward w - orientalismo. livro de história pdf
said edward w - orientalismo. livro de história pdfsaid edward w - orientalismo. livro de história pdf
said edward w - orientalismo. livro de história pdf
 
FICHA DE APOIO DE ESCOLA SECUNDÁRIA 2024
FICHA DE APOIO DE ESCOLA SECUNDÁRIA 2024FICHA DE APOIO DE ESCOLA SECUNDÁRIA 2024
FICHA DE APOIO DE ESCOLA SECUNDÁRIA 2024
 
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasnTabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
 
(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE
(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE
(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
 
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdfRazonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
 
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologiaPedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
 
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptxSlides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
 
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junhoATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
 
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento EuropeuEurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
 
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdfAula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
 
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdfUFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
 

Avaliação do aluno a favor ou contra a democratização do ensino

  • 1. UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CENTRO DE CIÊNCIAS APLICADAS E EDUCAÇÃO DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS EXATAS CIÊNCIAS DA COMPUTAÇÃO (LIC.) AVALIAÇÃO DE APRENDIZAGEM 2015.1 JOSEVAL MIRANDA RAFAELLY SANTANA THAMIRES NEVES AVALIAÇÃO DO ALUNO: A FAVOR OU CONTRAA DEMOCRATIZAÇÃO DO ENSINO?
  • 2. Democratização do ensino e a avaliação do aluno Democratização do acesso à educação escolar; Elementos essenciais da democratização: - Acesso universal ao ensino; - Permanência do educando na escola e a consequente terminalidade escolar; - Questão da qualidade do ensino. A avaliação escolar, hoje, manifesta-se como uma prática social antidemocrática.
  • 3. A atual prática da avaliação e democratização do ensino  Uso de instrumentos avaliativos para fazer a avaliação da aprendizagem escolar;  O professor aplica esses instrumentos perto das finais de cada unidade, onde após a correção e análise das respostas o professor registra as notas em uma caderneta;  Pode-se ainda utilizar vários instrumentos avaliativos antes das provas finais de cada unidade para compor a média, que decide o nível de aprendizagem do aluno;
  • 4. O que é a avaliação?  Juízo de qualidade;  Dados relevantes da realidade;  Tomada de decisão; Satisfatória ou insatisfatória;
  • 5. Juízo de qualidade  Variável em função do padrão;  Julgamento;  Estado de humor;  Avaliação arbitrária;  Professores exercem conduta não democrática;
  • 6. Dados relevantes da realidade  É necessário tomar dados relevantes aos objetivos que temos;  Professores tomam dados irrelevantes como se fossem relevantes;  Os professores também tornam os instrumentos de avaliação mais difíceis;  Definição dos assuntos: - Relevante e irrelevante; - Evita o arbítrio do professor no instante de construção e utilização dos instrumentos; - Evita o arbítrio na qualificação do aluno;
  • 7. Tomada de decisão  Classificar o aluno;  Utilização da avaliação pelo professor;  Avaliação antidemocrática;  Contrabando entre quantidade e qualidade: - Impossibilita ao professor diagnosticar a real situação do aluno;
  • 8. Proposição de um encaminhamento: a avaliação diagnóstica A atual prática de avaliação da escola não viabiliza a democratização do ensino;  Classificatória  Diagnóstica; Decisões suficientes e satisfatórias;  Concepção pedagógica;
  • 9. Princípios que os instrumentos de avaliação devem seguir:  Medir resultados de aprendizagem claramente definidos, que estivessem em harmonia com os objetivos instrucionais;  Medir uma amostra adequada dos resultados de aprendizagem e o conteúdo da matéria incluída na instrução;  Conter os tipos de itens que são mais adequados para medir os resultados de aprendizagem desejados;  Ser planejados para se ajustar aos usos particulares a serem feitos dos resultados;  Ser construídos tão fidedignos quanto possível e, em consequência, ser interpretados com cautela;  Ser utilizados para melhorar a aprendizagem do estudante e do sistema de ensino;
  • 10. Referência Bibliográfica LUCKESI, Cipriano Carlos. Avaliação do aluno: a favor ou contra a democratização do ensino? In: LUCKESI, Cipriano Carlos. Avaliação da aprendizagem escolar: estudos e proposições. 22. Ed. São Paulo: Cortez, 2011, p. 95-118.