SlideShare uma empresa Scribd logo
Miocardite
INTRODUÇÃO
• A miocardite é a inflamação da camada média do músculo
cardíaco, o miocárdio.
• Esta doença geralmente decorre de uma complicação de um
processo infeccioso, sobretudo por vírus, que, ao atacar as células
do coração, chamadas de miócitos, provocam uma resposta
inflamatória imediata do sistema imunológico.
• A miocardite é uma manifestação que surge durante ou após
diversas doenças infecciosas (virais, bacterianas ou parasitárias)
como:
CAUSAS
Poliomielite; Gripe;
Rubéola;
ou
Febre reumática.
• Em crianças, as causas mais comuns são infecções virais com os
vírus:
• A miocardite também pode ser causada por:
• A capa média do músculo cardíaco fica inflamada e irritada,
podendo ocasionar diversos sintomas, entre eles insuficiência
cardíaca.
CAUSAS
coxsackie adenovírus ecovírus
Radiação
Exposição a
agentes
químicos ou
medicação
Doenças dos
tecidos
conjuntivos
(lúpus).
• Os sintomas mais frequentes são:
febre;
dor torácica;
taquicardia (aumento dos batimentos cardíacos).
• Outros sinais e sintomas podem estar associados, como:
inchaço generalizado;
dor articular.
SINTOMAS
DIAGNÓSTICO
• O diagnóstico é feito, principalmente, com base nos sintomas que
aparecem nos primeiros seis meses de infecção.
• Ao exame físico é comum a presença de taquicardia e sinais de
insuficiência cardíaca, entre eles edema e congestão pulmonar com
falta de ar. Outros exames complementares confirmam o
diagnóstico:
 eletrocardiograma e ecocoradiograma;
 radiografia de tórax;
 biópsia do músculo cardíaco;
 hemoculturas (quando se suspeita de que a infecção seja a causa
da miocardite).
TRATAMENTO
• Procurar um médico aos primeiros sinais da doença é fundamental
para a indicação do melhor tratamento para cada caso.
• Somente o especialista poderá orientar o paciente em relação aos
procedimentos adequados e ao uso de remédios.
• O objetivo principal do tratamento é reduzir a inflamação e o número
de danos ao coração. Este processo pode incluir o uso de antibióticos
e outros tratamentos.
TRATAMENTO
• Em alguns casos pode haver a necessidade de tratar a arritmia com
medicamentos específicos.
• Para alívio da febre e da dor podem ser utilizados
analgésicos, antitérmicos e anti-inflamatórios.
• A atividade física deve ser limitada, o repouso é recomendado, a fim
de reduzir o trabalho do coração, e a dieta deve restringir o consumo
de sal quando houver insuficiência cardíaca.
• Como a principal causa da miocardite é infecciosa, não há
medidas específicas de prevenção.
• O uso correto de antimicrobianos em infecções bacterianas pode
prevenir o acometimento do coração.
PREVENÇÃO
Procure sempre o seu médico.
Fontes:
bases.bireme.br/.../online/?.
www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext.
www.manuaisdecardiologia.med.br/.../cardiomiopatia_Page844.htm.
Editora médica: Dra. Anna Gabriela Fuks (615039-RJ)
Jornalista responsável: Roberto Maggessi (31.250 RJ)

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Angina Peito e Enfarte Agudo do Miocárdio
Angina Peito e Enfarte Agudo do MiocárdioAngina Peito e Enfarte Agudo do Miocárdio
Angina Peito e Enfarte Agudo do Miocárdio
Fábio Simões
 
Infarto 1C
Infarto 1CInfarto 1C
Meningite
Meningite Meningite
Meningite
Gabriela Bruno
 
Hipertensão
Hipertensão Hipertensão
Hipertensão
Nome Sobrenome
 
Doenças cardiovasculares
Doenças cardiovascularesDoenças cardiovasculares
Doenças cardiovasculares
ap3bmachado
 
Angina pectoris
Angina pectorisAngina pectoris
Angina pectoris
diiogotk
 
INFARTO AGUDO MIOCÁRDIO E ANGINA PECTÓRIS
INFARTO AGUDO MIOCÁRDIO E ANGINA PECTÓRISINFARTO AGUDO MIOCÁRDIO E ANGINA PECTÓRIS
INFARTO AGUDO MIOCÁRDIO E ANGINA PECTÓRIS
Renara Kran
 
Hipertensão arterial sistêmica
Hipertensão arterial sistêmicaHipertensão arterial sistêmica
Hipertensão arterial sistêmica
j2012p
 
Patologia geral - introdução - capitulo 1
Patologia geral - introdução - capitulo 1Patologia geral - introdução - capitulo 1
Patologia geral - introdução - capitulo 1
Cleanto Santos Vieira
 
LÚPUS ERITEMATOSO SISTÊMICO
LÚPUS ERITEMATOSO SISTÊMICOLÚPUS ERITEMATOSO SISTÊMICO
LÚPUS ERITEMATOSO SISTÊMICO
pauloalambert
 
Vitiligo
VitiligoVitiligo
Vitiligo
Pedro Seabra
 
Tratamento de feridas - Aula 02
Tratamento de feridas -  Aula 02Tratamento de feridas -  Aula 02
Tratamento de feridas - Aula 02
SMS - Petrópolis
 
Apresentacão meningite
Apresentacão meningiteApresentacão meningite
Apresentacão meningite
Fernanda Marinho
 
Autoimunidade
AutoimunidadeAutoimunidade
Autoimunidade
LABIMUNO UFBA
 
Disfunções hematológicas - anemias - leucemia - homofilia
Disfunções hematológicas - anemias - leucemia - homofiliaDisfunções hematológicas - anemias - leucemia - homofilia
Disfunções hematológicas - anemias - leucemia - homofilia
NEELLITON SANTOS
 
Inflamação
InflamaçãoInflamação
Inflamação
Safia Naser
 
Doenças Cardiovasculares
Doenças CardiovascularesDoenças Cardiovasculares
Doenças Cardiovasculares
Diego Caires
 
Histerectomia cuidados de enfermagem
Histerectomia cuidados de enfermagemHisterectomia cuidados de enfermagem
Histerectomia cuidados de enfermagem
Roberto Moreira Silva
 
7ª aula classes de medicamentos
7ª aula   classes de medicamentos7ª aula   classes de medicamentos
7ª aula classes de medicamentos
Claudio Luis Venturini
 
Distúrbios Cardíacos
 Distúrbios Cardíacos Distúrbios Cardíacos
Distúrbios Cardíacos
Priscila Freitas
 

Mais procurados (20)

Angina Peito e Enfarte Agudo do Miocárdio
Angina Peito e Enfarte Agudo do MiocárdioAngina Peito e Enfarte Agudo do Miocárdio
Angina Peito e Enfarte Agudo do Miocárdio
 
Infarto 1C
Infarto 1CInfarto 1C
Infarto 1C
 
Meningite
Meningite Meningite
Meningite
 
Hipertensão
Hipertensão Hipertensão
Hipertensão
 
Doenças cardiovasculares
Doenças cardiovascularesDoenças cardiovasculares
Doenças cardiovasculares
 
Angina pectoris
Angina pectorisAngina pectoris
Angina pectoris
 
INFARTO AGUDO MIOCÁRDIO E ANGINA PECTÓRIS
INFARTO AGUDO MIOCÁRDIO E ANGINA PECTÓRISINFARTO AGUDO MIOCÁRDIO E ANGINA PECTÓRIS
INFARTO AGUDO MIOCÁRDIO E ANGINA PECTÓRIS
 
Hipertensão arterial sistêmica
Hipertensão arterial sistêmicaHipertensão arterial sistêmica
Hipertensão arterial sistêmica
 
Patologia geral - introdução - capitulo 1
Patologia geral - introdução - capitulo 1Patologia geral - introdução - capitulo 1
Patologia geral - introdução - capitulo 1
 
LÚPUS ERITEMATOSO SISTÊMICO
LÚPUS ERITEMATOSO SISTÊMICOLÚPUS ERITEMATOSO SISTÊMICO
LÚPUS ERITEMATOSO SISTÊMICO
 
Vitiligo
VitiligoVitiligo
Vitiligo
 
Tratamento de feridas - Aula 02
Tratamento de feridas -  Aula 02Tratamento de feridas -  Aula 02
Tratamento de feridas - Aula 02
 
Apresentacão meningite
Apresentacão meningiteApresentacão meningite
Apresentacão meningite
 
Autoimunidade
AutoimunidadeAutoimunidade
Autoimunidade
 
Disfunções hematológicas - anemias - leucemia - homofilia
Disfunções hematológicas - anemias - leucemia - homofiliaDisfunções hematológicas - anemias - leucemia - homofilia
Disfunções hematológicas - anemias - leucemia - homofilia
 
Inflamação
InflamaçãoInflamação
Inflamação
 
Doenças Cardiovasculares
Doenças CardiovascularesDoenças Cardiovasculares
Doenças Cardiovasculares
 
Histerectomia cuidados de enfermagem
Histerectomia cuidados de enfermagemHisterectomia cuidados de enfermagem
Histerectomia cuidados de enfermagem
 
7ª aula classes de medicamentos
7ª aula   classes de medicamentos7ª aula   classes de medicamentos
7ª aula classes de medicamentos
 
Distúrbios Cardíacos
 Distúrbios Cardíacos Distúrbios Cardíacos
Distúrbios Cardíacos
 

Destaque

Miocardite
MiocarditeMiocardite
Aula endocardite
Aula endocarditeAula endocardite
Aula endocardite
Alberto Las Casas Jr.
 
Doenças do pericárdio
Doenças do pericárdioDoenças do pericárdio
Doenças do pericárdio
dapab
 
Endocardite infecciosa
Endocardite infecciosaEndocardite infecciosa
Endocardite infecciosa
dapab
 
Afecções cardiovasculares
Afecções cardiovascularesAfecções cardiovasculares
Afecções cardiovasculares
A_pri
 
Pericardite
PericarditePericardite
Pericardite
resenfe2013
 
Mudamos!
Mudamos!Mudamos!
Pneumonia
PneumoniaPneumonia
Pneumonia
Reynel Dan
 
Pericardite
PericarditePericardite
Trabalho de pneumonia
Trabalho de pneumoniaTrabalho de pneumonia
Trabalho de pneumonia
Daniela Santos
 
Cuidados com Pacientes com agravos cardiovascular
Cuidados com Pacientes com agravos cardiovascularCuidados com Pacientes com agravos cardiovascular
Cuidados com Pacientes com agravos cardiovascular
Willian Ximenes
 
Endocardite bacteriana..
Endocardite bacteriana..Endocardite bacteriana..
Endocardite bacteriana..
Estomatologista- Dra Dulce Cabelho
 
Endocardite
Endocardite	Endocardite
Endocardite
oncare
 
pneumonia
pneumoniapneumonia
pneumonia
ssn zhd
 
Apresentação pneumonia
Apresentação pneumoniaApresentação pneumonia
Apresentação pneumonia
Laboratório Sérgio Franco
 
Doença Arterial Coronariana
Doença Arterial CoronarianaDoença Arterial Coronariana
Doença Arterial Coronariana
Jacyelle Medeiros
 
Pneumonias
PneumoniasPneumonias
Pneumonias
Lorena de Assis
 
Doenças Cardiovasculares
Doenças CardiovascularesDoenças Cardiovasculares
Doenças Cardiovasculares
CNProf
 
Doença Arterial Coronariana
Doença Arterial CoronarianaDoença Arterial Coronariana
Doença Arterial Coronariana
resenfe2013
 
Insuficiência Respiratória Aguda (IRpA) e Síndrome do Desconforto Respiratóri...
Insuficiência Respiratória Aguda (IRpA) e Síndrome do Desconforto Respiratóri...Insuficiência Respiratória Aguda (IRpA) e Síndrome do Desconforto Respiratóri...
Insuficiência Respiratória Aguda (IRpA) e Síndrome do Desconforto Respiratóri...
José Alexandre Pires de Almeida
 

Destaque (20)

Miocardite
MiocarditeMiocardite
Miocardite
 
Aula endocardite
Aula endocarditeAula endocardite
Aula endocardite
 
Doenças do pericárdio
Doenças do pericárdioDoenças do pericárdio
Doenças do pericárdio
 
Endocardite infecciosa
Endocardite infecciosaEndocardite infecciosa
Endocardite infecciosa
 
Afecções cardiovasculares
Afecções cardiovascularesAfecções cardiovasculares
Afecções cardiovasculares
 
Pericardite
PericarditePericardite
Pericardite
 
Mudamos!
Mudamos!Mudamos!
Mudamos!
 
Pneumonia
PneumoniaPneumonia
Pneumonia
 
Pericardite
PericarditePericardite
Pericardite
 
Trabalho de pneumonia
Trabalho de pneumoniaTrabalho de pneumonia
Trabalho de pneumonia
 
Cuidados com Pacientes com agravos cardiovascular
Cuidados com Pacientes com agravos cardiovascularCuidados com Pacientes com agravos cardiovascular
Cuidados com Pacientes com agravos cardiovascular
 
Endocardite bacteriana..
Endocardite bacteriana..Endocardite bacteriana..
Endocardite bacteriana..
 
Endocardite
Endocardite	Endocardite
Endocardite
 
pneumonia
pneumoniapneumonia
pneumonia
 
Apresentação pneumonia
Apresentação pneumoniaApresentação pneumonia
Apresentação pneumonia
 
Doença Arterial Coronariana
Doença Arterial CoronarianaDoença Arterial Coronariana
Doença Arterial Coronariana
 
Pneumonias
PneumoniasPneumonias
Pneumonias
 
Doenças Cardiovasculares
Doenças CardiovascularesDoenças Cardiovasculares
Doenças Cardiovasculares
 
Doença Arterial Coronariana
Doença Arterial CoronarianaDoença Arterial Coronariana
Doença Arterial Coronariana
 
Insuficiência Respiratória Aguda (IRpA) e Síndrome do Desconforto Respiratóri...
Insuficiência Respiratória Aguda (IRpA) e Síndrome do Desconforto Respiratóri...Insuficiência Respiratória Aguda (IRpA) e Síndrome do Desconforto Respiratóri...
Insuficiência Respiratória Aguda (IRpA) e Síndrome do Desconforto Respiratóri...
 

Semelhante a Apresentação miocardite

Aula 10 - Doenças Cardiovasculares - Infecciosas.pdf
Aula 10 - Doenças Cardiovasculares - Infecciosas.pdfAula 10 - Doenças Cardiovasculares - Infecciosas.pdf
Aula 10 - Doenças Cardiovasculares - Infecciosas.pdf
Giza Carla Nitz
 
Doenças
Doenças Doenças
Doenças
carla nabeiro
 
Febre reumática
Febre reumáticaFebre reumática
Febre reumática
Marla Priscila
 
IAM - Infarto Agudo do Miocárdio
IAM - Infarto Agudo do MiocárdioIAM - Infarto Agudo do Miocárdio
IAM - Infarto Agudo do Miocárdio
Juliana Borges
 
PERICARDIO.pptx
PERICARDIO.pptxPERICARDIO.pptx
PERICARDIO.pptx
Daniel37211
 
RESUMO INFARTO AGUDO DO MIOCÁRDIO.pptx
RESUMO INFARTO AGUDO DO MIOCÁRDIO.pptxRESUMO INFARTO AGUDO DO MIOCÁRDIO.pptx
RESUMO INFARTO AGUDO DO MIOCÁRDIO.pptx
Kauan Brito
 
Eu posso ter um infarto ?
Eu posso ter um infarto ?Eu posso ter um infarto ?
Eu posso ter um infarto ?
Alexandre Amato
 
Aula 08 - Doenças Cardiovasculares - IAM.pdf
Aula 08 - Doenças Cardiovasculares - IAM.pdfAula 08 - Doenças Cardiovasculares - IAM.pdf
Aula 08 - Doenças Cardiovasculares - IAM.pdf
Giza Carla Nitz
 
Enfcardio03
Enfcardio03Enfcardio03
Enfcardio03
Claudio Viegas
 
Enfcardio03
Enfcardio03Enfcardio03
Enfcardio03
Claudio Viegas
 
infartooo.pptx
infartooo.pptxinfartooo.pptx
infartooo.pptx
IgorCarlosAlves
 
Infarto agudo do miocárdio
Infarto agudo do miocárdioInfarto agudo do miocárdio
Infarto agudo do miocárdio
Laboratório Sérgio Franco
 
IAM-modificado.pdf
IAM-modificado.pdfIAM-modificado.pdf
IAM-modificado.pdf
JayaneSantos7
 
Afecções imunológicas e reumáticas ainda cru
Afecções imunológicas e reumáticas ainda cruAfecções imunológicas e reumáticas ainda cru
Afecções imunológicas e reumáticas ainda cru
Cibelle Viero
 

Semelhante a Apresentação miocardite (14)

Aula 10 - Doenças Cardiovasculares - Infecciosas.pdf
Aula 10 - Doenças Cardiovasculares - Infecciosas.pdfAula 10 - Doenças Cardiovasculares - Infecciosas.pdf
Aula 10 - Doenças Cardiovasculares - Infecciosas.pdf
 
Doenças
Doenças Doenças
Doenças
 
Febre reumática
Febre reumáticaFebre reumática
Febre reumática
 
IAM - Infarto Agudo do Miocárdio
IAM - Infarto Agudo do MiocárdioIAM - Infarto Agudo do Miocárdio
IAM - Infarto Agudo do Miocárdio
 
PERICARDIO.pptx
PERICARDIO.pptxPERICARDIO.pptx
PERICARDIO.pptx
 
RESUMO INFARTO AGUDO DO MIOCÁRDIO.pptx
RESUMO INFARTO AGUDO DO MIOCÁRDIO.pptxRESUMO INFARTO AGUDO DO MIOCÁRDIO.pptx
RESUMO INFARTO AGUDO DO MIOCÁRDIO.pptx
 
Eu posso ter um infarto ?
Eu posso ter um infarto ?Eu posso ter um infarto ?
Eu posso ter um infarto ?
 
Aula 08 - Doenças Cardiovasculares - IAM.pdf
Aula 08 - Doenças Cardiovasculares - IAM.pdfAula 08 - Doenças Cardiovasculares - IAM.pdf
Aula 08 - Doenças Cardiovasculares - IAM.pdf
 
Enfcardio03
Enfcardio03Enfcardio03
Enfcardio03
 
Enfcardio03
Enfcardio03Enfcardio03
Enfcardio03
 
infartooo.pptx
infartooo.pptxinfartooo.pptx
infartooo.pptx
 
Infarto agudo do miocárdio
Infarto agudo do miocárdioInfarto agudo do miocárdio
Infarto agudo do miocárdio
 
IAM-modificado.pdf
IAM-modificado.pdfIAM-modificado.pdf
IAM-modificado.pdf
 
Afecções imunológicas e reumáticas ainda cru
Afecções imunológicas e reumáticas ainda cruAfecções imunológicas e reumáticas ainda cru
Afecções imunológicas e reumáticas ainda cru
 

Mais de Laboratório Sérgio Franco

Cancer de próstata
Cancer de próstataCancer de próstata
Cancer de próstata
Laboratório Sérgio Franco
 
Apresentação trombose venosa profunda
Apresentação trombose venosa profundaApresentação trombose venosa profunda
Apresentação trombose venosa profunda
Laboratório Sérgio Franco
 
Apresentação toxoplasmose
Apresentação toxoplasmoseApresentação toxoplasmose
Apresentação toxoplasmose
Laboratório Sérgio Franco
 
Apresentação tétano
Apresentação tétanoApresentação tétano
Apresentação tétano
Laboratório Sérgio Franco
 
Apresentação síndrome nefrótica
Apresentação síndrome nefróticaApresentação síndrome nefrótica
Apresentação síndrome nefrótica
Laboratório Sérgio Franco
 
Apresentação síndrome metabólica
Apresentação síndrome metabólicaApresentação síndrome metabólica
Apresentação síndrome metabólica
Laboratório Sérgio Franco
 
Apresentação rubéola
Apresentação rubéolaApresentação rubéola
Apresentação rubéola
Laboratório Sérgio Franco
 
Apresentação rinite alérgica
Apresentação rinite alérgicaApresentação rinite alérgica
Apresentação rinite alérgica
Laboratório Sérgio Franco
 
Apresentação retocolite
Apresentação retocoliteApresentação retocolite
Apresentação retocolite
Laboratório Sérgio Franco
 
Apresentação mononucleose
Apresentação mononucleoseApresentação mononucleose
Apresentação mononucleose
Laboratório Sérgio Franco
 
Apresentação micose
Apresentação micoseApresentação micose
Apresentação micose
Laboratório Sérgio Franco
 
Apresentação miastenia
Apresentação miasteniaApresentação miastenia
Apresentação miastenia
Laboratório Sérgio Franco
 
Apresentação meningite
Apresentação meningiteApresentação meningite
Apresentação meningite
Laboratório Sérgio Franco
 
Apresentação lupus
Apresentação lupusApresentação lupus
Apresentação lupus
Laboratório Sérgio Franco
 
Apresentação leucemia
Apresentação leucemiaApresentação leucemia
Apresentação leucemia
Laboratório Sérgio Franco
 
Apresentação insuficiência renal crônica
Apresentação insuficiência renal crônicaApresentação insuficiência renal crônica
Apresentação insuficiência renal crônica
Laboratório Sérgio Franco
 
Apresentação hpv na laringe
Apresentação hpv na laringeApresentação hpv na laringe
Apresentação hpv na laringe
Laboratório Sérgio Franco
 
Apresentação homocistinúria
Apresentação homocistinúriaApresentação homocistinúria
Apresentação homocistinúria
Laboratório Sérgio Franco
 
Apresentação hipertensão
Apresentação hipertensãoApresentação hipertensão
Apresentação hipertensão
Laboratório Sérgio Franco
 
Apresentação hipercolesterolemia
Apresentação hipercolesterolemiaApresentação hipercolesterolemia
Apresentação hipercolesterolemia
Laboratório Sérgio Franco
 

Mais de Laboratório Sérgio Franco (20)

Cancer de próstata
Cancer de próstataCancer de próstata
Cancer de próstata
 
Apresentação trombose venosa profunda
Apresentação trombose venosa profundaApresentação trombose venosa profunda
Apresentação trombose venosa profunda
 
Apresentação toxoplasmose
Apresentação toxoplasmoseApresentação toxoplasmose
Apresentação toxoplasmose
 
Apresentação tétano
Apresentação tétanoApresentação tétano
Apresentação tétano
 
Apresentação síndrome nefrótica
Apresentação síndrome nefróticaApresentação síndrome nefrótica
Apresentação síndrome nefrótica
 
Apresentação síndrome metabólica
Apresentação síndrome metabólicaApresentação síndrome metabólica
Apresentação síndrome metabólica
 
Apresentação rubéola
Apresentação rubéolaApresentação rubéola
Apresentação rubéola
 
Apresentação rinite alérgica
Apresentação rinite alérgicaApresentação rinite alérgica
Apresentação rinite alérgica
 
Apresentação retocolite
Apresentação retocoliteApresentação retocolite
Apresentação retocolite
 
Apresentação mononucleose
Apresentação mononucleoseApresentação mononucleose
Apresentação mononucleose
 
Apresentação micose
Apresentação micoseApresentação micose
Apresentação micose
 
Apresentação miastenia
Apresentação miasteniaApresentação miastenia
Apresentação miastenia
 
Apresentação meningite
Apresentação meningiteApresentação meningite
Apresentação meningite
 
Apresentação lupus
Apresentação lupusApresentação lupus
Apresentação lupus
 
Apresentação leucemia
Apresentação leucemiaApresentação leucemia
Apresentação leucemia
 
Apresentação insuficiência renal crônica
Apresentação insuficiência renal crônicaApresentação insuficiência renal crônica
Apresentação insuficiência renal crônica
 
Apresentação hpv na laringe
Apresentação hpv na laringeApresentação hpv na laringe
Apresentação hpv na laringe
 
Apresentação homocistinúria
Apresentação homocistinúriaApresentação homocistinúria
Apresentação homocistinúria
 
Apresentação hipertensão
Apresentação hipertensãoApresentação hipertensão
Apresentação hipertensão
 
Apresentação hipercolesterolemia
Apresentação hipercolesterolemiaApresentação hipercolesterolemia
Apresentação hipercolesterolemia
 

Apresentação miocardite

  • 2. INTRODUÇÃO • A miocardite é a inflamação da camada média do músculo cardíaco, o miocárdio. • Esta doença geralmente decorre de uma complicação de um processo infeccioso, sobretudo por vírus, que, ao atacar as células do coração, chamadas de miócitos, provocam uma resposta inflamatória imediata do sistema imunológico.
  • 3. • A miocardite é uma manifestação que surge durante ou após diversas doenças infecciosas (virais, bacterianas ou parasitárias) como: CAUSAS Poliomielite; Gripe; Rubéola; ou Febre reumática.
  • 4. • Em crianças, as causas mais comuns são infecções virais com os vírus: • A miocardite também pode ser causada por: • A capa média do músculo cardíaco fica inflamada e irritada, podendo ocasionar diversos sintomas, entre eles insuficiência cardíaca. CAUSAS coxsackie adenovírus ecovírus Radiação Exposição a agentes químicos ou medicação Doenças dos tecidos conjuntivos (lúpus).
  • 5. • Os sintomas mais frequentes são: febre; dor torácica; taquicardia (aumento dos batimentos cardíacos). • Outros sinais e sintomas podem estar associados, como: inchaço generalizado; dor articular. SINTOMAS
  • 6. DIAGNÓSTICO • O diagnóstico é feito, principalmente, com base nos sintomas que aparecem nos primeiros seis meses de infecção. • Ao exame físico é comum a presença de taquicardia e sinais de insuficiência cardíaca, entre eles edema e congestão pulmonar com falta de ar. Outros exames complementares confirmam o diagnóstico:  eletrocardiograma e ecocoradiograma;  radiografia de tórax;  biópsia do músculo cardíaco;  hemoculturas (quando se suspeita de que a infecção seja a causa da miocardite).
  • 7. TRATAMENTO • Procurar um médico aos primeiros sinais da doença é fundamental para a indicação do melhor tratamento para cada caso. • Somente o especialista poderá orientar o paciente em relação aos procedimentos adequados e ao uso de remédios. • O objetivo principal do tratamento é reduzir a inflamação e o número de danos ao coração. Este processo pode incluir o uso de antibióticos e outros tratamentos.
  • 8. TRATAMENTO • Em alguns casos pode haver a necessidade de tratar a arritmia com medicamentos específicos. • Para alívio da febre e da dor podem ser utilizados analgésicos, antitérmicos e anti-inflamatórios. • A atividade física deve ser limitada, o repouso é recomendado, a fim de reduzir o trabalho do coração, e a dieta deve restringir o consumo de sal quando houver insuficiência cardíaca.
  • 9. • Como a principal causa da miocardite é infecciosa, não há medidas específicas de prevenção. • O uso correto de antimicrobianos em infecções bacterianas pode prevenir o acometimento do coração. PREVENÇÃO
  • 10. Procure sempre o seu médico. Fontes: bases.bireme.br/.../online/?. www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext. www.manuaisdecardiologia.med.br/.../cardiomiopatia_Page844.htm. Editora médica: Dra. Anna Gabriela Fuks (615039-RJ) Jornalista responsável: Roberto Maggessi (31.250 RJ)