SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 55
ARTROLOGIA
PROF. MARÍLIA GOMES
Introdução
 Artrologia/Sindesmologia
 Arthro = articulação + Logo = estudo
 Syndesmo = ligamento + Logo = estudo
 Conjunto de peças duras ou moles que conectam peças
ósseas
 Funções: união/inserção
crescimento
movimento/alavanca
plasticidade/proteção
angulação/torção
JUNTURA
Modo de união entre os ossos
 Extremidades
 Bordas
 Faces
Classificações
Quanto a forma de união
 Estruturais
 Funcionais
Quanto a fixação
 Por continuidade
 Por contiguidade
Quanto a duração
Temporária
Permanente
Quanto a duração
 Temporária: desaparecem antes da idade adulta
 Permanente: permanecem por toda a vida
Quanto a fixação
 Articulação por continuidade
 Articulação por contiguidade
Quanto a forma de união
ESTRUTURAIS
Tipos:
1.Cartilaginosa: sem cavidade articular, ossos unidos por
cartilagem (hialina ou fibrocartilagem), pouco ou nenhum
movimento
2.Fibrosa: sem cavidade articular, ossos unidos por tecido
conjuntivo fibroso, rico em fibras colágenas, semimóvel
3.Sinovial: com cavidade articular, osso unidos por tecido
conjuntivo e cápsula articular, móvel
1 - ESTRUTURAIS CARTILAGINOSAS
I.Sincondrose ou primária
II.Sínfise ou secundária
I - Estrutural cartilaginosa do tipo sincondrose:
Cartilagem hialina que se ossifica com o tempo
Nenhum movimento
Divide-se em:
a.Intraóssea: epífise e diáfise de um osso longo
b.Intraóssea: união de ossos diferentes
II - Estrutural cartilaginosa do tipo sínfise:
Disco de fibrocartilagem unindo os ossos
Semimóvel
2 - ESTRUTURAIS FIBROSAS
I.Sutura
II.Sindesmose
III.Gonfose
*A maioria é temporárias (sinostose)
União completa de dois ossos
por ossificação da zona fibrosa
ou cartilaginosa que os separa.
Formação de um único osso.
I - Estrutural fibrosa do tipo sutura:
Apenas entre ossos do crânio
Fina cama de tecido conjuntivo denso não modelado
Divide-se em:
a.Serrada/dentada: irregulares como uma engrenagem
b.Escamosa ou biselada: biseladas e sobrepostas
c.Plana ou harmônica: planas ou levemente enrugadas
d.Folheada ou esquindilese: bordas que se encaixam
a. serrada b. escamosa c. plana d. folheada
II - Estrutural fibrosa do tipo sindesmose:
Maior espaçamento entre os ossos
Grande quantidade de tecido conjuntivo
Formam ligamentos ou membranas
III - Estrutural fibrosa do tipo gonfose:
Pouco tecido
Articulação de pino e encaixe
Raízes e alvéolos dentários
3 - ESTRUTURAIS SINOVIAIS
Composta por:
a.Estruturas da articulação
b.Estruturas acessórias
Não tendem a sinostose
a. Estruturas da articulação:
Superfície articular
Cartilagem articular
Cápsula articular: membrana fibrosa + membrana sinovial
Cavidade articular
Líquido sinovial
Ligamentos
 Superfície articular
 Parte do osso que se articula
 Recoberta por cartilagem
articular
 Cartilagem articular
 Constituída por cartilagem
hialina
 Baixo atrito
 Não apresenta vasos e nervos
 Nutrida pela sinóvia
 Cápsula articular
 Envolve a articulação
 Possui membrana fibrosa e sinovial
Membrana fibrosa: externa
 Tecido conjuntivo fibroso, fibras colágenas e
elásticas que, por espessamento, formam os
ligamentos capsulares
Membrana sinovial: interna
 Tecido vascularizado responsável pela
produção da sinóvia, possui vilosidades, reveste
todo o interior das articulações sinoviais
 Líquido sinovial
 Nas cavidades articulares, bolsas e
bainhas sinoviais
 Claro, viscoso, pH levemente alcalino
 Nutre e lubrifica a cartilagem articular
 Ligamentos
 Une dois ou mais ossos
a. Extracapsulares
b. Intracapsulares
b. Estruturas acessórias:
Disco
Menisco
Gordura
Bolsa
Veias
Vasos linfáticos
Artérias
Nervos
 Disco: fibrocartilagem disposta entre as
duas superfícies articulares, se unem a
parte fibrosa através da região
periférica, dividindo em subcavidades
que não se comunicam
 Menisco: fibrocartilagem que formam
estruturas semilunares dividindo a
articulação em duas cavidades
secundárias
 Funções: diminuição do atrito
melhor distribuição-lubrificação
distribuição de peso
auxilia no movimento
 Gordura: localiza-se entre a
membrana sinovial e a cápsula
 Bolsa: localizam-se entre a pele,
tendão, ligamento, músculo e o osso,
tecido conjuntivo que limita a
cavidade. Não são parte da
articulação
Funções: reduz a fricção
auxiliam o deslizamento
ajudam no movimento
 Veias e artérias: estão na membrana
sinovial da cápsula articular
 Vasos linfáticos: formam plexos na
membrana sinovial
 Nervos: ramos dos nervos que
inervam dos músculos que cruzam a
articulação e ajudam no movimento
De acordo com a cavidade
1. Simples: uma cavidade
articular
2. Complexa: duas
cavidades articulares
(disco ou menisco)
De acordo com o tipo de encaixe
1. Plana
2. Gínglimo
3. Trocoide (pivô)
4. Elipsoide (condilar)
5. Selar
6. Esferoide
De acordo com o movimento
1. Monoaxial ou uniaxial
2. Biaxial ou diaxial
3. Triaxial ou Multiaxial ou
poliaxial
 Uniaxial: movimento sobre um eixo
 Biaxial: sobre dois eixos
 Multiaxial: sobre mais de dois eixos
 Movimento articulares
a. Flexão: diminui o ângulo da articulação
b. Extensão: aumenta o ângulo da articulação
c. Adução: se aproxima da linha mediana
d. Abdução: se afasta da linha mediana
e. Rotação: giro em torno do próprio eixo
 Supinação: rotação lateral
 Pronação: rotação medial
f. Translação: movimento de deslizamento
g. Circundação: flexão + extensão + adução + abdução
De acordo com a cavidade
1. Simples
2. Complexa De acordo com o tipo de encaixe
1. Plana
2. Gínglimo
3. Trocoide (pivô)
4. Elipsoide (condilar)
5. Selar
6. Esferoide
De acordo com o movimento
1. Monoaxial ou uniaxial
2. Biaxial ou diaxial
3. Triaxial ou multiaxial ou
poliaxial
De acordo com a cavidade
Simples
Complexa ou
composta
De acordo com o encaixe e
movimento
Plana: não axial
Translação ou deslizamento
Gínglimo: monoaxial
Flexão e extensão
Trocoide: monoaxial
Rotação
Elipsoide: biaxial
Flexão e extensão
Adução e abdução
Esferoide: multiaxial
Rotação e circundação
Selar: biaxial
Flexão e extensão
Adução e abdução
Funcionais
I. Sinartrose
II. Anfiartrose
III. Diartrose
I - Estrutura funcional do tipo sinartrose:
Imóvel
Articulações do crânio
II - Estrutura funcional do tipo anfiartrose:
Semimóvel
Ossos se unem por fibrocartilagem, revestida por
cartilagem hialina
Articulações do carpo
III - Estrutura funcional do tipo diartrose:
Móvel
Movimentos amplo
Articulações que servem como alavancas
Articulação dos ombros
Resumão
Resumão
Resumão
Resumão
Resumão
Ligamentos
 Tecido conectivo duro e elástico
 Segura as articulações
 Limita o movimento
 Osso - osso
Tendões
 Localizam-se de ambos os
lados da articulação
 Inserem-se nos músculos
 Limitam o movimento
 Osso - músculo
Aponeuroses
 Localizam-se de ambos os
lados da articulação
 Inserem-se nos músculos
 Limitam o movimento
 Forma de leque
 Osso - músculo

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Mais procurados (20)

Siatema muscular
Siatema muscularSiatema muscular
Siatema muscular
 
Aula 04 anatomia e fisiologia do sistema ósseo e articular..
Aula 04   anatomia e fisiologia do sistema ósseo e articular..Aula 04   anatomia e fisiologia do sistema ósseo e articular..
Aula 04 anatomia e fisiologia do sistema ósseo e articular..
 
O Esqueleto Humano - Sistema Ósseo
O Esqueleto Humano - Sistema ÓsseoO Esqueleto Humano - Sistema Ósseo
O Esqueleto Humano - Sistema Ósseo
 
Aula Coluna Cinesiologia
Aula Coluna CinesiologiaAula Coluna Cinesiologia
Aula Coluna Cinesiologia
 
Anatomia do membro superior
Anatomia do membro superiorAnatomia do membro superior
Anatomia do membro superior
 
Aula 05 sistema muscular esquelético
Aula 05   sistema muscular esqueléticoAula 05   sistema muscular esquelético
Aula 05 sistema muscular esquelético
 
Sistema óSseo
Sistema óSseoSistema óSseo
Sistema óSseo
 
Sistema Muscular
Sistema MuscularSistema Muscular
Sistema Muscular
 
Aula02: OSTEOLOGIA
Aula02: OSTEOLOGIAAula02: OSTEOLOGIA
Aula02: OSTEOLOGIA
 
Sistema muscular I
Sistema muscular ISistema muscular I
Sistema muscular I
 
Sistema articular
Sistema articularSistema articular
Sistema articular
 
Aula 01 introdução, planos e eixos ok
Aula 01   introdução, planos e eixos okAula 01   introdução, planos e eixos ok
Aula 01 introdução, planos e eixos ok
 
Anatomia humana sistema esquelético
Anatomia humana   sistema esqueléticoAnatomia humana   sistema esquelético
Anatomia humana sistema esquelético
 
SISTEMA LOCOMOTOR - .pptx
SISTEMA LOCOMOTOR - .pptxSISTEMA LOCOMOTOR - .pptx
SISTEMA LOCOMOTOR - .pptx
 
Sistema Muscular
Sistema MuscularSistema Muscular
Sistema Muscular
 
Sistema Esqueletico
Sistema EsqueleticoSistema Esqueletico
Sistema Esqueletico
 
Aula 002 ArticulaçõEs
Aula 002   ArticulaçõEsAula 002   ArticulaçõEs
Aula 002 ArticulaçõEs
 
04 Sistema Muscular
04   Sistema Muscular04   Sistema Muscular
04 Sistema Muscular
 
Aula 04 sistema muscular ok
Aula 04   sistema muscular okAula 04   sistema muscular ok
Aula 04 sistema muscular ok
 
Sistema muscular 1º periodo
Sistema muscular 1º periodoSistema muscular 1º periodo
Sistema muscular 1º periodo
 

Destaque

Fertilidade e manejo do uso do solo de cerrado
Fertilidade e manejo do uso do solo de cerradoFertilidade e manejo do uso do solo de cerrado
Fertilidade e manejo do uso do solo de cerradoMarília Gomes
 
Tecido cartilaginoso - Anatomia humana
Tecido cartilaginoso -  Anatomia humanaTecido cartilaginoso -  Anatomia humana
Tecido cartilaginoso - Anatomia humanaMarília Gomes
 
Osteologia humana - anatomia humana
Osteologia humana - anatomia humanaOsteologia humana - anatomia humana
Osteologia humana - anatomia humanaMarília Gomes
 
introdução e conceitos anatômicos - anatomia humana I
introdução e conceitos anatômicos - anatomia humana Iintrodução e conceitos anatômicos - anatomia humana I
introdução e conceitos anatômicos - anatomia humana IMarília Gomes
 
Osteologia animal - anatomia animal I
Osteologia animal - anatomia animal IOsteologia animal - anatomia animal I
Osteologia animal - anatomia animal IMarília Gomes
 
Distribuição genética
Distribuição genéticaDistribuição genética
Distribuição genéticaMarília Gomes
 
Sindesmologia veterinária - anatomia animal I
Sindesmologia veterinária - anatomia animal I Sindesmologia veterinária - anatomia animal I
Sindesmologia veterinária - anatomia animal I Marília Gomes
 
Sistema urinário - Anatomia humana
Sistema urinário - Anatomia humanaSistema urinário - Anatomia humana
Sistema urinário - Anatomia humanaMarília Gomes
 
Sistema urinário - Anatomia veterinária
Sistema urinário - Anatomia veterináriaSistema urinário - Anatomia veterinária
Sistema urinário - Anatomia veterináriaMarília Gomes
 
Introdução e planos anatômicos - anatomia animal I
Introdução e planos anatômicos - anatomia animal IIntrodução e planos anatômicos - anatomia animal I
Introdução e planos anatômicos - anatomia animal IMarília Gomes
 
Sistema digestório - anatomia humana II
Sistema digestório - anatomia humana IISistema digestório - anatomia humana II
Sistema digestório - anatomia humana IIMarília Gomes
 
Sistemas de criação e instalações para caprinos e ovinos - caprinos e ovinos
Sistemas de criação e instalações para caprinos e ovinos - caprinos e ovinosSistemas de criação e instalações para caprinos e ovinos - caprinos e ovinos
Sistemas de criação e instalações para caprinos e ovinos - caprinos e ovinosMarília Gomes
 
Fundamentos de meio ambiente e saúde
Fundamentos de meio ambiente e saúdeFundamentos de meio ambiente e saúde
Fundamentos de meio ambiente e saúdeMarília Gomes
 
Bases químicas e físicas da herança - genética animal
Bases químicas e físicas da herança - genética animalBases químicas e físicas da herança - genética animal
Bases químicas e físicas da herança - genética animalMarília Gomes
 
Introdução ao comportamento animal - etologia e bem-estar animal
Introdução ao comportamento animal - etologia e bem-estar animalIntrodução ao comportamento animal - etologia e bem-estar animal
Introdução ao comportamento animal - etologia e bem-estar animalMarília Gomes
 
Eutanásia em veterinária
Eutanásia em veterináriaEutanásia em veterinária
Eutanásia em veterináriaMarília Gomes
 
Introdução Etologia e bem-estar animal - etologia e bem-estar animal
Introdução Etologia e bem-estar animal - etologia e bem-estar animalIntrodução Etologia e bem-estar animal - etologia e bem-estar animal
Introdução Etologia e bem-estar animal - etologia e bem-estar animalMarília Gomes
 
Sanidade e enfermidade de caprinos e ovinos - caprinos e ovinos
Sanidade e enfermidade de caprinos e ovinos - caprinos e ovinosSanidade e enfermidade de caprinos e ovinos - caprinos e ovinos
Sanidade e enfermidade de caprinos e ovinos - caprinos e ovinosMarília Gomes
 
Bases químicas e físicas da herança - genética animal
Bases químicas e físicas da herança - genética animalBases químicas e físicas da herança - genética animal
Bases químicas e físicas da herança - genética animalMarília Gomes
 
Legislações sobre maus-tratos animais - etologia e bem-estar animal
Legislações sobre maus-tratos animais - etologia e bem-estar animalLegislações sobre maus-tratos animais - etologia e bem-estar animal
Legislações sobre maus-tratos animais - etologia e bem-estar animalMarília Gomes
 

Destaque (20)

Fertilidade e manejo do uso do solo de cerrado
Fertilidade e manejo do uso do solo de cerradoFertilidade e manejo do uso do solo de cerrado
Fertilidade e manejo do uso do solo de cerrado
 
Tecido cartilaginoso - Anatomia humana
Tecido cartilaginoso -  Anatomia humanaTecido cartilaginoso -  Anatomia humana
Tecido cartilaginoso - Anatomia humana
 
Osteologia humana - anatomia humana
Osteologia humana - anatomia humanaOsteologia humana - anatomia humana
Osteologia humana - anatomia humana
 
introdução e conceitos anatômicos - anatomia humana I
introdução e conceitos anatômicos - anatomia humana Iintrodução e conceitos anatômicos - anatomia humana I
introdução e conceitos anatômicos - anatomia humana I
 
Osteologia animal - anatomia animal I
Osteologia animal - anatomia animal IOsteologia animal - anatomia animal I
Osteologia animal - anatomia animal I
 
Distribuição genética
Distribuição genéticaDistribuição genética
Distribuição genética
 
Sindesmologia veterinária - anatomia animal I
Sindesmologia veterinária - anatomia animal I Sindesmologia veterinária - anatomia animal I
Sindesmologia veterinária - anatomia animal I
 
Sistema urinário - Anatomia humana
Sistema urinário - Anatomia humanaSistema urinário - Anatomia humana
Sistema urinário - Anatomia humana
 
Sistema urinário - Anatomia veterinária
Sistema urinário - Anatomia veterináriaSistema urinário - Anatomia veterinária
Sistema urinário - Anatomia veterinária
 
Introdução e planos anatômicos - anatomia animal I
Introdução e planos anatômicos - anatomia animal IIntrodução e planos anatômicos - anatomia animal I
Introdução e planos anatômicos - anatomia animal I
 
Sistema digestório - anatomia humana II
Sistema digestório - anatomia humana IISistema digestório - anatomia humana II
Sistema digestório - anatomia humana II
 
Sistemas de criação e instalações para caprinos e ovinos - caprinos e ovinos
Sistemas de criação e instalações para caprinos e ovinos - caprinos e ovinosSistemas de criação e instalações para caprinos e ovinos - caprinos e ovinos
Sistemas de criação e instalações para caprinos e ovinos - caprinos e ovinos
 
Fundamentos de meio ambiente e saúde
Fundamentos de meio ambiente e saúdeFundamentos de meio ambiente e saúde
Fundamentos de meio ambiente e saúde
 
Bases químicas e físicas da herança - genética animal
Bases químicas e físicas da herança - genética animalBases químicas e físicas da herança - genética animal
Bases químicas e físicas da herança - genética animal
 
Introdução ao comportamento animal - etologia e bem-estar animal
Introdução ao comportamento animal - etologia e bem-estar animalIntrodução ao comportamento animal - etologia e bem-estar animal
Introdução ao comportamento animal - etologia e bem-estar animal
 
Eutanásia em veterinária
Eutanásia em veterináriaEutanásia em veterinária
Eutanásia em veterinária
 
Introdução Etologia e bem-estar animal - etologia e bem-estar animal
Introdução Etologia e bem-estar animal - etologia e bem-estar animalIntrodução Etologia e bem-estar animal - etologia e bem-estar animal
Introdução Etologia e bem-estar animal - etologia e bem-estar animal
 
Sanidade e enfermidade de caprinos e ovinos - caprinos e ovinos
Sanidade e enfermidade de caprinos e ovinos - caprinos e ovinosSanidade e enfermidade de caprinos e ovinos - caprinos e ovinos
Sanidade e enfermidade de caprinos e ovinos - caprinos e ovinos
 
Bases químicas e físicas da herança - genética animal
Bases químicas e físicas da herança - genética animalBases químicas e físicas da herança - genética animal
Bases químicas e físicas da herança - genética animal
 
Legislações sobre maus-tratos animais - etologia e bem-estar animal
Legislações sobre maus-tratos animais - etologia e bem-estar animalLegislações sobre maus-tratos animais - etologia e bem-estar animal
Legislações sobre maus-tratos animais - etologia e bem-estar animal
 

Semelhante a Artrologia - Anatomia humana

Artrologia e sindesmologia veterinária
Artrologia e sindesmologia veterináriaArtrologia e sindesmologia veterinária
Artrologia e sindesmologia veterináriaMarília Gomes
 
Sistema Articular (Anatomia Veterinária)
Sistema Articular (Anatomia Veterinária)Sistema Articular (Anatomia Veterinária)
Sistema Articular (Anatomia Veterinária)Vicente Fernandes
 
Trabalho bio
Trabalho bioTrabalho bio
Trabalho biocaio03
 
Apostila Sistema Articular - Junturas
Apostila  Sistema Articular - JunturasApostila  Sistema Articular - Junturas
Apostila Sistema Articular - JunturasDan Moreyra
 
Sistema articular.pptx
Sistema articular.pptxSistema articular.pptx
Sistema articular.pptxrickriordan
 
2020 Artrologia Final hjslakndjdndjdnnnn
2020 Artrologia Final hjslakndjdndjdnnnn2020 Artrologia Final hjslakndjdndjdnnnn
2020 Artrologia Final hjslakndjdndjdnnnnlvaroSantos51
 
Aula-2-Sistema-Esqueletico_1.ppt O sistema esquelético é formado por um conju...
Aula-2-Sistema-Esqueletico_1.ppt O sistema esquelético é formado por um conju...Aula-2-Sistema-Esqueletico_1.ppt O sistema esquelético é formado por um conju...
Aula-2-Sistema-Esqueletico_1.ppt O sistema esquelético é formado por um conju...fernandoalvescosta3
 
Tecido cartilaginoso.ppt
Tecido cartilaginoso.pptTecido cartilaginoso.ppt
Tecido cartilaginoso.pptFabriciaPredes
 
Aparelho locomotor articulacoes
Aparelho locomotor articulacoesAparelho locomotor articulacoes
Aparelho locomotor articulacoesFrancis Mary Rosa
 
Articulaçoes
ArticulaçoesArticulaçoes
Articulaçoesraf11
 

Semelhante a Artrologia - Anatomia humana (20)

Artrologia e sindesmologia veterinária
Artrologia e sindesmologia veterináriaArtrologia e sindesmologia veterinária
Artrologia e sindesmologia veterinária
 
Sistema Articular (Anatomia Veterinária)
Sistema Articular (Anatomia Veterinária)Sistema Articular (Anatomia Veterinária)
Sistema Articular (Anatomia Veterinária)
 
Artrologia.pptx
Artrologia.pptxArtrologia.pptx
Artrologia.pptx
 
Trabalho bio
Trabalho bioTrabalho bio
Trabalho bio
 
Apostila Sistema Articular - Junturas
Apostila  Sistema Articular - JunturasApostila  Sistema Articular - Junturas
Apostila Sistema Articular - Junturas
 
Sistema articular.pptx
Sistema articular.pptxSistema articular.pptx
Sistema articular.pptx
 
2020 Artrologia Final hjslakndjdndjdnnnn
2020 Artrologia Final hjslakndjdndjdnnnn2020 Artrologia Final hjslakndjdndjdnnnn
2020 Artrologia Final hjslakndjdndjdnnnn
 
Sistema Articular.pptx
Sistema Articular.pptxSistema Articular.pptx
Sistema Articular.pptx
 
Articulações
ArticulaçõesArticulações
Articulações
 
Aula-2-Sistema-Esqueletico_1.ppt O sistema esquelético é formado por um conju...
Aula-2-Sistema-Esqueletico_1.ppt O sistema esquelético é formado por um conju...Aula-2-Sistema-Esqueletico_1.ppt O sistema esquelético é formado por um conju...
Aula-2-Sistema-Esqueletico_1.ppt O sistema esquelético é formado por um conju...
 
Tecido cartilaginoso.ppt
Tecido cartilaginoso.pptTecido cartilaginoso.ppt
Tecido cartilaginoso.ppt
 
Articulacoes
ArticulacoesArticulacoes
Articulacoes
 
Artrologia
ArtrologiaArtrologia
Artrologia
 
Sistema Articular
Sistema ArticularSistema Articular
Sistema Articular
 
Sistema esquelético e tegumentar
Sistema esquelético e tegumentarSistema esquelético e tegumentar
Sistema esquelético e tegumentar
 
Articulacoes
ArticulacoesArticulacoes
Articulacoes
 
Aparelho locomotor articulacoes
Aparelho locomotor articulacoesAparelho locomotor articulacoes
Aparelho locomotor articulacoes
 
4.sistema articular
4.sistema articular4.sistema articular
4.sistema articular
 
Articulaçoes
ArticulaçoesArticulaçoes
Articulaçoes
 
Sistema articular
Sistema articularSistema articular
Sistema articular
 

Mais de Marília Gomes

Possibilidades de tratamentos integrativos na medicina veterinária
Possibilidades de tratamentos integrativos na medicina veterináriaPossibilidades de tratamentos integrativos na medicina veterinária
Possibilidades de tratamentos integrativos na medicina veterináriaMarília Gomes
 
Patologias do sistema reprodutor
Patologias do sistema reprodutorPatologias do sistema reprodutor
Patologias do sistema reprodutorMarília Gomes
 
Patologias do sistema urinário
Patologias do sistema urinárioPatologias do sistema urinário
Patologias do sistema urinárioMarília Gomes
 
Bem-estar em avicultura e suinocultura
Bem-estar em avicultura e suinoculturaBem-estar em avicultura e suinocultura
Bem-estar em avicultura e suinoculturaMarília Gomes
 
Principais doenças que acometem aves comerciais
Principais doenças que acometem aves comerciaisPrincipais doenças que acometem aves comerciais
Principais doenças que acometem aves comerciaisMarília Gomes
 
Tratamento via água e ração
Tratamento via água e raçãoTratamento via água e ração
Tratamento via água e raçãoMarília Gomes
 
Medicina de mamíferos selvagens
Medicina de mamíferos selvagensMedicina de mamíferos selvagens
Medicina de mamíferos selvagensMarília Gomes
 
Medicina de aves selvagens
Medicina de aves selvagensMedicina de aves selvagens
Medicina de aves selvagensMarília Gomes
 
Semiologia de animais selvagens
Semiologia de animais selvagensSemiologia de animais selvagens
Semiologia de animais selvagensMarília Gomes
 
Conceitos, biosseguridade e conservação de animais selvagens
Conceitos, biosseguridade e conservação de animais selvagensConceitos, biosseguridade e conservação de animais selvagens
Conceitos, biosseguridade e conservação de animais selvagensMarília Gomes
 
Anatomia topográfica das aves
Anatomia topográfica das avesAnatomia topográfica das aves
Anatomia topográfica das avesMarília Gomes
 
Topografia veterinária - membros torácicos e pélvicos
Topografia veterinária - membros torácicos e pélvicosTopografia veterinária - membros torácicos e pélvicos
Topografia veterinária - membros torácicos e pélvicosMarília Gomes
 
Patologias do sistema respiratório
Patologias do sistema respiratórioPatologias do sistema respiratório
Patologias do sistema respiratórioMarília Gomes
 
patologias do sistema cardiovascular
patologias do sistema cardiovascularpatologias do sistema cardiovascular
patologias do sistema cardiovascularMarília Gomes
 
Topografia veterinária - abdômen
Topografia veterinária - abdômenTopografia veterinária - abdômen
Topografia veterinária - abdômenMarília Gomes
 
Topografia veterinária - tórax
Topografia veterinária - tóraxTopografia veterinária - tórax
Topografia veterinária - tóraxMarília Gomes
 
Pigmentos e pigmentações
Pigmentos e pigmentaçõesPigmentos e pigmentações
Pigmentos e pigmentaçõesMarília Gomes
 
Calcificações patológicas
Calcificações patológicasCalcificações patológicas
Calcificações patológicasMarília Gomes
 

Mais de Marília Gomes (20)

Possibilidades de tratamentos integrativos na medicina veterinária
Possibilidades de tratamentos integrativos na medicina veterináriaPossibilidades de tratamentos integrativos na medicina veterinária
Possibilidades de tratamentos integrativos na medicina veterinária
 
Patologias do sistema reprodutor
Patologias do sistema reprodutorPatologias do sistema reprodutor
Patologias do sistema reprodutor
 
Patologias do sistema urinário
Patologias do sistema urinárioPatologias do sistema urinário
Patologias do sistema urinário
 
Bem-estar em avicultura e suinocultura
Bem-estar em avicultura e suinoculturaBem-estar em avicultura e suinocultura
Bem-estar em avicultura e suinocultura
 
Principais doenças que acometem aves comerciais
Principais doenças que acometem aves comerciaisPrincipais doenças que acometem aves comerciais
Principais doenças que acometem aves comerciais
 
Necropsia em aves
Necropsia em avesNecropsia em aves
Necropsia em aves
 
Tratamento via água e ração
Tratamento via água e raçãoTratamento via água e ração
Tratamento via água e ração
 
Medicina de mamíferos selvagens
Medicina de mamíferos selvagensMedicina de mamíferos selvagens
Medicina de mamíferos selvagens
 
Medicina de répteis
Medicina de répteisMedicina de répteis
Medicina de répteis
 
Medicina de aves selvagens
Medicina de aves selvagensMedicina de aves selvagens
Medicina de aves selvagens
 
Semiologia de animais selvagens
Semiologia de animais selvagensSemiologia de animais selvagens
Semiologia de animais selvagens
 
Conceitos, biosseguridade e conservação de animais selvagens
Conceitos, biosseguridade e conservação de animais selvagensConceitos, biosseguridade e conservação de animais selvagens
Conceitos, biosseguridade e conservação de animais selvagens
 
Anatomia topográfica das aves
Anatomia topográfica das avesAnatomia topográfica das aves
Anatomia topográfica das aves
 
Topografia veterinária - membros torácicos e pélvicos
Topografia veterinária - membros torácicos e pélvicosTopografia veterinária - membros torácicos e pélvicos
Topografia veterinária - membros torácicos e pélvicos
 
Patologias do sistema respiratório
Patologias do sistema respiratórioPatologias do sistema respiratório
Patologias do sistema respiratório
 
patologias do sistema cardiovascular
patologias do sistema cardiovascularpatologias do sistema cardiovascular
patologias do sistema cardiovascular
 
Topografia veterinária - abdômen
Topografia veterinária - abdômenTopografia veterinária - abdômen
Topografia veterinária - abdômen
 
Topografia veterinária - tórax
Topografia veterinária - tóraxTopografia veterinária - tórax
Topografia veterinária - tórax
 
Pigmentos e pigmentações
Pigmentos e pigmentaçõesPigmentos e pigmentações
Pigmentos e pigmentações
 
Calcificações patológicas
Calcificações patológicasCalcificações patológicas
Calcificações patológicas
 

Último

análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdfanálise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdfMaiteFerreira4
 
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptxSlides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdfAtividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdfmaria794949
 
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...LuizHenriquedeAlmeid6
 
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...Manuais Formação
 
O que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaO que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaHenrique Santos
 
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã""Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"Ilda Bicacro
 
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxEB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxIlda Bicacro
 
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.HandersonFabio
 
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática 38 a 62.pdf
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática  38 a 62.pdfPlanejamento 2024 - 1º ano - Matemática  38 a 62.pdf
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática 38 a 62.pdfdanielagracia9
 
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdfprova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdfssuser06ee57
 
livro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensoriallivro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensorialNeuroppIsnayaLciaMar
 
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfAs Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfcarloseduardogonalve36
 
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdfo-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdfCarolineNunes80
 
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditivaO que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditivaCludiaRodrigues693635
 
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de.    Maio laranja dds.pptxCampanha 18 de.    Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptxlucioalmeida2702
 
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisNós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisIlda Bicacro
 
Produção de poemas - Reciclar é preciso
Produção  de  poemas  -  Reciclar é precisoProdução  de  poemas  -  Reciclar é preciso
Produção de poemas - Reciclar é precisoMary Alvarenga
 

Último (20)

análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdfanálise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
 
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptxSlides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
 
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdfAtividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
 
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
 
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
 
O que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaO que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de Infância
 
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã""Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
 
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxEB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
 
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
 
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdfEnunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
 
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática 38 a 62.pdf
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática  38 a 62.pdfPlanejamento 2024 - 1º ano - Matemática  38 a 62.pdf
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática 38 a 62.pdf
 
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdfprova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
 
livro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensoriallivro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensorial
 
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfAs Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
 
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdfo-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
 
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditivaO que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
 
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
 
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de.    Maio laranja dds.pptxCampanha 18 de.    Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
 
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisNós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
 
Produção de poemas - Reciclar é preciso
Produção  de  poemas  -  Reciclar é precisoProdução  de  poemas  -  Reciclar é preciso
Produção de poemas - Reciclar é preciso
 

Artrologia - Anatomia humana

  • 2. Introdução  Artrologia/Sindesmologia  Arthro = articulação + Logo = estudo  Syndesmo = ligamento + Logo = estudo  Conjunto de peças duras ou moles que conectam peças ósseas  Funções: união/inserção crescimento movimento/alavanca plasticidade/proteção angulação/torção JUNTURA
  • 3. Modo de união entre os ossos  Extremidades  Bordas  Faces
  • 4. Classificações Quanto a forma de união  Estruturais  Funcionais Quanto a fixação  Por continuidade  Por contiguidade Quanto a duração Temporária Permanente
  • 6.  Temporária: desaparecem antes da idade adulta  Permanente: permanecem por toda a vida
  • 8.  Articulação por continuidade  Articulação por contiguidade
  • 9. Quanto a forma de união
  • 10.
  • 11.
  • 13. Tipos: 1.Cartilaginosa: sem cavidade articular, ossos unidos por cartilagem (hialina ou fibrocartilagem), pouco ou nenhum movimento 2.Fibrosa: sem cavidade articular, ossos unidos por tecido conjuntivo fibroso, rico em fibras colágenas, semimóvel 3.Sinovial: com cavidade articular, osso unidos por tecido conjuntivo e cápsula articular, móvel
  • 14. 1 - ESTRUTURAIS CARTILAGINOSAS I.Sincondrose ou primária II.Sínfise ou secundária
  • 15. I - Estrutural cartilaginosa do tipo sincondrose: Cartilagem hialina que se ossifica com o tempo Nenhum movimento Divide-se em: a.Intraóssea: epífise e diáfise de um osso longo b.Intraóssea: união de ossos diferentes
  • 16. II - Estrutural cartilaginosa do tipo sínfise: Disco de fibrocartilagem unindo os ossos Semimóvel
  • 17. 2 - ESTRUTURAIS FIBROSAS I.Sutura II.Sindesmose III.Gonfose *A maioria é temporárias (sinostose)
  • 18. União completa de dois ossos por ossificação da zona fibrosa ou cartilaginosa que os separa. Formação de um único osso.
  • 19. I - Estrutural fibrosa do tipo sutura: Apenas entre ossos do crânio Fina cama de tecido conjuntivo denso não modelado Divide-se em: a.Serrada/dentada: irregulares como uma engrenagem b.Escamosa ou biselada: biseladas e sobrepostas c.Plana ou harmônica: planas ou levemente enrugadas d.Folheada ou esquindilese: bordas que se encaixam
  • 20. a. serrada b. escamosa c. plana d. folheada
  • 21. II - Estrutural fibrosa do tipo sindesmose: Maior espaçamento entre os ossos Grande quantidade de tecido conjuntivo Formam ligamentos ou membranas
  • 22. III - Estrutural fibrosa do tipo gonfose: Pouco tecido Articulação de pino e encaixe Raízes e alvéolos dentários
  • 23. 3 - ESTRUTURAIS SINOVIAIS Composta por: a.Estruturas da articulação b.Estruturas acessórias Não tendem a sinostose
  • 24. a. Estruturas da articulação: Superfície articular Cartilagem articular Cápsula articular: membrana fibrosa + membrana sinovial Cavidade articular Líquido sinovial Ligamentos
  • 25.  Superfície articular  Parte do osso que se articula  Recoberta por cartilagem articular  Cartilagem articular  Constituída por cartilagem hialina  Baixo atrito  Não apresenta vasos e nervos  Nutrida pela sinóvia
  • 26.  Cápsula articular  Envolve a articulação  Possui membrana fibrosa e sinovial Membrana fibrosa: externa  Tecido conjuntivo fibroso, fibras colágenas e elásticas que, por espessamento, formam os ligamentos capsulares Membrana sinovial: interna  Tecido vascularizado responsável pela produção da sinóvia, possui vilosidades, reveste todo o interior das articulações sinoviais
  • 27.  Líquido sinovial  Nas cavidades articulares, bolsas e bainhas sinoviais  Claro, viscoso, pH levemente alcalino  Nutre e lubrifica a cartilagem articular  Ligamentos  Une dois ou mais ossos a. Extracapsulares b. Intracapsulares
  • 28.
  • 30.  Disco: fibrocartilagem disposta entre as duas superfícies articulares, se unem a parte fibrosa através da região periférica, dividindo em subcavidades que não se comunicam  Menisco: fibrocartilagem que formam estruturas semilunares dividindo a articulação em duas cavidades secundárias  Funções: diminuição do atrito melhor distribuição-lubrificação distribuição de peso auxilia no movimento
  • 31.  Gordura: localiza-se entre a membrana sinovial e a cápsula  Bolsa: localizam-se entre a pele, tendão, ligamento, músculo e o osso, tecido conjuntivo que limita a cavidade. Não são parte da articulação Funções: reduz a fricção auxiliam o deslizamento ajudam no movimento
  • 32.  Veias e artérias: estão na membrana sinovial da cápsula articular  Vasos linfáticos: formam plexos na membrana sinovial  Nervos: ramos dos nervos que inervam dos músculos que cruzam a articulação e ajudam no movimento
  • 33. De acordo com a cavidade 1. Simples: uma cavidade articular 2. Complexa: duas cavidades articulares (disco ou menisco) De acordo com o tipo de encaixe 1. Plana 2. Gínglimo 3. Trocoide (pivô) 4. Elipsoide (condilar) 5. Selar 6. Esferoide De acordo com o movimento 1. Monoaxial ou uniaxial 2. Biaxial ou diaxial 3. Triaxial ou Multiaxial ou poliaxial
  • 34.  Uniaxial: movimento sobre um eixo  Biaxial: sobre dois eixos  Multiaxial: sobre mais de dois eixos
  • 35.
  • 36.  Movimento articulares a. Flexão: diminui o ângulo da articulação b. Extensão: aumenta o ângulo da articulação c. Adução: se aproxima da linha mediana d. Abdução: se afasta da linha mediana e. Rotação: giro em torno do próprio eixo  Supinação: rotação lateral  Pronação: rotação medial f. Translação: movimento de deslizamento g. Circundação: flexão + extensão + adução + abdução
  • 37.
  • 38.
  • 39. De acordo com a cavidade 1. Simples 2. Complexa De acordo com o tipo de encaixe 1. Plana 2. Gínglimo 3. Trocoide (pivô) 4. Elipsoide (condilar) 5. Selar 6. Esferoide De acordo com o movimento 1. Monoaxial ou uniaxial 2. Biaxial ou diaxial 3. Triaxial ou multiaxial ou poliaxial
  • 40. De acordo com a cavidade Simples Complexa ou composta
  • 41. De acordo com o encaixe e movimento Plana: não axial Translação ou deslizamento Gínglimo: monoaxial Flexão e extensão
  • 43. Esferoide: multiaxial Rotação e circundação Selar: biaxial Flexão e extensão Adução e abdução
  • 45. I - Estrutura funcional do tipo sinartrose: Imóvel Articulações do crânio
  • 46. II - Estrutura funcional do tipo anfiartrose: Semimóvel Ossos se unem por fibrocartilagem, revestida por cartilagem hialina Articulações do carpo
  • 47. III - Estrutura funcional do tipo diartrose: Móvel Movimentos amplo Articulações que servem como alavancas Articulação dos ombros
  • 53. Ligamentos  Tecido conectivo duro e elástico  Segura as articulações  Limita o movimento  Osso - osso
  • 54. Tendões  Localizam-se de ambos os lados da articulação  Inserem-se nos músculos  Limitam o movimento  Osso - músculo
  • 55. Aponeuroses  Localizam-se de ambos os lados da articulação  Inserem-se nos músculos  Limitam o movimento  Forma de leque  Osso - músculo