SlideShare uma empresa Scribd logo
Meningite
INTRODUÇÃO
• A meningite é uma infecção causadora de inflamação das
membranas que envolvem o cérebro e a medula
espinhal, podendo ser viral ou bacteriana.
• No Brasil, qualquer forma de meningite é doença de
notificação compulsória, ou seja, cada vez que um médico faz o
diagnóstico de meningite ele é obrigado a notificar. É desta
forma que pode se identificar uma epidemia de meningite.
CAUSAS
• As bactérias que causam a meningite incluem:
Streptococcus Haemophilus influenzae
Staphylococcus Meningococcus
Meningite bacteriana aguda
É uma doença muito grave e deve ser tratada imediatamente
para prevenir danos permanentes.
CAUSAS
Meningite viral
É menos grave e mais frequente do que a bacteriana.
• A doença geralmente se desenvolve no inverno e afeta
principalmente pessoas com menos de 30 anos de idade.
• Segundo o Ministério da Saúde, 70% das infecções ocorrem em
crianças menores de 5 anos.
• Existem alguns tipos menos comuns de meningite viral que são
mais graves.
CAUSAS
• A meningite é um quadro grave e agudo. O período de
incubação é, em média, de três a quatro dias.
• A maioria dos pacientes é internada 24 horas após o
aparecimento dos primeiros sintomas.
SINTOMAS
SINTOMAS
• O quadro típico é de:
Febre alta Vômitos
Rigidez da nuca Dor de cabeça intensa
Prostração Manchas avermelhadas pelo corpo
• Os quadros graves podem evoluir para choque.
(petéquias)
• A suspeita diagnóstica deve ser feita o mais precoce o possível
e a punção lombar, executada imediatamente.
• Tão importante quanto o diagnóstico da meningite é saber a
causa, isto é, o agente que está infectando o paciente para
determinação do antibiótico adequado e do tempo de
tratamento.
• Esta confirmação do agente causador é dada pela cultura do
liquor, que, apesar de demorada, é essencial.
DIAGNÓSTICO
• Exames de sangue, como hemograma completo e
PCRt, também são importantes para o diagnóstico.
• Apesar dos importantes avanços no diagnóstico e no
tratamento, a meningite ainda se mantém como uma das
doenças mais preocupantes devido ao risco de complicações
graves, podendo deixar sequelas.
DIAGNÓSTICO
• Procurar um médico aos primeiros sinais da doença é
fundamental para a indicação do melhor tratamento para cada
caso.
• Somente o especialista poderá orientar o paciente em relação
aos procedimentos adequados e ao uso de remédios.
TRATAMENTO
• O tratamento das meningites agudas é considerado uma
emergência grave, principalmente se a suspeita for bacteriana.
• Ele deve ser iniciado o mais rápido possível com antibióticos
administrados por via endovenosa, pois o risco de vida é alto e
pode deixar sequelas graves nestes casos.
DIAGNÓSTICO
PREVENÇÃO
• As vacinas são fundamentais para prevenir alguns tipos de
meningite. Entre elas estão disponíveis no calendário de vacinação
da criança:
• As vacinas contra a meningite meningocócica estão
disponíveis para controle de epidemias.
BCG
Previne contra meningite tuberculosa.
Tetravalente
Contra a meningite por Haemophilus influenzae tipo
b, além de coqueluche, difteria e tétano.
• Pessoas que tiveram contato prolongado com indivíduo doente
devem receber antibióticos específicos para não desenvolverem a
doença.
• O diagnóstico e o tratamento precoces são formas de prevenir
as complicações da doença.
• Outras formas de prevenção incluem evitar aglomerações e
manter os ambientes ventilados.
PREVENÇÃO
Consulte sempre o seu médico.
Fontes:
bvsms.saude.gov.br/html/pt/.../103meningite.html.
www.fmt.am.gov.br/manual/meningite.htm.
www.saude.sc.gov.br/.../sala.../meningite2.htm.
Editora médica: Dra. Anna Gabriela Fuks (615039-RJ)
Jornalista responsável: Roberto Maggessi (31.250 RJ)

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Pneumonia
PneumoniaPneumonia
04 aula tétano
04 aula   tétano04 aula   tétano
Pneumonias - Aula de Microbiologia
Pneumonias - Aula de MicrobiologiaPneumonias - Aula de Microbiologia
Pneumonias - Aula de Microbiologia
Pedro Oliveira Santos
 
Tuberculose Aula
Tuberculose   AulaTuberculose   Aula
Tuberculose Aula
douglas silva
 
Herpes zoster
Herpes zosterHerpes zoster
Herpes zoster
Anestesiador
 
Faringoamigdalite Aguda
Faringoamigdalite AgudaFaringoamigdalite Aguda
Faringoamigdalite Aguda
Brenda Lahlou
 
Pneumonia
PneumoniaPneumonia
Pneumonia
Alcylene
 
Coqueluche doença
Coqueluche doença Coqueluche doença
Coqueluche doença
Elaine Carvalho
 
Doenças Renais
Doenças RenaisDoenças Renais
Doenças Renais
Felipe Santos
 
Doenças virais ( caxumba e sarampo)
Doenças virais  ( caxumba e sarampo)Doenças virais  ( caxumba e sarampo)
Doenças virais ( caxumba e sarampo)
guiribeiro0210
 
LÚPUS ERITEMATOSO SISTÊMICO
LÚPUS ERITEMATOSO SISTÊMICOLÚPUS ERITEMATOSO SISTÊMICO
LÚPUS ERITEMATOSO SISTÊMICO
pauloalambert
 
Pneumonias Conceito Classificações Fisiopatologia Manifestações Clínicas Diag...
Pneumonias Conceito Classificações Fisiopatologia Manifestações Clínicas Diag...Pneumonias Conceito Classificações Fisiopatologia Manifestações Clínicas Diag...
Pneumonias Conceito Classificações Fisiopatologia Manifestações Clínicas Diag...
Alexandre Naime Barbosa
 
Apresentação pneumonia
Apresentação pneumoniaApresentação pneumonia
Apresentação pneumonia
Laboratório Sérgio Franco
 
Dor toracica 2019
Dor toracica 2019Dor toracica 2019
Dor toracica 2019
pauloalambert
 
Slide de Angina de Peito
Slide de Angina de PeitoSlide de Angina de Peito
Slide de Angina de Peito
SuelenMjesus
 
Infecção de pele e partes moles
Infecção de pele e partes molesInfecção de pele e partes moles
Infecção de pele e partes moles
Professor Robson
 
Pneumonia
PneumoniaPneumonia
Saúde coletiva - Difiteria (crupe)
Saúde coletiva - Difiteria (crupe)Saúde coletiva - Difiteria (crupe)
Saúde coletiva - Difiteria (crupe)
Adriana Bonadia dos Santos
 
Tuberculose
TuberculoseTuberculose
Tuberculose
Cláudia Sofia
 
Infecção do Trato Urinário na Infância (ITU)
Infecção do Trato Urinário na Infância (ITU)Infecção do Trato Urinário na Infância (ITU)
Infecção do Trato Urinário na Infância (ITU)
Laped Ufrn
 

Mais procurados (20)

Pneumonia
PneumoniaPneumonia
Pneumonia
 
04 aula tétano
04 aula   tétano04 aula   tétano
04 aula tétano
 
Pneumonias - Aula de Microbiologia
Pneumonias - Aula de MicrobiologiaPneumonias - Aula de Microbiologia
Pneumonias - Aula de Microbiologia
 
Tuberculose Aula
Tuberculose   AulaTuberculose   Aula
Tuberculose Aula
 
Herpes zoster
Herpes zosterHerpes zoster
Herpes zoster
 
Faringoamigdalite Aguda
Faringoamigdalite AgudaFaringoamigdalite Aguda
Faringoamigdalite Aguda
 
Pneumonia
PneumoniaPneumonia
Pneumonia
 
Coqueluche doença
Coqueluche doença Coqueluche doença
Coqueluche doença
 
Doenças Renais
Doenças RenaisDoenças Renais
Doenças Renais
 
Doenças virais ( caxumba e sarampo)
Doenças virais  ( caxumba e sarampo)Doenças virais  ( caxumba e sarampo)
Doenças virais ( caxumba e sarampo)
 
LÚPUS ERITEMATOSO SISTÊMICO
LÚPUS ERITEMATOSO SISTÊMICOLÚPUS ERITEMATOSO SISTÊMICO
LÚPUS ERITEMATOSO SISTÊMICO
 
Pneumonias Conceito Classificações Fisiopatologia Manifestações Clínicas Diag...
Pneumonias Conceito Classificações Fisiopatologia Manifestações Clínicas Diag...Pneumonias Conceito Classificações Fisiopatologia Manifestações Clínicas Diag...
Pneumonias Conceito Classificações Fisiopatologia Manifestações Clínicas Diag...
 
Apresentação pneumonia
Apresentação pneumoniaApresentação pneumonia
Apresentação pneumonia
 
Dor toracica 2019
Dor toracica 2019Dor toracica 2019
Dor toracica 2019
 
Slide de Angina de Peito
Slide de Angina de PeitoSlide de Angina de Peito
Slide de Angina de Peito
 
Infecção de pele e partes moles
Infecção de pele e partes molesInfecção de pele e partes moles
Infecção de pele e partes moles
 
Pneumonia
PneumoniaPneumonia
Pneumonia
 
Saúde coletiva - Difiteria (crupe)
Saúde coletiva - Difiteria (crupe)Saúde coletiva - Difiteria (crupe)
Saúde coletiva - Difiteria (crupe)
 
Tuberculose
TuberculoseTuberculose
Tuberculose
 
Infecção do Trato Urinário na Infância (ITU)
Infecção do Trato Urinário na Infância (ITU)Infecção do Trato Urinário na Infância (ITU)
Infecção do Trato Urinário na Infância (ITU)
 

Destaque

Paraplegia
ParaplegiaParaplegia
Paraplegia
Abino David
 
Conceito saude
Conceito saudeConceito saude
Conceito saude
Deolinda Silva
 
Saude mental aula 3
Saude mental aula 3Saude mental aula 3
Saude mental aula 3
Aroldo Gavioli
 
Conceito de saúde mental.
Conceito de saúde mental.Conceito de saúde mental.
Conceito de saúde mental.
Luciane Santana
 
Tumores Cerebrais / Sistema Nervoso Central
Tumores Cerebrais / Sistema Nervoso CentralTumores Cerebrais / Sistema Nervoso Central
Tumores Cerebrais / Sistema Nervoso Central
Oncoguia
 
Hemiplegia
HemiplegiaHemiplegia
Hemiplegia
Daniel Augustine
 
Saúde Mental
Saúde MentalSaúde Mental
Saúde Mental
Andressa Macena
 
Saúde Mental
Saúde MentalSaúde Mental
Saúde Mental
Rosemar Prota
 
Paraplegia
ParaplegiaParaplegia
Paraplegia
Naveen Kumar
 
Trabalho Saúde Mental
Trabalho Saúde MentalTrabalho Saúde Mental
Trabalho Saúde Mental
Faculdade União das Américas
 
O papel do enfermeiro em Saúde Mental e Psiquiatria
O papel do enfermeiro em Saúde Mental e PsiquiatriaO papel do enfermeiro em Saúde Mental e Psiquiatria
O papel do enfermeiro em Saúde Mental e Psiquiatria
Aliny Lima
 
Saúde Mental
Saúde Mental Saúde Mental
Saúde Mental
Marco Aurélio Leão
 
Aula Saúde Mental
Aula Saúde MentalAula Saúde Mental
Aula Saúde Mental
Simone Elisa Heitor
 

Destaque (13)

Paraplegia
ParaplegiaParaplegia
Paraplegia
 
Conceito saude
Conceito saudeConceito saude
Conceito saude
 
Saude mental aula 3
Saude mental aula 3Saude mental aula 3
Saude mental aula 3
 
Conceito de saúde mental.
Conceito de saúde mental.Conceito de saúde mental.
Conceito de saúde mental.
 
Tumores Cerebrais / Sistema Nervoso Central
Tumores Cerebrais / Sistema Nervoso CentralTumores Cerebrais / Sistema Nervoso Central
Tumores Cerebrais / Sistema Nervoso Central
 
Hemiplegia
HemiplegiaHemiplegia
Hemiplegia
 
Saúde Mental
Saúde MentalSaúde Mental
Saúde Mental
 
Saúde Mental
Saúde MentalSaúde Mental
Saúde Mental
 
Paraplegia
ParaplegiaParaplegia
Paraplegia
 
Trabalho Saúde Mental
Trabalho Saúde MentalTrabalho Saúde Mental
Trabalho Saúde Mental
 
O papel do enfermeiro em Saúde Mental e Psiquiatria
O papel do enfermeiro em Saúde Mental e PsiquiatriaO papel do enfermeiro em Saúde Mental e Psiquiatria
O papel do enfermeiro em Saúde Mental e Psiquiatria
 
Saúde Mental
Saúde Mental Saúde Mental
Saúde Mental
 
Aula Saúde Mental
Aula Saúde MentalAula Saúde Mental
Aula Saúde Mental
 

Semelhante a Apresentação meningite

Meningite viral
Meningite viral Meningite viral
Meningite viral
Natália Lima
 
Palestra meningite atualizada 07.08.2012
Palestra meningite atualizada 07.08.2012Palestra meningite atualizada 07.08.2012
Palestra meningite atualizada 07.08.2012
Hosana maniero
 
Meningite c
Meningite  cMeningite  c
Meningite c
Eliene Meira
 
Meni sobre
Meni sobreMeni sobre
Meni sobre
saudefieb
 
Apresentação aids
Apresentação aidsApresentação aids
Apresentação aids
Sérgio Franco - CDPI
 
Apresentação aids
Apresentação aidsApresentação aids
Apresentação aids
Laboratório Sérgio Franco
 
Aula 6 - Meningite Viral abordando a disciplina de patologia.pdf
Aula 6 - Meningite Viral  abordando a disciplina de patologia.pdfAula 6 - Meningite Viral  abordando a disciplina de patologia.pdf
Aula 6 - Meningite Viral abordando a disciplina de patologia.pdf
BrunaRamos397436
 
Apresentação bronquiolite
Apresentação bronquioliteApresentação bronquiolite
Apresentação bronquiolite
Laboratório Sérgio Franco
 
Apresentação bronquiolite
Apresentação bronquioliteApresentação bronquiolite
Apresentação bronquiolite
Sérgio Franco - CDPI
 
Aprim sp2e 3-ebserh
Aprim sp2e 3-ebserhAprim sp2e 3-ebserh
Aprim sp2e 3-ebserh
Ismael Costa
 
Aprimore sp3-unirio
Aprimore sp3-unirioAprimore sp3-unirio
Aprimore sp3-unirio
Ismael Costa
 
Tuberculose, Hanseníase, Meningites - 2016 - UNIRIO
Tuberculose, Hanseníase, Meningites - 2016 - UNIRIOTuberculose, Hanseníase, Meningites - 2016 - UNIRIO
Tuberculose, Hanseníase, Meningites - 2016 - UNIRIO
Ismael Costa
 
Meningococo catia rodrigues_final[1]
Meningococo catia rodrigues_final[1]Meningococo catia rodrigues_final[1]
Meningococo catia rodrigues_final[1]
Gabriela Bruno
 
Apresentação pneumonia
Apresentação pneumoniaApresentação pneumonia
Apresentação pneumonia
Sérgio Franco - CDPI
 
Aula idoso imunização saúde do idoso calendário vacinal
Aula idoso imunização saúde do idoso calendário vacinalAula idoso imunização saúde do idoso calendário vacinal
Aula idoso imunização saúde do idoso calendário vacinal
Franzinha2
 
MENINGITES_Guia-de-Vigilância-Epidemiológica-da-Secretaria-de-Vigilância-em-S...
MENINGITES_Guia-de-Vigilância-Epidemiológica-da-Secretaria-de-Vigilância-em-S...MENINGITES_Guia-de-Vigilância-Epidemiológica-da-Secretaria-de-Vigilância-em-S...
MENINGITES_Guia-de-Vigilância-Epidemiológica-da-Secretaria-de-Vigilância-em-S...
MarcosAntonioOliveir41
 
Citomegalovírus: Patologia
Citomegalovírus: PatologiaCitomegalovírus: Patologia
Citomegalovírus: Patologia
Raphael Machado
 
Apresentação catapora
Apresentação cataporaApresentação catapora
Apresentação catapora
Laboratório Sérgio Franco
 
Apresentação catapora
Apresentação cataporaApresentação catapora
Apresentação catapora
Sérgio Franco - CDPI
 
Sida
SidaSida

Semelhante a Apresentação meningite (20)

Meningite viral
Meningite viral Meningite viral
Meningite viral
 
Palestra meningite atualizada 07.08.2012
Palestra meningite atualizada 07.08.2012Palestra meningite atualizada 07.08.2012
Palestra meningite atualizada 07.08.2012
 
Meningite c
Meningite  cMeningite  c
Meningite c
 
Meni sobre
Meni sobreMeni sobre
Meni sobre
 
Apresentação aids
Apresentação aidsApresentação aids
Apresentação aids
 
Apresentação aids
Apresentação aidsApresentação aids
Apresentação aids
 
Aula 6 - Meningite Viral abordando a disciplina de patologia.pdf
Aula 6 - Meningite Viral  abordando a disciplina de patologia.pdfAula 6 - Meningite Viral  abordando a disciplina de patologia.pdf
Aula 6 - Meningite Viral abordando a disciplina de patologia.pdf
 
Apresentação bronquiolite
Apresentação bronquioliteApresentação bronquiolite
Apresentação bronquiolite
 
Apresentação bronquiolite
Apresentação bronquioliteApresentação bronquiolite
Apresentação bronquiolite
 
Aprim sp2e 3-ebserh
Aprim sp2e 3-ebserhAprim sp2e 3-ebserh
Aprim sp2e 3-ebserh
 
Aprimore sp3-unirio
Aprimore sp3-unirioAprimore sp3-unirio
Aprimore sp3-unirio
 
Tuberculose, Hanseníase, Meningites - 2016 - UNIRIO
Tuberculose, Hanseníase, Meningites - 2016 - UNIRIOTuberculose, Hanseníase, Meningites - 2016 - UNIRIO
Tuberculose, Hanseníase, Meningites - 2016 - UNIRIO
 
Meningococo catia rodrigues_final[1]
Meningococo catia rodrigues_final[1]Meningococo catia rodrigues_final[1]
Meningococo catia rodrigues_final[1]
 
Apresentação pneumonia
Apresentação pneumoniaApresentação pneumonia
Apresentação pneumonia
 
Aula idoso imunização saúde do idoso calendário vacinal
Aula idoso imunização saúde do idoso calendário vacinalAula idoso imunização saúde do idoso calendário vacinal
Aula idoso imunização saúde do idoso calendário vacinal
 
MENINGITES_Guia-de-Vigilância-Epidemiológica-da-Secretaria-de-Vigilância-em-S...
MENINGITES_Guia-de-Vigilância-Epidemiológica-da-Secretaria-de-Vigilância-em-S...MENINGITES_Guia-de-Vigilância-Epidemiológica-da-Secretaria-de-Vigilância-em-S...
MENINGITES_Guia-de-Vigilância-Epidemiológica-da-Secretaria-de-Vigilância-em-S...
 
Citomegalovírus: Patologia
Citomegalovírus: PatologiaCitomegalovírus: Patologia
Citomegalovírus: Patologia
 
Apresentação catapora
Apresentação cataporaApresentação catapora
Apresentação catapora
 
Apresentação catapora
Apresentação cataporaApresentação catapora
Apresentação catapora
 
Sida
SidaSida
Sida
 

Mais de Laboratório Sérgio Franco

Mudamos!
Mudamos!Mudamos!
Cancer de próstata
Cancer de próstataCancer de próstata
Cancer de próstata
Laboratório Sérgio Franco
 
Apresentação trombose venosa profunda
Apresentação trombose venosa profundaApresentação trombose venosa profunda
Apresentação trombose venosa profunda
Laboratório Sérgio Franco
 
Apresentação toxoplasmose
Apresentação toxoplasmoseApresentação toxoplasmose
Apresentação toxoplasmose
Laboratório Sérgio Franco
 
Apresentação tétano
Apresentação tétanoApresentação tétano
Apresentação tétano
Laboratório Sérgio Franco
 
Apresentação síndrome nefrótica
Apresentação síndrome nefróticaApresentação síndrome nefrótica
Apresentação síndrome nefrótica
Laboratório Sérgio Franco
 
Apresentação síndrome metabólica
Apresentação síndrome metabólicaApresentação síndrome metabólica
Apresentação síndrome metabólica
Laboratório Sérgio Franco
 
Apresentação rubéola
Apresentação rubéolaApresentação rubéola
Apresentação rubéola
Laboratório Sérgio Franco
 
Apresentação rinite alérgica
Apresentação rinite alérgicaApresentação rinite alérgica
Apresentação rinite alérgica
Laboratório Sérgio Franco
 
Apresentação retocolite
Apresentação retocoliteApresentação retocolite
Apresentação retocolite
Laboratório Sérgio Franco
 
Apresentação mononucleose
Apresentação mononucleoseApresentação mononucleose
Apresentação mononucleose
Laboratório Sérgio Franco
 
Apresentação miocardite
Apresentação miocarditeApresentação miocardite
Apresentação miocardite
Laboratório Sérgio Franco
 
Apresentação micose
Apresentação micoseApresentação micose
Apresentação micose
Laboratório Sérgio Franco
 
Apresentação miastenia
Apresentação miasteniaApresentação miastenia
Apresentação miastenia
Laboratório Sérgio Franco
 
Apresentação lupus
Apresentação lupusApresentação lupus
Apresentação lupus
Laboratório Sérgio Franco
 
Apresentação leucemia
Apresentação leucemiaApresentação leucemia
Apresentação leucemia
Laboratório Sérgio Franco
 
Apresentação insuficiência renal crônica
Apresentação insuficiência renal crônicaApresentação insuficiência renal crônica
Apresentação insuficiência renal crônica
Laboratório Sérgio Franco
 
Apresentação infarto
Apresentação infartoApresentação infarto
Apresentação infarto
Laboratório Sérgio Franco
 
Apresentação hpv na laringe
Apresentação hpv na laringeApresentação hpv na laringe
Apresentação hpv na laringe
Laboratório Sérgio Franco
 
Apresentação homocistinúria
Apresentação homocistinúriaApresentação homocistinúria
Apresentação homocistinúria
Laboratório Sérgio Franco
 

Mais de Laboratório Sérgio Franco (20)

Mudamos!
Mudamos!Mudamos!
Mudamos!
 
Cancer de próstata
Cancer de próstataCancer de próstata
Cancer de próstata
 
Apresentação trombose venosa profunda
Apresentação trombose venosa profundaApresentação trombose venosa profunda
Apresentação trombose venosa profunda
 
Apresentação toxoplasmose
Apresentação toxoplasmoseApresentação toxoplasmose
Apresentação toxoplasmose
 
Apresentação tétano
Apresentação tétanoApresentação tétano
Apresentação tétano
 
Apresentação síndrome nefrótica
Apresentação síndrome nefróticaApresentação síndrome nefrótica
Apresentação síndrome nefrótica
 
Apresentação síndrome metabólica
Apresentação síndrome metabólicaApresentação síndrome metabólica
Apresentação síndrome metabólica
 
Apresentação rubéola
Apresentação rubéolaApresentação rubéola
Apresentação rubéola
 
Apresentação rinite alérgica
Apresentação rinite alérgicaApresentação rinite alérgica
Apresentação rinite alérgica
 
Apresentação retocolite
Apresentação retocoliteApresentação retocolite
Apresentação retocolite
 
Apresentação mononucleose
Apresentação mononucleoseApresentação mononucleose
Apresentação mononucleose
 
Apresentação miocardite
Apresentação miocarditeApresentação miocardite
Apresentação miocardite
 
Apresentação micose
Apresentação micoseApresentação micose
Apresentação micose
 
Apresentação miastenia
Apresentação miasteniaApresentação miastenia
Apresentação miastenia
 
Apresentação lupus
Apresentação lupusApresentação lupus
Apresentação lupus
 
Apresentação leucemia
Apresentação leucemiaApresentação leucemia
Apresentação leucemia
 
Apresentação insuficiência renal crônica
Apresentação insuficiência renal crônicaApresentação insuficiência renal crônica
Apresentação insuficiência renal crônica
 
Apresentação infarto
Apresentação infartoApresentação infarto
Apresentação infarto
 
Apresentação hpv na laringe
Apresentação hpv na laringeApresentação hpv na laringe
Apresentação hpv na laringe
 
Apresentação homocistinúria
Apresentação homocistinúriaApresentação homocistinúria
Apresentação homocistinúria
 

Apresentação meningite

  • 2. INTRODUÇÃO • A meningite é uma infecção causadora de inflamação das membranas que envolvem o cérebro e a medula espinhal, podendo ser viral ou bacteriana. • No Brasil, qualquer forma de meningite é doença de notificação compulsória, ou seja, cada vez que um médico faz o diagnóstico de meningite ele é obrigado a notificar. É desta forma que pode se identificar uma epidemia de meningite.
  • 3. CAUSAS • As bactérias que causam a meningite incluem: Streptococcus Haemophilus influenzae Staphylococcus Meningococcus
  • 4. Meningite bacteriana aguda É uma doença muito grave e deve ser tratada imediatamente para prevenir danos permanentes. CAUSAS Meningite viral É menos grave e mais frequente do que a bacteriana.
  • 5. • A doença geralmente se desenvolve no inverno e afeta principalmente pessoas com menos de 30 anos de idade. • Segundo o Ministério da Saúde, 70% das infecções ocorrem em crianças menores de 5 anos. • Existem alguns tipos menos comuns de meningite viral que são mais graves. CAUSAS
  • 6. • A meningite é um quadro grave e agudo. O período de incubação é, em média, de três a quatro dias. • A maioria dos pacientes é internada 24 horas após o aparecimento dos primeiros sintomas. SINTOMAS
  • 7. SINTOMAS • O quadro típico é de: Febre alta Vômitos Rigidez da nuca Dor de cabeça intensa Prostração Manchas avermelhadas pelo corpo • Os quadros graves podem evoluir para choque. (petéquias)
  • 8. • A suspeita diagnóstica deve ser feita o mais precoce o possível e a punção lombar, executada imediatamente. • Tão importante quanto o diagnóstico da meningite é saber a causa, isto é, o agente que está infectando o paciente para determinação do antibiótico adequado e do tempo de tratamento. • Esta confirmação do agente causador é dada pela cultura do liquor, que, apesar de demorada, é essencial. DIAGNÓSTICO
  • 9. • Exames de sangue, como hemograma completo e PCRt, também são importantes para o diagnóstico. • Apesar dos importantes avanços no diagnóstico e no tratamento, a meningite ainda se mantém como uma das doenças mais preocupantes devido ao risco de complicações graves, podendo deixar sequelas. DIAGNÓSTICO
  • 10. • Procurar um médico aos primeiros sinais da doença é fundamental para a indicação do melhor tratamento para cada caso. • Somente o especialista poderá orientar o paciente em relação aos procedimentos adequados e ao uso de remédios. TRATAMENTO
  • 11. • O tratamento das meningites agudas é considerado uma emergência grave, principalmente se a suspeita for bacteriana. • Ele deve ser iniciado o mais rápido possível com antibióticos administrados por via endovenosa, pois o risco de vida é alto e pode deixar sequelas graves nestes casos. DIAGNÓSTICO
  • 12. PREVENÇÃO • As vacinas são fundamentais para prevenir alguns tipos de meningite. Entre elas estão disponíveis no calendário de vacinação da criança: • As vacinas contra a meningite meningocócica estão disponíveis para controle de epidemias. BCG Previne contra meningite tuberculosa. Tetravalente Contra a meningite por Haemophilus influenzae tipo b, além de coqueluche, difteria e tétano.
  • 13. • Pessoas que tiveram contato prolongado com indivíduo doente devem receber antibióticos específicos para não desenvolverem a doença. • O diagnóstico e o tratamento precoces são formas de prevenir as complicações da doença. • Outras formas de prevenção incluem evitar aglomerações e manter os ambientes ventilados. PREVENÇÃO
  • 14. Consulte sempre o seu médico. Fontes: bvsms.saude.gov.br/html/pt/.../103meningite.html. www.fmt.am.gov.br/manual/meningite.htm. www.saude.sc.gov.br/.../sala.../meningite2.htm. Editora médica: Dra. Anna Gabriela Fuks (615039-RJ) Jornalista responsável: Roberto Maggessi (31.250 RJ)