SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 11
Centro de Ensino Edison Lobão
Alunos: Weverton Cesar e Mariany
            Marinho
      3º Ano ‘A’ Nº: 41 e 28
Lasar Segall
                     
 Lasar Segall - em russo, Лазарь Сегал;
  em lituano, Lozarius Segalas (Vilnius, 21 de
  julho de 1891 — São Paulo, 2 de agosto de 1957) foi
  um pintor, escultor e gravurista judeu brasileiro
  nascido na Lituânia. O trabalho de Segall tem
  influências do impressionismo, expressionismo e
  modernismo. Seus temas mais significativos foram
  representações pictóricas do sofrimento humano: a
  guerra, a perseguição e a prostituição.
 No ano de 1923, Lasar Segall mudou-se
  definitivamente para o Brasil. Já era um artista
  conhecido. Contudo, foi aqui que, segundo suas
  próprias palavras, sua arte ficou como o "milagre
  da luz e da cor". Foi um dos primeiros artistas
  modernistas a expor no Brasil.
Anita Malfatti
                       
 Filha do engenheiro italiano Samuel Malfatti e de mãe
  norte-americana Betty Krug, Anita Malfatti nasceu no
  ano de 1889, em São Paulo .
 Segunda filha do casal, nasceu com atrofia no braço e na
  mão direita. Aos três anos de idade foi levada pelos pais
  a Lucca, na Itália, na esperança de corrigir o defeito
  congênito. Os resultados do tratamento médico não
  foram animadores e Anita teve que carregar essa
  deficiência pelo resto da sua vida. Voltando ao Brasil,
  teve a sua disposição Miss Browne, uma governanta
  inglesa, que a ajudou no desenvolvimento do uso da mão
  esquerda e no aprendizado da arte e da escrita.
 Iniciou seus estudos em 1897 no Colégio São José de
  freiras católicas, situado à rua da Glória. Aí foi
  alfabetizada. Posteriormente passa a estudar em escolas
  protestantes: na Escola Americana e em seguida
  no Mackenzie College onde, em 1906, recebe o diploma
  de normalista.
Vicente do Rego Monteiro
                                 
 Nascido em Recife, em 1899, numa família de artistas. já
  em 1911 Vicente do Rego Monteiro estava em Paris (em
  companhia da irmã mais velha), cursando, por pouco
  tempo, a Academia Julian. Talento precoce, em 1913
  participou do Salão dos Independentes, na capital
  francesa. De volta ao Brasil em 1917, dois anos mais
  tarde realizou, em Recife, sua primeira mostra
  individual; em 1920 e 1921, apresentou-se no Rio de
  Janeiro, em São Paulo e Recife.
    Em São Paulo entrou em contato com os artistas e
  intelectuais que desencadeariam a Semana de Arte
  Moderna, da qual participou com dez de pinturas. Logo
  em seguida retornou a Paris, e integrou-se a tal ponto
  na vida artística e cultural da capital francesa que nos
  anos 20, era um dos pintores estrangeiros mais
  conceituados na França, com assídua e notável
  participação em mostras duais e coletivas.
Tarsila do Amaral
                
 Tarsila do Amaral (Capivari, 1 de
  setembro de 1886 — São Paulo, 17 de
  janeiro de 1973) foi
  uma pintora e desenhista brasileira e uma
  das figuras centrais da pintura brasileira e da
  primeira fase do
  movimento modernista brasileiro, ao lado
  de Anita Malfatti. Seu quadro Abaporu,
  de 1928, inaugura o movimento
  antropofágico nas artes plásticas.
Victor Brecheret
                  
 Victor Brecheret (Farnese, 22 de fevereiro de 1894 — São
  Paulo, 17 de dezembro de 1955) foi um escultor ítalo-
  brasileiro, considerado um dos mais importantes do país.
  É responsável pela introdução
  do modernismo na escultura brasileira. Sua figura ficou
  marcada pela boina que costumava vestir, ressaltando
  uma imagem tradicional do "artista".
 Nascido "Vittorio Breheret" (sem a letra 'c' no sobrenome)
  numa pequena localidade não distante de Roma, filho de
  Augusto Breheret e Paolina Nanni, esta última falecida
  quando o pequeno Vittorio tinha apenas seis anos de
  idade. Foi abrigado pela família do tio materno, Enrico
  Nanni, e com sua família emigrou para o Brasil ainda na
  infância.
Cícero Dias
                    
 Cícero Dias (Escada, 5 de março de 1907 — Paris, 28 de
  janeiro de 2003) foi um pintor do modernismo brasileiro.
 Sétimo entre os onze filhos do casal Pedro dos Santos
  Dias e Maria Gentil de Barros Dias, Cícero passou a
  infância num engenho da Zona da Mata pernambucana.
  Em 1920, com treze anos, foi para o Rio de Janeiro. Entre
  os anos de 1925 a 1927, Cícero conheceu os modernistas e
  estudou pintura.
 Em 1927, realizou sua primeira exposição individual, no
  Rio de Janeiro e, em 1928, abandonou a Escola de Belas
  Artes, passando a dedicar-se exclusivamente à pintura.
Cândido Portinari
                 
 Cândido Portinari (Brodowski, 29 de
  dezembro de 1903 — Rio de Janeiro, 6 de
  fevereiro de 1962) foi um artista plástico brasileiro.
  Portinari pintou quase cinco mil obras (de
  pequenos esboços e pinturas de proporções padrão
  como O Lavrador de Café à gigantescos murais, como
  os painéisGuerra e Paz, presenteados à sede
  da ONU em Nova Iorque em 1956 e que em
  dezembro de 2010, graças aos esforços de seu filho,
  retornaram para exibição no Teatro Municipal do
  Rio de Janeiro). Portinari hoje é considerado um dos
  artistas mais prestigiados do país e foi o pintor
  brasileiro a alcançar maior projeção internacional.
Francisco Rebolo
                   
 Viveu intensamente duas trajetórias. Primeiramente, foi jogador de futebol,
  de 1917 a 1932. Atuou no Corinthians de 1921 a 1927 e no Ypiranga, ambos
  clubes da cidade de São Paulo. A partir de 1934, tornou-se pintor.
 Fez parte do Grupo Santa Helena, juntamente com Fulvio Pennacchi, Aldo
  Bonadei, Humberto Rosa, Manuel Martins, Clóvis Graciano, Mario
  Zanini, Alfredo Volpi e Alfredo Rizzotti.
 Rebolo é considerado um dos mais importantes paisagistas da pintura
  brasileira. Sua obra, com um total estimado superior a 3.000 pinturas,
  centenas de desenhos e um conjunto de cinqüenta diferentes gravuras, de
  variadas técnicas, além das paisagens, envolve também como temática um
  expressivo conjunto de retratos, figuras, naturezas-mortas e flores. Hoje, os
  trabalhos de Rebolo estão nos principais museus brasileiros, no acervo de
  órgãos culturais e governamentais e em coleções particulares em todo o
  Brasil.
 Rebolo é também o criador do atual escudo do Sport Club Corinthians
  Paulista, desenhado na década de 1930.
Bruno Giorgi
                  
 Bruno Giorgi (Mococa, 13 de agosto de 1905 — Rio de
  Janeiro, 1993) foi um escultor e professor brasileiro.
 Filho de imigrantes italianos, em 1911, mudou-se com a
  família para Roma e, no início da década de 1920, estudou
  desenho e escultura. Na Itália, participou de movimentos
  antifascistas, tendo sido preso e condenado a sete anos de
  prisão. Após ter cumprido quatro anos da pena, foi
  extraditado para o Brasil, por intervenção do embaixador
  brasileiro na Itália.
 Em 1937, em Paris, frequentou as academias "La Grande
  Chaumière" e "Ranson", tendo conhecido, nessa
  última, Aristide Maillol, que passa a orientá-lo. Conviveu
  com Henry Moore, Marino Marini e Charles Despiau.
Alfredo Volpi
                 
 Alfredo Volpi (Lucca, 14 de abril de 1896 — São
  Paulo, 28 de maio de 1988) foi um pintor ítalo-
  brasileiro considerado pela crítica como um dos
  artistas mais importantes da segunda geração
  do modernismo. Uma das características de suas
  obras são as bandeirinhas e os casarios.
 Autodidata, começou a pintar em 1911,
  executando murais decorativos. Em seguida,
  trabalhou com óleo sobre madeira, consagrando-se
  como mestre utilizador de têmpera sobre tela.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Mais procurados (20)

Centro de ensino milton
Centro de ensino    miltonCentro de ensino    milton
Centro de ensino milton
 
Bruno Giorgi - Artes
Bruno Giorgi - Artes Bruno Giorgi - Artes
Bruno Giorgi - Artes
 
Luana lima ribeiro
Luana lima ribeiroLuana lima ribeiro
Luana lima ribeiro
 
Alfredo volpi
Alfredo volpiAlfredo volpi
Alfredo volpi
 
Modernismo brasileiro2
Modernismo brasileiro2Modernismo brasileiro2
Modernismo brasileiro2
 
Artistas plásticos brasileiros
Artistas plásticos brasileirosArtistas plásticos brasileiros
Artistas plásticos brasileiros
 
Alfredo Volpi E Sua Vida
Alfredo Volpi E Sua VidaAlfredo Volpi E Sua Vida
Alfredo Volpi E Sua Vida
 
Gjdjdtdtujdtyuj
GjdjdtdtujdtyujGjdjdtdtujdtyuj
Gjdjdtdtujdtyuj
 
Obras dos pintores artes
Obras dos pintores  artesObras dos pintores  artes
Obras dos pintores artes
 
Arte moderna principais artistas
Arte moderna   principais artistasArte moderna   principais artistas
Arte moderna principais artistas
 
Biografia de alfredo volpi todas as turmas
Biografia de alfredo volpi todas as turmasBiografia de alfredo volpi todas as turmas
Biografia de alfredo volpi todas as turmas
 
Volpi
VolpiVolpi
Volpi
 
Alfredo volpi
Alfredo volpiAlfredo volpi
Alfredo volpi
 
Alfredo volpi
Alfredo volpiAlfredo volpi
Alfredo volpi
 
Século xx no brasil- o modernismo- anita malfatti
 Século xx no brasil- o modernismo-  anita malfatti Século xx no brasil- o modernismo-  anita malfatti
Século xx no brasil- o modernismo- anita malfatti
 
Alfredo volpi
Alfredo volpiAlfredo volpi
Alfredo volpi
 
Arte contemporânea
Arte contemporâneaArte contemporânea
Arte contemporânea
 
Anita malffati.pptx iris.pptx pronto 2
Anita malffati.pptx iris.pptx pronto 2Anita malffati.pptx iris.pptx pronto 2
Anita malffati.pptx iris.pptx pronto 2
 
Arquitetura moderna e grupo santa helena
Arquitetura moderna e grupo santa helenaArquitetura moderna e grupo santa helena
Arquitetura moderna e grupo santa helena
 
Anita malfatti
Anita malfattiAnita malfatti
Anita malfatti
 

Destaque (20)

Luana lima ribeiro
Luana lima ribeiroLuana lima ribeiro
Luana lima ribeiro
 
Artes (5)
Artes (5)Artes (5)
Artes (5)
 
Renascimento cultural
Renascimento culturalRenascimento cultural
Renascimento cultural
 
Movimento neoconcreto
Movimento neoconcretoMovimento neoconcreto
Movimento neoconcreto
 
Missa de requiem
Missa de requiemMissa de requiem
Missa de requiem
 
Teatro medieval jesuita
Teatro medieval jesuitaTeatro medieval jesuita
Teatro medieval jesuita
 
Arte e tecnologia
Arte e tecnologiaArte e tecnologia
Arte e tecnologia
 
Linguagem visual
Linguagem visualLinguagem visual
Linguagem visual
 
Musica barroca
Musica barrocaMusica barroca
Musica barroca
 
Teatro medieval
Teatro medievalTeatro medieval
Teatro medieval
 
História da Fotografia
História da FotografiaHistória da Fotografia
História da Fotografia
 
As melhores fotografias do mundo
As melhores fotografias do mundoAs melhores fotografias do mundo
As melhores fotografias do mundo
 
Tropicalismo
TropicalismoTropicalismo
Tropicalismo
 
61 idade média resumo [modo de compatibilidade]
61 idade média resumo [modo de compatibilidade]61 idade média resumo [modo de compatibilidade]
61 idade média resumo [modo de compatibilidade]
 
A arte no egito
A arte no egitoA arte no egito
A arte no egito
 
A História da Música
A História da MúsicaA História da Música
A História da Música
 
Arte barroca slides 33
Arte barroca slides 33Arte barroca slides 33
Arte barroca slides 33
 
Gênero retrato e autorretrato
Gênero retrato e autorretratoGênero retrato e autorretrato
Gênero retrato e autorretrato
 
Idade Média: Gótico
Idade Média: GóticoIdade Média: Gótico
Idade Média: Gótico
 
Arte Rupestre
Arte Rupestre Arte Rupestre
Arte Rupestre
 

Semelhante a Artes (2) weverton

Galeria de Arte - Expressionismo e Surrealismo no Brasil
Galeria de Arte - Expressionismo e Surrealismo no BrasilGaleria de Arte - Expressionismo e Surrealismo no Brasil
Galeria de Arte - Expressionismo e Surrealismo no BrasilSuzy Nobre
 
Expressionismo e surrealismo no brasil
Expressionismo e surrealismo no brasilExpressionismo e surrealismo no brasil
Expressionismo e surrealismo no brasilmundica broda
 
ARTES_ O USO DA IMAGEM NA EJA
ARTES_ O USO DA IMAGEM NA EJAARTES_ O USO DA IMAGEM NA EJA
ARTES_ O USO DA IMAGEM NA EJADafianaCarlos
 
Obras dos pintores artes
Obras dos pintores  artesObras dos pintores  artes
Obras dos pintores artesLeide Centurion
 
O modernismo brasileiro
O modernismo brasileiroO modernismo brasileiro
O modernismo brasileiroJunior Onildo
 
Arte do Modernismo ao Contemporâneo Brasil.pptx
Arte  do Modernismo ao Contemporâneo Brasil.pptxArte  do Modernismo ao Contemporâneo Brasil.pptx
Arte do Modernismo ao Contemporâneo Brasil.pptxEdnaAlves81
 
Seminários história da arte 1 b 10
Seminários história da arte 1 b   10Seminários história da arte 1 b   10
Seminários história da arte 1 b 10Gabriela Lemos
 
Apostila de artes 11 dez 09
Apostila de artes 11 dez 09Apostila de artes 11 dez 09
Apostila de artes 11 dez 09Kleber Góes
 
anita malfatti vida e obras semana de arte moderna.pptx
anita malfatti vida e obras semana de arte moderna.pptxanita malfatti vida e obras semana de arte moderna.pptx
anita malfatti vida e obras semana de arte moderna.pptxJamileSantos69
 

Semelhante a Artes (2) weverton (20)

Galeria de Arte - Expressionismo e Surrealismo no Brasil
Galeria de Arte - Expressionismo e Surrealismo no BrasilGaleria de Arte - Expressionismo e Surrealismo no Brasil
Galeria de Arte - Expressionismo e Surrealismo no Brasil
 
Expressionismo e surrealismo no brasil
Expressionismo e surrealismo no brasilExpressionismo e surrealismo no brasil
Expressionismo e surrealismo no brasil
 
ARTES_ O USO DA IMAGEM NA EJA
ARTES_ O USO DA IMAGEM NA EJAARTES_ O USO DA IMAGEM NA EJA
ARTES_ O USO DA IMAGEM NA EJA
 
Arte moderna
Arte modernaArte moderna
Arte moderna
 
Obras dos pintores artes
Obras dos pintores  artesObras dos pintores  artes
Obras dos pintores artes
 
O modernismo brasileiro
O modernismo brasileiroO modernismo brasileiro
O modernismo brasileiro
 
Semana da Arte Moderna
Semana da Arte Moderna Semana da Arte Moderna
Semana da Arte Moderna
 
Modernismo
ModernismoModernismo
Modernismo
 
Semana de arte moderna
Semana de arte modernaSemana de arte moderna
Semana de arte moderna
 
Tarsila do amaral 2
Tarsila do amaral 2Tarsila do amaral 2
Tarsila do amaral 2
 
Modernismo Modernismo
Modernismo   ModernismoModernismo   Modernismo
Modernismo Modernismo
 
Tarsila do amaral slide
Tarsila do amaral slideTarsila do amaral slide
Tarsila do amaral slide
 
Arte do Modernismo ao Contemporâneo Brasil.pptx
Arte  do Modernismo ao Contemporâneo Brasil.pptxArte  do Modernismo ao Contemporâneo Brasil.pptx
Arte do Modernismo ao Contemporâneo Brasil.pptx
 
Tarsila do amaral slide
Tarsila do amaral slideTarsila do amaral slide
Tarsila do amaral slide
 
Seminários história da arte 1 b 10
Seminários história da arte 1 b   10Seminários história da arte 1 b   10
Seminários história da arte 1 b 10
 
Semana da Arte Moderna
Semana da Arte ModernaSemana da Arte Moderna
Semana da Arte Moderna
 
Apostila de artes 11 dez 09
Apostila de artes 11 dez 09Apostila de artes 11 dez 09
Apostila de artes 11 dez 09
 
anita malfatti vida e obras semana de arte moderna.pptx
anita malfatti vida e obras semana de arte moderna.pptxanita malfatti vida e obras semana de arte moderna.pptx
anita malfatti vida e obras semana de arte moderna.pptx
 
ApresentaçãO Tarsila
ApresentaçãO TarsilaApresentaçãO Tarsila
ApresentaçãO Tarsila
 
Apresentação Tarsila
Apresentação TarsilaApresentação Tarsila
Apresentação Tarsila
 

Mais de centrodeensinoedisonlobao

Mais de centrodeensinoedisonlobao (18)

Calendário edison lobão 2012
Calendário edison lobão 2012Calendário edison lobão 2012
Calendário edison lobão 2012
 
Calendário edison lobão 2012
Calendário edison lobão 2012Calendário edison lobão 2012
Calendário edison lobão 2012
 
Calendário edison lobão 2012
Calendário edison lobão 2012Calendário edison lobão 2012
Calendário edison lobão 2012
 
Calendário Edison Lobão 2012
Calendário Edison Lobão 2012Calendário Edison Lobão 2012
Calendário Edison Lobão 2012
 
Calendário Edison Lobão 2012
Calendário Edison Lobão 2012Calendário Edison Lobão 2012
Calendário Edison Lobão 2012
 
Calendário edison lobão 2012
Calendário edison lobão 2012Calendário edison lobão 2012
Calendário edison lobão 2012
 
Apresentação plano de ação 2012
Apresentação plano de ação 2012Apresentação plano de ação 2012
Apresentação plano de ação 2012
 
Apresentação plano de ação 2012
Apresentação plano de ação 2012Apresentação plano de ação 2012
Apresentação plano de ação 2012
 
Apresentação plano de ação 2012
Apresentação plano de ação 2012Apresentação plano de ação 2012
Apresentação plano de ação 2012
 
Projeto concurso teatral 2011 (1)
Projeto concurso teatral 2011 (1)Projeto concurso teatral 2011 (1)
Projeto concurso teatral 2011 (1)
 
Projeto concurso teatral 2011 (1)
Projeto concurso teatral 2011 (1)Projeto concurso teatral 2011 (1)
Projeto concurso teatral 2011 (1)
 
Projeto concurso teatral 2011 (1)
Projeto concurso teatral 2011 (1)Projeto concurso teatral 2011 (1)
Projeto concurso teatral 2011 (1)
 
Exercícios com questões sobre
Exercícios com  questões sobreExercícios com  questões sobre
Exercícios com questões sobre
 
A arquitetura moderna
A arquitetura modernaA arquitetura moderna
A arquitetura moderna
 
A arquitetura moderna
A arquitetura modernaA arquitetura moderna
A arquitetura moderna
 
Arte contemporanea 2
Arte contemporanea 2Arte contemporanea 2
Arte contemporanea 2
 
Arte contemporanea 2
Arte contemporanea 2Arte contemporanea 2
Arte contemporanea 2
 
Arte contemporanea 2
Arte contemporanea 2Arte contemporanea 2
Arte contemporanea 2
 

Artes (2) weverton

  • 1. Centro de Ensino Edison Lobão Alunos: Weverton Cesar e Mariany Marinho 3º Ano ‘A’ Nº: 41 e 28
  • 2. Lasar Segall   Lasar Segall - em russo, Лазарь Сегал; em lituano, Lozarius Segalas (Vilnius, 21 de julho de 1891 — São Paulo, 2 de agosto de 1957) foi um pintor, escultor e gravurista judeu brasileiro nascido na Lituânia. O trabalho de Segall tem influências do impressionismo, expressionismo e modernismo. Seus temas mais significativos foram representações pictóricas do sofrimento humano: a guerra, a perseguição e a prostituição.  No ano de 1923, Lasar Segall mudou-se definitivamente para o Brasil. Já era um artista conhecido. Contudo, foi aqui que, segundo suas próprias palavras, sua arte ficou como o "milagre da luz e da cor". Foi um dos primeiros artistas modernistas a expor no Brasil.
  • 3. Anita Malfatti   Filha do engenheiro italiano Samuel Malfatti e de mãe norte-americana Betty Krug, Anita Malfatti nasceu no ano de 1889, em São Paulo .  Segunda filha do casal, nasceu com atrofia no braço e na mão direita. Aos três anos de idade foi levada pelos pais a Lucca, na Itália, na esperança de corrigir o defeito congênito. Os resultados do tratamento médico não foram animadores e Anita teve que carregar essa deficiência pelo resto da sua vida. Voltando ao Brasil, teve a sua disposição Miss Browne, uma governanta inglesa, que a ajudou no desenvolvimento do uso da mão esquerda e no aprendizado da arte e da escrita.  Iniciou seus estudos em 1897 no Colégio São José de freiras católicas, situado à rua da Glória. Aí foi alfabetizada. Posteriormente passa a estudar em escolas protestantes: na Escola Americana e em seguida no Mackenzie College onde, em 1906, recebe o diploma de normalista.
  • 4. Vicente do Rego Monteiro   Nascido em Recife, em 1899, numa família de artistas. já em 1911 Vicente do Rego Monteiro estava em Paris (em companhia da irmã mais velha), cursando, por pouco tempo, a Academia Julian. Talento precoce, em 1913 participou do Salão dos Independentes, na capital francesa. De volta ao Brasil em 1917, dois anos mais tarde realizou, em Recife, sua primeira mostra individual; em 1920 e 1921, apresentou-se no Rio de Janeiro, em São Paulo e Recife.  Em São Paulo entrou em contato com os artistas e intelectuais que desencadeariam a Semana de Arte Moderna, da qual participou com dez de pinturas. Logo em seguida retornou a Paris, e integrou-se a tal ponto na vida artística e cultural da capital francesa que nos anos 20, era um dos pintores estrangeiros mais conceituados na França, com assídua e notável participação em mostras duais e coletivas.
  • 5. Tarsila do Amaral   Tarsila do Amaral (Capivari, 1 de setembro de 1886 — São Paulo, 17 de janeiro de 1973) foi uma pintora e desenhista brasileira e uma das figuras centrais da pintura brasileira e da primeira fase do movimento modernista brasileiro, ao lado de Anita Malfatti. Seu quadro Abaporu, de 1928, inaugura o movimento antropofágico nas artes plásticas.
  • 6. Victor Brecheret   Victor Brecheret (Farnese, 22 de fevereiro de 1894 — São Paulo, 17 de dezembro de 1955) foi um escultor ítalo- brasileiro, considerado um dos mais importantes do país. É responsável pela introdução do modernismo na escultura brasileira. Sua figura ficou marcada pela boina que costumava vestir, ressaltando uma imagem tradicional do "artista".  Nascido "Vittorio Breheret" (sem a letra 'c' no sobrenome) numa pequena localidade não distante de Roma, filho de Augusto Breheret e Paolina Nanni, esta última falecida quando o pequeno Vittorio tinha apenas seis anos de idade. Foi abrigado pela família do tio materno, Enrico Nanni, e com sua família emigrou para o Brasil ainda na infância.
  • 7. Cícero Dias   Cícero Dias (Escada, 5 de março de 1907 — Paris, 28 de janeiro de 2003) foi um pintor do modernismo brasileiro.  Sétimo entre os onze filhos do casal Pedro dos Santos Dias e Maria Gentil de Barros Dias, Cícero passou a infância num engenho da Zona da Mata pernambucana. Em 1920, com treze anos, foi para o Rio de Janeiro. Entre os anos de 1925 a 1927, Cícero conheceu os modernistas e estudou pintura.  Em 1927, realizou sua primeira exposição individual, no Rio de Janeiro e, em 1928, abandonou a Escola de Belas Artes, passando a dedicar-se exclusivamente à pintura.
  • 8. Cândido Portinari   Cândido Portinari (Brodowski, 29 de dezembro de 1903 — Rio de Janeiro, 6 de fevereiro de 1962) foi um artista plástico brasileiro. Portinari pintou quase cinco mil obras (de pequenos esboços e pinturas de proporções padrão como O Lavrador de Café à gigantescos murais, como os painéisGuerra e Paz, presenteados à sede da ONU em Nova Iorque em 1956 e que em dezembro de 2010, graças aos esforços de seu filho, retornaram para exibição no Teatro Municipal do Rio de Janeiro). Portinari hoje é considerado um dos artistas mais prestigiados do país e foi o pintor brasileiro a alcançar maior projeção internacional.
  • 9. Francisco Rebolo   Viveu intensamente duas trajetórias. Primeiramente, foi jogador de futebol, de 1917 a 1932. Atuou no Corinthians de 1921 a 1927 e no Ypiranga, ambos clubes da cidade de São Paulo. A partir de 1934, tornou-se pintor.  Fez parte do Grupo Santa Helena, juntamente com Fulvio Pennacchi, Aldo Bonadei, Humberto Rosa, Manuel Martins, Clóvis Graciano, Mario Zanini, Alfredo Volpi e Alfredo Rizzotti.  Rebolo é considerado um dos mais importantes paisagistas da pintura brasileira. Sua obra, com um total estimado superior a 3.000 pinturas, centenas de desenhos e um conjunto de cinqüenta diferentes gravuras, de variadas técnicas, além das paisagens, envolve também como temática um expressivo conjunto de retratos, figuras, naturezas-mortas e flores. Hoje, os trabalhos de Rebolo estão nos principais museus brasileiros, no acervo de órgãos culturais e governamentais e em coleções particulares em todo o Brasil.  Rebolo é também o criador do atual escudo do Sport Club Corinthians Paulista, desenhado na década de 1930.
  • 10. Bruno Giorgi   Bruno Giorgi (Mococa, 13 de agosto de 1905 — Rio de Janeiro, 1993) foi um escultor e professor brasileiro.  Filho de imigrantes italianos, em 1911, mudou-se com a família para Roma e, no início da década de 1920, estudou desenho e escultura. Na Itália, participou de movimentos antifascistas, tendo sido preso e condenado a sete anos de prisão. Após ter cumprido quatro anos da pena, foi extraditado para o Brasil, por intervenção do embaixador brasileiro na Itália.  Em 1937, em Paris, frequentou as academias "La Grande Chaumière" e "Ranson", tendo conhecido, nessa última, Aristide Maillol, que passa a orientá-lo. Conviveu com Henry Moore, Marino Marini e Charles Despiau.
  • 11. Alfredo Volpi   Alfredo Volpi (Lucca, 14 de abril de 1896 — São Paulo, 28 de maio de 1988) foi um pintor ítalo- brasileiro considerado pela crítica como um dos artistas mais importantes da segunda geração do modernismo. Uma das características de suas obras são as bandeirinhas e os casarios.  Autodidata, começou a pintar em 1911, executando murais decorativos. Em seguida, trabalhou com óleo sobre madeira, consagrando-se como mestre utilizador de têmpera sobre tela.